Civic 2015: fotos, detalhes, versões, preço, motor, consumo, etc

Civic 2015: fotos, detalhes, versões, preço, motor, consumo, etc

O Civic 2015 naquele mesmo ano chegou com uma importante novidade, a versão LXR 2.0, que trouxe uma dinâmica de condução mais apurada ao sedã médio da Honda, que já estava em sua nona geração.


Equipado com rodas aro 17 polegadas e uma calibração diferenciada, o Civic LXR ditou uma mudança na dirigibilidade do modelo, o que foi seguido pela versão topo de linha EXR, que se apresentara alguns meses depois da estreia da linha 2015.

Pequenas mudanças no visual também surgirão com essa opção, como a grade com abertura curvada e grelha com formato de colmeia, trazendo ainda um friso cromado.

Os faróis de neblina passaram a ser circulares, enquanto as novas rodas de liga leve aro 17 polegadas foram montadas com pneus 205/50 R17, o que conferiu ao carro uma dinâmica melhor ao volante, embora com suspensão focada no conforto.

O Civic LXR recebeu ainda volante com detalhes cromados e painel com acabamento em preto na parte superior e cinza claro na parte inferior.

Além da versão LXR, o Civic 2015 teve ainda uma mudança técnica, com a versão LXS tendo seu motor 1.8 agora com sistema de partida a frio da tecnologia flex com pré-aquecimento do combustível, dispensando o tanquinho.

O EXR também recebeu rodas aro 17 polegadas, mudanças no volante e painel interno em dois tons, contudo, trazia multimídia com sistemas Google Android Auto e Apple CarPlay.

Servido com motores i-VTEC, o Civic tinha o 1.8 com 139 cavalos na gasolina e 140 cavalos no etanol, além do 2.0 com 150 ou 155 cavalos, dependendo do combustível. O lado ruim era o câmbio automático com apenas cinco marchas.

Ainda assim tinha suspensão traseira multilink, direção elétrica integrada ao controle eletrônico de tração e estabilidade, aerodinâmica muito eficiente (0,28 de cx) e um bom ajuste de suspensão, fora o desempenho dos dois motores.

A nona geração do Honda Civic era baseada na geração anterior, a famosa do Honda New Civic, que quebrou a linha entre o modelo mais conservador e tradicional da era pós-quinta geração, aquela do VTi, que deixou saudades em muitos.

Mais focado no conservadorismo que o New Civic, o Honda Civic 2015 tentava buscar um pouco da essência das gerações seis e sete, que foram as primeiras a serem fabricadas no país.

Contudo, essa falta de esportividade em relação ao New Civic e a chegada da décima primeira geração do Corolla, fez a Honda ter que mexer na linha e lançar a LXR com uma pegada mais direta, dinâmica e agradável.

Tendo frente mais alta, painel mais vertical e colunas A menos avançadas, a geração nove do Honda Civic tentou amenizar a audácia liberada aos designers da marca do New Civic, se tornando assim um carro “mais normal”.

Isso permitiu que o Toyota Corolla avançasse sobre o rival da Honda e invertesse as posições, o que não foi mais possível recuperar. Hoje, o sedã da Toyota é praticamente inalcançável sem um novo New Civic.

Lançado em 1972, o Honda Civic é um dos carros mais vendidos do mundo e em sua história, sendo que até a terceira geração, foi como um carro compacto e em meados dos anos 80, sua produção no Brasil chegou a ser cogitada.

Apesar de o país estar fechado às importações, as montadoras estrangeiras podiam se instalar no país. A partir dos anos 90, a Honda iniciou a importação do Civic de quinta geração, recentemente lançado no Japão.

Essa geração foi impactante, porque tornou o Civic um carro muito popular e desejado no país, chegando em variantes hatch de duas portas, sedã, cupê de duas portas, roadster (CR-X) e esportiva (VTi).

Com a tecnologia VTEC, oriunda da Fórmula 1, o Honda Civic dessa geração chegou aos montes e garantiu o investimento da marca em uma fábrica dedicada a ele em Sumaré, interior de São Paulo.

Contudo, ele chegou na sexta geração, que era mais comedida estilisticamente, adotando um motor 1.6 VTEC, que depois foi substituído por um 1.7 VTEC na geração posterior, a sétima, que era ainda mais conservadora.

Até que em 2006, a Honda surpreendeu o mundo e a rival Toyota com o New Civic, um sedã de linhas ousadas para seu tempo e que imediatamente arrebanhou uma legião de fãs e clientes para a Honda, virando o mais vendido dos médios.

O sucesso do New Civic gerou uma continuação com o Civic 2015, porém, sem o mesmo apelo. Após a décima geração, o Civic inovou mais uma vez ao criar um estilo mais próximo ao de um cupê.

Mesmo trazendo o motor 1.5 turbo de 173 cavalos e câmbio CVT, além de manual no Sport, o Civic não teve mais o mesmo desempenho comercial que aquele de duas gerações antes, vendo o Corolla se distanciar e até modernizar-se atualmente.

Civic 2015 – detalhes

Civic 2015: fotos, detalhes, versões, preço, motor, consumo, etc

O Civic 2015 teve duas frentes no mercado nacional e, ao mesmo tempo, uma era relativa ao LXS e outra ao LXR. O primeiro vinha com a frente original, dotada de faróis de dupla parábola, com piscas e lanternas integradas.

A grade retilínea mantinha a barra cromada superior com o logotipo da Honda, enquanto a parte inferior tinha frisos horizontais pretos. O para-choque de formas mais quadradas que a geração anterior, tinha faróis de neblina ovais.

Sua grade inferior e as colunas que separavam esta das demais, vinham com um spoiler natural na base. Esse conjunto tinha ainda retrovisores com repetidores de direção e na cor do carro, assim como as maçanetas.

Já o Civic LXR trazia frente com os mesmos faróis duplos, porém, a grade tinha uma moldura cromada na base, sendo essa envolvente, deixando uma grelha em forma de colmeia, com elementos hexagonais, além do logotipo da Honda.

O para-choque era o mesmo do Civic LXS, porém, havia um friso cromado no centro da grade inferior central e faróis de neblina circulares nas extremidades. A versão LXR trazia ainda rodas esportivas aro 17 polegadas com pneus 205/50 R17.

As colunas e molduras dos vidros eram pretas, enquanto os retrovisores também possuíam repetidores de direção. Na traseira, as lanternas triangulares eram conectadas às luzes de neblina embutidas em apliques prateados sobre a tampa.

Por dentro, ainda com o painel de duplo cluster, o Civic 2015 na versão LXR tinha a parte superior do conjunto em cor preta, enquanto a parte inferior era em cinza claro.

O painel dessa geração do Civic refletia o New Civic, mantendo o velocímetro digital com nível de combustível e temperatura da água na parte superior, onde ficava o i-Mid, que era o computador de bordo e um proto-infotainment.

Ele reproduzia as funcionalidades do veículo, como dados de desempenho, por exemplo, bem como a reprodução de mídia e podia até utilizar imagens externas como plano de fundo.

Abaixo, ficava o conta-giros e as luzes espia, bem como o indicador de posição de marcha. O Civic ainda tinha difusores de ar direcionados para o motorista e também o passageiro.

Ao centro, um rádio 2din fazia parte do pacote, tendo este CD player, USB, auxiliar e Bluetooth, além de comandos de mídia e telefonia no volante em couro, que tinha esses botões cromados, assim como do piloto automático.

O ar condicionado era automático e digital. Havia dois botões bem chamativos no painel do Civic 2015. Um deles era o de alerta, próximo do volante. O outro, era o do Econ, verde, que ficava junto à porta esquerda.

A base da alavanca era preta e com seletor pequeno, enquanto o pomo era em couro e a base em prata. O freio de estacionamento manual tinha alavanca prateada.

O porta-malas era grande e amplo, enquanto os bancos eram revestidos em couro cinza, tendo o do motorista ajuste em altura. Todos tinham cintos de três pontos, com o banco traseiro sendo bipartido e com apoio de braço central.

Este tinha porta-copos e ainda vinha com Isofix para cadeirinhas infantis. Havia ainda apoio de braço central na frente com porta-objetos e porta-copos. O tanque e o porta-malas tinham abertura interna.

O Civic 2015 vinha ainda com luz interna padrão da Honda – desde tempos imemoriais – e luzes de leitura, além de para-sois com espelhos iluminados. As portas tinham acabamento em couro e maçanetas cromadas.

O sistema de som tinha seis alto-falantes. Já o porta-malas de 449 litros era bem maior que o da geração anterior e tinha iluminação, assim como estepe sob o assoalho e abertura pela chave.

Este habitáculo do Civic 2015 era amplo e tinha bom espaço na parte traseira, sendo um carro bem confortável. Na versão EXR, ele vinha com teto solar elétrico com persiana manual. Tinha um tamanho padrão.

Civic 2015 – versões

Civic 2015: fotos, detalhes, versões, preço, motor, consumo, etc

  • Honda Civic LXS 1.8 MT
  • Honda Civic LXS 1.8 AT
  • Honda Civic LXR 2.0 AT
  • Honda Civic EXR 2.0 AT

Equipamentos

Civic 2015: fotos, detalhes, versões, preço, motor, consumo, etc

Honda Civic LXS 1.8 MT – Motor 1.8 e transmissão manual de seis marchas, mais ar condicionado, direção elétrica, controle de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, coluna de direção ajustável em altura e profundidade, vidros elétricos nas quatro portas, sistema one touch, travamento central elétrico, vidro traseiro com desembaçador, retrovisores elétricos com repetidores de direção, bancos em tecido, computador i-Mid, volante com comandos de mídia e telefonia, piloto automático, luzes de leitura, espelhos iluminados nos para-sois, retrovisor interno dia e noite, chave-canivete com telecomando, alças no teto, sistema de som com CD player, MP3, USB, auxiliar, Bluetooth, seis alto-falantes, abertura interna do porta-malas e tanque de combustível, rodas de liga leve aro 16 polegadas, pneus 205/55 R16, lanternas de neblina, faróis de neblina, cluster análogo-digital, apoio de braço central, banco traseiro bipartido com apoio de braço central e porta-copos, luzes de leitura traseiras, alarme, porta-malas com iluminação, freios ABS com EDB, VSA, Econ Mode, entre outros.

Honda Civic LXS 1.8 AT – Itens acima, mais transmissão automática de cinco marchas com conversor de torque.

Honda Civic LXR 2.0 AT – Itens acima, mais faróis de neblina circulares, grade exclusiva, volante com paddle shifts e acabamento em couro, friso cromado no para-choque, rodas de liga leve aro 17 polegadas com desenho esportivo, pneus 205/50 R17, volante com detalhes cromados e painel em dois tons.

Honda Civic EXR 2.0 AT – Itens do LXS 1.8, mais multimídia com tela de 5 polegadas, hot spot Wi-Fi, navegador GPS, câmera de ré, bancos em couro, teto solar elétrico, rodas de liga leve aro 17 polegadas exclusivas, pneus 205/50 R17, volante com paddle shifts e acabamento em couro, sensor de estacionamento, entre outros.

Preços

Civic 2015: fotos, detalhes, versões, preço, motor, consumo, etc

  • Honda Civic LXS 1.8 MT – R$ 65.890
  • Honda Civic LXS 1.8 AT – R$ 68.890
  • Honda Civic LXR 2.0 AT – R$ 74.900
  • Honda Civic EXR 2.0 AT – R$ 83.990

Civic 2015 – motor

Civic 2015: fotos, detalhes, versões, preço, motor, consumo, etc

O Civic 2015 era equipado com dois motores, sendo o 1.8 i-VTEC e o 2.0 i-VTEC. Ambos tinham a tecnologia FlexOne e eram aspirados, sendo eles da família R, chamados R18A e R20A, respectivamente.

O primeiro era o R18A, que tinha construção em alumínio com cabeçote de comando único i-VTEC com acionamento das válvulas por balancins hidráulicos, variando abertura e fechamento eletronicamente.

Acionado por corrente, o comando i-VTEC permite até que o motor trabalhe em rotação baixa com apenas 8 válvulas, a fim de buscar mais torque, enquanto em alta, as 16 válvulas atuam plenamente.

Com injeção eletrônica multiponto, o motor 1.8 i-VTEC R18A ganhou um sistema de pré-aquecimento do combustível que elimina o tanquinho de combustível e assim a portinhola que existia no para-lama dianteiro direito.

Tendo um sistema mais eificiente, o Civic LXS entregava 139 cavalos na gasolina e 140 cavalos no álcool, ambos a 6.200 rpm. O torque era de 17,5 kgfm no primeiro e 17,7 kgfm no segundo, ambos a 4.300 rpm.

O Civic nessa versão de motor tinha câmbio manual de seis marchas com embreagem de acionamento hidráulico, bem como opção de câmbio automático de cinco velocidades com conversor de torque.

Já nas versões LXR e EXR, o propulsor era o R20A ou 2.0 i-VTEC FlexOne, que tinha a mesma arquitetura, tendo apenas um volume ampliado por causa de pistões e curso maiores.

Assim, entregava 150 cavalos na gasolina e 155 cavalos no etanol, ambos a 6.500 rpm, enquanto o torque era de 19,3 kgfm no derivado de petróleo e 19,5 kgfm no combustível vegetal, ambos a 4.800 rpm.

Este propulsor só vinha com transmissão automática de cinco marchas que, no entanto, trazia mudanças manuais no volante através de paddle shifts.

Desempenho

Civic 2015: fotos, detalhes, versões, preço, motor, consumo, etc

O desempenho do Honda Civic 2015 era bom. Fazia de 0 a 100 km/h em 10 segundos no manual, fazendo o mesmo em 11 segundos no automático, mas apenas com motor 1.8. No 2.0, precisava de um pouco menos de 11 segundos.

A velocidade final era de 190 km/h no 1.8, além de 2.0 com até quase 200 km/h. Com seu peso de 1.250 a quase 1.300 kg, o Civic da geração nove era um carro bem equilibrado e seus propulsores garantiam boa resposta ao acelerador.

  • Honda Civic 1.8 MT – 10,2 segundos e 190 km/h
  • Honda Civic 1.8 AT – 11,0 segundos e 190 km/h
  • Honda Civic 2.0 AT – 10,9 segundos e 198 km/h

Consumo

Civic 2015: fotos, detalhes, versões, preço, motor, consumo, etc

No consumo, o Honda Civic 2015 tinha um bom resultado com gasolina, como normalmente acontece com motores japoneses, fazendo entre 9 e 10 km/l na cidade e 13,5 km/l na estrada, tanto 1.8 quanto 2.0.

A diferença de consumo entre os dois motores era mínima no derivado de petróleo, mas com etanol, era bem diferente. Fazia de 6,5 a 7,5 km/l na cidade, refletindo a preferência dos R18A e R20A pela gasolina.

O câmbio automático de cinco marchas até contribuía para um bom resultado em consumo, com relações adequadas à proposta do Civic 2015. No entanto, na geração seguinte, a Honda optou pelo CVT como forma de reduzir mais a média.

  • Honda Civic 1.8 MT -7,4/9,5 km/l e 10,7/13,4 km/l
  • Honda Civic 1.8 AT -7,3/10,0 km/l e 10,5/13,4 km/l
  • Honda Civic 2.0 AT – 6,5/9,2 km/l e 9,7/13,8 km/l

Civic 2015 – manutenção e revisão

Civic 2015: fotos, detalhes, versões, preço, motor, consumo, etc

O plano de revisão da Honda contempla paradas a cada 10.000 km ou 12 meses, com revisões do Honda Civic 2015 tendo um custo bem elevado. Nas paradas até 60.000 km, o sedã médio exige custo de R$ 5.015,03.

No pós-venda da Honda, os preços não são tabelados nacionalmente, tendo uma pequena variação em mão de obra de região para região, mas com a opção de se obter os valorees através do site da marca japonesa, fazendo assim um comparativo.

Com inspeção regular de vários itens, a Honda faz a troca de óleo do motor (0W20 sintético), ruela do dreno, filtro de óleo, filtro de ar, filtro de combustível, filtro de ar da cabine (se houver), fluido de freio, fluido de transmissão e velas.

Também providencia a troca da correia dentada, fluido de refrigeração em seu devido tempo (manual do proprietário), entre outros. A concessionária realiza ainda serviços de pintura e funilaria, alinhamento e balanceamento, limpeza, etc.

As concessionárias Honda fazem diversos serviços na parte mecânica, como troca de amortecedores, molas, pneus, pastilhas de freio, discos de freio, buchas de suspensão, pivôs, entre outros.

Revisão10.000 km20.000 km30.000 km40.000 km50.000 km60.000 kmTotal
1.8R$ 353,15R$ 573,71R$ 577,15R$ 1.287,16R$ 577,15R$ 1.646,71R$ 5.015,03
2.0R$ 353,15R$ 573,71R$ 577,15R$ 1.287,16R$ 577,15R$ 1.646,71R$ 5.015,03

Civic 2015 – ficha técnica

Civic 2015: fotos, detalhes, versões, preço, motor, consumo, etc

Motor1.82.0
Tipo
Número de cilindros4 em linha4 em linha
Cilindrada em cm317991997
Válvulas1616
Taxa de compressão9,9:111:1
Injeção eletrônicaIndireta FlexIndireta Flex
Potência máxima138/140 cv a 6.200 rpm (gasolina/etanol)150/155 cv a 6.500 rpm (gasolina/etanol)
Torque máximo17,5/17,7 kgfm a 4.300 rpm (gasolina/etanol)19,3/19,5 kgfm a 4.800 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão
TipoManual de 6 marchas ou automático de 5 marchasAutomático de 5 marchas
Tração
TipoDianteiraDianteira
Direção
TipoElétricaElétrica
Freios
TipoDiscos dianteiros e traseirosDiscos dianteiros e traseiros
Suspensão
DianteiraMcPhersonMcPherson
TraseiraMultilinkMultilink
Rodas e Pneus
RodasLiga leve aro 16 polegadasLiga leve aro 16 ou 17 polegadas
Pneus205/55 R16205/55 R16 ou 205/50 R17
Dimensões
Comprimento (mm)4.5254.525
Largura (mm)1.7551.755
Altura (mm)1.4501.450
Entre eixos (mm)2.6682.668
Capacidades
Porta-malas (L)449449
Tanque de combustível (L)5757
Carga (Kg)452452
Peso em ordem de marcha (Kg)1.2721.294
Coeficiente aerodinâmico (cx)0,280,28

Civic 2015 – fotos

https://www.youtube.com/watch?v=eam0r9rx0xc

Ricardo de Oliveira
Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

4 comentários em “Civic 2015: fotos, detalhes, versões, preço, motor, consumo, etc”

  1. Tive um new civic 2011 ou 2012 nao lembro ao certo. Mas era lindo, design, desenho de painel, ele era todo lindo. Tinha alguns defeitos sim, mas era muito bonito. Esse aí em comparaçao com o que eu tive foi um retrocesso em quase tudo. Acho bem feinho por dentro e por fora.

  2. Eu tive um Civic LXR 15/16, fabricado em Março 2015, que já vinha equipado com o VSA (controle de estabilidade e tração) sendo que o modelo 15/15 durou apenas 2 meses e não vinha com este item. Na época alguns donos do 15/15 ficaram bem bravos kkkk

Deixe um comentário