Finanças Governamental/Legal Segurança Trânsito

CNH: renovação exigirá curso e prova teórica

CNH: renovação exigirá curso e prova teórica

O Diário Oficial da União publicou no último dia 8 de março, mais uma novidade – que pode ser indigesta para muita gente – em relação à CNH (Carteira Nacional de Habilitação). O texto trata da mudança no processo de renovação do documento, que ocorre a cada cinco anos. Atualmente, a renovação da “carta” varia de estado para estado e em São Paulo sai por R$ 124,10.


A alteração no processo de renovação consiste agora de um “curso de aperfeiçoamento” com 10 aulas com carga horária de 50 minutos cada. O motorista já habilitado e que está passando pelo processo não pode fazer mais do que cinco horas/aula por dia e os que o fazem a distância, precisam termina-lo em no mínimo cinco dias.

Já a prova teórica terá 30 questões e será preciso acertar 21 delas em no máximo uma hora. Caso de reprovação, é necessário fazer novamente após três dias do resultado.

CNH: renovação exigirá curso e prova teórica


Para condutores com CNH categorias A e B, o processo exigirá exame de aptidão física e mental. No caso de categorias C e D, acrescenta-se o exame toxicológico. Na categoria E, curso de atualização ou de aperfeiçoamento. Nestes casos não há muita novidade. Para quem está com a CNH vencida ou não fez cursos de primeiros socorros ou direção defensiva, o curso de aperfeiçoamento tem carga horária maior: 15 aulas.

De acordo com a resolução 726/2018 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), “o Curso de Aperfeiçoamento para Renovação da CNH tem por objetivo atualizar as informações e os conhecimentos sobre as legislações de trânsito, considerando a circunstância das constantes e contínuas alterações, mantendo o condutor permanentemente ciente e consciente das determinações emanadas do legislador”.

Ou seja, a intenção é que os motoristas se mantenham atualizados sobre as regras de trânsito vigentes, já que as mesmas passam por atualizações constantemente.

Até a CNH propriamente dita já mudou diversas vezes e o atual formato morre a partir de 2019, quando o papel muda para um cartão flexível, como de débito ou crédito e com direito à chip eletrônico, que futuramente pode agregar outras funcionalidades para o cidadão. Ela também já é digital (foto acima).

A questão agora é saber o quanto isso vai custar, pois este curso de aperfeiçoamento com 500 minutos de carga horária total e mais a prova de 30 questões, para ser efetuada após as aulas, terá um custo, obviamente. Tal processo será feito em entidades de ensino credenciadas pelo Detran local ou escolas de ensino a distância. Então, prepare o bolso.

[Fonte: Jornal do Commercio]

Agradecimentos ao Dimas.

 

CNH: renovação exigirá curso e prova teórica
Este texto lhe foi útil??

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email