Cogitado para o Brasil, Hyundai Venue já se prepara para mudar

Cogitado para o Brasil, Hyundai Venue já se prepara para mudar

O Hyundai Venue é um SUV subcompacto que tem potencial de vendas muito bom em vários lugares, inclusive aqui no Brasil, onde sua chegada é cogitada.


Já tendo sido visto aqui, o Venue vai mudar pela primeira vez na Índia, onde foi flagrado numa concessionária Hyundai, o pequenino sul-coreano mudará o visual externo.

Na imagem, as lanternas traseiras foram atualizadas e receberam um design mais sofisticado, além de iluminação refeita. O para-choque também foi atualizado, assim como a tampa traseira.

Cogitado para o Brasil, Hyundai Venue já se prepara para mudar

O Hyundai Venue deverá ter ainda outras mudanças no visual, especialmente em faróis, grade e para-choque dianteiro, bem como rodas.

Por dentro, poucas mudanças devem acontecer, talvez somente uma tela maior de multimídia. Com menos de 4,00 m na Índia, onde chegou em 2019, o Venue é irmão do Kia Sonet, vendido localmente também.

Cogitado para o Brasil, Hyundai Venue já se prepara para mudar

Em sua versão internacional, o Venue tem apenas 4,01 m de comprimento, com 2,53 m de entre-eixos, sendo um player importante nesse segmento e rival de Nissan Magnite, Renault Kiger, entre outros.

Aliás, assim como o Venue, estes dois também são esperados no Brasil. Uma vez aqui, o Venue concorrerá diretamente com Fiat Pulse e Citroën C3, assim como com o futuro Honda ZR-V.

Cogitado para o Brasil, Hyundai Venue já se prepara para mudar

Com motores como o Kappa 1.0 TGDI e Smartstream-G 1.5, o Hyundai Venue poderia ser fabricado por aqui, mas a iniciativa teria de partir da Hyundai Motor Brasil.

Contudo, quem importou as unidades vistas aqui foi o grupo CAOA, que parece ter pretensões de importar o produto ou quem sabe até fazê-lo em Anápolis, o que reduziria seu custo e também tornaria seu preço mais competitivo.

Na Índia, o Venue chega a ter motor 1.0 aspirado, mas aqui sua motorização deve ficar entre o atual 1.0 TGDI de 120 cavalos e 17,5 kgfm do Novo HB20 e o motor 1.6 Gamma II Flex, ainda que na Argentina tenha sido visto com motor 1.5.

[Fonte: Gaadi Waadi]

 

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.