Buick China EUA Mercado

Com 80% das vendas, Buick está cada vez mais chinesa na visão do americano

novo-excelle-gt-1

Atualmente, as vendas da Buick estão concentradas em 80% na China, onde a marca americana é a quinta mais vendida e uma das que mais cresce por lá. Enquanto isso, nos EUA ela está muito longe dos números de seu passado, tendo vendido em 2015 a metade do volume de 2002.

Foram 223.055 contra 430.000 de 14 anos antes. No lineup atual, o modelo mais vendido vai sair de cena, o sedã Verano. O que vende vem da dupla Encore – atualizado recentemente – e Enclave, que está no mercado há oito anos. Ambos utilitários esportivos, desejados pelo consumidor.

buick-enclave-2013-1

A Buick ainda aposta no Cascada para ter um carro de imagem, mantendo o Lacrosse como sedã topo de linha e o crossover Envision, que acabou de chegar (da China) e ainda não se estabeleceu completamente. Diante da posição de crescimento na China e queda nos EUA, muitos já olham para a marca como uma bandeira feita para chineses.

Lá, o Excelle é o mais vendido, sendo um carro acessível, bem diferente da proposta que a GM tem para a Buick nos EUA. Ela até tentou ser premium, mas a ideia fracassou há alguns anos. Se não tivesse vendido qualquer carro no primeiro semestre de 2016 nos EUA, ainda assim a marca estaria em alta por causa do mercado chinês, onde tem 5%. Será que a Buick vai desaparecer dos states e ter sua vida apenas centrada no maior mercado do mundo? Só o tempo dirá.

[Fonte: TTAC]





  • Kaian Reis

    Essa marca chegou a atuar aqui no Brasil?

    • vicegag

      Creio que só no tempo do meu avô, onde se importava de tudo, sem o governo querer proteger mercado e arrancar nosso couro com os impostos de importação.

    • Bruno Alves

      Eu acho que a GM do Brasil, há muitos e muitos anos atrás, chegou a importar eles durante um período…

      • Tosoobservando

        Lembra os carros de Gotham City!

    • Edison Guerra

      Fui pesquisar, pois lembrava de quando criança, sempre se falava do cantor Francisco Alves, que foi um fenômeno nos anos 40, chamado de “O Rei da Voz”, havia morrido em um acidente na Via Dutra, quando seu Buick colidiu com um caminhão. De fato foi em 27 de Setembro de 1952, quando “o Brasil chorou” a sua perda, sendo a missa de 7º dia transmitida pela Radio Nacional, que ainda era o meio de comunicação de massa à época. Tenho uma leve lembrança de que alguma música em sua homenagem citava o nome Buick.

    • pedro rt

      acho q vinha pra ca nos anos 40 e 50 como importado, ate 1976 podia se importar de tudo e depois disso foi q vieram as leis proibindo tudo q fosse importado ate 1990

  • Fábio Henrique

    Americano é mto patriota, em sites gringos vejo comentários do tipo “Comprem carros americanos!”, e qd teve o lançamento desse Envision importado da china uma glr comentou “Comprem carros fabricados na américa, vamos preservar nossos empregos”.

    • Gustavo73

      O americano realidade é muito patriota. Mas no caso eles estão pennos empregos.

  • LLace

    Reparem bem, mesmo o carro sendo de marca americana, e está sendo produzido na China, “muitos já olham com uma bandeira feita por chineses”.. Ai no caso, não é só uma questão de patriotismo (Inclui isto também) mas sim preconceito por carros chineses.. (Aliás não sejamos hipócritas, mas quem não tem?) Mais uma prova que carros chineses dificilmente farão sucesso na terra do Tio Sam.. e eles estão certo, tirando a buick que é marca americana, os carros de marca chinesas não passam de réplicas, e gosto duvidosos para os ocidentais.. Agora Imagine se Trump ganha.. Ele já deixou claro o que pensa da China.. ele vai tirar correndo a Fabrica da Buick na China!

    • Alligator

      nesse caso ele quebra a GM outra vez

      • pedro rt

        nao msm, a GM e vendida em todo o mundo assim como a toyota. a china fara falta mas tmb nao sera tanto assim

    • Tosoobservando

      Qualquer newcomer em area de automoveis sofre nos Eua, pq tem de superar a industria local (como foram os japoneses). Tanto é assim que la nao vende Fiat (ficou fora muitos anos e agora vende apenas a linha 500) e nem as francesas ha anos depois de varias tentativas falhas.
      Se fosse preconceito com chines em geral outras marcas chinesas nao fariam sucesso la, como Lenovo, vende bem, e ate comprou a Motorola (que é americana) pra se estabelecer melhor la (Moto G vai ser uma linha dentro da Lenovo agora).
      A cerveja Tsingtao Beer (marca chinesa de maior sucesso nos Eua).
      ZTE: Em 27 de outubro, o New York Knicks revelou seu mais recente patrocinador, a ZTE. Principalmente uma fornecedora de equipamentos de telecomunicações, a empresa vende aparelhos nos EUA desde 2007, especialmente com planos pré-pagos. Mais de um terço de seus telefones ela vende sem o nome ZTE.
      Huawei: a Huawei é uma potência em infraestrutura de rede. Tambem tem dispositivos.

      • LLace

        Eu não falei preconceito com marcas chinesas.. Falei sobre carro.. carros chineses.. Leia novamente acima.. E o mundo todo tem preconceito com carros chineses sim… Quando se fala em carro chineses não podemos negar.. são de gosto duvidoso sim. Agora quando você fala sobre tecnologias, você tem toda razão, a própria marca Apple fabrica seus celulares na China, e lá nos EUA faz muito sucesso.

        • Tosoobservando

          Entao mas nao é so com chineses, como te falei nos Eua e tambem Europa pra fazer sucesso tem de superar os locais (como fizeram os japoneses la mas nao fizeram o mesmo na Europa, apenas a Nissan tem certa projeção no Reino Unido). Estes países que fabricam alta tecnologia vc tem de rivalizar-los ou ate supera-los pra conseguir algo. Os chineses fazem sucesso sim em alguns países, aqui na America Latina em países mais livres vende bem, Oriente Medio, AFrica, ASia e ate na Australia tem elogios por serem baratos e alguns modelos robustos (como GWM Haval, Geely, que comprou a Volvo e aquela empresa de taxis londrinos). Aqui no Brasil as marcas que vieram foram poucas, a China tem + de 100 marcas proprias.

          • pedro rt

            eu nao me sentiria nem um pouco seguro em comprar carro chines, mesmo sendo feito no brasil. eles ainda tem muito oq evoluir em questao de segurança, durabilidade, confiabilidade…

            • Tosoobservando

              “mesmo sendo feito no brasil. eles ainda tem muito oq evoluir em questao de segurança, durabilidade, confiabilidade…” Pela sua fala os carros “feitos no Brasil” supostamente tem tudo isso ne kkkkk #sqn

    • pedro rt

      o trump ta certo, afinal mandar fabricas americanas pra china e enriqueçer e fortalecer uma das piores coisas q vemos hj no mundo, o comunismo/socialismo. e essa praga deve ser extinta pois so serve pra enriqueçer ditadores e empobrecer a populacao mundial

  • Marcio Almeida

    Uma pena que nosso mercado não amadurecer por causa de nos consumidores, e nosso desgoverno com suas taxas e impostos exorbitante. Estamos perdendo cada vez mais importância para países menores porém melhor organizados. Que diria hj à Coréia do sul

  • afonso200

    Anos 70 era sucesso nos eua

  • Seven23

    Essa marca é mais chinesa do que americana. Haviam carros muito melhores.

  • Fábio

    Não vende nos EUA? Simples GM: traga a Buick para o Brasil, chame o Excelle de Vectra, o Lacrosse de Omega, traga os SUVs tb, venda como linha premium e boas vendas GM.
    Afinal, Opel e Buick são praticamente a mesma coisa.



Send this to friend