Kia Mercado Preços Sedãs

Com desconto de R$ 8 mil, Cerato sai por R$ 72.990

Com desconto de R$ 8 mil, Cerato sai por R$ 72.990

Ainda na geração anterior, o Kia Cerato 2019 está em oferta na rede da marca sul-coreana. O sedã médio está sendo vendido com preço promocional de R$ 72.990, valor R$ 8.000 abaixo da tabela. Porém, isso é por tempo limitado, encerrando-se no dia 31 de julho a campanha de vendas.


E tem mais, o Kia Cerato 2019 está sendo oferecido também com plano de financiamento com entrada de 50% e saldo em 36 meses, sendo a primeira parcela para outubro. Ary Jorge Ribeiro, Diretor de Vendas da Kia Motors do Brasil, diz:

“O Cerato oferece ótima relação custo-benefício e excelente dirigibilidade. Além disso, possui excelente espaço interno e motor de alta tecnologia que oferece significativa economia de combustível, fator decisivo na escolha de um carro”, destaca.

Ele complementa: “É o veículo ideal para quem procura conforto e segurança, tanto para o tráfego nas cidades quanto nas estradas”. O Kia Cerato 2019 é equipado com o motor Gamma 1.6 Flex com 122 cavalos na gasolina e 128 cavalos no etanol, ambos obtidos a 6.000 rpm.


Com desconto de R$ 8 mil, Cerato sai por R$ 72.990

No torque, o propulsor entrega 16,0 kgfm a 4.500 rpm na gasolina e 16,5 kgfm a 5.000 rpm no etanol. O Kia Cerato 2019 tem também câmbio automático de seis marchas com trocas manuais no volante através de paddle shifts, bem como os modos de condução econômico, normal e esportivo.

Entre os equipamentos, destaque para o ar condicionado dual zone, bem como rebatimento elétrico dos retrovisores. De janeiro e junho de 2019, o Kia Cerato 2019 vendeu 957 unidades, tendo as vendas caído quase pela metade no mês passado, quando emplacou apenas 79 exemplares.

A nova geração do Kia Cerato já está sendo feita no México. Produzida em Pesquería, estado de Nuevo Léon, o sedã médio é vendido nos EUA como Kia Forte e deve chegar logo mais ao mercado brasileiro, gozando de isenção de imposto de importação.

Ele ainda sustenta o mesmo motor da geração antiga e ainda vendida aqui, mas tem o Nu 2.0 de 149 cavalos com CVT, além do 1.6 T-GDi de 204 cavalos com DCT.

Com desconto de R$ 8 mil, Cerato sai por R$ 72.990
Nota média 4 de 5 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • leomix leo

    Só faltou um motor melhor, ano passado rodei com esse carro, viagem curta, apesar de não ter pego estrada de mão única, senti ele um pouco amarrado na hora de sair de trás de carros grandes em estrada duplicada, na BR 116 sul, indo pra Vitória da conquista deve ser um sufoco ele cheio e fazer uma ultrapassagem. Mais bem silencioso, econômico, e na mão, carro pra quem não tem pressa e quer pagar barato como usado. Creio eu que se tivesse um motor 1.8/2.0 ou um 1.6T, seria uma excelente escolha.

    • Deadlock

      Já tive um Megane 1.6, ainda bem que arrependimento não mata.,.

    • SDS SP

      Aluguei um nos EUA e não achei o acabamento muito superior ao Civic e Corolla. No máximo está na média da categoria.
      Mas de qualquer forma, é um carro de uma marca com futuro incerto, prestes a sair de linha e tão mal equipado quanto um carro de entrada. Isso sem contar o seguro caro, cesta de peças com preços no padrão de carro premium.
      E pensar que era vendido por mais de 80k. Só com desconto mesmo.

      • Edson Fernandes

        Na verdade ainda consegue alguns itens a mais mas que não justificam o preço dele.

    • Eu tive um Cerato em 2012, no “boom” da marca no Brasil. É o que vc disse, bem silencioso, econômico pros padrões BR, mas é manco.

    • fsjal

      Não precisa de muito pra ter acabamento melhor que das japonesas… geralmente os coreanos e franceses são bem melhores nesse aspecto.

    • Disse tudo. Mas por 72 mil, mesmo “relativamente manco”, ainda é uma boa escolha. Mesmo olhando dentro do próprio grupo, na coirmã Hyundai, quando se analisa que se paga este mesmo valor em um HB20S de versões mais equipadas, ou mesmo bem mais por um Creta, dá para se depreender que o Ceratto é uma boa opção em termos de custo x benefício.
      O desempenho do Ceratto é muito parecido com o que se via no velho Jetta com motor 2.0 aspirado que equipava o VW no início das vendas da geração passada. Até que não se nota problemas na condução comedida. Mas sempre que se procura exigir alguma coisa a mais do carro, é decepcionante.

      • Danillo Santos

        Penso igual a vc,tem um custo x benefício interessante, o problema é só a incerteza da marca. Ademais, acho que o melhor momento para comprar um carro zero seja quando ele está prestes a sair de linha. Muita gente discorda dizendo que nessa fase os carros já perderam muitos equipamentos, que a revenda será difícil, que não vai haver peças de reposição…. Mas é como vc disse, nesses casos paga-se o preço de um carro de categoria inferior.

    • Raul Mafra

      Hoje senão for motor turbo (os atuais) ou aspirados tendo mais de 160cv, os sedans ficam amarrados mesmo

  • Dod

    Mesmo sem perfumarias e com motor 1.6 aspirado é muito mais carro que qualquer sedanzinho compacto esticado metido a gourmet vendido pelo mesmo preço, tipo Virtus e cia. Em acabamento dá uma surra em todos eles.

    • Rodolfo Deo

      Mas sem segurança leva um pau do Virtus, já que não tem esp, freio traseiro a disco, somente air-bag obrigatório…No nosso mercado não existe santo.

      • Paulo Lustosa

        Disco na traseira no virtus somente a partir do 1.0 TSI de 128 cv que tem preço inicial de tabela em 80 mil, enquanto o Cerato tem em todas as versões, e ainda possui farol com projetor e drl de led. Médio de plataforma do Cerato que usava tambor na traseira era somente o Elantra em 2013 com motor 1.8 de 148 cv, o resto inclusive o i30 e o Koup usavam freio a disco nas quatro rodas.

        • Dudu Pimentel

          Tem o Comfortline 200 TSI que é o primeiro da linha Virtus com esse motor e se não me engano tá uns 75 mil reais.

          • Paulo Lustosa

            78.990 o preço de tabela do Comfortline, e isso pacote básico com ar condicionado analógico, sem piloto automático e sem paddle shifters.

        • Geraldo Xavier

          Pra fã de vw só existe o tsi. Outro dia apareceu 1 falando que o esp era de série.

          • Verdades sobre o mercado

            ESP sempre foi de série no Virtus TSI e passou a ser de série também no 1.6 a partir da linha 2020

            • Geraldo Xavier

              No site da vw não consta

              • SDS SP

                Sempre foi de série na versão TSI. Mas de fato o site não informa isso.

                • Geraldo Xavier

                  No site só informa o item na tsi. Nas 1.0 e 1.6 de polo e virtus ainda não são de série. Podem até vir a ser na versão 2020. O problema é que os fãs da vw quando outro carro faz o teste no latin ncap e não tira 5 estrelas eles aparecem “como foi o caso do cronos sem esp” exaltando as 5 estrelas da dupla na versão tsi e esquecem que as versões sem esp não foram testadas e não levam as 5 estrelas pela falta do esp.

                  • SDS SP

                    Na versão 19/20 já tem o item de série. Na época do teste foi condicionado a introdução do item em toda a linha dentro de um prazo de 2 anos (o que aconteceu agora). No site KBB tem uma explicação mais clara do que inclusive o próprio Ncap.
                    Quanto à torcida organizada, melhor não dar pelota. Sempre vai ter um torcedor e hater para causar.

                  • Verdades sobre o mercado

                    O site já está atualizado com a linha 2020 e consta os itens como de série.

              • Verdades sobre o mercado

                Consta em varias partes, seja na página de apresentação do carro, seja no configurador, seja na listagem de equipamentos de série.

                • Geraldo Xavier

                  Vai no site da vw e procura nas versões 1.0 e 1.6 como item de série. Se achar volta a conversar comigo

                  • Verdades sobre o mercado

                    Não está sabendo ver…

            • Paulo Lustosa

              Virtus Sense 1.6 AT6 não tem ESP nem como opcional, somente o Trendline 1.6 que o possui de série.

              • Verdades sobre o mercado

                Você está equivocado. Virtus Sense tem ESP de série. Consulte os itens de série do veículo no site da VW.

                • Paulo Lustosa

                  Consultei, e apenas o Trendline que possui. O Sense foi capado o ESP justamente para ficar na faixa dos 70 mil reais pro público PCD.

                  • Verdades sobre o mercado

                    Volto a repetir, você está equivocado, acabei de consultar os itens de série no site da VW(vai em Monte o Seu, escolha a versão Sense e clique em itens de série, produre por Controle eletrônico de estabilidade – ESC). Nem poderia capar até porque a VW segundo as regras do Latin Ncap teria que ter o ESP de série em até 2 anos em todas as versões para poder ter as 5 estrelas. Se não me engano pelo ano do lançamento do carro por lei tem que ter ESP de série a partir de 2020, o que é o caso do Virtus

      • Felipe Corrêa

        claro que tem freio a disco atrás, Zé

    • EdiSoares

      Exatamente, fiz o teste drive em um virtus na versão top, achei o acabamento muito fraco para o preço do carro. Quando testei o cerato, não tive dúvidas, comprei um 2019. Só achei o painel arcaico então instalei uma central de 2.000 reais e o carro saiu ainda quase 20.000 mais barato que o VW. Estou muito satisfeito com o Kia, acabamento bom, boas retomadas em rodovia e cidade, confortável, muito bonito, uma nave.
      obs.: Meu carro anterior tinha 7 airbags, etc etc

    • Corrigindo: Virtus nessa faixa de preço, só mesmo o intermediário sem pacotes de opcionais. Se a escolha for por um Virtus mais completo, só mesmo desembolsando cerca de 17 mil reais a mais que o que se paga por um Ceratto.

  • Edu

    Deveriam ter tirado alguns badulaques e baixado para 69.900 para entrar no mercado PCD.

    • Lyn

      Se não me engano carro PCD só recebe desconto de ICMS se for fabricado no brasil ou argentina.

      • Edu

        Esqueci desse detalhe.

      • Edson Fernandes

        Se tiver comum acordo com o Mercosul.

  • Rodolfo Deo

    Eu consideraria não fosse um detalhe muito importante: Não em esp…

  • CanalhaRS

    Carro importado pelado e prestes a sair de linha. Receita para o casamento e manutenção difícil (e cara) em breve.

    • Cesar

      Manutenção não deve ser um absurdo uma vez que usa a mesma mecânica da fámilia Hyundai (HB20, Creta).

      • CanalhaRS

        Motor e caixa de câmbio até pode ser, mas e o resto?

        • Paulo Lustosa

          suspensão e freios de Elantra e powertrain mecânico de HB20

      • MarcosGojira

        Cara, nem perca seu tempo com haters.. . CanalhaRS, José do Egito, R. Rover e etc

    • Gran RS 78

      Manutenção cara? Ele usa o mesmo 1.6 16v de toda linha Hyundai no Brasil.

  • Zé Mundico

    O carrinho é bom, melhor que esses médios meia sola da VW e Fiat. Mas quando a montadora começa a dar esses descontos é porque o fim de carreira está próximo. Aí vai de cada um…

    • ViniciusVS

      No próprio site da Kia eles falam “últimas unidades”.

  • Dudu Pimentel

    E o motor 2.0 do Elantra que é o primo dele que é o bom nada, né? Nem mesmo o 1.8 do i30…acho que aqui é um dos poucos países a aceitar isso…nos EUA ele vem como motor 2.0 e 1.6 16V Turbo GDI e no antigo o Forte Koup vinha com o mesmo 2.4 16V do Sonata/Optima, e aqui, o mesmo 2.0 16V do Sportage, IX35 e Elantra. 😑🤦🏾‍♂️

    • Fellipe Z

      E o mais importante, sai por uns 14 mil um semi novo, quase zero.

    • Gran RS 78

      Se vc fosse só ele concordaria com vc, mas até o Renegade vendido por lá usa motor 2.4, nada desse 1.8 etorq vendido no Brasil.

      • Dudu Pimentel

        Verdade…se o Renegade à venda no Brasil tb viesse com esse motor seria bem legal…se o Toro veio com, a Jeep deveria ter trocado o 1.8 por esse e assim facilitaria a manutenção dele, sem flar que 139 cv e 19kgfm para um carro que pesa 1500 kg com carroceria alta e quadrada é uma pessíma combinação…o Toro tb não deveria ter esse motor e se o Renegade sofre com 1.8, imagine o Toro, que mais pesado…

        Se não queriam colocar o 2.4 Tigershark pq não tinha em nenhum modelo da FCA no Brasil, colocasse então o 2.0 16V, pois o Compass sempre usou nessa geração, mas o mercado brasileiro aceita tudo, ai da nisso…

      • Edson Fernandes

        Mas já chegaram a vender o Renegade na Europa com o Etorq 1.6…rs

  • EDU

    Pelo Preço teria q ter um banco de couro e multimidia . Esse preço ta faz tempo que esta sendo praticado.

  • Fellipe Z

    N Vale mais que 40mil nunca um carrinho ordinário desse.

    • EdiSoares

      Você já teve oportunidade de dirigir um? Talvez mude de opinião.

    • Gran RS 78

      Carrinho ordinário? Pelo jeito vc nunca andou em um para falar uma besteira dessas.

      • Edson Fernandes

        Se esse é ordinario, o que é o resto dos carros abaixo dele vendido aqui…….

  • Esse motor é VERGONHOSO. Muda isso, KIA!

  • Espero que o novo venha com um melhor bem melhor.

  • invalid_pilot

    Cerato e Lancer – duas bombas ultrapassadas que vende pra desavisado

    To fora, apesar de achar o Cerato melhor que o Lancer

    • Faheina

      E vende?

    • jvfig

      melhor comentário do post

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    O único porém desse carro pra mim é não ter mais airbags e ESP. De resto dá até pra relevar o motor 1.6 aspirado, acabamento é sem comparação e quanto a central multimídia dá pra colocar uma boa por fora.

  • um monte de mimizento,,, num tem ESPmimimizizizizi,,come faixa,,,,dirijo um palio pé de boi na BR262 e ES264,mais curva que nó de marinheiro,,, nao faz diferença,,, que for andar costantemente a 200 por hora daria um desconto,,, no maximo que é a 120 que andamos por nossas estradas

    • Eng. Mecânica 2014

      Até aparecer um animal na pista, um pneu estourar, ou você precisar desviar de um novo buraco… O ESP atua quando percebe que o carro está fora do controle do motorista. É pra casos extremos. Ou seja, não fez diferença porque você não precisou usar. Espero que nunca precise, mas e se, em uma viagem, acontecer algo inesperado? Em um Palio desses, acima de uns 60 km/h, é morte certa.

    • Verdades sobre o mercado

      Tá “serto”, continue andando com seu Palio pé-de-boi, mas torça para não precisar de itens de segurança ativa ou passiva.

      • Edson Fernandes

        E é por isso que temos Cerato 1.6 com air bag duplo, a preocupação do brasileiro não é com a segurança, mas sim o qto “vai custar para arrumar” um carro seguro.

  • Felipe Corrêa

    Carro de melhor custo-benefício no mercado de sedans médios, sem dúvida. Além de garantia de 5 anos, sem pagar a mais por isso. Parabéns, Kia

    • Ernesto

      Sem ESP e somente com os airbags obrigatórios, ou seja, do motorista e do carona.

  • Ariano Neves

    Andei semana passada com a nova versão nos EUA, que carro bom! cambio cvt de 8 marchas e com motor 2.0, super economico, claro que a gasolina de lá ajuda, mas fiz media de 12km/l na cidade, chegando a fazer 14 em certos percurso, e fiz uma viagem de 750km entre Orlando e Atlanta onde ele fez incríveis 18,2km/L. Detalhe que o modelo que peguei não só tinha o ESP, mas sistema de alerta de faixas laterais e o mais incrível foi ver que ele controlava a direção sozinho, eu vinha em uma reta a 120km/h e logo adiante tinha uma curva, soltava a direção e ele fazia a curva sozinho, virando o volante perfeitamente, lógico que depois de 8 segundos ele reclamava e pedia para por as mãos no volante! ainda tinha central com apple car, ar digital, luzes diurnas, etc. Não sei porque a Kia não traz esse modelo para o Brasil. Outra coisa é que nos EUA a Kia vende muito bem, já a irmã Hyundai quase não vi seus carros.

    • Verdades sobre o mercado

      Aqui no BR certamente passaria dos 100k com esta tecnologia e mecânica

    • cepereira2006

      Diz aí se Atlanta vale a pena.

      • Ariano Neves

        Não andei muito pela cidade, passei apenas 2 dias, fui para o Atltanta Aquarium e o museu da coca-cola que são vizinhos, o transito é bem ruim, mas nada que se compare com o daqui. Gostei mesmo foi da viagem de carro, fui pela i75 e na volta parei no museu da base aérea da Georgia, onde tem muitos aviões, inclusive um bom acervo da segunda guerra.

  • Alexandre Galvao

    Carrinho boqueta….quem quiser um carro manco, defasado em segurança e com painel dos anos 90, esse é o carro.

  • André Luiz

    Ótimo carro com acabamento de altíssima qualidade porém não possui ESP/ASR aí babou.

  • zeh

    …segue em devaneios…se achando NewCivic…quando com os pés no chão…vendeu horrores….

  • SDS SP

    Não existe almoço grátis. É mal equipado e está prestes a sair de linha. Só com descontos mesmo.
    Pra quem não liga para isso, vai fundo. Eu passo.

  • Danilo

    No mesmo dia que você lê que um pandero tem uma versão custando 73 mil reais, você lê que um carro desses tem o mesmo preço. Deve ser muito bom morar em grandes centros que tem concessionárias pra poder ter e manter um carro desses com tranquilidade né? Eu acho esse carro interessante demais, muito bonito e bem acabado, e esse motorzinho 1.6 deve deixar ele bem econômico.

    • Ernesto

      Sinceramente eu não sei se é econômico. No Hyundai Creta dizem que ele consome bem.

  • Anderson Trajano

    Pessoal, precisamos dar um desconto em alguns itens, afinal é um sedan médio vendido a 72k.

    Quanto a falta de alguns itens, até pouco tempo atrás, alguns médios também não tinham ESP. Alguns vinham até com calota, e o preço não era barato.

    Apesar de ser um médio no porte, na prática aqui o cerato sempre concorreu com os compactos. Seus concorrentes são os sedans pequenos como Virtus e City.

    Na minha opnião, o principal problema desse carro é a troca de geração. É comprar e casar. Para quem não se importa com isso, acho que vale pelo bom custo x benefício.

  • Claudio

    As vendas da Kia no Brasil vêm caindo muito nos últimos anos. Concessionárias fechando. Não trazem produtos novos. O Rio já virou novela. Não sei não, mas acho que a Kia vai dar adeus ao mercado brasileiro.

  • Eduardo 1981

    Excelente custo x benefício. Esse carro é muito bem acabado, dá um banho em acabamento nos concorrentes nacionais.

    • Jurandir Filho

      2 airbags e sem ESP??? custo benefício zero…

      • Fábio A.

        Fora o motor manco.

  • DTF

    Segurança? Sem ESP e não tem mais que os 2 airbags obrigatórios? Reportagem certamente COMPRADA!!!!

  • Fábio A.

    “Além disso, possui excelente espaço interno e motor de alta tecnologia que oferece significativa economia de combustível”. Só pode ser piada. kkkkkkkkkkk

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email