Combustíveis Ecologia Governamental/Legal Mercado

Comissão aprova fim de carros a gasolina e diesel daqui a 20 anos

Comissão aprova fim de carros a gasolina e diesel daqui a 20 anos

O projeto PLS 304/2017 foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado nesta quarta (12). O texto propõe o fim do comércio de veículos movidos apenas por gasolina ou diesel no mercado nacional a partir de 1 de janeiro de 2030.


Em menos de uma década, de acordo com o projeto de lei, o Brasil deixará de vender essas opções de carros, permitindo apenas os automóveis com combustíveis alternativos, como etanol, hidrogênio, gás, híbridos (com etanol) e elétricos.

Além disso, o PLS 304/2017 prevê ainda a proibição de “circulação” em território nacional de carros e outros veículos movidos por gasolina e diesel em 2040, ou seja, daqui há 20 anos. No texto, fica claro que apenas aqueles movidos por biocombustíveis e elétricos poderão continuar rodando pelo país.

Além disso, os automóveis de coleção, carros oficiais e diplomáticos, bem como de visitantes estrangeiros por somente 182 dias, poderão circular por ruas e estradas do país. Na prática, a venda de gasolina deverá ficar bem restrita, já que apenas estes carros utilizarão esse combustível. O texto não fala de caminhões, ônibus e tratores, movidos por diesel.

VEJA TAMBÉM:

Dessa forma, o Brasil se alinhará aos principais mercados do mundo, que já estão impondo datas para o fim da venda de veículos abastecidos com combustíveis fósseis. França e Reino Unido cortarão as vendas de carros a gasolina e diesel em 2040, enquanto a Índia pretende faze-lo em 2030. Um dos primeiros países será a Holanda, já em 2025.

O PLS 304/2017 agora vai para a Comissão de Meio Ambiente (CMA), onde não deve ter dificuldades em passar, já que a principal motivo é o impacto ambiental, conforme consta num relatório do Senado:

“Segundo nossa Lei Maior, a ordem econômica tem como princípio, entre outros, a defesa do meio ambiente, inclusive mediante tratamento diferenciado conforme o impacto ambiental dos produtos e serviços e de seus processos de elaboração e prestação”.

[Fonte: Agência Senado]

 

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Lutemberg Pessoa

    Var render muito esse assunto.

    • th!nk.t4nk

      No Reino Unido estão achando que está muito cedo pra proibir a comercialização de modelos a combustão em 2035, e o Brasil querendo proibir já em 2030. Num país em que 90% dos carros são modelos populares, é piada pronta.

      • Dario Lemos

        É 2040, daqui a 20 anos. Se essa lei vingar, creio que voltaremos a andar a cavalo ou de charrete. Mas não nos esqueçamos, muitas leis aqui são para “inglês ver”.

        • Jhon

          A proibição da venda é para 2030. 2040 é a proibição da utilização.

      • Gran RS 78

        Onde vc viu que 90% são carros populares? Os carros dito “populares”, representam menos de 40% das vendas atualmente.

        • Sino Weibo

          90% da frota são carroças sim.

          • Gran RS 78

            Concordo em partes, mas os considerados populares, que são os compactos com motor mil, representam menos de 40% das vendas atualmente.

            • Sino Weibo

              Atualmente, mas em um nível geral.

        • th!nk.t4nk

          O Onix é um carro popular, assim como estes micro-SUVs que estão fazendo tanto sucesso no Brasil. Dá até mais de 90%, tranquilamente.

          • Gran RS 78

            O Onix, assim como todos os compactos com motor mil são considerados carros populares, quanto ao “micro-suv” que vc menciona, não são considerados carros populares.

      • Marcelo A.

        Não se preocupe, quando chegar em dezembro de 2029 o governo adia mais 10 anos e quando chegar em dezembro de 2039 também vão adiar mais 10 anos e assim vai indo heheheh!!

        Mas eu quero ver é se essa proibição vai valer para motos também, essas pragas além de poluírem muito mais ainda são muito mais barulhentas e ainda tem uma galera que coloca escapamentos mais barulhentos ainda…

        • Anderson Lopes

          “Não vamos colocar meta. Vamos deixar a meta aberta, mas, quando atingirmos a meta, vamos dobrar a meta.“

      • Davi Millan

        Também acho cedo analisando com o mercado e consumidores atuais.
        Porém já sabem que o público está mudando, pois hoje às “novas gerações” não pensam em comprar carro, preferem Uber e quando precisam de um, eles alugam. Inclusive a Ford tem um plano de migrar de vendas carros para uma montadora com sistema de assinatura de veículos. Acredito que esse será o caminho, em pagar pelo serviço de utilizar um carro e não mais comprar.
        Se o mercado se configurar assim, como parece que vai, pode ser que a proibição de venda e circulação não sejam tão pesadas ao mercado.
        Mas se é cedo demais ou não, daí já não sei e só o tempo dirá.

        • Fábio Peres – Conta Prof.

          O jovem usa muito o Uber para beber e não precisar dirigir. Quando não precisar mais beber, vai usar o transporte público para tudo? Ou vai “morrer” na conta de algo tão caro quanto táxi?

          • Caulazaro

            Dependendo do trajeto que você precisa fazer no seu dia a dia, ir de Uber sai mais barato do que ter um carro, juntando o valor do carro, seguro, IPVA, combustível, manutenção, estacionamento, desvalorização, etc.

            • Leonardo

              Realidade, meu cunhado usa Uber para tudo e no fim das contas sai mais barato, ele se desfez do carro e não reclama.

              • Caulazaro

                Tem horas em que penso trocar de carro e tem horas que penso em vender o carro, comprar uma scooter para dar umas voltinhas e ir à padaria e chamar o Uber quando precisar de carro. Vai sair bem mais barato do que manter um carro

    • Pois é! Segundo essa lei absurda, quem comprar um carro fabricado em 2029 poderá utilizá-lo até 2039, pois no ano seguinte a circulação do mesmo será proibida. Resultado: desvalorização maciça dos carros fabricados até a data limite e, por consequência, diminuição da fabricação de carros novos no período pré 2030 e demissões em massa.

      • Amauri José da Cunha

        e quem em sã consciência iria comprar um carro desses a partir de 2028?

        • Pra você ver como essa lei é absurda e vai atrapalhar um segmento gigantesco que representa parte importante da economia do país. E não são apenas carros de 2028 em diante. Os carros fabricados antes também terão suas vendas afetadas. E onde seriam descartados as dezenas de milhões de carros em 2040? Os mais pobres serão os mais prejudicados.

    • Raul Cotrim de Mattos

      Acho que antes desse tempo o próprio mercado mata os veículos a combustão… De repente surge alguma nova tecnologia que melhore o custo e a duração das baterias, além de novos meios de recarga. Começaram a levar carro elétrico a sério a pouquíssimo tempo.

      • Leonardo

        Creio que os veículos mais em conta serão os híbridos com combustível etanol.

  • Vin_T

    Esta matéria está ambígua. Se estarão proibidos os carros movidos APENAS por gasolina ou Diesel, quer dizer que os carros FLEX podem continuar, pois eles não são movidos APENAS por gasolina. Pra mim isso faz mais sentido, pois eliminaria o resquício de motores monocombustiveis no mercado. É isso mesmo, NA?

    • leitor

      Não é a matéria. É o assunto todo. Um projeto mais político que científico.

    • Debraido

      O famoso “para Inglês ver”!!! O mais correto seria proibir a venda de veículos a combustão.

    • Piston head

      Pois é. Flex liberado segundo a matéria, HuEzil comemora.

      • vicegag

        Em que ano estamos? Então ainda posso comprar carro a Diesel?

    • ricmoriah

      Então, faria sentido se realmente fosse apenas flex, mas o texto fala somente em biocombustíveis e não bicombustíveis. acredito que a gasolina continuará a ser vendida, mas bem restrita, já que clássicos, oficiais e estrangeiros poderão rodar com ela. https://legis.senado.leg.br/sdleg-getter/documento?dm=7148638&ts=1581602341918&disposition=inline

      • Piston head

        Etanol combustível não é biocombustível?

        • Marcelo A.

          Biocombustível (somente álcool, biodiesel) X bi-combustíveis (motores flex, gasolina e álcool).

  • Leo

    Quero ver as carretas de 9 eixos rodar com energia elétrica também! Hipócritas.

    • RodrigoTM

      Acho que o Biodiesel será permitido.

      • ricmoriah

        vamos ver até aonde vai o teor de vegetais nesse combustível até lá, mas o setor de transportes será bem afetado se incluir os caminhões e ônibus.

      • Ducar Carros

        Biodiesel tem um limite técnico de uso de 15 a 20% de mistura no diesel. Acima disso, terá de ser o HVO, já bastante usado na Europa.

    • Fiquei na dúvida, já que o texto não fala sobre utilitários e caminhões. Afinal diesel já é proibido em carros.

      • ricmoriah

        o texto da PL não especifica.

      • Eduardo 1981

        Não fala de motos tb

        • Holandês Louco

          “comércio de veículos”

    • Claudio

      Acho que é só pra automóveis.

    • Tiago

      No gás roda, inclusive já tem muito caminhão rodando com gás.

    • Sergio Kraemer

      Uma carreta só pras baterias outra pra carga.

      • ricmoriah

        Então, empresas como Tesla, Nikola, Iveco e mesmo as conhecidas Scania, Volvo e Mercedes já possuem projetos híbridos, GNV (inclusive com fabricação nacional) e elétricos. Acho que 20 anos esse setor evoluiu bastante até a eficiência.

  • clipes

    O Brasil não tem a maturidade que esses outros países têm na infraestrutura e comercialização de carros elétricos. Teria que haver um crescimento muito maior nesse sentido antes de pensar em remover os carros a combustão. A única coisa que pode ser feita é proibir os carros que rodem apenas a gasolina, mas o resto muito provavelmente não vai chegar a virar lei tão cedo.

    • Marcelo Amorim

      Muito menos tem a renda que países de 1º mundo tem,consequentemente,carro será artigo de luxo e pra uma parcela ainda mais restrita do povo.

      • Airplane

        Os carros serão à álcool e os caminhões / ônibus à gás !

        • Eduardo 1981

          Seria bom demais, mas não tem álcool pra todo mundo!

          • Ducar Carros

            Até lá, com o avanço dos híbridos, e se o etanol de segunda geração e o Renovabio emplacarem, não será impossível atender à demanda total de carros com etanol.

    • Tião

      Que infraestrutura cara pálida? è só colocar umas placas no telhado!

      • clipes

        Põe a infraestrutura pelo Brasil então, já que é tão fácil! Pega uma estrada do Brasil e sai botando ponto de recarga em tudo quanto é canto, dá pra fazer a gestão certinho, já que são só umas placas no telhado! Bônus se a estrada for uma dessas estaduais ligando uma cidadezinha do Amazonas com uma do Mato Grosso! Aí quando você tiver certeza que todo mundo vai conseguir fazer a viagem igual faz hoje, aí você fala que são só umas placas no telhado.

  • Bilugs

    Ué… nem tem outra opção viável aqui. Esse povo adora fazer média viu.

  • ocampi

    O prazo para apresentação de plano de saneamento pelas prefeituras era agora em 2020 e nada foi feito…..

    • Dario Lemos

      Muitas leis aqui só servem para uma coisa: ficar apenas no papel.

  • Vai ser que nem a data de fim das TVs analógicas, vai acabar o prazo e vão adiar e adiar. Ainda falta infaestrutura no país, e os modelos de carros elétricos e hibridos disponíveis por aqui são muito caros.

  • jfontes

    Outra lei daquelas pra inglês ver. KKK

  • Pedro

    Carros “Populares” em 150 Mil reais em até 20 anos… Poluição das baterias em larga escala…. Falta de energia (CARA)…

    • Edu

      Movidos a etanol estarão liberados.

    • Dick Buck

      Em até 20 anos serão os carros populares movidos a gasolina que estarão custando esse preço…

      • ricmoriah

        A FCA já tem projeto do motor Firefly Turbo apenas com etanol

  • Pedro

    Carro ELETRICO não é viavel em larga escala em NENHUM lugar do mundo…. Carro Hibrido… “Eletrico” com celula de Hidrogênio etc…ai sim

    • th!nk.t4nk

      Tesla mandou um abraço. Em países preparados pra isso, os elétricos são viáveis sim.

    • Beto

      Tesla esse ano irá vender mais de 500 mil carros, em fábricas que ainda não atingiram sua produção máxima, em 2021/2022 deve vender entre um milhão e 2 milhões de carros por ano, mas, a nova fábrica na Alemanha começará à produção em 2021, já teve 2 trimestres com lucro, mas, a nova fábrica da China ainda está com produção em crescimento, a Tesla ainda está distante de conseguir atender à alta demanda dos mercados, clientes precisam esperar semanas pra receber o carro

    • Sino Weibo

      Na China está sendo.

  • Jhon

    O Brasil tem quantos carros atualmente? Imagina quanto lixo será gerado ao “descartar” tudo isso? Será ótimo para o meio ambiente, com certeza

    • Maycon Farias

      Tem que começar por alguma coisa. Daremos um jeito. A ciência vai encontrar uma forma de ajudar na transição.

      • Jhon

        Não dá pra legislar e tomar decisões desse tamanho com base em “daremos um jeito”.

        Lembrando que somos um país com a economia baseada no agronegócio, se nem países de primeiro mundo têm tal solução, imagina quanto tempo levaria para algo assim chegar ao Brasil?

    • Zé Mundico

      Quanto a isso não vejo problema nenhum com esse papo de meio ambiente. Carros sempre podem ser desmanchados e reciclados. Caso você não saiba, o Brasil tem um dos maiores índices mundiais de reciclagem de metais e plásticos. Tudo pode ser reaproveitado e reciclado em novos materiais e utilizações industriais.

      • Jhon

        Qual o aproveitamento na reciclagem de um carro? Quanto de recursos naturais se utiliza para isso? E os novos carros que terão que ser produzidos? Baterias dos elétricos? Ainda que haja reciclagem não dá pra cravar que o meio ambiente saíra com um saldo positivo.

  • Pipo pipo

    Vou comprar um jumento e uma charrete. Tá decidido.
    Ou será que eles vão proibir o jumentinho também?
    Parece que as leis aqui no Brasil são feitas na base da emoção. Infraestrutura inexistente e as autoridades tomam essa atitude, vai entender.

    • Dario Lemos

      É bem por aí mesmo.

    • Claudio

      Vai pagar IPVA também. Imposto sobre Propriedade de Veículos Animais …..KKKKK

  • Thales Henrique Milanez Jerony

    É rir pra não chorar. Não tem nem infraestrutura pra comportar veículos elétricos/hidrogênio. Querem parar o país de vez com uma proposta ridícula dessa.

  • Maycon Farias

    Uma das melhores notícias que já vi na vida aqui. Muito feliz. Parabéns a todos envolvidos e assim caminhamos para um futuro melhor mesmo que bem mais atrasado que outras lugares de ponta. Parabéns

    • Fanjos

      Gado demais!

      • Maycon Farias

        Então. Antes de espumar tanto assim é só lembrar que as grandes mudanças na história da humanidade sempre estiveram cercadas de dificuldades. Nenhum lugar do mundo está preparado para tudo o tempo todo. Nos países ricos onde irão proibir a circulação também não tinham planos para isso poucos anos atrás, e hoje estão se preparando. Mais cedo ou mais tarde se precisamos resolver algo vai resolver. Talvez os 500 anos de atraso tem haver com algumas pessoas que devem achar que precisa de uma casa pronta antes de escolher o terreno.

        • Fanjos

          É como falei: Antes de querer salvar o mundo, arrume sua cama primeiro!

          Querer todo mundo quer, até eu quero, mas até ai, fazer é um precipício de diferença.

          • Maycon Farias

            Eu estou fazendo. Daqui 3 anos me formo como cientista e já tenho alguns planos para ajudar. Salvar o mundo é difícil mas começar e tentar já é um grande avanço.

            • Sino Weibo

              Não temos infraestrutura e não se cria isso da noite pro dia na canetada, nem somente com incentivos, existem vários exemplos pra demonstrar isso. E vc deve ser como a maioria dos cientistas do país, logo vc vai embora do Brasil por alguma boa proposta no exterior.

        • Sino Weibo

          Estes políticos do nordeste deviam estar preocupados como resolver o problema da seca, que vários países do mundo contornam facilmente, e lá deixam como é, por incompetência. Porque ele não preocupa em criar uma ZNE no semiárido, pra incentivar a região, ou em mudar as capitais do litoral para os interiores pobres dos estados (com certeza se os políticos verem a realidade do povo pobre do sertão, farão algo)?

      • SDS SP

        Boa parte da população ainda vê cocô passando pela porta de casa, mas um parasita de paletó (o autor Ciro Nogueira que, diga-se de passagem, tá bem sujo na fita) acha bonito jogar para a plateia com essa canetada.
        Acho que todos querem evolução tecnológica, mas o negócio tem que ser de forma orgânica e não na base da canetada.

      • Fábio Peres – Conta Prof.

        Tem que ter o projeto de lei. PROJETO.

    • Airplane

      Os automóveis serão à álcool e os ônibus / caminhões à gás !

  • Willie Cicci

    Nova novela depois do Rota 2030

  • LArtur

    E toca produzir energia de termoelétricas…..

  • Aguinaldo Junior

    No PL está faltando informarem o incentivo (MENOS impostos) à fabricação e aquisição de veículos elétricos, o que não ocorre hoje;

  • Matheus

    “Comissão aprova fim de carros a gasolina e diesel daqui há 20 anos”
    Mas já acabou então há 20 anos? Ou é daqui a 20 anos?

    • ricmoriah

      corrigido

    • G. de F.

      Vai que até lá a população já tenha sido ao menos minimamente alfabetizada… É uma esperança!

  • Guilherme Gallene

    Com Virtus em quase 110k, estamos chegando no período onde o carro elétrico tem valor de carro popular. Ou seria carro popular que tem valor de carro elétrico? Mas falando sobre o PL, só esqueceram de combinar com as montadoras. Não vai pra frente.

  • Jacarandá Mimoso

    “Comissão aprova fim de carros a gasolina e diesel daqui há 20 anos”
    Sr. Ricardo de Oliveira, por favor, retire a letra “H” do “há”.
    Só se usa essa letra quando o tempo relaciona-se ao passado.
    No título da matéria a referência é sobre o futuro, portanto sem “H”.
    Desculpe, mas corrigir o português de vcs não é chatice.
    Seus posts podem influenciar a escrita de muitas pessoas.

  • Marciofilho Santos

    Há ha ha ha duvido funcionar aqui na bananalandia , seus lobbys políticos etc

  • El_topo

    O Brasil não é um pais rico em petróleo, o pré-sal já chegou no seu “limite” quero dizer de agora em diante sua produção não sofrerá um aumento significante. Mesmo com os preços abaixo dos praticados no mercado internacional a gasolina já é um gasto significante. Acho que ignorar esses fatos pode ter um custo a longo prazo mais elevado.

  • Danilo Vieira

    Pelo que entendi, em 2030 os carros vendidos no Brasil terão de ser elétricos, híbridos ou biocombustíveis, ou seja, nenhum carro movido somente por combustíveis fósseis, mas carros fabricados antes desta data, movidos por este tipo de combustível, ainda poderão circular nas ruas; já em 2040, não haverá nem ao menos a circulação desse tipo de veículo em nossas ruas.

    • ricmoriah

      sim, a circulação será proibida. agora tem que ver onde será vendida a gasolina, talvez aconteça como o GNV, só em alguns postos, pq como os clássicos, oficiais e estrangeiros rodarão aqui? acho que no final, só vai sobrar os clássicos mesmo. alguém com carro a álcool não ia para argentina e uruguai…os oficiais, vem aquelas licitações que obrigam a ter biocombustível e pronto, zera tudo.

      • Airplane

        Os carros serão à álcool e os caminhões / ônibus à gás !

  • Mancelmo

    Esses nossos políticos são sem noção mesmo… (nem tanto pq veículos oficiais e de coleção(boa parte deles mesmos) estão fora da restrição) .. se a Toyota der uma forçada(R$) eles aprovam pra 2021 já, daí só vai ter corolla hibrido flex….. eita Brasil!

  • Marcelo Martins

    KKKK !! que palhaçada … até hoje tem muitas regiões do país que ainda não chegou energia elétrica !! quero ver fazer infraestrutura em 8.511.000 km² ….. Lei que não vai ser cumprida … vão adiar .. adiar .. adiar ..

  • marcelo ortega batista

    Muito tempo deveria reduzir o prazo, temos a grande frota de flex, aumentar preço da Gasolina e deixar etanol barato..
    e Diesel ir acabando limitando a Caminhões eliminar frota antiga ….. são ações assim

  • Indústria Americana

    O Brasil não precisa esperar as nações desenvolvidas para se movimentar.
    É hora de deixar o vira latismo de lado e andar com as próprias pernas.

    • Sino Weibo

      Mas não adianta querer fazer algo na canetada, sendo que não se tem nada de infraestrutura pra isso.

  • BlueGopher

    Se a competência dos distintos representantes do povo fosse igual ao seu otimismo, o Brasil seria o melhor país do mundo para se viver.
    Pena que no fundo estas idéias são apenas fruto do despreparo dos envolvidos, que não perceberam que simples decretos ou projetos não resolvem os problemas abordados, nem mudam a realidade do país.

  • Oyashiro

    Famosa Lei para inglês ver.

  • Bandit

    Definitivamente político é a raça mais imunda que existe, e o Brasil não é exclusividade, porém o que mais me impressiona é o gadismo aqui da turma achando lindo uma maluquice e idiotice dessas, proposta completamente arbitrária e autoritária, se a gasolina tá cara hoje é culpa de altos impostos, e voces acham que se essa sandice passar eles vão perder o imposto, vão colocar tudo na eletricidade, aí aquela conta de luz já custosa que tu paga 150, 200 reais vai triplicar de preço.

  • Piper Diesel

    Nem a placa MERCOSUL conseguiram mudar… imagina isso kkkkkkkkkkkk

  • Auto Verdade

    Está na hora do Brasil investir em biocombustível em óleo, para substituir o diesel, para caminhões, ônibus e utilitários. O tal óleo de mamona que não requer muito cuidado no plantio e colheita…

    • ricmoriah

      o ideal seria ser assim, biodiesel 100% aí estaria garantido o setor de transportes e construção civil.

      • Airplane

        O gás também garantiria !

        • Auto Verdade

          Gás não tem a mesma potência do diesel, perde muito! Já o biodiesel não perde praticamente nada.

          • Airplane

            Sim, seriam 2 opções !

      • Auto Verdade

        Isso mesmo que queria dizer.

    • Airplane

      Pode substituir por gás !

    • Ducar Carros

      O óleo de mamona não é adequado para a produção de biodiesel, é muito viscoso, tem outros usos melhores.

  • SDS SP

    Acho que todo mundo quer evolução tecnológica, mas na base da canetada de parasitas, isso tende a dar muito errado. Fica ainda pior quando você descobre que o autor da proposta foi um tal de Ciro Nogueira.

    • Cromo

      Quem é esse cara?

      • SDS SP

        Senador pelo PP do Piauí. Envolvido em diversas maracutaias.

  • Thiago

    Em muitos lugares do Brasil as instalações e a própria infraestrutura do setor elétrico é obsoleta e sem previsão de modernização… creio que 20 anos seja muito cedo para um país como o nosso.

  • Sergio c

    Como diabos conseguiram calcular que os restritos poderão rodar “82 dias” pelas ruas do país, e não 60 ou 120 dias??? Qual seria a fórmula p essa escolha, contado os dias de finais de semanas e feriados??? hahaha

    • Eduardo 1981

      o visto de turista, que é a licença, é de 90 dias. Também não entendi o 82 dias.

  • Cromo

    Quem vai em 2030 comprar um carro a etanol (gasolina e flex serão proibidos de vender), se em 2040 ele será proibido de rodar, resultando em desvalorização?

    • Eduardo 1981

      Acho que tal ma redigido ou interpretado pelo site.

      • ricmoriah

        De forma alguma, a reprodução é a que está no projeto de lei. Este sim, que precisa ser mais claro.

        • Eduardo 1981

          Consegui baixar a PL. Realmente é sem pé nem cabeça o que ela diz! É a PL que está mal redigida!

    • “Perguntador”

      Pelo projeto, os carros a gasolina/diesel serão vendidos até 2029 e poderão circular até 2039, portanto, quem comprar um carro novo em 2029 poderá usá-lo por dez anos.

      Mas provavelmente essas datas serão postergadas, já adiaram várias vezes a simples mudança de placas, as montadoras farão um lobby grande para adiar eternamente essa implantação.

  • zekinha71

    Não precisam se preocupar, quando chegar 2030 o prazo vai ser adiado porque não conseguir alterar o Gol, Uno, Mobi, a carroça do seu Zé.

  • Marcello Caetano

    Não temos nem infraestrutura rodoviária e políticos desocupados ficam inventando…

  • Airplane

    Piada pronta !

  • Fanjos

    Até lá eles eliminar todos os buracos da rua?
    Esses doentes mentais antes de quererem salvar o mundo, deveriam começar arrumando primeiro a própria cama do quarto deles.

  • Zé Mundico

    Não resta dúvida que o motor a explosão está no fim da carreira, mas considero cedo essa data. Ainda tem muito carro somente a gasolina sendo lançado e são muito melhores do que flex, uma tremenda mentira.
    Até hoje conseguí ter carros apenas a gasolina (Bora, Ranger, Crv e Outlander) e nunca tive problemas com consumo, pois monocombustível sempre foi mas econômico que bicombustível.
    Mas num país onde a maioria das vendas é de carro popular, acho isso meio precipitado e exagerado. Brasileiro tem essa mania de querer ser o certinho da comunidade e depois taí fazendo papel de besta fazendo remendo e gambiarra.

  • Samluzbh

    Se aprovado, no dia seguinte começa a subir os preços de combustíveis vertiginosamente.

  • Tião

    10 anos atrás a Tesla estava lançando seu primeiro modelo, hoje já é a segunda empresa mais valorizada do mundo, seus carros estão cada vez mais baratos e as outras montadoras também estão se mexendo, dizem que antes de 2025 o carro elétrico já vai ser mais barato do que o a combustão. Então esta data de 2030/2040 não é tão irreal assim, e falando sério quem vai querer pagar mais carro e gastar mais para dirigir uma Maria Fumaça?

    • Sino Weibo

      Mas isso no 1º mundo né. Brasil é outra história.

  • Lucas MTB

    Vou resumir em poucas palavras: infraestrutura, custo energia elétrica e Petrobras.

  • zeh

    Indo no embalo do mundo….sem plano B… talvez o povo votante ( comissão) nem esteja mais envolvido com isso …num futuro próximo…votam na pressão e depois corre atrás pra consertar os erros… que não serão poucos…

  • Alemão

    A matéria se equivoca. A CCJ em questão não foi da Câmara dos Deputados, foi a CCJ do Senado. Não se trata portanto da PL304/2017, mas da PLS304/2017. O texto do projeto de lei propõe que será vedada a partir de 1o. de Janeiro de 2030 a comercialização de automóveis novos por motor a combustão que não sejam abastecidos exclusivamente por BIOCOMBUSTÍVEIS. Sugiro que pesquisem o PLS454/2017 que também versa sobre o tema. Nela, a proposta é por vedar a comercialização de veículos não-movidos exclusivamente por Biocombustíveis a partir de 2060. Lembrando que são só projetos de lei, tem muuuito chão até acontecer alguma coisa

    • ricmoriah

      tem razão, é do Senado, a PLS 304 2017. Há um link com o texto em pdf para consulta. anotado a sugestão dessa outra proposta.

  • G. de F.

    Como diria o finado Garrincha, “Só falta combinar com os russos”. Quer dizer então que o nosso operante e preocupado Parlamento resolveu, de uma penada só, determinar o “fim” do comércio de veículos movidos a gasolina ou diesel para daqui a pouco mais de 10 anos?

    E para a piada ficar ainda melhor, 10 anos depois, “proibir” a circulação, pura e simplesmente?

    Não sei se dou risada ou choro. Na realidade atual, não é nada difícil a fiscalização coibir a circulação de veículos sem as mínimas condições de segurança, atentando contra a vida do próprio condutor e de terceiros.

    E pra completar, “Na prática, a venda de gasolina deverá ficar bem restrita”. Justamente agora, que a produção cada vez mais crescente de petróleo, fundamentada na exploração do pré-sal se torna uma realidade em que o Brasil passa a ser exportador de combustíveis?

    Sinceramente, é incompreensível a medida por todos os aspectos que se possa tentar interpretar.

  • Marcelo Martins

    Como sempre, no Brasil, criamos leis que não serão cumpridas ou que atrapalharão a nossa vida!
    O Brasil precisaria criar uma massa industrial e de suporte gigantesca para absorver essa mudança. Milhões de carros em circulação seriam simplesmente proibidos de andar! Quem vai pagar pelo prejuízo dos proprietários, por exemplo, do fulano que, em 2040 vai ter um Cruze LTZ caindo ao pedaços, mas que é o único meio de transporte dele? Acho sensato proibir que novos carros a combustão sejam comercializados mas os que já existem, devemos deixar que sejam extintos naturalmente!

  • Dick Buck

    A novela da placa Mercosul já dá uma prévia de como vai ser essa saga. Sinceramente, acho improvável aqui no Brasil antes de 2050.

  • Antonio Falm

    Muito pouco realista para um país que tem carros a preço exorbitante com relação á renda da população.

  • Mário Luiz Souto Maior

    Primeiro, o que foi aprovado pela CCJ foi apenas um projeto de lei, não a lei propriamente dita. Agora, o tal projeto irá tramitar na Comissão de Meio Ambiente e, se homologado, seguirá um longo caminho até que seja, em plenário, aprovado ou rejeitado. Por outro lado, é importante esclarecer que esse projeto de autoria do senador Ciro Nogueira não nasceu do nada. O projeto, na verdade, surge para atender demandas econômicas e sociais. A sua redação tenta traduzir de maneira convergente as reividincações de diversos setores da sociedade. Uma dessas forças reivindicatórias vem exatamente da Agenda Legislativa da Indústria, que é o principal canal de interlocução do setor industrial com o Congresso Nacional. Não se trata, veja bem, de forças lobistas. O que encontramos aqui é uma movimentação que reflete o próprio curso da economia, tanto interna quanto externa. O que esse projeto tenta consolidar são as devidas salvaguardas à sociedade, traçando, num espectro de 10 a 20 anos, o calendário de implementação de novas tecnologias menos prejudiciais ao meio ambiente. Em outras palavras, o que esse projeto tenta, em última instância, é proteger você.

  • Naylthon Souza

    Os caras que fazem as leis não pensam, se fosse pra parar de fabricar carros apartir de 2040 aí funcionária, mais proibir circular os carros a combustão aí fica difícil.!

  • Sino Weibo

    Os projetos que deveriam estar tramitando e sendo aprovados agora deveriam ser como irão incentivar os elétricos e criar a infra-estrutura, e não de proibição de comercializar. Um exemplo de lei absurda no Brasil é não cobrar IPVA de carros velhos e poluentes e não dar desconto algum pra quem compra carros novos que sejam econômicos, híbridos, elétricos, não poluentes. Todos os países que estão mudando a matriz energética tem um monte de incentivos pra isso, como o Reino Unido que te da bônus na compra do carro novo, pega o seu velho e o destroi. A China também da vários incentivos não só pra compra mas para que as fábricas produzam eles, inclusive várias startups que vem surgindo lá pra isso. O que o Brasil tem?

  • Marcio Souza

    O que eu acho engraçado são esses legisladores semianalfabetos “elaborando” leis para o país. Primeiramente, não esta sendo feito absolutamente NADA para substituir a matriz energética de combustível fóssíl. Segundo: transporte público precisa ser incluso sim, pois é uma das principais fontes poluidoras. E o mais engraçado: carros oficiais não entraram no bolo, pois esses não podem ficar indisponíveis para essas mentes pensantes. Agora, quero só ver como vão restringir a venda de gasolina para veículos mais antigos.

  • BuffyDawn Summers

    Como pobre hoje não tem dinheiro para os caríssimos carros movidos a combustível fóssil, imagine para os elétricos, vamos trabalhar para tirar os pobres da rua e garantir ruas menos congestionadas para os ricos deputados, senadores e sinistros do STF.

    O que as realezas farão com os milhões de baterias desses carros quando elas não servirem mais? Quantas florestas serão destruídas para construir hidrelétricas para manter a nova frota? Ou iremos para a energia nuclear para valer, mesmo com seus riscos?

    A quantidade de atrocidades que esses vagais fazem no tal do Congresso só mostra o qual inutéis eles são.

  • BuffyDawn Summers

    Quem for esperto, mantém uma fazenda de burrinhos. Eles voltarão a ter valor no mercado. Imagine um estacionamento de burros. 😂😂😂😂

  • Toyo_Highlander fan

    Mais uma vez o Brasil sendo colonia de decisões da Comunidade Europeia.

  • edson leite dos Santos

    VW já anunciou que 2026 ia para de fabricar esses carros, a Ford desde 2008 que esta remodelando as fabricas para carros elétricos, Chevrolet e as outras estão construindo modelos elétricos também, os matérias a base de petróleo estão sendo substituídos por materiais que se degradam ao meio ambiente, o plastico faz 15 anos e ninguém notou, pessoas investindo em painel solar, geradores eólicos, 10 anos e muito tempo para reestruturar as fabricas, tudo tem seu fim, imagina quantas coisas já foi substituídas que era a fonte de dinheiro como ferrovias, lamparinas e querosena que era usado em tudo como eletricidade e hoje, literalmente quando chega perto dos 100 anos ou ele evolui ou deixado para traz por falta de uso, a tv mesmo, ela evoluiu para não ser deixada para traz pela internet e pelos canais de youtube que faz mas comercias e baratos do que a tv, as emissoras podem se adequar ou acabar, por enquanto os carros a etanol e elétricos que vão esta nas ruas, carro da tesla são elétricos e baratos e mais fortes e todo de aço inox do que os carros da Ford a gasolina ou diesel, em 10 anos pode sair muita coisa para ajudar a incrementar nos crescimento, as fabricas não vão sumir, vão diminuir para certos usos como combustível de avião, solventes para tintas, ate para revender para outros países que ainda vão se adequar, agente tem que mudar se adaptar nas novidades e situações que o mundo nos oferece, sendo boas ou não.

  • Fernando Orlandi

    hahaha — sabe quando isso será aprovado em definitivo? 2095 !!! kkk fuck you greta

  • Victor Emmanoel

    Num país (com 200 milhões de habitantes!!!) q em tudo existe cartel legalizado (5 bancos, 5 montadoras de carros, 4 operadoras de celular…), que carro novo já é caro desde o medelo de entrada, os políticos bonzinhos acham q limitar o marcado de oferta vai melhorar a vida dos simples mortais. Cara, essa porcaria de lei só vai acabar com o mercado de carros usados, q é a alternativa menos cara pra quem não consegue comprar um 0 km, subir os preços dos carros e dos combustíveis.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email