Dá para enganar o bafômetro?

bafometro 2

Como enganar o bafômetro? Muitas pessoas já se fizeram essa pergunta. Sem dúvidas o bafômetro é um aparelho muito preciso que mede a quantidade de álcool no organismo do condutor.


Desta forma, muitas pessoas que bebem e logo em seguida pegam o carro e dirigem procuram formas de enganar o aparelho, para fugir das consequências do que fizeram.

Será que existe um jeito de enganar o bafômetro? Vamos ver agora se há reais possibilidades para enganar o bafômetro. São algumas técnicas tentadas por motoristas e especialistas no setor.

Há várias teorias e todas se mostraram contrárias a enganar, mas vale a pena dar uma olhada nestes detalhes:

  • A primeira teoria de como enganar o bafômetro é tomar um pouco de vinagre antes do teste, uma ideia disseminada como uma das formas de enganar o bafômetro. Este aparelho mede a presença de cetona e se o motorista tomar um gole de vinagre, ele reage resultando em acetato, que não é identificado no bafômetro. Os testes com o vinagre dizem que não faz sentido, pois você pode mascarar o “bafo”, mas os sinais de embriaguez ainda estarão presentes.
  • Mascar chiclete para que possa entupir o cano no qual o motorista sopra. Esta teoria também é falsa, pois certamente o policial vai reparar se houver um chiclete no tubo e o aparelho não vai acusar a medição.
  • Tomar refrigerante e encher a boca de gelo. Segundo estudos esta teoria também não funciona para enganar o bafômetro, pois o hidrogênio liberado não chega a anular o álcool nos pulmões. Esta tentativa também é falsa, pois para isto ocorrer outras atitudes precisam ser tomadas, como catalisadores e reagentes extras.
  • Carvão ativado é outra tentativa feita pelos motoristas. O carvão absorve as moléculas do álcool, mas não em quantidade suficiente para burlar o teste, portanto, mais uma teoria que pode ser considerada falha.
  • Inspirar e expirar o ar diversas vezes também foi testado. A ideia desta técnica é encher os pulmões com o máximo de oxigênio possível antes de soprar o canudo do bafômetro. Isso pode até funcionar se o motorista bebeu muito pouco ou quase nada, mas em quantidade maior de bebida alcoólica esta tentativa certamente é frustrante.
  • Comer banana com a bebida alcoólica. Segundo os especialistas também não funciona, pois a banana é uma fruta com outras funções e não funciona para enganar o bafômetro.
  • Há muitas outras teorias que os motoristas tentaram sem qualquer tipo de sucesso, como tomar certos medicamentos, colocar um comprimido de permanganato de potássio na boca, fazer o teste sentado, praticar atividades físicas para oxigenar os pulmões antes de soprar o canudo, entre outras totalmente ineficazes.

Como podemos ver, enganar o bafômetro é totalmente impossível. Isso ocorre pois o álcool presente no sangue vira vapor em seus pulmões, e os aparelhos são sensíveis a ponto de identificar pequenas quantidades de bebida alcoólica.

A melhor forma de “enganar” o bafômetro é só uma: não beba antes de dirigir. Além de ter uma viagem segura, você não precisará pagar nenhuma multa, perder sua carteira de habilitação ou até mesmo ir para a prisão. O importante é ter consciência dos riscos de beber e dirigir.

Lembrando que fazer qualquer coisa para tentar enganar o bafômetro e consequentemente enganar o policial é um crime, e pode fazer com que você seja preso na hora. Então, cuidado! Vamos fazer as coisas dentro da lei sempre.

Autor: Eber do Carmo

Formado em marketing, tem mais de 17 anos de experiência escrevendo sobre o mercado automotivo no Notícias Automotivas, desde que fundou o site em 2005. Anteriormente trabalhou em empresas automotivas, nos segmentos de personalização e áudio. Também teve por três anos uma empresa de criação de sites e catálogos eletrônicos.