Matérias NA Segurança

Como perder menos tempo nos semáforos?

semaforo

Se você mora ou ao menos conduz o seu veículo nas inúmeras cidades dotadas de semáforos, provavelmente já tentou adotar alguns procedimentos para não ser surpreendido pelos sinais amarelo e vermelho numa via. No entanto, você sabia que algumas vias contam há tempo com soluções para te garantir o comodismo de pegar sempre o sinal verde nos semáforos? Separamos abaixo algumas dicas sobre semáforos. Confira:


Como perder menos tempo nos semáforos?

Há algumas técnicas que podem ser usadas no dia a dia para que você perca menos temos nos semáforos das grandes cidades. A mais simples delas é ficar atento para ter uma noção do tempo do semáforo da sua cidade. Deste modo, você poderá fazer um cálculo simples para saber o tempo médio necessário para que consiga pegar o sinal verde em todos os semáforos.

Como exemplo, uma avenida em Campo Grande a velocidade ideal para um automóvel é de 40 a 45 quilômetros por hora. Sendo assim, com os semáforos exibindo o sinal verde a partir de 20 segundos, o condutor leva oito segundos para chegar até o próximo cruzamento e também com o sinal verde no semáforo.

Uma série de vias conta ainda com a “onda verde”. Trata-se de uma reprogramação online do tempo de duração dos semáforos, tornando-os sincronizados, fazendo com que os motoristas consigam passar por uma boa sequencia de semáforos no sinal verde ao longo de uma via sem precisar parar. Isso faz com que o tráfego nas cidades seja mais ágil e, além disso, beneficia diretamente os motoristas, sobretudo aqueles mais “estressados”.


Com ela, o motorista deve estabelecer uma velocidade linear dentro do permitido pela via e ainda não ficar parado após a abertura do sinal verde, se mantendo sempre atento à abertura do sinal verde. Ou seja, para ter o comodismo de não precisar parar nos cruzamentos por conta do sinal vermelho do semáforo, você não pode exceder a velocidade máxima da via, o que te livra ainda de possíveis multas.

No entanto, a “onda verde” acaba sendo uma dificuldade de boa parte das prefeituras. Para que ela aconteça é necessário que todos os semáforos sejam interligados a uma central que coordene os tempos de abertura e fechamento, o que acaba resultando num custo elevado. Além disso, ela deve detectar alguns “problemas”, como o tráfego mais lento, bloqueios no cruzamento, incidentes na via, filas causadas pelas conversões, entre outros. Por esses e outros motivos que muitas cidades abandonaram essa solução nos semáforos.

Qual o tempo de um semáforo?

Não há um tempo exato para os semáforos. O tempo em que as luzes ficam acesas, permitindo ou não que um veículo atravesse a via, é estipulado por um técnico de tráfego conforme o movimento de cada via. Numa avenida com maior fluxo de veículo, por exemplo, a luz verde fica acesa por mais tempo do que numa avenida de menor movimento.

Para se ter uma noção, a capital de São Paulo é uma das cidades que tem os semáforos mais “demorados” no território brasileiro. Afinal, são mais de 4,4 milhões de automóveis e 1,4 milhão de motocicletas, caminhões e ônibus circulando na capital paulista, segundo dados do Detran-SP. Fora isso, as avenidas da cidade não são mais largas, ao contrário do ideal para absorver a frota de veículos.

Na avenida dos Bandeirantes, que dá acesso às estradas que ligam a cidade de São Paulo ao litoral, e na Radial Leste, que lida as zonas leste e oeste da capital, o tempo do semáforo pode chegar a nada mais, nada menos que três minutos (ou 180 segundos) nos horários de pico. A situação piora ainda mais em casos de acidentes ou faixas interditadas, subindo para quatro minutos (ou 240 segundos).

Por outro lado, em uma das faixas da Radial Leste o tempo de espera é de apenas 34 segundos, com direito a 146 segundos de sinal verde.

semaforo-farol-sinaleira

Todo semáforo possui radar?

Nem todos os semáforos presentes no território brasileiro possuem radares. Este equipamento facilita o flagrante de motoristas que ultrapassam o sinal vermelho e contribui para o número de autuações. Há dois tipos de radar de semáforo: um que verifica se você ultrapassa o sinal vermelho e outro que analisa se você ultrapassa o semáforo vermelho e ainda a velocidade permitida.

Sendo assim, é melhor não arriscar e conduzir sempre de maneira correta, respeitando os sinais do semáforo, para que não tenha dores de cabeça e ainda não coloque em risco a sua segurança e dos demais condutores, passageiros e pedestres.

O que fazer no sinal amarelo?

Como você já sabe, o sinal amarelo tem como função te alertar que o verde vai passar para o vermelho e, assim, o motorista não terá mais a preferência de passagem por alguns instantes naquela via. Com isso, o condutor consegue evitar uma freada brusca (conforme o artigo 42 do CTB, nenhum condutor deverá frear bruscamente seu veículo, a não ser por razões de segurança), reduzindo a velocidade do veículo de maneira progressiva e parando antes do cruzamento.

Entretanto, passar o semáforo de cor amarela não é considerado uma infração de trânsito. Sendo assim, o condutor não pode ser autuado por um agente. Então, o que fazer? É fato que, se o semáforo está amarelo para você, ele certamente ainda está vermelho para os veículos da via perpendicular. Sendo assim, naquele exato momento você não terá nenhum risco ao passar pelo cruzamento. Por outro lado, muitos condutores acabam vendo o sinal amarelo há metros de distância do semáforo e enfiam o pé no acelerador para “dar tempo” de passar.

O ideal é que você analise todas as situações (o que inclui o horário, a velocidade desenvolvida, a extensão do cruzamento e o tempo que o semáforo permanece no sinal amarelo) e decida rapidamente, de maneira segura, o que fazer, de forma que a sua integridade física ou a de terceiros não seja colocada em risco. Logo, opte sempre por parar o carro e aguardar que o sinal verde apareça para você.

Avançar o sinal vermelho dá multa?

Sim! De acordo com o artigo 208 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), avançar o sinal vermelho do semáforo ou de parada obrigatória é considerado infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e sete pontos na carteira de habilitação.

COMPARTILHAR:
  • Xandy Paiva

    Se vc não quer perder tempo no semáforo, e só usar a famosa lei de Murphy, se vc torcer pra ele fechar pra vc fazer algo ( comer, ver alguma msg, ver o que seu filho ou filha esta aprontando no banco de tras, ou coisa e tal, por sinal todas proibidas…kkkk ), vc não pega nenhum fechado nem a pau…..kkkkk.

    • Thales Sobral

      Tava falando sobre isso hoje, as vezes quando tô saindo com o carro percebo que recebi uma mensagem no celular, fico de responder se pegar um sinal vermelho, aí é sinal verde o caminho todo! rsrsrs

    • Ronald

      Melhor técnica! 😂

    • Eduardo Mello

      hahahahahahahahahha, excelente!

    • Unknown

      Kkkkkkkkk. Verdade! E quando está com pressa, é o contrário! Só semáforos fechados!

  • Hudson Borges

    Aqui em Goiânia isso nunca irá funcionar, pois a grande maioria dos goianos além de parecer cochilar quando o sinal está fechado, contam até 10 para sair depois dele abrir, então até que a fila que existe nele se desloque totalmente já fechou!!!

    • Xandy Paiva

      Fui pra Salvador duas vezes e lá vc parar no semáforo parece pecado.
      As pessoas ficavam buzinando aí eu olhava e tava vermelho, mas elas queriam que eu passasse mesmo assim kkkk

      • invalid_pilot

        Depois falam que baiano é lento kkkk pelo jeito não.

        • Luis Burro

          A palavra não é bem lento,é mais malandro,preguiçoso.
          Não é de minha opinião,só estou explicitando a fama geral.

          • Se for funcionário publico então, das antigas ou Cabide de emprego/militante. É que a Fama de Preguiçoso se comprova. Realmente não é lento. É Preguiçoso.
            Não são todos, mas tem uma parcela que é foda. Tem energia para brigar/discutir, mas para fazer o que tem de ser feito….é nessa pegada ai msm. Sou de Salvador. É bancário, caixa de supermercado, lojista entre outros… parece que esta trabalhando obrigado. Ai quem quer trabalhar msm, não acha e quem esta, fica dificultando.

            • Luis Burro

              Ah,mas isto é no país final.Aí o clima afeta muito,o calor sempre deixa mais preguiçoso.Em qlqr continente q compare as regiões quentes são menos ricas e desenvolvidas q as frias.

              • th!nk.t4nk

                Até mesmo na Espanha e Portugal. É quente, o povo faz corpo mole pra trabalhar, e até hoje insistem em dormir depois do almoço. E especificamente na Espanha, haja malandragem! Sempre me sinto no Brasil quando estou por lá.

                • Luis Burro

                  É vdd,a famosa sesta.Já vi reportagem tanta da Espanha qnto de Portugal sobre isto.
                  É meio exagerado pq eu não perderia este tempo dormindo.Mas o q acho q mais importa num país é a qualidade de vida.
                  Olhe o Canadá por exemplo,não é tão rico qnto os EUA,mas tem muito mais cidades no ranking das melhores do mundo q o vizinho.

                  • Cosi fan Tutti

                    Canadá tem 10% a população dos EUA, se fosse tao rico quanto a renda per capita canadense seria absurda. Vcs falam coisas tao sem sentido pra justificar coisas triviais. Me fala entao como Hong Kong sendo mais quente que o Brasil tem a renda per capita maior que seu colonizador, a Inglaterra.

                    • Luis Burro

                      Tlvz pq seria como vc isolar NY ou até SP do resto.Primeiro q foi um território agora voltou a pertencer a China.
                      Além disto lá é um importante porto historicamente,sem falar q ficou até 97 na mão dos ingleses.
                      Tbm o q importa,não vai mudar a realidade do clima temperado ou frio favorecer o desempenho econômico.
                      É algo natural do comportamento.

                    • Cosi fan Tutti

                      Esta teoria tua é furada e já demonstrei que não é verdade, apenas com alguns exemplos. O que faz uma região ser rica ou pobre, desenvolvida ou não, é o tipo de economia, de governo, e as riquezas geradas e aproveitadas, sejam elas naturais ou não. Tem países em regiões frias que são ruins, ex: Todos das ex-repúblicas soviéticas, Rússia, aqueles outros países que ninguem conhece que faz fronteira com ela também tipo Uzbequistão, Turcomenistão etc.. no restante da Europa vc tem Polônia, Romênia, Albânia, Turquia etc.. (que, se vc olhar no mapa estão acima no globo da Califórnia, Texas, Nevada e Flórida nos Eua, as regiões quentes de lá riquíssimas que citei).

                    • Luis Burro

                      Mas vc tá com a ótica errada,tdo tem limite,não estava me referindo ao frio intenso e sim as regiões temperadas.
                      Mesmo pq os organismos resistem bem menos ao frio q ao calor.Pq como a vida depende muito da água o qual o ponto de congelamento é 0 grau,isto costuma inserir um sério risco à ela.

                    • Cosi fan Tutti

                      Em nenhum momento falei de frio intenso, alias tem regiões “temperadas” que, como citei, não sao desenvolvidas, e outras que são. Como demonstrei, tem regiões nos trópicos que são ricas e outras não, depende do tipo de governo, economia, investimentos etc..

                • Cosi fan Tutti

                  Se vc olhar no mapa, Espanha e Portugal estão acima no globo de Califórnia e Texas, o primeiro e segundo estados mais ricos dos EUA. Só a Califórnia sozinha, se fosse um país, seria o sétimo mais rico do planeta e a frente do Brasil. São lugares quentes e secos. Não tem nada a ver com clima, e sim o modelo de desenvolvimento e histórico, e regiões inseridos, no caso EUA e União Européia.

              • Cosi fan Tutti

                Califórnia que o diga, Hong Kong, Dubai, Abu Dhabi, Macau, Las Vegas, Miami. Uau!! Vcs são gênios!!!

                • Luis Burro

                  Sempre tem as exceções,mas geralmente na grande maioria é da outra maneira.
                  Primeiro q a Califórnia não fica no Sul e segundo q o clima ali deve ser o temperado q é o o q concentra a maior porcentagem do Pib mundial.
                  O mesmo vale pra Hong Kong,Macau e Texas no caso do clima,sem falar q o estado é um importante produtor de petróleo assim como o Oriente médio de onde vem a riqueza.
                  Não confunda as riquezas naturais com a produzida pelo trabalho.

                  • Cosi fan Tutti

                    Califórnia tem baixas precipitações, clima seco, clima quente, o mesmo para o Texas. Hong Kong e Macau ficam na linha do Ecuador, sendo mais quente ate que a maior parte do Brasil. Então lugares que tem riquezas naturais como petróleo o povo não trabalha? Me explica isso como o óleo sai sozinho e vira gasolina, gás etc.. E se fosse simples assim a Venezuela era um paraíso.

                  • Cosi fan Tutti

                    Vou te explicar um pouco de geografia básica, como a terra e um globo, o sul não e quente, e sim a linha do equador. Tanto que o sul do Brasil, a argentina, Uruguai etc.. tem clima igual da europa. O Brasil tem todas as faixas climáticas, com diferentes níveis de desenvolvimento. Se o que vcs falam fosse verdade, a parte do Brasil mais rica e populosa deveria ser o sul e não o sudeste, que fica na transição entre a linha do equador e o trópico de capricórnio. Ate a Austrália que é um dos países mais desenvolvidos do planeta tem 80% de suas terras deserto e grande parte do país na linha desse trópico.

                    • Luis Burro

                      Sim,mas as partes mais quentes tendem a ser menos desenvolvidas q as regiões mais temperadas,na maioria das situações é assim e isto é natural.

            • Cosi fan Tutti

              Não tem nada a ver com questão cultural, tem a ver com o tipo de economia do lugar. Por exemplo, existe um projeto pra se fazer uma zona franca no semi-árido, nos moldes de Manaus e da forma que se faz na China hoje com as regiões semi-autônomas, e pq isso não sai do papel? Achas que a região, mesmo árida não iria em poucos anos se tornar uma das mais ricas e industrializadas do país? Pegue ex. nos Eua e na propria China, e também no Oriente Médio.

      • kkkkk. Aqui é assim msm. Abriu, sai da frente. E quando esta no amarelo, tenha certeza que não tem ninguém atrás de vc se for reduzir, porque nego vê o amarelo e pisa fundo. Se não for avisando que vai parar, o cara vai na fé atrás de vc. Não são todos, mas sempre tem um Paul Walker ou Toretto.

        • Xandy Paiva

          Os únicos verde, amarelo e vermelho que eles respeitam aí é o do Olodum …..kkkkk
          Agora serio, nos primeiros dias, eu falei pra minha esposa, será que aqui e o inverso????. Era parar no semáforo e já vinha, principalmente taxista buzinando…. complexo kkkkk

          • kkkkkkkk Vey, até na saída de semáforo, se vc der uma acelerada, uma chamada, nego sai arrancando. Comigo só aconteceu no período da tarde com o transito mais de boa. Até na época da auto escola acontecia, o instrutor ficava puto comigo no semáforo kkkkk

  • Daytona

    Santos, SP, tem os piores semáforos de Brasil…
    Além de todos fecharem quando o seguinte abre, os motoristas tem mais de 90 anos e você nunca sabe se o cara da frente morreu mesmo ou se esqueceu que abriu.
    E buzinar não ajuda… aos 90 eles são indiferentes ao som.

    Então o melhor é comprar carro com Ar, preparar pra fazer 5km/l e levar um livro ou algo do tipo.

    • Alexandre Maciel

      Venha passear por Fortaleza com seus semáforos a cada 100m… hahaha

    • Itamar

      Sou de santos e confirmo, não dá pra entender o que se passa na cabeça de quem programa isso.
      Não faz sentido abrir o semaforo e o seguinte ja fechar.

  • T1000

    Comprando um Hummer e passando por cima dos carros que não saem quando o sinal abre.

    • Luis Burro

      A regra funciona como na estrada em q a faixa da esquerda é só pra ultrapassar.Se seguissem esta regra à risca o trânsito já fluiria bem melhor.
      Ruim são as motos costurando(aliás todos q costuram) de tdo q é jeito,além de não sinalizarem as ultrapassagens vão a trocentos pelo corredor.
      Deveria ter uma faixa mais à esquerda exclusiva de moto,tbm já organizaria melhor.

      • Xandy Paiva

        Deviam era proibir o corredor, a gente tem que ficar se preocupando com quem tá tentando se matar…..

        • Luis Burro

          Ah,se tivesse regras mais claras e exigentes não vejo problema,pq ali é um espaço desperdiçado.
          Então os veículos deveriam se espremer mais pra liberar o máximo de espaço pelas laterais,à esquerda pras motos e à direita pras bikes.

  • Rafael

    Todos os semáforos deviam ter aquela contagem regressiva para abrir e fechar, daí os condutores se programam com antecedência, seja para iniciar a desaceleração e frenagem, ou para engatar a 1º e não demorar a arrancar e onde os semáforos são apenas para travessia de pedestres com pouco fluxo, o semáforo devia ficar sempre verde para os veículos e só abrir para pedestre quando esse pressionar um botão no mastro/poste/barra de fixação deste semáforo.
    Para quem mora em Belo Horizonte vai entender melhor ao pegar a via 240 sentido estação -> bairro, onde existem 3 semáforos “mortos”; 1 bem no início da via, que é somente para pedestres e bem acima da faixa de pedestre, literalmente, existe uma passarela!!! Isso mesmo, você não leu errado. Os dois seguintes também são apenas para pedestres, mas raramente alguém atravessa ali.
    [off] Uma coisa que me deixa mais p* da vida são as lombadas sem propósito nenhum. Se não é via de risco ou histórico de incidentes, se não tem escola, hospitais ou muitos pedestres na região, então qual o motivo de encher a merd@ da rua de lombadas? Só pra vereador falar que fez algo pra região? aff

    • Luis Burro

      Já eu penso o contrário.Deve se dar prioridade aos pedestres e ciclistas em relação aos carros.
      A maioria não leva mais q duas pessoas,por isto q tem tanto congestionamento.

      • Rafael

        Oi Luis, você não conseguiu pega a linha de raciocínio. Não falei para carros terem prioridades e sim onde não tem praticamente nenhum pedestre atravessando a via, os semáforos ficariam a maior parte do tempo aberto para os veículos, uma vez que se aparecesse algum pedestre seria somente apertar um mísero botão e o semáforo de prontidão se abriria para esse pedestre, ou seja, ele teria a preferência não é?
        Isso evitaria ficarmos parados em semáforos para fantasmas

        • Luis Burro

          Ah,foi mal!Eu entendi,mas a forma como coloquei é q parece contraditória.
          Ruim é q,como cada um tem sua personalidade,uns são naturalmente mais propensos a ser mais racionais,entender e seguir as regras coerentemente.Só q isto abre uma brecha pro direito de qm não é assim de atravessar,podendo causar muitos acidentes.
          Tô falando isto pq acho muito desperdício ficar parado no semáforo qndo em horário de menor movimento não passa ngm (nem veículo,nem pedestre).
          Acho q a pessoa poderia passar no vermelho desde q na condição,o problema seriam aqueles q iriam passar só pela oportunidade sem seguir o recomendado.

  • Duh

    A única coisa que precisa saber: se pegou um semáforo fechado, vai pegar todos assim no trajeto.

  • Matéria interessante, mas desconsidera uma variável, a faixa de pedestres, já que teoricamente em cada cruzamento ou quadra costuma ter uma nas grandes cidades, e poucas possuem semáforo para pedestre. E teoricamente o motorista deve parar para dar preferência ao pedestre, mesmo que o sinal esteja verde para o carro.

    • Luis Burro

      Mas não é isto q acontece na prática.Principalmente nos centros grandes onde a pressa é generalizada.
      Por isto q tem tantas colisões e mortes.

    • th!nk.t4nk

      Antigamente em SC o povo parava na faixa mesmo quando não tinha sinal. O povo era realmente muito educado. Hoje em dia, com tanta imigração de outras regioes, o costume se perdeu. Mas era só uma questao de tempo mesmo, inevitável que isso acontecesse. No Brasil tudo se nivela por baixo. Ninguém quer aprender os costumes de outra cultura e se adaptar, querem é impor sua forma de fazer as coisas à força, sempre achando que estao certos.

      • Cosi fan Tutti

        Imigração? Então os brancos descendentes de europeus de SC são educadinhos e os “imigrantes”, leia-se, pardos, índios, negros, árabes de outras regiões não? Como se na Europa todo mundo fosse educado e não existisse isso…

      • Unknown

        Acredito que “antigamente” tinham menos veículos nas ruas e esperar um pouco mais ou dar preferência para os pedestres não causavam tanto reflexo no trânsito. Hoje, em um centro urbano, cada segundo de demora no tempo de reação, causa um impacto no trânsito. Não precisa ser engenheiro de tráfego para notar isso!

    • Rafael

      Bom dia André, me corrija se eu estiver errado, mas é que os veículos devem dar preferência somente onde não há sinalização ou se o pedestre já iniciou a travessia, ou seja, com semáforos abertos para carros o pedestre deve esperar

      • gabriel avila

        Tanto é que boa parte dos sinais tem o sinal pra pedestre que fica vermelho quando o de carro está verde. Se o pedestre tiver a preferencia o tempo todo, os carros não andam nunca nos grandes centros, pois sempre tem gente querendo atravessar.

      • Thiago

        Também tenho esse entendimento, Rafael. Conforme o código de trânsito:

        Art. 70. Os pedestres que estiverem atravessando a via sobre as faixas delimitadas para esse fim terão prioridade de passagem, exceto nos locais com sinalização semafórica, onde deverão ser respeitadas as disposições deste Código.

        Parágrafo único. Nos locais em que houver sinalização semafórica de controle de passagem será dada preferência aos pedestres que não tenham concluído a travessia, mesmo em caso de mudança do semáforo liberando a passagem dos veículos.

        Mesmo o pedestre tendo prioridade de passagem onde não existe semáforo, ainda deve tomar algumas precauções:

        Art. 69. Para cruzar a pista de rolamento o pedestre tomará precauções de segurança, levando em conta, principalmente, a visibilidade, a distância e a velocidade dos veículos, utilizando sempre as faixas ou passagens a ele destinadas sempre que estas existirem numa distância de até cinqüenta metros dele, observadas as seguintes disposições: […]

        Alguns pedestres, por conta dessas campanhas que não ensinam as coisas direito, tem mania de simplesmente entrar na faixa e o condutor que se vire pra enxergar e frenar. Eu sempre uso algumas regrinhas, sendo pedestre ou motorista.

        Como pedestre sempre procuro observar o condutor, se está reduzindo a velocidade, se percebeu minha presença, se tem outros pedestres aguardando, se tem muitos carros no momento (por exemplo quando acaba de abrir um semáforo e logo na sequência existe uma faixa para travessia). Prefiro aguardar a passagem dos carros ou a parada, na maioria das vezes eu já venho observando o trânsito para passar causando o impacto possível, preferencialmente que não precise fazer o condutor parar.

        Já conduzindo procuro analisar a situação, isso se o pedestre permitir. No caso dos que se jogam não tem o que fazer, é dar um jeito de parar e tentar sinalizar com o alerta os demais condutores. Quando o pedestre aguarda analiso se tem mais pedestres esperando, se é alguém carregando coisas, chuva, crianças, idosos, a quantidade de carros atrás, se o semáforo acabou de abrir… para decidir sobre a parada ou passagem. Quando somente eu estou passando faz mais sentido passar logo que parar (normalmente leva mais tempo até a imobilidade e o pedestre sentir segurança para atravessar que simplesmente manter a velocidade).

        É um tanto difícil interpretar o código. Não tem como parar a todo instante, senão congestiona tudo, assim como é necessário parar onde não existe controle para permitir a passagem do pedestre. Tento usar algum bom senso porque nem sempre ele foi usado no planejamento urbano.

  • Luis Burro

    Hj tive um contratempo por causa disto,tive um encontrão com uma ciclista adolescente q se intrometeu na frente bem na h q fechou o sinal pros pedestres e abriu pros carros.

  • Luis Burro

    Até onde lembro,em Curitiba é do tipo programado no centro,acho q dá pra pegar uns 20 abertos.

  • Wellington Myph13

    Em Sorocaba não existe essa “onda verde”… Aqui é ridiculo, se você seguir a velocidade da via do fim da Armando Pannunzio até o fim da General Carneiro, você para em 80% dos semáforos. Se você for acima do limite, você consegue pegar 90% aberto… Comédia né? Por isso eu digo que na minha direção “bipolar” eu acelero no começo pra passar os lesmas e os que obedecem ao limite na risca, e depois jogo quinta e mantenho acelerando pra não ficar nos semáforos. Isso serve pra Itavuvu e Ipanema também…
    Aqui a cidade deve ter algum conluio com empresas de pastilha de freio e os postos de combustível, pra parar em todos os semáforos.

    • Rafael

      Falta de planejamento e boa vontade do órgão de trânsito de cada região. Em alguns países da Europa, a velocidade média da via não passa dos 30 – 40 km/h e mesmo assim com via cheia não há congestionamentos, isso porque tem poucas retenções e os veículos seguem na mesma balada como se estivesse num trilho.
      Também acho que tem uma complô do município com empresas de pastilhas, combustível, pneus e psiquiatra. Só pode

  • Alexandre Maciel

    Em Fortaleza acabaram a tal “onda verde” quando programaram os semáforos de várias avenidas de modo a fazer com que você, saindo de um que acabou de ficar verde, não consiga passar por dois cruzamentos com o equipamento.

    Solução? Andar entre 70 e 80Km/h quando não for agraciado com motoristas andando a 40Km/h em todas as faixas.

    O que faço? Poupo os meus v.t.n.c. contra o prefeito ex-candidato a ex-gordo desta província e uso Uber durante a semana. E nos finais de semana? Utilizo as faixas exclusivas (aos sábados a partir das 14h e aos domingos, o dia inteiro) já que os acéfalos não conseguem ler as placas indicativas e permanecem criando engarrafamentos nas demais faixas da via.

  • afonso200

    o pior é o whatsapp, abriu, 5-10 carros ja arrancaram é o filho da truta ainda ta la mechendo no whatss, dai tu da aquela buzinada forte e ele fica brabo ainda

  • Ronaldo Prado

    eu acho que o wase poderia ter uma função de mostrar aos motoristas a velocidade média recomendada para não precisar parar, seja pelo trânsito ou pelos semáforos. isso iria ajudar o povo a economizar uma boa grana com combustível, além de melhorar o índice de poluentes. fica aqui a dica caso alguém queira fazer um aplicativo assim.

    • Jossimar Pádua Júnior

      Podia sincronizar os semáforos com apps como waze e a rota do usuário baseado na posição geográfica para fazer a rota mais eficiente possível, não é impossível, só saber tratar os dados. Me lembro de ter visto algo do tipo em pesquisa se não me engano pela Volvo na Europa, não sei no que deu.

  • Silvio

    “Como perder menos tempo nos semáforos?” Não fique mexendo no smartphone a cada semáforo. Canso de ver o bendito ficar verde, e o cidadão parado dentro do carro de cabeça baixa.

  • No trânsito 2D de Curitiba, sem elevados e com centenas de semáforos 4 e 5 tempos, impossível. Trabalho em Pinhais e moro no bairro Portão em Curitiba, já levo mais de uma hora de viagem na volta do trabalho e pelo andar da carruagem daqui a pouco isso vai virar uma viagem do Anastácio até Guarulhos…

  • Itamar

    tem uns semaforos que são absurdos. Voce espera por 5 minutos, ele abre, e fecha em 15 segundos.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email