Trânsito

Como saber se um carro tem multas? (veja 3 métodos)

Como saber se um carro tem multas? (veja 3 métodos)

Na hora da compra de um veículo usado, uma das questões que mais interessam o consumidor é se o carro tem ou não pendências, tais como multas. Saber se o carro tem ou não infrações de trânsito ou administrativas, que resultarão em gastos adicionais após a compra é de grande importância na hora de fechar o negócio.


Mesmo que o vendedor ou proprietário diga que o carro não tem multas, o melhor mesmo é conferir se isso é verdade. Isso não significa que estes estejam agindo de má fé, pelo contrário, às vezes o automóvel foi autuado em alguma infrações de trânsito, seja por agentes ou por fiscalização eletrônica e tais punições ainda não foram comunicadas.

Como saber se um carro tem multas? (veja 3 métodos)

 


Despachante e Detran

Antigamente, a única forma de se descobrir se um carro tinha multas era indo até um despachante. Trata-se de um profissional que cuida de toda documentação referente a parte burocrática de registro e circulação de veículos.

Ele possui acesso ao banco de dados do Detran e pode verificar quaisquer tipos de autuações imputadas sobre o veículo, resultando assim em um comprovante de que o carro tem ou não infrações registradas.

Além disso, também oferece um histórico de infrações passadas pelo veículo. Muitos despachantes possuem serviços de consulta online, com direito ao histórico de registro do veículo, mas mediante pagamento de uma taxa. Outro meio é ir direto ao Detran local para poder consultar os dados do veículo para saber se existem multas.

Com a introdução da internet, os serviços de consulta de multas e infrações de veículos ficou muito mais fácil. No caso do Detran, o site geralmente oferece uma função de consulta através do número do Renavam e da placa do veículo, mas como observado por estes serviços, os dados não podem ser considerados totalmente válidos, pois autuações ainda não imputadas ao registro do veículo podem existir, bem como recursos de outras que poderão se converter em aplicação da multa.

O DER também oferece o mesmo serviço, geralmente apenas com Renavam (número de registro do veículo presente no Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo – CRLV) ou documento (CPF ou CNPJ) do proprietário ou Cadin (Cadastro de Informações de Créditos não Quitados de Órgãos e Entidades Estaduais).

Algumas prefeituras também possuem em seus departamentos municipais de trânsito, um serviço que permite a consulta de infrações de trânsito cometidas na cidade e aferidas por radares ou agentes municipais. As Secretarias de Fazenda dos estados podem também fornecer esse mesmo serviços, mediante novamente ao número do Renavam e placa do veículo.

Como saber se um carro tem multas? (veja 3 métodos)

Sites, classificados online e aplicativos

Alguns sites possuem serviços online de consulta de multas recentes e histórico do veículo, mediante o pagamento de taxa. Em alguns classificados da web, também existe essa opção, que é igualmente paga.

Esses laudos oferecidos na internet ajudam o comprador na hora de decidir sobre qual carro levar. De posse dessas informações, ele pode negociar com o proprietário ou vendedor da loja.

Outro recurso que o consumidor ou proprietário de veículo pode utilizar é aplicativo de multas. Trata-se de app dedicado com a função de consulta de registro de infrações e tem tanto uma versão gratuita quanto uma paga, com mais serviços. Os aplicativos também estão presentes em alguns Detrans e Departamentos estaduais de rodovias, bem como a Polícia Rodoviária Federal.

Além disso, alguns sites de classificados online criam laudos completos de forma virtual, onde o comprador pode consultar sobre diversas informações sobre o carro que está sendo anunciado, incluindo se existem multas pendentes, facilitando assim na hora de negociar o valor final do veículo, mas cobram por tais serviços extras, presentes nos anúncios.

Outros sites consultam placa do veículo e por meio dela conseguem obter diversas informações, incluindo histórico de multas.

Como saber se um carro tem multas? (veja 3 métodos)

Sistema de Notificação Eletrônica

Outro meio de saber se um carro tem multas é pelo Sistema de Notificação Eletrônica, que permite que atuações sejam comunicadas através de e-mail ou SMS. No entanto, isso só é válido para quem já está com o carro.

No caso, por exemplo, na hora da compra o carro não teve ainda uma multa registrada no sistema do órgão de trânsito e o processo de transferência foi feito. Então, quando o novo proprietário se registrar nesse sistema, pode receber a multa que não foi ainda incluída no banco de dados, recebendo-a por via eletrônica.

Como saber se um carro tem multas? (veja 3 métodos)
Este texto lhe foi útil??

11 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

  • Além do óbvio site do Detran, o meu favorito é o DENATRAN, que geralmente informa tudo, mas poderiam disponibilizar a notificação completa contendo inclusive a foto do veículo.

  • Eu devo ser uma cara de sorte. Vou a SP algumas vezes por ano, a mais de 20 anos, atravesso todo o estado, dirijo pela capital e nunca tive uma multa sequer. Mas sou aquele motorista que sempre respeita as normas de transito. Dirijo todo dia e a ultima multa foi a mais de 15 anos…

    • Se você nunca tomou uma multa de rodízio antes do horário (começa as 7:00 mas a multa indica horário 6:50 da manhã), ou uma multa por andar com farol apagado as 18:05 no horário de verão, ou até mesmo uma multa não respeitar a distância do carro da frente, ou uma multa por passar no amarelo, que é permitido mas o agente acha que você passou no vermelho, ou uma multa por andar na faixa de ônibus quando você está fazendo a conversão para a direita e obrigatoriamente tem que passar pela faixa de ônibus, ou uma multa por passar a 35 km/h onde a máxima é 40km/h mas a lombada eletrônica que marca 55 km/h , você é um cara de muita sorte.

  • Este Brasil é esquisito, o carro sozinho não comete infrações, então por que puní lo?
    O correto seria vincular a placa ao CPF da pessoa, daí a multa iria para o ser vivente e não para a máquina, e não teríamos está preocupação de ver se o carro é um mau obedecedor das leis de trânsito.

  • Uma coisa que é legal adicionar para quem compra carro usado no município de São Paulo, principalmente veículos até ano 2013 é checar se não há multa de Controlar pendente.

    Estas multas não aparecem no Detran,somente no site da Prefeitura (buscar Multa Controlar no google) e não impedem o licenciamento.

    Eu comprei um Fluence 2011 em 2016 e o vendi recentemente, quando a loja que recebeu meu veículo foi recebê-lo, não aceitaram por ter esta multa do Controlar, recebida em 2013 (ou seja, antes de eu adquirir o veículo) e com os juros, o valor da Multa era de R$ 1.100,00!

    Eu tive que ir atrás da loja em que comprei o Fluence e eles reembolsaram o valor que paguei desta multa, porém acredito que a maioria das lojas, sequer checam ou não avisam para o comprador desavisado.

    O Controlar foi suspenso em 2013, porém antes do término do período de licenciamento de algumas placas (se não me engano, placa 7 para cima) e estes ficaram isentos da vistoria no ano, porém os anteriores, que licenciaram o veículo antes da suspensão do Controlar e não realizaram a vistoria na época, podem ter esta pendência.

    Na época, liguei para a Secretaria de mobilidade urbana e os mesmos me informaram que acreditariam que a cobrança seria indevida, porém eu teria que entrar com recurso junto à Prefeitura (o que poderia demorar anos) e que, caso o Controlar retornasse (deixaram claro que estava nos planos da prefeitura retomar à vistoria) estas multas antigas passariam a ser impeditivo para licenciamento novamente.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email