Hatches Toyota

Comparando o Etios 2014 com o Etios 2017

etios-2014-vs-etios-2017 (14)

Depois de ver vários comentários de críticos da área automotiva falando que o novo Toyota Etios 2017 foi o carro que “não mudou, mas mudou muito”, tive a oportunidade de comparar lado a lado o meu modelo (um Etios HB XLS 2013/2014 – Cinza) com o novo Etios HB XLS 2016/2017 (prata) automático. Vamos às minhas impressões:

etios-2014-vs-etios-2017 (11)

etios-2014-vs-etios-2017 (10)

Logo ao entrar no carro, pude perceber mudanças significativas (algumas já realizadas nos modelos 2015 e 2016) como o banco de couro como item de série, comando one touch na descida do vidro elétrico do motorista, comando para travamento central das portas, apoio de braço para o motorista, o terceiro apoio de cabeça no banco traseiro e cinto de três pontos para todos os passageiros, além do Isofix. As chaves continuam iguais.

etios-2014-vs-etios-2017 (5)

etios-2014-vs-etios-2017 (4)

Por fora, o desenho das rodas mudou, a antena diminuiu de tamanho, a segunda lâmpada de ré foi inserida e o repetidor de seta está acoplado ao retrovisor (já havia sido acoplado em 2015). Sem mais alterações.

etios-2014-vs-etios-2017 (3)

etios-2014-vs-etios-2017 (2)

Mas, sem dúvidas, uma das melhores mudanças foi o novo painel que agora dispõe de 2 telas TFT de 4.2 polegadas unidas, onde a primeira mostra o velocímetro digital, com a identificação das marchas e regulagens de contraste, odômetros totais e parciais, mostrador de combustível e gráfico ECO onde mostra digitalmente o quanto que o acelerador está sendo pressionado (quanto menor a pressão, melhor o desempenho de economia). Já na segunda tela, é possível escolher entre o mostrador de RPM simulando gráfico analógico ou um SENHOR computador de bordo, onde é possível até inserir informações de valores do combustível e ele te informa seu gasto médio, em reais! Entre outras várias funções de um excelente computador de bordo.

etios-2014-vs-etios-2017 (12)

etios-2014-vs-etios-2017 (13)

Mas vamos falar como o Etios anda!

Já que eu estava com dois Etios, ambos 1.5 HB XLS, um com motor de 92cv e o outro com 102cv (valores com gasolina – com etanol passa para 96cv e 107cv), um manual de 5 marchas e outro automático de 4 velocidades. Resolvi comparar.

etios-2014-vs-etios-2017 (6)

etios-2014-vs-etios-2017 (7)

A diferença começa ao ligar o carro – o novo motor Dual VVTi está mais limpo e silencioso, e isso se reflete na acústica do carro em movimento.

No Etios manual, faço as trocas das marchas na faixa dos 3000rpm, e “cravando” a velocidade de 80km/h em 5ª marcha nas vias expressas, o motor 1.5 16v antigo fica na faixa de 2300rpm. Quando a velocidade é aumentada para 100km/h, o rpm chega aos 3000 – que fixado nessa rotação, há um incomodo pelo ruído.

etios-2014-vs-etios-2017 (15)

etios-2014-vs-etios-2017 (8)

Já no novo Etios, as marchas são mudadas na faixa dos 2800rpm (em comportamento urbano) mantendo os 1800 a 1900rpm em 4ª marcha com os mesmos 80km/h, e 2500rpm quando chega aos 100km/h. O que mais impressionou, foi a tal “elasticidade” do motor Dual VVTi, que não faz o motor gritar – como se houvesse “sub velocidades” no meio das marchas, por exemplo, quando a terceira marcha entra em funcionamento e a velocidade segue aumentando, chega o “tempo” que, se fosse no motor antigo a marcha usada seria a 4ª (prestes a mudar para a quinta), mas o novo motor segue em terceira marcha, sem demonstrar esforço excessivo e sem aumento repentino da rotação, mudando para a quarta marcha e deixando a rotação baixa.

Sem falar do Cruise Control, que é possível automatizar a velocidade de “cruzeiro” do carro a partir de 40km/h, que os Etios antigos não tinham.

etios-2014-vs-etios-2017 (1)

Usando câmbio automático, estou acostumado com o funcionamento do CVT da RAV4 e com o sequencial de 6 marchas do ix35, e posso afirmar que o funcionamento do AT do Etios não faz feio!

Os ajustes da suspensão que foram feitas no modelo 2017 ficou perceptível quando é colocado o modelo antigo ao lado do novo. A frente do carro ficou mais alta – e isso ajudou muito em não arrastar o para-choques quando entro na garagem (situação que vivencio todos os dias com o Etios antigo).

A direção está mais acertada, não que o Etios 2013/2014 tenha uma direção folgada, mas quando os dois são comparados, é possível perceber esse leve ajuste.

A central multimídia do novo Etios não disponibiliza entrada para CD/DVD, mas é possível fazer o espelhamento do celular na tela que é maior, além do leitor de cartão SD e entradas USB e HDMI. A estrutura de caixas de som é a mesma – 2 tweeters e 2 caixas de som apenas nas portas dianteiras.

Os porta-objetos continuam os mesmos – incluindo o generoso porta luvas que pode ser climatizado através de uma abertura do ar condicionado – e funciona, eu já testei! Em uma viagem de 4 horas, as 5 garrafas de água (500ml) que foram colocadas (já geladas) se mantiveram em excelente temperatura até o final do trajeto.

etios-2014-vs-etios-2017 (9)

No consumo, não posso avaliar com muita precisão, mas se meu Etios 2013/2014 faz a média de 12km/L na cidade (com gasolina), com certeza o novo motor deve ser melhor, já que recebeu a etiqueta A do Inmetro.

Enfim, havendo a possibilidade de um bom negócio, vale a pena “evoluir”.

Luiz Fernando S. Alves – Designer Gráfico, 28 anos, morador de Aracaju/SE.





  • zekinha71

    Realmente mudou, mas não mudou, ficou jogo dos 7 erros.

    • Franklin Diego

      kkkkkkkkkkkkkk boa!!

      A Toyota tinha e ainda tem, eu acho, um bom produto para fazer parte tranquilamente do Top 5 do rank de vendas. Será que ela não sabe que nós brasileiros em sua maioria compramos carros por sua “boniteza” e sua aparência? E que por mais que tenha 5 air-bais, controle de tração, acendimento automático dos faróis, sensor de fadiga, ar-condicionado digital de duas zonas, etc, o carrinho não vai nem sonhar em vender super bem?
      Se caso não saiba, alguém faz favor de avisar à ela de que esse público do Etios quer um carro bonitinho tanto por dentro como por fora.
      A marca tem credibilidade, o que falta é fazer um produto adequado ao público. É simples!

      • Deadlock

        Se eles tornarem o Etios bonito, o que será das outras montadoras? Tem que ter responsabilidade social…

        • Gabriel Araujo

          Huahauhauahauhaua… Ótimo comentário!

        • carlos rodrigues

          Isso que eu estava pensando… se ele tivesse um conjunto estético moderno, como esse conjunto mecânico acertado que ele tem, serio páreo duro.

      • Gilberto Silva

        Eu até pensei em comprar um semi novo quando fui trocar o meu, e confesso que olhando de perto, o interior nem é tão feio assim, pode não ser lindo, mas está longe de ser horrível… e o carro é enorme por dentro.

    • ObservadorCWB

      7 ????? Só achei uns três até agora…rsrsrs

  • AugustoSeide

    Acho o Etios automático o “popular” mais interessante de todos (junto com o March CVT)

  • Jackson A

    Sobre o espelhamento da central, tem uma pegadinha pra usar o GPS. $

    • Pedro Fontes

      Opa amigo, pode falar qual é? rsrs

  • edgar__rj

    Mudanças significativas, porém deveriam enfatizar também a estética…

    • Gabrielch

      Cara pensei a mesma coisa. Houve mudanças bem interessantes. Muito legal a gente ver as melhorias comparando um e outro.

      Só que esteticamente esse carro é horrível.

    • André

      Até concordo que o Etios merece um tapinha no visual, mas tem a questão do respeito com o cliente Toyota, para os modelos anteriores não desvalorizarem muito. Na verdade, o grande defirencial que a marca Toyota oferece é justamente a facilidade de revenda.

      • Fanjos

        Tapinha no visual?
        Merece um murro na cara do visual para ter que reformar tudo xD

      • Mazembe 2X0

        Mas pelo jeito essa filosofia não se aplica ao Corolla ,pois o mesmo já vai mudar ano que vem.

    • Felipe

      É… esse tipo de mudança é bem vinda, mas custa caro. Num carro em que deveria ter um custo x benefício interessante, mudanças profundas na lataria certamente afetariam o valor final do carro.

  • Diogo Oliveira

    Jogo dos 2 erros.

    • Alessandro Rodrigues

      Se a intenção era para se interpretar maldosamente, eu consegui, rs.

      • Matheus_P

        Isso! Hehehe

  • Snoop Dogg

    O que vai ter de gente comprando so pq eh “toyota” indestrutível não ta escrito, eu particularmente achei HORRIVEL esse painel alienigina sem padronizaçao de design e com saídas de ar do Ford Ka 1999.

    • Hélio

      acho q seria mais pelo pós venda

      • Snoop Dogg

        Que pos venda que tem esse Etios ???? ngm quer abraçar um usado desse ai não

        • Hélio

          vc sabe o que é pós-venda?

          • Snoop Dogg

            A relação que a marca mantém com o cliente apos a venda do produto ? agilidade em sanar problemas, atenção nas necessidades do cliente, ofertas e promoções a fim de fidelizar o cliente com a marca e outros bla bla sem fim ????? eu sei que eh isso, mas não vejo nada demais no pos venda da toyota comparando com alguns concorrentes, tudo mesmo nivel…. Falam do pos venda da toyota como se quando cliente entra na loja, eles estouram champagne, fazem massagem no cliente enquanto ele negocia algum carro ou serviço…. para vai, com tantos concorrentes superiores ,vou comprar um Etios por causa do pos venda da Toyota ?? ….tenho amigos que pagaram quase 200k nessa SUPER, INDESTRUTÍVEL HILUX, e eles não sabem se dirigi de vidros abertos ou fechados de tanta poeira que entra no veiculo por todas entradas e frestas possíveis e ate agora o super pos venda da toyota não resolveu o problema de nenhum deles.

    • Tereso

      Tem gente que não compra o carro só pelo painel, pelas saídas de ar…

      Tem gente que pensa na mecânica, no conjunto, na confiabilidade do produto, na empresa… E confiar na empresa, pra mim, é muito importante, pois nada pior do que ter um problema num produto novo e ficar ao deus dará.

      Cada um faz suas opções.

      • Marco Douglas de Paula

        Tem gente que quer as duas coisas. Mecânica e beleza.

        Q coisa, não?

  • afonso200

    esta precisando de uma bela repaginada (modelo novo) ou um bom facelift

    • pedro rt

      vai ter q esperar ate 2018 pra ver isso entao

  • Mauro Schramm

    Aquele vão na porta no modelo cinza (8ª foto, mostrando o repetidor do pisca) me pareceu irregular. Seria uma ilusão de ótica em função do ângulo da foto?

  • Continua horrível este painel, quantos devem ter levado multa em Sampa por não conseguir ver a velocidade.

  • Mr. On The Road 77

    AT4 da Toyota – Lindo, magnífico, 8ª maravilha do mundo, não perde nada para um CVT, ou AT6.

    AT4 de qualquer outra marca – Porcaria, não presta, coisa do século passado.

    • André

      O problema é que brasileiro pensa que só porque lançaram uma versão mais nova de alguma coisa, o antigo vira automaticamente um lixo, quando não é bem assim. Tive, por exemplo, um Astra AT4 e o cambio funcionava muito bem, melhor que os problemáticos Poweshift e DSG e que os tão elogiados CVT mas que são um saco para dirigir. Desde que bem acertado no conjunto motriz, não vejo problema no cambio AT4. Também não quero dizer que se a Toyota tivesse optado por um AT6 seria ruim, acho que é mais uma questão de custo. A cambio do Etios é um AT4, mas em compensação o Etios é o automático mais barato do mercado. Para quem já dirigiu muito AT3, não tem mais paciência para histerias.

      • Mr. Car

        Nem eu. E por todos os relatos que li, este AT4 caiu muito bem no Etios.

      • Diogo Vasconcelos da Silva

        Nos avaliamos comportamento do cambio e nao se ele eh problemático ou nao…ate porque é uma componente que deve-se durar muito..como o motor…agora nao tem como comparar um cambio automatizado de dupla embreagem com um antigo AT4

    • Caio Ferrari

      Que eu meu lembre, os outros AT4 criticamos são devido a indecisões, trocas lentas ou trancos. Não é devido ao número de marchas.

  • Mr. Car

    Aprovei todos os aperfeiçoamentos do carro, mas decididamente, o que me fez vê-lo com outros olhos, promovendo-o da categoria “incomprável” para a categoria “uma opção que eu estudaria com muito carinho”, foi a mudança deste quadro de instrumentos. Fora a questão estética e de leitura correta de dados de velocidade e RPM, agregou um marcador de temperatura, e o de combustível se tornou visível sem lupa. Ah, e claro, agora vem com um belo computador de bordo. Creio que nunca antes na história deste país, uma mudança no quadro de instrumentos fez tanta diferença para melhor, em um carro, he, he! De resto, todo mundo diz que é um excelente carro, e que a Toyota pode melhorar ainda mais.

    • Caio Ferrari

      Eu dirigi o March CVT e te digo. O AT4 do Etios é bom, mas o CVT é muito melhor.

      É inegável que a Toyota poderia ter oferecido o CVT aqui como faz na Europa no Yaris. Mas aqui as duas japas sempre cobram o máximo pelo mínimo.

      Mas como não sei ao certo o quão confiável é o CVT do March, não consigo me decidir pelos carros

      • Mr. Car

        Questão de preferência pessoal mesmo. Gosto de automáticos tradicionais, e este casou muito bem com o Etios, segundo todas as avaliações que li.

        • Caio Ferrari

          Sim, casou. Mas cara, você faz quase tudo a 1800RPM no March. Esse bicho deve ser duplamente econômico na mão de quem dirige na maciota.

      • oscar.fr

        Mas o Yaris é quatro marchas na América do Norte.
        (já me defendendo caso tenha mudado, até 2014 era quatro marchas. Isso já no modelo atual, que dá um banho no Etios).

        • Caio Ferrari

          Na América do Norte é. Eu o dirigi, e lá o bicho é meio ruinzinho. Câmbio curto.
          Na Europa, onde são mais preocupados com o consumo, é CVT.

  • Boris

    Eu tive um 13/14 Etios XS cinza, bem parecido com o seu. O XLS tem esse bigodinho que deica o carro muito feio.

    • Mr. Car

      Também acho horrível este friso cromado nas traseiras das versões XLS.

  • Alessandro Rodrigues

    Deu para ver melhora no painel (apesar de continuar freio, na minha opinião) mas com certeza o motor é uma mudança significativa. E positiva, sendo Toyota.

  • Derek

    O carro é cheio de qualidades raras na categoria que está inserido mas o mais fácil, que era mudar este painel para qualquer outra coisa diferente, eles não o fazem.

    O painel é tão feio que eles colocam volante revestido de couro, tem black piano, tem detalhes cromados e, mesmo assim, continua feio.

    Tem alguém que gosta deste painel?

    Queria saber também se outros problemas do painel foram corrigidos… vejam o vídeo do Etios de um canal famoso por apresentar muitos detalhes internos dos carros avaliados e entenderão.

    • Marcelo Gonçalves

      Quem gosta do painel????l!!! Pergunta para quem tem o Etios, e não para quem está de fora criticando tudo e todos sem nunca entrar no carro , sem nunca andar no carro. Se não conhece, se nunca andou , não tem conhecimento de causa e vai nas conversas dos “entendidos de carros” . O carro tem uma dinâmica surpreendente e o painel é muito melhor no lugar que está.Neste carro vc apenas desloca sua visão minimamente para direita, vc não perde a via mesmo olhando o painel.O painel debaixo do volante vc movimenta a cabeça, mas isso, só andando para ser confirmado.Gostaria que uma pessoa de alta estatura e baixa estatura que tem o Etios comentasse aqui no canal.Só para lembrar o PRIUS tem um numero de venda na casa de 5 milhoes e seu painel é central e eu nunca ví uma implcancia com isso, no nosso mercado a Citroen usa ou usava páinel central e não me lembro de criticas.

  • Ediomar

    Dia desses peguei uma carona com um amigo que tem um Etios e quase quebrei a porta dele,muito leve,parece uma pena,também acostumado com porta de Omega e Vectra,com seu aço bem mais espesso e uma baita barra lateral maciça dentro da porta.

    • Tereso

      Meu avô também dizia que Opala era carro bom. Batia e não amassava.

      E eu não dizia nada. Deixa vovô em paz com seus pensamentos de 1960…

  • oscar.fr

    O painel do Etios é de muito mau gosto. Ele precisaria ser totalmente redesenhado.

  • Caio Ferrari

    Tá, o câmbio não faz feio. Agora faz TD no March CVT e veja a diferença…

    • Tereso

      Realmente é preciso dirigir, para cada um ter sua ideia.

      Eu detesto esses CVT que não fingem mudanças de marcha.
      Pode me enganar (fingindo trocas), assim como eu deixaria uma BMW M5 me enganar sintetizando som de motor.
      Mas os CVT comuns não dá… (PRA MIM)

  • Só não entendi como funciona o cinto traseiro central no modelo 2017. É de três pontos , mas pela foto como funciona? Aparente que o cinto não tem a parte que passa na barriga, parte de baixo.

  • Fábio

    Querem um carro não tão bonito mas com bom espaço, motor moderno, bom desempenho, bom consumo, bom câmbio automático, de grande qualidade (faz falta na categoria), robusto, seguro e de bom pós-venda? Comprem o Etios.
    Senão comprem Ka, Gol, Palio, Uno, Sandero etc.
    E acho exagero dizer que o Etios é “meio de transporte”. O carro oferece dirigibilidade, motor moderno, e acerto digno de excelentes carros. Meio de transporte é Gol, Onix, Palio…

  • Pedro Cunha

    Mesmo com todo esse rol de mudanças, não perdeu o aspecto “low-cost”. Não diria que é um carro ruim, só acho que não achou seu posicionamento ideal no mercado e isso, a toyota tem boa parcela de culpa. Poderia ter trazido o Yaris, que apresenta um desenho mais refinado, bem como uma construção mais bem-feita. É melhor do quê “dar um banho de loja num pé-rapado”, vai continuar com aspecto de “pé-rapado”, só que mais caro por conta do quê o equipa. Questionável a quase “insaciável” predileção do brasileiro por bancos em couro, são quentes no verão, gelados no inverno e ainda demandam cuidados específicos, pois do contrário, tendem á ressecar, rachar e posteriormente esfarelar ou mesmo rasgar…. É confuso isso.

    • Jackson A

      são mais confortáveis… valem a pena.

  • luiz oliveira

    Em 1999, conheci o Yares na Europa. Estou esperando por ele até hoje. Uma pena a Toyota lançar um carro só aqui e na India, onde também não vende bem!!!!!1

    • oscar.fr

      O Etios lembra muito este Yaris de 1999, convivi bastante com os Yaris da geração passada no Quebec e lembram muito o Etios, principalmente pelos instrumentos no centro. Ainda que no Yaris a qualidade dos materiais e de montagem (por mais simples que fosse) era melhor que no Etios, ou, ao menos, passava uma impressão melhor.

  • Yan Oliveira

    O que me mata é isso. Versão TOP com só 2 auto falantes? Rapaz… Meu Corsa de 2011 tem 4 auto falantes + tweeters! Pra quem gosta de música isso faz muuita diferença.

    • Tereso

      Pois é. Na Fiat vc leva um Mobi Way por uns 40 mil reais.
      Pra quem gosta de off-road, faz tooooda a diferença!

  • Tereso

    Esses dias li um comentário interessante, no site da QR, e vou reproduzi-lo.

    Não adianta querer tirar onda de carro popular. A beleza desse tipo de carro está na sua essência de economia e praticidade. Up! e Etios são os melhores (seguindo essa ordem de ideias).
    E a maioria sabe que são mesmo. Só discorda quem é apaixonado por marca e não quer que desfaçam do seu Ka/Uno/etc que possui na garagem.
    São feios? Todos são. Uns são mais ajeitados (HB20), mas ainda são subcompactos populares.
    Quer ficar bonito compre um Audi.
    Ademais, se a Toyota fosse gastar mais em design, teria que retirar a corrente metálica, as velas pra 100.000km, entre outros detalhes que a concorrência só coloca em carros de alto padrão.

    • Tosoobservando

      Engraçado que na Europa a Toyota nao lança esse carro, mas tem os belos Aygo, Yaris, Auris, carros lindos e funcionais que custam entre 9 e 15 mil euros.

      • Tereso

        Seu comentário é genérico, porque todos os populares europeus são melhores que os nossos, de qualquer marca.

        Um UP! europeu tem ESP e 7AB de série, pra dar como exemplo. Aqui nem sonhando. Na versão base vem sem ar e sem rádio.

        Lá é o Polo. Aqui se vende Gol e Fox 8v.. Fiesta é ecoboost, e por aí vai.
        E todos nessa faixa de 9 a 12, 14 mil euros.

        Qualquer carro europeu será mais completo e mais barato que um brasileiro, de qualquer marca, sem exceções.

        • Tosoobservando

          Mas pelo menos em visual e em segurança o Up! nosso é igual ao europeu, ja a Toyota em vez disso preferiu criar um modelo “exclusivo” para Índia e Brasil.

      • Pedro Henrique

        Que carro bonito esse da foto, tive pra comprar o Etios assim que lançou, até passaria um pouco do orçamento para comprar mas é tão feio do ponto de preferir levar uma carroça pra casa. É como se fosse aquela mulher gente boa, dedicada, amiga mas é um elefante que você não sente tesão nenhum.

        • Tosoobservando

          Sim o Aygo é lindo por dentro e por fora, pode pesquisar ae, e na vdd pra vc ver a situação ele é abaixo do Etios, pois ele disputa com o Up! la, ja o modelo que se posiciona onde o Etios esta aqui é o Yaris, melhor ainda que o Aygo da foto.

  • Conforme fala do vice-presidente executivo
    da Toyota, Miguel Fonseca, ela não se incomoda em não aparecer na lista dos mais
    vendidos com o Etios: “Focamos em um crescimento sustentável, não apenas
    no volume de vendas”.
    Então pra eles está tudo certo.

  • Robinho

    Continua um dos carros mais feios do mercado.

  • Vi Vendo

    Essa ideia de muitos,de ficar exaltando os predicados dos Etios,só para justificar o mau gosto aplicado no seu desenho,é de matar! Esse carro é que o que é; ele é um projeto de baixo custo,que constantemente nos faz querer acreditar,que ele tem ser constantemente. melhorado,só porque ele é da marca Toyota. Embora alguns dos seus atributos sejam elogiáveis,como por exemplo a segurança da cabine;isso nem de longe,tornam o Etios um produto especial,comparados aos já oferecidos por outras marcas aqui no Brasil. Vejo nesse carro,que tudo parece que foi cortado pela metade; é só uma palheta no limpador,é só um esguicho de lavar o vidro,não tem regulagem do cinto de segurança,não tem acabamento cobrindo a solda do teto,os vidros são finos,não tem dupla vedação de borracha das portas,etc…Não adianta querer muito do Etios,ele é apenas um carro de baixo custo,com qualidade confiavel. Compra quem quer!

  • André Toledo

    Igual feriado no domingo: não serviu pra nada :)

  • Richard B. David

    Venderá porque é Toyota e para muitos a fama de inquebrável e excelente pós venda conta. Hoje moro em Fortaleza, mas venho de SP onde a fama da Honda também é ótima, mas deixei meu City para revisão e me devolveram o carro com filtro do AC sujo, desalinhado e uma roda empenada (não tiraram o carro do chão). Fui então em uma oficina independente e o mecânico disse que a única concessionária que ele não houve reclamação do serviço é Toyota. Talvez por isso Fortaleza seja a cidade onde eu mais tenho visto Corolla rodando nas ruas.

  • Retrato do Papai

    simplesmente BIZARRO esse cinto de três pontos para o passageiro do meio…

  • Daniel Saraiva Vila Nova

    Não é justo comparar o comportamento de aceleração e rotação do motor um manual e outro AT… Era pra ter comparado com o manual 6 marchas. Que aliás deve estar andando muito! Esse AT de 4 marchas rouba potência e as poucas marchas não aproveitam o motor direito o que talvez leve a alguns pensarem que o desempenho do Etios não mudou. Com o câmbio manual certamente há uma grande diferença, espacialmente na arrancada!

  • MarcioMaster

    Incomprável

  • Marco

    Penso que se a Toyota ao invés de fabricar esta marmota aqui tivesse optado pelo VIOS, estaria rachando de ganhar dinheiro. Esse Etios é um bom carro, mas é feio com força. Deus o livre, mas da uma briga boa com o antigo k-h-Agile, a Monstrana, o antigo coCôbált e a Spin. Ainda bem que a Toyota não tem um portfolio dos horrores como tem a General Monsters. :D

  • Yuki Ohashi

    Muito obrigado pelo comparativo, comparou justamente o que eu tinha em mente!

  • Jose Silva

    Etios é o tipo de carro que quem compra não consegue passar 2 ou 3 anos. Pode ter excelente mecânica e outros atributos, mas é feio, é o tipo de carro que com 1 ano na sua garagem você toma certo nojo e enjoo tenho a necessidade de passar pra frente o mais rápido possível. Não foi um texto inventado, foram as palavras de dois ex colegas de trabalho, os dois falaram algo bem parecidos e trocaram seus etios por carros populares de outras marcas.



Send this to friend