BMW Comparativos Hatches Matérias NA Mercedes Benz

Comparativo: BMW 116i versus Mercedes-Benz A200 Style

116-x-a200-700x293 Comparativo: BMW 116i versus Mercedes-Benz A200 Style

BMW 116i e Mercedes-Benz A200 Style são propostas distintas que oferecem ao consumidor a oportunidade de iniciar no mundo do luxo automotivo, apesar de o termo não ser totalmente aplicado à dupla, pois eles são os mais baratos das referidas marcas e sabemos que o prato principal não é servido antes do aperitivo.



No entanto, isso não significa que eles não apresentem itens diferenciados em relação aos hatches de marcas tradicionais. Pelo contrário, 116i e A200 Style possuem características e equipamentos que de certa forma fazem jus ao que BMW e Mercedes-Benz impõem a si mesmas.

O BMW 116i sai por R$ 99.950 e já foi mais barato, custando R$ 89.950 e suscitando discussões quanto à uma possível queda nos preços do segmento premium, invadindo a faixa mais alta do segmento médio. O Mercedes-Benz A200 Style não parece ter essa pretensão. Pelo contrário, com ou sem fábrica em Iracemápolis/SP, o preço é de R$ 106.500 e é a estrela mais em conta. Ele custava R$ 99.900 e já está mais caro. De janeiro até este momento, o BMW Série 1 vendeu 1.314 unidades, enquanto o Mercedes Classe A emplacou 1.143 unidades.

116-x-a200-1-700x419 Comparativo: BMW 116i versus Mercedes-Benz A200 Style

Estilo

Com preços agora não tão iguais, as diferenças entre BMW 116i e Mercedes-Benz A200 Style ficam ainda maiores e começam pelo visual. O estilo do F20 da BMW é mais conservador, especialmente por causa de sua grade dupla e reforçado pelo desenho das rodas, bem mais adequadas em estilo que as do rival. A carroceria tem formato compacto e com pouca pretensão aerodinâmica. Os faróis têm aparência triste e não empolgam. Um facelift já está sendo desenvolvido para mudar o ânimo do modelo. Não há faróis de neblina.

Na traseira, o BMW 116i possui lanternas quase quadradas e traseira mais truncada. Nas laterais, o conjunto de portas traseiras segue a linha de estilo bávara. Os retrovisores possuem repetidores de direção. O capô longo também revela que esse carro está longe de ser comum, já que a tração traseira é uma exclusividade neste segmento. No geral, tem aparência limpa e funcional.

116-x-a200-2-700x401 Comparativo: BMW 116i versus Mercedes-Benz A200 Style

Por dentro, o BMW 116i tem no visual uma mescla de modernidade e funcionalidade. O volante multifuncional de três raios, o cluster com dois mostradores circulares em cor vermelha e o sistema de áudio tem aparência mais simples se comparado ao joystick da transmissão automática, que possui posicionamento das marchas iluminado. A ausência de multimídia é facilmente notada, assim como couro nos bancos. Mais partes de cor metalizada adornam as laterais do painel, portas e túnel de transmissão. Sim, no Série 1 é o local que de fato passa o eixo cardã.

O Mercedes-Benz A200 Style é mais contido que a versão Urban, mas ainda assim mantém a carroceria baixa com perfil bastante esportivo e aerodinâmico, evidenciado pelo formato agressivo do para-choque dianteiro, que é equipado com faróis de neblina. O visual é reforçado pelos belos faróis – ainda que sem xênon ou LEDs – e pela grade malhada com dois frisos cromados com a estrela ao centro. Os retrovisores oferecem repetidores de direção e visual sofisticado. As rodas de liga leve aro 16 têm desenho elegante em contraste com o restante do veículo.

116-x-a200-3-700x419 Comparativo: BMW 116i versus Mercedes-Benz A200 Style

Por dentro, o Mercedes-Benz A200 Style empolga bem mais do que as rodas aro 16 e o conjunto ótico exterior. O visual é sofisticado e elegante. Destaque para o display multimídia com tela de 6,5 polegadas e anexado ao conjunto frontal do painel, bem como os cinco difusores de ar circulares e cluster com dois mostradores duplos. O volante multifuncional também tem três raios, mas com acabamento cromado. Apesar de ser mais simples em alguns detalhes em relação a versão Urban, o conjunto do A200 Style não pode ser desmerecido.

Pelo contrário, se a pretensão da opção mais “barata” é ser mais comedido, os bancos esportivos com apoio de cabeça integrado dizem outra coisa. Possuem o mesmo formato da versão mais cara e o distanciam do rival conterrâneo, que apresenta conjunto tradicional. Outro diferencial (praticamente exclusivo da Mercedes) é a ausência da alavanca de transmissão, substituída por um porta-objeto com tampa. O comando das marchas fica em uma alavanca na coluna de direção e no lugar do acionador dos limpadores. Sob o túnel (sem cardã) ainda há um botão para navegação multimídia.

116-x-a200-4-700x434 Comparativo: BMW 116i versus Mercedes-Benz A200 Style

Conteúdo

Como já foi dito, apesar de serem as opções mais baratas de BMW e Mercedes-Benz, a dupla agregada vários itens, especialmente tecnológicos, para se diferenciar dos hatches médios comuns e também de alguns pretendentes do segmento premium. Assim, muitos dos dispositivos focam na eficiência energética e no prazer ao conduzir, mas com alguns acessórios de carros bem mais caros.

O BMW 116i conta com ar condicionado automático, direção elétrica, Start&Stop, freios regenerativos, rodas de liga leve aro 16 com pneus Run Flat, retrovisor eletrocrômico, CD/MP3/USB/Aux, bluetooth, ECO PRO, piloto automático, ESP, TCS, seis airbags, volante multifuncional em couro, sensor de chuva, sensor crepuscular, tapetes em veludo, entre outros. O pacote é o mais enxuto possível dentro da política da marca.

O Mercedes-Benz A200 Style oferece sete airbags, ESP, TCS, ar condicionado digital, Start&Stop, direção elétrica, faróis de neblina, bancos esportivos em couro sintético, piloto automático, sensor de chuva, alerta de pressão dos pneus, tapetes em veludo, sensor crepuscular, volante multifuncional em couro e com paddle shift, multimídia, soleira iluminada, entre outros.

116-x-a200-5-700x419 Comparativo: BMW 116i versus Mercedes-Benz A200 Style

Dimensões/Motorização/Desempenho

O BMW 116i mede 4,32 m de comprimento por 1,76 de largura, 1,42 de altura e 2,69 de entre-eixos. O porta-malas tem 360 litros. O motor é 1.6 TwinPower com 136 cv a partir de 4.400 e 6.450 rpm e 22,4 kgfm entre 1.350 e 4.300 rpm. A transmissão é automática de oito marchas e a tração é traseira. A velocidade máxima é de 210 km/h com aceleração de 0 a 100 km/h em 8,5 segundos. A BMW não participa do programa do Inmetro e não divulga os dados de consumo.

O Mercedes-Benz A200 Style tem 4,29 m de comprimento, 1,76 de largura, 1,43 de altura e 2,70 de entre-eixos. O porta-malas oferece 341 litros. O motor 1.6 Turbo entrega 156 cv a 5.300 rpm e 25,5 kgfm entre 1.250 e 4.000 rpm. A transmissão de dupla embreagem 7G-DCT tem sete marchas e a tração é dianteira. A máxima é de 224 km/h com tempo de 8,3 segundos para ir de 0 a 100 km/h. Embora participe da etiquetagem veicular, o A200 Style não foi testado. Apesar disso, confira o desempenho da versão Urban na Avaliação NA.

116-x-a200-6-700x420 Comparativo: BMW 116i versus Mercedes-Benz A200 Style

Conclusão

Quando os preços estavam equilibrados, a vantagem era amplamente do Mercedes-Benz A200 Style, visto que oferece mais itens de luxo e tecnologia embarcada, apesar da excelente proposta do BMW 116i no segundo quesito. Outro ponto a favor do Mercedes é o melhor desempenho devido ao motor mais forte. O BMW foca mais em eficiência energética. Com diferença de R$ 6.600, a vantagem do A200 Style diminuiu e perde em preço, mas ainda assim apresenta um conjunto mais interessante.

[Imagens ilustrativas]

  • vini_B

    Nenhum dos dois…A Série 1 só compensa da versão 118i Sport GP para cima…

    • Maycon102

      O visual externo do BMW não é bonito, e o painel do Mercedes é horroroso e me lembra ainda o do Celta, não compraria nenhum dos dois! O nome de prestígio das respectivas marcas não é o suficiente para que sejam ótimos negócios.

      • Cristiano_RJ

        Falou e disse! Acho um abuso de ambas as marcas oferecer esses modelos de entrada por preços tão elevados se considerarmos seus conteúdos. Não acredito que a qualidade REAL (diferente da percebida) e a dirigibilidade de ambos sejam justificativa. O fato é que BMW e MB jogam com o fator "status" e com a vaidade do consumidor. Que dirigibilidade e desempenho? Vá de Golf GTI. Quer luxo e conforto? Aí as opções são várias, tais como o Fusion ou o novíssimo Altima.

        • Maycon102

          O Golf cada vez mais está se tornando um bom custo entre os top top. Eu ficaria com Golf de olhos fechados kkk

          • FiuzaLima

            Sem dúvidas!

          • Leandro1978

            Seria a minha escolha tb.

          • Juninn

            Nem fulano, nem beltrano, nem ciclano..
            Por 100 mil Dilmas eu iria de Fusion, sem pensar!

        • Cara, vc tem que ver a nova 316i. Sen-sa-cio-nal. Angel eyes, ajustes elétricos, couro, iDrive, câmbio de 8 marchas, freios regenerativos, motor 1.6 de 136cv que faz 0-100 em 9,2s e dá pau em mt 2.0 aspirado de 155cv (que pra ti seria insuficiente kkk). Inclusive é melhor que a 118i.

          • Cristiano_RJ

            Sem dúvida. Em se optando por gastar um pouco mais para entrar no "mundo dos alemães premium", esse 316i é uma opção muito mais acertada do que o 116i. Aliás, por R$ 115 mil acho que ele justifica o preço muito mais do que o próprio A 200 Urban (R$ 116.500) ou o 118i (R$ 110.950).

          • vini_B

            "2.0 aspirado de 155cv" Senti uma leve indireta ao Civic…rsrsrs Concordo com vc !

            • Edson Roberto

              Ou então, voltamos ao 320i anterior ao atual com seu 2.0…. ele deve ser bem superior.

              O meu cunhado tinha e, tirando a otima estabilidade e tração traseira, o carro andava menos que muitos outros. Mas a explicação técnica explica o motivo. Do modelo anterior, só compraria se fosse da 325i para cima.

          • afonso200

            compra um azera v6 que dá pau em tudo

      • André

        @Maycon102 Só fala que o painel do Classe A é horroroso quem nunca entrou no carro. Eu tenho um A200 e digo que ele vale o que custa.
        O interior é de primeira linha, com materiais ótimos, todo "soft touch", com detalhes em cromado, bluetooth, tela multimídia, bancos esportivos estilo "concha", entre outros.
        Já o exterior, mesmo sem os faróis de xenon e as rodas da versão mais cara, continua sendo muito moderno, chamativo e bonito.
        A mecânica é um show a parte, um carro que pode ser econômico – já chegou a fazer 18km/L na estrada – e ao mesmo tempo ter uma tocada esportiva.
        É um carro que faz muita curva, acelera bem, freia bem, é seguro, bonito, moderno e principalmente: me proporciona prazer ao dirigir.
        Ah, e pra quem diz que A200 e BMW 116i é carro de classe média que quer "mostrar marca", já tive Land Rover, BMW série 3, MB classe C, Audi A4 – todos 0km – e o que mais gostei até agora foi a MB A200.
        Portanto, antes de vir na internet criticar, dirijam o carro, tenho certeza que após um test-drive a opinião de vocês será positiva.

        • Leila Maria

          Oi, esse Maycon deve ser um fake frustrado, daqueles que não tem capacidade de ter dinheiro e fica criticando as coisas de quem tem, um invejoso e recalcado…. rsss Faz papel ridículo em dizer que o painel do A 200 é horroroso, com certeza é inveja e despeito que ele tem…

      • aluisio

        mas e vc tem dinheiro para comprar um dos dois, anda com um mercedes e depois me fala.

        • Leila Maria

          Esse Maycon anda de mercedes sim, de onibus marca merdeces-benz rssssssss tá na cara que é um pé de chinelo invejoso

      • Leila Maria

        INVEJOSOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

    • Cristiano_RJ

      Concordo. A BMW foi excessiva nos cortes que fez nesse 116i, como se a perda de potência já não bastasse para castigar o consumidor que não está disposto (ou não pode) desembolsar tanto dinheiro em um hatch médio.

      • vini_B

        Não só a BMW, o A3 Attraction é uma vergonha para a Audi…Esses Hatches de entrada não compensam, o Classe A até que é bonito na versão Urban (ou Style? Qual a versão top do A200 mesmo?)…

        • Edson Roberto

          E ainda assim a Classe A não vale a pena.

        • Cristiano_RJ

          A versão top é a Urban. Vi outro dia um Style. As rodinhas 16" e a perda dos faróis de xenon com leds acaba comprometendo um pouco o visual bacana do modelo. Mas é isso mesmo. Não é só a BMW que abusa. Todas metem a faca. Na Europa elas são um pouco mais humildes, porque por lá não são endeusadas. São respeitadas, mas não colocadas em um pedestal como se fossem uma obra tecnológica de uma civilização mais avançada que a terráquea.

  • andrevidigal

    Quem ja viu ao vivo e fez test drive (como eu) prefere o Mercedes! Muito mais divertido. Porém, levei o A1 por ser ainda mais divertido, parece um Kart. Ta bom, críticos dirão q esses 2 ai competem com o A3, mais ai prefiro o Golf. 2.0 GSI completasso e mais divertido.

    • Arnaldo T.

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
      Levou o A1…

    • afonso200

      A1 é show, alem de economico tem um motor legal pelo porte do carro

    • gabriel machado

      parabéns, levou o gol da audi…

      pra levar o a1 ia de mini sem pestanejar

  • TurboXan

    Pra mim esses carros são o retrato do nosso mercado ridiculo.

    Pagar R$100.000 em carros que não tem nada demais(O GOLF, importado custa R$75.000), simplesmente pra ostentar uma marca. Mesmo todo mundo sabendo que são os carros mais baratos.

    TUdo pra dizer que tem uma "BMW" ou "MB"..

    Não existe refinamento, acabamento e bla bla que justificam os R$30.000 de diferenças. Simplesmente o deslumbro, de um povo que pouco tem e quer se mostrar acima ou como um europeu…

    Isso pq nem falei do preço do seguro, manutenção e revisão.!!

    • Marcelo Schwan

      Concordo.

      Conheci os dois, andei na A200. Gostei, mas não justifica a diferença pra um Golf Highline.

      O Golf na configuração básica já oferece mais que os dois. Na Elegance já oferece o GPS, modos de condução e chave presencial, que nenhum dos dois oferece. Na concessionária BMW pude atestar que pra oferecer o que este Golf oferece tem de se optar pela GP Sport de 127.000, 42.000 mais cara que o Golf e sem teto.

      Pra quem quer mostrar pros outros o que tem, está ótimo.

      No meu caso, prefiro carro pra mim. Eu optei pelo Golf Highline DSG Elegance e comprei esse pra mim. Satisfeitíssimo.

      Pra quem não andou ainda e vai falar que é despeito, ande nos três e depois tire suas conclusões.

      • Cristiano_RJ

        Fez uma ótima escolha. Em minha opinião, a mais racional em se tratando das versões do Golf. E concordo: esses hatches médios de entrada só existem devido à vaidade e necessidade de reconhecimento social. Resumindo, essas marcas premium usam e abusam do status que gozam.

        • Edson Roberto

          E ainda: Por menos, se pega o GTI completinho. Não acho justo, mas mto melhor que o trio alemão.

          Alias, é incrivel como a Audi andou para trás na atual geração do A3. Pois todos os opcionais disponiveis para o Golf, existiam no A3 anterior, coisa que no atual, não se consegue equipar o A3 a altura do Golf.

          Nesse ponto, consideraria o Golf mais negocio não só pensando em refinamento mas nos itens que carros ditos "premium" ofertando MENOS que o não premium.

      • A GP não tem bancos com aquecimento nem freio de mão elétrico.

      • osires

        tbm fico golf gti fiz teste em todos e golf gti a o mais top de andar para se mostra talvez e oq vc disse bmw,mb fico de golf

      • MM_

        Papo de cara que casa com mulher gorda e justifica que ela cozinha bem.

        • TurboXan

          Papo de quem pagou, arrependeu da bobagem que vez… mas não dá o braço a torcer!

          • MM_

            No meu mundo as pessoas compram o carro que gostam.

            Se no seu as pessoas compram pra "dizer que tem", eu só lamento. Pior ainda você achar a mesma coisa e não saber como é bom comprar alguma coisa sem ligar para a opinião alheia.

            E antes que me esqueça não comprei. Estou aguardando a CLA pq gosto de sedas. Pela sua lógica torta eu compraria um Jetta.

            • TurboXan

              Ah claro, gostar de comprar uma BMW/MB sem um monte de itens de conforto, com motor mais fraco, com manutencao mais cara, com seguro mais caro e ainda pelo menos 30% mais carro com um concorrente, isso tudo é o que motiva um comprador que "Gosta de carro".

              Se a CLA vier com preço alto e poucos itens vai ser tão mal negocio como a dupla da reportagem. E sim, o Jetta TSI tem um bom custo x beneficio nos medios, da mesma forma como o Fusion nos grandes.

              Eu compro carros pelo meu gosto, pelo que me dá prazer de dirigir. Mas o carros dessa reportagem só dão prazer pro dono na hora de mostrar a chave. Porque dirigindo não tem graça, conforto não tem.. o que restou… somente o status!

              Cada um gasta com o que quer, mas pra mim, só temos essas aberrações porque tem bobo pra comprar, pagar em milhoes de X e ostentar… isso pq BMW/MB que fazem jus ao nome, estão acima de R$200.000.

              • MM_

                Sua teroria é bem furada.

                O Fluence tem motor mais forte, seguro mais barato, é mais seguro e custa menos que o Cruze. Ainda assim eu entrei nos dois carros, dirigi ambos e optei pelo Chevrolet. Simplesmente pq eu gostei do carro. Não sou fã da marca, aliás é o 1o GM que compro e andar nele não dá "status". Logo, meu prazer não e mostrar a chave.

                • TurboXan

                  Acho que vc não sabe interpretar a comparação.
                  Fluence é da mesma categoria do Cruze. Escolher um ou outro é basicamente gosto. A diferença não será 30% em carros equivalentes. Os motores são praticamentes equivalentes, com manutencao/seguro e etc na mesma faixa de preço.

                  Muito diferente do que estamos falando aqui, que é comprar uma BMW 30% mais caro que um Golf por exemplo, e levar muito menos pra casa.

                  GM e Renault nunca foram ou serão motivos de status ou irão destacar na multidão.

                  • MM_

                    Esse é o ponto: se GM e Renault não são motivos de status, pq eu paguei mais em um carro que oferece menos? Só pq eu gostei do carro.

              • _Azmodan_

                Cara, eu concordo que os preços desses dois da reportagem são de doer, mas eu discordo de alguns pontos que você levantou. Eu fiz um test drive na A200 e sinceramente eu achei o carro muito bom, o motor está longe de ser fraco. Gostei também dos ítens de conforto, embora a ausencia de sensor de estacionamento e retrovisor fotocromico seja ridicula num carro dessa marca.

                Quando eu fiz o test drive não existia ainda Golf VII por aqui. Lembro-me dos inumeros boatos e rumores mas naquela altura ninguém sabia direito quando ia vir e como ele ia vir (versões, equipamentos, etc). Portanto eu compreendo alguém que naquele momento tenha optado por uma 116i ou Classe A. Podem até não ser carros tão completos quanto seus irmãos maiores mas eu acho que estão longe de ser um lixo. Eu não comprei nenhum deles, achei o preço elevado demais embora admire as duas marcas, mas entendo quem comprou.

                • TurboXan

                  Eu não disse que o A200 é fraco, só acho que não vale os R$100k..
                  Em nenhum momento falei que esses carros são um lixo, só to dizendo que a maioria, paga mais caro nesses carros pra ostentar um status de luxo, que no fim das contas esses carros não tem.

                  Repito, cada um tem seu gosto e faz o que quer com a grana. Mas esses carros estão longe de ser bom negocio.

                  Vou dar um exemplo, um DS4. Entrega muito mais, tem melhor acabamento, motor BMW e custa R$99.000… pra mim, muito mais negocio.

                  • _Azmodan_

                    Oi TurboXan, eu concordo que tem opções melhores. Eu mesmo tinha intenção de comprar um hatch melhor (ou premium como gostam de dizer por aí) quando fiz os test drives e embora até tenha achado o DS4 bacana eu não levaria porque achei que ele também é um pouco caro demais e aqui em casa tivemos problemas com o pos vendas da PSA em mais de uma ocasião. Não vou aqui generalizar e cair no discurso comum que PSA tem pessimo pos vendas, mas eu vivenciei um atendimento bem ruim e isso pesa na hora de pensar em desenbolsar quase 100k em outro veículo da marca.

                    Quanto a ostentar status de luxo, há realmente quem compre um carro de entrada desses para ostentar um padrão às vezes até falso. Só não sei se essas pessoas realmente atingem o seu objetivo já que eu mesmo quando vejo um desses modelos não fico pensando que o motorista tem necessariamente um excelente padrão de vida. Pode ser mais um com um carnê enorme em casa para sustentar uma imagem. Desses eu sinto pena, sinceramente, mas eu acho que há quem compre um desses carros porque realmente gostou deles.

                    Abraço!

                    • TurboXan

                      Então Azmodan, concordo em tudo que vc falou.
                      Eu mesmo tenho atualmente um DS3, embora eu ache um excelente carro(E acho muito bacana o DS4 e DS5) a propria marca não valoriza seus veiculos. Imagina pagar R$100.000 e pedir 50% no preço do carro em 1 ano? não rola..

                      O seu segundo paragrafo é justamente o que penso. A pessoa compra esses carros de entrada achando que vai ostentar, mas no fim só dá o atestado que é um ponto fora da reta.

                      Esses carros são muito caros por não oferecer nada demais, talvez só a BMW com sua tração traseira, mas não tem motor pra dar esportividade.

                      Abraço.

                    • _Azmodan_

                      Você tem razão, eu mesmo desisti de pegar qualquer um desses modelos na casa dos 100k porque também tive a sensação de que eles estavam um pouco aquém das minhas expectativas. se o preço fosse menor, uns 20k pelo menos, eu ficaria muito balançado já que gostei bastante dos carros em si (dificil não gostar sendo proprietario de um simples Palio 1.4). A relação custo x beneficio é que parecia mesmo ruim para mim.

                      Queria só me desculpar se fiz entender que você disse que os carros eram um lixo. O tom mais acalorado dos seus posts anteriores me deram um pouco essa impressão mas foi erro de interpretação meu.

                      Quanto ao carro, acho que você fez uma otima escolha. Nunca andei no DS3 mas conheço um vizinho no condominio que tem e ele adora. Eu queria um automatico porque estou meio cansado do transito pesado de sampa e acabei pegando um A1 usado de um conhecido do trabalho que ganhou filho há uns 4 meses e acabou achando o carro pequeno. Gastei bem menos do que os carros aqui da reportagem e como não preciso de espaço o carro me atendeu bem. Tem seus defeitos, todo carro tem, mas por enquanto não tenho queixas. Tava quase indo de New Fiesta quando apareceu a oportunidade :)

                      Abraço!

                    • TurboXan

                      Não precisa desculpar.. ta de boa.. :)

                      Isso mesmo, se fosse 20k a menos ficaria interessante..

                      Mas o mercado nosso hoje, ta tão escroto.. dificil de achar um carro melhorzinho por menos de 100k!!!!

  • zeuslinux

    Tanto o BMW 116/118i, MB Classe A200 quanto os Audi A1/A3 são carros que não valem a pena serem comprados 0 km no Brasil.

    Só compraria um carro desses modelos seminovo, por valores bem menores. Mesmo assim talvez ficasse balançado a levar um Golf 0km no lugar de um desses modelos premium seminovos, pela falta de coisas triviais como farol de neblina, bancos de couro e central multimídia.

  • UnitedK

    Essa mercedes é linda demais, vi ao vivo pela primeira vez essa semana, sem comparações.

    • AugustoSeide

      Rapaz, vi um V40 vermelho essa semana, e ele impressiona mais que o A200.

      Lindo de mais!!!

      • Maycon102

        V40 é top né… nem se compara com esses dois ai da matéria.

      • Super sincero

        Bem nessa, Entre MB A, BMW 1, A3 e Golf, Volvo V40 dá de 10! É o mais bonito, mais bem acabado, nao vem capado e é o carro mais seguro do mundo. Se formos falar da versão R-design então , aí é covardia com estes alemães capados!

    • Maycon102

      Externamente é linda sim, mas é o painel e interior que me incomoda demais.

  • Chega a ser ridículo… Carros que custam mais de 100K e não oferece o que o Golf VII, que por 30K a menos, oferece. Mas isso acontece por que tem muitos consumidores dispostos a pagar esse absurdo só pra dizer que tem uma BMW uma Mercedes-Benz. Pagam pelo "status", pois não tem nenhuma justificativa para esses dois modelos custarem esse valor. Prefiro trocar o ''status" desses modelos pelo Golf GTI.

  • Super sincero

    Série 1, Classe A e A1 já são comuns nas grandes cidades. Sinceramente, ficaram sem graça. Já não são de luxo há muito tempo pois vem capados de fábrica. Nem diferenciam mais o classe média do classe média alta. Sorry….

    Classe E: Pede esmola no Busão
    Classe D: Busão
    Classe C: Uno e afins
    Classe B: Focus, Golf, coreanas metidas a besta (argh)
    Classe A emergente: Alemães de entrada, como este…
    Classe AA: Alemães dotados de motor de verdade, Volvo, Jaguar, Land Rover, etc…
    Classe AAA: De Porsche em diante: Maserati, Aston, Ferrari, Lambo, RR, Bentley e afins…

    Outra coisa: Onde já se viu carro de luxo sem banco de couro? Só no Brasil mesmo, montadoras alemães, tomem vergonha na cara!

    • Maycon102

      kkkkkk

    • AutoNacional

      Não esquece que a Classe AA anda de classe E ( Classe AA -economia Classe E Mercedes Benz )

    • EuMeSmObYmYsElF

      o pior é se dizer de luxo e não ter um simples farol de neblina… não é, dona BMW?

    • Carlsson

      Só no Brasil mesmo que carro de luxo TEM DE estar associado a banco de couro, 4 portas, carroceria gigante e câmbio automático.
      Brasileiros, tomem vergonha na cara!

  • entre mercedes classe A e bmw serie 1 ficaria com o MELHOR DESSE SEGMENTO o novo audi A3

    • Maycon102

      O A3 sedan ficou mais bonito que o Hatch.

  • Jairooo

    Fui informado na ccs que a 116i jah estão vindo com multimídia!!!!

  • Jairooo

    Fui informado na ccs que a 116i jah est

  • Guilherme Rezende

    Preferia um Classe C com 1 ano de uso,achei uma 2013 por 97 mil

  • Diggo

    Se o BMW tivesse um conjunto multimídia melhor eu sem dúvida preferiria ele. Quanto ao MB eu estou meio resabiado devido a baixa qualidade que tem apresentado no Longa Duração da 4R.

  • Fellipe

    Belo Review NA!

    Realmente o modelo de entrada da BMW é bem inferior ao focker! hehehehe Quer dizer, Mercedez.

    Caríssimos aqui no BR hein.

  • WagnerSCS

    Como muitos disseram, pelo preço cobrado por esses dois, é possível optar por outros modelos bem mais interessantes. O Golf seria sim uma opção, mas não a única. Talvez um A3 entrasse na lista também.
    Agora, esse 116 de 136 cv parece fraco demais, na minha opinião. A BMW podia vender esse carro com o 1.6 THP e 165 cv, já que o motor é também utilizado por ela, apenas com algumas modificações. Ou talvez uma leve reprogramaçãozinha resolvesse essa questão também.
    É o que acho.

  • EuMeSmObYmYsElF

    NA, vocês precisam melhorar a disposição do texto e das fotos.. é estranho e confuso.. foto da MB no meio dos parágrafos falando da BMW, foto da BMW no meio dos parágrafos falando da MB…

  • Matheus Cavalheiro

    A comparação foi injusta, pois a BMW 116i oferece o iDrive como opcional, devendo ficar em torno dos R$ 104.900,00, sendo esta a versão a ser comparada. E a foto do painel da 116i está sem o volante multifuncional?

  • keivan53

    GOLF GTI FTW!

  • Diego

    vejo todo mundo falar do golf.
    E nunca ninguém dizer q o 308 THP bem como DS3 dão pau nesse novo golf.
    Duvido que encontrem algum golf mais barato q 80 mil ou seja mais caro que o 308 thp (74 mil).
    Assim, quem compra um golf só quer ostentar a marca também, rsrsrs.

  • Silvio

    Pensando na bmw 116i , temos que levar em conta que se consegue financiamento de 50% do valor com taxas de juros baixas , coisa que na vw nem pensar!!!
    Coloca um chip de 4k e o carro vira um bicho!!!
    Vale a pena

  • Leila Maria

    Olha, o BMW eu nunca andei nesse modelo, mas a Mercedes A 200 eu conheço bem e posso garantir que vale o preço, se tem gente que acha caro, o carro não tem culpa da pessoa ser pobre rsssss tem gente que acha um jantar de 100 reais caro demais, outros acham barato demais, depende da situação financeira da pessoa. A Mercedes A 200 está custando uns 35 mil dollares, é um preço bom pelo que o carro oferece, se quer uma Top de Linha, vai gastar muito mais… Agora, dizer que prefere um Golf a essa Mercedes e ridículo… coisa de pobre frustrado que nem Golf tem, deve andar de onibus e tem inveja de que tem um carro bom.

  • Geraaaaldo

    Pena q eu nao comprei a A200 na época do lançamento.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend