Chevrolet Comparativos Nissan Sedãs Toyota

Comparativo: Chevrolet Cobalt vs Nissan Versa vs Toyota Etios

cobalt-versa-etios-620x346 Comparativo: Chevrolet Cobalt vs Nissan Versa vs Toyota Etios

Publicamos mais um comparativo feito pelo leitor Bruno Manoel. Ele faz test-drive em vários modelos e depois monta um texto detalhado com suas impressões:



Tudo começou em 2007. Até então, sedãs compactos ofereciam somente o suficiente para o conforto. Aí a Renault lançou o Logan, e logo se destacou pela generosidade em todas as medidas, chegando a ser maior que alguns carros de categoria superior. Se passou tempo, e de olho nesse mercado, a concorrência viu que era um negócio de sucesso, afinal, quem paga por um “compacto” e carrega a família toda, nada melhor que um grande carro.

O comparativo de hoje não tem o Logan, pois ganhará nova geração e não teria forças para enfrentar a nova concorrência. Da Nissan, sai o Versa, um sedã com bastante espaço derivado do pequeno March. Na Chevrolet, o Cobalt estreou a plataforma GSV no Brasil e teve um derivado, a Spin. O mais recente lançamento, foi o Etios, uma versão com entre-eixos e comprimento maior que o hatch, o sedã vendido na Índia chama atenção devido ao apelo extremamente popular.

Quem dá as cartas do jogo é quem tem o maior espaço, já o design passa longe, muito longe, ainda que o Toyota chegue a ser pior nesse aspecto. No jogo de hoje não terá vencedor, pois um ficou mais para trás e dois empataram na frente. O Toyota Etios entra com a versão 1.5 XLS, o Cobalt LTZ 1.8 e o Versa, na 1.6 SL.

Toyota Etios 1.5 XLS (R$ 44.690)

toyota-etios Comparativo: Chevrolet Cobalt vs Nissan Versa vs Toyota Etios

A Toyota, tinha uma gama enxuta, porém de boas vendas. Para alavancar de vez e crescer no mercado, lançou seu popular para mercados emergentes. O problema, é que ela levou o termo “emergente” exageradamente a sério. No design, ele não encanta, até aí tudo bem, pois os rivais não são nenhuma proeza, mas ao entrar na cabine fica claro um ambiente muito pobre. Materiais com péssimo tato, painel centralizado com leitura confusa e de gosto extremamente duvidoso, a montagem pelo menos é agradável. Se não encanta tanto ao ver, no espaço ele não desaponta.

Mesmo sendo o menor dos três aqui citados, ele conta com um bom aproveitamento interno e tem acomodação mais fácil que o Nissan por exemplo, já os tecidos poderiam ser melhores, ao menos a espuma tem densidade certa. O Etios também não deixa a peteca cair na hora de acelerar, até porque, seu peso é o mais baixo de todos (980 kg, contra 1.052 kg do Versa e 1.122 kg do Cobalt) e o câmbio é um dos melhores. O motor 1.5 tem respectivamente na gasolina e no álcool 92/96cv e 13,9kgfm para os dois, mesmo sendo menor, ele possibilitou andar perto dos rivais.

De série, traz ar, direção eletro-assistida, vidros e travas elétricas (retrovisor elétrico nem como opcional), som, air bag duplo e ABS, além de outros itens como alarme de advertência dos cintos de segurança, porta-luvas com refrigeração e abertura interna do tanque de combustível e do porta-malas. Falando em porta-malas, segundo a montadora, é o maior da categoria, com 573 litros.

Nissan Versa 1.6 SL (R$ 43.290)

nissan-versa1-620x331 Comparativo: Chevrolet Cobalt vs Nissan Versa vs Toyota Etios

O Nissan Versa é considerado um dos melhores custo/benefício do país. Além do menor preço, ele não deve nenhum equipamento aos rivais e anda na mesma tocada. O espaço interno é bom, porém, a entrada é um empecilho para os mais altos. A curvatura do teto em formato “cupê”, deixou o acesso comprometido e o design também.

Internamente, o acabamento é justo, não há rebarbas ou peças fora do lugar, e os materiais são apenas razoáveis, mereciam algo mais requintado. As saídas de ar redonda já estão batidas, e os comandos do ar-condicionados são simples ao extremo, sair do Versa e entrar no Cobalt, é uma sensação de troca de categoria, sem exageros. O porta-malas, é o menor, com apenas 460 litros, é comparável apenas com sedãs mais compactos ( como Voyage e Prisma).

Na hora de andar, o japonês responde com uma eficiência elogiável, o moderno motor é elástico, e o câmbio tem bom escalonamento (só deve engate mais precisos), só na hora de parar, senti que o freio demorou muito a responder, não passou muita segurança. O destaque, é ser o único com sistema isofix, para quem tem criança, é um excelente recurso.

Chevrolet Cobalt 1.8 LTZ ( R$ 46.990)

chevrolet-cobalt1-620x342 Comparativo: Chevrolet Cobalt vs Nissan Versa vs Toyota Etios

O maior em todas medidas, esse é o sucesso da Chevrolet. Vendendo bem desde do começo, só agora foi implantado o antigo motor 1.8. Mesmo sendo antigo e até perdendo em cavalos para o 1.6 da Nissan, o motor se prevalece do maior torque, garantido desempenho idêntico (o peso maior jogou contra).

A suspensão é junta ao dos concorrentes, uma das melhores entre os populares, com muito conforto sem assustar nas curvas. O Cobalt também é o com melhor espaço interno, quem senta atrás não sofre nada, é tipo classe “executiva” de um avião, claro, que é só no espaço.

Já que estamos falando espaço, vale ressaltar que é dele também as maiores medidas externas, somente a altura que é igual nos três. É inegável o porte do Chevrolet, chega a ser confudido como concorrentes de alguns médios (já vi gente falando que Cobalt é maior que o próprio Cruze), e o design da traseira e lateral são simpáticos, mas a frente é o ponto fraco.

Além de desproporcionais, os farois lembram uma pessoa que levou um soco e ficou com o olho roxo. Nos equipamentos, ele tem tudo os que os rivais tem (exceto pela direção elétrica) e o único com comandos do som no volante.

Resumo: ficou claro uma disputa travada entre o Versa e o Cobalt, um compensa o erro do outro, só quem poderá decidir é o consumidor. Já o Etios, carece de carisma, não se destaca no visual e decepciona no acabamento, de bom, só o porta-malas e o espaço interno. A Toyota entrou com um modelo abaixo da concorrência e está cobrando mais do que deveria.

tabela-de-medidas Comparativo: Chevrolet Cobalt vs Nissan Versa vs Toyota Etios

tabela-de-sedans Comparativo: Chevrolet Cobalt vs Nissan Versa vs Toyota Etios

  • DarlonSC

    Incrível como os outros dois conseguiram tornar o Versa bonito, de tão feios que são.

    • carrosempre

      Acho que Cobalt e Versa no quesito beleza empatam. A traseira e a lateral do Cobalt dão um banho na do Versa, já de frente o Nissan é bem mais bonito. No interior eu prefiro o Chevrolet.

      • die12330

        Entre os 3, prefiro com certeza o COBALT, fundo muito bonito, lateral também bonita. O que mata ele é a grade e os faróis (como dito em cima, parece que levou um soco e ficou com olho roxo). Já andei em um Cobalt, é macio e muiiiiiiiiiiito espaçoso !
        Toyota Etios, é uma ABERRAÇÃO, com certeza, a vergonha da Toyota. Um conselho: Tirem essa merda das ruas!
        Nissan Versa, não me agrada seu design, mas me parece ter um bom acabamento e qualidade no seu interior!

        • Mr. Potato

          O problema do Cobalt é que a frente é tão feia, mas tão feia, que na média ele sempre será o mais feio. O Versa tá longe de ser belo, mas ele não chega a ter nenhum ponto tão crítico, como o Cobalt tem. No fim das contas se é pra ser racional, o Versa é mais econômico, tem mecânica mais moderna e vem bem mais equipado por um preço inferior.

          • carrosempre

            Racionalidade não. O Cobalt tem porta-malas maior, espaço maior, acabamento melhor, anda tanto e bebe igual. Ou seja, oferece mais, por um preço maior. Empate.

            • Mr. Potato

              O Versa já é enorme, precisa mesmo de mais espaço ainda? Fico imaginando até onde isso vai. Daqui a pouco todos essas banheiras populares vão travar de vez os apertadíssimos estacionamentos por aí.

              • carrosempre

                O problema do Versa não é questão de espaço para as pernas ou largura, mas sim altura. Eu, com 1,94m não consegui de jeito nenhum me acomodar na traseira, aquele caimento matou o espaço do carro, além de ser esteticamente horroroso.

              • Edson Roberto

                Ue…. um médio tem praticamente as mesmas medidas e ninguem reclama. Quem já andou em um Pallas por exemplo sabe que ele sim nem parece um médio de tão grande que é.

              • Eugenio C.

                O "Cobarte" tem mais espaço para cabeças e maior largura que o Versa. Em contrapartida, o Versa oferece um espação para as pernas… Ou seja, um vai para Fausto Silva, o outro para Ana Hickman.

            • silvio_Brito

              Novo Logan neles.
              Em todos eles.

        • CharlesAle

          E me parece que o versa da quatro rodas anda dando problemas mecânicos,se for verdade,ruim para a imagem do carro…

    • filipe_melo

      Ainda assim prefiro pegar o Tiida Sedan ( feio ) mas, com um conjunto melhor, seja em espaço, motor e acabamento.

      • DarlonSC

        Hum.. acabamento não sei… Esse é o ponto forte do Cobalt. Já andei em um táxi e é onde ele surpreende, porque externamente… Acho que o Versa merecia um interior mais bonito que o do March.

      • carrosempre

        Tiida Sedan saiu de linha. Ah e o Cobalt é maior que ele, o Versa, é quase o mesmo tamanho. Não existe vantagem no espaço. O acabamento é melhor que o Versa, mas acho o do Cobalt mais agradável que os dois.

      • DarlonSC

        Ups. Confundi Tiida sedan com Versa. Sorry.

  • PortoWF

    Sacanagem dar a mesma nota de Desempenho pro Cobalt e pro Versa !

    • pessimista2011

      Se é comprada não sei. Mas o que não agrada em nada nesses testes de revista é que elas sempre usam álcool. Isso é ruim porque quase ninguem usa álcool hoje em dia. Alem disso, motores com maior taxa de compressão são favorecidos, uma vez que tendem a apresentar consumo melhor com álcool. O ideal seria o teste com ambos os combustíveis.
      Quanto ao Versa, já vi vários testes de proprietários (filmados, é claro) em que o mesmo chega a fazer 18 km/l de gasolina na estrada a 100 km/h, plano. O próprio NA conseguiu uma excelente marca quando esteve com ele. Acho difícil o Cobalt chegar próximo nesse quesito. Mas não deixa de ser um carro bom, principalmente pelo espaço e acabamento.

      • carrosempre

        Não é comprada. Eles não seriam malucos de po 45anos de tradição no lixo por uma merreca. Pois, quem é assinante, percebe que nunca uma marca é sempre vencedora, de um comparativo para outro, muda as coisas, versões diferentes mudam o resultado. Eles usam o álcool, pois é o combustível de maior eficiência, em termos de potência.

    • FernandinhoBB

      Alguns veículos de comunicação indicaram que o Cobalt 1.8 anda um pouco mais que o Versa e consome de maneira semelhante na cidade, o consumo do Versa se destaca na estrada. A Car and Driver fez um comparativo onde o Versa consumiu o mesmo que o Voyage 1.6, apesar de ter levado o comparativo com folga, fica claro que não é um motor super econômico. http://caranddriverbrasil.uol.com.br/carros/compa

      • PortoWF

        Sim Fernando, entendo que neste aspecto Velocidade Maxima e arrancada eles possuam números semelhantes.
        Agora vou te fazer um pergunta de entendimento particular seu:

        Você acha justo dar a mesma nota para um veiculo que precisa de um motor 1.8 de bloco antigo e tecnologia defasada para entregar o mesmo desempenho de um veiculo 1.6 que usa novos materiais, mais tecnologia e entregando um produto com um custo ainda menor?

        Oras a simples comparação entre os modelos deveria premiar quem entrega o mesmo com menos, senão que tipo de comportamento queremos estimular em nossos consumidores quando falamos em Downsize, utilização de motores turbo alimentados e com incrementos tecnológicos se quando depende da nossa avaliação damos a mesma nota pro velho e pro novo.

        • MM_

          Porto, eu sou suspeito pra falar sobre Nissan pq odeio a marca pelos problemas que me causou, mas vamos lá.

          Downsize deve ter efeitos práticos, não?

          Como pode então. um motor tão moderno como do Versa em comparação com esse museu do Cobalt, andar menos e consumir o mesmo? Os caras investem uma grana preta pra fazer um motor mais eficiente, que não tem resultados práticos para quem usa?

          Não é uma incoerência?

          • PortoWF

            Enfim alguém que va-lhe a pena discutir. kkkkkkkkkkk

            Então cara, você é categórico em afirmar que esse "andar menos" seja algo sensível ao motorista?
            A mim não parece incoerência.
            Pq ao que me parece, e o que o meu "pé" notou, pouco se percebe essa diferença dirigindo os dois carros.
            O mais fácil de notar em favor do Cobalt é o bom aproveitamento em baixas rotações fora dessa faixa o motor do Versa me parece bem melhor.
            Quanto ao consumo em meu teste ( o cpu de bordo assim como odometro foi zerado) o Consumo do CObalt bateu 8,5km/L com gasolina ( segundo vendedor disse) um numero melhor inclusive do que o obtido na avaliação da Car and Driver.
            Já o Versa avaliado com etanol ( segundo o vendedor) fez 8km/L na minha avaliação, exatamente o mesmo numero que o Eber consegui na Avaliação do Blog.

            Então desculpe, pra mim o motor da Nissan é sim superior em eficiência a esse 1.8 da GM.
            E sou um cara apaixonado por torque mas não dá pra dizer que esses 2kg a mais do Cobalt justifique dizer q são dois motores com desempenho equivalente, me desculpe!

          • MM_

            Hehe, mas só para esclarecer, nunca andei em nenhum desses carros e nem li teste algum deles. Meu argumento se baseou no que vocês falaram sobre desempenho e consumo de ambos os carros.

            Consumo é um assunto bem delicado e sinceramente não levo em consideração uma média de 1 ou 2 km/l de diferença, já que isso é muito relativo ao combustível utilizado, maneira de condução, geografia local, entre muitas outras variáveis. Assim, por mais que (acredito eu) que o Versa seja um pouco mais econômico, em teoria ele teria obrigação de ser beeeem mais econômico, não?

            O desempenho é outro assunto delicado. O pessoal parece que brinca de super trunfo e não dirige carros. Ora, se um carro é 1 ou 2 segundos mais lento que o outro no 0-100km/h, pra mim tem o mesmo desempenho. Estamos falando de sedans familiares, não de super esportivos. É lógico que esse "andar menos" que eu disse não deve ser perceptível para quem dirige (lembre, eu nunca andei nos carros, estou falando isso de maneira geral, para qualquer carro).

            No final das contas, acredito que os 2 devem ser muito próximos nisso tudo, mas quando alguém vai comprar o Cobalt, lê que o motor é mais velho que eu e já vai com uma expectativa ruim. O outro que vai comprar o Versa, sabe que o motor é moderno, vai com mais expectativas de consumo e aceleração. Só que os 2 saem com resultados iguais ao utilizar os carros…

            • PortoWF

              tranquilo, entendi o que vc quis dizer!
              Só acho que a avaliação não poderia ter deixado passar o fato de que equipamento emprega tecnologia antiga e outra mais nova, e mesmo que ainda não haja teste do próprio Blog com o Cobalt 1.8, há que se levar outras fontes em consideração, e em algumas delas como a que citei acima, o motor da GM mostrou ter um consumo superior ao da Nissan.

              Daí em diante cada um é que deve avaliar se acha que 2km/l a mais é significante ou não.
              Pra mim é e muito.
              Significa por baixo quase R$70 a mais de combustível a cada 1000 KM rodados ( considerando Gasolina a R$2,70), ou a cada revisão de 10.000km quase R$700.
              Aí depois vem a galera aqui brigar por R$200 no preço ds revisões

        • carrosempre

          Você não está levando em conta que o Cobalt pesa 1.137kg, contra contra 1.052kg do Versa. Se ele tivesse dado nota em algum quesito chamado MOTOR, aí sim ele poderia desclassificar. Mas como foi dito, o quesito é DESEMPENHO, ou seja, não importa se o motor é velho, é novo, é antiquado ou super tecnológico, mas sim a como ele RESPONDE ao acelerador, se anda bem ou não.

        • FernandinhoBB

          Eu acho justo a mesma nota, desde que os dois cumpram adequadamente sua função. A Chevrolet pegou um motor antigo, diminuiu o torque e a potência para emitir menos poluentes e baixar o consumo. Se o Cobalt consegue ter desempenho semelhante, emissões semelhantes, boa durabilidade, manutenção barata e consumo próximo, concordo que deva receber a mesma nota. Não vejo problema no caso do Cobalt, pois ele cumpre a função e faz até melhor, pois os 2kg de torque a mais, inclusive em rotações mais baixas, não farão tanta diferença com o carro vazio na cidade, tendo em vista a potência tímida. Porém, pegando uma estrada com o carro CARREGADO, ao enfrentar uma subida ou realizar uma ultrapassagem, essa diferença no torque será notada. Portanto, se uma montadora resolver colocar um 2.4 para concorrer com os 2.0 do mercado, eu serei totalmente a favor, desde que o 2.4 tenha desempenho melhor ou igual e não polua e/ou consuma muito mais.

          Se eu fosse seguir a sua lógica, então a Amarock seria a melhor picape do mercado, isoladamente, e a Ranger seria uma porcaria, já que precisa de um 3.2 para cumprir a função que a Amarock faz com um 2.0. Diminuir a litragem do motor importa muito mais para o fabricante, que procura reduzir seus custos de alguma maneira. O 3.2 da Ranger garante o melhor desempenho da categoria e trabalha com folga. O 1.8 do Cobalt também trabalha com folga e deixa a condução agradável, graças ao torque em baixa, fica clara a redução de custos que a GM realizou, ao utilizar um motor antigo ligeiramente modificado, mas este motor foi colocado para bater de frente com adversários 1.6.

          A situação é semelhante a do Gol 1.0 TEC 8v e hb20 1.0 16v. Todos estão elogiando o 1.0 de 3 cilindros do HB20, porém ele tem desempenho e consumo na mesma faixa que o Gol, com a diferença de que o Gol tem torque em baixa. Muita vezes esses motores "tecnológicos" não estão trazendo resultados práticos.

    • Ughadoo

      Que eu saiba o NA não avaliou ainda o Cobalt 1.8.

      • PortoWF

        Avaliação do Versa!

    • FernandinhoBB

      Eber nunca testou o Cobalt 1.8, apenas o 1.4 e esse sim é manco. O Eber também deixou claro que o carro estava pouquíssimo rodado e na última etapa da avaliação do Versa ele informou que o consumo do Cobalt avaliado havia melhorado consideravelmente após rodar um pouco mais. O Versa avaliado estava com 8000km e com ar-condicionado ligado em parte do tempo consumiu 1km/l a menos que o Cobalt não amaciado e com ar ligado 100% do tempo, isso na cidade. Na estrada o Versa distanciou-se. Portanto, seus comentários sobre o Cobalt 1.4 não podem ser considerados para a versão com motor 1.8. Cobalt 1.8 é mais caro que o Versa e, por isso, não é a melhor opção, MAS ao comparar apenas os dois carros, o Cobalt 1.8 é melhor no interior, porta-malas, desempenho e espaço interno. Perde em consumo apenas. O Chevrolet é superior ao Nissan, mas cobra bem mais por isso.

      • PortoWF

        cara de novo, eu me referia a avaliação do Versa!

  • Daniel Ramos

    Vocês vão me desculpar, mais o que o etios faz nessa lista? Sem noção, rsrs! 44k por um monstrengo desses, eu nem preciso ler esse comparativo pro inteiro pra escolher o versa.

    • A matéria parece colocar Voyage, Prisma e Logan em outra categoria, puxa vida… é tudo sedan compacto. Estou enjoado de ver revistas, sites e o escambal colocando Cobalt e Versa numa categoria e Voyage, Prisma, Logan em outra… Acho que isso só ajuda a aumentar as discrepâncias do nosso mercado e não trás bom esclarecimento ao consumidor.

  • Leandro1978

    Melhor definição dos faróis da GM: " lembram uma pessoa que levou um soco e ficou com o olho roxo"…rs…

    Acho interessante a proposta destes modelos. São pequenos, mas possuem bom espaço interno. Pena que essas montadoras pensem que devam ser feios.

    Mesmo ele descartando o Logan (prestes a mudar, "sem forças" perante os rivais mais novos), acho que faltou o Renault, justamente para vermos o que a concorrência melhorou, tomando-o por base. Também acho que faltaram o Voyage e o Grand Siena, apesar de não serem tão espaçosos, possuem preços semelhantes, dependendo da versão e configuração, pois acho que o consumidor pode acabar comparando-os ao final.

    Em relação ao resultado do teste, minha opinião é a mesma do autor da matéria, o Etios fica para trás e Versa e Cobalt "empatam".

    • Edson Roberto

      Mas ainda há a esperança que o Cobalt se baseie no Malibu e melhore o seu principal defeito. Ele iria ganhar muito com isso.

      • Leandro1978

        Apesar de achar o novo Malibu lindo, acho o novo Impala ainda mais interessante. De qualquer forma, com frente do Malibu ou Impala, visualmente ficaria bem melhor do que é.

  • Gustavo L Walker

    Não sei se o objetivo do Etios sedam era concorrer com esses caros, pois acho ele mais comparável com voyage, siena, prisma (se não levarmos o preço em comparação), talvez nessa comparação faltou o "gran siena" também.

    • carrosempre

      A Toyota apostou no espaço interno, assim como a Nissan e a Chevrolet. Já o Voyage e GrandSiena são menores.

    • Eugenio C.

      O preço sempre deve ser levado em consideração ao se analisar carros da mesma categoria. Se o Etios oferecesse o que oferece por um preço R$ 10 mil mais barato, poderia COMEÇAR a se tornar uma opção… (e olha que estou sendo otimista) :D

  • EikeBatista

    Não acho o Versa feio. Longe disso, ele é so autentico.

    Situação diferente pro cobalt que parece um aborto de caminhão com esses farois !

    • carrosempre

      Eu acho a traseira do Versa feia, por causa da parte da placa. Poderiam colocar um friso cromado, e o símbolo da Nissan maior, algo parecido com o Sentra, iria ficar com outra cara!!

    • MM_

      O Versa parece que está usando fralda.

      • fkas

        E pior, já fez algo dentro dela, e em grande quantidade!

        • CharlesAle

          Ja para mim o versa lembra minha tia,que tem um culotes tensoKKK

  • walbere

    Aqui neste comparativo fico com Versa.
    Mas a imagem que tenho da Nissan é bons carros e péssimo pós venda.
    Disse que ficaria com Versa no comparativo, mas não o compraria.

  • Rafael_rec

    Cobalt sem penser duas vezes. Nissan e seu pós-venda abaixo do amador nunca mais.

    • zeuslinux

      Sem contar que achar o Versa para pronta entrega é muito mais difícil. Eu ficaria com o Cobalt entre os 3 testados.

  • bedotRJ

    Concordo com as considerações do colega que fez o comparativo, mas daria a vitória ao Versa pelo custo-benefício. O Cobalt, de fato, possui um acabamento superior, o que foi decisivo, por exemplo, para que minha mãe optasse por ele ao invés do Versa (além da fila de espera, que estava em 90 dias na Nissan). Mas a situação real de preços de mercado coloca o Versa SL 1.6 top de linha batendo de frente com a versão intermediária do Cobalt (LT) e com o motor menor (1.4). Tanto o Cobalt LTZ 1.4 (de melhor acabamento), quanto o Cobalt LT 1.8 (de bom desempenho) são mais caros do que o Versa SL – que dirá, então, o LTZ 1.8. A diferença não é nada desprezível, batendo nos R$ 5mil, o que leva o Cobalt LTZ 1.8 a encostar nos ditos 'compactos premium' (Linea, Sonic, City, New Fiesta), carros de maior apelo. Podemos dizer que, para igualar o desempenho e superar em acabamento/equipamentos o Versa SL, o Cobalt se descola dos preços de seu segmento e passa a não ser mais tão justificável.

    Na outra ponta, caso o cliente não tenha grana prá comprar as versões mais caras, o Versa também se torna uma opção melhor, já que sua versão de entrada 1.6 S (c/ ar, direção elétrica, vidros e travas elétricas e airbag duplo) sai mais em conta do que o Cobalt LS 1.4, que tem ar, direção hidráulica e MAIS NADA. Nova vitória em CxB para o Versa.

    Sendo assim, eu faria este pequeno adendo ao teste do colega.

    O Etios? Este custa tanto quanto os mais novos, sendo inferior e menos equipado do que o mais antigo (Logan). Seu posicionamento no mercado é simplesmente um desastre. A Toyota vai levar um tombo com ele, sem sombra de dúvida.

    • carrosempre

      A Nissan aumento o preço do Versa; O Versa do comparativo custava 41.290 e pulou para 43.290. Acho que aí ferrou ele, pois tinha um excelente custo/benefício, mas agora não se destaca tanto e ainda peca por um interior mais fraco. Eu levaria o Cobalt. E o teste foi feito nas versões top de linha dos modelos, por isso os preços não correspondem, mas mesmo assim, ele deu 8 pro Cobalt e 10 para o Versa, mas carro não é só custo/benefício. O interior mais espaçoso, porta-malas bem maior, painel mais bem acabado e bonito, para quem quer um carro familiar é bem decisivo.

      • bedotRJ

        Tem razão, houve esse aumento na Nissan, mas o argumento continua válido. Mesmo a R$ 43.290,00, o Versa SL sai por R$ 400,00 a menos do que o Cobalt LT 1.8, por R$ 1.200,00 a menos do que o Cobalt LTZ 1.4 e por R$ 3.600,00 (!!!) a menos do que o Cobalt LTZ 1.8. Então nenhum Cobalt conseguirá igualar o custo-benefício do Versa. No máximo, empatará em desempenho (ao se comparar Versa SL vs Cobalt LT 1.8). Mas para empatar em equipamentos, em desempenho e oferecer um acabamento nitidamente melhor, o cliente terá que soltar muito mais dinheiro no Cobalt.

        • carrosempre

          Mas devemos levar em conta, que o Cobalt é mais espaçoso, tem porta-malas maior e como você disse, um acabamento nitidamente melhor. Acredito que seja a melhor opção, para quem possa gastar mais um pouco. Já quem não tem, as versões intermediária e top do Versa são excelentes pedidas.

          • bedotRJ

            É por aí mesmo, mas sendo mandatório lembrar que esse "gastar mais um pouco" aproxima o Cobalt LTZ 1.8 (melhor opção) dos compactos "premium" como o Sonic LT, o New Fiesta sedan, o City DX e o Linea Essence. E por mais que o Cobalt até supere esses carros em alguns aspectos, definitivamente essa não é a categoria para ele.

            • carrosempre

              Reconheço que são carros melhores que o Cobalt, sem dúvida nenhuma. Mas foi como a GM deixou claro: "Os compradores de Sonic Sedan e Cobalt, são públicos distintos". O primeiro procura espaço, não liga para design e o preço mais em conta. O segundo, que um carro melhor. mais moderno, mais bonito, ainda que não seja tão espaçoso. Só o consumidor, cada caso é um caso, poderá definir se vale a pena pegar um premium.

              • bedotRJ

                Dentro desta lógica, o Cobalt que mais vale a pena é o LT 1.4. Tem os equipamentos mais importantes, o espaço interno e o preço mais em conta, embora fique devendo alguns equipamentos e o acabamento diferenciado do LTZ. É um carro que atenderá corretamente este consumidor que preza espaço sem ligar para o design.

                • Edson Roberto

                  Eu discordo que o Sonic seja considerado superior ao Cobalt. Ele seria se fosse um carro com motorização bem superior e não só moderno, além de ter itens obrigatoriamente a mais em relação ao Cobalt. Por outro lado, ambos se equiparam em equipamentos e é ai onde considero o erro do Sonic.

                  Além disso, o Cobalt tem acabamento melhor. Pelo menos entre os dois… eu nao vejo onde o Sonic consegue algo que me faria pensar nele no lugar do Cobalt. E não podemos nos esquecer da versão automatica do Cobalt que pode fazer a diferença para quem procura conforto nesses sedans.

    • MM_

      "sua versão de entrada 1.6 S (c/ ar, direção elétrica, vidros e travas elétricas e airbag duplo)"

      A versão S NÃO TEM ar condicionado.

      • bedotRJ

        É opcional, mas não invalida o ponto. Quase ninguém compra Versa S sem ar (R$ 35.890,00). E o 1.6 S c/ ar (R$ 38.590,00) é pouquíssimo mais caro do que o Cobalt LS (R$ 38.200,00) que só tem mesmo ar e direção hidráulica.

  • ShadowRocm

    Cobalt e Versa sao obviamente melhores que o Etios.

  • PONCIO PILATOS

    Opto pela versa, penso que tem melhor conjunto.

  • Renan21

    Pq esse segmento é tão feio?
    E iria de versa

  • rattrap587

    Em tempo… Um versa "tunado" com um conjunto roda/pneu maior (e ligeiramente rebaixado na medida correta) daria um banho de design nos rivais.

    • FernandinhoBB

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Versa de mano… essa eu queria ver!

  • jvjv

    Desses três, eu levaria o Cobalt…

  • MM_

    Viraria um Nissan de fraldas tunado. E continuaria um carro medonho, só que com rodas maiores.

    • Edson Roberto

      "A bunda cag***" continuaria ali… só que "turbinada"…rs

      • MM_

        Pois é. Acho que a GM combinou com a Nissan, tipo eu faço um com frente feia e traseira bonita e vc faz o inverso.

        Como não combinaram nada com a Toyota, eles fizeram o Etios inteiro feio. hehe.

        E antes que falem eu já respondo: NÃO, nunca dirigi nenhum deles, não sei se são bons ou não, Mas que são feios, isso eu não tenho dúvida nenhuma.

  • DanielPiccoli

    o Lixo vs. Ruim vs. Horrivel…

    Deveriam renomear a reportagem para, "Os desastres em 4 rodas"

  • rodrigorsr

    Se fosse pra ter um carro dessa categoria, esperaria o Santana chegar.

  • Rox_

    Dessas 3 aberrações, acho o Cobalt o melhor, pois ao menos o interior dele é agradável. O Versa é um bom carro também, embora aquele interior deixe muito a desejar, o custo x benefício o torna uma opção interessante. Já o Etios Sedan tem o exterior horrendo, que só não é pior que o interior, totalmente ridículo, além de ter um preço incompatível com a qualidade geral do carro.

    • cesar

      Amigos! concordo com voces todos no tocante a beleza interior exterior e alguns mimos.
      Mais nao devemos esquecer que logo que passar o primeiro impacto do visual e alguns detalhes com o tempo e uso, chega a hora da verdade.
      Atuo na area tecnica automotiva a 35 anos e passei a ver que lancamentos automotivos sao sempre uma caixinha de surpresa no tocante a durabilidade e poucas visitas a oficina. Tambem temos que lembrar que um dia iremos revender este veiculo e nao vamos querer perder tanto e ter liquidez.
      Bem partindo deste principio, posso afirmar que qualquer carrro toyota e imbativel nestes quesitos de durabilidade e liquidez na hora de revender.
      Portanto temos que pénsar a longo prazo.

  • weberduplodf

    Bando de bichos feios !!!

    Faltou o Logan ai nessa turma

  • fkas

    Isso é um comparativo ou é um filme de terror??? Me assustei um bocado… Cruzes!!!
    Sério agora: Se eu estivesse "condenado" a comprar algo dessa faixa aí, meu posicionamento seria outro:
    – Hoje, e enquanto durarem os estoques: Sentra
    – Depois que acabarem os estoques do Sentra: um médio semi-novo.
    Mais caro? Talvez um pouco mais do que essas "coisas" equipadas, mas com certeza menos sofríveis do que estes.

    • MM_

      Sentra? Eu compraria um Cadillac CTS. :)

      • Eugenio C.

        Por R$ 51 mil???

  • brugin

    Logan inferior aos novos concorrentes? Do Etios não é mesmo:

    <img src="http://motordream.uol.com.br/upload/ap151111-08.JPG"&gt;
    <img src="http://www.fotocomedia.com/wp-content/uploads/2012/05/renault-logan-2010-02.jpg"&gt;

    O Logan pode estar com visual cansado e não é mais novidade, mas tem muito espaço, mecânica comparada aos demais concorrentes e tb tem opção de câmbio automático. É um projeto de baixo custo, mas ainda pode brigar sim. Com o novo desenho previsto pro ano que vem, vai ficar mais interessante, ainda mais se a Renault atualizar a mecânica também.

    • Edson Roberto

      E o melhor… ele automatico custa o mesmo que as versões de R$43000 desses carros….

  • Mr. Car

    Também acho que mesmo com uma possível renovação para breve, o Logan deveria estar neste comparativo. Por R$43.000,00, portanto mais em conta que os outros e com todos os equipamentos que eles oferecem, ainda vem com câmbio automático. Isso é um bom diferencial.

  • ocduarte

    O que causa estranheza no Versa é o caimento do teto. Normalmente os carros modernos têm linhas de cintura ascendentes, com pouca queda do teto em direção à traseira. No Versa, além da linha de cintura ser reta, o teto cai muito a partir da coluna B. Acho a frente passável, mas do meio para trás é sofrível. Já o Cobal é aquela coisa: frente muito desproporcional, e no resto parecendo "mamãe eu quero ser um Chrysler 300".

  • HenriqueHJ

    se tiver com dimdim contado, Versa SL. agora ta sobrando um pouco ou tem uma margem maior, negociar o Cobalt 1.8 é uma boa. pois a unica falha era o motor manco (feiura não conta, o versa é feio de traseira, o cobalt é feio de frente e Etios é feio em tudo).

  • O Versa passa longe de ser um carro muito bonito, mas fica lindo perto do Cobalt e do Etios.
    Ultimamente parece que as montadoras estão se esforçando para lançar carros cada vez mais feios no Brasil, não basta a frente bizarra do Cobalt, agora temos o Etios que lembra muito um Tempra. o.0

  • Jason

    Conclusão: O Etios é apenas 0,3 pontos pior do que os outros. Será?

    Concordo com muitos pontos do comparativo, mas não considero nenhum dos três a melhor compra em sedãs desse porte hoje em dia, sendo que cobram caro e não entregam tanto assim.

  • DiMais

    guerra ao terror!!

  • PJunior

    Alguem ai tem noticias do onix sedan??

    • brugin

      Tá previsto pro início do ano que vem, já teve unidade flagrada. Assim como o HB20 sedan chega tb no início de 2013.

  • icarothomas

    Vi um Cobalt azul marinho ontem na rua. PUTA QUE PARIU COMO O CARRO FICOU LINDO. Sinceramente, a única coisa que estraga o carro são os faróis dianteiros, mas o restante é lindo. Se colocassem um farol no estilo do novo Impala, ficaria mais lindo ainda. Ah, e nessa briga não deveria entrar o Grand Siena também?

    • rattrap587

      Não… Nessa briga só entram carros horroríveis. O Siena está num (ou dois) patamar(es) acima.

      • Pedro santos

        Isso aí, além de ser FIAT, é minúsculo por dentro.

    • brunoxeca

      Sou fã de carros azul marinho! Até o Cobalt ficou bonito! hahaha

  • Rods

    Bem… Hoje consegui andar no Cobalt pela primeira vez… Peguei um taxi….

    Pude trocar uma idéia com o motorista sobre o carro…. Bom, tirando a parte externa que é feia pra burro…

    Internamente é agradável… O Silêncio da cabine me impressionou…. O painel de "moto" é legal… Eu gostei.

    Espaçoso… E parece ser bem confortável…. Pela força que o motorista fazia no volante, percebi que a direção é leve.

    Ele disse que o 1.4 é muito, mas muito fraco para o carro….

    E o consumo é muito alto. 7,8km/l…. Olha… Não tem condiçoes um consumo desse nível…. Não sei se é pelo peso ou se o motor é uma droga mesmo.. Ou pior… As duas coisas.

    Uma coisa que notei e achei podre. O mecanismo de abertura/fechamento/direcionamento das saídas de ar…. Muito pequenas e não consegui um tato legal para movimenta-las… Podre.

    Quanto aos outros dois… Não andei… No Toyota eu dispenso….

    • MM_

      "Ele disse que o 1.4 é muito, mas muito fraco para o carro."

      Isso é muito relativo. Peguei um taxi outro dia e o cara falou que estava muito contente pq o carro andava bem mais que o Idea 1.4 que ele tinha antes. Só reclamou que no Idea era mais fácil de colocar malas no porta malas.

      • Vitão

        Pois eh, concordo com sua afirmação, pq eu tbm perguntei a um taxista sobre o Cobalt com motor 1.4….

        Ele disse q a potência está adequado para o carro e para rodar na cidade está OK…… Ele gostou do consumo e a proposta em si do carro…..

        É lógico q pra quem viaja bastante, pega estrada e lota o carro com gente, já muda de história……

        Sobre o carro gostei do espaço, mas achei o encosto de cabeça dos banco um pouco vagabundo……

        • Eugenio C.

          Penso que tem muito taxista xingando a mãe do Barba… o último Astra, com o motor atualizado em 2009, conseguia ser mais econômico (nos testes) que os compactos 1.4 e 1.6 (Agile, Fox, Sandero) – com um desempenho (e conforto) muito superior. Mas penso que a grande vantagem do Cobalt para as empresas de táxi está na manutenção barata e no porta-malas que permitiria abrigar GNV com sobra de espaço.

          • Rods

            A cidade aqui tem muito morro. Não é plana….

    • bedotRJ

      O carro é muito confortável de dirigir e bastante espaçoso. O mecanismo a que vc se refere (das saídas de ar) é simples de mexer, mas há uma falha ergonômica (já notada por um colega aqui do fórum): os comandos dos vidros elétricos na porta do motorista são desnecessariamente recuados, obrigando a um pequeno contorcionismo de pulso para o acionamento – dava prá ficarem alguns centímetros mais à frente, mas aí não haveria espaço para o porta-garrafas na parte inferior da porta.

      Quanto ao desempenho do motor 1.4, depende da referência: supera qualquer 1.0, passando a sensação de suficiência para quem vem de algum popular de 1 litro. Mas prá mim, cujo outro carro que dirijo é um Ka 1.6, realmente parece muito lento. Nesse aspecto, o Versa ganha de goleada.

  • Vitão

    Gostei da avaliação feita….. Tá melhor q do Auto Press kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…..

    Versa um ótimo C x B, com bom motor, mas um interior basicão até demais…..

    Cobalt q conseguiu suprir a falta de uma motorização mais forte, agora com o 1.8 está bom, interior agradável, mas o q atrapalha um pouco foi o preço……

    ET.ios nem se fala, é um ótimo carro pra botar no lixo……

  • dudupruvinelli

    Pego um jetta daqui a 10 anos por esse preço.. (ironia)

  • edsontak

    Grand Siena e Voyage, que tentam entrar neste segmento de "compactos-grandes" tem design MUITO superior… A Nissan não digo, porque todos carros são "autênticos", mas a Toyota e principalmente a GM poderiam ter caprichado mais nestes carros.

    Imagino se o Linea tivesse sido colocado neste segmento pela Fiat. Certamente, iria vender muito mais do que vende.

  • Mjscaruaru

    Dá pra comprar um new fiesta sedan com esse preço??

  • CharlesAle

    Toyota, tinha uma gama enxuta, porém de boas vendas. Para alavancar de vez e crescer no mercado, lançou seu popular para mercados emergentes. O problema, é que ela levou o termo “emergente"…..emergentes,não "desesperados"por carros,pelo amor de Deus,se fosse a ssangyong lançar o Etios,já estariamos acostumados com o desenho bizarro,mas Toyota……

    • edy_caceres

      verdade, o carro é feio ,simples e pelado de mais pra ser um toyota!

  • edneygoncalves

    A Toyota pisou na bola no design, subestimou o bom gosto dos brasileiros e vai pagar caro por isso, pois a marca Toyota não vai conseguir alavancar as vendas desse carro e ele está fadado ao fracasso. Olhar o HB20 e Onix (só para falar dos lançamentos mais recentes) e depois para o Etios parece que estamos vendo carros separados por duas gerações, parece um carro dos anos 80…minha opinião. Conseguiu ser mais "simples" no design que o Logan, que se vier no ano que vem igual ao europeu vai dar trabalho inclusive para o Cobalt e Versa, pois ficou muito bonito e encorpado, juntamente com o Sandero. Bom…escrevi demais, FUI!

  • Snowblindd

    Até dois meses atrás, sempre evitei carros da GM. Tive VW, Ford, Fiat e meu dois últimos carros foram Logan (o último, um 1.6 2011 com todos os opcionais). Porém, quando a GM lançou o Cobalt 1.8 automático, me interessei pelo carro. Observei o sucesso desse carro no mercado e resolvi fazer um test drive. Adorei e comprei um LTZ. Recomendo a todos que têm alguma restrição ao Cobalt (por questões estéticas, principalmente) a fazer um test drive. É impossível não gostar desse carro. O câmbio automático é excelente, o carro é silencioso, confortável, e passa a impressão de ser de uma categoria superior. Na verdade, não vejo concorrentes para esse modelo (1.8 automático). Acho que a GM criou, com o Cobalt automático, uma categoria intermediária entre o mundo dos compactos e o universo dos médios. Nessa faixa de preço do Cobalt (paguei R$50.950,00 com a pintura metálica) não há outro carro equivalente. A GM realmente acertou em cheio ao lançar o Cobalt. Quem tem (ou que já dirigiu) um Cobalt automático sabe porque o nível de satisfação dos proprietários é superior a 90%.

  • edy_caceres

    eu sinceramente não compreendi a falta de carros bem superiores ao toyota. ex: fiesta , voyage, siena …

  • rattrap587

    Trio parada dura. Mas é até fácil sacar qual projeto é o mais vagaba… Etios! Com certeza!

  • Miroengenharia

    Está complicado dar a nota no quesito design…

  • zambarigood

    É uma pena saber que o Tiida Sedan irá se despedir do mercado, pois é sem dúvida bem melhor e mais barato que os três carros aqui apresentados.

  • Dedeuss

    Acho que na avaliação feita, faltaram 2 itens a ser avaliado, pelo menos. Já que mencionaram o preço no comparativo, deveriam ter comparado também os valores das manutenções, como o gasto de combustível entre o Etios, Cobalt e Versa. Nesses 2 outros itens que mencionei, pontuação do Etios melhoraria!!!! Quanto ao design, isso é muito subjetivo, cada um tem um gosto. Eu mesmo, acho o Etios um carro bem agradável no seu visual, uma frente em "V", lembrando um sorriso, muito bem acabada a frente! (olhem de perfil o Etios, ele é bem desenhado, bem acabado o desenho). A traseira é um pouco mais duvidosa, bem conservadora, mas nada que desabone o carro. Se comparado ao Logan, o Etios tem o desenho da traseira com desenho mais arredondado(mais atual um pouco). O sedan, tem um motor de 1.5 litro, construído no Japão, feito em alumínio, nada mal para um carro brasileiro!!!! (brasileiro porque é feito em Sorocaba)

    • carrosempre

      A manutenção não tem como ser 100% analisada, porque o preço das peças são de acordo com cada concessionária. E o gasto de combustível exige um teste muito mais perplexo, como foi dito, ele fez test-drive em cada um deles, não tem como avaliar esse item. Agora, o design é pessoal, mas ainda acho Etios mais feio que os dois.

  • Ronny7777

    Na minha opinião o Etios é o mais bonito de todos. O versa parece até um opala moderno, sem falar que o carpet é de péssima qualidade, a buzina é semelhante a de moto e no teste de longa duraçao da quatro rodas não foi muito bem. Essa frente do cobalt ficou no mínimo esquisita, não entendi a proposta dos projetistas, acho que eles queria fazer uma caminhoneta e optaram por um sedã com esse capô praticamente em nível pq o normal é o capô ser declinado para baixo. Dos tres eu prefiro o etios porque fiz o test drive e aprovei. Como diz o ditado popular: "nem só de beleza vive o canário". Temos como exemplo o hb20 que agradou a muitos pelo designe, mas está desagradando aos que compraram na qualidade de alguns itens e até no consumo. O quadro de instrumentos no meio ficou muito interessante, depois todos vao se acostumar e o formato retrô agradou. O porta-malas é enorme e o espaço interno nao decepciona. Não quero fazer média com o etios e nem sou vendedor. Apenas vejo que o etios tem qualidades que realmente são importantes para uma viagem tranquila. Muitas vezes tecnologia demais acaba se tornando um dor de cabeça para o proprietário. É melhor ter o básico seguro do que o sofisticado sem qualidade.

  • Alexandre

    Testei o Cobalt e o Etios o Etios é mais econômico, melhor para dirigir, mais confortável, mais silencioso, motor e cambio mais acertados, vou comprar o Etios. Testem os carros antes de falarem bobagem Nenhum dos três são grande coisa em termos de aparência, para mim o Etios é mais bonito com design clássico.

  • Erik

    Tenho um cobalt 1.8 LT mecânico, paguei 41500 com redução de IPI. De fabrica, alem de air bag e abs, veio computador de bordo, ar, direção, vidros, travas, alarme na chave canivete. O porte (4,48m) o entre eixos (2,62m) e o porta malas (560L) são de carro de segmento superior, proporcionando um conforto que nenhum outro nessa faixa tem. O motor 1.8 é o mais adequado ao porte do carro, embora gaste um pouco mais. Nessa faixa de preço não tem prá ninguém.

    • Fellipe

      Mas você sabia que o seu motor 1.8 do Cobalt é advindo do Astra 96? Você está confortável em saber que o seu carro tem 106 Cavalos, enquanto um Kia Cerato 1.6 2010 tem 128cv? Com um motor mais moderno?

      Amigo, é doce ilusão.

  • Klaus

    Fiz test drive no Cobalt, Versa e Etios Sedan. O acabamento do Cobalt é aparentemente melhor, mas não se engane, tenho uma Spin e o painel já tá todo arranhado e a manopla do cambio descascando. O som original é ruim de recepção de rádio e as caixas parecem de som de notebook. O Versa achei que tem acabamento bem simples, mas parece mais resistente que o do Cobalt/Spin. O Etios é muito elogiado no site Carros na Web (parte de Opinião de Donos). Ninguém descreve defeito relacionado a problemas tanto no hatch quanto no sedan. Eu fiz o test drive ontem no Etios Sedan e particularmente achei maravilhoso! Brasileiro compra carro feio e barato ou carro bonito e caro. Não compramos carro feio e caro, mas por ser um toyota de tradição, seguro, valorizado, durável, mecânica confiável, seguro relativamente barato, economico, potente e com valor baixo das revisões, já vale a pena! Claro que o preço poderia cair mais um pouco!

  • Vinicius AF

    Vi hoje um Etios sedã ao vivo. É o carro mais feio lançado no Brasil no séc. XXI. Eu achava que era implicância, que pelas fotos a aparência era pior. Eu estava enganado. O carro é simplesmente horrível! Parece que a frente derreteu, é extremamente caída. Pelas fotos o carro parecia mais largo também. Deve ter a largura próxima do Voyage (projeto já ultrapassado – embora o Voyage seja um bom sedã compacto). Não consigo entender como a Toyota conseguiu essa proeza, erraram.. e erraram muito o tiro! Só não digo que foi no pé, porque dinheiro essas montadoras nunca perdem, mas poderiam estar ganhando muito mais! É um fiasco esse lançamento. E quem acha que é um mini-corolla… sim, existem essas incríveis pessoas, eu tenho pena, porque só pode ser ignorância. Em resumo: Corolla (pensado como carro mundial da marca, deve ser bom em todos os quesitos); Etios (pensado como um carro de menor custo de produção possível).

  • marcos costa

    o versa parece um tubarão, o cobalt é igual aos outros da nova linha da chevrolet e o etios parece os modelos mais antigos de sedã como o siena por ex.

  • ZéBedeu

    O Etios é um carro exemplar tecnicamente. Andei em um. Rodar bem confortável, motor 1.5 muito econômico até com alcool e anda muito para a cilindrada. Silencioso e macio (um pouco menos que o Corolla ) e não acho feio externamente, pelo menos o Sedan. Mas o que f…. com tudo é aquele interior absurdamente lixoooooooooooooooo e horrível. Se a Toyota pelo menos arrumasse o interior om um belo painel e acabamento melhor seria uma boa escolha.

  • Ivan

    Fui ver os 3 pessoalmente, além do New Fiesta Sedan. Nenhum deles é obra-prima de design. Me preocupou no Versa o estado de seu motor (após a desmontagem) no teste de 60 mil Km de uma revista do ramo automobilístico. O Etios tem um ótimo porta-malas, uma dirigibilidade elogiável e um limpador de parabrisas bem bolado, mas pelo preço da versão topo de linha falta muita coisa que a concorrência oferece. A minha sensação, atualmente,é que o Cobalt está para o Opala assim como o Cruze está para o Monza. O New Fiesta é bem apertado por dentro. Para levar criança na cadeirinha chutando os bancos da frente, não dá. Como priorizo conforto e espaço atualmente, optei pelo Cobalt automático. Excelente carro. Pena não mostrar a temperatura do motor no painel e não ter iluminação nas teclas dos vidros elétricos.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend