Chevrolet Comparativos Mercado Preços Sedãs

Comparativo: Prisma x Sail – duelo dos sedãs populares da GM

Comparativo: Prisma x Sail - duelo dos sedãs populares da GM

A GM escolheu dois caminhos diferentes para atuar no segmento de entrada de dois (aliás, três) mercados do BRICS. Brasil, China e agora Índia possuem novos modelos compactos da Chevrolet na linha de frente. Ambos com opções hatch e sedã, eles compartilham a plataforma Gamma II de origem sul-coreana (Daewoo), mas trilharam caminhos distintos de desenvolvimento.


O Chevrolet Prisma faz ao lado do Onix uma nova dupla de compactos da GM no Brasil, enquanto o Chevrolet Sail faz o mesmo papel na China e Índia. O primeiro surgiu como sucessor do antigo sedã de baixo custo oriundo do antigo Corsa B. O asiático tem sua origem no mesmo modelo, inclusive originando um facelift visto atual no sedã Classic vendido no Brasil. Ele já foi vendido como Buick na China.

Comparativo: Prisma x Sail - duelo dos sedãs populares da GM

Os atuais modelos utilizam uma plataforma que se tornou o cavalo de batalha da GM em nível global. Aqui ainda dá origem ao Cobalt, Spin e em sua versão moderna, ao Sonic. Aliás, estes três também deverão se encontrar no mercado chinês, onde a dupla brasileira vai ser feita junto com o Aveo, o Sonic deles.


Em termos de estilo, o Chevrolet Prisma aposta em um visual mais moderno, com grade de tamanho grande dividida por uma barra com a gravata dourada e faróis de perfil dinâmico e atraente. Atrás, as lanternas acompanham o estilo frontal. No Chevrolet Sail, o visual é mais limpo e convencional, apostando em grade menor e faróis com cantos arredondados. A traseira apresenta lanternas grandes e compactas, passam a impressão de maior volume do conjunto.

Comparativo: Prisma x Sail - duelo dos sedãs populares da GM

Na lateral, o Chevrolet Prisma apresenta curvatura da base dos vidros e vincos pronunciados, além de pequeno quebra-vento falso na porta traseira. O Chevrolet Sail se destaca pela vigia na coluna A e ausência de quebra-vento falso nas portas. O visual é também mais limpo.

No que diz respeito ao tamanho, podemos perceber agora o real motivo pelo qual o modelo asiático não foi vendido no Brasil. Apesar do Chevrolet Prisma ter 4,27 m de comprimento e o Chevrolet Sail ter 4,24 m, as plataformas possuem entre eixos diferentes. O brasileiro tem 2,53 m enquanto o chinês 2,46 m. Outra diferença crucial é o tamanho do porta-malas, com vantagem para o “GMB”, pois são 500 litros contra 370 do SAIC-GM.

Comparativo: Prisma x Sail - duelo dos sedãs populares da GM

Eles são praticamente equivalentes em largura e altura, mas diferem no peso. O Chevrolet Prisma pesa 1.031 kg, enquanto o Chevrolet Sail pesa 1.124 kg. Diferentes por fora e no tamanho, a proposta do ambiente interno é parecida, mas leva muito em consideração o panorama dos mercados do Brasil e China.

Aqui, o Chevrolet Prisma aposta em um visual interno mais moderno e jovial, proposto para agradar mais o consumidor por causa da concorrência local, inclusive adotando cluster análogo-digital e multimídia MyLink para largar na frente. O desenho interno e acabamento também são melhores pelo mesmo motivo. Não dá para vacilar no mercado brasileiro. Sorte do consumidor local.

Comparativo: Prisma x Sail - duelo dos sedãs populares da GM

No caso do Chevrolet Sail, a China possui uma enorme diversidade de marcas e produtos e ainda há enorme quantidade de carros de padrão bem inferior ao que estamos acostumados. Assim, a SAIC-GM não precisou ir muito além para oferecer algo melhor no modelo. Com isso, comandos elétricos dos vidros em posição central e instrumentação, instrumentação analógica simples, capa no airbag do passageiro e sistema de áudio convencional servem bem ao propósito. Aqui ele lembra receitas utilizadas no Agile e Cobalt.

Em termos de motorização, o Chevrolet Prisma utiliza a velha receita do motor GM Família I atualizado e chamado de Econo Flex SPE/4, mantendo ainda o cabeçote 8V. Ele está disponível em 1.0 litro com 78/80 cv e 9,5/9,8 kgfm, respectivamente com gasolina e etanol. A versão 1.4 oferece 98/106 cv e 13,0/13,9 kgfm, na mesma ordem. Ainda não há opção automática, que chegará em breve e com seis marchas.

Comparativo: Prisma x Sail - duelo dos sedãs populares da GM

O Chevrolet Sail utiliza blocos S-TEC II de origem Daewoo e modificados pela joint-venture PATAC (Pan-Asia Technical Automotive Center) e oferece versões 1.2 e 1.4, ambas 16V, entregando 86 cv com 11,5 kgfm e 103 cv com 13 kgfm. Há opção de caixa automatizada e versões modernas Smartech 1.2 a gasolina e 1.3 diesel são oferecidas nos dois países.

Comparativo: Prisma x Sail - duelo dos sedãs populares da GM

Preço? Sim, podemos apenas fazer um comparativo próximo dos dois modelos. No Brasil, o Chevrolet Prisma custa a partir de R$ 34.990 ou US$ 17.321. No Chile, por exemplo, o Chevrolet Sail sai por 5.140.000 de pesos ou R$ 22.102 ou US$ 10.941. O brasileiro não custa mais por ser maior ou mais moderno, mas simplesmente pelos três motivos que já conhecemos bem: impostos, lucro e câmbio. Enfim, dois caminhos diferentes para a mesma proposta, oferecer compactos populares nos principais mercados do BRIC com baixo custo.

Comparativo: Prisma x Sail – duelo dos sedãs populares da GM
Este texto lhe foi útil??

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email