Ford Hatches Hyundai

Comparativo entre Novo Focus e i30 – da boca de quem tem os 2

Comparativo entre Novo Focus e i30 - da boca de quem tem os 2

Olá a todos que se interessaram pelo tópico. Devem estar se perguntando qual é o melhor dos dois. Passei meses e meses nesta angustia, querendo comprar um carro que me atendesse como consumidor exigente que sou.


E como os valores sao altos, a escolha tem que ser certa, afinal, além da cifra empatada, a desvalorização que se tem na venda de carros é alta. E soma-se ao fato que o casamento dura, em media, 2 a 3 anos. As vezes mais, as vezes menos, porém não tem nada melhor que você tirar um carro zero da concessionária e ele ainda lhe entregar tudo e mais do que você imaginava.

Gostaria de pedir aos leitores que me dêem um desconto, porque nas minhas mal traçadas palavras não tenho o intuito de ganhar ou me assemelhar as publicações oficiais. Afinal, não sou jornalista. Sou médico, que tem diploma de mecânico profissional pelo laboratório de máquinas térmicas do Fundão. Então, de carro, eu entendo um pouquinho. Além disso, gosto de dirigir. Dirijo desde os 9 anos, quando meu avô me colocava no banco de seu Dodge 1.8 1975, sobre 2 almofadas…

Complementando, tive um Voyage 1.6 LS 1985 a álcool, depois um Voyage 1.6 CL 1994 a álcool, seguido de um Gol 1.8Mi 1997 CL a gasolina, um 206 1.6 16v 2004 Feline a gasolina e agora, um Novo Focus. Todos zero. A esposa, também médica, teve um Gol 1.0Mi 8v Trend 2002, seguido de um “old” Focus 2.0 16v Duratec GLX 2005 e agora, um i30. Todos zero.


Comparativo entre Novo Focus e i30 - da boca de quem tem os 2

Coloco essas informações para vocês entenderem o passado automobilístico de ambos os proprietários responsáveis por este pequeno review. Chega de delongas, mas queria escrever algo sobre mim para entenderem um pouco como somos e no que nos baseamos. E como eu sempre digo, na duvida entre um ou outro, compre os dois. E foi o que fizemos, hehe.

Vamos falar sobre os carros atuais e motivo do review:
Novo Focus 2.0 16v Ghia Manual x i30 2.0 16v Automatico com Teto Solar e Ar Analógico

Ambos, na mesma faixa de preço, por isso, a comparação direta. A diferença ficou em menos de 700 reais, sendo o Novo Focus o mais caro. O i30 veio com sensor de estacionamento, couro nos bancos, insulfilm e bluetooth, todos fornecidos dentro do valor pago, mas que não eram de série do carro. Entao, esses “acessórios” estavam embutidos no preço. Por isso, a semelhança nos valores. E nos itens tbm, no final das contas.

Aos carros, até que enfim!

Novo Focus, hoje com 1535km. I30, hoje com 1767km.

Comparativo entre Novo Focus e i30 - da boca de quem tem os 2

Agora que a fase de paixão acabou, ou seja, o vislumbramento sobre o fato de que tudo é maravilhoso, posso, de peito aberto, falar sobre os carros sem dó nem piedade, e é o que farei. Serei duro com o que merecer dureza e valorizarei o que for merecido. Mas repito, sobre o MEU ponto de vista. Cabe a vcs decidirem o que importa, o que não é importante e o que é imprescindível. Isso é individual.

Vamos começar pelo exterior:
Aqui entra o julgamento individual. Cada um com seu cada um. Mas, eu e a esposa achamos ambos bem bonitos, mas o Novo Focus ganha com sua frente agressiva, bocão aberto querendo engolir o asfalto. Achamos que a frente do i30 merecia algo com mais ostentação, talvez com cortes no capô. Acabou ficando meio morto.

De lado, ambos sao muito bonitos, com o i30 lembrando a serie 1 da BMW. Na traseira, o i30 lembra o Sandero, mas é bem mais largo. Já confundiram meu i30 com o carro citado e fiquei um pouco chateado na hora, mas acabei cedendo e confirmando o fato. Parece, mas não é!!! grrrrr.

Já fui abordado várias vezes por vizinhos e transeuntes elogiando o Novo Focus, mas acho que a cor influencia, afinal, o vermelho paris que é perolizado realmente chama a atenção. No caso do i30, já fui abordado tbm, mas não para elogiarem o carro, mas para perguntarem se eu estava gostando do mesmo. Engraçado a diferença na abordagem de ambos. Um, beleza, o outro, na proposta. Ah, a pintura do i30 é preta perolizada.

As rodas aro 16 do Novo Focus Ghia sao bem esportivas. No inicio, achava a da versão GLX mais bonita, até porque ela se parecia com a do 206 feline, a qual estava acostumado, mas com o tempo, fui percebendo o nervosismo que ela passa. Hoje, acho que não poderia ser diferente. É linda demais e combina muito com o carro. Achamos muito mais bonita que a do GLX.

Comparativo entre Novo Focus e i30 - da boca de quem tem os 2

Já as do i30, que rodão lindo. Aro 17. Passa um visual bem esportivo. E com detalhes cromados, faz um sucesso. Chama muito a atenção. Encaixa perfeito no visual arrojado da lateral do carro.

Os pneus do Novo Focus sao 205 de largura e do i30 225. É muito pneu o do i30. Rodando com ambos, a sensação é de se estar em trilhos, mas parece mais agarrado no chão o i30. Tbm pudera né não?! Perfil mais baixo e suspensão dura. O i30 eh puro esportivo. Um tesão para quem quer isso de um carro.

Os farois do i30 tem a lente eliptica. As do Novo Focus sao a de superficie complexa. Acabei comprando um luximetro (aparelho que mede a intensidade de luz) para medir e a conclusão é que o farol do i30 ilumina bem mais. Como somente fiz a aferição a 30 cm, pode ser que o eliptico concentre mais a luz nesta distância, porque a diferença foi bem grande. Entao, depois atualizo o post medindo a 20 metros de distancia.

O i30 tem um para-barro, que acaba protegendo a pintura naquela região onde, com o tempo, a sujeira fica difícil de soltar. Além de dar um visual de preocupação com o carro. No Novo Focus, nao tem nada disso.

Antes de entrar no carro, se tem a sensação de que a porta do i30 abre e fecha melhor que o do Novo Focus. Alguns vão dizer que basta levar o carro para regular que isso melhora. Pode ser. Mas o fato é que no i30, não se precisa regular nada. Ele já veio como deveria vir. Todo bem encaixado, bem montado, tudo presinho no seu devido lugar. E isso vai além. Ao andar com o carro, no i30 vc nao ouve nada de solto. E pode chacoalhar em buracos que nada no i30 sai de seu lugar. Pelo menos até agora.

Já não posso falar o mesmo do Novo Focus, onde existem vários barulhos internos que incomodam. Óbvio que estou para levar o carro na ccs para resolverem esses pequenos problemas e até acho que o farão, mas o que coloco aqui é que no i30, o carro não tem nada solto. Como um carro zero deve vir. Ponto final. Talvez culpa dos argentinos que, sabendo que o carro vem para o Brasil, não montem como deveriam…

Não posso esquecer que, ao abrir a porta pelo comando da chave no Novo Focus, luzes se acendem abaixo dos retrovisores para iluminar o chão onde vc pisará antes de entrar no veículo. No início, achei um besteirol que só iria consumir minha bateria mais rápido. Hoje, acho imprescindível, porque já me encontrei em situações que nao havia luz nenhuma e não sabia se iria pisar na poça ou em chão firme. Nota 10 para essa idéia.

Buzina:
Focus: bem alta e politonal. I30, relativamente baixa e tipo bibi de fusca antigo. Tem gente que gosta. A do focus passa mais qualidade. No início, achava a do Focus com volume baixo, mas depois que, do lado de fora, pedi para a patroa buzinar, vi que era o isolamento acústico que deixava a buzina do Novo Focus baixa. Ou seja, dentro do carro, quase nao se ouve, mas fora, vc se assusta. O i30 merecia uma buzina melhor.

Limpador de parabrisa:
No i30, são palhetas comuns, mas o esguicho é pulverizado, o que é extremamente eficiente. Espalha por todo o vidro e gasta pouca água. No Novo Focus, as palhetas sao diferentes, somente de borracha. Devem ser melhor. Ambas limpam bem, então… Mas o esguicho do Novo Focus é uma vergonha. Jato de água. E que jato. Mas é jato. Isso é coisa de carro antigo. Até gol mil há alguns anos já tem esguicho pulverizado. Achei um retrocesso incrível isso.
Ford, muda isso!!!

Retrovisores:
No i30, eles são com rebatimento eletrico, ou seja, vc aperta um botão e eles fecham sozinhos. Um barato mesmo. Essencial para quem deixa o carro na rua e nao quer ter surpresas. Ainda mais porque sao grandes e têm excelente visibilidade. Só gostaria que eles fossem se fechassem automaticamente ao se desligar o carro. Muitas vezes fecho o carro e volto a abri-lo para acionar o botão. Minha mulher entao, nem lembra. Mas acha muito útil. Bom, o do Novo Focus, posso dizer que tem desembaçador nele… No Rio, não acho que terei utilidade não, mas… Bom, ele tbm é elétrico… O i30 tbm, entao… Vamos pro proximo item!

Iluminação interna:
Aqui o Novo Focus ganha disparado. Tem luz pra tudo quanto é lugar. Só na frente tem a central, a de leitura para ambos os lados, as do para-sol e ainda as do chao para iluminar seus pés, além da traseira que são para ambos tbm. No i30, tem na frente e atrás. E tá de bom.

Painel:
O azul do i30 é lindo, mas com o tempo, deprime. Sério. O azul é uma cor que embota o humor. A primeira vista, chama muito a atenção, mas com as horas, vc fica meio cansado. No Novo Focus, o painel está sempre aceso. É branca a iluminacao, mas nao como antigamente, onde havia uma luz indireta iluminando. O branco ilumina de forma direta o que precisa ser lido. Acho melhor. E não cansa.

Acho q a ergonomia do Novo Focus é melhor. Sem ler o manual, eu já sabia como tudo funcionava. Rapidamente deu para pegar o jeito. No i30, às vezes, ainda me enrolo. Mas é questão de costume. O rádio no i30 eu estou sempre apertando o dark, porque o brilho do azul incomoda. A noite, mesmo colocando a iluminação no mínimo, ainda assim é forte. A luz ambar no Novo Focus acaba passando uma sensação mais agradável.

Espaço:
Você sente que o i30 tem mais espaço que o Novo Focus. Isso acontece devido a região onde se localiza os joelhos na parte mais medial do carro. No Novo Focus, o console é mais largo, o que estreita o espaço. Mas ainda assim, o Novo Focus é espaçoso. E o acabamento do Novo Focus Ghia é muito bom. O volante tem a pega mais gostosa no NF que no i30. A esposa tbm acha. E os detalhes da costura em branco contrastam com o escuro do couro.
A manopla do câmbio é mais gostosa de segurar que a do i30, que parece de carro mil.

Porta-trecos:
Assim como o Novo Focus ganha em luzes internas, o i30 dispara em porta-trecos. Ouso dizer que o NF praticamente não os têm. Isso me deixou muito frustrado, porque não tem lugar para vc guardar o dimdim do pedágio. Onde eu coloco as moedinhas, coloco meus oculos e o celular. No i30, tem lugar para os oculos, para as moedinhas, para as notas, para cds, documentos e sei lá mais o que. A ford vacilou muito, mas muito mesmo neste quesito. E o lugar do extintor no Novo Focus, não vou nem comentar… Não, vou sim. Horrível!!!! Péssimo!!!! MAL, SAPÃO, MAL, SAPÃO!!!!!

Rádio:
No i30, veio até o cabo para ligar o iphone/ipod. Isso mostra cuidado com o consumidor. No Novo Focus, apesar do radio ser muito bom com implementação com bluetooth, aux e ipod/iphone, o fato de no i30 ter vindo o cabo (que tanto liga o audio quanto os comandos) já merece menção honrosa.
No Novo Focus, vem 6 falantes. No i30, apenas 4. Mas ambos funcionam a contento, sendo no NF um pouco melhor nos agudos por conta dos tweeters mais altos. O importante é que em nenhum vc sente o grave tremer nada na porta ou em outro lugar. Esta tudo bem encaixado nos dois, em termos de musica!
No NF, uso um pendrive de 32Gb e coloco no shuffle e deixo o radio tocando aleatoriamente. Nao testei isso no i30, mas o controle de ipod no i30 funciona muito bem. Preciso inverter os dois para poder malhar algum.
Mas sinto que o shuffle do NF poderia ser melhor. As vezes, toca musica repetida apos pouco tempo, sendo que ainda teriam mais de 500 musicas nao tocadas. Achei uma falha neste algoritmo, coisa que no ipod nao acontece. Mas, como falei, vou inverter depois a ordem e atualizo o post.

Motor:
Tem gente que diz que a embreagem do Novo Focus é muito dura. Eu acho que poderia, com toda a certeza, ser bem mais mole, mas dura mesmo não achei. Mas Ford, tem muito espaço para melhora aí. No i30, como é automático, nao posso opinar.
O cambio no NF é duro mesmo. Entrei num KA e o cambio era molinho e com engates curtos e precisos. Como no NF pode ser tao duro e impreciso?!? Mais um item para levar na ccs e reclamar. O i30 por nao ser manual, nao tem desses problemas, mas a manopla podia ser melhor.
O que surpreende no i30 é o conjunto do cambio/motor que surpreende. Funciona muito, mas muito bem. Estou acostumado a dirigir automaticos em viagens e odeio o comportamento dos carros. Por isso que acabei escolhendo para mim o NF manual. Mas o i30 surpreeende mesmo. Ele está sempre pronto, responde rapido, é suave mas ao mesmo tempo, rápido. Sei lá, sei que adorei.

Já o Novo Focus, câmbio duro e o motor só aparece em altos giros. Como eu tive o duratec anterior, posso dizer que tem algo errado, pois o antigo lambia o asfalto ja em 1.500rpm e o atual parece carro mil. Meu 206 da couro e chamo pro pega qualquer NF que quiser bater pega com meu 206 que vai comer poeira até os 60-70km, pelo menos… Não tem justificativa de o carro ser mais pesado, estar amaciando etc. Não anda como andava. E o motor, dizem, melhorou. Ainda nao descobri onde. Deve ser apenas nas emissoes mesmo. Vamos ver se depois da atualizacao (ja foi atualizado em setembro!), vai mudar alguma coisa. Antes que digam que precisa atualizar, meu carro sobe a rampa da garagem a 1.200rpm sem reclamar, entao, acho que a atualização feita em setembro deve ser a ultima mesmo, mas nao custa tentar. Ainda nao tive a oportunidade de acelerar os dois juntos, do zero, lado a lado, mas acho que o i30 automatico vai lamber o NF manual…
Isso vai merecer, porque mexe com o brio interno do piloto aqui, um update no post apos a ida a ccs.

Agora, sobre o barulho interno ao rodar com o carro… Peguei o decibelimetro e andei a 40km/h numa rua perto de casa que é de paralelepípedo e… o NF ficou quase que 9 decibeis mais silencioso. Isso foi apenas para tornar oficial, porque a constatação é nítida em quem anda. Nao tem jeito, o NF é mais confortável em ruído do exterior e motor. E isso somado aos barulhinhos internos de nhecnhec na traseira, bzzzz do comando do radio do volante, trectrec do banco ou cinto… Mas tirando isso (), o carro segura os externo muito bem. No início, eu tinha que olhar para o conta-giros para saber que tinha que mudar de marcha, porque eu nao ouvia o barulho do motor. Sério, nao tô de onda não. Agora acostumei.

No i30, o ronco do motor quando vc pisa invade a cabine. Além disso, vc sente as imperfeições da pista dentro do carro, mas nao chega a ser desconfortável não. Mas comparando diretamente com o Novo Focus, este último filtra bem mais as imperfeições do piso e nao chacoalha tanto dentro do carro os ocupantes. Mas não se pode esquecer que o i30 tem apelo esportivo e anda como tal. O NF não tem sido assim não. Se vai melhorar com esses boletins, não sei, mas por enquanto, o i30, em termos de performance anda mais.

O consumo esta na mesmo para os dois, sendo o NF ligeiramente mais econômico. O i30 fazendo 8.9 a 9.1km/l e o NF 9.1 a 9.4km/l na cidade. Ainda nao fomos para a estrada com o i30, mas o NF fez 12.9km/l, o que agradou, sendo ar ligado o tempo todo e pisando bem. Não se pode esquecer que o pneu largo do i30 puxa o consumo mais que o Novo Focus. Além de ser automático.

Dirigibilidade:
A sensacao dirigindo o Focus eh de carro macio, que passa pelos buracos filtrando muito do impacto. No i30, vc sente mais os impactos das ruas, inclusive com barulho dentro da cabine levemente superior ao do focus.

Juntando pneus e suspensao, dirigindo em “modo esportivo”, vc nota que o i30 gruda bem no chao, afinal, tem uma lapa de pneu. Mas nas curvas, eu consegui derrapar a traseira um pouco, coisa que no focus ainda nao consegui. Mas vc nota a diferenca mais gritante, quando vc faz uma curva acentuada e o asfalto esta cheio de ondulacoes. O i30 trepida e sai, perdendo a linha, enquanto o focus absorve as ondulacoes e fica mais firme. Ambos derrapam, mas no focus, ele sai menos e vc ouve menos. Eh impressionante a estabilidade do focus.

A impressao que ficou eh que parece que o i30 precisa de um pneu mais largo para poder ficar fazendo frente a estabilidade do focus. E isso traz o problema de um certo desconforto durante a direcao, ja que o perfil eh mais baixo. Na reta, nao tenho o que falar, ambos sao grudados. Mas o i30, por ser mais duro, parece que esta rodando em trilhos, mas a diferença é discreta.

Mas nao pensem que o i30 eh desconfortavel. Muito pelo contrario, apesar de ter perfil baixo, ele surpreende e convence. Mas na comparacao direta, focus ganha pelo conjunto.

Mimos:
O i30 tem o rebatimento elétrico dos retrovisores, mas você tem que acionar. O i30 tem fechamento elétrico das portas, mas você tem que acionar. Fala sério! Nao quero me preocupar com isso. Acho ótimo os dois itens, principalmente aqui no Rio, mas isso tinha que ser automático, ou seja, desliguei o carro, após alguns segundos depois de aberta a porta, o rebatimento deveria ocorrer. Após sair com o carro, após os 7km/h, as portas deveriam se trancar sozinhas, como no Novo Focus, porque eu SEMPRE esqueço de fecha-las. Na boa, bola fora essa da Hyundai. Gastou mais com botão que com chipizinho simples para fazer isso.

O i30 tem sensor crepuscular e sensor de chuva. O Novo Focus não!?!?!?! Como assim não????? Pois é, mole gigantesco da Ford. Meu 206 tinha. E faz falta sim. Quem disser que não é porque nunca utilizou. São mimos que depois que se acostuma, não dá mais para ficar sem. E digo mais, eles funcionam melhor do que no meu 206. Bem melhor. O acionamento do teto solar no i30 é cheio de botão. Você, às vezes, nem sabe qual apertar. No Novo Focus, simples. Só tem um. Ou abre, ou fecha. Se apertar com ele fechado, ele faz o tilt (inclinacao). Se apertar até o final, ele abre ou fecha todo. Achei muito melhor.

No Novo Focus, dar a partida apertando um botão é muita sacanagem. Acho o máximo. Pode parecer besteira, mas nunca mais quero girar chave. O bluetooth do NF é fantástico e funciona muito bem com meu iphone. Aparece até o nome de quem te liga no visor do rádio. Sensacional. Ambos tem apoio lombar, mas o controle de altura no NF é elétrico. Li que o encosto da cabeça anda para frente e para trás, mas ainda nao consegui faze-lo. Será que o meu não tem isso?!?

Os vidros do i30 são decepadores de cabeça, assassinos. Nao têm função anti-esmagamento. E eles tem fechamento forte. Tentei segura-los e nao deu. E quando fecham, fazem um barulho como se estivesse lacrando o veiculo. Pláaaaa. Lacrou! No focus, eh suave, além de ter a funcao anti-esmagamento e ser “one touch” para todos os vidros.

Bom, se alguem quiser invadir o i30 a força, vai ter a cabeca decepada, ou pelo menos, vai ser enforcado, hehe. Quem tiver criancas, cuidado no i30. Ah, os vidros não funcionam com um clique, somente para descer o do motorista. O volante de ambos são gostosos de segurar, com boa empunhadura. Mas no i30, já apertei várias vezes os botões do radio e do piloto automatico ao invés de buzinar, o que me atrapalhou. No focus, esses controles ficam em nivel abaixo da buzina, o que nao interfere numa situacao de emergencia.

Seguranca:
Bom, nao vou falar muito nao. O NF ganhou nota 5 no euro ncap, e o i30 nota 4. Isso já diz tudo. Devem estar querendo saber qual o meu veredicto. Bom, depende. Quando quero passear, vou de focus. Quando quero pilotar, vou de focus. Brincadeira, para correr, ainda estou preferindo o i30, mas depois que levar na ccs, eu conto se mudei de idéia. Mas o Novo Focus é muito confortável, e hoje em dia, quero sombra e água fresca.

Assim, vou de NF mesmo. Minha esposa está felicissima com seu carro. Mas ela entra no meu e diz que ele é melhor. Eu também acho. Tirando os barulhos internos, falta pouco para o Novo Focus ser o melhor carro já feito. No que falta, ela (a Ford) deveria fazer algo que a Hyundai faz muito bem: pegar o que há de melhor nos outros carros e copiar. Falta pouco para isso.

Review enviada pelo leitor Paulo Oliveira, que a encontrou no HT Fórum, feita pelo membro “Alcaloide”.

Comparativo entre Novo Focus e i30 – da boca de quem tem os 2
Nota média 4 de 1 votos

20 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

  • Perfeita a comparação. E, sério, eu temia que o Ford ganhasse, e ele "ganhou". Realmente o i30 tem muitos moles, pois eu nunca ia imaginar que as portas não travam sozinhas… até a Brasilia do vendedor de tapioca trava as portas à 10 km/h… mas é mais bonito ^^. Ótimo comparativo!

    • Realmente acho o NF meio lerdo em rotações mais baixas, mas nada tão grave. Mas depois que o giro do motor sobe, Nussss…
      anda demais… Mas daí o consumo vai por água a baixo, hehe… Estou gostando muito do carro. O meu é sedan 2.0 flex..

  • A dúvida aqui sobre o travamento das portas é porque esse sistema têm que ser configurado na concessionária (sem custo) e leva 5min para isso. Só que algumas concessionárias não o faz. Abçs.

  • isto por que v cnoa dirigiu o Novo focus ghia, completerrimo. Deposi de compralo dirigi um i30 nque quase comprei tambem e cheguie a conclusao se tivesse comprado imi30 ja teria vendido o mesmo… nao tem comparaçao . O focus guia automatico é tudo d ebom cada dia descubro algo novo nele… maravilhoso

  • cara .. eu tenho 16 anos e meu pai vai dar um carro pra mim e eu tinha escolhido o i30 pra ser meu presente de fim de ano e essa foi a melhor comparaçao que eu ja vi entre o NF e o i30 entao escolhi agr definitivamente o NF a ford eh uma das melhores empresas de carro do brasil e mundialmente !! meus pais tem uma eco esporte e um novo fiesta e sao mto bons ! agora vou ter o NF *–*

  • Vamos ver o I 30 daqui 10 anos, como tem Focus com este tempo,

    e o cano de descarga ainda original.

    Só o tempo dorá qual é o melhor pois o Focus já provou.

  • O Focus é mais confortavel, tem mais estabilidade, assistencia técnica,
    mais equipado, sitema de direção e freios muito superior ao i 30.
    O resto não preciso nem falar.

  • Como proprietário de um I30 e antigo dono de Focus, devo dizer que temos que tomar cuidado com os parâmetros de comparação. Praticamente concordo com todos os pontos da comparação, mas não com a escolha, prefiri e continuo preferindo (por enquanto) o I30, vejam porque. O acabamento interno do Focus piorou em relação ao anterior, fiquei com ódio quando vi o interior do Novos Focus, achei muita sacanagem a substituição do antigo tecido que imitava couro pelos plásticos atuais, duros e ásperos, no I30, embora rugoso, o material é "mole" e parece como o do Focus antigo, é o tal do "sensível ao toque" que os fabricantes falam. Em relação aos "pinduricálhos", a comparação levou em conta o Focus Guia, então cuidado, o GL e GLX não tem a maioria dos mimos citados, já o I30 tem tudo isso desde a primeira opção, exceto o ar digital e 6 air-bags. Quando avaliei o Focus, analisei o GLX aut. e o I30 "básico" aut., foi um banho a favor do I30, como não tinha 15.000 a mais para pegar o Focus Ghia, a escolha ficou fácil. Em relação à manutenção, muito cuidado, I30 pode se tornar um pesadelo no futuro, mas o meu Focus antigo se tornou um pesadelo também, falta de peça e mão de obra especializada e preço abusivos eram uma constante, vendi o carro com 7 anos de uso e escapamento original, mas setor e coluna de direção, gerador de energia e ar condicionado me deram muita dor de cabeça, sem falar de um estouro da mangueira do radiador que me deixou uma semana sem o carro por falta de peça e olha que era uma simples mangueira! Concessionária nenhuma tinha, tive que comprar no paralelo e ouvir desaforo de vendedor dizendo que "quem é trouxa para ter um carro desses tem que pagar caro mesmo", estive para dar um soco no cara, mas acabei tendo que pagar caro na peça. O importante é saber que são carros de outra categoria, vejo gente comparando com Gol, Uno e Palio e achando tudo muito caro, é outro patamar e quanto mais mimos, mais caros vão ficando!

  • Complementando, me disseram que a função de um toque (para cima e para baixo) com anti-esmagamento pode ser instalada no I30, mas ainda não verifiquei, faz muita falta.

  • Parabéns ótimo comparativo!
    Também tenho um NF e minha esposa um i30! E concordo em gênero e número com você! Meu Focus não é o Guia e sim o GLX e, embora falta muitos dos mímos citados, gosto muito do carro. Relação a pouca potência em marcha baixa, o carro realmente perde pra muito motor mil! E isto foi motivo de reclamação na ccs na minha primeira revisão. Contudo, eles fizeram alteração (atualização) e senti uma grande diferença. Já dei um bom pau nos dois na estrada…e realmente o i30 é uma beleza pela aceleração, mas o focus depois de embalado…ninguém segura! Muito bom! Fora que, mesmo em alta velocidade ele transmite uma segurança e estabilidade que não senti no i30.

    • Só quem tem os dois sabe. E ele tem RAZÃO. O Focus é melhor que o i30.

      Porém, em custo x benefício, eu escolheria o Hyundai, porque a 52K ele vem completo e com motor 2.0. Por 52k, o Focus vem com 1.6 e sem ABS.
      O meu Focus é 2.0 AT top… paguei mais caro mas paguei por um carro da Ford, que tem excelência e Know How em fazer Hatches médios desde o Ford Capri. Não se compara em nada um hatch médio europeu com algum asiátio. Hoje, não. Talvez, daqui a uns 10 anos os asiáticos cheguem perto.

      Ps. Basta ver quanto rally os Fords e Citröens já venceram.

      Ps2. As estradas européias são parâmetro para tantos anos de aperfeiçoamento no segmento.

  • Para novas pessoas que estão lendo esse post, tive os dois, inclusive ainda tenho o i30, o focus perdi em um assalto. OS DOIS SÃO MARAVILHOSOS.
    PRIMEIRAMENTE A INFORMAÇÃO CORRIGINDO O TEXTO ACIMA, O I30 TRAVA AS PORTAS AUTOMATICAMENTE.
    Vidros e rebatimento retrovisores não fecham automaticamente
    Possuía a versão FOCUS GLX plus pra quem não conhece, apenas a falta do teto solar para ser um titanium, até os detalhes cromados tinham.
    Detalhes: I30 2011 Manual x FOCUS 2013 Manual
    Rotações em baixa: I30 anda mais
    Acabamento Interno: I30 bem montado, materiais nobres ( focus é mal montado)
    Economia: I30 faz média 9km/l na cidade, Focus média 6 (moro em Flores da Cunha uma das cidades com mais morros do país)
    Economia Viagem: I30 (utilizando piloto automático) faz 11,5km/L X focus faz 14.1km/L ( o i30 gasto do i30 é meio parecido, seja morro ou não)
    Ruidos internos: I30 tem muito ruido interno mesmo tendo apenas 45 mil km, Focus tinha 56 e não tinha ruidos
    Isolamento acustico: Focus possui um isolamento muito melhor
    Mecânica: AMIGOS PEÇAS FORD SÃO 10% MAIS CARAS, NÃO SE ENGANEM, O FOCUS É IMPORTADO TAMBÉM
    Seguro: Varia, mas no meu caso i30 foi bem mais caro
    Suspensão: Ponto negativo do I30, suspensão bem firme, não parece carro popular, mas é bem dura, a do focus melhor suspensão que já andei, muito macia.
    Dirigibilidade: Pra quem já viajou com os dois em um asfalto bom, o I30 é melhor até pelo fato de ser tudo muito bem acertado, de facil alcance, o FOCUS até um gigante se sente longe de tudo.
    Em comparação do I30 TOP (versão topo de linha) e o FOCUS Titanium, o i30 oferece mais confortos, até resfriamento de bancos em couro, camera de ré, televisão e etc.
    PARA QUEM PESQUISAR VERÁ QUE O MOTOR DO I30 É QUASE UM MOTOR AP DA COREIA, SENDO EXTREMAMENTE RESISTENTE, POTENTE E EFICIENTE
    Se eu tivesse que escolher novamente, compraria o FOCUS, por questões de conforto na parte da suspensão e ruidos internos que é o que gosto e me agrada, no mais, o I30 é superior em todos os detalhes.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email