Comparativos Fiat Ford Hatches

Comparativo: Fiat Bravo Essence 1.8 x Ford Focus S 1.6

bravo-x-focus-700x328 Comparativo: Fiat Bravo Essence 1.8 x Ford Focus S 1.6

Eles disputam o segmento de hatches médios, que está sendo liderado pelo Chevrolet Cruze Sport6. Um já está há algum tempo no mercado, enquanto o outro chegou recentemente. Fiat Bravo e Ford Focus são duas das opções mais desejadas para quem quer um modelo com estilo jovial, esportivo e dinâmico.



O Fiat Bravo Essence 1.8 custa R$ 56.450, mas para equilibrar o comparativo com o Ford Focus S 1.6, precisou-se adicionar alguns itens para chegarmos ao valor de R$ 60.995, que é praticamente o mesmo do rival da marca americana, que sai por R$ 60.990. Opções de entrada, estas duas versões serão as escolhas de quem não pode ou não quer pagar mais por um hatch médio.

O Fiat Bravo vendeu 9.060 unidades em 2013, ocupando a quinta posição entre os hatches médios. O Ford Focus foi vice-líder desse mercado, vendendo 20.825 unidades. O modelo de origem italiana foi lançado no Brasil em 2010, enquanto o rival está no país desde 2000 e agora em sua terceira geração.

bravo-x-focus-1-700x441 Comparativo: Fiat Bravo Essence 1.8 x Ford Focus S 1.6

Estilo

Ambos são modernos e apresentam visual sofisticado, sendo o Fiat Bravo mais emocional, oferecendo contornos e linhas com um toque tipicamente italiano. Largo e baixo, ele se destaca pelos faróis duplos arredondados e pela grade pequena. A frente é bicuda, enquanto a traseira é encorpada. As lanternas com desenho amendoado também chamam atenção.

Por dentro, o Fiat Bravo possui um ambiente mais sóbrio, diferente do estilo apresentado no exterior. O cluster possui dois grandes mostradores circulares com outros dois menores ao centro, além de display multifuncional e iluminação vermelha. Os difusores de ar centrais são retangulares, enquanto os laterais são redondos. O sistema de áudio fica em posição central tendo logo abaixo o ar condicionado.

bravo-x-focus-2-700x393 Comparativo: Fiat Bravo Essence 1.8 x Ford Focus S 1.6

O Ford Focus em sua terceira geração chegou tarde ao mercado, pois já está sendo preparado um facelift. Apesar de ser sofisticado, o estilo sofrerá alteração para ficar com o layout global da Ford, inspirado na Aston Martin, que um dia fez parte do grupo americano. Na frente, além de faróis de desenho dinâmico, o modelo chama atenção pelo para-choque com formato triangular nas laterais.

A carroceria tem linhas sólidas e musculosas. Na traseira, o hatch apresenta lanternas com extensão sobre as laterais. No ambiente interior, o Ford Focus é muito sofisticado e apresenta um enorme salto de qualidade e design em relação ao anterior. O cluster com instrumentos circulares e ponteiros azuis é muito interessante. O console central elevado dispõe de um pequeno display, além de sistema de áudio integrado em formato de “V” e controles de áudio convencionais. Os difusores de ar são verticais, sendo os laterais muito maiores que os centrais.

bravo-x-focus-3-700x458 Comparativo: Fiat Bravo Essence 1.8 x Ford Focus S 1.6

Conteúdo

O Fiat Bravo Essence 1.8 já vem de série com ar condicionado, direção elétrica, piloto automático, trio elétrico, rodas de liga leve aro 16, airbag duplo, ABS, volante multifuncional em couro, Isofix, faróis de neblina com função curva, freios a disco nas quatro rodas, CD/MP3/USB, entre outros.

Para ter o mesmo preço do rival da Ford, foram acrescentados apoio de braço central traseiro/porta-copos, Blue&Me Nav com navegador GPS e comandos de voz, sensores de chuva/crepuscular, retrovisor eletrocrômico, rebatimento elétricos dos retrovisores e sensor de estacionamento traseiro.

bravo-x-focus-4-700x385 Comparativo: Fiat Bravo Essence 1.8 x Ford Focus S 1.6

Já o Ford Focus S 1.6 vem equipado com ar condicionado, direção elétrica, airbag duplo, ABS, rodas de liga leve aro 16, SYNC com CD/MP3/USB/iPod/Bluetooth e comandos de voz, display de 3,5 pol., trio elétrico, Isofix, computador de bordo, volante multifuncional, retrovisores com repetidores de direção, entre outros. Esta versão não dispõe de opcionais, então o “italiano” leva vantagem em termos de equipamento.

Motorização/Desempenho

Na motorização, o Fiat Bravo Essence conta com o propulsor 1.8 16V E.torQ com 130/132 cv e 18,4/18,9 kgfm, respectivamente com gasolina e etanol. Com 1.340 kg, o hatch vai de 0 a 100 km/h em 10,3/9,9 s e tem máximas de 191/193 km/h. O modelo não teve o consumo avaliado pelo Inmetro em 2014.

A transmissão do Fiat Bravo Essence 1.8 é manual de cinco marchas e o veículo mede 4,33 m de comprimento, 1,79 de largura, 1,50 de altura e 2,60 de entre-eixos. O tanque tem 58 litros e o porta-malas outros 400 litros.

bravo-x-focus-5-700x466 Comparativo: Fiat Bravo Essence 1.8 x Ford Focus S 1.6

O Ford Focus S 1.6 tem motor Sigma Ti-VCT 16V com 131/135 cv e 16,2/16,7 kgfm. O peso é de 1.312 kg e a carroceria mede 4,36 m de comprimento, 1,82 de largura, 1,48 de altura e 2,64 de entre-eixos. O tanque tem 55 litros e o porta-malas apenas 316 litros. A Ford não divulga dados de desempenho em seu site, mas o Inmetro avaliou o modelo.

Com etanol, o Ford Focus 1.6 S manual faz 7,0/9,3 km/litro em cidade/estrada, respectivamente. Abastecido com gasolina, os números melhoram, sendo 10,3/13,7 km/litro. A emissão de CO2 com gasolina é de 116 g/km. A classificação foi “A” para categoria e “B” na geral. O modelo ganhou o selo Conpet de eficiência energética.

bravo-x-focus-6-700x525 Comparativo: Fiat Bravo Essence 1.8 x Ford Focus S 1.6

Conclusão

Tirando pequenos detalhes, o Bravo revela melhor relação custo-benefício em comparação com o Focus. O Fiat Bravo Essence 1.8 – apesar de ser moderno em estilo – já dá sinais de que seu tempo passou, tanto que o Ottimo deverá assumir seu lugar em breve. O modelo tem suspensão traseira por eixo de torção, mas seu pacote de equipamentos por R$ 60.995 é mais generoso que o do rival da Ford. O motor 1.8 também oferece mais torque e consequentemente melhor prazer ao dirigir.

O Ford Focus S 1.6 é mais sofisticado, tanto no estilo quanto na tecnologia embarcada. A suspensão traseira é multilink – como sempre foi – e o sistema SYNC se destaca. No entanto, não dispõe de navegador GPS e outros itens de conforto e segurança, presentes no rival da Fiat, especialmente em relação ao freio traseiro, que é a tambor, enquanto o Bravo tem discos traseiros. Por R$ 60.990, ele oferece bom consumo, mas torque inferior.

  • Rajeneesh

    Ví o focus novo na rua e achei um carro muito bonito. Melhor do que nas fotos.

    • Magno

      Vou de Focus Tranquilo !!!

      • mjprio

        Tudo bem só não entra nesta versão avaliada, vc vai pensar que comprou o Fiesta S 1.5

        • Magno

          Tudo bem ! Mas eu o defino superior pelo seu conjunto mecanico. Principalmente, sua suspensão independente nas quatro rodas que está entre os melhores automóveis que já tive oportunidade de dirji ou melhor " pilotar." Tive experiencia com um bravo, achei o carro legal, bem acabado como voçe insinuou. Mas… em termos de dirigibilidade e, principalmente em estabilidade o Focus é superior, e isso não é achismo !

          • cristiano0307

            Também concordo, tenho o meu a uma semana e acho que é o melhor carro que já dirigi em questão de conforto!

        • _oliveira

          O Fiesta 1.5 tem acabamento melhor.. (não estou sendo ironico)

          • Zé Colméia

            Que o novo focus?

            • _oliveira

              Sim..
              Um exemplo.. o botão do acionamento dos vidros no Fiesta, tem um detalhe cromado.. No novo Focus.. não tem esse detalhe..

              • Gustavo73

                1.5 S ou SE. Pode parecer bobagem. Mas talvez essa seja a diferença. Mas quem compra um focus de 60 mil não quer um acabamento pior que um NF de 43.

              • Zé Colméia

                Isso pra mim não faria a menor diferença. Eu prefiro muito mais espaço, pq o New Fiesta é bem apertadinho por dentro

                • Edson Roberto

                  Vc iria ficar impressionado do quão o Focus tbm é apertado.

    • Magnao Cordeiro

      Achei a mesma coisa hoje do novo Sentra , vi 2 na rua hoje aqui na cidade que eu moro e realmente ao vivo é muito mais bonito que nas fotos!!!!!!!

      • luis_bedin

        Pois é, bem menos tiozão do que imaginei. Sem contar que com aquele pacote Nismo ficou muito massa! É importar pelo Ebay. Os acessórios e já era. hahaha

    • Henrique

      Também ao contrario de muitos ai pessoalmente o carro é lindão.

    • cristiano0307

      Comprei o meu e vou receber esta semana!

  • Rossnet

    O motor 1.8 também oferece mais torque e consequentemente melhor prazer ao dirigir."

    Adoro esses comparativos que o prazer de dirigir um carro se resume a motor, até porque, direção, suspensão são coisas inúteis e não passam nenhum prazer de direção né ? cada coisa viu!

    • thales_sr

      O lance é que os eixos de torção hoje em dia fazem um trabalho muito bom (dirija um golfssauro pra ter um bom exemplo), a vantagem da multilink não é tão gritante, quanto mais em velocidades civilizadas.

    • DCald

      O problema são esses comparativos de ficha tecnica…

      Só dirigir os 2 carros que vc vai saber qual o melhor!
      O e.Torq tem maior torque nominal… mas todos nós sabemos que é manco em baixa rotação, o que favorece o Sigma, que, apesar do menor torque na ficha tecnica, tem melhor distribuição dele, fazendo com que não seja irritante dirigir o carro na cidade.

      • MauroRF

        Exatamente. O Duratec 2.0 do MK 2,5 (tenho um) é horrível de torque em baixa, meu pai tem um Sigma 1.6 (MK2,5 também) e anda melhor em baixa (leia-se, até 3000 RPM), por ter mais torque em baixa e ter câmbio mais curto, especialmente a segunda marcha. Já o Duratec 2.0, depois dos 3000 RPM, é outra coisa.

        • thales_sr

          Rapaz, achei o Sigma (principalmente o antigo, e ainda mais no Focus) fraquinho em baixa. Botando pra berrar, ele sai do lugar, mas andando civilizadamente (trocando antes dos 3000 rpm), é uma moleza só.
          Tenho um Fiesta PS, o motor é basicamente o mesmo, e apesar das melhoras (comando variável, etc), até os 3000 rpm não é uma maravilha não.

      • Andei nos três: 1.6 (308), 1.6 (sigma do modelo "antigo") e 1.8 (Bravo). Achei todos fracos em baixa. Enquanto isso vou ficando com o Astrão…

      • hal_cwb

        Sim, abaixo dos 2000 ele é bem manco mesmo, mas não abaixo dos 4500 como o pessoal fala por aí.

    • Paulo

      Fico pensando: 135 cv e 16,7 kgfm de torque. Pra que tanta potência, se nas rotações baixas, deve ser um carro lento?

    • madsauro

      Eu já dirigi os dois modelos e posso afirmar que ambos são muito bons. Gosto mais do bravo, eu confesso que tinha uma espécie de preconceito em relação aos carros da Fiat, mas o bravo e o linea são carros que me surpreenderam, hj posso dizer que compraria qualquer um dos dois sem pensar muito.

  • Landrutt

    Ficaria com o Bravo, que tem acabamento muito bom, bem melhor que o do Novo Focus recheado de plásticos vagabundos de dar vergonha. Até o tão festejado painel macio o italiano tem. Mas não pegaria o Essence com opcionais, como no comparativo, mas sim o Sporting, que vem com o SkyDome e ar digital e custa o mesmo – de tabela, já que o Fiat é vendido com descontos nas concessionárias.

    • _William

      Eu também iria nesse Sporting sem pensar duas vezes, e pelas fotos o Bravo parece ter um painel meio sem sal, mas cara a cara é um painel muito bonito, o acabamento é bem melhor que o do Ford (que já vi pessoas reclamando dos plásticos), e se bobear por não ser um lançamento, não ser líder em vendas, dá até pra conseguir um desconto bacana. Só não sei a respeito do seguro dele… se é mais caro por causa da denominação "Sporting"….

      • Landrutt

        Sim, o Bravo tem descontos bons, como o Linea. Já cheguei a ver o Essence manual sendo anunciado por R$49.990 e recentemente um amigo meu comprou um Bravo Wolverine (mas arrancou os adesivos laterais rsrs) por 54k. Não sei se o Sporting tem o seguro mais caro, sei que é uma prática adotada pelas seguradoras quando a versão "esportiva" tem motor mais potente, como o Punto Sporting, que vem com o 1.8 e esse não é mais oferecido nas outras versões.

        • Oba_

          Acho a roda do Wolverine mais bonita que a do Sporting e entre pagar 54mil no Wolverine completão pois vem ate com o kit high tech que no Sporting só vem nos últimos pacotes e 60mil num Focus S 1,6, sem duvida iria também de Bravo.

          • Landrutt

            Também acho a roda mais bonita, Oba_. As únicas coisas feias realmente são os adesivos, que podem ser retirados(eu também retiraria do Sporting) e o bordado nos bancos dianteiros, mas são discretos e dá até pra esquecer que eles existem. Creio que não deve existir mais da série nas lojas.

            • Oba_

              Verdade adesivo tem solução fácil e o bordado nem da para perceber. Ainda esta no site e vejo na concessionaria da cidade.

    • juca jones

      Mas e aquele problema que dizem existir no E.Torq 1.8? Que quebra e talz?
      Dizem ser relacionado a modificação que fizeram no 1.6 para 1.8 que, supostamente, é uma gambiarra em cima do projeto original do motor.
      É verdade, é mito ou foi só uma leva que teve problemas?

      Por fim, o acabamento é "desmontável em alguns meses" de acordo com os outros carros da Fiat?

      Esses seriam os receios que eu e mais um monte tem…

      • Te garanto que essa história de motor quebrar é tudo mentira!
        Tenho um Bravo Sporting 2013 que está com 30.000 km e não apresentou nenhum probleminha sequer. Tem um consumo excelente para um 1.8 (12 km/l na estrada e 10 na cidade). Isso pq quando pego a estrada piso fundo e gosto de correr!
        Desmontável? também não é! Em Maio fará 1 ano que tenho ele e está tão justinho quanto no primeiro dia que eu comprei!
        Geralmente quem fala mal do Bravo nunca sequer entrou em um. Fala apenas pq é fã de outras montadoras.

        • dougkmt

          Vc não pode alegar que é "tudo mentira", quando acontece em alguns casos.
          https://www.noticiasautomotivas.com.br/motor-torq-

          É óbvio que o problema não vai acontecer com 100% das unidades fabricadas do Bravo 1.8, mas daí falar que é mentira, é forçar demais!

        • hal_cwb

          Tenho um Punto Sporting 1.8 que faz um ano em maio também, e continua como novo. Ainda não tive nenhum problema com ele. Na minha opinião os maiores problemas dele são o porta-luvas minúsculo e o porta-malas de carro popular.

        • Artur

          quebra motor porque o pessoal não troca o oleo!

      • Landrutt

        Eu tenho um Idea com o motor E-Torq 1.8 com pouco mais de um ano de uso e 37 mil rodados. Até agora nenhum problema no motor. Aliás, nenhum problema no carro como um todo.
        Favor dizer quais carros da Fiat possuem acabamento desmontável em alguns meses, pois TODOS que eu conheço estão inteiros, mesmo depois de anos de uso.

      • Alex Vargas

        Eu tenho um Bravo Essence 2011 ele já passou dos 62000 km, está perfeito, manutenção em dia…. nunca deu problema. Fui ver esse novo Focus e realmente o Bravo da de 10 no interior.

      • subera2004

        Tenho um bravo e nunca tive problemas com o carro. Acho ele prazeroso de dirigir, e quem entra nele, geralmente faz elogios ao carro.
        O motor funciona perfeitamente bem, ele é 2012 e tem 32mil Km.
        Estou bastante satisfeito com o carro.

  • diogo

    daqui a 4 meses quero comprar um carro é foram esses pequenos detalhes que estão me direcionando para o fiat bravo. quero um carro no mínimo automatizado e o custo/beneficio desta versão do bravo e ótima, já que as versão AT tanto do focus quanto do sport6 são muito caras a nível de brasil (sem citar já citando o Ngolf).

    • Cassianoccm

      Fuja do Dualogic, amigo.

      • _William

        Tem muita gente que tá gostando bastante desse Dualogic Plus, não cheguei a dirigir… mas em todo caso, é bom o rapaz aí tentar fazer um test drive pra ver o que ele acha..

        • Cassianoccm

          O maior problema não seria a usabilidade do câmbio em si, mas sim a sua manutenção, absurdamente cara.

          • luis_bedin

            Tive um Punto 1.8 Dualogic 2011, nada a reclamar, exceto em manobras de muita precisão.
            Quebre qualquer câmbio de um carro de 60 mil reais, Corolla, Civic, Cruze, Focus e Golf, todos automáticos ou automatizados, duvido que algum fique barato. E outra, pra quebrar um cambio tem que rodar muito, ou ser bem ruim de braço. O Dualogic é um ótimo cambio, o "problema" é ter de se acostumar com ele, coisa que as pessoas criticam, eu já acho excelente ter de pegar umas manhas para extinguir o pedal esquerdo. Mas se vc pega muito transito pesado, o desgaste da embreagem acaba sendo prematuro quando comparado com o manual, já que o acionamento do conjunto é roborizado, acho que melhoraram no Plus, mas ainda assim deve gastar mais platô e disco

        • Doccar

          mas continua muito ruim esse cambio, resumindo – problemático, caia fora dele…

          • Leo

            Doccar, mas qual seu argumento para falar q o Dualogic é ruim ?? Dizer por dizer q é ruim é fácil, gostaríamos de fatos, provas substânciais e probabilisticamente comprovadas q não é excessão.

        • Oba_

          Tenho um conhecido com o Plus com motorização 1,6 e disse que não sente quase nada nas trocas, isto porque ele sempre ouviu dizer o contrario pelos críticos de plantão.

      • Marcelo_Machado

        Não vejo motivos para que ele fuja do Dualogic. Tenho 2 carros com esse cambio, ja tive um antes e meu sogro tem um tb, a cunhada dele tb tem. Ou seja muitas pessoas proximas que tenho contato. Nem eu nem essas pessoas tem problemas com o cambio.

        Muita gente so repate certas coisa na internet como se fossem mantras, mas que não são verdades.

        • Cassianoccm

          Muito bom ler isso. Eu conheço muitos casos de reclamações verídicas e por isso não aconselho ninguém a comprar um carro automatizado. A nível de curiosidade, quais são seus carros?

          • Marcelo_Machado

            Existe um monte de reclamação veridica de varios carros de todas as marcas.
            Se levarmos em consideração só os casos que deram problemas com alguém, não sobra carro para comprar.
            Alguns viram verdadeiros "virais" na internet, mas a quantidade de problemas em relação aos que não dão problemas é a mesma que outros casos que não são tão falados.
            Os Automatizados são um caso desse, virou moda falar mal na internet, como se fossem verdadeiras porcarias. Tanto não são que cada vez se compra mais carros com esse cambio até novas montadoras estão apostando nele.

      • Paulo José

        Tenho um sporting dualogic e adoro o carro. Estou super satisfeito

  • DiegueteCG

    Não compensa esse BlueMe Nav!!! Só o BlueMe é o suficiente, o meu veio com essa porcaria do Nav e sinceramente é inútil :/ No mais, até 60k bravo e 308 continuam sendo as melhores opções dentre os hatch's médios. Comprei o meu seminovo com 5k KM, e pelo preço que eu paguei na época só dava focus mk2 pelado, apesar da dirigibilidade melhor do americano, o italiano é muito bonito e tinha um pacote até interessante de equipamentos.

    • juca jones

      O que tem de ruim no Nav? (nunca vi funcionando)

      Pensei que fosse legal porque é integrado no painel de instrumentos.

      Conte mais sobre sua experiência.

      • DanBH

        O BlueMe Nav mostra apenas "setas" e "direções" no computador de bordo, meu tio tem um Linea com essa coisa e realmente acho dispensável. O que é integrado é o RadioNav, que muda totalmente o som, mas é um sistema lento e não é touchscreen, também não gostei do sistema. Eu ia pegar um NewFiesta Sedan, mas com os aumentos de preços passei a procurar pelo Bravo Sporting e adicionar apenas o kit Creative 2, com Bluetooth, rebatimento dos retrovisores e sensor de de estacionamento traseiro. Se eu precisar de GPS uso o do celular que é muito bom, com o carro parado, e ta ótimo.

  • 4lex

    60k e só ab2 e abs, nada de controle de traçao nem susp. multilink ;acrescentando uns 10k iria de golf mesmo..

    mas entre bravo e focus, a priori, gosto da conduçao do fiat; se fosse versoes com cambio at, aí entao já iria de ford..

    • _William

      Mas 10k é muita grana! Difícil ver alguém que consegue dar um salto de 10k pra comprar um carro.

    • gcarlos

      Pra quem tem os 10k. Por isso tem muitas pessoas que optam pelo modelo de entrada…

      • Felipe

        Não é só 10k… Impostos, seguro, manutenção…

      • thales_sr

        O pessoal daqui deve ser muito rico… Saca 10k do bolso numa facilidade… rs

        • gcarlos

          1. Não sabem fazer contas….
          2. Não conhecem o mercado…
          3. O Felipe falou abaixo…

          77% dos carros são financiados, e até em 60 papeletas, logo os 10k podem se transformar em 15k ou 20k de diferença dependendo do perfil do comprador…

          Conclusão.
          A diferença de um GOL novo para um New Novo Fiesta não seria só de 10k … e tem pessoas que não entendem por que outros compradores compram um GOL ao invés de um Fiesta ´´Ultra Revolution´´

  • Antoniokings1

    Acredito que sejam equivalentes. Como dito na conclusão, cada um tem seu estilo. O Bravo um pouco cansado já. O Focus com uma mecânica mais moderna. Agora, não gostei do painel do Focus. Não sei a qualidade do material, mas é muito espalhafatoso. Quando acesa as luzes, parece um carro alegórico de escola de samba. Mas cada um tem seu gosto.
    A propósito. Ainda não vi nenhum Focus novo na rua aqui no Rio. Está difícil de encontrar. Mas, em compensação, suas vendas estão se aproximando do Golf.

    • _William

      Eu também não vi NENHUM ainda.. ja já a Ford dá uma baixada no preço.

    • DCald

      Até pouco tempo, ainda tinha bastante estoque do Focus antigo, que estava sendo vendido com preço interessante, dai o bom numero de vendas.

      A mãe de um amigo meu aproveitou pra trocar o Focus Sedan mk2 dela por outro mk2 0km… além do novo ser muito mais caro, é menor…

      • TDRamos

        Meu amigo pegou um Focus mk2 0km por 48mil deu entrada de 20 mil e ta pagando o resto em 36 vezes sem juros

    • GMV20

      Hoje eu vi um Focus na rua, é mais fácil ver um carro de luxo do que um Focus.

    • EuMeSmObYmYsElF

      eu já vi alguns aqui na Barra.. mas a Ford já está dando taxa zero e fazendo em 36x. teve uma ccs, não lembro aonde, que tava fazendo em 48x com taxa 0.. estão orçando a barra pra vender mesmo

  • Luiz Otavio

    É impressionante como, até hoje, quase todos as matérias e comparativos com o novo Focus usam fotos do interior do Titanium, mesmo quando a versão avaliada é a S ou a SE.
    De fato, o Titanium é, sim, bonito e bem acabado. Pela bagatela de 80 e poucos mil reais.
    Mas o modelo básico, na minha opinião, deixa um pouco a desejar, por mais que a montagem, de uns meses para cá, possa ter melhorado. Dizer que houve um "salto de qualidade em relação ao modelo anterior" é bastante questionável.
    Acho importante exibir a foto do modelo em questão, para que o leitor possa fazer uma avaliação mais precisa.

    • A foto parece estar correta nesta matéria… O câmbio é manual, o que só é encontrado nos modelos S e SE e os bancos são de tecido, a tela está ok, etc… Já o Bravo… Até dualogic o bicho virou…

      • Luiz Otávio Barros

        Humberto,
        Não está correta não. Ar digital só no SE Plus e som Sony só no Titanium. O interior da foto é o do Titanium. Isso, para mim, tirar muita credibilidade da matéria.

      • mjprio

        Não está. O modelo S do Focus não tem nada; o ar é manual plásticos pra todo lado não tem farol auxiliar, nem uma alça PQP e luz de cortesia (leitura ele tem). simplesmente ridículo. E só pra constar tá 69,7 mil com cambio powershift aqui em manaus

      • Gustavo73
        • Diegorji

          Meu Bravo Absolute da de 10 a 0 nesse interior. Bem simples este do Focus 1.6S

          Eu tinha um Focus MK1 na minha avaliação o MK2 deixou muito a desejar no interior, esse novo Focus, a partir da versão SE recuperou o charme do Focus, mas não compraria este carro pelo desempenho aquém do esperado, particularmente falando.

          • Gustavo73

            Não vi o Focus novo. Mas já entrei no Bravo Essense. E pelas fotos é bem melhor que o 1.6S. Ainda mais se lembrarmos do preço. Dá para levar um bravo Absolute ou Sport mais equipado ou um 308 2.0. A Ford está pedindo muito pelo Focus de entrada e oferecendo pouco. Em termos de equipamento e acabamento. a dinâmica é outra coisa. Ai acho que a briga é com o Golf.

        • _William

          Esse painel nas versões mais completas é bem bonito visualmente, porém nessa versão pé de boi, fica muito feio e estranho, parece que tá faltando alguma coisa.

          • Gustavo73

            Principalmente em um carro que a Ford está pedindo 61 mil.

            • Edson Roberto

              Esse é o problema.

              Muita gente sempre olha a versão de topo esperando ser na versão de entrada e toma um susto. Isso vale para o Focus anetrior tbm.

    • Marvan Boff

      A definição do inteior do Focus S é no mínimo broxante!
      http://imgserver.autocarro.com.br/fotos/grande/95

      • E esse rádio transformers? HORROROSO!!!

      • mjprio

        Caramba tive a mesma impressão. Só de ver aquele painel pelado, o freio a tambor e o tampão denunciando a falta do farol de neblina, já deu pra tirar o tesão do carro.

  • Pena que o visual do bravo esta um pouco cansado..

    TOPICOFF : Eber é impressao minha ou a JEEP parou de vender o Cherokee, no site da marca ele aparece na sessão de modelos anteriores ..

  • Maycon102

    Apesar do visual cansado eu ficaria com o Bravo, e de preferencia o Sporting. O Focus só compraria se fosse do modelo anterior.
    Fiat acordaaaa e de um Up no seguimento médio. Linea também está se rastejando para vender.
    Traga o Viaggio/Ottimo imediatamente.

    • DCald

      Linea é compacto…

      • Gustavo73

        Verdade mas ela tentou vender como médio por um bom tempo

        • Pedro_Rocha

          Se tivesse o câmbio automático do 500 até daria para tentar.

          • Gustavo73

            O Duallogic no Uno, Palio vai. Tem gente que gosta, e gente que não gosta. Nunca dirigi um. Então não posso falar. Mas em carros médios, acho que não rola. E a Fiat insiste, até no Punto acho que um at seria melhor. É só olhar a concorrência. Um at no Bravo e no Linea faria diferença.

  • le0

    Eu acho em que a ford teria que tirar pelo menos uns 5k de cada versão para começar a ficar interessante.

  • Krestu

    O dia que esse interior das fotos do Focus for da versão S, eu até penso em ter um… Mas infelizmente, pra ter a telinha e o ar digital vai ter que pagar os 82k da 2.0 SE Plus… Nessa versão S o painel é igual ao New Fiesta, e o ar é manual. Ah, as maçanetas do Ka e os comandos do Fiesta Rocam também….

  • Gaf1991

    O que pega no Focus é o espaço interno muito pequeno , apesar de ser um belo carro . Esse 1.6 com a opção do cambio powershift , se você não precisar de muito espaço interno e saber negociar na autorizada , um powershift 1600 é uma boa opção , prazer ao dirigir , segurança , conforto . E diga-se de passagem o azul marinho que existe no catalogo é belíssimo .

  • Ivo Fonseca

    A foto do interior do Bravo é de um com Dualogic.

  • Fabricio

    o focus e bonito e tem um ótimo desempenho ,tem um design bonito chamativo ,enquanto o bravo parece o fiat punto melhorado esteticamente

  • NissanBoy

    Na minha opinião..

    Cambio manual: Bravo 1.8 16v (melhor custo/beneficio do mercado)

    Cambio automático: Focus 1.6 16v Powershift (Melhor custo/beneficio dos automaticos).

    Isso falando de hatchs.. Pois se colocar um sedanzinho nessa parada aí, o novo Sentra SV CVT supera tudo em termos de custo/beneficio. Está sendo vendido abaixo do preço de tabela, Naquelas "lojas" que vendem os carros das concessionarias em parceria.

    • Edson Roberto

      Eu já ficaria na duvida entre FOcus ou Cruze. E a depender do preço, pode ser um ou outro.

      Lembrando ainda que o 308 2.0 aut tem bastante desconto.

  • Escolha difícil hein… se por um lado o Focus é bom de dirigir, por outro tem-se as revisões caríssimas e um acabamento bem fraco. Já o Bravo… quando dirigi achei o volante muito leve, mas foi só um test-drive. Porém, não há como negar que apresenta um melhor CxB que o Focus. Se eu fosse comprar um hatch médio HOJE até uns 65k, esperaria o Golf 7 nas versões mais básicas.

    • gcarlos

      Mas já não comprou??

      • PQP, "se eu fosse comprar", me colocando na posição de alguém que esteja escolhendo um hatch médio. Entendeu?

    • Corvo

      Não esqueça do 308. É o meio mais barato e possui um custo-benefício até melhor que o Bravo. É facilmente encontrado por 48-49 na versão básica. Para quem sai de um compacto, encarar esse carro é uma boa pedida. O mesmo que o Bravo. O Focus é um carro bom (não me agradou muito o design), mas é pornográfico o preço que pedem por ele. Deveria começar com o preço do antigo e o papo era outro. O Golf ainda não sabemos como vai ser essa tropicalização e quais serão os preços reais

      • Sem dúvida.

      • bedotRJ

        Concordo. O 308 e o Bravo têm descontos e suas versões básicas circulam ali pela casa dos 50k, tornando-se alternativas boas para quem compra compacto equipadinho. Fiat e Peugeot, mais por demérito comercial do que por bom-mocismo, têm os hatches médios de entrada adequadamente posicionados e com melhor CxB que os demais.

    • JPaulo10

      Dudu, quando vem essa versão mais básica?

    • Magnosama

      desisti do Golf em virtude do preço do seguro.

  • Caio

    No teste da quatro rodas de novembro de 2013 tem os dados de performance e consumo de ambos:

    Focus 1.6
    0-100 km/h: 12,5 s
    0-1000 m: 33,1 s
    velocidade máxima: 189 km/h
    consumo com álcool, cidade/estrada: 8,6/11,1 km/l
    peso/torque: 78,44 kg/kgm

    Bravo 1.8
    0-100 km/h: 11,8 s
    0 – 1000 m: 33,4 s
    velocidade máxima: 193 km/h
    consumo com álcool, cidade/estrada: 6,5/9,5 km/l
    peso/torque: 72,33 kg/kgfm

    O Bravo possui maior relação peso/torque e portanto melhores valores de desempenho que o Focus. Já em termos de consumo o Focus é um pouco mais econômico que o Bravo.

    • Caio

      Uma correção, o Bravo possui uma relação peso/torque menor que o Focus e não maior. Quanto menor essa relação melhor será a performance do veículo.

    • DaysanF

      1.6 x 1.8…. Mostrando o quando esse motor ""novo"" (retrabalhado) da ford é bom…

    • DCald

      Se os dados estão corretos, o Focus tem melhor desempenho que o Bravo…
      Apesar do bravo ser mais rapido no 0-100km/h, o Focus chegou 0,2s antes nos 1000m! Ganhando a "corrida".

      É igual os 1.0… muitos fazem 0-100 km/h em tempos surpreendentes, mas, no final das contas, param por ali mesmo… hehehe

  • Heisenberg

    Eis uma comparação que deixa muita gente entendida de carro em duvida. O Bravo a minha vista é mais equilibrado no design já que os italianos nessa parte são muito bem dispostos com arte.
    O Focus possui um motor que, mesmo devendo ao torque, é mais confiável. O Tritec da Fiat sofre com a falta de camisa nos pistões levando a inviabilidade no reparo quando precisar de uma retifica.

    Hoje para eu escolher, ficaria com o Ford por ser mais confiável na mecânica. Não que o Fiat seja ruim, é muito bom também, mas por questões de confiabilidade o Ford seria minha predileção.

    Já o desempenho do Bravo, é muito parecido com a arrancada do March 1,6.

      • Heisenberg

        Uma coisa é o Ecosport (projeto nacional) e o outro é o Focus (projeto alemão, norte americano e inglês).

        • Gerson

          o motor é o mesmo com alguma melhoria…

          • Heisenberg

            E que melhoria!!!

      • CharlesAle

        Ué,apesar do mesmo motor,não quer dizer que vai acontecer o mesmo,até porquê o Focus já o usa há uns 3 anos,muitos com mais de 100 mil rodados,sem nenhum problema,se for assim,tem de parar de vender gol mil,pois o 1.0 deu defeito as centenas!!!!!!!Houve um caso de travamento do câmbio de um novo Golf,não me lembro o Blog,nem por isso vou dizer que todo Golf DSG é problemático.Já trabalhei com frota,e vi carros iguais,mas que um dava mais problemas que outro,isso é normal,se aparecer mais Ecos ou motores Sigma problemáticos,ai sim merece queixas,um só não basta………

        • Gustavo73

          O Sigma tem uma boa reputação. O fato do da 4R ter dado problema é ruim para a imagem. Mas também não acho que possa condenar todos os Sigma.

          • Heisenberg

            Sorte da Ford não depender exclusivamente dos testes da 4QR.

      • ctnmartins

        No dia que a Quatro Rodas seguir algum método científico, poderá ser utilizada como referência para alguma coisa. Do mais, no mais serve de engodo para vender mais revistas.

    • mho

      http://www.youtube.com/watch?v=gDMQqHO2TDo

      2.0 16v Duratec, o mesmo do Focus.

  • Márcio

    A pobreza de equipamentos e itens de segurança, faz do Focus um carro muito caro para o que oferece. O Isso fica claro nesse comparativo. O Bravo quando foi lançado, também tinha preço demais e equipamentos de menos. Depois a Fiat levou um "choque de realidade" e baixou o preço do carro. O mesmo vai acontecer com a Ford, que não consegue emplacar o Focus no mercado por tropeçar na própria ganância. Se custasse uns R$ 54.000,00 estaria de bom tamanho….para realidade brasileira.

  • Fanjos

    Infelizmente por causa dos preços e itens de serie o Focus fica fora com um péssimo custo beneficio, a primeira escolha é o Golf, mas quem quer um médio e não pode gastar muito é o Cruze Sport6 LT, com preços de 61..62 que se consegue ele é uma escolha mais racional, e ja vem bem recheado com itens de segurança, a versão LTZ não vale a pena simples assim, só é uma pena o cambio automático do Golf estar tendo tantos problemas com barulhos, hoje passou um do meu lado e eu estava com o vidro aberto do meu carro, ouvi o barulho do clonck clock do Golf do meu carro que estava andando do lado, imagina dentro o barulho eu ia infartar, a VW tinha que dar um jeito de fazer um isolamente acústico melhor nesse cambio.
    Anyway eu pegaria o Golf mecânico de qualquer forma, então nem ligo

    • FabioH

      Oi Fanjos, estava comparando os dois modelos, o Cruze Sport6 LT e o Focus 1.6 SE, os dois manuais, eles são equivalentes a nível de equipamentos, o Cruze é melhor no espaço interno, no tamanho do porta malas (o carro é bem comprido para um hatch) e pelo fato (que não entendi até o momento) de que o Focus manual não ter controle de estabilidade e tração. O Focus tem bancos em couro nesta versão, além de poder controlar o rádio por comando de voz, ah, e os motores é claro (1.8 x 1.6), no restante achei eles equivalentes. Outro fator chato é que a Ford não disponibiliza o pacote PLUS para as versões manuais do Focus SE. Também gostaria muito do Golf manual, mas se a faixa de 60 é o ideal, 70 já fica pesado demais pra mim.

  • Corvo

    São 2 bons carros, mas pelo preço encararia o Bravo. O Focus se mostra um carro superior na geral (tecnologia, segurança, suspensão), mas não pode custar o que a Ford pede pra ele. Minhas escolhas racionais nessa categoria seriam 308 e Bravo

  • Tadeu

    A Fiat tem uma política de descontos muito boa nas concessionárias. Dependendo da forma de pagamento esse preço de tabela cai bastante e torna o Bravo uma opção ainda mais atrativa.

  • Anderson_sp

    São dois carros bonitos, o Focus tem um "Q" de novidade nas ruas, já o Bravo parece que só está "cumprindo tabela", igual aquele time que não está disputando mais nada no fim do campeonato e joga por jogar não vendo a hora do campeonato acabar, apesar de chutar que dure mais uns 2 anos sendo que até agora não saiu nenhuma mula pra testes do Ottimo/Viaggo, enfim, creio que aí entra mais o gosto pessoal também.

    O 0 a 100km/h do Focus é de 12,5s, o do Cruze é 12,2s e do Bravo é 11,8s, segundo a 4R:
    http://tinyurl.com/njdp3be

    O desempenho do 1.6 não é arrebatador, porém "tá na média".

    • "Tá na média" Bem que poderia ser na média do Golf, não só de aceleração, mas consumo também. Ford poderia ter colocado o 1.6 ecoboost, Fiat poderia deixar só o 1.4 T-Jet com diferentes calibrações assim como a VW fará com o Golf (chute), Cruze com o 1.4T que tem nso EUA…

      • Anderson_sp

        Mas o Golf é turbo porque é importado da Alemanha, na hora que nacionalizar vão tacar o 1.6 16v na versão de entrada e o tal 1.4 TSi Flex ficará nas versões mais caras, e todos os outros são aspirados e aí ele (Golf) vai destoar mesmo porque é turbo e tem start-stop se não em engano que ajuda bastante no consumo.

        Se quiser comparação mais realista é só botar no lugar o Golf 4.5 1.6 aí e vai ver que quando a cilindrada é equivalente, não há esta desproporção que há entre turbos e aspirados, entre desempenho e consumo.

    • LS7

      A aceleração de 0-100 Km/h do Cruze fica nos 11 segundos. Quem tem um sabe.
      Aliás, como a primeira marcha é mais curta, ele costuma deixar até carros mais potentes para trás na saída.
      Nos primeiros testes do Cruze, tanto 4R quanto AE também mediram 0-100 Km/h em 11,2 segundos.

      Algumas revistas costumam querer diminuir as qualidade de certas marcas.

      O Focus pesa quase tanto quanto o Cruze. Não tem como o motorzinho 1.6 (carbonizador) do Focus querer andar próximo. É menos potente e tem bem menos torque, além de ter 5 marchas contra 6 do Cruze.

      • Anderson_sp

        Dá na mesma, tanto aqui nesta avaliação quanto a da 4R dá no mesmo, a média é parecida, o câmbio de 6 marchas prioriza o consumo e não o desempenho, então não faz tanta diferença em relação a um de 5 marchas, se quiser ver o link dos comparativos tá aí embaixo:
        http://tinyurl.com/nfen6wr
        http://tinyurl.com/orvyoo9
        http://tinyurl.com/njdp3be

        Palavras da 4R sobre a avaliação:

        No fim das contas, deu a lógica e o comparativo sai com as novidades na ponta. Focus em primeiro lugar, com sua boa relação custo-benefício, apesar da necessidade de algumas melhorias, e Golf na vice-liderança com a ressalva de que a configuração correta ainda está por chegar. O Cruze, mediano nas provas dinâmicas, mas com um pacote de entrada repleto de equipamentos importantes, como controles de estabilidade e tração e volante multifuncional, lidera o segundo pelotão pela regularidade geral: raramente se destacou como o melhor da turma. Nem o pior. O Peugeot 308 segue na mão contrária: defende-se bem na pista, mas cobra uma conta desproporcionalmente alta na hora de abastecer e sua dirigibilidade é menos refinada que a do Cruze. Some aí o fato de que uma nova geração do 308 é aguardada para 2015. Na última posição, o Bravo. Aspereza do motor, ergonomia deficiente e desenho obsoleto diante dos rivais se destacaram mais que o teto solar Skywindow e o painel com textura que imita fibra de carbono. Segundo uma fonte da Fiat, um Bravo totalmente novo será apresentado no fim de 2015 e chega às lojas no primeiro trimestre de 2016.

        • LS7

          Não, o câmbio de 6 marchas do Cruze tem as 5 primeiras marchas mais curtas que as 5 do Focus. A 6ª do Cruze é mais longa para economia. A 5ª do Focus é usada para economia. As outras 4 tem as relações distribuídas para o desempenho. No Cruze essa tarefa fica por conta de 5 marchas.

          Leio 4R e outras revistas desde 1983. De lá pra cá muita coisa mudou. Muitos testes ficaram muito estranhos, com números de desempenho duvidosos. Uma hora um carro faz 0-100 Km/h em 11 segundos. Num outro teste o mesmo carro faz em 12 segundos. Isso é no mínimo estranho.

          Há também muita discrepância entre os testes das revistas. Há testes de aceleração de um mesmo carro em que a diferença entre elas ficou em mais de 1,5 segundo.

          Não dá para confiar. Eu prefiro testar e tirar minhas próprias conclusões.

          E depois de tantos anos vendo e testando alguns veículos, basta eu saber alguns dados para chegar a um desempenho aproximado de um veículo. Observando potência, torque, peso, aerodinâmica e relações de marchas, dá para ter uma idéia de como é o desempenho de um carro.
          De forma que, quando um carro apresenta um desempenho muito diferente do que se esperava, é quase certeza que os números de potência e torque divergem do informado. É o caso, por exemplo, do Golf 1.4 turbo, que tem desempenho bem superior aos números de fábrica, e o Veloster, cujos 140 cv não convenciam. Quando foram para o dinamômetro, os números de potência e torque foram desmascarados. No caso do Golf, um potência bem superior. Já o Veloster teve números bem abaixo do informado.

  • Cloves

    Já tive o Focus anterior, um carro muito bom e realmente pobre de acabamento. Hoje tenho um Bravo Sporting Dualogic, carro excelente, muito bem acabado bancos esportivos, tecido de qualidade, muito bem projetado. Suspensão apesar de ter eixo de torção na traseira é perfeita para quem gosta de abusar nas curvas, carro extremamente estável. Adicionei um filtro de ar de maior vazão que melhorou em muito aquele "atraso" das baixas rotações do e-torq, o carro acelera de 0-100 em 10s em média no modo sport, velocidade máxima de marcador em reta 210 km;h, real 197 km/h consumo na cidade entre 9 e 9,5 com gasolina e 8 com etanol. Etanol se mostra bem vantajoso nesse carro, estrada média de 12 km/l com o combustível e com gasolina 14 km/l. O meu está com 1 ano e meio de uso e 20 mil km rodados. Comprei no lançamento, consegui 6% de desconto no preço de tabela (58 mil), então existem sim descontos consideráveis para o carro na rede. Manutenção MUITO barata, (que nem a de Palio/Punto).

    Como comprador de carros médios recomendo muito o Bravo, em especial na versão Sporting que é a melhor relação custo/benefício.

    • LS7

      Esse 0 -100 Km/h foi medido pelo velocímetro?

      O velocímetro dos Fiat têm margem de erro muito grande. O Siena a 110 Km/h marca 98 Km/h real. Então se você mediu pelo velocímetro, pode acrescentar um tempo maior. Teria que medir 0 -116 Km/h no velocímetro, pelo menos. Usando um GPS dá para ver a velocidade real.

      Já li muitas informações sobre filtro de ar com maior entrada. O que falam é que o ganho de potência não chega a ser muito perceptível. Talvez acrescente até uns 10 cv, dependendo do motor. O torque às vezes fica até piorado em baixas. Melhora um pouco em altas rotações.

      Para ganho de potência, melhor seria alterar o mapeamento da injeção. Porém isso pode aumentar o consumo, além de perder a garantia.

      No seu caso houve alguma alteração no sistema de injeção?

  • Nao gostei da ford ter adicionado o My Ford Touch apenas no focus titanium, sem duvida seria um grande trunfo te-lo como opcional nas versoes 1.6, ou ao menos nas versoes 2.0 comuns.

    • Heisenberg

      No Fiesta é o que considero um absurdo. O carro não permite a instalação de uma central multimídia. O proprietário caso queira um GPS, precisará comprar separado.

  • Area 51

    Amigo redador, desculpe discordar, mas eu fui ver o grande FORD FOCUS na concessionaria.e simplesmente me decepcionei, com a qualidade de acabamento interno do carro. Peças mal encaixadas, rebarbas, fora a qualidade do material. Fui subir o banco e a alavanca saiu na minha mão…… Um vergonha para um carro dessa categoria, pensei que estava sonhando……. ainda bem que quando acordei estava eu ja dentro do meu Punto Sporring, como eu sou feliz e nao sabia !!!!!!!!!!!

    • Heisenberg

      Lembre-se que o carro é montado na argentina para comércio no brasil. Nunca espere um produto para ser exclusivamente vendido em dois países subdesenvolvidos (que teimam em se auto declarar emergentes) seja igual em qualidade com os de países desenvolvidos.

  • CharlesAle

    Mais um grande problema do Bravo e sua revenda,para quem não tem problemas financeiras e tem paciência de esperar um século para vender,tudo bem,já quem não é rico………Já o Focus é bem aceito no mercado de usados,principalmente 1.6 da geração anterior…e com o novo será o mesmo…por isso,ficaria com o Focus..sem contar que o conjunto do Focus é muito refinado:motor/suspensão = prazer ao dirigir..

  • Vinicius

    Entre os dois fico com o Bravo anda mais, se for compara os preços ! O focus também um ótimo carro !

  • Bruno Alves

    Sem duvida, o Focus.

  • MuriloSoares

    O Bravo continua bonito, ao vivo é melhor ainda, apesar de estar defesa do em alguns pontos em relação a concorrência. O Focus é projeto mais atual, porém não gostei dele tanto a ao vivo. Quanto a escolha, ficaria com o Bravo, pelo design e acabamento.

    • Heisenberg

      O Bravo é muito bonito. Bem que poderia continuar em linha por um bom tempo. É um carro cujo design está a frente do tempo. Não é exagerado e possui contornos suaves de aerodinâmica. Mesmo assim eu ficaria com o Focus.

  • Jason

    Pessoalmente, gosto bastante do design do Bravo, e acho que é um carro bem subestimado. A Fiat até se esforça, e ele vende suas unidades com bastante modéstia, mas como esse comparativo mostrou, o recheio do carro ajuda a ter um c x b. O Focus até tem seu apelo, mas acho o design não tão interessante. O acabamento ainda que tenha melhorado, não é o grande forte do carro. E já que o desempenho também não é melhor do que o do Bravo, tal como o preço, não vejo muitos argumentos que sustentassem escolhê-lo em um embate contra o italiano.

  • DaysanF

    A FIAT consegue acabar com qualquer carro do seguimento médio…

    O Bravo é um ótimo carro… Tem um bom acabamento… Mas o problema é ser FIAT….

    O FOCUS S tem o pior custo beneficio da categoria (fiz test drive e tem um acabamento de carro popular, o New Fiesta tem um CXB milhões de vezes melhor)… Freio a tambor em um carro de 61k… só na Hyundai com o elantra (75k , antes 90k) hehehe…

    Fiat Bravo foi injustiçado pela própria Fiat… tinha tudo para brigar pela 2° ou 3° posição… mas já vai morrer…e já cansou… vão lançar outro… com outro nome… Parabéns para FIAT que lasca seu consumidor a cada lançamento de hatch médio… O carro é muito gostoso de dirigir na estrada…

    Moral da História…. FOCUS S não vale o que pedem… só volta a ser um bom carro na Versão SE (Caro demais para o que oferece)…. e o CXB não existe neste carro….

    Bravo foi injustiçado pela própria FIAT… Mas tem um bom acabamento, bom nível de conforto, faltou inserir mais tecnologia no carro… Mas é um bom hatch médio…

    Bem… Bravo vai sair de linha… e o FOCUS em pouco tempo vai mudar….

  • zeuslinux

    Entre os 2 carros eu ficaria com o Bravo porque acho que o motor 1.6 e acabamento interno pobre não condizem com o Focus. O Focus só compensa com motor 2.0 e nas versões intermediárias para cima.

    Mas acho que há opções melhores que ambos se a pessoa quiser um hatch médio simples.

    • Magnao Cordeiro

      Concordo com você , e nesta faixa de preço com os 60 mil contados para um 0km neste mesmo patamar , não tem muita opção melhor . . . . . . gosto dos 308 mas este motor 2.0 da PSA é beberrão e manco apesar dos 151cv declarados , eu tive um 307 griffe com este motor e posso falar com conhecimento de causa . . . .

  • Pedro

    Apesar do nome, o torque do motor do Bravo não aparece em baixas rotações. Ainda assim, eu o vejo como uma opção mais interessante que o Focus S. Além disso, o pós-venda da Fiat é muito melhor que o da Ford. Já tive dois carros da Fiat e não tenho o que reclamar do atendimento para manutenção e revisões. Além disso, uma pesquisa recente junto ao site Reclame Aqui coloca a Fiat em primeiro lugar num comparativo onde até as japonesas participaram.

    • Elton

      Tenho um Ford e um Fiat, ambos tirados 0km, e na Ford é uma lastima o pós-venda.

  • Magnao Cordeiro

    Em custo benefício acho o Bravo mais interessante , em matéria de Design acho o Focus , em matéria de revenda , os dois são meio difícil mas isso nunca me importou pois nao compro carro pensando em vender , compro por satisfação pessoal . . . . .pra mim é bem de consumo . . . . . a compra de um carro PARA MIM é puramente emocional . . . . não dou a mínima para que os outros pensam e pra quanto vou perder quando for vender . . . . . . .carro tem que me dar prazer , emoção , vontade de dirigir . . . . .

  • Gustavo

    Claro que o Bravo tem mais Custo x Beneficio, é mais antigo, cansado como diz a matéria, e não chama atenção nas ruas nessa versão Essence. Vende pouco, sua revenda é desvalorizada e nunca foi unanimidade. Portanto é obvio que o Bravo tem que custar menos e oferecer mais, caso contrário as vendas que já são ruins seriam nulas.

    Eu ficaria com o Focus, mas não nessa versão S, e sim na SE. Colocaria uma central multimidia por fora que custa em torno de 1.700,00 e seria bem feliz com um carro novo, mais bonito, e de histórico de vendas melhor. A Fiat não é confiavel em se tratando de Hatch médio, tira de linha seus modelos constantemente assim como vai fazer com o Bravo.

    Agora se você quiser pagar melhor custoXbeneficio e pegar um carro que está com prazo de validade definido, ém opção de cada uma, eu ia no Focus com certeza.

  • abelardo barbosa

    os hatch médios estão tão caros que estou pensando em fazer a loucura de comprar outro peugeot (308 com tetão solar)…

  • PortoWF

    É, acho q eu to desaprendendo o que é Torque, pq se esse motor 1.8 16v transmite essa sensação melhor que o 1.6 16v da Ford realmente acho q to ficando burro ou dou azar de dirigir carros fora do padrão.

    • tatu_peba

      Mas a relação peso / torque é favorável ao Bravo: 73kg/kgfm (Bravo) contra 81kg/kgfm (Focus).

      • Magnao Cordeiro

        Isso é muito complexo , só dirigindo pra saber . . . . . não adianta um carro ter mais torque , melhor relação peso potência se o motor não casar com o câmbio que não casa com a suspensão ou com os freios , o conjunto que manda . . . . Eu participo de track day de moto as vezes e vejo muita moto 600cc dando um cacete fenomenal nas 1000 em circuito . . . . aliás , em circuito , peso , freios e suspensão ganham muito mais corridas que potência específica . . . . diferende de arrancada , onde o que manda é a força bruta!!!

        • PortoWF

          é a tal historia, se for pra comparar só números é melhor brincar de Super Trunfo.
          Esse motor 1.8 da Fiat só fica bom acima de 3500 rpm, abaixo disso ele é morto.
          Na minha opinião, Torque bom é aquele que vc sente com RPM baixo, pelo menos foi assim q eu aprendi a admirar motores "torcudos", até pq é abaixo dessa faixa de rotação que se roda 80% do tempo.

          • Malaman

            Como se o do Focus fosse uma maravilha em baixa rotação…

  • HugoCT

    Ficaria com o Bravo

  • 3ic

    visual cansado que não envelhece ( by giugiaro). Ficaria com o bravo
    Estragaram a frente desse focus nessa geração ( achava a anterior mais bem acertada). Parece que alguém comprou um focus e levou correndo o carro para fazer um tunning bem manolizado no para choque numa oficina de fundo de quintal na baixada.

  • leolima175

    Matéria sem sentido, esses dois carros simplesmente não são comparáveis. O Bravo é vendido por R$50 mil nas concessionárias, enquanto o Focus pelo preço cheio. Com uma diferença de R$10mil no preço, não disputam a atenção do mesmo perfil de consumidor, apesar de o tamanho ser o mesmo.

  • Jubarr

    Não precisava nem dos opcionais, o Bravo de 56 mil se serviria perfeitamente.

  • Tô nessa dúvida também… fui às concessionárias e me passaram: Focus SE 63.990, mas o gerente está "apto" a estudar propostas e ser flexível, ACHO – e foi o que mais pagou pelo meu usado. Bravo Essence 13/14 por 53.000 e Absolute por 65.000 (esse não vi, tô tirando o preço do site). Meu medo: Bravo – comprar e só ficar esperando sair de linha (fato!), Focus – sofrer o facelift daqui a pouco e ter um desatualizado.
    Fora disso: Cruze, onde pesquisei não me passaram um bom preço, até achei um pouco salgado. 308, pra mim é igual o Bravo, não que está na borda do penhasco para sair de linha, mas já é um visual cansado também. Golf, sinceramente, nunca fui com a cara da VW, fiz test-drive em Polo, Jetta, Golf anterior e nunca me surpreendeu.

    • Douglas

      Amigo, tive um focus 1.6 e há um ano atrás peguei um Bravo Essence. Não me arrependo. Sei que pode desvalorizar, mas o conforto e prazer na direção que o carro me dá valeu a pena. O tamanho da mala também foi importante (400 litros). Só me arrependo de não ter dado uns reais a mais num Bravo Sporting …

    • Douglas

      Pega o Bravo, excelente, pega o Sporting

  • Douglas

    Tive um Focus 1.6 e troquei por um Bravo Essence. Um salto de Qualidade interna e motor. Excelente carro, com revisões baratas para um hatch médio. Me arrependo de não ter gastado um pouquinho mais e pego a versão SPORTING …

    • Fiz o último test-drive neste sábado no Focus e no Bravo pra decidir… mas uma coisa me intrigou – do nada eu perguntei à vendedora se o Bravo (Essence) tinha entrada USB, ela não sabia tal informação e foi averiguar. Ao retornar, me informou que NÃO e que para ter acesso a este "comodismo", deveria desembolsar mais 2 mil e pouco com o pacote "Blue&Me" para ter acesso a uma simples entrada USB. Essa informação se confirma? É sério que o Bravo não tem entrada USB?? Confesso que nem me toquei em verificar a existência de tal item quando estava no test-drive (seja no porta-luvas, dentro do compartimento do apóia-braço), pois eu jurava que o carro tinha entrada USB, até poq meu Stilo 08 possui!!

  • Bom, como eu precisava trocar o meu, em razão da desvalorização absurda que sofri em quase 6 anos com ele (+- 34 mil), em razão do alto valor do seguro por um carro 08/09, e diante do ótimo CxB do Bravo, embora todas as divergências em relação à ele, acabei de fechar em um Essence 14/14 Branco + alguns opcionais, sendo que, no total, acabei economizando uns 5 mil +- em relação ao Focus SE 1.6 (63.990,00). Em relação ao Focus, EU acho que só compensa a partir do 2.0, o motor 1.6 não me conquistou, o S é muito caro para o que oferece – o S deveria custar uns 54.990 e o SE o preço cobrado pelo S, que é de 60.990. Se fiz um bom negócio ou não, só o tempo dirá, mas que reduzirei BEM o preço do seguro, terei um carro mais potente e mais atual, isso terei. Não foi desta vez que me desvincilhei da Fiat.

  • marcelo

    O Bravo é mais carro com certeza!!!

  • Marcelo

    Prefiro o meu Fiat Bravo! Meu pai comprou a nova Ford Ranger, e posso dizer que a Ford é péssima em acabamento! É uma das piores marcas em acabamento! O Bravo sofre preconceito, mas é melhor na minha opinião! Satisfeito!

  • Marcelo IPI

    Acho os dois bonitos, mas ainda prefiro o Bravo! mais torque e melhor acabamento!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend