Asiáticos Comparativos Hatches Hyundai Kia Lançamentos Mercado Preços

Comparativo: Hyundai HB20 enfrenta o primo Kia Picanto

hb20-x-picanto-620x313 Comparativo: Hyundai HB20 enfrenta o primo Kia Picanto

Na realidade, o comparativo aqui é totalmente desigual pelas devidas proporções dos modelos apresentados, o que inclui também preço. No entanto, esse comparativo serve para mostrar duas diferentes propostas dos coreanos no Brasil, ambas com sucesso esperado, mas com apenas um resultado positivo.



Em termos de segmento, Hyundai HB20 e Kia Picanto diferem basicamente no tamanho. O coreano de Piracicaba mede 3,90 m de comprimento, 1,68 de largura, 1,47 de altura e 2,50 de entre eixos. Já o coreano nato Kia Picanto, tem 3,59 x 1,59 x 1,49 x 2,39, respectivamente. Ou seja, o HB20 é compacto e o Picanto um subcompacto. O porta-malas maior do nacional também é vantagem em relação ao importado.

hb20-x-picanto-1 Comparativo: Hyundai HB20 enfrenta o primo Kia Picanto

As duas promessas sul-coreanas foram aguardadas com expectativa no Brasil, sendo que o Kia Picanto já tinha sido lançado no exterior e chegou primeiro, apesar de ter tipo parte do visual revelado com exclusividade pelo NA aqui mesmo no país. Já o Hyundai HB20 foi prometido com exclusividade para nosso mercado e só existe por aqui, por enquanto. O modelo ganhou até fábrica própria, revelando seu visual durante o processo de lançamento, chegando assim bem depois do primo menor.

O Hyundai HB20 aposta em um visual agressivo, moderno e atraente, sendo um dos pontos principais do carro, que também apresenta um bom conjunto mecânico e acabamento interno em nível de qualidade esperado para o segmento. O Kia Picanto não deixa por menos, também apresentando estilo (o do tigre teuto-coreano) mais próximo ao europeu, além de buscar inspiração em modelos maiores da marca. O conjunto é bem acertado para o Brasil e o acabamento está no mesmo nível do parente paulista.

hb20-x-picanto-2 Comparativo: Hyundai HB20 enfrenta o primo Kia Picanto

Em termos de equipamento, o Hyundai HB20 oferece um bom pacote, mas apenas bom. Nos dias atuais ar condicionado, direção hidráulica, trio elétrico, rodas de liga leve e CD/MP3 (agora sem CD e com Bluetooth como opção), por exemplo, são itens que todos os carros deveriam ter de fábrica, afinal, os preços são muito altos no Brasil e se trata de um caríssimo bem não durável, não é mesmo?

Da mesma forma, o Kia Picanto oferecido aqui com pacote “básico”, embora tenha opção de teto solar elétrico, seis airbags, direção elétrica, EcoDriving (modo de economia), faróis e lanternas com LEDs e retrovisores com rebatimento elétrico, por exemplo, algo mais consistente em termos de conteúdo.

hb20-x-picanto-3-620x413 Comparativo: Hyundai HB20 enfrenta o primo Kia Picanto

Embora ambos equipados com o mesmo motor 1.0 Kappa Flex com três cilindros (o HB20 tem opção 1.6 de até 128 cv), o Hyundai HB20 tem 75/80 cv e 9,4/10,2 kgfm, enquanto o Kia Picanto oferece 77/80 cv e 9,6/10,2 kgfm, respectivamente com gasolina e etanol.

Nas versões mais caras, ambos possuem opção de transmissão automática, mas apenas com quatro marchas. No Hyundai HB20, essa opção mata muito dos 128 cv disponíveis. Uma caixa de pelo menos cinco marchas (melhor seria com seis) iria garantir um desempenho geral melhor. No Kia Picanto, as quatro velocidades até dão conta do recado, já que o coreano é menor e pesa menos, mas o motor 1.0 perde boa parte do entusiasmo.

hb20-x-picanto-4 Comparativo: Hyundai HB20 enfrenta o primo Kia Picanto

Falando de preços, temos aí um do diferencial entre os dois produtos da Hyundai-Kia e também o insucesso de um deles. O Hyundai HB20 não é barato e fica cada vez menos apreciável depois que passa dos R$ 40.000. Na versão 1.6 automática Premium BTH, ele chega a R$ 49.795. Com motor 1.0, o hatch atinge R$ 39.095 na versão Comfort Style.

Já o pequeno grande Kia Picanto chegou ao país com a expectativa de custar o mesmo que a geração anterior, algo em torno de R$ 34.000. Mas o aumento do IPI em mais 30% para os importados, praticamente matou a criança ainda no berçário. Hoje ele custa a partir de R$ 38.900 e nesta versão é equivalente a 1.0 do HB20 em termos de conteúdo.

hb20-x-picanto-5-620x412 Comparativo: Hyundai HB20 enfrenta o primo Kia Picanto

Na versão mais cara, ele custa R$ 48.700 e oferece todos os itens mencionados anteriormente, além do câmbio automático. Nesse caso, o Picanto tem vantagem em termos de tecnologia embarcada e segurança, embora o HB20 1.6 apresente desempenho e espaço interno/porta-malas superiores. E agora? Com qual dos dois coreanos você gostaria de ficar?

hb20-x-picanto-6 Comparativo: Hyundai HB20 enfrenta o primo Kia Picanto

  • Rochahofman

    Pra mim o HB20 ganha!

    • PONCIO PILATOS

      dois. tem um projeto mais atraente… apesar de os carros serem similares em tamanho, o HB20 passa a "impressão" de maior e mais acertado…

    • afonso200

      não sei porque não lançam o NH20 com cambio AT, é só olhar o picanto 1.0 é AT…….piada esse brasil

  • Edson Roberto

    Opções dificeis.

    Pelos R$50000… eu acho que iria de R$42000 no 500. Me parece mais justo o que oferta pelo preço. Mas enfim, pelos dois…de um lado temos um subcompacto bem completinho em segurança, ainda que para se dizer "completo" mesmo até pelo preço, deveria ter ESP e disco de freios nas 4 rodas. Mas ainda assim, é mais seguro que o HB20 com apenas 2 air bags. Entretanto o HB20 é mais espaçoso e mais potente.

    Eu não consigo enxergar opção para esses dois produtos. Por R$50000 eu preferia andar de Fiesta com 7 air bags e um pacote completo de itens…

    Acredito que com a versão com Powershift do Fiesta, ele com certeza vai ainda mais deixar ambos os Coreanos no escanteio. Ainda que o Fiesta não tenha como bons atributos o espaço interno, é mais completo.

    Há ainda os médios dessa faixa de valor que colocam em cheque ainda mais esse comparativo. Dificil escolha.

    • tiards

      se tivesse 500 4 portas concordaria com você.

      • Edson Roberto

        Bem… se o 500 tivesse 4 portas seria a coisa mais estupida que existe…rs

        Um carro minusculo com uma porta que praticamente não seria usada…

        MAs entendi o seu ponto de vista.

        • Dragoniten

          O 500 precisaria ter muito mais espaço antes de colocar 2 portas a mais nele, rs.

        • alex

          estupido é em pleno ano de 2013 achar que carro 2 portas vai emplacar no Brasil rsrsrrs

    • Tiago Cabo

      O Fiat 500 foi a minha escolha. Estou extremamente satisfeito.

  • Marcus VO

    Pra mim com 50k compraria um i30 2.0 16v da geração anterior

  • Prefiro o Picanto, um legitimo "Peter Schreyer". Sem falar que foi desenvolvido pensando no mercado europeu, não no Brasil como o HB20.

    Isso dentre esses dois, porque por esse valor eu prefiro um Peugeot 308, nem que seja semi-novo.

  • Matheusbio

    E aquele capacete no picanto? Deve ser pra não bater a cabeça no teto!!

    • Matheusbio

      na última foto

  • MecanicoDigital

    Nas versões top por quase 50.000??? Pra mim, nem um, nem outro.

  • Landrutt

    Minha irmã tem um Picanto e, apesar da pouca simpatia que temos aqui por modelos da Kia devido a problemas no passado, o carrinho surpreendeu. Antes ela possuía um C3 e digo seguramente, o coreano, apesar de bem menor, tem mais espaço. Dá pra levar um adulto de estatura média ( + – 1.75m) no banco traseiro com o do motorista ajustado para alguém de mesma estatura sem que a pessoa no banco de trás fique encostando as pernas no encosto, coisa que era impossível no C3 (que alem de apertadíssimo no banco traseiro ainda tem o assento curto e com espuma mole demais, totalmente desconfortável). O porta-malas é menor, mas poderia ter a capacidade um pouco ampliada se o encosto do banco traseiro fosse mais vertical, como a maioria dos hatches…o Picanto se assemelha a um sedã nesse quesito, os passageiros andam muito deitados. Mas essa não era a prioridade dela. Em espaço tenho a impressão que o HB20 é igual ao Kia (sim, já entrei no HMB ) . O motor 1.0 dá conta do carro tranquilamente e é uma delícia guiar o carrinho. A Kia deveria rever o revestimento do volante em couro "ecológico", com pouco mais de um mês de uso e já está descascando, pouca coisa, mas começou.

  • dudupruvinelli

    Picanto, pela segurança (se eles não mudaram a estrutura) e pelo acabamento. O ruim é que TEM DE ser automático para vir com os 6 airbags. mas nunca compraria por esse preço.

    • Brunlai

      Não precisa… Tenho um manual, com tudo.. Versao J320

  • HB20 Pra mim ganha esse duelo ae, Picanto é meio alegre demais.. hahaha

  • tiards

    picanto ficou velho ao lado do hb20.

    • tmsales

      Pra mim nao… So ficou caro por causa do ipi monstro…. Imagina um carrinho desses sem ipi + i.i. Claro que é sonho pois mesmo se fosse fabricado aqui so iam aumentar a própria margem de lucro e nao iriam repassar os descontos

  • mmcinza

    Ainda não sabemos de fato o resultado do HB20, mas não acredito que ele seja melhor ou igual ao que o Kia Picanto foi no Euro NCAP (4 Estrelas para adulto e criança)

  • Renan21

    Eu ficaria com o hb20.
    Porém jamais compraria um dos dois.

  • alexhmoraes

    Pra mim fica 6 por meia dúzia, ambos tem a mesma plataforma e motor…. compartilham muita coisa. Mas a aparência do HB é melhor

  • _Adriano__

    Focus, 308? se a versao top do hb20 fosse 40 mil ai sim daria pra comprar, agora 50 mil num carro da categoria do gol? ai é brincadeira!

    • AlexandreCE

      O problema do 308 é a altíssima desvalorização. Em um ano o carro simplesmente desvaloriza quase 15 mil reais… parece até brincadeira.

      Andei me engraçando por um mas ao analisar a tabela FIPE eu vi que não parece ser a melhor opção na faixa de preço.

      Não sou comerciante, não tenho revenda de carro, mas também não gostaria de fazer meu dinheiro evaporar quando se pode encontrar uma outra opção razoável na faixa de preço.

  • Satanare

    Bom, para mim fica fácil opinar pois dei de aniversário para a minha irmã há 7 dias atrás um Fiat 500 Cult dualogic completo mais SkyDome por incríveis R$43.000,00 a vista. Visitamos a Kia para ver o Picanto EX e, mesmo sendo mais simples em equipamentos, motor, espaço interno e custos de seguro e manutenção maiores me foi oferecido, sem desconto algum, pelos mesmos R$43.000,00. Passamos na Hyundai para ver este HB20 na versão 1.6 e achei este carrinho somente "bonitinho" e só. O premium automático me foi oferecido por incríveis R$48.830,00 com desconto por pagamento a vista! E a vendedora me disse que estava abrindo mão de sua margem e aplicando o maior desconto até então… Sinceramente, não sei se é porque meu perfil seja mais voltado para hatch médios, sedans médios/grandes com certo nível de conforto e tecnologia embarcada acho ridículo ver tanta gente glorificando um modelo que é somente agradável aos olhos e com um bom motor, mas caro demais pelo conjunto. Prefiro um Fiat Palio Essence 1.6 16v Dualogic Plus por R$39.000,00 com o Skywind, até sugeri para minha irmã este modelo quando estávamos na Fiat porém o lado emocional pesou mais. Bom acredito que foi um bom negócio. E no final, nenhum destes dois do comparativo valem a pena pelo preço pedido, mas se não fosse o dinheiro e sem outras opções para escolher ficaria com o Kia Picanto.

    • MN_SP

      Parabéns, você é um filho bonzinho. O 500 já está com o dualogic plus ?

      • Satanare

        Haha, na verdade seria um irmão bonzinho, mas neste caso a minha irmã merece muito, já me ajudou em inúmeros momentos e como o aniversário dela será dia 01/03 e ela estava procurando um carro mais econômico que o C4 para o dia-a-dia aproveitei a oportunidade. No caso do câmbio este não é Dualogic Plus, acredito que ainda nem chegou esta configuração no mercado. E também porque para ele ter saído neste preço ele é um modelo 12/13 que já estava faturado pela concessionária na cor Branco Gioioso, com interior Branco/Vermelho, Kit Convenience e o Sky Wind. Chegamos a vê-lo na concessionária. Gostei do carrinho!

  • Rodrigo

    Não adianta, se a Kia não entrar arrasando com o preço baixo, não vai vender.
    Os Japoneses ganharam o mercado muitos anos atrás com preço. Ninguém queria sair do Santana ou do Vectra para pegar um Japonês. Havia o pré conceito muito claro. Porém os Niponicos jogaram o preço lá em baixo e um a um foi entrando na onda. Se firmaram no mercado e agora são o que são.
    A Kia não tem história no Brasil, por melhor que seus carros sejam, não vai conseguir vender sem ter preço melhor que os concorrentes.
    Esse Picando aí foi a mair decepção. Todos acharam que ia vir RACHANDO COM TUDO, com seu pequeno completão com leds, teto solar, multiplos airbags ia tirar vendas do Uno, Gol, Palio bonito. Mas aí deu no que deu, impostos, arrogâncias e preços na estratosfera.

    • Brunlai

      Aqui no RJ ta fervilhando de Picanto…

  • AniBALL1975

    Agora qquer carro melhorzinho custa R$ 50.000,00 , é a moda pegou mesmo carro "popular " beira R$ 35.000,00 isso com o basico AR/DH/VTE pulou de categoria e patamar chega fácil aos R$ 45.000,00 ai o ceu é o limite daqui um tempo se preparem carro basico por R$ 35.000,00

  • Matheus B.

    Eu imagino quanto a pessoa tem que ter de dinheiro para jogar fora ao comprar uma coisinha minuscula e básica dessas por volta dos 48 mil?!? Gente, por esse preço da para andar de Jetta 2008/2009, com 10 airbags, bancos de couro, xenon, teto solar, cambio automático de 6 marchas e com baixa km. Ou então de fusion 2008 até por menos, por volta dos 40 mil. Ainda há mais opções, Corolla 2008-2010 com manutenção super confiável, Civic 2008-2010. Não imagino como há pessoas que deixam de procurar um bom usado e andar com um carro de verdade para andar com esses compactos simples e "abrasileirados" (básicos e caros $$$).

    • Matheus B.

      É, e completando: o mesmo ocorre com outras categorias de preços como a dos 25-35 mil, em que tem gente que prefere andar de gol/uno/populares e companhia, ao invés de andar de bons carros como polo hatch e sedan 2006-2010 (que com airbag duplo, a proposito, conseguiu 4 estrelas no Latin NCAP) ou megane e grand tour 2008-2010, Vectra 2006-2009. Carros que muitas vezes se encontram em ótimo estado usados e que apresentam segurança e diversos equipamentos. Hoje, jamais vou querer ter um zero km novamente, pois sei que posso ter um melhor de dois a quatro anos usado que ainda é atual e de categoria superior pelo mesmo preço de outros inferiores.

      • Satanare

        Então amigão, neste caso tu precisa compreender a real necessidade de cada um. Como relatei acima, minha irmã estava precisando de um veículo estritamente urbano e econômico para rodar diariamente pela cidade, pois é corretora e passará 90% do dia de trabalho dentro de um carro. Ela já possui um Citroën C4 hatch 2.0 16v, automático, 2011 e, definitivamente, este carro não tem a economia, o tamanho e a mobilidade de um Picanto, 500, etc… Tu citou o VW Jetta, Ford Fusion… ótimos carros, o Fusion eu inclusive possuo um, agora, convenhamos que ele não é o melhor dos mundos para andar e estacionar em um cidade caótica, diariamente de um lado para o outro. São as necessidades que fazem certas pessoas escolherem modelos diferentes por preços parecidos. Mas entendo o seu lado, já pensei e comprei muito carro assim!

        • Satanare

          E vou lhe passar um caso particular de forma resumida que pode te responder do porque tem pessoas que preferem comprar carros zero de marcas e modelos populares ao invés de um importado sedan luxuoso: Em 2005 eu estava com um ótimo modelo em minha posse para diversão e fins de semana e ainda sem filhos, mais molecão e com minha empresa dando bons lucros resolvi cair de cabeça em um dos meus muitos sonhos e troquei meu Sedan zero por uma belíssima M-B E55 AMG, preta, Ano 1999, com somente 12.000 rodados… Ainda sinto saudades imensas dela! Acontece que tive que fazer algumas coisinhas após um tempo e se eu disser que o conjunto silencioso o intermediario do escapamento dela custou R$12.600,00 tu ficaria impressionado? E um farol do lado esquerdo por R$4 mil? Consumo de Combustível na cidade: 3,5km/l as vezes 4… e sem acelerar no semáforo para mostrar o ronco do V8 para ninguém viu! Então… mesmo deixando uma certa quantia para sustentar tal sonho mas… é muito! Ai as crianças chegaram e tive que vendê-la. Comprar é fácil difícil e manter.

          • jackson_sch

            Concordo contigo, manter é outra coisa. O sonho inicial passa para o pesadelo diário. Carro é para ser usado, de que adianta ter um carrão se não tem dinheiro usufruí-lo. Seguro, impostos, peças tudo fica proporcional a um bem de maior valor.

          • Porcodio

            Eh mas esse teu exemplo foi meio extremo né. Nao bastasse ser um Merc tinha q ser um AMG hhaahha.
            O preço dessas peças q vc citou eh na ccs ou por importação?

          • Matheus B.

            Ah certamente. Com relação a carros grandes, em minha cidade não chegou ainda ao estágio de ser tão caótico estacionar (apesar de que em poucos anos chegará), mas eu perderia um tempinho a mais para estacionar, mas quando fosse andar estar com um carro maior e melhor. Só que aí há modelos nacionais, como citei o polo, tanto hatch quanto sedan, que é um carro com preço muito bom e completo, custo de manutenção baixíssimo, muito econômico com o 1.6. sendo esperto nas retomadas, e que ainda tem modernidade, já que em seu lançamento superou até carros de segmentos maiores em questão de qualidade de montagem, além de ter solda a laser, etc. Além disso, vectra e outros carros próximos não têm uma manutenção altamente cara. O melhor exemplo então seria um Corolla, com manutenção baixíssima e um carro de verdade! Mas respeito a opinião de cada um, mas penso diferente quando vou dar meu dinheiro em um carro.

            • Satanare

              Tive um VW Polo Sedan Confortline 2.0 em 2004 e curto demais este carrinho e tu realmente deu um ótimo exemplo de um carro compacto, urbano e bem acabado. Eu até sugeri alguns modelos semi-novos (inclusive o próprio Picanto) mas, como era "presente" ela já foi apelando para o emocional, falando do quanto gostaria de ter um Cinquecento… O problema do Polo hoje em particular é que ele não teria todos os equipamentos disponíveis para o 500 na mesma faixa de preço, ficaria inclusive mais caro dependendo da adição de alguns itens, não é mais econômico que um Picanto ou Cinquecento e, de forma particular para a minha irmã, a escolha pesou pelo fato de ser bem pequeno externamente e ela andará boa parte sozinha.

        • Matheus B.

          Tudo bem entendo que nesses casos carro pequeno é melhor, mas convenhamos, um carro desse segmento não deveria custar mais que salgados 35 mil reais em sua versão completa não é mesmo? Pena que brasileiro paga absurdos em carros básicos, e em tops também.

          • Satanare

            Concordo contigo Matheus! Mas ai entram alguns detalhes como a posição no mercado (500, Picanto, Smart, Mini) já que possuem acabamento mais caprichado em boa parte deles visando exatamente um público mais "chato", motores mais potentes ou modernos-refinados, equipamentos de categoria superior na maioria dos casos e visam ser o segundo carro para locomoção urbana. Se custassem o preço de Onix, HB20, Gol, etc… seria ótimo, mas não coerente frente ao nosso mercado onde um HB20, nacional, custa R$50.000,00. E, finalizando, o Fiat Cinquecento custa próximo ao que é ofertado no exterior.

  • MN_SP

    Gosto mais do exterior do HB e do interior do Picanto. Por incrível que pareça, o HB automático, não tem apoio para o pé esquerdo, tem que ficar pisando direto no carpete, porca economia.

  • Rafael

    Peguei um Kia Picanto 0Km esse mês…o preço que paguei foi R$ 41.500 na Kia Autostar aqui em São Paulo, na versão automatica, bem completinho (direção eletronica, ar, air bag duplo, som, regulagem de altura nos bancos, rebatimento interno dos espelhos, etc…). Acho que por esse valor é uma excelente opção. O carro é muito mais confortavel do que veiculo que tinha anteriormente (um Gol com o horrivel cambio I-Motion), bem equipado, economico e com um desempenho acima da média para um veiculo 1.0. E o mais importante de tudo: SEGURANÇA, nos testes do NCap, o Picanto deu show…ao contrario das nossas carroças (Gol, Ka, Palio).

  • fabioalisson

    1.0 por mais de 30 mil? Dinheiro jogado no lixo, na minha opinião.

  • marciotb13

    Ficaria com o HB20, é claro, pelo design insuperável.

    • Rafa222

      Design insuperável????! Vc só pode estar bricando…..De onde vc vem para dizer isso? Que padrão de desenho vc possui

  • Moisés Prado

    No meu caso vou de Picanto porque é mais confortável, entrega mais equipamentos, mais econômico, menor e mais seguro. Para um uso estritamente urbano acho que é a escolha mais racional. Estou pensando em pegar um esse ano aliás, pena que não ando encontrando muitos Picantos semi-novos na minha cidade, mas já vi oferta de modelo automático por R$ 31.500,00 e com menos de 10.000km rodados.

    • barr_ce

      Aqui em Fortaleza tem um no jornal por R$ 28.000,00 com menos de 10.000km rodados, mas tb não vou com a cara desse carro. Prefiro pagar quase o mesmo em um FIT EX CVT 08/08, aliás, estou à procura de um desses, se alguém souber de um, favor entrar em contato: wbscordeiro@gmail.com

  • PabloRJ

    Acho que o Picanto tem um acabamento melhor.

    Mas por 50k não levaria nenhum dos dois para casa. Iria de City, New Fiesta ou qualquer médio com 1 ano de uso (Focus, Fluence, 408). Pensando em zero km, ainda tem o Punto, C3 e 208 como opções melhores do que esses coreanos top de linha.

  • Francisco Neto

    1° de tudo, o picanto de R$ 38900 ja vem com 30 itens a mais que o HB 20. A reportagem foi tendenciosa. 2° dos 30 itens,1 cd player, 2 controle de som no volante, 3 regulagem de altura dos bancos, 4 regulagem de altura do volante, 5 volante em couro, 6 bola do cambio em couro, 7 retrovisores eletricos, 8 retrovisores com rebate eletrico, 9 rodas de liga, 10 cinto de 3 pontos no banco de tras, 11 3° encosto de cabeça atras, 12 farois de milha, 13 bancos bipartidos, etc etc etc.
    Vamos sermos justos, se for para comparar, tem que dizer o que cada um tem a mais, alem de dizer que a espera por um HB 20 é de 6 meses.
    O Picanto é um projeto mundial que atende aos mais diversos níveis de exigência, assinado por quem sabe fazer design automotivo.
    Não é desmerecendo o HB 20 mas, falta muito para ele chegar ao nivel do Picanto.
    Quanto ao volante descascando, procure a kia mais proxima e solicite garantia e seras atendido em grande estilo.

    • Brunlai

      Eu tenho um picanto ha quase 1 ano e não tenho queixas, não me arrependo… adoro o carro!!! E qdo lembro que ele tirou 4 estrelas fica mias feliz com a escolha ainda…. Eles são de segmentos diferentes… não adianta… quem compra o HB20 não compra o Picanto e vice versa… eu não compraria o HB20!

    • Rafael

      Assino embaixo.

    • Rafa222

      Concordo plenamente. Somente quem os conhece podem citar as diferenças.

  • Brunlai

    Tenho um picanto J320, com tudo manual. paguei 45 mil e estou cada dia mais feliz, vão me criticar izendo com esse dinheiro vc comprava um fusion e blablabla… Comprei um 0km, tenho 23 anos, ando 40km por dia.
    Esse carro é super econômico, faz 17km/l na gasolina, não quero e nem preciso de um carro grande. depois que comprei ele acho vaga em qqr lugar.
    A reportagem não mencionou o fato de ele ser praticamente um monovolume, a frente dele é inexistente o que facilita ainda mais no entrar e sair de vagas apertadas na rua. O motor é 1.0 e vou te falar, não precisa de mais, se apertar o carro voa!!!
    Outra coisa que não foi dito na reportagem (tendenciosa) é o fato de os materiais que são usados internamente e externamente são iguais, dos outros modelos Kia, meu pai tem um Sportage, e o interior deles são muito parecidos, não existe rebarbas, não parece um carro "popular" e não é! É um carro de nicho, não foi feito para ser popular, ao contrario do HB20, não foi feito para competir com Gol/Palio e afins. Se for pra comparar, compara com o 500, que era a minha dúvida na hora da compra. Acho o Picanto barato pelo o que ele oferece! Ja o HB20 é caro, muito caro!!!! Os opicionais, não tem como comparar, fora o fato de vir completo de série, com coisas que até hacths médios não tem!
    Enfim, NA mais uma vez com matéra tendenciosa, ta ficando dificil de ler esse blog!

  • Iraja

    Pensei que o desempenho, consumo e frenagem também seriam comparados…

  • walter

    Primeira coisa, matéria totalmente tendenciosa , vamos aos fatos mundias, Kia Picanto projeto de primeiro mundo, teste crash 4 estrelas, carro subcompacto urbano, tendencia mundial. Vamos aos fatos do projeto, posicão de dirigir 10, visibilidade 10, conforto 10, motor 10 *** silencioso, consumo 10 *** 17km com 1 litro dentro da cidade 20km com 1 litro na estrada.
    Fato, se quiser carro com porta malas grande compra sedã medio 1.6 que vai fazer 9km com 1 litro dentro da cidade chutando o balde, muitos carros sedã não vai ter nem de perto estes requisitos que o picanto tem. Vamos deixar de ser enganados e falar a verdade.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend