Compass 2017: versões, preços, equipamentos, consumo, revisões

Compass 2017: versões, preços, equipamentos, consumo, revisões

O Jeep Compass, assim como o Jeep Renegade, foi o grande divisor de águas na trajetória da marca no mercado brasileiro. Este modelo chegou por aqui no fim de 2016 e logo no seu primeiro mês cheio de vendas conseguiu bater todos os outros carros da categoria. O Compass 2017 foi a primeira linha do SUV no País.


Lançado para competir com os coreanos Hyundai ix35 e Kia Sportage, além de outros modelos como Volkswagen Tiguan, Chevrolet Captiva e Mitsubishi ASX, o Compass 2017 estreou destacando sua ampla gama de versões.

Ele tinha preço inicial na faixa dos R$ 100 mil, boa relação custo-benefício e bons motores.

Até hoje ele é um sucesso em vendas e o modelo 2017 pode ser um bom carro para ser adquirido no mercado de usados, com preço inicial abaixo dos R$ 80 mil. Veja abaixo tudo sobre o Jeep:

Compass 2017 – novidades

A grande novidade da linha 2017 do Jeep Compass foi justamente a estreia do modelo por aqui. Na realidade, ele não chegou como um carro inédito na gama da Jeep, mas sim como a segunda geração de um utilitário-esportivo que até então era um mero coadjuvante no segmento.

Ele nada tem a ver com a antiga geração. O novo Compass estreou com produção nacional na fábrica da FCA em Goiana, Pernambuco, além de um visual mais moderno, interior bem-acabado e espaçoso, lista de equipamentos recheada desde a versão de entrada e bons motores flex e diesel.

Por falar em diesel, o Compass 2017 foi o único modelo do seu segmento a oferecer este tipo de motorização.

A pré-venda do Jeep Compass 2017 teve início no fim de setembro, mas as primeiras unidades foram entregues somente no fim de outubro. Neste intervalo, o carro foi a grande estrela da Jeep no Salão do Automóvel de São Paulo de 2016.

A Jeep lançou o carro com uma estimativa de vendas de 2.500 unidades por mês, sendo 70% dos modelos flex e outros 30% das configurações turbodiesel.

Na pré-venda, o carro emplacou mais de 1.000 unidades. Já em novembro de 2016 (o seu primeiro mês cheio), o carro vendeu 2.537 unidades, liderando nas vendas do segmento com quase cinco vezes mais exemplares comercializados que o segundo colocado do ranking.

Compass 2017: versões, preços, equipamentos, consumo, revisões

Compass 2017 – detalhes

O Jeep Compass 2017 traz todas as boas características do irmão menor Jeep Renegade. Entre elas, uma suspensão com equilíbrio exemplar entre conforto e capacidade para encarar as buraqueiras das nossas ruas, segurança, robustez, visual característico e bom acabamento interno.

Todavia, ele se destaca em outros dois quesitos bastante importantes. O primeiro deles é o fato das versões flex saírem de fábrica com um motor 2.0 flex de 166 cavalos, contra o 1.8 flex de 139 cv do irmão menor. Já o segundo é o porta-malas com capacidade para 410 litros, ou 137 litros a mais que o do Renegade.

Sendo assim, se por um lado o Renegade é mais recomendado para solteiros, casais ou no máximo uma família de três pessoas, o Jeep Compass 2017 pode agradar mais quem busca por um carro para atender uma família de quatro ou cinco pessoas, por exemplo.

Outro destaque do carro é a configuração diesel, que combina o bom, eficiente e moderno motor 2.0 Multijet de até 170 cv e 35,7 kgfm, com a transmissão automática de nove velocidades e também a tração 4×4 que opera sob demanda.

Além disso, ele oferece um bom nível de equipamentos desde a versão de entrada. Porém, somente nas configurações mais caras que você vai encontrar recursos como sete airbags, bancos em couro, central multimídia com tela de 8,4 polegadas e sensores de luz e chuva e outros opcionais como teto solar panorâmico, Park Assist, piloto automático adaptativo, sistema de som Beats, farol alto automático, monitoramento de mudança involuntária de faixa, aviso e prevenção de colisão frontal, entre outros.

Compass 2017 – versões

A Jeep comercializou o Compass linha 2017 nas versões de acabamento Sport, Longitude, Limited e Traihawk, sendo a primeira e a terceira somente com o motor 2.0 flex, a segunda com motor 2.0 flex ou 2.0 diesel e a última sempre com motorização 2.0 diesel.

Abaixo, você pode conferir a relação das cinco configurações do Jeep Compass:

  • Jeep Compass Sport 2.0 Flex AT
  • Jeep Compass Longitude 2.0 Flex AT
  • Jeep Compass Limited 2.0 Flex AT
  • Jeep Compass Longitude 2.0 Diesel AT 4×4
  • Jeep Compass Trailhawk 2.0 Diesel AT 4×4

Compass 2017 – equipamentos

Jeep Compass Sport

Segurança: airbags frontais, freio a disco nas quatro rodas com ABS, alarme, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em ramas, luzes de condução diurna, Panic break assist, faróis e lanterna traseira de neblina, faróis e lanternas com assinatura em LED, freio de estacionamento elétrico, controle de estabilidade para trailer, encosto de cabeça e cinto de três pontos para os cinco ocupantes, Isofix, monitoramento da pressão dos pneus, controle eletrônico anti capotamento, entre outros.

Conforto: direção elétrica, ar-condicionado, vidros elétricos nas quatro portas com one touch, travas elétricas das portas e porta-malas, retrovisores externos elétricos, sensor de estacionamento traseiro, chave tipo canivete com telecomando, banco traseiro bipartido e rebatível, banco do motorista com ajuste de altura, coluna de direção com regulagem de altura e profundidade, bolsa porta-objetos nos encostos dos bancos dianteiros, piloto automático, apoia-braço com porta-objetos, entre outros.

Visual e acabamento: repetidores de seta nos retrovisores, rodas de liga-leve de 17 polegadas, rack de teto na cor preta, revestimento externo nas colunas das portas, pavimento do porta-malas com revestimento duplo, entre outros.

Tecnologia: central multimídia com tela sensível ao toque de cinco polegadas, navegador GPS, comandos de voz, entrada USB, conexão Bluetooth e seis alto-falantes, painel de instrumentos com tela TFT de 3,5 polegadas, computador de bordo, entre outros.

Jeep Compass Longitude

Conforto: agrega chave presencial, partida do motor por botão, ar-condicionado automático digital de duas zonas, porta-objetos sob o assento do banco do passageiro, entre outros.

Visual e acabamento: recebe volante com revestimento em couro, friso cromado nas janelas laterais, rodas de liga-leve de 18 polegadas com desenho exclusivo, iluminação ambiente, alavanca de câmbio em couro, bancos revestidos em couro, entre outros.

Tecnologia: traz central multimídia com tela sensível ao toque de 8,4 polegadas, câmera de ré, paddle shifs no volante, entre outros.

Compass 2017: versões, preços, equipamentos, consumo, revisões

Jeep Compass Limited

Segurança: ganha airbags laterais, de cortina e para os joelhos do motorista e faróis de xenônio.

Conforto: recebe sensor de chuva e sensor de luminosidade.

Visual e acabamento: oferece rodas exclusivas aro 18, rack de teto com acabamento cromado e detalhes de acabamento internos exclusivos.

Tecnologia: ganha painel de instrumentos com tela TFT colorida de sete polegadas.

Jeep Compass Trailhawk

Segurança: incorpora detector de ponto cego e retrovisor interno eletrocrômico.

Visual e acabamento: ganha rodas de liga-leve aro 18 exclusivas, suspensão elevada, ganchos de fixação na dianteira e traseira, adesivo antirreflexo no capô, friso acetinado nas janelas traseiras, bancos em couro com costura vermelha, volante em couro com costura vermelha, rack de teto na cor cinza acetinado, protetores de tanque, transmissão e cárter, entre outros.

Tecnologia: oferece seletor de modos de condução.

Compass 2017: versões, preços, equipamentos, consumo, revisões

Compass 2017 – preços

Confira abaixo os preços do Compass quando ele era comercializado como 0 km pela Jeep entre 2016 e 2017 e, a seguir, os preços do SUV no mercado de usados em agosto de 2020 conforme a Tabela Fipe:

Jeep Compass 2017 0 km em 2016

  • Jeep Compass Sport 2.0 Flex AT: R$ 99.990
  • Jeep Compass Longitude 2.0 Flex AT: R$ 106.990
  • Jeep Compass Limited 2.0 Flex AT: R$ 124.990
  • Jeep Compass Longitude 2.0 Diesel AT 4×4: R$ 132.990
  • Jeep Compass Trailhawk 2.0 Diesel AT 4×4: R$ 149.990

Jeep Compass 2017 usado

  • Jeep Compass Sport 2.0 Flex AT: R$ 78.900
  • Jeep Compass Longitude 2.0 Flex AT: R$ 86.190
  • Jeep Compass Limited 2.0 Flex AT: R$ 92.400
  • Jeep Compass Longitude 2.0 Diesel AT 4×4: R$ 107.600
  • Jeep Compass Trailhawk 2.0 Diesel AT 4×4: R$ 121.000

Compass 2017 – cores

Veja abaixo as cores do Jeep Compass:

  • Azul Pacific
  • Branco Ambiente
  • Branco Polar
  • Cinza Antique
  • Prata Melfi
  • Preto Carbon
  • Preto Shadow
  • Vermelho Tribal

Compass 2017: versões, preços, equipamentos, consumo, revisões

Compass 2017 – motores

O Jeep Compass pode ser encontrado no mercado em versões com duas motorizações diferentes.

As variantes mais em conta do SUV médio são dotadas do motor 2.0 Tigershark flex. Importado do México, este motor conta com bloco e cabeçote de alumínio, duplo comando de válvulas no cabeçote e duplo variador de fase. Outro recurso é o sistema HCSS, que aquece o etanol em partidas a frio usando resistências elétricas, eliminando o tanquinho auxiliar de gasolina.

Ele consegue desenvolver 159 cavalos de potência com gasolina, a 6.200 rpm, e 166 cv com etanol, na mesma faixa de rotação. Já o torque é de 19,9 kgfm com gasolina e 20,5 kgfm com etanol, entregue a 4.000 giros – segundo a Jeep, 86% do torque máximo está disponível a partir dos 2.000 giros.

Junto a este propulsor está uma transmissão automática de seis velocidades. Esta caixa oferece trocas manuais pela alavanca ou, a partir do Compass Longitude, através de paddle shifts (ou “borboletas”) atrás do volante.

Neste caso, a tração é sempre dianteira 4×2.

Já os modelos mais caros do Jeep Compass 2017 escondem debaixo do capô o motor 2.0 Multijet II a diesel, o mesmo encontrado no irmão menor Jeep Renegade e também na “prima” Fiat Toro. Ele faz parte de uma família de motores do grupo FCA Fiat-Chrysler usados na Europa.

O propulsor conta com cabeçote de alumínio, bloco de ferro fundido, duplo comando de válvulas variável, turbocompressor de geometria variável, injeção direta de combustível e intercooler do tipo ar-água.

O Compass Diesel entrega potência máxima de 170 cavalos, a 3.750 rpm. Já o torque é de 35,7 kgfm, que aparece logo aos 1.750 giros.

Este modelo tem uma transmissão automática ZF 9HP de nove velocidades, que dispõe de modo Sport e paddle shifts atrás do volante para trocas manuais de marcha.

Outro grande diferencial do Jeep Compass Diesel é a tração integral Jeep Active Drive Low 4×4. Ela opera quase que o tempo todo com tração dianteira 4×2. A tração 4×4 entra em ação somente quando necessário – quando, por exemplo, uma das rodas dianteiras gira em falso onde o programa detecta a “falha” e acopla automaticamente o eixo traseiro.

Há também o sistema Selec-Terrain com até cinco modos: Auto (automático), Snow (neve), Sand/Mud (areia/lama) e o Rock (pedra), este último exclusivo da versão Trailhawk.

Compass 2017: versões, preços, equipamentos, consumo, revisões

Compass 2017 – consumo

Conforme as aferições do Inmetro no Programa Brasileiro de Etiquetagem, os números de consumo de combustível do Compass na cidade e na estrada são os seguintes:

Jeep Compass 2.0 Flex AT

Gasolina

  • Consumo de 8,1 km/l na cidade;
  • Consumo de 10,5 km/l na estrada.

Etanol

  • Consumo de 5,5 km/l na cidade;
  • Consumo de 7,2 km/l na estrada.

Jeep Compass 2.0 Diesel AT 4×4

Diesel

  • Consumo de 9,4 km/l na cidade;
  • Consumo de 11,5 km/l na estrada.

Compass 2017 – desempenho

A Jeep divulga os seguintes números de desempenho do Compass 2017 na aceleração de 0 a 100 km/h e a velocidade máxima:

Jeep Compass 2.0 Flex AT

Gasolina

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 10,9 segundos;
  • Velocidade máxima de 188 km/h.

Etanol

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 10,6 segundos;
  • Velocidade máxima de 192 km/h.

Jeep Compass 2.0 Diesel AT 4×4

Diesel

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 10 segundos;
  • Velocidade máxima de 194 km/h.

Compass 2017: versões, preços, equipamentos, consumo, revisões

Compass 2017 – manutenção e revisões

As revisões programadas do Jeep Compass acontecem num intervalo de 12 mil km rodados ou um ano no caso do modelo Flex ou 20 mil km rodados ou um ano no caso da configuração Diesel.

Veja abaixo os preços das revisões do Compass com a partir de três anos de uso:

Jeep Compass Flex

  • Revisão de 36.000 km ou 3 anos: R$ 906
  • Revisão de 48.000 km ou 4 anos: R$ 846
  • Revisão de 60.000 km ou 5 anos: R$ 1.721
  • Revisão de 72.000 km ou 6 anos: R$ 938

Jeep Compass Diesel

  • Revisão de 60.000 km ou 3 anos: R$ 1.709
  • Revisão de 80.000 km ou 4 anos: R$ 1.379
  • Revisão de 100.000 km ou 5 anos: R$ 1.509
  • Revisão de 120.000 km ou 6 anos: R$ 2.817

Compass 2017 – ficha técnica

Motor 2.0 Tigershark 2.0 Multijet
Tipo
Número de cilindros 4 em linha 4 em linha, turbo
Cilindrada em cm3 1995 1956
Válvulas 16 16
Taxa de compressão 10,6:1 16,5:1
Injeção eletrônica Indireta Flex Direta
Potência máxima 159/166 cv a 6.200 rpm (gasolina/etanol) 170 cv a 3.750 rpm (diesel)
Torque máximo 19,9/20,5 kgfm a 4.000 rpm (gasolina/etanol) 35,7 kgfm a 1.750 rpm (diesel)
Transmissão
Tipo Automática de 6 marchas Automática de 9 marchas
Tração
Tipo Dianteira 4×4 com reduzida
Direção
Tipo Elétrica Elétrica
Freios
Tipo Discos dianteiros e traseiros Discos dianteiros e traseiros
Suspensão
Dianteira McPherson McPherson
Traseira McPherson McPherson
Rodas e Pneus
Rodas Liga leve, aros 17, 18 ou 19 polegadas Liga leve, aros 17, 18 ou 19 polegadas
Pneus 225/60 R17, 225/55 R18 ou 235/50 R19 225/60 R17, 225/55 R18 ou 235/50 R19
Dimensões
Comprimento (mm) 4.416 4.416
Largura (mm) 1.819 1.819
Altura (mm) 1.635 1.635 ou 1.654 (Trailhawk)
Entre eixos (mm) 2.636 2.636
Capacidades
Porta-malas (L) 410 410 ou 388 (Trailhawk)
Tanque de combustível (L) 60 60
Carga (Kg) 400 400
Peso em ordem de marcha (Kg) 1.527 1.751
Coeficiente aerodinâmico (cx) ND ND

Compass 2017 – fotos

Leonardo Andrade

Leonardo atua no segmento automotivo há quase nove anos. Tem experiência/formação em administração de empresas, marketing digital e inbound marketing. Já foi colaborador em mais de sete portais do Brasil. Fissurado por carros, em especial pelo mercado e por essa transformação que o mundo automotivo está vivendo.