Mercado

Compass acelera e fica em quarto na primeira quinzena de julho

Compass acelera e fica em quarto na primeira quinzena de julho

O Jeep Compass se destacou na primeira quinzena de julho. O SUV da marca americana simplesmente alcançou a quarta posição no período, surpreendendo, pois, um utilitário esportivo raramente chega tão alto em posicionamento do mercado.


O Compass, com isso, se aproxima muito do Ka, que despencou em vendas e deixou o HB20 mais distante na segunda posição. O Kwid ficou em quinto, enquanto o Prisma fechou em sexto. O compacto da GM ainda é um produto de peso no mercado.

Próximo dele o Argo, seguido do Corolla. Polo e Gol fecharam o Top 10. No pelotão seguinte, Renegade e Creta aparecem próximos. Mobi, HR-V e Yaris surgem em seguida. O hatch voltou a emplacar mais que o sedã.

Ka Sedan e HB20S emplacaram mais que Virtus nesse período. O sedã compacto da VW estava em boa posição há alguns meses, mas vem sofrendo pressão de modelos menores e mais baratos. A Spin volta ao Top 20, fechando-o.


Compass acelera e fica em quarto na primeira quinzena de julho

A minivan da General Motors retoma as boas vendas, sendo um veículo com bons emplacamentos em venda direta.

Nos comerciais, Hilux mais uma vez na frente da Saveiro, enquanto a Amarok ficou abaixo da Fiorino e mais distante da Ranger. Oroch e Montana fecham o Top 10 dos comerciais. Depois, L200 à frente de Master e Frontier, sendo o HR o caminhão leve mais vendido, seguido do rival Delivery Express.

O Expert emplacou bem mais que o irmão Jumpy. O K2500 fica no meio deles, enquanto a Partner fecha o grupo.

Confira abaixo os 20 automóveis e 20 comerciais leves mais vendidos na primeira quinzena de julho de 2019:

Automóveis

  1. Onix – 7.242 unidades
  2. HB20 – 5.112
  3. Ka – 3.493
  4. Compass – 3.120
  5. Kwid – 2.930
  6. Prisma – 2.834
  7. Argo – 2.828
  8. Corolla – 2.794
  9. Polo – 2.744
  10. Gol – 2.687
  11. Renegade – 2.588
  12. Creta – 2.576
  13. Kicks – 2.298
  14. Mobi – 1.914
  15. HR-V – 1.829
  16. Yaris – 1.823
  17. Ka Sedan – 1.784
  18. HB20S – 1.598
  19. Virtus – 1.531
  20. Spin – 1.529

Comerciais leves

  1. Strada – 3.417 unidades
  2. Toro – 2.712
  3. Hilux – 1.829
  4. Saveiro – 1.653
  5. S10 – 1.390
  6. Ranger – 878
  7. Fiorino – 848
  8. Amarok – 780
  9. Oroch – 522
  10. Montana – 447
  11. L200 – 430
  12. Master – 366
  13. Frontier – 317
  14. HR – 246
  15. Ducato – 222
  16. Delivery Express – 128
  17. Expert – 114
  18. K2500 – 107
  19. Jumpy – 79
  20. Partner – 73

[Fonte: Fenabrave]

Compass acelera e fica em quarto na primeira quinzena de julho
Nota média 4.3 de 3 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Bruno

    A Renault que tinha emplacado 4 modelos no top 20 mês passado agora só o Kwid? Por mais que seja uma parcial, só comprovou que eram quase todos pra locadoras kkkk

    • Renault sempre deslancha no fim do mês. Para o varejo, realmente só o Kwid tem ido muito bem o mês inteiro.

    • Cesar

      Mas não é só ela. No fim do mês, reveja esta lista e verá que nada bate com nada.

  • Thyago Vieira Alves

    Tem que respeitar a Hilux…
    Motor mais fraco, menos tecnológica, mais cara e mesmo assim segue firme na ponta.

    • dallebu

      Ao invés de respeitar a Hilux eu faria um estudo antropológico na população que compra pra entender esse processo anti evolutivo.

      • Pedrob

        Meu sogro tinha uma Hilux SRX como carro para o trabalho (dia-a-dia) até o começo do ano, quando resolveu trocar num Compass Longitude Diesel. Hoje ele fala que só doido pra voltar pra Hilux, que é muito ultrapassada e que o Compass tá sendo muito melhor no dia-a-dia. O que me impressiona é que ele, até vender a Hilux, defendia com unhas e dentes o carro e usava a marca Toyota pra justificar qualquer coisa. Acho que isso explica um pouco do motivo da força da marca, as pessoas não pensam direito, nem mesmo cogitam outra marca, tudo por conta de uma “Aura” criada em torno da Toyota (e Honda). Óbviamente essas marcas têm um histórico sólido de produtos robustos, mas é difícil justificar o valor cobrado!

        • EGITO

          Isso é natural acontecer quando trocamos de carro,temos sempre a senssaçao que o novo émuito melhor do antecessor mas na verdade sabemos que HILUX esta muito a frente como produto em relaçao ao COMPASS

          • Cesar

            Mas o Compass não capota como a Hilux

          • Miguel

            A única coisa melhor (estamos falando de veículos diferentes) é que a Hilux é feita pra trabalho pesado também, em questão de conforto e dirigibilidade o Compass Diesel está muito à frente.

            Como produto eu acho a Toyota um remendo em cima de remendo, com aura de carro premium.

            • vi.22

              O compass e um carro excelente, mto bem equilibrado e acertado em todos sentidos, anda bem, econômico , macio, curva surpreendentemente e um acabamento de qualidade…

              • Magnamox

                Poxa vida, eu não tenho nenhum colega que tenha o Compass, mas pelas opiniões do pessoal no site Carros na web, só tem reclamação dele, e tudo ao contrario do que voce falou…. Minha irmã já andou em um Compass da chefe dela e não achou nada de espetacular (isso porque ela tem um Celta).

                • Vinícius

                  Concordo com você, ao meu ver a maioria das pessoas que elogiam o Compass não possuem o veículo. Eu costumo sempre olhar o Carros na Web para ver opiniões de donos, lá sempre há centenas de opiniões e é bem confiável. Conclusão: O carro não é nada confiável!

                • Miguel

                  Meu problema com o Compass é mais a versão flex, que não tem um conjunto motriz condizente com o carro e é mais gastador, no Diesel acho bem poucos defeitos.

                  Lembrei agora também que o Compass (como quase todo veículo novo fabricado aqui) teve aquela infinidade de recalls.
                  Talvez esses defeitos tenham gerado as reclamações que vemos do carro, e espero que nos modelos 2019/20 elas estejam totalmente sanadas. (deixando claro q isso não é uma defesa dos problemas, apenas uma análise).

                  Meus conhecidos gostam do carro, nunca reclamaram de nada, se bem que o deles é 2019. Veremos!

                • vi.22

                  Viajei em um diesel e só não compro pq N tenho condição por ser mto caro,
                  Não sei das exigencias de cada um e o que a pessoa valoriza, mas no meu caso axei um carro bastante interessante . Como ex proprietário de uma grande diversidade de carros e marcas, RAM 2500, 300C, TRITON, HILUX , SAVEIRO, PASSAT, ECLIPSE,M3 ETC..

                  • Ernesto

                    Com ex proprietário de carros bacanas como esses, hoje você não tem condições de comprar um Compass Diesel?

                    • T1000

                      Ele ao falou os anos dos carros srsrsr

                    • vi.22

                      Eis a questão, fui proprietário da maioria quando morava nos EUA , aqui no Brasil tenho outras prioridades,acabei de desfazer de uma saveiro Cross para comprar outro caminhão, me desfiz da RAM pra comprar um terreno, vendi o 300C pra comprar u. Comércio, etc..

                    • Ernesto

                      Você está certo. As prioridades mudam com o passar dos anos.

                  • Magnamox

                    Creio que a versão a Diesel seja a melhor opção de conjunto, mas os preços no Brasil não ajudam muito na aquisição.

            • what_the_hell??

              Também só recomendaria a Toyota para quem faz uso extremo do carro: usa muito o carro e em estradas de terra muito ruins. Nos outros 95% dos casos eu recomendaria o Compass sem sombra de dúvidas! Inclusive ele tem preços bem interessantes para PJ na versão Diesel!

          • Mr Rafael

            A única superioridade da Hilux em relação ao compass é a utilidade ( o que não e exclusivo dela , mas sim do segmento ) porque de resto , o Jeep tem mecânica , tecnologia , refinamento , conforto , segurança infinitamente superiores a Hilux …

            • Samuel Jesus de Sousa

              Esse EGITO aí parou no tempo…

            • Ernesto

              Me parece que o Compass tem problemas crônicos de parte elétrica. Li isso em alguma matéria, se não me engano, aqui mesmo no NA, aquele que fala de problemas e defeitos. Engraçado que pouco tempo depois vejo perto de casa uma, versão diesel, com a capota aberta. O carro não queria pegar de jeito nenhum.
              Não creio que os carros da Toyota tenham problemas de parte elétrica. Pelo menos eu nunca ouvi falar.

              • Mr Rafael

                Ter até tem , não igual o compass , mas são carros muito espartanos , não tem muito pra dar problema elétrico .

                • Ernesto

                  Verdade. E todo Compass é completão, com todos os opcionais possíveis.

        • André Luis Versiani

          Meu vizinho tinha uma SW4 e fez a mesma troca e disse o mesmo, “o Compass é mais confiável para viajar e não aderna nas curvas”

        • Thyago Vieira Alves

          Comparar um suv com pick-up não tem muita lógica, a hilux foi feita pra carregar 1 tonelada, mesmo que poucos façam uso da caçamba ela foi projetada pra isso e não exclusivamente para o conforto. A SW$ tem uma tocada bem diferente da hilux. Sobre o Compass acho excelente, confortável, bons acabamentos, bonitão e moderno.

    • Emanuel Schott

      Motor mais fraco, mas por outro lado mais robusto, econômico e valorizado. Tá aí a receita da Hilux, 0 a 100 não é tudo.

      • Mr Rafael

        Não justifica cobrar tão caro por algo que deveria ser obrigação : confiabilidade !

        • Emanuel Schott

          Preço é bem semelhante a concorrência.

          • Mr Rafael

            Na verdade a Hilux é a mais cara , mais defasada e espartana das picapes … custa muito menos para a Toyota do que amarok , ranger e até s10 para suas respectivas fabricantes .

  • Chris

    Cadê o T-CROSS? Me parece que este modelo da VW terá dificuldades em alavancar nas vendas.

    • Cesar

      Na segunda quinzena a Localiza vai dar uma força ou a VW vai obrigar as 600 concessionarias a comprarem um cada uma pelo menos.

    • Matafuego

      A relação preço/acabamento não ajuda nas vendas

      • Miguel

        Não vale nem a pena continuar falando do acabamento, porque eu vejo cada review… e o interior, com aquele plástico vagabundo (até na versão de 120 mil ) é um deboche. Só louco entra num Jeep e depois volta pra comprar um T-Cross.
        Claro q de motor ele é bom, que pra mim é a única coisa que se salva.

        • Matafuego

          Não digo louco, mas só leva o T-Cross quem realmente está interessado no conjunto motriz. Dá tristeza olhar para a qualidade dos plásticos do painel. Acho até que a VW vai atencipar o facelift de meia vida para consertar o interior.

          • Miguel

            Concordo, se continuar vendendo abaixo do esperado, ou a VW se mexe ou o carro vai ser esquecido e ultrapassado pela concorrência.

          • Dherik

            Eu sou fã dos motores TSI (tive um up! TSI e sinto saudades), mas nem assim eu pegaria um T-Cross.

    • EGITO

      A VW deve estar perguntando tambem!!1

    • Lucas de Lucca

      Terá não, está tendo… desde o lançamento. Preços absurdos vs acabamento duvidoso. Só o pessoal da VW mesmo que achou que colocar TSI iria salvar o modelo.

      • Chris

        É verdade, o público que compra carros nessa faixa de preço, dificilmente deixaria de pegar um HRV, ou até mesmo Creta e Renegade, para pegar o T-cross por causa do TSI. Particularmente acho que iria de HR-V 1.8. Acabamento em modelos abaixo do Passat e até do Jetta não é o forte da VW. Achava o polo/virtus bem bacana, até ver pessoalmente, desisti na mesma hora.

        • Gran RS 78

          Verdade, pois meu cunhado comprou um Virtus highline completo, inclusive com painel digital configurável,que por sinal é muito bonito, mas não dá para aceitar aquele acabamento porco, todo em plástico duro e com uma aparência de carro popular, por um modelo que custou quase 85 mil reais.

          • Chris

            E eu que fui olhar comfortline e a msi automática, essas que possuem um acabamento inferior a highline, alguns concorrentes usam também plástico duro, mas ao menos disfarçam com texturas e colorações diferentes. A beats com interior todo preto disfarça bem, mas aquele vermelho mata o painel, fosse ao menos preto também.

      • Matthew

        Acho que o preço está pesando bem mais que o acabamento. Começa em 85 mil cruzeiros e logo em seguida salta pra $ 95k pelo câmbio automático de fundamental importância no segmento. Era pra começar no máximo em R$ 75.000,00 na manual e por volta dos 80 mil reais com caixa automática. Dizem que a versão Highline tá vendendo super bem.
        Aliás, está parcial de julho mostra que são os mais pobres que não estão conseguindo retomar a compra de veículos zero quilômetro. O Compass em quarto lugar é carro de gente abonada. O Onix, primeiro colocado em vendas, tem mês que não chega a 20 mil unidades vendidas, e dificilmente o segundo colocado atinge as 10 mil.
        Quando Fiat e VW disputavam a liderança do mercado, era Gol vendendo 26k/mês e o Palio perseguindo com 23k/mês. Abaixo deles tinha pelo menos uma meia dúzia de modelos que vendia entre 10 e 20 mil unidades/mês.

        • T1000

          Não exagera amigo, era sempre gol com 16 a 20 mil e o segundo colocado bem distante, sendo 9 ou 10 mil, depois, ladeira abaixo.

          • Matthew

            Tem exagero nenhum, brother. Os dados estão disponíveis na internet para qualquer pessoa verificar. Gol vendia entre 20 e 25 mil unidades mês, com picos de quase 30 mil. Em dezembro de 2010 teve 7 modelos que venderam mais de 10 mil unidades.

    • Jeanphil

      Exatamente… o T-Cross é um carro que desperta muito interesse, o que não se traduz em um sucesso de vendas. O valor e o acabamento simples estão dificultando a vida deste SUV…

  • Rodrigo

    Compass e Corolla estão com condições muito boas de venda (pelo menos aqui em São Paulo), acho que por isso estão bem colocados no ranking.

    • Gran RS 78

      Sem contar o Renegade, que está sendo oferecido nas concessionárias da marca, na versão de entrada automática por 72 mil reais Okm. Preço muito interessante perto dos concorrentes diretos dele.

      • Essa versão do Renegade de R$ 72.990 é a Custom, que conforme a marca, não emplacou e está vendendo menos de 3% do total consolidado. Renegade embalou nas vendas diretas, especialmente com as locadoras, uma vez que está substituindo vários modelos no plantel delas (Ecosport, 2008, Duster 2.0, Renegade antigo e etc…). Mérito da FCA, que realmente manda bem na política de vendas diretas (digo com propriedade, pois peguei um Compass Longitude como CNPJ, com desconto arrebatador e financiamento longo com pouco juros).

        • Miguel

          Bom saber!
          É muito burocrático fazer uma compra no CNPJ?
          Estou pensando nisso, mas devem ter algumas exigências para conseguir tirar pela empresa, não?
          Perguntei pra vendedora aqui no RJ e ela me disse que a alíquota máxima seria 14%.

          • Peguei com 21% de desconto. Foi simples, quase igual uma compra normal. Só foi necessário apresentar as documentações e fazer o faturamento a fábrica.

            • Ernesto

              21% é um belíssimo desconto. O máximo que eu havia visto de desconto para PJ seriam 20%, no caso, a Montana.

              • Na Peugeot, o desconto para o 2008 chega a 22,5% na versão Griffe, e o Captur Intense 2.0 AT tem 21%. Ford tem 20,5% no Ecosport Storm também. O Renegade, tem até 19% de desconto na versão Limited. O melhor desconto que encontrei foi na Fiat Toro, com 24,5%.

  • Vinícius Sza

    Meu um SUV de mais de 90 mil reais como o Compass vende mais que vários compactos. De cara

    • Robinho

      pois é…estou tão surpreso quanto…

      • EGITO

        Isso nao é surpresa pq o mercado consumidor de automoveis no Brasil se resume a duas categorias a saber:OS RICOS E AS LOCADORAS por isso COMPASS e ONIX sao os lideres

        • 4lex5andro

          Sem entrar no debate (que nem é o escopo do site) socialismo vs. capitalismo, sociedade de classes vs. economia de mercado…

          O Brasil historicamente, sempre se caracterizou por ter um mercado consumidor (de zero km), muito segmentado (funças de federais/estatais, políticos, médio-alto empresariado e locadoras) e pouco pulverizado, explicado pelo acesso elitizado á crédito acessível ou financiamentos com juros civilizados.

          Lembre-se que em plena era de hiperinflação e pós-recessão (80’s), o modelo mais vendido no país era o Monza (equivalente ao Cruze hoje), com o Escort (um Focus, seu equivalente Ford hoje) entre os 5 primeiros também.

          • Matthew

            Na verdade tem a ver com a crise econômica pela qual nós passamos, assim como foi na década de 80. O rico continua comprando carro zero quilômetro enquanto o restante da população compra menos ou simplesmente adia a compra sabe-se lá pra quando.
            Quando Fiat e VW disputavam a liderança do mercado automotivo brasileiro nos nos tempos de bonança, o Gol emplacava fácil 27 mil unidades/mês e o Palio perseguia com média de 24 mil unidades/mês.
            Hoje o líder do mercado, Onix, tem mês que não consegue chegar nas 20 mil unidades, enquanto o segundo colocado, quando chega nas 10 mil, é por margem pequena, no máximo 12 mil carros num mês bom.

            • Emanuel Schott

              Tem nada a ver com crise. Carros de segmentos superiores sempre rondaram os mais vendidos. Em 98 Vectra foi o quinto mais vendido, o Marea o 13° e o Civic o 14°.

              O Monza (espécie de Cruze) liderou de 84 a 87.

              Hoje basicamente quem compra esses carros é locadora e empresas. As picapes tomam a preferência de produtores rurais. Tudo isso é vendido com desconto e juros baixíssimos.

        • Julio Alvarez

          O Brasil tem 209 milhões de habitantes. Se 2% forem os “ricos” do seu comentário, já dá 4 milhões de abastados, o que é muito. Basta 0,075% desse povo ter gostado do Compass e comprado na quinzena.

          • Vou mais longe para concordar com seu comentário. Dizem que 1 por cento da população detém 70 por cento da riqueza no Brasil. Isso significa que de cada 100 pessoas uma desse grupo ganha o mesmo que as 70 pessoas mais pobres desse grupo de 100. Agora imagine uma pessoa muito pobre que ganhe somente 200 reais por mês e multiplique por 70 o que dá uma renda de 14 mil mês. Por mais que muita gente ganhe pouco no Brasil devemos lembrar que de cada 100 pessoas uma ganha o equivalente a soma de 70 pessoas pobres.

        • Freaky Boss

          atualmente é essa leitura que faço também. Para carros 0 km.

    • Vitor

      A JEEP é uma grife em seu segmento, só isso já justifica a maior parte de suas vendas. É uma marca que se vende.
      E lógico que é um produto que tem suas qualidades, não é só marca.
      Fora isso houve uma concentração de venda em torno desse modelo, o Compass vende bem mais que a maioria dos concorrentes.

      Nos anos 90 o Crerokee já vendeu bem e era proporcionalmente mais caro que os Compass mais baratos, isso já mostrava o petencial da JEEP no Brasil, aí era só lançar um modelo razoávelmente acessíve.

    • Pablo Henrique

      Mais de 90k vc ainda pegou leve… Mais de 110…

  • Lyn

    [OFF] Argo levou 3 estrelas no Latin n cap e o Etios manteve as 4 estrelas.

    Equipados com 2 airbags, Argo e Cronos apresentaram proteção considerada “fraca” no peito do adulto no impacto lateral.

    Fabricado no Brasil, o Etios possui dois airbags frontais e controle de estabilidade. A estrutura do veículo e a área dos pés foram consideradas instáveis pelo Latin Ncap. No entanto, mostrou-se “marginal” a boa proteção em ambos os ocupantes adultos na batida frontal e lateral.

    Por ter o Lembrete do Uso do Cinto de Segurança (SBR), em ambos os assentos dianteiros, e o controle de estabilidade, o Etios conseguiu alcançar as 4 estrelas para a proteção do adulto.

    • MauroRF

      Na verdade, Etios melhorou porque era 4 estrelas no protocolo antigo, agora são 4 no novo. O problema é saber quando o Etios e o Argo foram reforçados para alcançar essa nota. Foram reforçados na linha 2018/2019, na 2019/2019 ou apena agora na 2019/2020? Entende o que quero dizer?

    • Ernesto

      Sério isso do Argo? Muita gente falava que ele teria 5 estrelas!

      • Tibúrcio

        O teste foi efetuado com a versão de maior volume, sem controle de estabilidade e tração e com apenas dois airbags.
        Com o ESC e 4 airbags como nas versões caras, seria 5 estrelas. Maaas, não são itens de série, então…

        • SDS SP

          Não, porque a estrutura foi considerada instável. Não há airbags ou controles eletrônicos que resolva isso.
          Achei decepcionante essa pontuação para um carro dito de construção moderna.

          • Tibúrcio

            A estrutura foi borderline, então consideraram instável.
            Indicaram que melhorias são possíveis.
            Se você visse o crash de qualquer um desses carros novos sem o relatório junto, duvido que saberia indicar qual seria instável.

        • Chris

          Em algumas versões o controle de estabilidade e tração são de série. estranho terem escolhido a versão de entrada, quando fizeram a do polo fizeram com a versão que contava com o controle de tração e estabilidade, que era opcional das versões MPI e MSI.

          • Tibúrcio

            Aí conta o jabá.

      • Emanuel Schott

        Falavam que teria no máximo 3 devido a falta de airbags laterais e controles de estabilidade e tração nas versões de entrada e foi justamente isso que aconteceu.

        • Ernesto

          Bom, não sei de quem você leu isso, mas o pessoal aqui, a maioria que opinava, falava que ele teria nota máxima.

    • EGITO

      Nem adianta vc falar , Pq aqui tem uma manada que tem na mente apenas 2 siglas: TSI e MQB sao duas “cenouras” na frente dos burros

      • Lucas de Lucca

        O haterismo seu pela VW te faz associar TSI e MQB com nota de Latin NCAP do Argo/Cronos? Vai se tratar amigo. Ou compra um VW, as vezes é só vontade de sair do armário.

        ps.: todo veículo que vi o teste na MQB até agora ganhou 5 estrelas. Fale o que quiser, mas a plataforma é segura.

        • EGITO

          Em nenhum momento eu fiz associaçao nenhuma,vc deveria se alfabetizar funcionalmente,e esse comentario seu “prova” o que eu disse

          • Lucas de Lucca

            Você é burro? O cara falando de nota do FIAT Argo/Cronos e você vindo falar de TSI e MQB. Se isso não é associar é o que? E ainda eu que preciso me alfabetizar. Putz… cada dia que passa encontro mais retardados nessa internet. Chega de NA por hoje.

            • EGITO

              kkkkkk realmente me desculpe vc nao é analfabeto funcional,vc é estrutural ,pq nem leu pra quem meu comentario foi feito,e muito menos o que ele escreveu,entao,quando vc pedir pra alguem ler alguma coisa pra vc pede pra ler direito pra vc nao passar vergonha

              • Lucas de Lucca

                Seu reply foi para o Lyn conforme consta ali para esse tópico:

                “[OFF] Argo levou 3 estrelas no Latin n cap e o Etios manteve as 4 estrelas.

                Equipados com 2 airbags, Argo e Cronos apresentaram proteção considerada “fraca” no peito do adulto no impacto lateral.

                Fabricado no Brasil, o Etios possui dois airbags frontais e controle de estabilidade. A estrutura do veículo e a área dos pés foram consideradas instáveis pelo Latin Ncap. No entanto, mostrou-se “marginal” a boa proteção em ambos os ocupantes adultos na batida frontal e lateral.

                Por ter o Lembrete do Uso do Cinto de Segurança (SBR), em ambos os assentos dianteiros, e o controle de estabilidade, o Etios conseguiu alcançar as 4 estrelas para a proteção do adulto.”

                O QUE ISSO TEM A VER COM TSI, MQB, VW????????????????????? Se você me explicar te juro que me retrato.

                • EGITO

                  Entao vamos direto para a “moral da historia” o que eu quis dizer é que exsitem os fãs da marca ,mais que isso,os fanaticos da marca que nao “enchergam” esas qualidades em segurança em outros modelos , e agora te explicando o pq citei a sigla TSI Entendeu TSi MQB VW Agora se mesmo assim vc nao entendeu,deixa pra la,aproveita o horario e vai ver algum programa de culinaria

                  • Lucas de Lucca

                    Ou seja, você trouxe o assunto TSI e MQB onde nada tinha a ver como eu citei desde o início. Ninguém falou disso, ninguém disse que somente os carros com MQB são seguros, você que problematizou e puxou esse assunto. Esquece a VW cara, ser fanboy é uma bost@ mas ser hater é tão ruim quanto.

        • Ernesto

          Esse cara não tinha sido banido do NA?

          • Lucas de Lucca

            To sabendo não Ernesto hahahaha
            Eu me lembro que antes ele chamava JOSE DO EGITO, agora está só EGITO, pode ser account nova.

            • EGITO

              sim sou eu mesmo ,mas graças a tecnologia estou aqui novamente

            • Ernesto

              Isso mesmo! E ele confirmou que foi banido duas vezes. E está louco para ser banido pela terceira vez! Vai pedir música no Fantástico! Rsrsrsrs

              • Lucas de Lucca

                Rsrsrs cada uma.

          • EGITO

            sim fui banido 2 vezes mas graças a tecnologia estou aqui novamente

          • Jeanphil

            Será que o “EGITO” é um arqui-inimigo do “Carlos4Carros”? E pq essa tara pelo Egito?

            • Ernesto

              Bom, estou vendo que você editou a sua resposta. Sinceramente, nem sei porque você perguntou sobre “essa tara pelo Egito”. Se comentei umas 2 ou 3 vezes algo que ele escreveu, é muito. Está me confundindo com outra pessoa que tenha tara por ele.

              • Jeanphil

                Comentei sobre a tara do próprio “José do Egito” pelo Egito…e não a sua tara. Editei pq tinha ficado ambíguo mesmo.

                • Ernesto

                  Opa, peço desculpas então! Achei que estava se referindo a mim.
                  Abs

                  • Jeanphil

                    Tranquilo!

    • Vae Victis

      O ADAC (Allgemeiner Deutscher Automobil-Club), como de costume, fornece um teste manipulado.
      No teste frontal o carro é pressionado contra a parede pelo seu próprio peso, então é óbvio que um sedan sofre danos mais sérios do que um hatch.
      Na prova lateral pelo contrário é o sedan que é mais resistente, graças à forma do teto na parte traseira.
      Aqui estão os testes feitos pelo ADAC:
      Fiat Argo, 2 aribags, sem ESC : só fiz o teste lateral
      VW Polo, 4 aribags, com ESC : só fiz o teste frontal (porque?)
      Fiat Cronos, 2 aribags, sem ESC : só fiz o teste frontal
      VW Virtus, 4 aribags, com ESC : só fiz o teste lateral (porque?)

      • tiago

        Mas isso é decisão da ADAC?

        • Vae Victis

          Eu acho que é para economizar dinheiro e fazer um único teste que é válido para 2 modelos, mas desta forma é impossível comparar o teste do Etios com o teste do Virtus.

          • tiago

            De qualquer maneira acho que a Latin-ncap deveria testar em mais laboratórios, não só na ADAC.

      • Emanuel Schott

        $era que rolou algo a mais? É bem estranho usarem ESC nos VW e não nos Fiat sendo que em todos é opcional mas versões de entrada.

        Se eu fosse a Fiat, mandava refazer isso do jeito certo, pelo menos em igualdade de condições, ou metia o processinho pra cima.

  • Rogério R.

    Rapaz! O Compass em 4o lugar, ou o povo tá com grana nesse mês ou algum setor público resolveu sair para as compras.

    • Cesar

      Saiu a metade do 13º.

    • Matthew

      Na verdade é claro sinal de que o país está quebrado. Na década de 1980 o Monza foi o carro mais vendido do mercado durante três anos consecutivos. Tínhamos enriquecido, finalmente? Não, na crise o pobre deixar de comprar veículo zero mas os ricos continuam comprando.
      No período atual ainda tem o agravante dos transportes por aplicativos, alternativa razoável ao veículo próprio, sobretudo para as pessoas que o encaram apenas como meio de transporte.

      • Francis Alves

        boa…

    • Miguel

      Só aqui de conhecidos esse mês foram 3 pessoas, mais um amigo que comprou ano passado.

      Eu fui na concessionária, fiz um test-drive na Limited e realmente ele é muito confortável, fora o acabamento interno que é muito bom. Vi o painel emborrachado, a multimídia boa, as portas são de couro e emborrachadas na parte de cima.

      O flex não é melhor motor, mas pelo visto não tem ninguém preocupado com isso…rs

    • Lucas

      Financiamento de 60x responde a sua pergunta.

      • Rogério R.

        Talvez, mas não significa muito. Ainda mais que existem pessoas que financiam carros populares.

      • Matthew

        Errado. Pessoal fica papagaiando essa história do parcelamento em 60x como se fosse uma tremenda falta de responsabilidade por parte das instituições financeiras que concedem o crédito e por parte dos consumidores tomadores do crédito, a “farra do consumo” sem base concreta. Primeiro, desde a eclosão da crise os critérios para concessão de crédito ao consumidor estão muito mais restritos; exigem entrada mínima e os planos têm sido de 48 vezes. Segundo, o fato da pessoa tomar crédito não a torna inadimplente se ela pagar as prestações em dia. Em qualquer lugar do mundo as pessoas utilizam crédito para consumo, não é irresponsabilidade do brasileiro que quer levar vantagem em tudo. Não existe país no qual 90% das pessoas compram o carro em dinheiro à vista.

        • Lucas

          Mas quem está dizendo tudo isso é você. O meu ponto aqui é que as pessoas se endividam, comprometendo parte considerável dos ganhos mensais, a fim de andar no carro da moda e mostrar pro vizinho. Faça um teste: Vá no OLX e pergunte pros donos dos Compass anunciados se eles estão quitados. Você vai se surpreender com a quantidade de veículos com 30, 40 parcelas pendentes sendo vendidos com urgência.
          Esse fenômeno de empenhamento irresponsável do que se recebe reflete a ignorância financeira do nosso povo, que valoriza muito mais o aspecto subjetivo de valor agregado à marcas e modelos, em detrimento da real função de um carro, que é a de levar e trazer, pra isso arriscando, em muitas vezes, metade do salário ou perto disso.
          Lembrando que não estou criticando a concessão e aquisição de crédito de forma consciente e nem a compra irracional por sí sós, mas a burrice de quem jamais se utiliza do seu juízo ou racionalidade na hora de adquirir carros, que é o caso do brasileiro médio. Pra essas pessoas, basta a parcela “caber” no bolso naquele mês específico da compra, sem levar em consideração oscilações econômicas, inflação, probabilidade de cortes salarias, aposentadoria, gastos extras com saúde, desvalorização do bem, dispêndios com manutenção, seguro e licenciamiento etc etc etc.
          Contando rapidamente uma experiência pessoal: No meio de 2016 fui comprar uma SW4 seminova, que é o carro símbolo máximo de status da classe média nesse país (seminova porque é o que eu tinha condições de comprar à vista). Fui atrás de 5 anúncios, sendo que em 3 deles o veículo estava alienado. No caso mais curioso, o de uma SW4 11-12 com mais de 6 anos de estrada, o dono precisava de 60.000 reais pra quitar o carro, mas já estava com uma da geração nova a caminho, também financiada a se perder de vista. Então é desse jeito: Se a pessoa aceita pagar 320 mil reais parcelados num carro que vale 200 mil e vai ser vendido por 100 mil, não tem condições econômicas de ter o bem e entra no rol de seres primitivos, rudes e carentes de bom senso que eu critiquei no post original.
          Espero ter sido mais claro.

          • Matthew

            Show de bola!

          • T1000

            Rapaz, olx é surreal; vi esses dias um cruze 2014, o cara queria 30mil para repassar um financiamento eterno; Somei as parcelas, dava o valor de um cruze zero.
            Ô gente com dedo podre pra fazer negócio.

      • Fernando Gabriel

        Além de pagarem a Fipe no Usado.

    • Emanuel Schott

      Locadora meu caro padawan. Pessoal tá com grana não, são as locadoras que mantém a Jeep. Os dois modelos dela tem alto volume de vendas direta.

  • KARATEOLIMPIADASTOKIO

    Etios melhorou no novo teste Latin N cap

  • Zé Mundico

    Fiquem frios, a partir de agosto começam as queimas de estoque e liquidações para desocupar as concessionárias. Talvez alguma promoção com desconto, prazo ou algum brinde, geralmente é quando as montadoras resolvem dar uma ajudinha as concessionárias. Fim de ano chegando, contas e impostos para pagar….

  • savedog

    A FORD….COITADA !!!! 2 CARROS ENTRE OS TOP 20 E OS DOIS DE ENTRADA DA MARCA…. A OUTRA COITADA VW COM DOIS CARROS ENTRE OS TOP 20 , SENDO O PRIMEIRO SO EM 10…PRA QUEM DOMINAVA O MERCADO……KKKKKKK FAZ CAMBIO AUTOMATICO RUIM DONA FORD …FAZ …..

  • Zé Mundico

    Será que a Fiat já resolveu o problema elétrico do Compass, que faz o carro apagar e travar do nada?
    Muita gente reclamando disso….apagão de Fiat ninguém merece.

  • Diego G. de Lima

    Yaris lá embaixo, Fit nem apareceu. As japas tão precisando descer do saltinho.

  • Michel

    Veja os 100 automóveis e comerciais leves mais vendidos em julho de 2019 (parciais/quinzena):

    Rank. – Modelo – Parcial – Julho/2019

    1 GM/ONIX 7.242

    2 HYUNDAI/HB20 5.112

    3 FORD/KA 3.493

    4 FIAT/STRADA 3.417

    5 JEEP/COMPASS 3.120

    6 RENAULT/KWID 2.930

    7 GM/PRISMA 2.834

    8 FIAT/ARGO 2.828

    9 TOYOTA/COROLLA 2.794

    10 VW/POLO 2.744

    11 FIAT/TORO 2.712

    12 VW/GOL 2.687

    13 JEEP/RENEGADE 2.588

    14 HYUNDAI/CRETA 2.576

    15 NISSAN/KICKS 2.298

    16 FIAT/MOBI 1.914

    17 HONDA/HR-V 1.829

    18 TOYOTA/HILUX 1.829

    19 TOYOTA/YARIS HB 1.823

    20 FORD/KA SEDAN 1.784

    21 VW/SAVEIRO 1.653

    22 HYUNDAI/HB20S 1.598

    23 VW/VIRTUS 1.531

    24 GM/SPIN 1.529

    25 VW/FOX 1.415

    26 GM/S10 1.390

    27 VW/T CROSS 1.325

    28 TOYOTA/YARIS SEDAN 1.231

    29 FORD/ECOSPORT 1.190

    30 RENAULT/CAPTUR 1.080

    31 HONDA/CIVIC 1.058

    32 FIAT/UNO 1.057

    33 NISSAN/VERSA 878

    34 FORD/RANGER 878

    35 HONDA/FIT 874

    36 TOYOTA/ETIOS HB 866

    37 FIAT/FIORINO 848

    38 VW/VOYAGE 818

    39 VW/AMAROK 780

    40 RENAULT/DUSTER 771

    41 CITROEN/C4 CACTUS 707

    42 FIAT/SIENA 704

    43 GM/CRUZE SEDAN 666

    44 RENAULT/SANDERO 648

    45 GM/TRACKER 644

    46 FIAT/CRONOS 598

    47 TOYOTA/HILUX SW4 582

    48 VW/UP 547

    49 TOYOTA/ETIOS SEDAN 543

    50 GM/COBALT 538

    51 VW/TIGUAN 538

    52 RENAULT/OROCH 522

    53 HONDA/CITY 504

    54 VW/JETTA 494

    55 HONDA/WR-V 484

    56 GM/MONTANA 447

    57 MITSUBISHI/L200 430

    58 PEUGEOT/2008 420

    59 TOYOTA/RAV4 407

    60 RENAULT/MASTER 366

    61 NISSAN/FRONTIER 317

    62 NISSAN/MARCH 308

    63 CHERY/TIGGO 5X 301

    64 HYUNDAI/IX35 258

    65 PEUGEOT/208 252

    66 HYUNDAI/HR 246

    67 FIAT/DOBLO 227

    68 FIAT/DUCATO 222

    69 CHERY/TIGGO 209

    70 KIA/SPORTAGE 202

    71 GM/TRAILBLAZER 187

    72 RENAULT/LOGAN 175

    73 VOLVO/XC60 157

    74 GM/EQUINOX 153

    75 GM/CRUZE HB 152

    76 BMW/X1 144

    77 FORD/FIESTA 137

    78 VW/EXPRESS 128

    79 CHERY/ARRIZO 5 127

    80 CITROEN/AIRCROSS 118

    81 HYUNDAI/TUCSON 117

    82 MITSUBISHI/PAJERO 114

    83 PEUGEOT/EXPERT 114

    84 MITSUBISHI/ASX 113

    85 CITROEN/C3 111

    86 LAND ROVER/DISCOVERY 111

    87 CITROEN/C4L 108

    88 KIA/K2500 107

    89 PEUGEOT/3008 102

    90 M.BENZ/CLASSE C 101

    91 AUDI/A3 SEDAN 101

    92 MITSUBISHI/ECLIPSE CROSS 95

    93 M.BENZ/CLASSE GLA 93

    94 NISSAN/SENTRA 91

    95 CHERY/TIGGO 7 88

    96 VOLVO/XC40 86

    97 SUZUKI/JIMNY 82

    98 CITROEN/JUMPY 79

    99 PEUGEOT/PARTNER 73

    100 IVECO/DAILY 35S14 70

  • Agnaldo Gastaldi

    Isso indica a perda do poder de compra da classe trabalhadora em detrimento da classe burguesa. Representação em números da decadência de um país aonde o pobre tinha poder de compra

    • Kkkkkkkkkkkkk!

      • Eduardo Ferraz Pacheco

        A esquerda vai chorar o ano todo kkkkkk

        • Agnaldo Gastaldi

          Quem chora é a classe trabalhadora

          • Lucas

            Porque quem compra Compass é burguês. Temos 3120 novos donos de meios de produção a cada 15 dias no Brasil… Patético.

  • F30FLORIPA

    Novo Jetta é um fiasco em vendas, está vendendo MUITO menos q seus concorrentes Cruze e Civic.
    Vendendo até menos que o City e o medonho Oroch

    • Clementino Zelador

      Pois é, tá vendendo até menos que Kwid e Onix.

    • Eu que sou proprietário de um Jetta da geração anterior (1.4 TSI) entendo perfeitamente… aumentaram absurdamente o preço dele sem nada que justificasse (apenas pelo fato de ser um novo modelo). Se antes era uma compra interessante frente aos concorrentes (motor turbo, suspensão multilink, acabamento interno, etc), hoje em dia não há nada que deixe ele em vantagem.

    • Roberto Dias

      Pode ter certeza que a VW está mais que satisfeita com as vendas do jetta. O carro vem de importação, não traz nenhum custo de produção local. Ela deve estar importando um lote de umas 1500 unidades/mês, e com isso vai vendendo um carro que teve um custo de produção bem mais baixo(feito no México), o que reflete na quantidade de descontos que ela está dando(as versões estão, em média, 10 mil mais baratas).

      • F30FLORIPA

        Então a VW está satisfeita em vender 1/3 das 1500 unidades q importa?
        Çey

        • T1000

          Entendi o raciocínio; ela.so.tem.o custo de importação, não tem custos fixos de fábrica, fornecedores, etc. Não é muito, mas é um dinheiro fácil.

  • F30FLORIPA

    T-Cross vendendo bem menos que o HR-V e quase metade do que vende o Kicks

  • leitor

    Dá-lhe, Civic!
    Dá-lhe, Fit!
    Dá-lhe, CRV, HRV e WRV!
    Dá-lhe Honda! Caros demais!

  • Yuri

    E o t-cross aonde está?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email