Jeep SUVs

Compass com sete lugares e Jeep menor, segundo jornalista

Compass com sete lugares e Jeep menor, segundo jornalista

De acordo com o jornalista Fernando Calmon, da coluna Alta Roda, a FCA confirmou em Balocco, Itália, dois dos sete lançamentos que a Jeep fará no mercado brasileiro até 2022. Segundo ele, que estava presente no evento, a marca americana terá uma variante do Compass com sete lugares e também o irmão menor do Renegade, que na apresentação oficial feita por Sérgio Marchionne, teria sido direcionado prioritariamente para a Índia.


Pela informação, divulgada por Calmon nas redes sociais, o Jeep Compass de sete lugares será feito em Goiana-PE, planta que já produz o modelo junto com Renegade e a picape Fiat Toro. O local não poderia ser melhor, pois tem espaço de sobra para fazer vários modelos novos. Além disso, o produto ocupa a posição de líder de mercado e uma variante longa pode surfar na onda do sucesso deste utilitário esportivo, que somou 4.606 unidades em abril e emplacou 17.584 exemplares no primeiro quadrimestre de 2018. No ano passado, ele vendeu 49.187 unidades.

Compass com sete lugares e Jeep menor, segundo jornalista

Como será? Provavelmente o Jeep Compass de sete lugares ganhará uma releitura da traseira, adicionando elementos para que tenha um pouco mais de identidade. A plataforma BSUW deve ser alongada para permitir o aumento de tamanho necessário para duas coisas: abrir espaço no porta-malas atual e facilitar o acesso à terceira fileira através de portas traseiras maiores. O SUV mede 4,42 m de comprimento, 1,82 m de largura e 1,65 m de altura, com base medindo 2,64 m de entre eixos.


Então, se ganhar entre 10 cm e 15 cm, acabará entre 2,74 e 2,79 m de entre-eixos, o que ajuda muito na habitabilidade do Compass de sete assentos. O comprimento deve ir um pouco além, ficando entre 4,60 m e 4,80 m. Em realidade, ele terá de ser menor que o Grand Commander chinês (foto acima), que tem plataforma de porte superior, que é a CSUW, a mesma do Cherokee. Este SUV, por exemplo, mede 4,87 m de comprimento e 2,80 m de entre-eixos. Motor? No caso de ter opção Flex, provavelmente a escolha será o Tigershark 2.4 de até 186 cavalos. No diesel, o 2.0 de 170 cavalos pode cumprir a missão.

Compass com sete lugares e Jeep menor, segundo jornalista

E o chamado “mini Jeep”? O modelo menor será feito em Betim-MG, conforme rumores já havia falado. O modelo não deverá ter plataforma B/CSUW dos modelos maiores da Jeep, mas comenta-se na Europa que sua base será a do Fiat Panda 4×4, que é o único desse tipo dentro da gama da FCA capaz de sustentar um SUV de até 3,99 m de comprimento. Esse tamanho é vital para que ele seja vendido com custo baixo na Índia, devido às regras fiscais locais.

Então, com uma carroceria bem compacta e visual característico da marca, esse pequenino deve resgatar um nome antigo da marca e de quebra manter o DNA “Trail Rated” da Jeep. Motor? Podemos imagina-lo com o Firefly 1.3 com até 109 cavalos na versão 4×2 e E.torQ Evo 1.8 com até 139 cavalos na 4×4. O custo de um diesel seria elevado por aqui, tirando a vantagem do produto. Câmbio automático de seis marchas ou manual de cinco completariam as opções.

[Fonte: Fernando Calmon/Alta Roda]

 

Compass com sete lugares e Jeep menor, segundo jornalista
Nota média 5 de 4 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email