Etc Governamental/Legal Montadoras/Fábricas Peugeot

Concessionária Port Andreta Peugeot, de Campinas, não tem o mínimo de respeito pelo cliente

__Silas_Clown_Nose Concessionária Port Andreta Peugeot, de Campinas, não tem o mínimo de respeito pelo cliente







Prezados amigos do Notícias Automotivas, sou leitor assíduo do blog e gosto muito da forma simples e direta de passar as últimas atualidades do mundo automotivo. Infelizmente, estou escrevendo a vocês pela primeira vez para relatar uma situação em que tive meus direitos de consumidor totalmente lesados por uma concessionária da Peugeot de Campinas.

Se possível, gostaria que vocês divulgassem o meu relato para evitar que isso ocorra com mais pessoas. Tudo começou com minha busca pela troca do meu Palio 2003 por um veículo 0 km. Após exaustiva pesquisa, onde pesei principalmente o valor que seria pago pelo meu carro na troca, fechei negócio com a concessionária Port Andreta, recém instalada na cidade de Campinas. Eu teria que entregar meu carro mais R$ 16200,00 na troca por um 206 Sensation 3p com ar-condicionado.

No dia 13/09 assinei um acordo de solicitação de faturamento, também assinado pela vendedora e pelo gerente da loja, deixei um cheque caução de 10% do valor do carro e saí da concessionária bem empolgado com o negócio feito e com minha compra, pois sempre gostei do 206. Como a vendedora Tatiane me informou que o carro demoraria de 30 a 45 dias para ser entregue, tive que controlar minha ansiedade por algum tempo. Mantive contato com a vendedora para saber sobre a chegada do carro, sendo que 15 dias antes do prazo ela confirmou que o carro deveria chegar em uma ou duas semanas.

Depois de uma semana, entrei em contato com a concessionária novamente e recebi a informação que a vendedora não trabalhava mais na Port Andreta. Conversei com o gerente e ele me disse que estava com muitos problemas com a Peugeot para receber os carros e que ele não conseguiria me passar uma previsão para chegada do meu veículo. Liguei para o atendimento ao cliente da Peugeot para pressioná-los para entregar meu carro e, dois dias depois, a concessionária entrou em contato comigo solicitando minha presença na loja.

Quando cheguei à loja, fui atendido por dois gerentes, Erick e Adalberto, que me informaram que a Peugeot iria disponibilizar um carro para atender prontamente o meu pedido, mas que havia um problema: devido à crise do mercado de usados, eles queriam reavaliar o meu Palio, porque eles não poderiam mais pagar o que foi acordado (e assinado) 45 dias antes.

Recusei qualquer tipo de reavaliação e disse que não pagaria nem 1 real a mais do que havia sido combinado e disse que procuraria meus direitos pelos meios legais caso eles não cumprissem o acordo. Eles tiveram ainda a coragem de falar que eu poderia procurar meus direitos da maneira que eu quisesse que eles não mudariam a intenção de desfazer o acordo. Fiquei extremamente decepcionado, pois eu já tinha comprado até acessórios para o Peugeot mas, depois de tudo que aconteceu, perdi até a vontade de ter esse carro ou qualquer outro da marca. Segundo a Peugeot, “não há a possibilidade de influenciar as negociações de troca feitas pela concessionária”.

No entanto, eu acredito que a marca tem a obrigação de cobrar que suas lojas assumam seus compromissos firmados com o consumidor. Além disso, a crise do mercado de usados atrapalhou a negociação devido à demora da própria concessionária/fábrica em atender ao pedido que eu fiz no início de setembro.

Fiz este relato porque acredito que vale a pena alertar o consumidor em relação às concessionárias que tratam os clientes com total descaso e que tentam se aproveitar dos consumidores em momentos de crise. Gostaria muito de ter o meu relato divulgado para que outros amantes de automóveis não passem por este tipo de situação, em que o sonho de um carro novo se transforma numa situação traumática.

Tenho todos os comprovantes da negociação realizada e, caso tenham interesse, eu posso enviá-los a vocês.

Desde já agradeço e estou à disposição para maiores informações.

Carlos Giovanini



  • rlaranjo

    Apesar de eu ODIAR a Peugeot, tenho que admitir que isso não é exclusividade da marca. Qualquer concessionária é assim. Já fui mal atendido na Honda, na GM, na Fiat… Concessionário é mercenário e você tem que tomar MUITO cuidado. Os caras são SACANAS mesmo e tudo só se resolve com advogado.

    E não seja inocente (= idiota) achando que mandar email pra fábrica resolve. As fábricas estão nem aí pra isso. Você recebe uma “resposta padrão” e pronto.

  • JDFortuna

    O código de defesa do consumidor coloca a concessionária e a própria Peugoet como responsáveis. O senhor é destinatário, tem mesmo que reclamar e eu de cara mandaria uma carta registrada às duas, que ao receberem a sua carta, estarão de conhecimento legal de sua causa e estão intimadas, processadas. Como passa de valores de 10mil reais, já não é “pequenas causas”, mas justiça comum. Manda ver.

    Absurdo. Não tenho pena de nenhuma fabricante, ainda mais as arrogantes.

  • rivo

    [Comentario #117558 sera citado aqui]

    Vai sonhando que o povo vai fazer boicote, se ao menos estivessenmos falando de um povo ciente de seus direitos e deveres, mas tamo falando de idiotas, ops, digo, brasileiros.

    A idéia do rafaelrss é ótima, já que tão querendo te passar para trás, acaba com a moral deles.

    :rayban:

  • Kaique L. Andrade

    É… Realmente é complicado o que acontece com você amigo.

  • Moreno

    Há uma máxima no Direito que diz: “pacta sunt servanda”(contratos firmados tem que ser cumpridos).

    Qualquer contrato feito entre particulares, não havendo irregularidades, tem de ser cumprido.

    Ou seja, Vá defender seu direito!

    Boa sorte! :ok2:

  • Carlos Medeiros

    Que situação. Sabe o que estraga o planeta é o ser humano. Se não fosse ele tudo seria perfeito.

    Essa é uma situação simples. Amigo você assinou um contrato preliminar, existe um acordo. Isso tem que ser cumprido. É causa ganha. O teto do juizado especial são 18.000 reais.

    Trata-se de uma causa tranquila no tocante a sucesso. O bom que você ainda ganha uma indenização por danos morais e ainda compra um carro melhor hehehehe.

    Deprimente…. mas isso é reflexo do nosso país…. :down:

  • renato

    [Comentario #117532 sera citado aqui]

    ‘rebus sic stantibus’ pra vc velinhho.

    isso q dá o cara me ir atrás de um 206,5, é crééééuu :banana:

  • rafaelrss

    Amigo faz o seguinte.

    Pegue essa sua história, faz uma impressões e começa a distribuir na frete dessa lojinha aí, faz um banner maior e coloca tb aí tipo no outro lado da rua eles não vão poder lhe proibir de ficar parando as pessoas na rua para contar sua história e com certeza eles vão ter que lhe chamar para uma outra conversinha pq o constragimento vai ser muito maior…

    afinal a loja disse que estava em tempo de crise, já que é assim o que tem pior que ter sua imagem queimada em época de crise?

    faça isso mesmo, divulgação em blogs é bom mas nós somos minoria aqui se todo mundo tivesse cabeças como a nossas não seriamos enganandos com carros velhos e preços safados quem vende no brasil.

    Procura uma gráfica imprimi aí uns 500 a 1000 folhas e vê alguem aí fda familia que esteja afim de ajudar e vai a luta quando eles verem a cara de espandto dos possiveis compradores ao entrar na loja com um pé atrás com essa revenda depois de falar com vc essa vão resolver seu caso rapidinho

    Abraços e boa sorte aí nessa

  • captor

    infelizmente este tipo de atendimento não é exclusividade da Peugeot.

  • huahuahua

    Contrato assinado, tem nem papo, causa ganha… só tenha um pouco de paciência com a burocracia da justiça

  • danielpa

    Vai no Procon, as vezes resolve. Resolveu rapidinho no meu caso

  • morais88

    Procure seus direitos!!! Inclusive ser ressarcido pelos acessorios comprados.. você foi enganado, mal-atendido, faltaram com respeito… danos morais!!

    Boa sorte.
    É por essas e outras que não gosto de veiculos franceses.. tiram muita onda.
    Vejam a Renalt que ainda quer empurrar o clio garganta abaixo do consumidor!! E agora esse 206,1 …
    Mande essa materia para as revistas: Quatro Rodas e Auto Esporte.

    :clown: :censor: :eyess: :rolleyes:

  • Gerald

    É triste isso…

    Afinal de contas, qual é o significado do termo concessionário?

    É uma empresa que tem a concessão para atender no varejo os produtos de tal marca.

    Cadê o bom senso em ser concessionário? Cadê o brasileiro boicotando o carro novo, que além de caro é vendido dessa forma?

    Concordo com o colega a respeito do pacta sunt servanta. Compromisso de compra e venda firmado, nada mais de tratativas! Ou então, multa recisória…

    O cliente não tem que passar por isso quando um zé mané qualquer resolve vestir um terno, contratar meia dúzia de amigos, fazer contatos com alguem da fábrica e sair por ai se chamando de empresário e concessionário de marca x ou y.

    Quer vender? Saiba vender!

  • Guilherme Guimaraes

    Vai atrás dos seus direitos meu amigo!!

  • fr_amaral

    Será que esse é akele Giovanni aki do blog? Mais que vergonha em Peugeot, já num faz carros bons, e ainda desrespeita assim os clientes? Vai no Procon amigo e fala dessa falta de vergonha!

  • fr_amaral

    [Comentario #117547 sera citado aqui]

    Realmente!

  • DarK_FlooD

    Ambas partes foram infelizes..

    Eles por te darem o cano.
    E você por querer investir em algo em plena crise (talvez desconheça o mercado).

    Se tem contrato, dá no rabo deles. :blink:

  • Andre_Oliveira

    Típico de empresa sem pessoas qualificadas para trabalharem na área. Comprei um VW Fox, quando li 3 páginas de letras minúsculas, percebi que o único que teria dever de manter o pedido de compra seria EU, (para eles talvez o idiota), quando terminei solicitei que fosse feito um novo, onde teria que manter o valor que foi avaliado meu carro, e que caso haja rescisão por parte da “SAGA”, ela me pagaria o valor de 20% do automovel comprado, onde no contrato descreve que eu pagaria 10%.
    São todos uns idiotas, pensam que sabem mais que todo mundo!!!

    Utilize estes documentos contra a empresa, se houver algum documento como vc mesmo disse, comprovando tudo, eles tem a obrigação de cumprir, e ainda isso pode te garantir uma indenizaçãozinha báscia..

    tem q f…. esse tipo de GERENTE E EMPRESA :banana:

  • LF_pitico

    [Comentario #117539 sera citado aqui]

    Ele foi atrás de um 206 sensation, aquela versão de entrada q ainda é um 206..

  • italiano

    Corra atrás dos seus direitos.
    Mande cartas para as colunas de defesa de consumidor dos jornais, pro best cars, pra quatro rodas. Entre com uma ação, mas entenda que um acordo é sempre a melhor opção porque nosso sistema jurídico é lento pacas.

    Em 2000 a VW estava com uma promoção de “troco na troca”. Comprei um Santana financiado 0Km em uma concessionario no RJ e dei uma Palio Weekend com pouco mais de um ano de uso para levantar grana para a construção de uma casa.

    O cheque dos caras voltou e me deu um trabalhão conseguir botar a mão no dinheiro. Em resumo, os caras estavam esperando vender o meu carro, por 20% a mais do que me pagaram, pra me repassar a grana.

    Um amigo acaba de comprar um Megane Sedan que seria entregue em 2 semanas. Há 5 semanas, e nada do carro!!!

    Pilantras existem sob todas as bandeiras.

  • luiz_2008

    O maior desrespeito que a Peugeot teve com o consumidor foi lançar o 207 fake

  • IGAUM

    hahahahah

    Se fosse comigo, eu já tava com um taco de baisebol na porta da concessionaria pra pegar o gerente ou o vendedor!!!

    Tem dessa naum! BATE ATE SAIR SANGUE! Depois eu vou pra justiça, mas ninguem vai pra jaula nessa merda de pais mesmo!

    No maximo eu pago umas cestas basicas….

    Pelo menos eu durmo em paz e com a honra 100%.

  • Lauro

    A peugeot é uma bosta cara… as concessionarias sao as piores, nao sei o q acontece que a fabrica so entrega a Bandeira da empresa pra mané.
    Meu pai trabalhou 4 anos na peugeot, ganhou 3 anos o premio de melhor vendedor do pais, e hoje afirma com todas as palavras que a melhor coisa que ele fez foi sair da empresa..

  • rx-8

    carlos giovane,mostre os documentos pra gente

  • Rodrigo joi

    Não é querer defender ninguem, mas infelismente, pelo menos aqui em minha cidade, só as concessionários toyota e principalmete honda se salvam …
    Quando levava o meu gol na vw daqui era de dar raiva, os caras diziam que tinham arrumado o que estava com problema, mas era sair de lá o problema reaparecia, CD’s que sumiram, riscos que aparecem na lataria, um total descaso, não é por nada que muitos vão a outras cidades comprar vw …

    Depois que o cara “assinou o cheque” … ferrou.

  • luciano cwb

    Minha irmã comprou um 307 cinza fer ha um ano na Le Lac aqui de Curitiba, depois de 15 dias atrasado ela foi lá e ofereceram um prata com roda comando no volante, farol de neblina pelo mesmo valor, ela aceitou e ja saiu da loja com o carro.

  • LEVEL7

    Contrata alguém para explodir a concessionária… !
    Coloque um objeto com butijão de gás e mandar VER !

  • LEVEL7

    Coloque o gerente no pau de arara! e enche de porrada

  • jjaguar

    Procure um advogado competente e tente entrar no Juizado Especial ou Procon (Procon resolve também, embora muitos falem que não)!
    Causa garantida, embora não tenhamos cópia do contrato e cláusulas realmente firmadas.
    Mas que é IMORAL a atitude deles, com certeza!

  • vi-usa

    vai la e mete o ferro……..n e mta coisa + a peugeot acaba de perder um futuro cliente.divulgue o max q vc puder,assim como me alertou acedito q abra a cabeca de + pessoas que nao tinham conhecimento de faucatruas do tipo.

  • Mineiro

    Carlos Giovanini

    Tirando algumas besteiras e exaltações descritas acima, você tem todo o direito de exigir o carro da forma contratada, mas não é só porque o contrato faz lei entre as partes, pois se alguma cláusula fosse abusiva não existiria o “pacta sunt servanda” como disse uma pessoa acima e o contrato pode se tornar nulo de pleno direito.

    Se o valor da negociação foi lucrativo para você, sugiro que insista na compra do carro e execute o contrato para que seja cumprido, caso contrário, pode requerer o ressarcimento pelas despesas que teve, juntamente com os acessórios gastos, que geralmente só servem para o carro específico e, independente da sua intenção, danos morais pela confusão (que fique claro que as pessoas não devem entender os danos morais como um meio de enriquecimento fácil, mas um valor que amenize o transtorno sofrido).

    Concessionária é tudo igual, é a famosa lei do “Gerson” para levar vantagem em tudo que assola as pessoas medíocres desse país. Arranje um advogado e vá em frente, devolva a dor de cabeça que você sofreu a eles.

    Abraço.

  • tiguera

    Se você tivesse dado um trato no pálio e resolvido ficar com ele mais um tempo, não tava aí de cabeça quente

  • Bruno Neves

    Relato muito importante, também sou da região de Campinas e ficarei esperto com isso… Afinal de contas qual foi o final da história? Foi procurar os meios legais?

  • mmgv

    Oi.

    Também estou com um problemão com meu peugeot 206. A coreia dentada arrebentou e eles não querem consertar. Levei em todas as revisões, fiz tudo certo e ainda arrebentou com menos de 30000,00 Km e no
    manual fala que é 80000,00 KM. Paguei R$ 2500,00 na concessionária Bourdeaux em BH para arrumar e ainda tive que levar de volta para reparar o conserto que não ficou bom. Agora vou entrar com pedido de indenização e ressarcimento, pq se há incidencia de agente externo como eles dizem prá todo mundo, então no manual tem que dizer com quantos Km devo trocar, se eu já fiz a revisão de 30.000 KM, pq não trocaram??? E tem uma amiga minha minha vizinha com o mesmo modelo de peugeot, mesmo ano e quilometragem com o mesmo problema. Será que o defeito é nosso? ou do carro???!!!

    Se tiverem um modelo de pedido de indenização para este caso, por favor me enviem.

  • Jasson Vasconcelos

    É importante que saibamos, separar o produto, e quem conduz a concessão(concessionária), pois os veículos são muito bom, até melhores que muitos da concorrência, digo isso de causa própia.


Send this to a friend