Chevrolet Manutenção

Concessionária de Brasília recomenda que clientes troquem o óleo antes da hora

OBS.: Alguns leitores prontamente lembraram que se o veículo é usado em condições severas, como trânsito pesado, realmente a troca deve ser feita a cada 5.000 km. Neste caso a concessionária realmente deve expôr isso ao cliente.

Recebemos um relato do leitor Luiz Eduardo, falando de uma prática de uma concessionária de Brasília. A concessionária é Chevrolet, e informa que eles dizem que a troca de óleo deve ser feita na metade do tempo previsto.

Quando ele comprou sua Captiva V6, em março deste ano, eles disseram ao Luiz Eduardo que o óleo deveria ser trocado aos 5.000 quilômetros rodados. Dizem que todos os carros da marca devem trocá-lo nessa quilometragem.

E de tempos em tempos, desde então, eles ligam para monitorar a quilometragem do carro. Hoje, com a Captiva tendo 5.500 quilômetros rodados, ligaram simplesmente marcando a data da troca de óleo, ressaltando que isso é muito importante.

Mas no computador de bordo da Captiva, existe a informação da vida útil restante do óleo, e este indica ainda 48% de vida. Ele recusou o serviço, mas fica aí o alerta para aqueles que tem carros sem computador de bordo, ou também no caso de pessoas que não sabem como a troca de óleo funciona, que seriam facilmente enganadas por essa recomendação.





  • Guilherme Guimarães

    Éééé GM, até suas concessionárias andam abusando dos consumidores heim, deplorável! =(

    • gente da sua estirpe guilherme que fazes a caveira de uns ou outros modelos de automóveis…

      tu não tá em país de 1° mundo não cara, acorda pra vida e olha pra gasolina q tu bota no teu carro!!!
      essa gororoba q a gente bota em nossos carros não deixa opções quanto à troca de óleo, tem q trocar mais cedo mesmo.

      e vê se para de ser papagaio dos outros.
      num quer GM, não compre. e cala-te boca. se o carro não te contemplar, vc tem a opção de não comprar.
      quem vê esse povo falando mal de GM chega até a pensar que eles q vão pagar o carro. metade desses ai no mínimo andam de busão.

      agora,
      petrobrás tah pouco se lixando pra farra do batismo do combustível, pra quem tah com rombo de 1,4 bilhões, fiscalizar qualidade da gasolina é fora de cogitação.
      mas a petrobrás vai bem, e vai ficar melhor, pq a conta vai ser paga por todos nós, e não pelo caixa da empresa…

      • cilada2010

        Acredito que não deve ser a função da Petrobras só deve verificar a qualidade de todos os combustíveis vendidos no país. Ela tem que aferir a qualidade dos combustíveis sobre a sua marca. Cabe as outras distribuidoras, Shell, Ipiranga, etc, verificarem os combutiveis que são vendidos sobre as suas respectivas marcas.

    • realmente o post foi infeliz e o eber para variar irônico com qualquer notícia relacionada a esta marca

  • Guilherme

    Ué, só ver a recomendação do manual, algo que todos deveriam fazer ao comprar um carro

  • Jorge A

    A concessionária está mais q certa.
    Com a qualidade dos nossos combustíveis as trocas a cada 5k são mais q perfeitas.

  • Tiago

    Acho que o cliente em questão tem que ler o manual do proprietário, pois no manual diz que a troca deve ser feita a cada 5mil km, além disso, as trocas tem lugar para carimbo separado das revisões.
    A troca a cada 5mil km é recomendada pela Chevrolet e não pela concessionaria mencionada.

  • VVV

    ''como algumas mulheres, que seriam facilmente enganadas por essa recomendação.''
    Legal….nem chamou as mulheres de burras!

    A troca de óleo bem como o tempo de cada revisão está no manual do carro! Essa informação que é mais importante não postaram!

    • se um blog feminino disesse que os homens seriam enganados por alguma falcatrua de uma loja de roupa, por exemplo, estaria chamando eles de burros? o comentário apenas falou sobre uma coisa que as mulheres não tem muito conhecimento. elas não tem obrigação de saber tudo sobre troca de óleo.

      e se o texto disse "algumas" se referiu a algumas delas, não a todas. muitas tem tanto conhecimento automotivo quanto os homens, ou até mais.

    • se um blog feminino disesse que os homens seriam enganados por alguma falcatrua de uma loja de roupa, por exemplo, estaria chamando eles de burros? o comentário apenas falou sobre uma coisa que as mulheres não tem conhecimento. elas não tem obrigação de ter conhecimento sobre troca de óleo.

      e a palavra "algumas" quis dizer que são apenas algumas. pois existem mulheres que entendem muito de carro, inclusive que comentam frequentemente aqui no NA.

      • que bazucada!!! heheehhehe!

      • Eber…
        De qualquer forma continua sendo uma forma de preconceito… foi errado…
        Melhor teria se você tivesse ao menos pedido desculpas ao invés de ficar tentando justificar…
        É a mesma coisa que falar que a pessoa só roubou o açougue por que queria comemorar o jogo com churrasco…

  • qual a recomendação do manual? lembrando q existe a recomendação de uso normal e severo.

    • Luiz

      Não esquecendo que trânsito urbano é considerado "condições severas de uso"!!!

      Trocas a cada 5.000km ou 6 meses, o que ocorrer primeiro!!

  • Coala

    Deveria ser multada esta concessionária.
    Por estas, só utilizo concessionária enquanto o carro tiver garantia. E ainda monitoro tudo o que fazem, para ver se está de acordo com o cronograma do manual.

    • Luiz

      E qual seria a base legal, Ilustre Coala???

  • Eduardo Costa

    Na verdade essa recomendação deveria ser dada somente para quem faz uso severo dos carros, isto é, para carros de frota, para quem vai fazer uma viagem longa mantendo altas rotações, para quem carrega peso diariamente, para quem anda muito em estradas de terra e, depois do que aconteceu recentemente com os VW 1.0, para quem faz o percurso "dona de casa", onde liga-se o carro, anda 3, 4 ou 5km em trânsito pesado e desliga, repetindo o processo várias vezes. O problema é esta última espécie de utilização que engloba quase a totalidade dos motoristas, então os concessionários recomendam esta troca antecipada para todos clientes, e de preferência sem explicar a razão, pq se explicassem teria muita gente dizendo teimosamente que não se encaixa nesse perfil, onde na verdade se encaixa perfeitamente. Sei exatamente como cliente gosta de discordar de tudo, vejo isso todos os dias.

    Não me recordo agora se no manual da Captiva tem, mas nos outros Chevrolet existe sim essa recomendação no manual.

  • Corsário Viajante

    ''como algumas mulheres, que seriam facilmente enganadas por essa recomendação.''
    Foi-se o tempo em que podia-se ter este tipo de preconceito.

  • Fabio D.

    Ignorância de uns, má-fé de outros…. Ignorância de quem cai num golpe desses e ignorância do blog, de taxar todas as mulheres de burras. Afinal, ler um manual é coisa que só pode ser executada por nós, homens? Fala sério hein…

    A má-fé fica por conta da concessionária, que faz coisa que não precisava no carro só pra ganhar mais na manutenção. Já passei por esse tipo de coisa, quando me cobraram 350 reais na fechadura da mala do meu carro, quando o serviço me custou 10 mangos num chaveiro aqui na esquina.

    • leia novamente o texto. parece que a palavra "algumas" foi convenientemente esquecida por você e alguns outros leitores.

  • Esse tipo de atitude me deixa em dúvida se é melhor comprar um carro com garantia de 5 anos ou de 1 ano…
    Pra manter a garantia vc tem que trocar tudo que eles recomendam, e sempre sai muito caro…

  • Luiz

    Absurdo é não conceder garantia da caixa de marchas, a uma Hyundai Tucson, por não ter trocado o óleo da caixa com 1 ano!!!

    Essa é novidade, viu!!!

  • haya

    tá mais que certo… Brasileiro ta acostumado com AP e seus milagres!!!… motor moderno como da capitiva V6 no pais deveria se tratado cuidadosamente….

  • Ferrari

    Dependendo do uso a que se destina o veiculo a concessionaria deve sim orientar que a troca seja feita antes da quilometragem “padrão” indicada no manual. Carros que são conduzidos em condições severas, as trocas devem ser feitas em menos quilometrosnum intervalo menor. Alguns motoristas acham que uso severo é só taxista, carrro de entrega ou que trafeguem em estradas de terra. Um dos usos que mais deterioram o oleo são os trajetos muito curtos, onde o oleo nao atinge a temperatura ideal. Que o digam os donos de gol V.

  • MLP

    Eles devem colocar oleo pra 5mil km… cobrar pelo de 10 e recomendar a troca a cada 5.

  • Luiz Eduardo

    Queria lembrar que o maior problema foi a Tork ligar já querendo marcar a troca de óleo, sem perguntar condições de uso nem nada. Quando informei ao vendedor que ainda havia 48% de vida útil, ele rapidinho desistiu da "empurroterapia".

  • Rodrigo

    O negócio é o seguinte, o sujeito compra um carro de R$ 95.000,00 e quer economizar R$ 200,00 em uma troca de óleo que beneficiará ele próprio e ainda reclama????? por isso o brasil está desse jeito…….. A imensa maioria das concessionárias não cobra mão de obra para trocar o óleo, cobra somente o lubrificante, assim, francamente, não vejo descabimento algum…. Quem tem um carro deve ter condições de arcar com a manutenção….. Eu nunca troco o óleo do meu carro com mais de 5.000 kms, e o prazo é de fato 10.000 kms…. Economia porca, pois a troca de óleo é a manutenção preventiva mais barata que há.

    • Fabio D.

      Rodrigo, realmente economizar com manutenção em um carro de R$ 95.000,00 é absurdo. Mas se nem a fábrica alerta pra essa manutenção, pq o pânico? Seguir o recomendado pelo fabricante e usar óleo de qualidade sim, é cuidado com o bem e boa vontade para mantê-lo em ordem. Desleixo, ou melhor, maldade mesmo, seria perder os prazos de troca de óleo do manual pela tal economia porca ou, ainda, usar óleo não recomendado.

      Realmente temos no país – aliás na Inglaterra também, como já citado no NA – problemas com relaxamento de motoristas com relação ao óleo. Acostumados com AP's e Powertech's (sem críticas a qualquer marca, só são motores de manutenção infinitamente mais simples, ainda que de tecnologia antiga), que funcionam até com cachaça no tanque, as pessoas não cuidam decentemente dos carros. Depois reclamam, dizem que motor 16v é ruim, que o 5 cilindros do Marea é uma porcaria… quando uma manutenção adequada já resolveria 75% do problema.

      Por fim, não me parece que o caso do dono do Captiva tenha sido 'unha de fome', mas sim esperteza da concessionária que, como ele mesmo disse, logo desmentiu o que tinha dito quando o camarada atentou pro detalhe do comp. de bordo.

    • o custo da mao de obra está mais que incluido, visto que o lubrificante nas concessionarias custa o dobro do preço…

      • Tiago

        Nem sempre custa o dobro…..

        O 5W30 na concessionária é mais barato que qualquer 5W30 em posto….

  • WDA

    Caro Eber, não é apenas a especificação do óleo que direciona o prazo para troca do óleo, tanto que caso não atinja a quilometragem a troca deve ser feita por tempo de uso (normalmente 6 meses).
    Por isso volto a afirmar toda a linha Chevrolet a partir de 2009 tem por recomendação a troca do óleo lubrificante do motor à cada 5 MIL KM ou 6 MESES DE USO (o que ocorrer primeiro), para uso SEVERO, considerando-se:
    -Uso da marcha lenta por longos períodos ou operação contínua em baixas rotações (“anda e pára” do tráfego).
    – Quando a maioria dos percursos não exceder 6 km (percurso curto) com o motor não completamente aquecido.
    – Operação freqüente em estradas de poeira, areia e trechos alagados.
    – Operação freqüente como reboque de trailer ou carreta.
    – Utilização como táxi, veículo de polícia ou atividade similar

    • sim, mas no caso da captiva citada, ela foi comprada em março, então não chegou nem perto dos 6 meses. no caso do uso severo, aí sim, mas a concessionária nem perguntou o tipo de uso pro cliente.

  • WDA

    OU cada 10.000 km ou 12 meses, o que ocorrer primeiro, se nenhuma destas condições severas de uso, acima descritas ocorrer. Se o proprietário da Captiva NÃO usa de DE FORMA alguma o veículo nas "condições severas" aí sim ele reclamar…
    De toda forma os manuais da linha Chevrolet estão disponíveis neste link: http://www.novoservicochevrolet.com.br/site/manua… para quem quiser consultar as especificações de manutenção preventiva.

    * texto está um pouco longo, por isso tive que dividir em dois comentários.

  • Aurelio

    Oi a todos! leio diariamente as reportagens do N A. Bom este tema e meio complexo eu tenho um certo conhecimento com veiculos e tenho uma certa Opniao sobre troca de Oleo. Como existe diversoso fatores que influenciam a vida util de um motor voce deveria levar em consideraçao este caso para ser feia a troca do mesmo.
    Conheço em nossa regiao varios veiculos que apresentaram problemas prematuros em motores mesmo trocando o oleo no tempo recomendado e veiculos que rodam nas mesma situacao com troca de oleo antecipada continuam rodama sem problemas. Ai entra a consciencia do Proprietario

    Valeu!

  • Eduardo Costa

    Eber, o que vai dizer qual a vida útil do óleo não é somente a especificação de temperatura que vc mencionou. Um óleo 5W30 atinge seu coeficiente de viscosidade em um temperatura bem baixa, ideal para uma manhã fria no sul do pais, mas tbm começa perder seu poder lubrificante em temperaturas perto dos 40ºC, o que não é bom para quem mora em Teresina por exemplo. Então um óleo 20W50 tem uma vida útil maior que um 5W30 se for utilizado no nordeste do país. Tbm tem a especificação de tecnologia, API-SJ, SL, e a Ipiranga lançou agora um óleo SM, o mais moderno a venda. Tem a base do óleo, ele pode ser mineral, mineral com base sintética e sintético, este mais resistente a variações de temperatura. E por fim, tbm tem que ser levado em conta a própria engenharia do motor, como folgas internas, desenho das câmaras de combustão que influencia diretamente na temperatura de funcionamento, material utilizado em sua construção, como o alumínio que troca de calor muito mais rápido que o ferro fundido, materia utilizado nos pistões e árvores de manivelas que podem diminuir o atrito, árvores de balanceamento diminuem as vibrações que podem cortar a película de óleo nos cilindros, velocidade dos pistões e tamanho das bielas tbm influem nessas vibrações, motores com corrente de comando tendem a poluir o óleo mais rapidamente com partículas metálicas, e por aí vai. Então um óleo 5W30 pode durar 10mil km em um motor e no outro durar 5mil km, são muitas variáveis, o ideal é respeitar o manual.

  • A concessionária deve ressaltar isso ao cliente sim, mas não ligar já marcando data. Quem decide o que faz é o dono, e se a p*rra do carro tem o equipamento pra monitorar o próprio óleo, é a tia do telefone que entende mais? Pouco mais de 1000 km por mês é uso severo? Ah, vá!!

  • muito se falaram aí……..mas o q achei mais legal é o fato da pessoa comprar um carro de 100k……e murrinhar 150 reais de troca de oleo, mesmo antes do recomendado e bla bla blá…… seria um custo alto só se o cara rodasse mto com o carro, mas nao deve rodar mais de 1mil km por mês……. logo, 150 reais a cada tipo…. por exemplo…….uns 3 meses……vcs nao acham q seria murrinhagem d+ não fazer essa troca ? pra quem banca carro de 100k

  • Marcio

    Condição de uso severa é trãnsito pesado ou, como ocorre muito no interior, o anda e para, o sujeito sai de carro anda cinco minutos e estaciona, neste tipo de utilização a troca de óleo deve ser feita na metade do tempo, seis meses.
    Experimentei isso no meu carro alguns anos atrás, na primeira revisão andei um ano e quando foi feita a troca notei uma diferença grande, o carro ficou mais silencioso, mais suave, se percebi isso é porque o óleo antigo já não estava mais fazendo o serviço.
    Este ano resolvi fazer novamente o teste, troquei com um ano e novamente percebi o mesmo, então nas minhas condições de uso troco de seis em seis meses.
    O mais curioso é que no manual dos carros sempre é citado o uso severo mas nunca li um manual que explicasse exatamente o que é este uso severo, deveria pois a maior parte das pessoas não tem conhecimento sobre este assunto.

  • mariostefa

    Mais uma maneira da concessionaria GM faturar. Tenho um Corsa, levei para revisão de 15 mil, queriam fazer limpeza de bicos??,descarbonização do motor??,Fizeram um orçamento de 600 reais,.Autorizei só troca de oleo e filtro, e o principal, carimbar o manual. Depois da garantia(1 ano),nao vão me ver por lá tão cedo.

    • Christiano

      Amigo…

      Até Hyundai, Honda e Toyota… Estão fazendo essas coisas….

      Sorte que não te ofereceram o flushing… Que até perde a garantia de fábrica !!!

  • Pedro

    As concessionárias, sempre que possível, vão tentar dar uma tungada no cliente. Essa prática de troca de óleo sem necessidade é comum nas autorizadas da GM e lesa o consumidor desavizado, ou seja, aquele que não leu o manual de seu automóvel. Nele estão descritas as condições de garantia e as recomendações relativas à manutenção periódica. Ele é contrato no qual estão as cláusulas que regerão a relação entre o consumidor e a empresa no que diz respeito à garantia do produto entregue. Qualquer recomendação em desacordo com esse documento, salvo melhor juízo, soa como má-fé.

  • Fabio D.

    Eber, meu caro. Eu li o "algumas", só não concordei com o resultado da interpretação, que foi dúplice. Entendi dessa maneira, e vc, autor do texto, de outra. O problema é esse, acaba gerando problema. Mas ó, longe longe de te criticar, já te disse o quanto curto o site hehehe =D

    • tranquilo meu caro…. :)

  • Tenho carro importado e não deixo passar de 5.000 km por nada! E o nacional que tenho, não passa de 7.000 km. Nossa gasolina é uma porcaria!!!!!

  • Heitor

    Eu acho q a troca de oleo de 5 em 5000kms é muito bem vinda, ja desmontei muitos motores e os que tinham trocas mas frequentes mesmo com oleos mais baratos apresentavam muito menos desgaste. A troca por volta de 10k sem duvida ira abreviar a vida do motor. Ao meu ver ponto pra concessionária!!

  • Edu

    Eu troco a cada 5 mil tbm.

  • Meu pai caiu nessa com o sentra novo dele… indicaram trocar o oleo com 2500km… ele foi lá e fez… e o pior é que hoje ele troca de 5 em 5 mil porque eles disseram que era pra ser assim. Pior é ele ouvir a concessionária ao invés de mim…

    • Jorge A

      Ainda bem q seu pai seguiu os conselhos da concessionária ao invés dos seus.

      • Jorge, existe um MANUAL do fabricante, para qualquer produto de bem durável. Pena que a maioria de brasileiros como vc NÃO lê o manual e sai usando o produto e "apertando" os botões até aprender alguma coisa… Meu pai usa o carro em condições normais de uso e pega 50% estrada, então seria de 15 em 15mil. Se quisesse ser precavido, poderia ser de 10 em 10milkm. Mas os caras da nissan metem a faca.

  • JP

    Aqui Em Brasília é desse jeito mesmo.. Toda vez que troco o óleo (deve ser na mesma concessionária da matéria, não sei se posso citar o nome) eles marcaram a troca seguinte com 5000. No manual é descrito que a troca é feita a cada 7500. E sempre tentam me empurrar um óleo que dizem ser “melhor” que o recomendado no manual. E é claro que ele é bem mais caro também…

  • Renato

    Se ela da a dica que é melhor trocar o óleo de 5k em 5k esta tendo má fé. Se ela nao avisa nada e depois de um tempo o motor fica um lixo, a concessionária não ta nem ai pro cliente. A troca de óleo de meu corolla 09/09 são de 5k em 5k, pago em média 140 – 160 nelas. Acho bom isso, pelo menos não terei supresas desagradaveis futuramente. Pelo menos não nessa parte.

  • Quem entende de motor e gosta de cuidar do carro troca a cada 5mil km, quem tem esse cuidado aumenta a vida útil do motor!

  • J. bosco

    Tenho um corsa 2008 e troco a cada 5 mil km, no manual dele diz para trocar o óleo a cada 15 mil, se estiver sendo usado em condições severas a recomendação é que seja trocado a cada 7.500 km, quero ressaltar que apesar dessa troca a cada 5 mil ser um exagero da concessionária, essas trocas servem para aumentar a vida útil do motor. E um custo pequeno levando-se em cosideração o prejuízo que ele pode evitar!

  • Leandro

    O pessoal costuma dizer que não confiam nos serviços prestados pelas concessionários e portanto evitam levar seus carros para realizar reparos e manutenção. Dizem outros que só levam seus carros para não perderem a garantia. Seguidamente dizem que só levam seus carros nos mecânicos de “confiança”. Acontece que estes também são farinha do mesmo saco, senão piores. Isso porque tem gente que fica satisfeito com o conversa que os “mecânicos de confiança” passam para cima da gente especialmente quando mostram todas as peças que tiveram que trocar para “arrumar o veículo”. Daí eu pergunto: quantos aqui efetivamente entendem o suficiente para acreditar e confiar na lorata desses mecânicos?

  • Marcelo Augusto

    Na europa não se troca óleo com menos de 1 ano ou 10 mil km, que é a pior das hipóteses, o uso severo. Isso para um lubrificante "simples", ACEA A3. Aqui, vale o mesmo, principalmente quem usa álcool, que tem blow-by mais limpo e contamina menos o lubrificante. O que estraga o lubrificante é combustível adulterado, quem usa de boa procedência vale o mesmo princípio.

  • Ernani

    Também sou proprietário de um Captiva Ecotec ano 2010, e gostaria de relatar que também recebi tal informação. Diante de tantos desencontros (concessionária 5000 km, manual 10.000 km e computador de bordo vida util do óleo 46%) resolvi buscar informações no SAC da GM, por meio de um e-mail. Depois de 50 dias e duas reaberturas da ocorrência recebi um telefonema de funcionário extremamente mal educado, que negou-se a responder meu e-mail, e disse que tal tipo de informação não seria fornecida de forma escrita. Pessoal, realmente acredito que a nossa gasoliná é pobre, mas o motor é ECOTEC (Tecnologia Ecologica) e a propaganda diz que o sistema computadorizado de alta tecnologia monitora a qualidade do óleo do motor, do liquido de refrigeração e das velas. Seria importante a GM esclarecer e pronto. Simples assim, não precisamos de detalhes técnicos, mas precisamos de informações do fabricante.



Send this to friend