Mercado Montadoras/Fábricas Nissan Preços Renault

Conheça alguns preços de pessoa jurídica praticados por Renault e Nissan

renault-sandero-2012-avaliacao-auto-press-3

Pessoa jurídica obtém bons descontos em relação aos clientes pessoa física, que pagam os preços sugeridos pelos fabricantes (quando não há ágio ou promoções). Cada montadora possui sua tabela de valores para empresas e no caso de Renault e Nissan, não é diferente.

No caso da Renault, os preços possuem descontos entre 8,5% (Sandero Stepway) a 18% (demais versões do Sandero). Neste último, a versão 1.0 Tech Run passa de R$ 37.790 para R$ 30.987,80. Na versão 1.6 Expression completa, o valor desce de R$ 41.290 para R$ 33.857,80.

O Fluence GT (17% de desconto) tem seu preço sugerido de R$ 85.599 reduzido para R$ 71.047,17. O Dynamique fica em média R$ 10.000 mais barato. O Duster básico (13,5%) cai de R$ 51.350 para R$ 44.417,75. A versão 2.0 Dynamique 4×4 completa tem preço de R$ 61.155,50 contra os R$ 70.700 da tabela para o consumidor comum.

O Novo Logan não está disponível, provavelmente por ser lançamento e ter como prioridade atender ao consumidor comum. Apesar dos descontos, os valores para pessoa jurídica não ficam abaixo de R$ 25.300, que é o valor do Clio Expression 1.0 4 portas para PJ, sendo o mais em conta na lista da Renault.

nissan-frontier-attack-2012-1

Nissan

No caso da Nissan, os descontos para PJ e parceiros variam de 12% (March 1.0 S) a 20,5% (Frontier SV Attack). Destaque para o March 1.6 SR (18,5%), que cai de R$ 40.890 para R$ 33.325,35. O Versa 1.6 SL (13%) custa R$ 39.663,30, enquanto na tabela sai por R$ 45.590. A Livina 1.6 S (17,5%) é oferecida por R$ 38.189,25. Seu preço de tabela é R$ 46.290.

O Novo Sentra 2.0 SL (13%) também faz parte da venda para pessoa jurídica e teve seu preço sugerido de R$ 71.990 reduzido para R$ 62.631,30. Já a citada Frontier SV Attack, passa de R$ 97.990 para R$ 77.902,05. A versão SL (17%) custa R$ 108.306,70 ante R$ 130.490 do valor de tabela.





  • Heisenberg

    As águas sempre correm para o mar. Quanto mais dinheiro a empresa possui, mais vantagens em preços ela goza. País injusto é assim!

    • TearsForFears

      pois é meu caro,do outro lado da ponta do iceberg o pobre segue feito um pneu de caminhão,trabalhando e mais liso ficando…penso que esse beneficio deveria atender aos menos afortunados.

      • Heisenberg

        Falou bem, caro Roland Orzabal.

    • PTralia

      Empresas pagam muitos impostos e encargos sociais.
      É justo ter desconto.

      • Victor Dias

        E a pessoa física não paga não? Se for servidor público então, recebe, dependendo do caso, 62,5% do seu bruto (11% INSS e 27,5% de IR). Seguindo seu raciocínio, eu, que sou servidor público nessa condição, deveria comprar por menos que a empresa, não?
        Isso é lenda, lobby dos grandes empresários. É certo que a carga tributária no Brasil é alta para todos, mas dizer que PJ paga mais que PF é conversa. Pelo contrário, há uma série de incentivos e isenções tributárias para a PJ que a PF não tem.

        • jg.

          Funça não gosta de pagar imposto é? Vai arranjar um trabalho de verdade!

          • Victor Dias

            Você gosta de pagar imposto? Eu adoraria, se o Estado desse sua contraprestação.
            Você tem um emprego de verdade? Eu tenho, trabalho provavelmente muito mais do que você. Preconceitos, generalizações, estereótipos são sempre perigosos. Mas o mundo está assim: há uma série de animais virtuais que leem qualquer coisa, escrevem qualquer besteira baseado na primeira impressão que tiveram.
            Argumente com conteúdo, meu caro. Não fale asneira só para (tentar) posar de bonito.

        • CARBAR

          Nós que não somos servidores públicos somos os mais prejudicados, pois temos que pagar impostos abusivos para bancar os salários e os infinitos benefícios dos funcionários públicos.

          • Victor Dias

            Te garanto que eu pago muito mais imposto do que você. Então não fala besteira. E depois você me fala como eu faço para ter esses "infinitos benefícios dos funcionários públicos". Não confunda servidor público, concursado, de carreira, com certos detentores de mandatos eletivos e seus cupinchas comissionados. Volto a falar o que disse acima: generalizações são sempre perigosas. Quem luta para prestar um bom serviço ao país não deve ser posto na mesma vala comum de quem corroi nosso dinheiro público. E tem muita gente que não é servidor público, não é detentor de mandato eletivo e tampouco comissionado que vive às custas de dinheiro público desviado. Então, meu caro carbar, bancar salários de funcionários públicos é o menor dos males (se é que é mal) dessa nação. Tenha mais critério antes de falar besteira para (tentar) posar de bonito.

        • Luiz Marques

          Vamos ver depois como fica a Aposentadoria de cada um?
          Quem vai receber integral e quem vai receber um mixaria??

          • Victor Dias

            Qual a injustiça nisso, se o desconto para a previdência tem teto em um caso e no outro não? Aliás, quer trocar? Eu preferiria ter a mixaria se meu desconto do INSS tivesse teto, como o seu, do que pagar previdência sobre meu salário integral. Preferia muito mais economizar essa diferença todos esses anos.

      • Luciano

        Parabéns pelo comentário, sem falar no emprego. Parece que quando se fala em PJ só tem lucro.

      • Tucanalha

        O duro é saber que um monte de dinheiro (mais de 1 bilhão de reais) foi desviado dos trens e do metrô de SP, desde 1998 pelos tucanalhas!

      • Sergio

        PJ nao paga imposto, ele repassa tudo pro preço dos produtos que vende, pra sobrar o lucro, que é o equivalente ao seu salário. Todo trabalhador tb é consumidor, entao é ele que paga todos os encargos trabalhistas, que senao fosse obrigatorio, ia ter mto mais empresas e emprego pra todos, e qdo sobra emprego, o patrao tem que oferecer salario maior e beneficios, pq vai ser o empregado que vai poder escolher onde quer trabalhar. E com mais empresas competindo, só sobrevive as melhores, é aí que a inovacao vem, dos dois lados, empregado e empregador.

        • Luiz Marques

          Quem vê esses comentários pensa que empresa no Brasil deita e rola! Repassa para os preços? É mesmo? Vc precisa viver um pouco o ambiente da pequena empresa e saber que o preço é feito pelo mercado… Se vc tentar repassar acaba não vendendo… Assim não repassa e entra no vermelho! Veja o índice de fechamento de pequenas e médias empresas neste pais dos impostos antes de falar besteira!

          • Victor Dias

            Realmente, hoje em dia o mercado é extremamente competitivo, e quem não tem competência de fato não se estabelece. Parece ser esse o seu caso.

            • MarcosBittencourt

              "Preconceitos, generalizações, estereótipos são sempre perigosos. Mas o mundo está assim: há uma série de animais virtuais que leem qualquer coisa, escrevem qualquer besteira baseado na primeira impressão que tiveram. " Resposta com sua palavras!

    • Zergling

      Injusto? Não tem nada de justiça aí, o que tem aí é lógica. E isso é assim no mundo todo. QUanto mais dinheiro, mais segurança financeira você tem, mais você pode comprar, mais barato deve ser pra você. Se você tem pouco, você tem menos chances de não honrar o compromisso, seus juros devem ser mais altos, pagar mais caro para compensar as possíveis perdas de outros iguais.

      • Anderson

        Seguindo o seu raciocínio as montadoras deveriam cobrar ainda menos de quem compra a vista.

        Isso não acontece por que eles gostam de explorar a pessoa comum mesmo. É injustiça sim e das grandes!

        • Zergling

          Não faz sentido. Tanto à vista como à prazo, a montadora vai receber o dinheiro à vista pelo banco financiador. É o Banco que assume o risco e se preocupa em dar taxas maiores ou menores dependendo do seu perfil.

          • Anderson

            Você está se contradizendo. Primeiramente disse que as montadoras tem que cobrar caro do pobre para compensar a inadimplência. Porém, bem lembrado, se os bancos pagam as montadoras à vista, elas não tem risco algum, logo não há motivo para elas cobrarem mais caro.

            • Zergling

              Na venda direta você negocia diretamente com a montadora, nesse caso, a CSS fica de fora, é menos uma empresa para lucrar, logo pode ocorrer um desconto por esse motivo. Porém o desconto é baixo se você comprar apenas um carro, e cada vez mais alto quanto mais carros você comprar. Dessa forma, como em qualquer lugar comercial que consigo me lembrar, a venda no atacado tem ainda mais descontos.

              • Anderson

                Agora já chegamos a outro ponto, atacado e varejo. Lógico que por atacado é mais barato, é uma questão de negociação.

                Não tem nada a ver com ter mais dinheiro ou mais segurança financeira portanto.

                • Zergling

                  Tem sim. Veja bem. Sua empresa quer comprar 40 carros. OU você compra à vista, ou financia. Para financiar 40 carros, sua empresa tem que ter o crédito aprovado, ou seja, tem que ter segurança financeira, e também, muito dinheiro. Para comprar à vista, você tem que ter muito dinheiro. De um jeito ou de outro acaba no ponto de quanto mais dinheiro você tem, mais barato você consegue comprar.

                  • Anderson

                    Inicialmente você disse que PJ tem direito a descontos por ter mais dinheiro. Isso não é verdade, ele paga menos por comprar por atacado.

                    Questões de crédito é outra coisa.

                    • Zergling

                      Ele não paga menos APENAS por comprar por atacado. Se ele comprar 1 carro apenas, também sai mais barato, pois a venda é DIRETA. Não tem intermédio da concessionária, que é uma empresa que lucra a menos na relação, logo você pode ter o lucro da CSS como DESCONTO.

                    • Anderson

                      Perfeito, a venda direta também. Portanto o dinheiro que possui não faz diferença no preço do veículo.

                    • Zergling

                      Meus deus… Mas agente não havia concordado que se você tem dinheiro pra comprar 1 milhão de veículos, os veículos vão sair mais baratos que quem vai comprar só 1?
                      Como não tem diferença no preço do veículo?

                    • Anderson

                      O dinheiro que possui não faz diferença no preço se você não comprar em maior quantidade.

                    • acorreia

                      Zergling.

                      Corretíssimo seus comentários. Concordo plenamente com eles.

                    • Elton

                      Zergling vc foi bem objetivo e correto. Concordo contigo.

              • Felipe

                A concessionário lucra sim na venda para PJ. Inclusive o vendedor também tem seu llucro. No meu caso, quando comprai um Fluence no modo PJ, o vendedor tinha 3% de comissão!

            • aleneo2

              O preço peara pessoa fisica é mais caro pois a logica da montadora é que empresas compram grandes quantidades de carros e PF compram apenas 1 teoricamente, entao aumenta o beneficio para quem mais compra.

              • Edson Roberto

                Tá… e quem PJ compra apenas 1 unidade?

                • aleneo2

                  Vai ter o desconto pois é a visao do mercado que o volume de vendas e a possibilidade de vendas é maior para PJ que um dia pode ter uma frota e etc.

                  Lógico que isso cria um mercado do dono da empresa que nao vai ter uma frota nunca mas compra um carro particular.

                  Como o mercado já colocou que PJ tem desconto as montadoras nao tem coragem de fazer uma ficha para verificar demanda da pessoa, apenas vendem.

                  da mesma forma que a maioria das montadoras dao cerca de 15% de desconto para seus funcionários comprarem carros e é valido tambem para as empresas do grupo.

                  • Elton

                    A venda para PJ é feita diretamente com a fábrica, e não em CSS, que tem seu lucro de despesas em cima.

          • fred junior

            Pare de dizer tanta besteira, baseada em achismo.Se não sabe como funciona cale sua boca, ou melhor pare de escreve bobagens.Se vc compra o carro à vista na ccss não tem nenhum banco envolvido no negócio.O próprio nome já diz “venda direta”, nessa modalidade a fábrica fatura o carro direto para a PJ, só há uma nota fiscal e portanto menos impostos, por isso os dencontos são maiores em carros de padrão superior, pq a tributação neles são maiores.Já qdo se compra na ccss o carro é faturado duas vezes, uma para a ccss e outra para a PF.A montadora não esta te dando desconto nenhum, apenas tirando impostos em cascata e o lucro da ccss.Apendeu???

        • Heisenberg

          Isso mesmo! Se uma pessoa comum está comprando um carro a vista deveria obter esses descontos. Se elas não ofertam esse tipo de benefício seja mais por mercenarismo. E quando uma pessoa física compra um produto a vista a empresa (penso eu) recebe o dinheiro na hora através de um deposito em conta da empresa em tempo real sem precisão de pagar taxas de transferência de dinheiro por parte das financeiras, ou será que ninguém conhece o sistema do Cielo cartões (claro que ninguém compra carro com cartão de crédito, mas é só um exemplo de lucro e taxa exigida pelo uso da maquininha de cartões). 5% do lucro total mais R$ 100,00 de aluguel do dispositivo.

          • AutoNacional

            Bom, não sou contador, mas creio que ao vender para PJ a montadora consegue abater ( ou um desconto ) em impostos. Pessoalmente duvido que esses descontos saem do bolso das montadoras. É como uma empresa doar dinheiro para instituições de caridade, um certo valor pode ser descontado do IR. O mesmo vale para gastos médicos em PF.

            • MarcosBittencourt

              Que eu tenho certeza é que a empresa ganha crédito de ICMS. Porém ela tira da margem de lucro esses descontos, pois eles não são um valor único, são variáveis de acordo com o modelo.

            • Edson Roberto

              Auto, existem pontos importantes.

              A compra para PJ possui beneficios pois é uma compra direta com a fabricante e, a depender do seu oficio, há subsidio de impostos. Por isso o preço menor.

              Mas a fabricante continua lucrando igual.

      • Heisenberg

        Injusto que eu quis dizer foi justamente isso! Por terem mais dinheiro os produtos ficam mais baratos. Se vc posicionou-se contra meu argumento é porque é dono de alguma empresa. Sou conservador e capitalista, mas em situações como essas, sou contrário. E não se engane! Em outros países, produtos voltados para empresas são mais caros que para pessoas comuns já que acrescentam dispositivos voltados para o trabalho e por serem mais resistentes. Um exemplo disso nos EUA é o Taxi! Bem mais caro que as versões normais de rua.

      • Gerson

        O fato de ser uma empresa não significa ter segurança financeira. Conheço gente que tem carro no nome da empresa para uso pessoal e familiar, isso ocorre muito. A injustiça está aí, comprar carro com menor carga tributaria, justificando que será para uma atividade estabelecida em lei, e utilizar em atividade diversa…..

    • MarcosBittencourt

      Sabe quanto uma PJ paga de imposto? Para você ter uma ideia há uma lei, se não me engano federal, que exige que as empresas divulguem no cupom fiscal o percentual de imposto que ela pagará por aquela venda. Pode ter certeza que é mais do que os 27,5% de IR que a PF paga. Aqui na empresa os percentuais variam de 30 a 35 pontos, podendo a chegar até 45-50 quando é importação direta se não me engano. Injusto né?
      Mas enfim, o desconto é dado pela fábrica, então num país onde "tudo" é caro qualquer desconto é valido.

      • DougSampaNA

        Bicho, comprei uma batedeira pra substituir uma que queimou, veio na NF…57% de IMPOSTOS!!!

        Isso é assalto OFICIAL !!!!!!!!!!

        Tenho que POR FOGO NO MEU TITULO ELEITORAL…que ódio!

        • MarcosBittencourt

          Para complicar ainda mais, não estão inclusos nesse percentual, impostos municipais (IPTU) e encargos trabalhistas.

          • jonathan1985

            O pessoal esquece, nesse mimimi de quem paga mais imposto, que no final das contas, na maioria das vezes quem paga mesmo é o CONSUMIDOR FINAL, ou seja a PF!

            Ou seja, de certa forma esses descontos são sim injustos, isso porque servem justamente pra "maquiar" ou tentar "amenizar" o impacto da ridícula carga tributaria que temos.

      • Heisenberg

        Nada que seja tão comodo repassar os custos tributários, mesmo que sofram aumento de 100 porcento, para o consumidor final. Nenhuma empresa sai absolutamente perdendo, só relativo.

    • Daniel

      estão reclamando até de quem ganha desconto….simples abram uma firma…..mas arquem com contadores, sala comercial, funcionários, sindicatos, taxas diversas que se for detalhar aqui vai faltar espaço ou esquecer de alguma…..povo gosta mesmo de dizer que a grama do vizinho é melhor…a e quem é funcionário publico e quiser trocar aceito….apesar de saber que tbm estão defasados a anos..

      • Eduardo

        Concordo. São várias siglas. DAE, GPS, Alvará, IPTU, lembrando que serviços para PJ como telefonia e energia tem tarifas mais altas que para PF.

  • schweinerei

    Incrível que ainda assim todos parecem caros.

    • Cristiano_RJ

      Renault Fluence GT

      Sedã médio equipado com motor 2.0 turbo de 180 cv, 6 air bags, ESP, ASR, ar dual zone, teto solar, faróis de xenon, partida por botão, chave com sensor de presença, bancos em couro, rodas de liga leve 17", multimídia com tela LCD, bluetooh, GPS, entrada USB, piloto automático, sensor de ré, etc. etc. etc. Isso sem falar que possui um dos melhores porta malas e espaço interno da categoria, além de ser muito divertido e ao mesmo tempo confortável de se dirigir.

      Preço: R$ 71 mil.

      Tem certeza de que você considera caro? Lembre-se: estamos no Brasil!

      • schweinerei

        Sim.

        • Cristiano_RJ

          Um modelo cujo preço de tabela é de R$ 85 mil (este sim, um valor pra lá de salgado) sendo oferecido por R$ 71 mil (mais de 15% de desconto) e você ainda me diz que está caro?

          Volto a repetir: estamos no Brasil! Vivemos em um país onde toda e qualquer compra custa sempre muito acima do que realmente vale. E isso não se restringe ao mercado automobilístico não. Veja o caso do novo Play Station: temos o mais caro do mundo! Veja o caso da black "fraude". etc.

          Mas voltando à nossa realidade e colocando os pés no chão. Que tipo de sedã médio se compra com R$ 71 mil NO BRASIL? Aliás, que modelo esportivo se compra com R$ 71 mil NO BRASIL?

          No caso dos sedãs, só temos em sua maior parte modelos medíocres em termos de segurança, motorização e equipamentos. Compare e verá que o Fluence GT a este preço está muito acima dos demais nessa mesma faixa. Como esse modelo pode ser taxado de caro? Este conceito deve levar em consideração o mercado em que nos inserimos.

          No caso de esportivos, só teríamos o Bravo T-Jet. Que se fosse equipado à altura, ficaria bem mais caro. Ah, temos agora também o Golf Highline manual, que apesar de não ser vendido como esportivo, poderia, pelo menos em desempenho e comportamento, atender às expectativas do mesmo público. Mas, do mesmo modo, se formos acrescentar bancos em couro, teto solar, GPS, faróis de xenon (tudo de série no Fluence), ficaria absurdamente mais caro.

          Enfim, essa sua resposta só demonstra que você não conhece nada do mercado automobilístico brasileiro. Ou não passa de mais um sonhador…

          • schweinerei

            Fiquei impressionado com o quanto você se esforça em mostrar que eu não entendo nada. Enfim, essa sua resposta só demonstra que você não conhece nada de realidade financeira, somente a "de mercado". Ou não passa de um arrogante e acha que só sua opinião é que vale…

            • Cristiano_RJ

              Eu me esforçando para demonstrar que você não entende nada? Mas até agora que demonstração de entendimento você me deu? Então por que ao invés de me ofender me chamando de arrogante você não nos dá a honra de conhecer os seus argumentos? É assim que um debate acontece; através de duas ou mais partes divergentes apresentando seus argumentos para defender seus pontos de vista. Mas até agora você só tem emitido secamente a sua opinião e ponto final, com no seu penúltimo post: "sim". Quer demonstração de arrogância mais clara do que esta? Simplesmente se colocando acima dos "meros mortais", com os quais você sequer se dá ao trabalho de debater e simplesmente os desqualifica?

              • schweinerei

                Jovem, você é um purgante. Me esquece.

                • Cristiano_RJ

                  Está claro quem é o arrogante por aqui!

                  Se queres ser esquecido, é fácil: não volte a postar! Ninguém está te obrigando a isso, seu mané.

                  • schweinerei

                    Não devo mais postar? Uiuiui…temos um novo moderador?

                    • Cristiano_RJ

                      Noss… mas será que além de desconhecer o mercado brasileiro de sedãs médios, você também é incapaz de interpretar textos? Não estou moderando, ô zé. Estou te dando uma sugestão, já que você quer ser esquecido e não é capaz de participar decentemente de um reles debate a respeito de carros. Até agora não emitiu nenhum argumento. Só ofensas e ironias.

                    • schweinerei

                      Cê tá obcecado mesmo, hein?

                    • Cristiano_RJ

                      É cara, antes eu só desconfiava… agora tenho certeza. Você de fato não tem nada a acrescentar. Se ofendeu com o que disse porque falei a verdade. Sendo assim, não tem razão para continuar nessa discussão. I quit!

  • Alisson

    Corrigindo: Novo Sentra 2.0 SL não tem desconto na PJ.

  • Eu tirei uma Livina X-gear 1.8 AT prata por 47k, o preço normal na época era de 56k pra pessoa física.

    Renault e Nissan tem ótimos descontos pra PJ, vale a pena mesmo.

    • Edson Roberto

      Vc comprou a vista?

      • Foi em 2x Edson, a vendedora gerou 2 boletos, paguei um logo quando emitiu (fiz a reserva), e o segundo uns 20 dias a frente.
        A entrega do carro se deu em mais ou menos uns 28 dias.

  • Levinthal

    Esse desconto para P.J é uma piada. A ideia é muito boa – como a maioria delas são aqui no BR -, mas como a maioria, não é fiscalizada. Não por outro motivo temos diversas pessoas que tiram automóveis particulares para uso próprio, e da família toda, e dos vizinhos todos, e dos amigos todos, no nome de PJ. Está tão comum que já ficou totalmente descarado. Inclusive lembro-me de uma matéria postada aqui mesmo no N.A. que a pessoa falava sem pudor que tinha tirado o carro da "avaliação da semana" por P.J., quando aquele, de forma visível, era pra uso particular (bom, pelo menos foi o que deu pra perceber). E aí a gente volta à velha discussão: (pensamento de quem faz isso) o governo tira de mim, não faz mal eu tirar um pouco dele; (pensamento do "governo") eles dão o jeitinho brasileiro deles, então vou dar o meu também. E é nesse puxa de lá e puxa de cá que todos perdem. E acredito que quem faz não só esse tipo, mas muitos outros, de falcatrua, não tem o mínimo direito de abrir a boca e reclamar de quem quer que faça algo de errado, pois quem não faz o certo não pode criticar o errado. E no final das contas, quem sai perdendo somos todos nós.

    • renanzacarias

      Duro de admitir, mas vc está certo.

      • Luís Pinho

        Corretíssimo, o empresario escapa de pagar o preço cheio mas continua fazendo manutenções caras, pagando pedagio, perdendo pneus nos buracos e etc. Já o cidadão comum paga caro em tudo, sendo assim, não faz manutenções corretas, não coloca o carro no seguro e etc. A situação vira um vicio onde empresários e cidadão comum vão perder sempre, digo que mesmo os empresários do alto escalão perdem, pois em um pais mais justo e desenvolvido, a estabilidade e o nível de consumo seria muito maior.

    • Thiago

      O que o "Governo" tem a ver com isso? A empresa dá desconto para quem ela bem entender.

      • Pedro_Rocha

        Se os impostos não fossem tão absurdos não haveria motivo para tantos pesos e medidas.

      • Levinthal

        Até onde é de meu conhecimento, pelo menos aqui na cidade onde moro, tem descontos altíssimos de tributos. Na minha cidade o desconto recai em IPI, ICMS e COFINS. Isso até onde sei, pois devem existir mais. Com isso, o "governo" deixa de arrecadar muitos tributos, não é atoa que estão querendo acabar com a farra (oras, se fosse desconto só por parte das montadoras, por que acabar?). E mais, se realmente fossem só elas que dessem o desconto, por que não dariam para todos? Elas são entidades filantrópicas quando se trata de venda de carros para pessoas jurídicas, vendendo mais barato por puro bom samaritanismo? Não há razão para essa diferenciação. Não digo que o lucro das montadoras não reduzam, mas a parte gorda da operação quem perde é o governo. Inclusive não é atoa que esta compra por P.J. é um tanto quanto burocrática, pois todos perdem (governo, com a redução de impostos e montadoras, que reduzem um pouco o lucro).

        • Thiago

          Desconhecia isso. Só sei das isenções de impostos para taxitas, PNE's.
          Tem algum link ai, que fale sobre esses descontos na sua cidade?

          • Levinthal

            Vou procurar, no momento não possuo nenhum. Vou procurar e repasso aqui quando achar.

            Abs.

      • schweinerei

        Pelo que sei há descontos em tributos que permitem boa parte da redução do preço para PJ.

    • aleneo2

      Nao tenho certeza, mas acho que venda para PJ nao tem nenhuma redução de impostos, o máximo que o cara consegue é uma linha de financiamento tipo um finame para comprar mais barato.

      mas nao tenha duvida que as montadoras tiram esse valor do restante dos consumidores cobrando mais caro.

      • MarcosBittencourt

        Redução não tem, mas tem crédito de ICMS. É um pouco complicado explicar, mas a empresa tem benefícios sim. EU acredito ela tem cerca de 4% de crédito.

        • Gerson

          A empresa se credita de todo o valor do ICMS a 1/48 avos dele por mês….

    • AutoNacional

      Mas deve se lembrar, que em 90% dos casos, quem tem empresa usa o carro para trabalho. O simples fato de visitar clientes, de se locomover da casa pro trabalho significa que esta usando o carro para trabalho. Lógico, o laser entra nessa conta. Mas é como você ser diretor de uma grande empresa, a empresa te da um carro, só que eventualmente o carro é usado para ir ao supermercado que fica no caminho do trabalho a casa. Ou você visita um cliente e pega sua esposa que trabalha próximo a empresa desse cliente.

    • O_Corsario

      Mas a questão tem mais nuances. Por exemplo, uma empresa pode comprar carros para os funcionários usarem, isso é bem comum. Outro caso é se você é um pequeno empreendedor e vai usar o mesmo carro tanto para a empresa cmo para uso pessoal.
      Mas em alguns casos vira sim só trem da alegria, embora pelo menos na minha experiência não seja fácil comprar carro pelo PJ como alguns imaginam, tem limitações como tempo da empresa aberta ou mesmo frota mínima.

      • Elton

        E até quantidade de funcionários, é bem burocrático.

    • gabriel machado

      imposto é roubo, cabe a cada um pagar o mínimo de imposto que puder e sonegar o máximo, o governo que se foda

    • Mas se a pessoa tem CNPJ que mal tem ela comprar carros usando esse método?
      PJ já gasta uma pancada de dinheiro em impostos, contratar serviços essenciais tais como agua, luz, internet, tudo quando e relacionado ao "PJ" e mais caro, os pacotes são diferenciados pra mais quando eles sabem que e comercio.
      E não se esqueça que eu mesmo sendo um PJ também sou um PF, pois em casa meus custos são iguais a qualquer outra residência PF desse pais.

      Isso e uma safadeza sem tamanho (os impostos), como se já não bastasse pagar os milhares de impostos dos funcionários que temos, pior ainda quando se afastam tiram licença pra isso e aquilo, o PJ alem de continuar a pagar um funcionário afastado tem que contratar outro para aquele lugar.

      Acho ótimo que temos esses descontos, uma pena outras marcas não serem tao fáceis de comprar como na Renault e Nissan.
      VW e uma piada e na GM cheia de isso e aquilo restrições até pra modelos.

      • Levinthal

        Assim você mistura as coisas e acaba caindo no que falei no meu primeiro post (já que o governo me tira de cá, vou tirar leite dele de lá), mas não é assim que as coisas funcionam. Se assim fosse, o raciocínio é o mesmo de você roubar um ladrão que roubou você; ambos estão errados e merece serem punidos. É o famoso 'um erro não justifica o outro'.
        Comprar carro como P.J. para uso de P.F. é errado. Teoria da personalidade. Você é uma pessoa e a empresa outra, até porque você não vai lá no caixa do seu comércio e retira o dinheiro que lá tem para comprar uma TV nova pra sua casa, por exemplo. Do mesmo jeito, você não pode ir lá retirar o dinheiro dela – afinal o carro é pago pela empresa, e não por você – para comprar um carro de uso particular.
        Essa é minha opinião. Sem ressentimentos, pois respeito a sua.
        Abs.

        • O pagamento é por boleto e pode ser tanto da conta da sua PJ como da sua PF.

          O documento sim fica em nome da empresa, mas o pagamento pode ser feito de qualquer direção (PJ ou PF).

          Eu entendi o que você quis dizer, meu outro carro foi comprado como PF (esse e meu), alias a Livina (do servico e tbm uso da esposa) foi meu primeiro carro como PJ e tenho CNPJ a mais de 12 anos.

          Foi comprada usando o dinheiro particular de rendas extras mas usando o desconto da minha PF, pois esse carro e usado no comércio e tbm usado no particular de minha esposa.

          No meu ponto de vista não acho isso errado, pelo contrário acho de extrema importancia adquirir bens com preços menores. Não estou infringindo lei nenhuma e uma opção que existe e esta disponível para uma grande parcela de pessoas usarem da forma que lhe convém.

          Tem empresas que impõem cotas, limites, etc, no caso das duas supracitadas são bem camaradas nesse quesito, quase não tem limitações de cota ou limites.

          • Levinthal

            O boleto pode ser pago por qualquer um, mas a contabilidade tem que fechar o ativo X passivo. Se o dinheiro não saiu da empresa e foi pago por P.F., como justificar e "fazer bater" o balanço da empresa? De qualquer forma, entendi o que você quis dizer, Ander. Sua posição é defensável de qualquer forma. Abs.

  • Alisson

    Novo Sentra 2.0 SL não tem desconto na PJ.

  • MarcioGO

    No meu caso, o problema é que a Nissan não está faturando o Sentra SL para PJ. Pelo menos foi o que informaram aqui na concessionária de minha cidade. Só o SV está disponível. Problema não… eu espero…

  • toledo121

    recentemente adquiri alguns veículos para mim e para minha empresa por pessoa jurídica
    os melhores descontos só consegui nessas duas marcas..

  • ZEKINHA71

    O Duster 4X4 e o March SR me deram uma coceira na mão. Meu próximo vai carro vai ser por PJ. A econômia garante o seguro, IPVA e combustível de no mínimo um ano.

  • Vatttt

    Brasil o Pais da desigualdade social! A diferença no Governo PT é que pobre tem bolsa miséria para fazer valer seu voto!!!

  • José Eduardo

    Pessoal, quando entro em vendas diretas para produtor rural o preço de todos o modelos da Frontier é o mesmo q se eu entrar no site normalmente sem vendas diretas. Alguem saberia dizer quanto sairia o modelo SV Attack 4×4 pra produtor rural??? Meu pai tá querendo comprar uma e pra ele seria melhor um 4×4 (o da matéria é 4×2). Agradeço a ajuda..
    Só pra constar, não é pra ficar desfilando na cidade, mas sim pra usar na fazenda mesmo :P. Vlw..

    • MarcosBittencourt

      Fica tranquilo amigo, o carro é seu, use onde e como quiser.
      Pelo que eu entendi, o desconto é de 20,5% sobre a versão SV Attack, mas não foi específico para 4×2 ou 4×4. Pelo meu entendimento é 20,5% para os dois.

  • HugoSW

    Quando atualizarem a Duster e colocarem um cambio automatico decente compro como PJ.

    • DougSampaNA

      Concordo, aquele cambio AT deles é muito tosco, ruim de serviço!
      Ou 5 ou 6m AT, aquele 4m AT é INDECENTE!

      • Cristiano_RJ

        Isso sem falar na alavanca de câmbio grotesca, um pouco mais e encostava no teto! kkkk…

    • Elton

      É dois então.

  • wellboy

    nao compro estes carros são cheios de problemas e macanica muito cara e depreciação as alturas…fico com meu fiat mesmo…bom barato e de fácil manutenção e de revenda garantida.

    • ttdark

      Hauauaua, concordo amigão. É por isso que é uma pena Mille, o G4 e a Kombi terem saido de linha… Né não?

      Em tempo, boa sorte na escolha dos 4×4 e dos sedãs médios da Fiat, muitas opções…

      • Edson Roberto

        No minimo, ele deve ter tido todos os modelos dessas duas marcas para dizer isso. Pois para dizer que só dá problemas, é porque certamente teve mais de um.

    • acorreia

      Discordo.

      Tivemos aqui em casa três veículos Renault (2 Clios e um Sandero) no período de 2002 a 2013 e nunca nos dor de cabeça. São veículos simples, relativamente bem equipados e honestops (entregam o que te prometem). Quando precisei comprar peças não vi preços diferentes de outras marcas que tivemos aqui em casa.

    • Fiat é um pior lixão, até o botão do ar condicionado do novo palio cai no chão. Que carro a fiat tem pra bater de frente com a frontier, altima, sentra ou fluence, ainda prefiro o sandero do que o palio.

    • atsocovatsug

      não sei porque fiquei com a impressão de que vc deve ter um uno mille.

  • Anderson_sp

    Bom pra quem é PJ e pode usar disso.

  • O preço pr PJ deveria ser o praticado no varejo . . . . . ai seria justo!

  • O meu Sandero 2011/2012 na época foi comprado assim, varias lojas na Av Luiz Ignácio Anhaia Mello dispõe a comprar o carro diretamente da loja em CNPJ e vc paga depois só a trasnferencia da documentação.

  • Rafael

    Esses preços p/ PJ, ficam até decentes… ah se os preços p/ PF fossem esses….

    No mais conheço muita gente que tem PJ, e faz a festa do boi bumbá pra familia toda…..

  • hugogyn94

    Afinal o que é pessoa jurídica ?

    • Prf. Pacoalhe

      é um juiz…. um "adevogado", ou alguem que participou de algum juri… ae ela fica juricada kkkkk

    • Cristiano_RJ

      Pessoa física: alguém que possua CPF. Eu, você, todos nós que comentamos aqui.
      Pessoa jurídica: as empresas, que possuem CNPJ.

      • hugogyn94

        Obrigado

  • HenriqueHJ

    Muitas pessoas não sabem, mas quando compram esse carros via PJ. ele vira patrimonio da empresa com depreciação em x tempo. no final desse x tempo quando ele vender o carro, dependendo da depreciação ele tem que recolher imposto em cima do valor de venda. por isso o desconto inicial e a venda direta do fabricante.

    • Mas se caso for uma empresa só no papel (profissinais que não trabalam CLT e abrem cnpj somente para dar nota fiscal e sem funcionario) acredito que vale a pena…certo? é possível?

      • HenriqueHJ

        Nesse caso ele não é nem M.E. acho que ele se enquadraria no microempreendedor e tem um faixa de faturamento e recolhimento de impostos muito baixo (deve ser coisa de 15 mil por ano, alguem me corrige ai). e para comprar o carro ele tem que provar para o IR que tem o valor na caixa da empresa para a aquisição do carro. e financiamento para PJ é mais alto que pessoa fisica nos bancos.

        e para que uma empresa ter CNPJ, IE ativo. precisa de um local para o fim, não pode ser residencia, tem que ter alvará e no minimo um funcionário. e se eu me lembro um calculo rápido que eu fiz no passado precisa de no mínimo 1.500 por mês para ter um comerciozinho. isso considerando o pagamento minimo de todos os tributos, encargos e funcionário.

        a não ser empresas laranja. ai é festa. ne

  • Rocha

    Tem das outras marcas?



Send this to friend