Etc Longform

Conheça os carros e as ruas de Aruba

aruba-carros-ruas-135 Conheça os carros e as ruas de Aruba

Entre os dias 7 e 15 de junho, estive em Aruba, em uma viagem de férias. Chegando lá e vendo a diversidade dos carros e também os vários modelos quase que desconhecidos para os brasileiros, pensei em fazer uma matéria aqui no NA, mostrando um pouco desta realidade diferente.



Aruba é uma pequena ilha do Caribe, que fica a apenas 30 km da costa da Venezuela. Se trata de um território da Holanda, ou mais precisamente dos Países Baixos, que também tem no Caribe as ilhas de St. Maarteen e Curacao como territórios.

A língua oficial em Aruba é holandês e papiamento, aquela língua usada no parque Hopi Hari no Brasil, que todo mundo pensa ser uma língua criada por eles, mas na verdade não é. Aliás hopi hari é gargalhada em papiamento.

Aruba tem 32 km por 9 km de extensão e fica em uma parte mais segura do Caribe, sem furacões, e o clima é quente o ano todo, com praias de areia branca e um mar azul lindíssimo.

aruba-carros-ruas-123 Conheça os carros e as ruas de Aruba

A capital se chama Oranjestad. Fiquei no hotel Westin, que fica na Palm Beach, a praia mais conhecida de Aruba. Fui com um pacote da CVC, mas para chegar até Aruba, o caminho mais comum para os brasileiros é pegar um avião da Gol em Guarulhos, seguir até Caracas, onde o avião fica uns 30 minutos para abastecer, e depois segue até a pequena ilha. A passagem de ida custa entre 900 e 1.000 reais, e no total são 7:30 horas de viagem.

A população é de pouco mais de 100.000 pessoas, a maioria delas envolvida no turismo, pois são muitos hotéis luxuosos e casinos. O que mais vemos são americanos e brasileiros, para todo lado, mas temos também muitos turistas da Holanda e de outros países da América do Sul.

A moeda usada é o florin, mas você pode usar dólares tranquilamente em qualquer lugar. As coisas são um tanto caras, passeios bastante requisitados como mergulho ou pesca em alto mar podem custar mais de 300 dólares por apenas 4 horas. Os restaurantes mais bem conceituados cobram mais de 100 dólares para um casal jantar. Em uma churrascaria brasileira, gastamos 45 dólares por pessoa para comer no rodízio, e assim por diante.

aruba-carros-ruas-132 Conheça os carros e as ruas de Aruba

Quem quer gastar menos com comida procura restaurantes mais simples, longe da praia, ou recorre a fast-food… McDonalds, Burger King, Wendy’s, e assim por diante.

Mas, vamos ao que interessa…

Os carros e as ruas de Aruba

Aruba tem avenidas principais com um asfalto quase perfeito. Entrando em ruas secundárias, temos várias imperfeições no solo e alguns buracos grandes. Mas de um modo geral é tudo plano.

Os motoristas são em sua maioria educados, e param quando algum pedestre está esperando para atravessar a rua. A velocidade máxima permitida é respeitada pela maioria, apenas de vez em quando vemos alguma coisa não tão civilizada, como uma leve cantada de pneus ou motociclistas fazendo bagunça.

aruba-carros-ruas-86 Conheça os carros e as ruas de Aruba

Os taxistas são os mais apressadinhos, e acabam passando em faróis vermelhos quando não vem nenhum carro, já que não se vê carros de polícia nas ruas. Apenas em uma noite vi uma viatura (Hyundai Santa Fe) correndo com as luzes acesas e sirene, parecia estar indo atrás de alguém.

Os carros existentes em Aruba são de todas as marcas possíveis. Mas algumas estão presentes com mais força do que outras. Hyundais, Toyotas e Chevrolets são a maioria. Temos muitos carros também existentes no Brasil, mas modelos da Volkswagen são raríssimos. Fiats? Não vi nenhum.

Notei alguns carros japoneses mais velhos nas ruas, com volante do lado direito. Devem ser aqueles carros velhos que os japoneses não querem mais e acabam mandando para outros países. Carros de luxo e outros modelos bem caros quase que não existem. Dentre os alemães, você vê um ou outro Classe C e Série 3, mas é bem raro. Acima disso, vi apenas duas unidades da X6.

aruba-carros-ruas-95 Conheça os carros e as ruas de Aruba

Os taxistas usam os modelos mais variados. Vimos Hyundai H1, Hyundai Veracruz, Toyota Corolla, Kia Sportage, Toyota Hilux SW4, Toyota RAV4, Mitsubishi Outlander, Kia Carens, etc. O valor mínimo cobrado é de 6 dólares, e o uso frequente fica bem caro. Algumas corridas de uma ponta até a outra da ilha podem custar 80 dólares.

Uma alternativa é o aluguel de um carro. Em Aruba você não precisa ter carteira internacional de habilitação, a brasileira serve tranquilamente. Estacionamento nas ruas é gratuito, o que facilita bastante.

Aluguei um Chevrolet Spark 2006 na Hertz, que fica dentro do hotel, paguei 38 dólares a diária com km ilimitada. Se trata do menor preço de diária para um veículo em Aruba, já que quadriciclos, por serem considerados passeios, custam em torno de 70 dólares por dia. Depois descobri que tinha locadoras cobrando menos, 28 dólares, mas acabei ficando com a comodidade de pegar um carro no hotel mesmo.

aruba-carros-ruas-1 Conheça os carros e as ruas de Aruba

Este valor do Spark ficou reduzido pois quis pagar apenas o seguro obrigatório, que é de 3 dólares por dia e que se limita ao roubo do veículo. Algumas outras modalidades bem completas de seguro chegam a 29 dólares por dia.

Este carrinho estava com 25.000 km (o que parece pouco, mas lembre-se de que a ilha é minúscula), tinha um motor 0.8, que tem desempenho similar aos nossos 1.0. São 51 cavalos e apenas três cilindros.

O Spark amarelo era bem básico, não tinha nem mesmo trava elétrica. Tinha apenas ar-condicionado e direção hidráulica, e com câmbio automático seu funcionamento se mostrou bem suave.

aruba-carros-ruas-3 Conheça os carros e as ruas de Aruba

O Spark é bem macio e gostoso de guiar. Não cheguei a fazer média de consumo, mas a gasolina custa 1,70 dólar o litro em Aruba, mais caro que no Brasil. Se você devolver o carro com menos gasolina do que pegou, a locadora cobra o preço normal da gasolina, o que é mais prático do que ter que parar em um posto para abastecer. Rodei bastante e tive que pagar apenas 8,68 dólares de gasolina.

A categoria B da locadora tem também Chevrolet C2 além do Spark. A locadora oferece outras categorias de veículos para aluguel. Categoria C custa em torno de 45 dólares e tem Chevrolet Aveo sedã. Categoria D sai por 50 e poucos dólares e é composta de Nissan Tiida e Suzuki SX4, G sai por 60 dólares e é composta de Kia Optimas.

Acima disso temos as categorias H, L e M, com Daihatsu Terios, Kia Sportage e Jeep Wrangler 4×4, respectivamente. Os preços são de 60, 65 e 115 dólares a diária.

Mas se for pra resumir, achei um lugar fantástico, com a beleza natural de poucos lugares do Brasil aliado a educação das pessoas e segurança para se andar nas ruas. Pretendo voltar, com certeza.

Por Eber

  • LFCruz

    Eu tb aluguei um Spark, mas qdo estive no Chile e subi para Valle Nevado com ele! kkkk Sensacional ver o 0.8 berrando para subir para as cordilheiras :D Pena que o "meu" não era automatico.

  • danilotoo

    com tantos lugares bonitos pelo Brasil …
    pena o povo daqui ser mal educado..
    senao seria o país mais belo de se morar.. vide Nordeste

    • fschulz84

      Mas também vejo olhos gordos das agências de viagens para pacotes para o Nordeste.

      Muitas vezes, passar alguns dias em Fortaleza, por exemplo, para quem mora em SP, sai mais caro do que ir pra Aruba…

      Também acho que temos lugares lindíssimos por aqui, mas vejo falta de incentivo… Com o dólar em baixa do jeito que estava alguns meses atrás, parecia ser bem conveniente uma viagem do porte desta para Aruba.

      • projetoscol

        algumas vezes não, nas últimas 3 viagens e fiz fui para fora do país devido a ser mais barato do que ir aos lençóis maranhenses, inclusive a última fiz para madri/barcelona e pasmem paguei 2100 reais enquanto lençóis maranhenses com 2 dias a menos 1900.

        • Landrutt

          Fazer turismo no Brasil é horrível. Horrível pelo preço e pelo amadorismo em tudo. Quem mora no Sul/Sudeste paga mais pra vir aqui pro Nordeste do que pra ir pro Caribe. Quem mora aqui paga uma fortuna pra conhecer a Serra Gaúcha, por exemplo…muitas vezes sai mais caro que muitos pacotes pra Europa partindo do NE. A culpa disso se chama ganância, das agências de turismo, dos restaurantes, dos hotéis e das empresas aéreas. É uma pena, temos lugares lindíssimos, de Norte a Sul, que realmente valem a pena ser visitados, mas muitas vezes sair do Brasil é mais vantajoso financeiramente.

          • WeIIington

            Totalmente desnecessário o comentário do cara ali em cima. Como TUDO no Brasil, viajar é muito caro. Pena o povo daqui ser burro, não saber que em uma democracia, o povo tem o poder de mudar o rumo do país. Se todos fossem instruídos e soubessem dar valor ao suado dinheiro que nós ganhamos todo fim de mês, teríamos carros a preços justos, viagens dentro do país por preço justo (na Europa você viaja de avião entre os países, inclusive alguns bastante distantes, por 80~100 euros, fora o preço dos carros que todos já estão cansados de saber aqui no NA). Enfim, eu prefiro pagar mais pra viajar pra fora do Brasil (e ser tratado com respeito, coisa que gringo está muito acostumado, já que em muitos países o consumidor é tratado como rei), do que pagar uma fortuna pra viajar para lugar extremamente caros, por um preço extremamente alto, e que em muitos casos serei tratado como lixo.

          • Cil

            Vide rio+20 e o aumento das diárias de hotel! Eu sou do nordeste e de fato temos lugares belissimos, vide praia do Gunga em Alagoas, que não deixa nada a desejar a um Caribe da vida.

            Outro dia estava cotando costa do Sauípe, que fica aqui do lado. É pegar a linha verde e cheguei. Vi que saia mais cara a diária de alguns hotéis na Costa do que em Nova Iorque. No fim das contas, se for pra ver praia e pegar sol, fico em Aracaju mesmo. Como adoro neve, devo passar uma semana em Nova Iorque no fim do ano.

            Uma coisa que me chamou atenção foi o estado do asfalto. Aqui em Aracaju também é perfeito… perfeitamente esburracado, desnivelado e rugoso. Eheheeheheheh

      • No Brasil o esquema é você apenas comprar a passagem, chegar na cidade em questão e garimpar hotéis. Chegue na recepção do hotel, diga que você quer ficar uma semana, mas só se eles fizerem um bom preço. Verá o bom desconto que conseguirá. Pois ir de pacote da CVC pro Nordeste realmente sai na mesma base de ir para o exterior, é muito caro.

        • Landrutt

          Eber, não só no Brasil quanto em qualquer lugar do mundo. Com um pouco de disposição se faz uma pesquisa sobre hotéis na internet, passeios, e vai com tudo "esquematizado" mentalmente, compra-se as passagens e pronto. Vale até entrar em contato com alguns hotéis antes, por telefone ou internet, pra ter uma base de preço. O famoso ditado "quem tem boca vai à Roma" é a mais pura verdade. Já viajei totalmente "as cegas", pra Bósnia e Herzegovina/Croácia/Montenegro e foi uma das melhores viagens da minha vida, e o máximo que fiz foi entrar em contato via telefone antes com hotéis em Sarajevo, Banja Luka, Zagreb e Podgorica, mas não fui com nada reservado. Pacotes são muito bacanas e práticos, mas é tudo mais caro. Aconselho somente pra quem não tem fluência em inglês e/ou francês, necessária na maioria dos países, mas mesmo assim deseja sair do Brasil.

      • TvaxQuivax

        no fim ainda acho que o que mais falta no brasil: educação verdadeira pra esse povo de cultura suja e educação terrível..

      • marcfreitaz

        Aqui em Fortaleza tem muita opção, de tudo que você possa imaginar, comida, hospedagem, lugares, caros e baratos, ai vai depender de cada um.

    • harfangdneiges

      Ah, cara… fala sério. O Brasil é um dos lugares mais caros de se visitar e um dos mais despreparados. Tem hotel 3 estrelas, em cidade do interior, que é o preço de um 5 estrelas no Caribe (com direito a comida e bebida à vontade e você, praticamente, tem um garcom exclusivamente à sua disposição).

      O que a gente vê no Brasil (como praticamente tudo) é muita propaganda e poucos resultados. Sou de Fortaleza e me assustei quando cobraram R$50,00 num peixe à beira da praia. Você vai pra Miami e come um rodízio no Fogo de Chão (brasileiro), por 25 dólares.

      Problema que o pessoal se assusta, acha que deve ser caro e não é. Até mesmo tem passagens internacionais mais baratas que as nacionais. Basta pesquisar.

      Eu diria que um dos poucos lugares preparados para o turismo seria nas Serras Gaúchas. Mas ali também é muito caro. Enfim, tem que ser rico pra conhecer o país…

      • É, no Caribe tem hotel de luxo que você consegue diária de 150 dólares, se pechinchar e for em baixa temporada.. por aqui hotel é caro demais.

  • pauloomota

    Sou doido pra conhecer aquele aeroporto em St. Maarteen. que é na beira da Praia.

    • Rafael_rec

      St. Maarten não fica em Aruba, fica nas Antilhas Holandesas.

      • pauloomota

        Eu não falei que ficava em Aruba, se você ler la no começo do texto o Eber cita st. Maarteen!

    • RenePOA

      paulomota, quando tu puder vá lá pq é simplesmente impagável.
      Fui em 2010 e até hoje revejo no Youtube.
      Não deixe de ficar na areia na decolagem. A areia dói muito no corpo e
      não tem como não correr para o mar.

    • Cil

      Somos dois. É que eu não gosto mesmo de sol, mas por St. Maarteen eu vou eu vou eu vou. Se brincar, a gente estica o dedo e toca a barriga dos aviões… eheheheheh

  • filipe_melo

    Elber, parabéns pela matéria!

    Agora, não sabia que o nosso glorioso Celtinha era vendido fora do Brasil.

    Alguns carrinhos que pude observar que rodam também por aqui: Tiida, Civic, Lancer, Ecosport, Clio Sedan = Platina, Sportage, S10, Hillux e Corolla. ( alguém percebeu mais algum carro? )

    • Rafael_rec

      Eu vi uma Ranger e um Edge.

      P.S. Aquele Sportage vermelho ficou bonitão.

      • EduardoRN

        Tinha também uma Blazer.

    • Acelerando

      EcoSport

    • É mesmo, vi vários carros iguais aos que temos aqui, principalmente muito EcoSport e S10 cabine dupla.

    • RenePOA

      Em Aruba aluguei um Toyota Yaris.
      Meu, carro ruim com péssimo acabamento. Espero que não venha nunca prá cá.
      Outro dia aluguei um Wrangler 4 portas para usar em praias que só se chega em 4×4.
      Fora da estrada é um touro. Achava que nem conseguiria passar e ele não deixou na mão,
      mas no asfalto é muito ruim de dirigir.

    • LuiGui

      Tem Vário com Captiva, Tucson, L200 triton, Fusion, Picanto, Chevy (Que é o nosso Corsa wind reestilizado), Corolla, Pajero Full,
      Pajero Sport, Rav 4, Ram, Outlander, IX 35, Jimny, Grand Vitara, Range Rover, F250, Hillux, Astra sedan, Pajero TR4, Cherokee,
      Fit, Marcopolo Paradiso, SX4.

  • zemarreta

    Eber, acho que a segurança de alugar numa grande locadora mais que compensa uns dolarzinhos a mais que vc gastou.

    Deixa eu te perguntar uma coisa. Como é o clima? Quente agradável, ou daqueles quentes que vc não quer nem sair do ar condicionado do carro de tanto calor?

    • Concordo sobre a locadora Hertz. O clima eu diria que é normal para quem mora em lugar quente, tipo nordeste ou centro-oeste. Pra mim era bem quente, já que moro no Sul de Minas, onde essa semana não está passando de 20 graus durante o dia. Mas é suportável, já que venta bastante. Tem lugar que é até difícil vc ficar de pé, parado, tamanha a força do vento.

  • rbergesch

    Muito legal Eber!
    Também já fui pra aruba, mas não cheguei a alugar carro!

    E alguém notou que o Novo Civic deles não tem aquele defletor terrível na tampa traseira?

  • Diggo

    Várias carros brasileiros por lá…

  • Pedro_Rocha

    Chávez que é doido nunca quis invadir Aruba. Isso é para ver como argentino é metido a besta! =D

  • hugogyn94

    Parabens Eber ,essa ilha e muito lindo mesmo,tem muito varios diferentes e bonitos,caraca vei tem chevy s-10,chevy blazer,ford escoport,chevy celta muito legal,me faz achar em aruba e barato comprar um carro desse,olha so tem carro novos rodando por ai,ate o taxistas tem Suv,entao e barato comprar.

  • Acelerando

    – Seguro contra roubo numa ILHA com 30 km x 9 km é sacanagem.
    – 25.000 km rodados nessa ilha dá umas 800 X de ponta a ponta, bem rodado o carrinho.
    – a ilha tem dimensões ideais para carro 1.0.

    • Concordo…

    • RicardoSuroieck

      É sempre melhor gastar alguns dolares a mais nos seguros do que ter que arcar com uma divida muito maior caso uma tragédia aconteça, ainda que a chance seja baixa.
      Isso é especialmente válido para seguro de viagem nos países que não tem saúde pública. Tem muita gente que vai pros EUA, tem algum acidente, as vezes uma simples fratura, e paga uma bolada de conta hospitalar. Tenso.

  • diegofc88

    Caraca: Chevrolet Celta, Ford EcoSport, modelos brasileiros por lá.
    A grande maioria das marcas são americanas, japonesas e coreanas, interessante.

  • Armando_Perez

    Bem diversificado mesmo os modelos de carros, são carros tipicos americanos, brasileiros, europeus e japoneses,
    Meu cunhado foi pra lá, e ele comentou comigo que a importação de carros usados em Aruba é liberado pagando-se algumas taxas a mais.

    Agora que é brabo você pagar 1.70 dolar o litro da gasolina sabendo que a menos de 30 km ela custa 0.05 de dolar.

  • EduardoRN

    Eber como é dirigir um carro com painel central? Gostei de um dos próximos lançamentos da Toyota o Etios sedan mas, para mim, seu painel é muito feio e esquisito. Só esse detalhe, a princípio, o elimina de uma próxima aquisição.

    • Achei normal… no começo é estranho olhar para o quadro de instrumentos à direita, mas como ele era tão pelado que não tinha nem conta-giros, nem olhei mais, haha.

  • AmmmmmP

    Parabéns pela iniciativa… as vezes eu quero saber onde carros lançados fazem suas campanhas e não informam…. conciliar carros com o propósito de lazer acho que é a essência da relação homem x carro. Por exemplo, o Prius branco lançado no Brasil não tinha na reportagem que parte da mata atlântica do Rio foram feitas as fotos… mais iniciativas assim! valeu.

  • MecanicoDigital

    Gostei da diversificação de modelos nas ruas e nos estacionamentos … bem diferente daqui, onde a maioria é gol, palio e uno.

  • kkduu

    Mermão tenho nojo desses carros que os instrumentos ficam no meio.

  • Miroengenharia

    Quando fui à Venezuela fiquei impressionado de ver como o mercado é muito mais exigente que o nosso. Vi apenas 3 Gols e 2 Palios nas ruas entre centenas de Sparks, Aveos, Fusion, Mazdas, Tatas, Kias, entre outros GMs e Fords.

  • Filipe_GTS

    Hilux e Corolla: eles estão em todo lugar!
    Em tempo: O Civic deles tem a traseira mais bonita que a do nosso (malditos prolongamentos das lanternas)

  • SonataRio

    To doido para conhecer outros carros, outros motoristas. No final do ano vou para Miami, vou ficar hospedado num hotel de frente para praia. São 4 dias, mas espero que eu possa conhecer bastante lá, e tbm novos carros, hehe. Ainda quero andar em umCrown Vitoria, se ainda tiver né;

  • Acelerando

    Eber, me surgiu uma dúvida: com tantas marcas e modelos diferentes, tem alguma "autorizada " por lá? ou é tudo importação independente?

    • Apenas vi uma loja da Mitsubishi…. pode ser que tenha outras nas áreas menos turísticas da ilha, mas com certeza deve ter poucas, afinal são apenas 100.000 habitantes.

  • RicardoSuroieck

    Viajar é sempre bom.

  • BSBDriver

    Acho que tem um pequeno equívoco na matéria: a moeda da ilha. Se eu não estiver engando, o florim já se foi há bastante tempo.

    • RicardoSuroieck

      O florin ainda é a moeda oficial, mas na prática o dólar americano é o que mais circula.

    • AF1979

      Aruba, apesar de ser território holandês, é autônoma em relação à metrópole, tendo sua própria moeda, o florim de Aruba (http://pt.wikipedia.org/wiki/Florim_de_Aruba).

      • BSBDriver

        Valeu, AF1979! De fato, eu estava enganado. E isso prá mim é uma grande surpresa! Pensei que, quando a Holanda aderiu ao Euro, Aruba tivesse ido no mesmo caminho!
        Abraço

    • Não, recebi troco em florim em vários lugares. Tenho aqui uma nota de 10 florins e também várias moedas… tem inclusive uma que é quadrada.

      Nas lojas e restaurantes aceita-se tanto florin como dólar, na mesma quantidade…. o povo local usa mais florin…. a relação de um para o outro é 1,75 florin para 1 dólar.

  • wfilippetti

    Ta barato arrumar aquela lona da Z3 hein…

  • JonathanAbud

    Queria que aqui a Toyota vendesse o Altezza, Celica e o Supra. Pra mim, os três mais belos carros que ela teve. Pena não terem vindo oficialmente para cá… =/

  • Marcos_zambelli

    Eu aluguei um H1 novinho na Budget por 30 dolares. Realmente há uma grande diversidade de carros, inclusive novos. Vi a nova geração do i30 já rodando por lá.

    Pra quem vai à Aruba sugiro esticar uns dias em Curaçao, mais charmosa e menos americanizada. Lá aluguei um Yaris pelos mesmos 30 dólares/dia.

    • Cil

      Curacao lembra Coruscant… momento Star Wars! Eheheheeheheh

      Pena que a viagem não foi pra uma galáxia muito… muito distante.

  • vicente_xxx

    esses valores de restaurante nao sao caros para nós brasileiros. em sp, rio ou brasilia, gastam-se tranquilamente 100 reais por pessoa num jantar com sobremesa e entrada e sem alcool… claro que em bons restaurantes… mas os precos aqui sao tao estratosfericos que nada mais me choca

    • Mas lembre-se de que não são todos os brasileiros que vivem em SP, Rio ou Brasília. Para quem é de cidade menor, esses preços são altíssimos.

  • caiobrandao

    ''Os taxistas usam os modelos mais variados. Vimos Hyundai H1, Hyundai Veracruz, Toyota Corolla, Kia Sportage, Toyota Hilux SW4, Toyota Rav4, Mitsubishi Outlander, Kia Caren'' E no Brasil , Cobalt… kkkkkk' *-

  • johnnyburanelo

    muito legal, obrigado por compartilhar sua experiência

  • KzR

    Interessante é ver Celta, S10 convivendo perto de Altezza, Cellica entre tantos outros. Claro que tem bastante modelos já ultrapassados por lá também, mas o que mais falta aqui é essa variedade de tipos de carros.

  • marcossadalamuller

    Gostei muito. Foi uma das reportagens que mais gostei. E os preços me pareceram bem interessantes também. Acho que dá até pra alugar um Suzuki SX4 e os preços dos hotéis não parece tão caros.

  • Alfa_Lover

    interessante ver o ponto de vista dessa forma da viagem, pelos carros. Nunca tinha visto algo igual, curti bastante. Quanto aos carros, muito refugo pra mim, muita coisa velha e que ngm mais quer. Curti realmente só a Z3 amarela, o esportivo japones que me parecia ser um antigo 300ZX e outro Evo X, bem comum por aqui tb.

  • Hrqbmw01

    Gostei muito da matéria, parabéns Eber achei incrivel a diversdade de carros em Aruba alguns automóveis devem ter dificuldades em reposição de peças em um lugar como este como um astra que vi rodando pelas ruas de aruba aqui em sp por exemplo tive uma certa dificuldade em conseguir peças de reposição em concessonaria para um astra 2007. Muito legal ver carros que temos aqui rodando em outros paises.

  • Vero_2011

    Estive lá ano passado e, realmente, a ilha é muito segura!
    Entrei numa loja de brinquedos para comprar um mimo para meu filho e a loja era de holandeses. Até no rádio a programação era holandesa, devia ser via satélite, mas não importa. O povo é muito educado e gentil mesmo.
    Ao contrário do amigo repórter eu não aluguei carro em Aruba, pois não precisa!
    Quando você quiser visitar os lugares turísticos da ilha, compra os pacotes das agências que ficam nos hotéis, não custa tão caro assim. Eu paguei um passeio que durou o dia inteiro, praticamente.
    Um ônibus BRASILEIRO da Marcopolo nos pegou no hotel com o guia que falava 4 línguas, holandês, inglês, castelhano e o papiamento e conhecemos toda a ilha. Ao final do passeio, no último ponto, ficava a Baby Beach, uma das mais famosas da ilha e o lugar mais procurado pelos turistas.
    Meu hotel ficava a menos de 10 minutos de ônibus até Oranjestadt e, se você der sorte, dá para pegar uma van, com ar-condicionado, que fará o mesmo trajeto. Aqui seria uma van clandestina, mas lá elas convivem tranquilamente com os outros meios de transporte, sem brigas.
    À noite fui jantar no Hard Rock café, que ficava um pouco mais distante do hotel e, de novo, peguei o busão com minha esposa e meu filho de 4 anos na época, me sentí muito seguro na ilha.
    Como o amigo repórter falou, existem vários carros de várias marcas na ilha, mas isto é a última coisa que eu faria por lá, ficar tirando fotos de carros…

  • marciomvo

    Parece que é lá que é o paraíso. Só precisa ter grana no bolso.

  • Lards

    Putz, cara. Que sorte, Se Deus quiser, estou indo pra lá mês que vem e seu relato foi ótimo. Tenho duas dúvidas. Os postos de gasolina lá têm frentista ou é como em muitos lugares do mundo onde o consumidor é que abastece seu carro? Outra coisa: é essencial o GPS ou como a ilha é pequena não é tão necessário? Valeu!! Abs

  • rcremasco

    Fui pro Chile e fiquei observando os carros também… Fiat quase não se vê por lá!! VW tem alguns, Civic eu também vi pouquíssimos.
    Vi bastante Toyota, Subaru, Chevrolet, Hyundai, SUVs e alguns chineses que não chegaram no Brasil.
    Alguns que chamaram atenção: I30 branco, I30 azul, Veloster (com projetor e leds), novos Focus sedã e hatch, Accent hatch, Lancer táxi.
    Gosto de comparar a frota com os carros daqui do Brasil :)

  • kiko_da_bahia

    Eber, vou discordar de você, pois já estive em Aruba algumas vezes e em outras ilhas do Caribe também. Achei Aruba a mais cara das ilhas que visitei, porém, pra um brasileiro, só ALIMENTAÇÃO pode chamar a atenção no preço na minha opinião.
    Os demais ítens, tudo é mais em conta que aqui. TAXI mesmo, achei bem mais em conta. Fiquei o tempo todo de taxi, até porque queria conhecer a variedade de carros, coisa que aqui nem daqui a 50 anos teremos daquele jeito.
    Agora, onde tem carros melhores, mais caros e mais modernos é em CURAÇAO. Fiquei louco!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend