Etc Longform

Conheça os carros e as ruas de Roma, Veneza, Florença e Pisa

carros-italia-roma-florenca-veneza-pisa-10-620x412 Conheça os carros e as ruas de Roma, Veneza, Florença e Pisa

No ano passado descrevi um pouco a respeito dos carros de Aruba, e agora faço o mesmo com as cidades de Roma e Florença. Também passei alguns dias em Veneza, mas lá o que se tem para descrever não é muito relacionado a carros, obviamente. Não consegui fazer uma análise super completa de cada cidade, mas tirei algum tempo para fazer observações e também mostrar os carros que circulam por lá.



Roma

Se trata, obviamente, de uma cidade muito grande, super movimentada, e com pessoas muito apressadas pelas ruas. Chegando no aeroporto da cidade, a missão é procurar um transporte mais em conta até o hotel, pois o aeroporto em que desembarquei fica a 30 quilômetros do centro da cidade. Procurei por algo que não fosse demorado e pouco prático como trens e ônibus.

Saímos dos taxis, que pedem em torno de 60 euros para te levar até o hotel. É um valor altíssimo, mesmo para quem já tenha visto os preços de taxi em São Paulo. Aliás, tudo é muito caro em Roma, se você andar pelas regiões turísticas da cidade, que te muitas vezes te cobram 6 euros em uma Coca-Cola de 300 ml por exemplo. Fora as lanchonetes e restaurantes, onde o preço é caro para levar a comida e ainda mais caro se você quiser comer sentado à mesa.

carros-italia-roma-florenca-veneza-pisa-89-620x412 Conheça os carros e as ruas de Roma, Veneza, Florença e Pisa

Com isso chegamos nas vans, que te levam rapidamente, mas que ainda são salgadas. Pago 40 euros para duas pessoas. A van era uma da Opel, não me lembro do modelo, mas estava bem surrada e rangia por todos os lados. Estava calor, e o ar-condicionado só começou a gelar a cabine quando eu já estava chegando no hotel, localizado no bairro de Trastevere, que é um bairro tradicional com prédios antigos e cheio de restaurantes, relativamente perto do centro histórico.

O motorista da van acelerava como um doido, mais ou menos como fazem os cidadãos de mesma profissão lá no Aeroporto de Guarulhos, só que com um agravante: conversava no celular o tempo todo, e por falta de um GPS, ficava consultando um mapa da cidade.

carros-italia-roma-florenca-veneza-pisa-16-620x412 Conheça os carros e as ruas de Roma, Veneza, Florença e Pisa

Não sei qual era a velocidade da via que levava até a cidade de Roma, mas qualquer que fosse, ele andava acima. Em certos momentos estava a 120 km/h numa boa. Chegando em Roma, ele cortava carros, invadia faixas vizinhas e ainda avançava em pedestres que tentavam entrar na faixa, para atravessar a rua. Aliás, o uso da buzina por motoristas italianos é bem mais frequente do que vemos no Brasil, eles a apertam sem dó.

No dia seguinte, fui até os Museus do Vaticano, em um passeio que incluía a Capela Sistina e a Basílica de São Pedro. Pedi um taxi, veio uma perua Megane. Confortável, com motor diesel, mas com motorista igualmente maluco.

Andava meio que sem preocupação pelas ruas tortuosas do bairro acima citado, e fazia curvas usando aquelas aproximações doidas como se fosse piloto de F1. Pelo trajeto de uns 3 a 4 quilômetros, a corrida ficou em 10 euros.

carros-italia-roma-florenca-veneza-pisa-164-620x412 Conheça os carros e as ruas de Roma, Veneza, Florença e Pisa

Nos dias seguintes, andei pelo Vaticano e também por algumas outras partes de Roma analisando quais são os carros que circulam em maior quantidade. Tentei pegar esta informação com alguns motoristas de taxi, mas o inglês deles era tão ruim que não entendiam minha pergunta. Aliás, os italianos se mostraram muito mal-educados e com pouca vontade de te dar informações ou explicações. Quando ficamos 15 dias na Itália e voltamos para o Brasil achamos maravilhosa a cordialidade dos brasileiros.

Apenas um motorista conversou um pouco, e me falou que Fiat não prestava, que seus modelos eram muito caros. Exemplificou falando que um Fiat 500 custava mais na Itália do que sua perua Cruze de trabalho com motor diesel.

carros-italia-roma-florenca-veneza-pisa-22-620x412 Conheça os carros e as ruas de Roma, Veneza, Florença e Pisa

Peguei outros taxis durante meus dias na Itália, e que me lembre, foram os seguintes modelos: Fiat Multipla, Fiat Stilo perua, Chevrolet Cruze perua, Ford C-Max, Renault Megane perua e Alfa Romeo 159. Sempre diesel, com exceção do Alfa. Quando você circula por áreas mais turísticas da cidade, pensa que existem ali mais taxis do que carros particulares. Muitos modelos da Fiat entre os taxis, com destaque para peruas Stilo e também Multiplas, tanto da versão mais antiga com faróis redondos quanto da versão mais recente, que parece um Idea. Modelo bem espaçoso, a propósito.

Mas também temos vários taxi Mercedes-Benz, especialmente do Classe E mais antigo, com faróis redondos. Esse aparece toda hora, tanto em versão sedã quanto perua. A gente tenta pegar um Mercedes, mas sempre tem que aceitar o primeiro taxi da fila, no local onde você está. Aí vem aquele Multipla velho de guerra.

carros-italia-roma-florenca-veneza-pisa-42-620x412 Conheça os carros e as ruas de Roma, Veneza, Florença e Pisa

A maioria dos motoristas não liga o ar-condicionado, mesmo em dias quentes, para economizar um pouco no diesel, que estava na faixa de 1,55 euro o litro nas regiões onde andei, o que dá mais de 4,60 reais, bem caro pelo menos para o brasileiro.

Não vi nenhum taxi com câmbio automático em todos esses que peguei, sempre câmbio manual e motor diesel. Dentre os carros particulares, você verá pelas fotos o que encontrar em Roma, mas uma coisa me chamou muito a atenção: existem muitos, mas muitos Smart ForTwo na capital italiana.

E dá para entender porque: pelo menos em bairros históricos e mais tradicionais como o citado Trastevere, as ruas são super estreitas e tortuosas, e com isso um carrinho pequeno é ideal. E nestes locais, os motoristas também não são misericordiosos com os pedestres… caso você esteja andando no meio da rua e um carro venha por trás, é buzinada nas costas, sem dúvidas.

carros-italia-roma-florenca-veneza-pisa-159-620x412 Conheça os carros e as ruas de Roma, Veneza, Florença e Pisa

Os carros estacionam em cima das faixas, estacionam nas esquinas (como você pode ver na foto acima), é uma falta de educação sem tamanho. E os carros de polícia passam por ali e nem ligam. Isso aliás, é pra quem pensa que trânsito no Brasil é uma zona. Tem lugar por aí em país chamado de “país de primeiro mundo” onde a falta de educação é ainda maior.

Nas grandes e principais avenidas da Roma, os Smart ForTwo citados também se dão bem: seus donos os estacionam como se fosse uma moto, e o comprimento total do veículo acaba sendo a largura de um carro maior que esteja do lado.

Ao contrário de Munique, por onde dei uma passada rápida antes de vir para Roma, modelos alemães são poucos. Vimos apenas alguns Audi A4 e BMW Série 3, a grande maioria de carros era mais simples e mais barata, carros menores, o que poderíamos chamar de carros populares na Itália, aqueles modelos que estão um pouco acima dos nossos populares, como Punto, New Fiesta, etc.

carros-italia-roma-florenca-veneza-pisa-58-620x412 Conheça os carros e as ruas de Roma, Veneza, Florença e Pisa

O trânsito de Roma pode mesmo ser definido como caótico, embora eu não tenha visto congestionamentos. O que impressiona é como os motoristas aceleram forte, mesmo com vários pedestres por perto. Nem pense em atravessar enquanto o semáforo estiver aberto para o carro, pois ninguém diminui a velocidade para que você passe.

Embora São Paulo tenha um trânsito muitas vezes mais pesado do que Roma, achei que lá os motoristas aceleram mais forte do que aqui, eles não tem dó de atingir a faixa vermelha de rotação do conta-giros. Mas é claro que quando o semáforo fecha, todos param e ninguém passa farol vermelho.

carros-italia-roma-florenca-veneza-pisa-71-620x412 Conheça os carros e as ruas de Roma, Veneza, Florença e Pisa

Duas coisas que incomodam muito, mesmo que você não esteja no trânsito, são as ambulâncias (que tem um som muito irritante) e o uso frequente de buzina por parte dos motoristas.

OBS.: Mas apesar disso é maravilhoso andar pelas ruas de uma cidade grande e não ouvir o som daquelas motos de motor 125 que temos no Brasil. As vespas e scooters soam bem melhor. E são mais bonitos (embora o aluguel não seja barato, de uns 30 euros por dia). Mas infelizmente os motoqueiros romanos são ainda mais apressados e mal educados que os brasileiros.

carros-italia-roma-florenca-veneza-pisa-75-620x412 Conheça os carros e as ruas de Roma, Veneza, Florença e Pisa

Veneza

Veneza é uma cidade que tem sua maior parte construída sobre pequenas ilhas, então carros e ônibus não são usados. As ruas são pequenos espaços em água, onde barcos trabalham como taxi, e cobram igualmente caro por corridas, talvez até mais do que em Roma. Um barco-taxi te cobra 60 ou 80 euros por uma corrida que não leva mais do que 10 minutos, então usar taxi é algo fora de questão, principalmente em uma viagem longa de vários dias.

veneza-620x413 Conheça os carros e as ruas de Roma, Veneza, Florença e Pisa

Fiquei em um hotel que tinha “shuttle” grátis, ou seja, um barco que te leva até uma região mais central da cidade, então isso foi de grande ajuda. Nos principais canais, mais largos, passam barcos maiores, alguns que são o transporte público do povo e outros que são de companhias que fazem pequenos trajetos ou percursos turísticos. A passagem de “circular” custa 7 euros, e te dá o direito de andar por 60 minutos quantas vezes quiser. Mas alguém com más intenções poderia burlar isso se quisesse, pois nesses barcos, nenhum funcionário te pede que você mostre o bilhete.

Aliás, quem não está acostumado com viver na beira da água não se sente muito bem ao ficar vários dias em Veneza. Quando você deita na cama à noite, sente o balançar dos barcos que pegou durante o dia. O trânsito de barcos é organizado, mas muitas vezes um barco está no lugar onde outro quer desembarcar seu pessoal, então os pilotos começam a discutir e gesticular, naquele jeito delicado de ser dos italianos.

Florença/Pisa

carros-italia-roma-florenca-veneza-pisa-5-620x412 Conheça os carros e as ruas de Roma, Veneza, Florença e Pisa

Meu trânsito entre as cidades da Itália foi feito através de trens da Trenitalia. Você pode escolher entre três categorias de trens, com a melhor delas te levando a mais de 250 km/h pelos trilhos. Quando o trem é mais novo, o conforto é melhor. Viajei sempre de primeira classe, que proporcionalmente não é tão cara quanto primeira classe de aviões, e o conforto é bem superior.

Florença é uma cidade bem menor do que Roma, tem pouco mais de 300.000 habitantes, mas isso sem os turistas. Se trata de um destino principal dentre os locais onde as pessoas passeiam na Itália, então tem muito movimento e bagunça pra todo lado.

carros-italia-roma-florenca-veneza-pisa-148-620x412 Conheça os carros e as ruas de Roma, Veneza, Florença e Pisa

Chegando na estação de trem (que, assim como todas as outras estações, não tem um banco sequer para você sentar enquanto espera um trem, tem de esperar sentado no chão, mesmo que tenha bilhetes de primeira classe) você tem que se desvencilhar da multidão de turistas para conseguir chegar no ponto dos taxis.

Conseguindo isso, paga caro pelo taxi, mas o valor acaba sendo menor, pois a distância até os hotéis é pequena. Paguei 8 euros para chegar até meu hotel. Depois, ao andar pela cidade, percebi que se trata de um trânsito um pouco mais tranquilo, mas com motoristas igualmente doidos aos de Roma.

carros-italia-roma-florenca-veneza-pisa-3-620x412 Conheça os carros e as ruas de Roma, Veneza, Florença e Pisa

Pegar um taxi na rua é bem difícil, o melhor é pedir para seu hotel chamar um ou encontrar um taxi disponível em um ponto de taxis. O problema de quando você pede para seu hotel chamar um taxi é que no final da corrida ele te cobra 5 euros adicionais, e o motorista explica que é porque você chamou ele no hotel. E depois tem gente achando que o taxi do Brasil é o mais caro do mundo, hein?

Já em Pisa, a cidade daquela famosa torre torta, o trânsito é mais tranquilo, pois se trata de uma cidade ainda menor. Mas a aglomeração de turistas é enorme, e isso no mês de junho que não é tão cheio de visitantes quanto julho e agosto.

  • Felipe Henrique

    – PARABÉNS PELA PELA REPORTAGEM , ADOREI (=

    • Magno

      Tambem gostei bastante e isso serve para termos parametros de comparação do nosso país com outros. Dentre várias coisas que me chamaram atenção gostaria de destacar algumas: Limpeza das ruas, voce não vê lixo jogado no chão, pavimento muito bom e percebe-se tambem uma diversidade muito grande de modelos de carros com predominância dos Fiats," natural," até porque a Fiat é Italiana. E mais…esse Eber é mesmo vidrado em carros hein! Acho que até mais do que eu. KKKKK

    • ALVIN1982

      Comecei a achar o Et!os lindo… Até o Clio Ogro tá lindo. Vai ter carros feios assim lá na Zoropa… pode ser carroças, mas pelo menos os brasileiros tem um pouco de bom gosto…

  • godsmackssa

    Na suiça só tem bmw, audi, porsche e mercedes. Se vc encontrar algum golf lá é milagre.

    • Zé85

      Fui pra Genebra e vi VÁRIOS carros que até aqui no Brasil são de classe média baixa, como Corsa ovo, aquele da primeira geração. Nem vem.

    • bandaxadibar

      mentira….neste exato momento estou na Suiça (Berna e depois Vevey) e confirmo que existem aqui muitos fiat, vw, ford

      • godsmackssa

        Mentira nada! Eu fui pra zurich e lá você não vê carro de emergente não.

        • duduguazzi

          Mas Zurich por ser um grande centro economico da Suiça e ter praticamente o custo de vida mais caro do pais leva a não ter gente com condições ruins de vida.

          • Cardoso

            O que nao existe e' gol, palio, siena, voyage, etios, agile, celta e companhia. Alias, destes nenhum e' importado na Europa ocidental.

            Na Europa Ocidental os carros populares mais frequentes sao o Renault Clio, Volkswagen Polo, Opel Corsa, Peugeot 207, Citroen c3, Toyota Yaris

        • bandaxadibar

          mentira é dizer que na Suiça só tem BMW, AUDI, PORSCHE e Mercedes…GOLF tem de monte por aqui..

  • wesley

    parabéns , mt bem feito a materia bem trabalhada e mt interessante , ja aproveitando , é ….la as coisa são caras mas valem a pena aqui até o barato sai caro . alguém podia protestar sobre o preço dos automóveis nessas manifestações , acho que iriam cutucar de vez o calo do governo pois é um dos meios mais lucrativos pra ele .

  • HenriqueHJ

    Muito legal. eu achava que o brasileiro era ruim de transito, mas quando eu conheci a Italia. comecei a achar até o brasileiro bons de transito. toda vez que eu viajo pra fora, ao voltar na linha amarela (RJ) já bate o desanimo, só carros ruins e 2 ou 3 cores.

    • JPaulo10

      1. Roma é Roma.

      2. Você percebe bem nas fotos a diferença de conceitos entre Europa e EUA.
      Na América, carros grandes, potentes e gastões. Na Europa, carros pequenos (alguém imagina um fusion nos vicolli de Trastevere?), econômicos, diesel. E isso, desde a 2a. Guerra Mundial, desastrosa no Velho Continente, mas que não afetou tanto os EUA.

      3. O SmartForTwo seria uma boa solução para SP, pena o preço ser tão alto.

      4. Tem um Ka! Tem um Ford Ka em Roma!

      • haha, é bem por aí…

      • Leandro1978

        4. Inclusive um deles, o verdinho, é igual ao que minha esposa teve…

      • DCald

        Tem até bastante Ford Ka por lá…

    • fmcosta

      Quando fui pra Roma percebi que o romano dirige de forma violenta, mas não de forma retardada igual se vê muito em SP, por exemplo, de cara mudando de faixa sem dar seta e freando na sua frente.

    • CharlesAle

      Como tem Ka nas ruas da Europa,valha-me Deus!!!!!!!!!!!!!

  • Pandacao

    Olà: eu so Italiano e falo Portugais gracas o ADG Alexandre da oficina High Torque de BH .Tudo o que foi apresentado neste notícia é verdadeira, posso confirmar o que foi dito pelo repórter. Para mais informações sobre os carros que são vendidos na Itália e como ele é na verdade o Italiaco país. você pode assistir aos meus vídeos no youtube em Português do Brasil: D tchauu para todos.

  • lanternacar

    Saudades da Itália…….

    Deveria ter alugado um carro…..fiz todos esses roteiros, porém com carro alugado……

    Quando você dirige percebe que realmente em Roma é meio caótico, pois a cidade tem pouquíssimo metrô, pois qualquer buraco que se faz vira sítio arqueológico.

    Mas querer dizer que em SP é mais tranquilo do que Roma é no mínimo "piada"….queria aqui o trânsito de Roma, e com os mesmos carros e motos….hehehe

    O melhor na Itália é dirigir nas estradas, que são fantásticas, mesmo as que não tem pedágio….

    As cidades são muito estreitas para dirigir, talvez com excessão de Milano e Torino.

    • São Paulo é mais tranquilo no sentido da educação dos motoristas e também da pressa dos mesmos. Em Roma o pessoal acelera muito forte, joga carro em cima dos pedestres, e buzina demais. Mas é claro que São Paulo tem um trânsito bem mais intenso… como comentei, não vi nenhum congestionamento em Roma.

      Sobre alugar um carro… todos os guias de turismo recomendam não alugar em Roma, pois é perda de tempo e o gasto fica ainda maior. Chegando lá vi que é verdade. Como eu estava no Trastevere, dava pra ir a pé em todos os monumentos e atrações, era tudo perto.

      • lanternacar

        Eber……não sei se você dirige muito por SP….eu moro aqui e posso te dizer, quanto mais congestionamentos mais selvagens as pessoas no transito, coisa igual aqui só vi no RJ……nem no Egito que tem talvez o transito mais caótico do mundo, junto com a India, as pessoas dirigem de forma tão irritada com tudo. Já andei no Egito, mas a India estou apenas imaginando…

        E aqui em SP, quanto mais vc vai para a periferia, mais animais os seres atrás do volante…….tenta andar de forma pacífica em uma Radial Leste durante o dia….

        Roma é o paraíso perto disso……lógico que as outras cidades italianas são bem mais tranquilas, mesmo Milano que é enorme tb o transito é fácil, devido tb ao transporte público melhor e vias mais largas.

        Outra cosa…..motociclistas lá tem muito mais noção do perigo do que aqui….

        • ricardo

          Isso que você falou de dirigir na periferia está 100% correto.Mas não é só atrás do volante;pessoas de baixo nível geralmente são incivilizadas em todos os sentidos.Eles tem a parte intelectual menos desenvolvida que o instinto animal.

      • CharlesAle

        Desculpe os cariocas,mas já dirigi no Rio e o pessoal joga em cima e fecha sem dó,para um" interiorano"como eu,senti mal lá,mas fora isso o pessoal do Rio é 10!!!!!!!!!!!!!!

    • DCald

      O problema de Milano é que os mautoristas fazem as ruas ficarem estreitas (parando em fila dupla/tripla)…

      E, se ele não viu muito Audi/Opel/BMW e Porsche, é pq não ficou no norte da Italia… lá a grande maioria vai de carrão alemão!

      Sobre a dica de alugar um carro… realmente é mais barato! Ainda mais se for em 2 pessoas…
      Qdo eu fui fazer um giro pela Italia, aluguei um 500diesel e rodei cerca de 6mil km com ele, bem mais barato e pratico que usar trenitalia e os taxis… alem de desfrutar da parte mais legal (pra quem curte carro e dirigir) que são as estradas!

  • Stark

    Lindo o Golf abrindo a matéria!

  • Alex_JW

    Estive na Itália, França e Espanha há muitos anos.

    O que pude perceber basicamente:

    1. Nossa massa é muito melhor que a dos italianos, pizza então parece até que foi inventada aqui;

    2. Os europeus, sobremaneira italianos, portugueses, franceses e espanhóis, não ligam muito pra carro, fazem valer seu dinheiro e permanecem com o mesmo modelo por muitos anos. Portanto, acho que as montadoras os respeitam por isso, já que não se mostram alucinados para ter o último modelo do último lançamento a qualquer custo;

    3. As principais cidades têm ruas diminutas e pouco espaço, daí que não insistem em ficar comprando SUV's transatlânticas como nós aqui que as vezes mal cabem em nossas próprias garagens, dando preferência a carros menores e mais funcionais, o que alivia um pouco o trânsito pesado deles;

    4. Andar nas estradas pela Europa me deu uma imensa raiva da nossa maltrapilha malha rodoviária, um escárnio o que fazem conosco, ainda mais se formos levar em conta a nossa pornográfica carga tributária;

    5. As italianas, mesmo as narigudinhas, são um eRpetáculo, mas as espanholas são mais gatas. Pior que quando estive lá acabei em embolando, vejam vocês só, com uma japonesa S2

    Em mal traçadas linhas e muito resumidamente, é por aí.

  • Alex_JW

    Estive na Itália, França e Espanha há muitos anos.

    O que pude perceber basicamente:

    1. Nossa massa é muito melhor que a dos italianos, pizza então parece até que foi inventada aqui;

    2. Os europeus, sobremaneira italianos, portugueses, franceses e espanhóis, não ligam muito pra carro, fazem valer seu dinheiro e permanecem com o mesmo modelo por muitos anos. Portanto, acho que as montadoras os respeitam por isso, já que não se mostram alucinados para ter o último modelo do último lançamento a qualquer custo;

    3. As principais cidades têm ruas diminutas e pouco espaço, daí que não insistem em ficar comprando SUV's transatlânticas como nós aqui que as vezes mal cabem em nossas próprias garagens, dando preferência a carros menores e mais funcionais, o que alivia um pouco o trânsito pesado deles;

    4. Andar nas estradas pela Europa me deu uma imensa raiva da nossa maltrapilha malha rodoviária, um escárnio o que fazem conosco, ainda mais se formos levar em conta a nossa pornográfica carga tributária;

    5. As italianas, mesmo as narigudinhas, são um eRpetáculo, mas as espanholas são mais gatas. Pior que quando estive lá acabei em embolando, vejam vocês só, com uma japonesa S2

    Em mal traçadas linhas e muito resumidamente, é por aí.

    Obs.: a propósito, Eber, belo relato! A Europa é boa demais pra passear…

  • TacodegolfGTI

    Bacana , já tiva a oportunidade de viajar pra amsterdã, e vou te falar , se eles não forem mais loucos iguais aos italianos, são mais ! bela reportagem.

  • Castle_Bravo

    As SUVs são um fenômeno mundial, lá só há menos porque a tendência demorou a chegar.

    https://www.noticiasautomotivas.com.br/paris-contr

    Sobre os carros menores, há obviamente o fator das ruas serem estreitas, mas também o combustível ser artificialmente caro graças aos impostos que incidem sobre o mesmo, que acabam por deixar menos atrativos carros menores. Não quer dizer que europeus sejam mais "conscientes" que nós, é simplesmente custo-benefício.

    • Alex_JW

      Castle,

      Concordo em parte contigo, mas se o fenômeno das SUV's demorou mais a chegar lá, isso pode ser resultado de uma consciência maior por parte dos Europeus e, também, do próprio custo x benefício, afinal esses carros costumam beber mais que os de outros segmentos.

      Não há como negar que os europeus são mais conscientes. Lembro-me de um episódio que aconteceu comigo, num mercado na Espanha. Eu procurava carne para comprar e levei uma bronca dos locais, pois não sabia que eles estavam boicotando o produto como protesto (provavelmente pelo preço).

      Enfim, por aí.

  • 7r0j4n

    Os italianos gesticulam muito, falam alto e consequentemente adoram buzinar, saudades da bela Itália, da beleza natural e arquitetônica e das italianas belissimas =D

    • Pandacao

      Grazie amico Brasiliano ;) voce explicou exatamente como è na verdade a Italia Ciao ciao.

  • lanternacar

    Saudades da Itália…….

    Deveria ter alugado um carro…..fiz todos esses roteiros, porém com carro alugado……

    Quando você dirige percebe que realmente em Roma é meio caótico, pois a cidade tem pouquíssimo metrô, pois qualquer buraco que se faz vira sítio arqueológico.

    Mas querer dizer que em SP é mais tranquilo do que Roma é bem estranho….queria aqui o trânsito de Roma, e com os mesmos carros e motos….hehehe

    O melhor na Itália é dirigir nas estradas, que são fantásticas, mesmo as que não tem pedágio….

    As cidades são muito estreitas para dirigir, talvez com excessão de Milano e Torino.

  • Elenilson Negrão

    Não achei em nenhuma das fotos um FOX exportado para Europa.

    • fmcosta

      Vi muito Fox em Edimburgo, deve estar tudo indo pra lá. hehe

    • DCald

      Em Mantova eu vi até bastante Fox (isso em 2009)

    • hugogyn94

      So sei foi vendido principalmente nas ilhas britânicas.

  • É mesmo Alex, o povo fica um bom tempo com o carro e nas ruas a gente vê muito carro detonado, riscado, amassado, mas a pessoa continua usando ele. Não é tanto um objeto de status como aqui.

    • Alex_JW

      É Eber, aí exatamente que reside a diferença entre nós e os europeus, aqui me refiro ao mercado consumidor de veículos, claro.

      Enquanto aqui a gente vende a mãe, mora de aluguel, come pão com manteiga par economizar e, no final, compra carro como símbolo de status, lá os europeus pensam primeiro em morar bem, comer bem para, depois, se sobrar uma grana, comprar um carro que atenda às suas necessidades básicas.

      Isso em linhas gerais, claro. Sempre há exceções.

      Te confesso que hoje poderia perfeitamente estar andando de Evoque (mas morando longe), mas preferi pegar um imóvel aqui no Rio perto de tudo que preciso, inclusive com metrô na porta, e acabei abrindo mão de ter um automóvel.

      E a questão dos táxis me chamou muito a atenção, os caras são meio selvagens. Neste quesito fiquei até com saudades do Rio, rs….

    • DCald

      Lá os usados desvalorizam muito mais do que por aqui, assim sendo, trocar de carro é bem mais caro, proporcionalmente, que aqui… dai vale a pena fazer manutenção e ficar varios anos com o carro…
      Eles tambem compram carro de maior qualidade e equipados, o que permite ficar varios anos sem o carro desmanchar ou se tornar obsoleto (em termos de segurança e conforto).

      Devido a alta desvalorização, vale mais a pena deixar o carro chegar a 10 anos e, então, entregar pra reciclagem em troca de desconto na compra de um 0km… (Esse era o destino de uma Scenic que me foi emprestada durante alguns meses enquanto morei lá. Era mais negocio esperar mais 1 ano e então ganhar um bonus de 2 ou 3 mil euros – não me recordo dos valores – para comprar um 0km, do que tentar vender a Scenic usada…)

  • Luiz

    Muito legais as fotos! Valeu pela postagem!!!

  • vitimsl

    Belo relato, muito bom. Estive em Julho do ano passado na Itália, por 15 dias. Fiquei mais ao norte do país, bem próximo a Austria. Carros alemães eram mato, muitas BM's, Audi's, etc. O mais legal é que vi várias série 5 (e outros carros de sua categoria), de várias gerações, com cambio manual, assim como serie 3 mecânica e sem couro, com rodas 16 pol. Realmente lá o pessoal não cuida muito dos carros, é dificil ver um carro limpinho por lá. Sobre o Multipla: nunca vi um carro tão feio!!!!! Mas realmente é espaçoso. Passei em Milão e lá o transito tambem é complicado.

  • Pandacao

    Aqui o link do meu canal no YouTube http://www.youtube.com/user/Pandacao89/videos eu nao sei se e possivel colocar o link no este site… desculpe-me administrator. Para saber mais da Italia assista o meus videos . Tchau a todo o Brasil da Italia. ciaoooo e Buona Serata :D

  • ZEKINHA71

    A polícia ainda usa o Punto de 1ª geração, não é só aqui que usam carros velhos.

  • ygoorr

    Eu nem invejo tanto os carros, invejo mais as ruas em si, bem asfaltadas, sem pichação (com exceção da parte de tras das placas), tudo bem conservado…

  • marcos

    Fiquei surpreso com a quantidade de carro urbanos, tais como SMART, 500 E MINI, esses carros são que nem gol lá, em uma única rua de 40 metros cheguei ver pelo menos 10 smarts.. Isso é muito bom porque Roma é repleta de vielas estremamente pequenas, outra coisa que chama atenção é o número de motos de baixa cilindrada similares com a "Vespa". Algumas cidades da Europa tem tránsito quase ou mais caótico do que São Paulo, como Moscow!

  • TacodeSinuca

    <img src="https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTD0SPc_CSjRiZLnI0q4UwGk2uDUzEZfhQktog-e9OfIAQCVQ1xig"&gt;
    Já andei por boa parte da Europa e achei bem meia boca os carros de lá, é basicamente o transito do Brasil melhorado, muitos carros feios, pequenos e mirradinhos.

    Prefiro muito mais os carros dos americanos.

    • Hugho

      Cara esses carros ae são meio estranhos eim huuuuuuuum sei n eim

      Desconfiado esse geitinho de carros e motos

  • Filipe_GTS

    fotos interessantes.
    É facil notar como os carros de lá são mais baixos que os nossos. Muitos modelos sofrem um processo de "elevação" pra serem vendidos no Brasil, o que compromete dirigibilidade/estabilidade.
    Basta ver um Stilo ou Golf no Brasil (altíssimos de fábrica) comparados aos modelos vendidos na europa (de mesma geração, óbvio).
    Os coreanos se saem bem nessa, pois o antigo i30, além da suspensão independente na traseira, veio ao Brasil com suspensão calibrada de forma igual aos carros entregues na europa, por exemplo, prezando em muito pela estabilidade

    • Chatt08

      Verdade! Por outro lado, os solavancos de um i30 dentro da cidade também são uma beleza! Digo por experiência própria! hehe

    • Leandro1978

      É, mas se não elevassem e reforçassem (acho que recebem um reforço, né?), elas não iriam aguentar. O asfalto de São Paulo parece ser feito de merda, pois é chover que abre buraco. Perto de casa, recapearam a avenida toda, faz uns dois anos. Uns seis meses depois, já estava esburacada, principalmente na faixa em que os ônibus andam (não tem faixa exclusiva). Hoje então, nem parece que foi recapeada há tão pouco tempo. Em outra rua então, é tanto buraco, que seria melhor andar em estrada de terra. É buraco da Sabesp, que abrem e fecham que nem o nariz deles, buraco causado por caminhões devido a construção de alguns prédios… Mas todo ano, tá lá o IPTU e demais taxas sendo "religiosamente" cobradas… Um absurdo, depois não entendem por que saem às ruas…

    • DCald

      O C4 não teve alteração na suspensão… dai o parachoque dianteiro sofre um bocado!

      • fmcosta

        O parachoque do C4 sofre no mundo inteiro… Muito mal projetada a parte de baixo dele.

  • Chatt08

    Muito legal a matéria!! Interessante ver tantos carros diferentes, e uma forma também diferente de conceber o espaço urbano e os meios de transporte de uma forma geral.

    Acredito que a mulher do Eber deva ter apertado a mente dele por parar pra tirar tantas fotos de carro! haha

  • Alvaro

    Fiat é Fiat áté na Itália:

    "Apenas um motorista conversou um pouco, e me falou que Fiat não prestava, que seus modelos eram muito caros. Exemplificou falando que um Fiat 500 custava mais na Itália do que sua perua Cruze de trabalho com motor diesel."

    Não presta mesmo.

    • gcarlos

      os italianos devem ser como a gente, não gostam de FIAT mas possuem um Uninho na garagem. Olha o ranking deles:
      RANKING DE VEÍCULOS
      1. Fiat Panda 9.603
      2. Fiat Punto 5.813
      3. VW Golf 4.053
      4. Lancia Ypsilon 3.249
      5. Fiat 500 3.122
      6. Renault Clio 2.867
      7. Peugeot 208 2.802
      8. Nissan Qashqai 2.620
      9. Ford Fiesta 2.450
      10. VW Polo 2.449

      1. Fiat 23.424
      2. VW 9.642
      3. Ford 6.892
      4. Opel 5.629
      5. Peugeot 5.534
      6. Citroën 4.992
      7. Renault 4.947
      8. Toyota 4.615
      9. Lancia/Chrysler 4.376
      10. Nissan 4.273

      Compram mais Fiat q nós.Ou Fenabrave deles também mascaram os números (como dizem aqui no NA)?

    • Pandacao

      Eu comprei o Peugeot 207 '' europeu '' em vez da fiat punto….. por esta razão… ;)

  • alex

    pelo visto eles não gostam de lavar os carros não kkk

  • Filipe_GTS

    e pra viajar em estradas boas temos de pagar pedágios altíssimos pra empresas aparentemente privadas mas que são de parentes dos parlamentares!

  • HenriqueHJ

    Sobre a pizza sou obrigado a concordar, pizza ruim da p…..!!!!! Vinha pouca coisa em cima, dura e sem muito sabor. Garçons atendem mal (mas também ia em locais baratos).

    • JPaulo10

      Napoli quer patentear o nome "pizza", dando exclusividade ao prato, tal como "champagne" é somente o espumante francês da dita região.
      Não Senhor, nada disso! A melhor pizza, de longe, é a de São Paulo (e que se espalhou pelo país).

      • DCald

        A melhor pizza, na verdade, é de São Roque-SP! Saudades da pizza do sr. Sudario!

    • duduguazzi

      O contexto do consumo de pizza lá é diferente, cada um pede a sua pizza e come inteira, é prato único mas como se fosse mesmo um prato, por isso ser menos recheada.
      Mas tambem prefiro a nossa bem caprichada no queijo e afins.

      • fmcosta

        Apesar que no contexto da pizza individual Londres destrói Roma. É o melhor dos dois mundos: individual como a romana, e (quase tão) boa como a paulista.

  • Eddu13

    Até os Italianos admitem que a Fiat não presta.

    • ernesto

      Com certeza amigo,eu so Italiano morando no Brasil,e te garanto que a Fiat e um cancer para a Italia,faiz 50 anos que suga dinhero dos Italianos,faiz carro de b…..,com acabamento de b……,consegui acabar com o nome da Alfa Romeo e da LAncia……..

      • JPaulo10

        Inclusive Ferrari …………..srsrsrsr
        (Brincadeirinha).

      • Eddu13

        Eu fico com dó da Chrysler e Dodge.

      • rciano

        A Fiat foi mal administrada por muito tempo, mas o seu forte é o desenvolvimento e suas concorrentes sabem disso e possuem muitos profissionais advindos de lá. Quem é da área sabe do que estou falando.

        • gcarlos

          Perfeito! É só ver o ranking deles.

      • Pandacao

        Ciao collega Italiano :) sono d'accordo con la tua affermazione ;) Tanti saluti connazionale.

    • Antonio_Brust

      Só aqui no Brasil essas tranqueiras fazem sucesso.

  • dudupruvinelli

    Bem legal a matéria, Éber! Acho que "taxista é taxista" em qualquer lugar do mundo! kkk

  • Myph13

    Muito legal a diferença, é outra cultura mesmo…

    E o que raios é aquilo, Um Peugeot 307 com simbolo da Renault na frente?! (Na foto 108)

    E ali temos o Novo Ka (Ao menos como já foi especulado que seria, na Foto 71)

    • Cardoso

      Esse e' o clio 2005-2012 ou clio 3.
      Carrinho bem silencioso e confortavel.
      O modelo 'a venda no Brasil e' o modelo de 1998.

      • Joel Pereira

        Na foto 108 e' bem o Clio 3a geracao. A traseira desse modelo esta' na foto 111.
        O Clio de 4a geracao (apartir de 2013) esta' na foto 2.
        Um abraco.

    • duduguazzi

      Na 108 é um megane hatch antigo.
      E o Ka da 71 é o Ka europeu que compartilha plataforma com o Fiat 500.

  • Acelerando

    Roma está na região menos desenvolvida da Itália, talvez se fosse mais ao norte do país os carros seriam mais novos e o povo mais educado.

  • shemhazai

    Akela MB SW branca (taxi) é de chorar de tão linda

    E o A200 branco tb tá demais!

  • Antonio_Brust

    Bom saber dessa reportagem. Se um dia eu viajar para a Europa, a Itália está definitivamente riscada do meu roteiro.

    • HenriqueHJ

      não precisa riscar, faça o roteiro de turista, tenho certeza que voce vai gostar. só se prepara pra andar, que vai andar muito.
      eu achei em materia de passeio turistico a italia melhor que a frança.

  • Renan21

    As ruas do Brasil são melhores. Temos buracos 3D

    • Pandacao

      hahhaha na Italia tem buracos 3-4D e full HD tambem ;)

  • Paulo Rebelo

    Eu ainda vejo que nossos carros são mais bonitos que os deles, olha só esse bando de fibiquinha… Pelo menos o Palio e o Gol são carrinhos mais bem desenhados.. Olha esse Nissan Micra, pelo amor de Deus, que aberração!

  • Thiago

    Prefiro os carros americanos tb, com exceção dos alemães.
    Eber, gostaria de ver se pudesse, o teste do Fusion 2.5 anterior a esse novo, tem como, eu acho ele muito lindo e de ótima qualidade,
    tem como??

  • anderson_sp

    Bem interessante a matéria, a maioria predominante é de carros pequenos e urbanos mesmo, não sei se é por causa das ruas da cidade e se acontecem em outras localidades tb.

  • Ascari

    Relatos como estes mostram que muitas destas cidades que sempre estão entre as mais visitadas do mundo são por pura curiosidade ou valor histórico. Não existe coisa pior pra um turista como ser mal recebido numa cidade, fica uma má impressão. Se fosse pra eu escolher uma grande cidade pra conhecer, com certeza seria Tóquio, que apesar de ser uma metrópole frenética, tem um povo muito educado e receptivo.

    • fmcosta

      Olha, quando fui pra Roma não fui mal recebido como o Eber, achei os romanos educados… Mas não teve nem comparação com o Reino Unido e Irlanda (exceto Londres que é mais "fria" por ser uma megalópole), povo MUITO educado e receptivo.

  • Joao Teixeira

    Eber, primeiramente achei bem interessante voce abordar este tema. Gostaria de complementar relatando sobre minha experiencia aqui em Milao, cidade onde vivo ha 6 meses. Como brasileiro me espantei um tanto quanto a variedade de veiculos aqui. Pensava que em Milao a variedade de modelos, marcas seria maior que no Brasil…me enganei. Aqui se ve basicamente Smarts, muitos smarts como voce mesmo percebeu, muitos Lancias Ypsilon e Delta, New Fiestas, Muitos Puntos, 500 por todos lados, sinto que devido a crise os italianos estao tentando reviver os tempos dourados comprando automoveis que relembrem alguns icones italianos do passado..mesmo sendo bem caro, e o 500 é bem caro por aqui, mas eles compram e muito…vejo tambem muitos Focus, alguns poucos Golfs, e curiosamente como aparecem em suas fotos…bejo muitos Daewoo Matiz por aqui, talvez este carro tenha dado certo por aqui devido as dimensoes compactas e tambem por ser um projeto italiano(Bertone, se nao me engano)apesar do carro der de origem coreana. De chineses so vi o Chery Tiggo e tambem o Hover da Great Wall, algumas pick uops da mesma, alguns Tatas e pouquissimos Opels. A Opel por sua vez tem feito uma grande publicidade qualto ao Mokka e o Adam, que alias é um carro muito divertido e chama muita atençao diferentemente do novo Golf, que achei beeeem sem graça. Renault Twingos sao bem comuns, e o novo Clio me agradou bastante e vejo os por toda parte. Em termos de SUVs, me impressiona como os milanedes amam os modelos da marca JEEP, principalmente o Wrangler. Em termos de carros de luxo…vejo sim uma predominancia de modelos alemaes como Mercedes e BMW, alias é impressionante o numero de classe A's pelas rua de milao. Aqui em Milao os taxis sao bem caros mas os taxistas sao mais simpaticos e se esforçam para te dar informaçoes em ingles, e se vc falar que é Brasileiro. Pronto, ja ganhou a atençao deles….logo começam a falar de Robinho, Ronaldo e Neymar e logo se esforçam para entender nosso portugues se falado lentamente. Aqui nao vejo necessidade de ter carro nao porque os italianos visam ter casa primeiro….mas por que eles gozam de um sistema de transporte mais eficiente que o nosso…para muitos Brasileiros ter carro é sinonimo de assençao social…aqui nao. Meu carro predileto aqui na Italia, desconsiderando as Ferraris, é o Lancia Delta. lindo design. carro elegante e a traseira do carro é linda. Outra coisa que vejo interessante aqui em Milao, é que os milaneses sao bem ousados na escolha de seus carros, carros que com certeza seriam um fracasso de vendas no Brasil, ou foram fracasso de vendas no mundo..aqui sao vistos, como por exemplo os Smarts forfour, um smart meio targa que nao me recordo o nome…um Kangoo de 2 portas na cor laranja com cinza. Enfim, acho que foi isso que gostaria de compartilhar com voces, Obrigado!

  • Kréstu

    Em Lyon na França os táxis eram só Classe E, A6, A7, Série 6, 7, até uma M6 preto fosco eu vi de táxi, é de lascar mesmo…

  • AlexandreCE

    Um italiano falando que Fiat não presta… hahaha… e tem brasileiro que defende com unhas e dentes? Além da Itália, vende onde mesmo? Em alguns países emergentes? Hahaha…

    • gcarlos

      Não presta mas eles compram sim, e mais q nós. A Fiat lá vende o dobro que o 2º colocado. Postei o ranking nos primeiros posts. Tem muita hipocrisia nesse negócio. Fui Inganado Agora é Tarde, não existe, porque ninguém é obrigado a comprar carro nenhum e de marca nenhuma. Só é enganado realmente se quizer por há um CILHÃO de informações na NET, e hoje há muitas opções no mercado.
      Não possuo carro de nenhuma das 4 Odiadas.

  • CARLOS

    AMEI A MATÉRIA!!!!!!

  • ac_martins

    "Embora São Paulo tenha um trânsito muitas vezes mais pesado do que Roma, achei que lá os motoristas aceleram mais forte do que aqui, eles não tem dó de atingir a faixa vermelha de rotação do conta-giros."

    Esse é um dos motivos do lenga-lenga de São Paulo, motoristas que não respeitam o próximo, não sabem que o uso da via é coletivo, trafegam devagar demais, passam a 20 num radar de 40 km/h. Como a desculpa aqui é de os carros em geral são mais fracos, já fiz teste em carros 1-litro com ocupantes e ar ligado: o problema não é do carro, é falta de ter sido instruido de como dar desempenho ao motor, e de que isso não estraga o motor. E de que a economia de combustível individual, além de irrisória, no coletivo vai ser menor com um tráfego fluindo e consequentemente poluindo menos.

    Para vocês terem uma idéia, um engarrafamento pode começar não apenas por "excesso de veículos" (na verdade excesso de incompetência da CET), mas pelo simples fato de alguém "esquecer" de acelerar, e depois a coisa fica feia e não sabemos porque:

    [youtube Suugn-p5C1M http://www.youtube.com/watch?v=Suugn-p5C1M youtube]

  • fmcosta

    Na Itália tem muito Smart porque é MUITO barato, lembro de ter visto outdoors em Roma anunciando Smart por 95 euros ao mês e nada mais, e depois de três anos você devolvia e pegava um Smart novo.

    • Pandacao

      no, o smart em qualquer versao nao è barato… mais o custo vale a pena de de comprar um se a o dono usa somente na cidade ''uso urbano exclusivamente '' ;)

  • Vinicius

    Em Recife/PE as buzinadas mal educadas são iguais ou piores que em Roma, por aqui os recifenses ao entrarem no carro assumem a posição de únicos donos da rua e a qualquer retenção buzinam mal educadamente. Já vi, mais de uma vez, pessoas testando buzinas em carros 0KM expostos nas concessionárias. Acho que para esses imbecis sequer importa o motor e os itens de conforto, o que vale é a força da buzina, deviam voltar a andar de jegue e cavalo!

  • ricpts

    Qual é nome do carro da Chevrolet azul na foto 78?

    • Pandacao

      Chevrolet Matiz (Spark) 1' geracao restyling :D

    • Marcos-DF

      Se trata do chevrolet matiz, geração anterior.

  • Fico feliz de ver o domínio das bicicletas até em Roma onde sempre foi o reino das Vespas. Isso mostra como o povo de lá está se tornando cada vez mais ecologicamente responsável (ou com menos dinheiro no bolso).

  • tiards

    só não concordei com a pizza.
    a verdadeira pizza é a deles. a nossa foi aperfeiçoada e como de costume, acostumamos com essa.

  • Marcos-DF

    Quando vejo essas fotos me bate uma saudade desse país, onde vivi por 9 anos. Realmente, vc escolheu as cidades mais caóticas para visitar, mas esqueceu de milão…ehehehehe. Existem muitas cidades tranquilas e com motoristas um pouco mais educados, como Verona, onde morei. Eu não posso dizer que me estressei no transito por la, pois andava de scooter, embora tivesse tambem um carro, tornando tudo mais fácil.

  • AmmmmmP

    Ouvi dizer que Dublin é um sonho no tratamento ao turista e às pessoas em geral, a pé ou no trânsito. Dizem que são prestativos ao extremo! Agora a Europa mais famosa, quero distância. Não que seja ruim… é porque é sem graça, mesmo.

  • Andre Dias

    Educação não é uma característica do povo Italiano. Ao contrário dos demais Europeus, via de regra eles gritam, são pouco solícitos, enfim. A Itália é a bota da Europa não só no sentido geográfico.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Send this to a friend