Governamental/Legal Segurança Tecnologia

Controle de estabilidade, Isofix e outros agora são obrigatórios

Controle de estabilidade, Isofix e outros agora são obrigatórios

O ano de 2020 traz alguns itens obrigatórios para automóveis e comerciais leves no Brasil. Um dos itens de segurança que deverá ser introduzido em carros novos é o controle eletrônico de estabilidade, o chamado ESC.


O sistema que ajuda a evitar desvios de trajetória do veículo em curvas e em pisos escorregadios, assim como na manutenção do controle direcional em desvios rápidos, passa a ser obrigatório em novos produtos.

Modelos já presentes no mercado em 2019, como Fiat Mobi, Renault Kwid, Volkswagen Gol e outros, por exemplo, não são obrigados a portar o controle eletrônico de estabilidade como item de fábrica.

Isso só ocorrerá a partir de 2021, quando todos os automóveis vendidos no Brasil deverão dispor da tecnologia, que geralmente vem junto com o controle eletrônico de tração e assistente de partida em rampa (com algumas poucas exceções).


Controle de estabilidade, Isofix e outros agora são obrigatórios

Embora muitos consumidores ainda pensem que dificilmente usarão esse sistema, a verdade é que ele é imprescindível para a segurança veicular. O motorista, seja qual for seu perfil de condução, não está isento de encontrar repentinamente situações complicadas na via, onde o ESC ajuda a evitar o pior.

Além do controle de estabilidade, os carros terão de portar obrigatoriamente (a partir do dia 29 de janeiro) cintos de três pontos para todos os passageiros, assim como apoio de cabeça para os mesmos. O alerta de cinto não afivelado também faz parte do pacote.

Junto com estes itens, as marcas deverão dispor de fixadores de cadeiras infantis e bebê conforto com sistema Isofix, que permite prende-las com mais segurança no assento do veículo, evitando assim o deslocamento do acessório com a criança.

O Isofix já era obrigatório nos carros novos lançados de 2018 para cá, sendo agora um item de fábrica em todos os modelos vendidos no mercado nacional. Os estoques de carros feitos em 2019 e sem estes itens, poderão ser vendidos.

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • omaisbanidodona

    Aqui tudo e na base da obrigaçao! como diz o “velho deitado” …..onde moram pessoas civilizadas nao ha necessidade de regras……

    • Edson Fernandes

      Tem muita coisa que é obrigatório na Europa por força da lei viu… não pense que tudo foi bonitinho por causa dos cidadãos de lá.

      • RyanSX

        Pessoal acha que tudo la de fora do pais é lindo e maravilhoso.

        • Alaor

          Normal… a pessoa gosta de falar de tudo do mundo, mas nunca pôs o pé fora de Osasco.

      • Murilo Soares de O. Filho

        Acho que praticamente tudo por força da lei, até carro elétrico estão empurrando goela abaixo por conta da lei. Europa, Estado Unidos, Japão, não existe povo civilizado, existe leis rigorosas e educação.

        • Edson Fernandes

          Concordo. Caso a civilização fosse tão educada assim, não teria vias de 30km/h lá com radades e fiscalização.

    • Porto Velho

      Tem muita coisa na Europa que existe por força de lei, assim como várias coisas aqui existem por opção da montadora, os airbags laterais do Kwid por exemplo.

    • Cristiano Moreira

      Ahahah.
      Pois eh exatamente o contrário amigo. Quanto mais desenvolvido o país, mais regras ele tem de uma maneira geral.
      Se no Brasil não tivessem determinado a obrigatoriedade de abs e air bag até hj estaríamos tendo que adquirir esses itens num pacote opcional, provavelmente com outros itens embutidos.

    • Sino Weibo

      Nos Eua estas leis existem desde os anos 70, nenhum carro vem desde o básico sem todos os itens de segurança, 4 airbags no mínimo e uma nota no crash-test. Deve ser por isso que eles tem 4x menos acidentes que nós, mesmo tendo 5x mais carros rodando.

      • Cesar

        Aqui os carros sofrem crash test também. Os critérios é que são diferentes dos Ncaps da vida.

        • Sino Weibo

          Mas isso desde qd? É bem recente e os testes além de não serem de maneira geral, não são nem feitos no Brasil. Nos Eua todos são feitos lá por orgãos, pelo menos dois de cada, e também tem o das revistas, como a Consumer Reports, e são feitos com todos modelos à venda, inclusive importados. Não se pode vender nenhum carro nos Eua sem ter passado por crash-test.

          • Cesar

            Desde sempre.
            Assim como se homologa consumo e emissões.
            A diferença provavelmente seja que os padrões aqui sejam mais brandos.

            Procure por ABNT NBR 15300-1:2013 – Veículos rodoviários automotores — Proteção ao ocupante — Ensaios de impacto frontal

            • Sino Weibo

              Nossa kra, isso é piada ne, esses testes são ridículos. E outra, pela lei brasileira, se o veículo de origem tiver qualquer teste lá antes, mesmo que nem seja o mesmo feito aqui (falo de padronamento de carroceria, etc..) no caso, se tiver mesmo nome por ex. é aceito. E se a propria montadora fizer o teste internamente, também é aceito! kkkk É aquele tipo de coisa feita pra inglês ver sabe. Aliás acho que quem legisla no Brasil deve rir muito da cara dos brazukas, pq é cada coisa. Por isso que não faço direito, pois eu ia rir muito das leis brasileiras, que são, em sua maioria, piadas de mau gosto.

              • Cesar

                É a regra do jogo.

      • David Diniz

        Como assim um par de saco de ar evita acidentes? Essa eu não entendi.

        • Sino Weibo

          No caso 2 pares, e sim, evita mortes! Mas eu falei de maneira geral, todos os dispositivos, sendo o airbag apenas um deles. Pega a lista dos dispositivos obrigatorios nos Eua, por ex. até um Nissan Versa, o carro mais barato de lá, tem desde a versão básica.

      • Selsu Brass

        Aqui os carros fazem crash test pelas ruas e rodovias mesmo hehehe, ao custo de algumas vidas.

    • Dario Lemos

      Eles tem que seguir leis e sabem que serão punidos em casos de infrações. Sabia que nos EUA e Canadá qualquer reforma, mesmo que pequena, em sua casa você terá que notificar a Prefeitura e obter licença?

      • Fabio Thasmo

        Mas isso é assim no Brasil também, é só você descarregar um metro de areia ou 100 tijolos na porta da sua casa sem autorização que já vem a prefeitura embargar a sua obra.

  • RKK

    “Além do controle de estabilidade, os carros terão de portar obrigatoriamente (a partir do dia 29 de janeiro) cintos de três pontos para todos os passageiros, assim como apoio de cabeça para os mesmos. O alerta de cinto não afivelado também faz parte do pacote.”

    -> Para carros antigos que não possuem cintos de três pontos para todos os passageiros, assim como apoio de cabeça para os mesmos, um alternativa é a montadora licencia-lo para capacidade de apenas 4 passageiros.

    • Edson Fernandes

      O licenciamento já foi feito. Esse custo ela não volta atrás.

      • Robinho

        ate porque uma lei nova, não pode ter efeito retrogrado…

        • Edson Fernandes

          Até pode, mas dúvido que algum politico conseguiria tal façanha.

    • Porto Velho

      Instalar cinto e encosto de cabeça e simples. Negócio vai ser instalar o isofix.

      • Fabio Thasmo

        O encosto de cabeça sim, é relativamente simples fazer essa adaptação, mas o cinto no meio é complicado, precisa mexer na estrutura do banco traseiro.
        Mas mesmo sendo simples é carro, pois esse tipo e alteração requer testes e colisão, e cada batida (Segunda a VW) custa R$ 400 mil.

        • Porto Velho

          O crash test é necessário pro isofix, não pro cinto.

  • th!nk.t4nk

    Finalmente o alerta de cinto desafivelado será obrigatório. Antes tarde do que nunca. Com sorte daqui a uns 10 anos tornem obrigatória também a frenagem automática de emergência e o assistente de faixa passivo (que te chama a atenção caso você mude de faixa sem dar sinal, um item que seria muitíssimo bem-vindo no trânsito brasileiro).

    • Edson Fernandes

      Posso te dizer? ELogio a Ford inclusive de apontar até o passageiro dianteiro de cinto não afivelado. As demais não costumam apontar.

      O do Fluence(meu carro), só indica do motorista. Queria ter o recurso da Ford pq meu pai é um que eu tenho que andar um pouco e ele lembra, aí eu paro o carro e ele coloca.

      • rafa

        isso meu CRUZE 2014 ja tem… avisa motorista e passageiro. tem 6 airbags + 3 cintos e 3 encostos traseiros isso lá em 2014 HOJE 2020 deveria ser mais que obrigatorio em TODOS os carros produzidos no BR. ALem de controle de tração e estabilidade

        • Edson Fernandes

          Concordo contigo.

        • Carlos Eduardo

          O Stilo 2010 que temos como carro reserva tem aviso de cinto e três cintos e apoios de cabeça no banco de trás, fora trava elétrica e vidro elétrico para todos as portas. As montadoras abusam da panguisse do consumidor brasileiro.

      • th!nk.t4nk

        Isso, várias já avisam pro motorista (o Punto fazia isso desde 2007). Mas pelo que entendi na matéria agora será como nos carros no exterior, que avisam também se alguém não tá usando cinto no banco de trás. Aí sim faz mais sentido, pois é difícil pro motorista fiscalizar se o povo atrás está realmente com os cintos afivelados (tem sempre algum malandro que solta durante a viagem).

      • Cesar

        Renegade mostra os 5 com cinto afivelado.

        • Edson Fernandes

          SAbe que eu praticamente só fui descobrir quase no dia de devolver o carro? Só que eu só andei em 2 (eu e esposa), então apesar do checklist indicar em icone no painel, ele obviamente não ficou aceso pq ninguem estava atrás.

      • João Senff

        O nova 3008 avisa inclusive quem está atrás sem cinto algo que me irrita um pouco pois meu cachorro usa o cinto para cães e esse vida apitando no carro que alguem está sem o cinto.

        • Mayck Colares

          Desde o primeiro 3008 é assim. O sensor é por peso.

        • Tygra

          Acredito que afivelando o cinto mesmo sem ninguém o alerta pare. Pelo menos no meu Fiesta ele para.

        • Michel

          Ds4 2012 já tinha tudo isso tbm

      • Cesar

        Esse apito do Fluence sem cinto é chato para caramba o cara só anda sem se quiser mesmo.

        • Edson Fernandes

          E acredite… tem gente que anda. Um colega do clube do Fluence mandava os audios via whatsapp e aquele apito inferno atrás…. segundo ele, estava acostumado.

          Ele usou tanto assim, até um dia que o falante daquela sinaleta queimou. Tentou ir atrás mas acabou vendendo o carro sem ela.

          • Cesar

            Tem uns caras que são ninjas mesmo. Porque no Fluence por exemplo, a medida que você ignora o aviso ele vai aumentando a tormenta.

            • Edson Fernandes

              Passou exatos 30 segundos, ele apita de forma escandalosa. Horrivel mesmo.

              Eu não conseguiria andar assim. As empresas americanas me agradam com aquela sinaleta avisando. (apesar de cinto de segurança ser como roupa pra mim, não consigo andar no carro sem atar o cinto. Mesmo para manobrar o carro é automatico que eu entre no carro colocando o cinto).

      • Ander33x

        O HR-V alerta quando existe o ocupante no banco do passageiro. Nesse caso seriam Motorista e Passageiro.
        Agora não sei te dizer se o restante da família Honda existe o alerta.
        O HR-V eu posso confirmar.

      • Paulo Molinari

        O Polo do meu Pai tambem avisa sobre o cinto no banco do passageiro.

      • Evaldo Avelar Marques

        O meu Punto ano 2010 tem o alerta para motorista e o passageiro. Minha mãe é igual ao seu pai, não tem o hábito de colocar o cinto. E quando ela viaja comigo no banco de trás, onde não tem alerta, eu tenho que ficar fiscalizando ela. Se não, passa a viagem toda sem o cinto e nem percebe…

        • Edson Fernandes

          Meus pais tem o costume atrás de colocar…. e o meu carro tem aquele encosto central… abusam dele…rs

          Mas na frente… é uma tristeza.

  • Emygdio Carlos

    Vixi, a VW tem vários modelos que não atendem às novas exigências!
    Belo abacaxi para descascar.

    • Edson Fernandes

      Nada. A plataforma do Gol e Fox são oriundas do Polo de geração anterior que já tem previsto o sistema. E como será uma nova geração que irá extinguir a atual, dá tempo.

      O up mesmo possui tal item na Europa, aqui que a VW cortou tal item, assim como pode receber 4 air bags(no estilo do Polo).

      • Fernando

        Mas o Up Europeu são só 2 ocupantes atrás.

        • Edson Fernandes

          Mesmo assim… os 4 air bags basicamente protegem os ocupantes dos bancos dianteiros. O de cortina (que se configura 6) que protegem a cabeça de quem está atrás. Seja 2 ou 3 lugares.

          • Fernando

            No caso do Up, eu estava me referindo ao Isofix, encosto e cinto de três pontos para o passageiro do centro.

    • Tommy

      Nada de outro mundo, assim como no caso do Onix os VW tem previsão no projeto pra tais exigências, só não tem por custos, tanto que o Up! tem lá fora, a Saveiro tem opção de ESP e o Fox quando tinha versões mais completas também tinha.

      Nenhum carro atual vendido no Brasil é tão ultrapassado que não pode receber ESP e cinto de três pontos com isofix, até a Palio Weekend e a Montana tem previsão pra isso.

    • Marcelo A.

      O Fox pelo menos já foi vendido na Europa com controle de estabilidade desde 2004/2005, tanto é que o Fox Highline 2015 a 2017 tinha como opcional (minha irmã tem um com ESC), o Polo antigo já tinha ESC e banco traseiro com terceiro apoio de cabeça e cinto de três pontos previsto no projeto desde 2001, inclusive as versões do Polo a partir de 2008 já tinham no painel uma configuração prevista para o cinto de segurança (era só ativar com o scanner que ele começava a exibir o alerta de cinto no painel), agora o Fox não sei, pois o banco traseiro do Fox é diferente do Polo… Acabou que os únicos modelos fora do padrão são o Gol/Saveiro e provavelmente o Up! já que o modelo brasileiro tem o entre-eixos alongado em relação ao Europeu, então eu imagina que seria necessário realizar novos testes para homologar o ESC no Up! brasileiro.

  • Cleidson

    Esperando pra ver Mobi, Kwid, Gol e Montana com ESP… não tem nem DH, nem AC, mas vai ter que ter ESP na marra. ahah

    • Edson Fernandes

      Bem por aí mesmo.

      Acontecerá algo parecido como é na Europa onde eles te colocam os itens de segurança, enchem uma lista de itens de série e cobram mais caro por itens de conforto.

      • Kadu_CE

        o foda é pagar pelo dobro ou triplo do valor que os equipamentos realmente vão valer.

        • Edson Fernandes

          Aqui é sempre assim. E pode ter certeza que essas centrais que hoje são ruins em termos de configuração, qdo ficarem bem rapidas e inteligentes, pagaremos aparte o custo até mesmo em carro mais caros. Isso para citar um exemplo.(a VW já faz isso e será uma tendencia)

    • Porto Velho

      Obviamente vai ter que pagar por isso.

    • Todo Kwid tem direção elétrica. Apenas a versão de entrada que não tem AC.

  • Então Gol, Fox saem de linha no fim de 2021?
    No caso do Mobi, o projeto já prevê a instalação do ESC e ASR?

    • RodrigoABC

      Fox já possui suporte para ESC e apoio no terceiro passageiro (o daqui de casa possui esses dois itens), colocar o cinto de 3 pontos no meio e isofix vai ser fácil. O gol/voyage podem receber facilmente o ESC (saveiro cross já possui acho que desde 2016).

      Tudo é uma questão de escolha do fabricante, se quiser colocar é só ir em frente. O Moby (até onde posso lembrar) usa a plataforma do Uno, que já tem/tinha ESC nas versões com o câmbio GSR.

      • Marcelo A.

        O Fox que prevê o ESC era o que tinha o motor EA211 1.6 16V minha irmã tem um 2014/2015 com ESC, mas o motor 8v provavelmente não possui previsão para instalação desse ítem, pois a parte eletrônica (rede CAN e tal) parece que tinha umas diferenças consideráveis entre o EA111 1.6 8v e o Highline 1.6 16V, se eu não me engano o 8v usa injeção Bosch (ME 7.5.30, a mesma desde 2008) e o 16v usa injeção Marelli.

  • CanalhaRS

    Já que pagamos absurdos por um carro aqui, que ao menos eles sejam seguros.

    • Robinho

      então, mas com a adição destes itens “a força” alguem vai pagar esta conta, advinhe quem?

  • Cristiano Moreira

    Tem que obrigar mesmo.
    se dependesse das montadoras, íamos ate hj ter o kit opcional segurança 1 com espelho retrovisor do lado direito, apoio de cabeça e cinto de segurança de 3 pontos para os bancos dianteiros. Ahahah.
    Sou do tempo em que esses itens eram opcionais.

  • Mauricio Ferrari

    Tive uma Citroen Grand Picasso 2008, que já tinho o ESP, e ainda os 7 encostos de cabeça, cintos de segurança, e aviso sonoro de cintos não atados para os 7 lugares.

    • Michel

      Ah mas citroen e peugeot não prestam! Isso e aquilo bla bla bla! Os espertos compram só os bons fiat gm ford e vw! E toyota sem airbags!

    • Sino Weibo

      Tudo bem concordo, mas vamos combina né, é uma banheira gigante que custa mais caro que um SUV, e o mercado quer o que mesmo?

      • Mauricio Ferrari

        Ela ainda é menor que a Toro, e praticamente igual a Compass, Tiguan, Equinox. E é mais espaçosa do que todos eles. Era bem econômica para seu porte, e não, ela nunca foi mais cara do que os SUVs de seu porte, era mais ou menos igual em preço, mesmo vindo da Europa, portanto sem benefícios.

        Continuo afirmando que o problema é o preconceito retrógrado do brasileiro, que se acha avançadinho, mas é super atrasado e apegado àsd mesmices.

        Mas é a mais pura verdade que hoje todo mundo quer um SUV, disso não há dúvida.
        Vamos ver o que ainda vem de novidades no mercado, e o que será que vai vir depois da moda SUV?

      • Mauricio Ferrari

        É menor que uma Toro, e praticamente do mesmo tamanho que um Compass, Tiguan ou Equinox.
        Nunca custou mais caro do que os Suvs de mesmo porte, e mesmo hoje, apesar de oferecer mais equipamentos e espaço.
        Quanto ao mercado querer só Suvs e desprezar Minivans, peruas e hatches médios, bem, isso é inevitável no momento, mas não tira as qualidades do carro.

  • David Diniz

    câmera de ré ou sensor de estacionamento(ou ambos) o contran não coloca como item obrigatório né?

    • Cesar

      Não.
      Pelo menos não por enquanto.

    • Nem na Europa são obrigatórios. Acho meio improvável.

  • Naylthon Souza

    O Ford Ka já tem esse sistema desde o lançamento, nas versões mais cara . SEL, freestyle e Titanium, mais brasileiro não se liga nestas coisas, prefere um carro que tenha um telinha de LCD bacana, se pensassem em segurança o Ka seria líder de vendas.!

    • Kadu_CE

      sempre foi assim…. povo prefere conforto e conectividade do que segurança.

  • Naylthon Souza

    O Fox a Volks tirou de linha até resolver esse problema, da nova regra.

  • Marcelo Dosec

    Ótima iniciativa de segurança ativa. ABS + ESC = menos acidentes. Agora só falta ensinar o brasileiro a dirigir.

    Ontem, por exemplo, eu fiquei abismado: cinco minutos observando os carros passando e, a cada 10 motoristas, 7 não estavam usando cinto de segurança. Cinto de segurança!!! Agora entendo porque tanta gente não usa a seta, faz conversão proibida, anda na contra-mão, etc.

  • Kadu_CE

    O engraçado é que toda obrigação parece pacote de opcional onde o preço dos veículos aumenta em “progressão geométrica”. Não há isentivo ao povo. E a bola de neve no preço chega ao consumidor.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email