Brasil Mercado Montadoras/Fábricas

Coronavírus: 64 das 65 fábricas de automóveis no Brasil vão parar

Coronavírus: 64 das 65 fábricas de automóveis no Brasil vão parar

Nos últimos dias acompanhamos várias montadoras fechando suas fábricas e concessionárias devido ao avanço do novo coronavírus no país. Agora, a indústria automotiva do Brasil está parando 100% por conta da pandemia.


Conforme noticiou o Portal G1 nesta sexta-feira, 27 de março, 64 das 65 fábricas de automóveis do Brasil estão ou ficarão fechadas. Com isso, pelo menos por ora, não haverá produção de veículos. É importante destacar que, desse total, o setor está considerando unidades fabris de carros, caminhões, ônibus e máquinas agrícolas. O cenário foi compartilhado pela Anfavea, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores.

Até o momento, a única fábrica que permanecerá funcionando é a da Volvo em Pederneiras, em São Paulo. No local, a empresa atua com produção de máquinas para a construção.

Coronavírus: 64 das 65 fábricas de automóveis no Brasil vão parar

VEJA TAMBÉM:

Portanto, fábricas da Audi, BMW, Caoa Chery, Caoa Hyundai, Chevrolet, FCA – Fiat Chrysler, Ford, Honda, Hyundai, Jaguar Land Rover, Mercedes-Benz, Mitsubishi, Suzuki, Nissan, PSA – Peugeot Citroën, Renault, Toyota e Volkswagen seguem fechadas. A previsão é de retornar ainda no mês de abril. No entanto, tudo vai depender do avanço (ou não) do coronavírus no Brasil.

Entre o setor de caminhões e ônibus, fábricas da Mercedes-Benz, Scania, Volkswagen/Man, Iveco e Volvo também permanecem sem atividade.

Com as lojas fechadas não faz sentido manter a produção dos veículos. Além disso, a procura por carros está baixa devido ao coronavírus e muitas empresas estão entendendo que o distanciamento social é o melhor a se fazer para evitar a disseminação do vírus.

Coronavírus: 64 das 65 fábricas de automóveis no Brasil vão parar

A pausa no setor já era prevista pela Anfavea. Além dos dois fatores mencionados, anteriormente havia preocupação com a falta de peças (os componentes ficaram parados em território chinês).

A associação que representa as montadoras não considera o setor de motos. Entretanto, marcas como Yamaha e Honda, responsáveis por 90% do mercado, também anunciaram a paralisação na produção.

[Fonte: Portal G1]

Darlan Helder

Darlan Helder

Natural de São Paulo, é jornalista e fotógrafo. Escreve na internet sobre o universo automotivo desde 2011

  • A pergunta do milhão. Por quanto tempo vão ficar fechadas? E o Brasil vai aguentar parado por quantos meses? Os pessimistas estão falando em seis meses, dúvido que o país aguente tudo isso.

    • leomix leo

      O país não aguenta 2 meses, não tem caixa pra isso, a máquina vai entrar em colapso antes do são João, tenho medo dos saques, e a guinada na violência. Povo sem dinheiro pra comer fica irracional…

      • Paulo Lustosa

        Na verdade tem caixa e não é pouco. Reserva cambial do país é acima do que deveria possuir.

        • MarcioMaster

          Reserva será usada para pagar salarios publicos, os que pagam impostos, e fazem o país andar, como microempreendedores, empresas, vão falir em no maximo 2 meses.

          • Paulo Lustosa

            Amigo, dá pra sustentar micro e pequenos empreendedores e os trabalhadores celetistas tranquilamente dando cesta básica por dois ou três meses usando o excedente da reserva cambial. A recessão econômica vai existir de um jeito ou de outro, todo mundo vai perder tanto com o isolamento total quanto com isolamento vertical ou abrindo a porteira geral. Diferença que o rombo chega mais rápido tanto abrindo a porteira quanto no isolamento parcial sendo o rombo tanto na economia quanto no sistema de saúde, e no isolamento total o rombo será econômico, mas o sistema de saúde fica com o risco bem menor de colapsar que no isolamento parcial ou livre. Itália fez lockup horizontal e deu no que deu na Lombardia. EUA ia fazer lockup horizontal, estudou e viu que o caminho é lockup total. Reino Unido iniciou com lockup horizontal e mudou pro total. Únicos países que lockup horizontal funcionam são o Japão e Coréia do Sul porque lá o isolamento vertical já existe por padrão e o sistema de saúde de fato funciona, não é o lixo que é o sistema de saúde brasileiro. Até a Argentina e Paraguai, que são países lascados financeiramente mais do que o Brasil adotaram o lockup total.

    • Cesar

      Pior que dois dos principais eventos de faturamento do comércio, está com cara que não terão esse ano: Páscoa e Dia das Mães.

    • zekinha71

      A pergunta não é o país, é por quanto tempo o mundo vai aguentar.
      Mas tem o lado bom, o ar está tão limpo.

    • Pablo Henrique

      Amigo, vc está fazendo uma pergunta que ninguém é capaz de responder no momento. Ninguém sabe como ficará a questão da saúde no mundo.

    • Ricardo Blume

      Aqui na minha cidade já teve até carreata para que as autoridades permitam a retomada dos negócios. E olha que estamos parados a pouco mais de uma semana. Temo pelo desemprego que, quando começar ocorrer, nenhum outro empresário irá mais ter “pena” de seus funcionários fazendo como que se torne uma onda, varrendo todos as áreas da economia.

      • Desde quando patrão no brasil se preocupa com funcionários?

  • RicardoVW

    Podem fechar, carro zero é uma coisa fútil, não fará falta é há o suficiente de usados no mercado, foda só os desempregados.

    • David Diniz

      Você que é fútil.

    • Ricardo Blume

      Uma montadora fechada é sinônimo de mercadinhos, fornecedores, terceirizadas e tudo mais que envolve fechados. Envolve muito mais do que você pensa.

  • Adauto Vieira Dias Júnior

    só digo uma coisa, ou as montadoras começam abaixar os preços dos carros ou algum incentivo do governo como zerar IPI e tal, como incentivar a economia, pq se continuar do jeito q tá, ninguém vai comprar carro 0 nao, só quem é louco e tem dinheiro guardado.

    • Jr

      Montadora abaixar preço kkkkkkkkk conta outra, elas vão fazer o que fazem sempre quando estoura uma crise, vão bater na porta dos governos, pedir isenção de impostos e incentivos fiscais para manter empregos

  • Fabio Marquez

    Produzir como com todos os outros setores afetados pela epidemia fora daqui, importamos muitos componentes e isso vai parar nossa industria mais cedo ou mais tarde.

  • Rogério R.

    Não é só aqui, pois segundo o site colombiano Autos de Primera a Renault-Sofasa e a GM-Colmotores estão paradas e segundo o site Autoblog Argentina as fábricas da GM, Ford e VW também pararam.

  • Andre Luiz Melo

    Quarentena horizontal ou vertical? o hemisfério norte, a horizontal é benéfica, pois vai estabilizar o pico da pandemia para primavera e depois o verão. Estes países podem dispor de centenas de bilhões dólares e Euros para aguentar a recessão.
    Já no Brasil , que falta o básico dos medicamentos, e até , pasmem, sabão para lavar as mãos no serviço público, em que a grande parte da população sobrevive com um salário mínimo ou até menos, imaginem o efeito de uma recessão. E este isolamento pode provocar o deslocamento do pico da pandemia justamente para o inverno, a pior época em incidência, gravidade e mortalidade para doenças infectocontagiosas como o coronavírus.
    Sou favorável a quarentena vertical, focada nos grupos de risco , sobretudo os idosos, como foi feito na Suécia e Japão.
    Esta quarentena horizontal pode levar o país ao caos , não só economia, como de saúde pública…..

    • th!nk.t4nk

      É exatamente o contrário: sem quarentena agora, o Brasil estaria com milhoes de infectados e mortos no inverno, entrando numa crise financeira que seria bem mais duradoura. O momento de fazer quarentena total é agora. A forma mais eficiente de achatar a curva é começar o procedimento de quarentena o mais cedo possível, e não depois quando a situação já saiu de controle. Quarentana vertical é coisa pra uma segunda fase, quando o crescimento do vírus já foi estabilizado. O Brasil tá muito longe disso, seria necessário pelo menos um mês de quarentena total pra atingir o primeiro objetivo (e só então pode-se falar em verticalizar).

      • Jr

        Nova York, Itália e Espanha perderam o momento ideal de achatar a curva, infelizmente os dos últimos estão pagando caro por isso e o primeiro esta indo pelo mesmo caminho

        • Nova Iorque também está pagando caro: hoje mesmo já há mais de 52 000 (e mais de 700 mortes) no estado de Nova Iorque. Na cidade de Nova Iorque mais de 29 000 registros (e o número de mortes supera 700). É assustador.

          • Desculpa, Corrijo: mais de 500 mortes na cidade de Nova Iorque.

      • Andre Luiz Melo

        Um dos princípios básicos de uma boa imunidade é uma alimentação adequada. Não estamos na Alemanha, vai haver desemprego em massa no país , com pessoas sem dinheiro ao menos para o básico. Vai cair a arrecadação de impostos e agravar a falta de medicamentos e insumos nos postos de saúde e hospitais. A realidade de quem trabalha na área da saúde é bem mais cruel do que a maioria da população possa imaginar.
        Políticos oportunistas como o Dória já conseguiram liminar PARA NÃO PAGAR as prestações do governo federal.

        • Paulo Lustosa

          Brasil tem caixa pra um mês de lockup horizontal, não usam porque os políticos querem desviar para seus bolsos para sustentar suas regalias.

  • FrankTesl

    o marketeiro doriano e o wilsonfisk já perceberam a burrada que fizeram nessa chantagem contra o governo federal. Hipócritas, já pediram para empresários reabrirem as fábricas, embora ainda incentivem prefeitos a fecharem estradas.

  • FrankTesl

    Marketeiro dorianus e os demais governadores oportunistas lambedores de saco do embaixador chinês deram ordens para botar na conta do Corona todas as mortes que ocorrerem. O que vai ter de vírus culpado por atropelamento, esfaqueamento, afogamento, queimadura, queda de andaime , acidente doméstico, doença cardíaca, renal, câncer não vai estar no gibi. Vale tudo para inflar os números e aumentar o clima de histeria. Esses traidores oportunistas e a mídia vendida para o PCChina não sabem o que estão fazendo, o revertério vai ser duro para eles.

  • Cincinato

    Estou aguardando a notícia das subidas de preços até agora nada. Montadoras estão de vagar.

  • Ricardo Blume

    De qualquer forma, nossa fragilizada economia irá cair ladeira abaixo e com força. Será como a greve dos caminhoneiros que fez com que a economia não saísse do lugar muito tempo após o término do ocorrido pelo simples fato da recuperação ser sempre mais lenta.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email