Brasil Mercado Montadoras/Fábricas

Coronavírus e dólar alto derrubam vendas de veículos importados no BR

Coronavírus e dólar alto derrubam vendas de veículos importados no BR

A Abeifa, Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores, anunciou nesta quinta-feira (02) que houve queda no número de vendas de carros importados no país, devido à pandemia de coronavírus e também por causa do dólar.


No mês março, foram emplacados 2.090 veículos importados, o que representa uma queda de 21,7% em comparação ao mês anterior (foram 2.668 unidades em fevereiro) e 17,2% ante março de 2019. Assim, a associação informa que fechou o primeiro trimestre do ano com queda de 4,4%.

“Com a valorização da moeda norte-americana de 30,7%, somente no período de 2 de janeiro de 2020 ao dia de ontem, o setor de veículos importados esforçou-se ao máximo em manter os preços mais estáveis em reais. Por esse motivo, nos dois primeiros meses do ano, ainda obtivemos um resultado positivo”, disse João Henrique Garbin de Oliveira, presidente da Abeifa. “No entanto, com a declaração oficial da OMS, no dia 11 de março, de pandemia do coronavírus (Covid-19), aliada à escalada do dólar, as nossas vendas caíram drasticamente”, completou.

Coronavírus e dólar alto derrubam vendas de veículos importados no BR

Para o executivo, analisando o cenário de desaceleração da economia (no Brasil e no mundo), a associação está preocupada com o futuro dos importadores. Ele ainda ressalta que há outra preocupação, que são as projeções de queda nas vendas de automóveis novos para 2020.

Para dar um fôlego ao setor, Oliveira defende que o Governo Federal precisa agora reduzir a alíquota do tributo de importação. Atualmente, o imposto está em 35% e, para o executo, o número deve ficar em 20%. O valor também é defendido para ajudar a não fechar concessionárias e “impedir a dispensa de parte dos 13,5 mil trabalhadores”.

Dados divulgados pela Abeifa mostram que sul-coreana Kia obteve o melhor resultado em março, com 484 modelos importados vendidos, logo em seguida aparece a Volvo, com 465 unidades. A BMW comercializou 235 unidades, Porsche, 210 unidades, Jaguar fechou com 123 emplacamentos, Mini, 105 emplacamentos, Suzuki, 105 emplacamentos e Jac Motors ficou em 63 emplacamentos.

Darlan Helder

Darlan Helder

Natural de São Paulo, é jornalista e fotógrafo. Escreve na internet sobre o universo automotivo desde 2011

  • Daniel dos Santos

    e por obviedade, os carros “nacionais” também devem receber aumentos significativos nos próximos meses…a grande maioria desses carros nacionais, possuem itens importados…no mínimo 40% do custo total do carro.

  • Dod.

    Só vamos voltar a ter normalidade no mercado quando Bolsonaro for presidente e Paulo Guedes ministro da economia, disseram que tanto o dólar quanto a gasolina vão baixar pra menos de 2 reais. É B17, Brasil acima de tudo, Deus acima de todos!

    • leomix leo

      Vc deve ser um desses doentes, não tá percebendo que isso é uma crise Mundial, o que ele pode fazer para controlar o mercado internacional?!? Gasolina aqui em minha cidade demora de baixar por causa do cartel, mais já tem cidades com gasolina abaixo dos 4 reais, e em relação ao dólar, o mundo em crise o nosso país sofre pq seus comparsas saquearam o país, garanto que o 9 dedos tá de boa em casa, e tu deve ser mais um daqueles comedores de mortadela que acham ele um santo, roubou mais fez.

      • zekinha71

        Pelo o que eu entendi, ele quis dizer sobre o salvador da pátria, a cada eleição o povo elege um suposto salvador da pátria, o cara que vai resolver todos os problemas em um toque de mágica, o cara que sabe de tudo.
        Brasileiro é o maior fã de terceirização, tudo na vida da pessoa uma outra pessoa tem que resolver, educação dos filhos, é a escola que faz, a futura aposentadoria, é o INSS que faz, uma reserva pra tempos difíceis (HOJE E AGORA)

        • leomix leo

          Sempre falo isso, quando menos estado na vida do povo, melhor se torna o país, o problema que aqui o povo quer tudo de graça, falam que é obrigação do governo. Ficam ultra dependente do mesmo, e depois não querem sofrer.

          • Annita Fingenberg

            Exatamente. Brasileiro só sabe pedir as coisas pro governo, mas arregaçar as mangas ninguém quer. Obviamente tem muitos que precisam de ajuda, mas a grande maioria, se tivesse uma educação financeira, não iria precisar de esmola do governo. População pede solução do governo pra dengue, mas não levanta o rabo da cadeira pra ir olhar o quintal.

            • Edson Fernandes

              Diante de como é nosso cenário politico, o que é visto nas escolas estaduais? O que é feito para que as pessoas cresçam na vida?

              Eu acho que parte disso, é uma educação precaria não por culpa de professores, mas por culpa desse joguinho mesquinho que é nossa politica. Podemos sim pensar em menos estado na vida do povo, mas para isso vc tbm precisa tirar isso da vida do cara. Se quer que as pessoas cresçam faça com que a nação consiga ficar maisinteligente para pensarem como empresarios e não como empregador. (difundir isso na cabeça das pessoas)

              Diante de como está agora, mudar sem o que esta ao redor me parece uma utopia.

          • Tem os 2 lados da moeda. Usa o fgts como exemplo, quanta gente sacou o valor do fgts e hj essa quantia faz falta? É muito bom incluir o fgts no pagamento mensal, mas quando o funcionário é demitido ou surge um problema como o atual ter um fgts de 5 mil ou mais disponível ajudaria muita gente.

      • Mas no caso do dólar antes do covid 19 surgir não tinha nenhum indício da moeda baixar. Dúvido muito que sem pandemia o dólar ia baixar.

    • Saulo Parente

      Mais um perturbado na internet !!

  • Hugosw

    É só uma gripezinha, não precisam se preocupar

    • Vinicius Paes

      Palavras do grande Drauzio Varella

      • radiobrasil

        Ai.. essa doeu… huhauhauha Boa! Toma meu like!

      • Natán Barreto

        Palavras faladas quando o corona era ainda apenas era um embrião em Wuhan. Assim que a OMS se pronunciou que o vírus iria se espalhar fortemente mundo agora o Drauzio Varela foi à mídia explicar a gravidade e os cuidados a serem tomados.
        Os gados distorcem as falas, porém não é o Drauzio Varella que governa o país e nem foi ele que está incentivando milhões de pessoas a irem às ruas.

        Brasil já passou de mil mortos e 20 mil infectados. EUA q vcs idolatram tanto acabou de passar de meio MILHÃO de infectados.

        Vcs vão ver onde iremos parar

  • Sino Weibo

    Dos criadores do Inovar Auto, estes devem estar felizes que mesmo que tenha acabado o programa, a alta do dólar ferrou com os importados hahah Agora se essa alíquota realmente baixar para 20%, ae teremos uma real concorrência, e tomara que não seja só em carros, a alíquota geral é 60%, pode cair pela metade.

  • radiobrasil

    Discordo… não foi o dolar e nem a epidemia, foi a atitude criminosa de fechar todo o comércio. E continua fechado, veremos aqui relatos de ex-vendedores de carros e até ex-empresários do ramo.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email