DaimlerChrysler Europa Finanças GM Opel

Crise na GM: Opel pode deixar GM e se unir à Daimler

crise-na-gm-opel-podera-deixar-gm-e-se-unir-a-daimler Crise na GM: Opel pode deixar GM e se unir à Daimler







Na última matéria sobre a crise na GM, falamos do possível fim do império construído em torno da gigante americana General Motors.

Agora, a crise vimos que tal acontecimento não era mero sensacionalismo. A falta de verbas para sanar as dívidas do braço europeu da GM, a Opel, se mostra em atuais 3,3 bilhões de euros.

A GM não tem de onde tirar essa cifra para salvar a Opel de uma possível falência. Localmente, o governo alemão nega ajuda financeira a GM para salvar sua representante local.

Diante de tantas notícias ruins, que incluem também enormes protestos de trabalhadores por toda a Europa, a Opel cogita se separar do grupo americano para poder sobreviver independentemente.

Nesse sentido, o governo alemão apoia a Opel e concederá ajuda para a nova empresa caso ocorra. De toda forma, a Opel/Vauxhall iria manter uma associação com a GM para ter acesso à tecnologia.

A GM, no caso de separação da Opel, estaria interessada em ter 30% da nova companhia. Uma das fábricas da Opel poderá ser vendida para a Daimler.

Mas, esta última estaria muito mais envolvida com a Opel, pois segundo rumores, ela poderá ser a nova controladora da Opel e não apenas dona de uma das fábricas.

A Daimler leva enormes prejuízos com os Classe A e smart no ano passado, mas com uma parte da Opel, poderia ter acesso à plataformas compactas da parceira alemã.

Sem a Opel ou pelo menos, sem o controle dela, a GM ficaria mais enxuta e se voltaria mais para o mercado americano, onde sua situação é dramática.

Fonte: Uol Carros.



  • Gagliotti

    Já que a GM Brasil, insiste em nos oferecer “CARROS À CUBANA”, fazendo nos esquecer da boa década de 90 quando conseguíamos ter veículos semelhantes à Opel, agora nos resta orar para que a Daimler Benz compre a Opel, e quem sabe nos brindar com veículos decentes, e não “O MUSEU DE GRANDES NOVIDADES” que a GMB nos oferece atualmente (E olha que a presidência da GM disse que o Brasil é a VEDETE para a GM (quanta hipocrisia!)). :banana: :clapp: :banana:

  • Luis.J.R.

    Tinha comentado sobre essa noticia!Mais será que a opel vai mesmo desligar da gm, e se isso acontecer pelo menos vai manter uma associação com agm para ter acesso à tecnologia.Bom vomos ver o que vai dar né. :??:

  • LeoBH

    O mundo automobilístico está se rearranjando… Se formos analisarmos, nos últimos meses tivemos alianças até então inimagináveis. E esse vai pra lá e vem pr cá pelo que se vê nessa matéria ainda continua e vai render mais assuntos…

  • Pedro Evandro

    [Comentario #146025 sera citado aqui]

    Torço para que isto ocorra. Teríamos Chevrolet (com carros velhos) e Opel (carros novos) por aqui. Imaginem: Chevrolet Viva x Opel Corsa; Chevrolet Cruze x Opel Insignia; Chevrolet Astra x Opel Astra…

  • Gustavo Miranda

    Excelente! Se a Daimler adquirir a Opel, além de a Mercedes sair ganhando com novos subcompactos de qualidade, as chances de termos a Opel como braço mais popular da “Daimler-Opel” serão enormes! E ao contrário da associação malsucedida com a Chrysler, a união com a Opel tem tudo para dar muito certo, já que a Opel é muito mais alemã em sua cultura que norte-americana.
    Hahahaha, imagino um duelo desses entre linha Chevrolet x linha Opel… Fazendo conjecturas em cima de conjecturas, como a GMB detêm as patentes dos nomes Corsa, Vectra, Astra, Omega, a Opel vai ter que alterar seus nomes, de repente, até resolva trazer seus nomes do passado, pegando pelo coração os consumidores brasileiros com nomes como Monza, Kadett, Commodore, Diplomat…
    Boa sorte Opel! :cool: :cool: :cool:

  • tonywalker

    Finalmente a OPEL vai andar sozinha, sem ter que levar a GM nas costas. E que seja bemvinda (nova regra gramatical, rsrsrsrs) ao Brasil!!!! :clapp: :clapp:

  • tonywalker

    Finalmente a Opel vai andar sozinha!!!! :clapp:

  • pcnafita@itelefonica.com.br

    a gm poderia relançar o chevette! :clown:

  • Fernando

    Bem que a GMB poderia se separar também
    Principalmente agora que a BRIC (Brasil,Russia,India,China) é o bloco que mais cresce
    Aqui ja foi lançado o Boicote as montadoras (CADE O LOGO DO BOICOTE EBER)
    sugiro que precionemos a GMB assim como os europeus com a Opel
    Iria dar muito certo pois não podemos comprar carros a preços absurdos para cobrir o prejuizo da GM americana

  • Powerbest

    Se isto realmente acontecer a a Daimler trazer a Opel para o Brasil, certamente será o fim da GM por aqui e nós poderemos ter realmente um Opel de verdade, inclusive no emblema!! :clapp:

  • Carlos

    [Comentario #146088 sera citado aqui]

    Amigo é a GM que vai se livrar de uma dívida…. a Opel não carrega a GM e sim a GM caregga a Opel.

    Vamos ver no que vai dar né…. porque sem a dupla Vauxhall e Opel a GM ficaria praticamente sem representação na europa. Pois a Chevrolet vende pouquissimos carros e em restritos países.

    Enfim… só acreditarei nisso vendo. Pois o governo dos EUA tem ajudado a GM e sinceramente não acho uma boa pra GM se desfazer da Opel que é a terceira marca mais vendida na europa ficando atrás somente da VW e FORD.

  • Mano

    [Comentario #146140 sera citado aqui]

    Discordo do Carlos quando diz que a GM é que carrega a Opel. Acho que é bem o contrário: veja que os modelos mais atualizados e aceitos no mercado mundial são os projetados pela Opel e vendidos pelas outras subsidiárias da GM.
    Corsa, Vectra, Astra, Omega e muitos outros são projetos da Opel que tem versões em diversas outras subsidiárias e são essas as platafaormas que dão lucro para a GM.
    Pense no seguinte: a Saturn vende sua versão do Astra, os modelos da Saab são projetados usando plataformas Opel, o Pontiac Solstice nada mais é que uma versão do Opel GT, nosso velho Monza era vendido nos EUA como Chevrolet Cavalier e como Cadillac Cimarron (entre outras versões), nosso Chevrolet Chevette (Opel Kadett 1973) era vendido nos EUA em versões Pontiac e Chevrolet. O Opel Omega (geração 99) foi vendido nos EUA pela Cadillac (não me lembro qual o nome) e, se não me engano, também tinha uma versão Chevrolet ou Pontiac.
    Ou seja, quem tem mais a perder é a GM. Torço para que a Opel saia debaixo do guarda-chuva da GM e consiga se reestruturar.

  • Marcelo

    Seria ótimo se isso fosse acontecer, mas aqui nós continuaríamos preos a GM e não a Opel…
    Pena!!! :bate:

  • Everton

    Talvez não seja recente esses planos, por que já a algum tempo a Chevrolet vem inserindo lentamente a identidade americana no Brasil e tirando o arco do simbolo da Chevrolet justamente por fazer alusão a aliança com a Opel…

  • Mano

    [Comentario #146140 sera citado aqui]

    Concordo com o Carlos apenas em parte. É verdade que a GM vai se livrar da dívida mas em compensação vai perder os bons produtos desenvolvidos pela Opel e que são vendidos por outras subsidiárias da GM.
    Toda linha Chevrolet brasileira é baseada em produtos Opel e quase sempre foi assim. O Opala nada mais era que uma versão do Opel Rekord 1968 com a dianteira e traseira modificadas e motores de projeto americano. Nosso Chevette era igual ao Opel Kadett 1973 que também era vendido na Inglaterra como Vauxhall Chevette, no Japão como Isuzu Gemini, nos EUA em versões Chevrolet e Pontiac. Nosso Monza (Opel Ascona na Alemanha) era vendido nos EUA como Chevrolet Cavalier e Cadillac Cimarron (que tinha um bagageiro em cima do porta-malas) e na Inglaterra como Vauxhall Cavalier. A segunda geração do Omega (que não tivemos por aqui) também era vendida nos EUA, se não me engano, pela Cadillac.
    Também não podemos esquecer o Daewoo Espero que era baseado na plataforma da primeira geração do Vectra.
    O Astra também é vendido pela Saturn (inclusive com o nome Astra). O Saturn Sky e o Pontiac Solstice nada mais são do que o Opel GT.
    Todos os novos Saab são desenvolvidos a partir de plataformas de projeto Opel.
    Veja que quem mais sai perdendo com a saída da Opel do grupo GM é a própria GM.

  • Adenilson

    A Opel tá certa,vai pagar o pato? :censor:nenhuma

  • washington

    [Comentario #146233 sera citado aqui]

    Bem observado!!!!

  • Gustavo Miranda

    [Comentario #146088 sera citado aqui]

    Hheuheuehuehuehe, viva a reforma da gramática e a da Opel! Mas m só vem antes de p e b, então ficaria “benvinda”. Mas acho que aqui é bem vinda separado. Falou!!!

  • Marcos V. S. Santos

    Isso não pode acontecer não.. a GM é doida?????

    e toda essa história de crise ta deixando ela doida… não é possível??? :OoO:

    Se a GM vender a Opel, como vou fazer com meu Monzão fase II????? e o mano ali que tem uma zafira??? e o kra ali que tem um opalão muito loco com um emblema gigantesco escrito GM????vou chamar ele de GM ainda???? não!!! que nó na minha cabeça kra!!! que isso!!!!

    nussss os únicos chevrolets é meriva, celta e S-10/blazer…….. o resto é tudo Opel….


Send this to a friend