Fiat Cronos agora é o sedã mais vendido do Brasil

Fiat Cronos agora é o sedã mais vendido do Brasil

Essa é a oportunidade que ele precisava. Após ter decepcionado Betim em não emplacar volumes que pudessem bater rivais como VW Virtus e Hyundai HB20S, por exemplo, o esquecido Fiat Cronos aproveita o embalo da marca para acelerar rumo ao Top 10. E mais! Agora ele é o sedã mais vendido do Brasil.


Na quinzena de junho, ele estava em 15º lugar, tendo entrado no Top 20 rapidamente com a reviravolta no mercado nacional. Figura mais rara entre os 20 mais vendidos que a minivan Spin, por exemplo, o Cronos agora já está em 11º lugar e a menos de mil unidades do T-Cross.

Não sabemos se o SUV da VW terá força para resistir ao sedã compacto argentino em sua rápida ascensão. Mas, visto que estamos observando um crescimento acelerado de seus emplacamentos, não se pode duvidar que ele acabe ficando entre os 10 mais vendidos ainda em junho.

Fiat Cronos agora é o sedã mais vendido do Brasil

Um dos motivos para o Cronos estar acelerando tanto sem ter o GSE Turbo 1.0 sob o capô (esperamos por isso), é o desabastecimento do mercado de carros novos.

Como a Fiat “aparentemente” se mantém tranquila em termos de produção, ela está ampliando a liderança porque as demais limpam as máquinas paradas em suas fábricas, devido à falta de microchips.

Assim, como existem poucos players de menor peso em situação regular, a Fiat garante seu domínio com sua ampla rede e oferta de produtos, embora haja filas de espera, segundo o mercado.

Fiat Cronos agora é o sedã mais vendido do Brasil

De qualquer forma, com os rivais minguando nas lojas, o Cronos acaba ganhando espaço (e a liderança do segmento), assim como os demais modelos de Fiat e Jeep, outra que está se aproveitando bem da situação (e está correta em fazê-lo).

Nas vendas parciais de automóveis, Argo, Renegade e Mobi são os primeiros. Você ainda encontra o Compass em sexto, mas nos comerciais, a Strada novamente lidera o mercado como um todo, seguida da Toro, como sempre. É aquilo, apareceu a oportunidade, o negócio é não deixar passar…

[Fonte: Fenabrave]

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.