Chevrolet Hatches Mercado Sedãs

Cruze atualizado atrasa e deve chegar só no segundo semestre

Cruze atualizado atrasa e deve chegar só no segundo semestre

Ele foi prometido pela General Motors Mercosul para o período entre o fim de janeiro e o começo de fevereiro, mas não chegou. O Chevrolet Cruze atualizado, agora provavelmente em linha 2020, só deverá dar as caras na região a partir do segundo semestre, de acordo com o site argentino Autoblog.


Com produção em Rosário, cuja fábrica recebeu investimentos para fabricar o médio com os novos sistemas que irão a bordo, a planta hermana está em ritmo lento e só deve colocar o Cruze atualizado no mercado, por lá, em meados do ano. O produto da GM não só ganhará o visual visto na finada versão americana, mas também ampliará a conectividade.

O Cruze 2020 chegará com internet a bordo, através de cartão SIM e hot spot Wi-Fi, bem como conexão 4G LTE, sistemas comuns nos carros da GM vendidos nos EUA. No visual, sedã e hatch médio, receberão grade atualizada de tamanho maior, revisão no desenho dos para-choques e das lanternas, assim como novas rodas de liga leve.

Cruze atualizado atrasa e deve chegar só no segundo semestre


O interior também deve ser atualizado, mas de forma mais suave, já que é um facelift de meia vida. Falando em vida, o Chevrolet Cruze 2020 deve manter seu coração 1.4 Ecotec Turbo com até 153 cavalos e câmbio automático de seis marchas até o fim. Nesse caso, o destino dele já está selado.

Com o fim da fábrica de Lordstown nos EUA e fim da produção em Ramos Arizpe, no México, o Cruze não deverá voltar aos EUA e a GM já anunciou que não haverá um sucessor para o mesmo, o que coloca em xeque sua continuidade em vários mercados.

A planta de Alvear, em Rosário, recebeu investimentos para a produção de um novo carro, que será um SUV intermediário entre Tracker e Equinox, mas usando a mesma plataforma do Cruze. Ou seja, mais adiante, ele assumirá a produção total na fábrica argentina.

[Fonte: Autoblog Argentina]

Cruze atualizado atrasa e deve chegar só no segundo semestre
Nota média 5 de 5 votos

  • Airplane

    É para dar tempo do ferramental americano e mexicano, das linhas de produção que fecharam, chegar na Argentina para ser instalado na fábrica de Rosário.

    • Good Doctor

      É por isso que tô louco para carros elétricos chegarem de vez.
      Não vai ter nada para atualizar além da bateria, e isso vc faz em casa.
      Carro vai virar eletrodoméstico

      • Terrorist Win

        Também estou louco pra ver a conta de energia

        • Good Doctor

          Mais barato que gasolina vc sabe que é, né?
          Um tesla model S com bateria de 60 kWh percorre 400km, considerando as perdas e o preço atual da eletricidade, seria algo em torno de 80 reais uma recarga dessa.
          Quanto vc gasta pra encher o tanque do seu Fiat uno? 200 reais? E ele faz de 0 a 100km/h em 5 segundos?

          • Terrorist Win

            Mano se já tem cartel de postos de gasolina, agora imagina comigo com as distribuidoras de energia. Aqui em casa vem 130kw e já vem facada imagine quando tiver um carro elétrico, e sem falar que tem pessoas que rodam bem mais que 400km semanalmente.

            • Good Doctor

              “mano” com 8 mil reais vc instala placa de energia fotovoltaica e “zera” sua conta de eletricidade..
              Termina o ensino médio e volta aqui pra conversar

              • Terrorist Win

                Kkkkkkkkkkkkkkk, mano tu vive em que mundo? Tu acha que o cara vai comprar e acabo? Não vou pagar mais conta de luz? E eu acho que alguém esta precisando fazer o ensino médio denovo

                • Good Doctor

                  Para sua infelicidade sim, é possível zerar a conta, paga apenas a taxa mínima de disponibilidade da rede

          • Terrorist Win

            O meu fiesta não bebe muito não, eu acho ele até bem econômico. Daora 0 – 100 em 5s, se tem gente que se mata com onix com 0 – 100 em 14s, imagine com carros elétricos.

            • Unknown

              Mas tbm Ônix, até 2016 é zero estrelas no Latin Ncap, por isso morre mesmo. rsrs

          • Drax

            Isso sem considerar que você pode produzir energia em casa, já a gasolina…

        • leomix leo

          Quase o mesmo que um celular com carregador turbo, muito menos que uma 📺, chuveiro, ferro de passar.

          • Terrorist Win

            Quase mesmo, um smartphone tem em media 3000mah quero saber qual o tamanho de uma bateria de um carro. Eu tenho certeza que não é do mesmo tamanho.

      • Gabriel

        Como assim nada para atualizar além das baterias??
        Sai do crack irmão.

        • Good Doctor

          O que que vc vai querer de upgrade num carro elétrico?
          Turbinar ele? Mapear injeção? Trocar relação das marchas?

          Máximo que dá pra fazer é aumentar bateria e modificar suspensão… Não vai fazer sentido trocar de carro na mesma frequência de um a combustão… Meu carro chega perto dos 140 mil km já fico louco pra trocar pra não ter que dar manutenção

          • Gabriel

            O assunto não é o que os gearheads vão mexer no carro depois.

            Não é só atualizar baterias em um facelift ou em, uma nova geração, tem suspensão, freio, cambio, chassi, faróis, acabamento, equipamentos, body kit e muito mais pode mudar depois de um facelift sendo a cambustão ou elétrico. Em ambos os casos pode precisar mudar o ferramental da produção daqui e trazer la de fora e tbm levara tempo para ser atualizado se for veiculo elétrico assim como está acontecendo com o Cruze. Ser elétrico ou a combustão não vai interferir nada nessa questão.

            • Good Doctor

              Uma caminhonete sobre chassis em escada vai durar uma vida sem precisar de nenhuma atualização

              • Gabriel

                Mais uma vez, indiferente de ser elétrico ou não.
                Seus argumentos não procedem, nem antes e nem agora.

                Mas acredito que talvez você deve ter se expressado mal no primeiro comentário (depois você apenas se perdeu tentando argumentar desviando o foco da questão), onde respondeu o “Airplane”, dizendo que é pelo fato (comprovado pela expressão “É por isso que…”) do Cruze mk2.5 estar demorando a chegar, por conta do tempo necessário para trazer o ferramental e atualizar na argentina, que você estaria doido para a chegada dos elétricos, alegando que nos elétricos esse processo não seria necessário, que bastaria uma nova bateria, o que não procede.

                Como já disse, talvez você tenha se expressado mal, talvez você queria ter escrito outra coisa, mas não escreveu.

                Agora, se é realmente por esse motivo que está ansioso para chegar os elétricos, meu amigo, você deve rever seus conceitos, e encontrar novos motivos para isso, pois esse não tem o menor sentido.
                (falo na boa mesmo, não para tretar ou esculachar (embora eu tenha dado uma zuada saudável na primeira resposta))

      • delvane sousa

        Esqueça amigo. Acha mesmo que o governo vai mesmo deixar de arrecadar bilhões de reais com a venda de gasolina ruim e cara pra população? Jamais. O Brasil será o ultimo pais do mundo a adotar os eletricos em massa. No máximo os hibridos que vai continuar muito caros pra ninguém comprar e olhe lá…

        • Edson Fernandes

          Se é uma coisa que eu acredito muito é justamente nos hibridos. Considerando nossa infra, eles parecem mto mais promissores que os eletricos.

      • FearWRX

        me diz que você estava zoando com isso

      • Diego Honorato

        Eu espero que demorem muito…de gadgets eletronicos ja bastam os celulares

    • Gabriel Torque

      E será que o povo vai comprar sabendo que saiu de linha lá fora e que não haverá nova geração ?

      • Matthew

        Quem tem grana compra aquilo que lhe convém. Até porquê o público em geral nem é tão antenado assim. O Fluence ficou moribundo durante anos, agora que saiu de linha virou queridinho dos usados. Imagino que o Cruze vá pelo mesmo caminho. Ninguém dá valor agora, quando tiver a produção encerrada, descobrem o carro.

        • Edson Fernandes

          Olha, mesmo antes de sair de linha eu comprei o meu.

          Mas queridinho? Eu achava que era de UBer e só…rs

          Ele tem uma fama injustificada,mas a Renault assim como a PSA precisa trabalhar melhor seus produtos.

      • Airplane

        Não deveria comprar, né !

      • Fernando Gabriel

        Não haverá lá, mas se vender bem aqui, pode ter mais um facelift.

    • Andre Pestana

      A questão de dar tempo do ferramental dos EUA e México chegar não deve fazer muito sentido, pois esse novo Cruze praticamente é o mesmo Cruze que tem aqui, apenas pequenas mudanças no para-choque e novo sistema multimídia com conexão 4G que devem ser importados dos EUA ou México para Argentina, a questão mesmo é que devido a grave crise na Argentina e no Brasil a GM deve está querendo desovar os estoques e repensando se fecha de vez a fabrica do Cruze na Argentina, pois tudo indica que não deve está tendo lucro na região.

      • Airplane

        O nosso “novo” Cruze é o mesmo que era produzido nos EUA portanto não jogarão o ferramental fora e sim o reaproveitarão aqui no Mercosul.
        Vc tem razão ao afirmar que estão desovando os estoques e pensando em fechar a fábrica mais adiante. O futuro da GM nos mercados emergentes é a plataforma chinesa GEM (Global Emerging Market), da SAIC – Shanghai Automotive Industries Corporation, de onde virão os novos Onix, Prisma, Spin, Tracker e o provável “substituto” do Cruze !

    • Fernando Gabriel

      O “Novo”Cruze 2020 já rodava camuflado em SP antes do anúncio do fim do modelo no EUA. Além do mais, mudança de maquinário para que, se as mudanças são estéticas (parachoques, rodas, lanternas traseiras, tonalidade dos bancos e botão SS) e não estruturais ou de chaparia ?

      • Airplane

        Ferramental não é constituído de máquinas mas sim de matrizes, dispositivos e ferramentas, etc. utilizados na produção de peças e que podem ficar, inclusive, em fornecedores.

        • Fernando Gabriel

          Neste caso, a mudança para tal seria apenas dos parachoques (estética) e lanternas traseiras. Voce acha realmente que a GM, apesar de rodar com o modelo em SP bem antes do anúncio do fim de produção no EUA, iria parar tudo para trazer maquinário para fornecedores (sim, pois parachoques e lanternas ela não fabrica) para aí sim, liberar a produção do modelo? O mais óbvio é que estejam querendo desovar os estoques, antes de liberar a venda do novo, já que se liberar agora, o atual perde valor e ela não está querendo perder nada.

          • Airplane

            Provavelmente é isso mesmo !

  • CanalhaRS

    Vai ficar em linha por aqui enquanto houver demanda. Depois, só SUVs…

    • Gabriel

      Ou vai vir algum tipo de tranqueira xingling de baixo custo, talvez o monza.

  • Dreidecker

    Se for.para instalar o bendito botão para desligar o maldito start-stop está perdoado.

    • Fernando Gabriel

      Sim, ele virá , finalmente.

    • Matheus Girelli

      É muita sacanagem um carro de R$110.000,00 não ter opção de desligar o start-stop e olha que eu não me incomodo com o sistema

  • Gabriel Torque

    É o tempo de trazer as máquinas defasadas dos EUA pra argentina …

  • Airplane

    Vejam como nosso mercado (Mercosul) é atrasado: lá o Cruze á saiu de linha e ainda não chegou aqui !
    E aindapor cima nos mandam as máquinas e ferramentais desativados. Triste.

    • Gabriel

      Ele só saiu de linha la pq não vendia, essa geração estava prevista para durar mais alguns anos no mercado dos EUA, foi o baixo desempenho que decretou sua morte por la, não foi uma morte natural de uma geração.

      • Airplane

        Verdade. Os sedãs asiáticos (Honda, Nissan, Toyota, Hyundai, etc.) dominaram os mercados americano e canadense e não restou às montadoras americanas (Chrysler, GM e Ford) outra alternativa a não ser descontinuar seus carros e/ou fechar fábricas. Incrível !

        • Gabriel

          Acho que eles até conseguiriam se manter competitivos no mercado de carros, porem teriam que investir, e teriam bem menos lucro do que investir em Pick Ups e SUVs.
          E então fizeram a escolha que vai encher o bolso mais rapidamente, talvez futuramente o mercado de Hatch/Sedans volte a aquecer por la, mas ai duvido que a GM Ford conseguiram voltar e ter boa representatividade no segmento que vai estar mais dominado do que nunca pelos Japoneses que não irão largar o osso.

  • vi.22

    Como funciona essa internet no veículo?

    • Fernando Gabriel

      Provavelmente será pelo Plano Onstar, já que cada veículo GM com Onstar já sai de fábrica com um Chip celular para funcionamento do sistema.

    • João Vitor

      Ele funciona igual um telefone…você coloca um chip 4G, ele vai puxar a internet normalmente e rotear para os telefones. O carro sera basicamente um roteador ambulante.

      • Edson Fernandes

        Para Android auto é uma mão na roda… mas penso pra mim que vc precisa de um novo cartão e isso se configura plano familia…. então pagaria a mais por algo que vc já faz no celular. Ao menos pra mim ainda que seja comodidade, não parece se tão atrativo assim.

        • João Vitor

          Concordo,mas quem compra esse tipo de carro ,tem dinheiro pra pagar um plano a mais…Hahaha’ ,Essa tecnologia 4G LTE nos chevrolet são antigos já,lá deve fazer um relativo sucesso para manterem até hoje,tem que saber também como vai se comportar a nossa estrutura de sinal 4G também né…

          • Edson Fernandes

            João, eu sou dono de um fluence…. então não se trata de questão de ter dinheiro para pagar, mas não ver utilidade em pagar apenas para ter no uso do carro.

  • Gabriel

    Por mim que nem venha.
    GM perdeu a mão nos facelift.
    Cruze, Camaro, Malibu e Impala estavam bem melhores antes do facelift.
    Nos EUA o unico que melhorou com os facelift foi o Sonic, e melhorou muito.

    • Piston head

      Já achei que o Cruze melhorou e o Sonic piorou. Camaro não tem discussão, detonaram o carro.

      • Gabriel

        Vai de gosto né kkkk.

        Camaro agora vou ter que pegar um usado, demorei de mais…

  • Dos carros novos com grade enorme o Cruze é o mais equilibrado, mas ainda fico com o modelo atual.

  • zekinha71

    Quando chegar, já vai chegar morto.

  • Diego Honorato

    Brasileiro tem uma fixação doentia por certos carros…acho o Cruze um carro bem interessante

  • Renato Almeida

    O atraso está sendo provocado por contingenciamento na gestão da GM. A nova plataforma Twins também está com desenvolvimento parado no Brasil e o lançamento já foi postergado em 6 meses. O Cruze é um ótimo carro para o padrão brasileiro, mas a sobrevida na Argentina deve ser curta já que hoje, o Sedan vende cerca de 15.000 carros/ano e a tendência é de queda nos próximos anos com o mercado migrando para os SUVs.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email