Chevrolet Hatches Linha 2020

Cruze Hatch 2020: preço, equipamento, consumo, motor (e versões)

Cruze Hatch 2020: preço, equipamento, consumo, motor (e versões)

O Chevrolet Cruze Hatch 2020 é um dos poucos hatches médios que ainda resistem frente à popularidade dos crossovers compactos no mercado brasileiro e também no restante do mundo. Ele parte de R$ 99.390 e se sobressai facilmente frente aos crossovers da mesma faixa de preço pela dose de tecnologia, acabamento e eficiência.


Por este valor, o interessado pelo Cruze Hatch 2020 pode levar um modelo da Chevrolet com motor turbo que desenvolve até 153 cavalos de potência e ainda equipamentos como quatro airbags, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, bancos em couro, direção elétrica progressiva, central MyLink com Android Auto e Apple CarPlay, entre outros.

Assim como o sedã, o Chevrolet Cruze Hatch 2020 surgiu na Coreia do Sul e era um complemento do três volumes, que ainda teve uma variante perua. Inicialmente como Daewoo Lacetti, o hatch médio acabou indo para a Austrália, onde foi vendido como Holden Cruze e depois como Astra.

O modelo veio com soluções de baixo custo para atender todos os mercados, pois foi desenvolvido para ser um produto global da General Motors.


Chevrolet Cruze Hatch 2020 – detalhes

Austrália, Índia, China, Brasil, Coreia do Sul, Cazaquistão, Rússia, Tailândia, EUA e Vietnã, foram alguns dos países com produção do Chevrolet Cruze Hatch, que não demorou a chegar em outros lugares através de importação oficial ou independente.

Da mesma forma que o sedã, o hatch chegou ao Brasil para substituir o longevo projeto nacional do Chevrolet Vectra, que era diferente do europeu, utilizando estrutura da antiga Zafira e o estilo do Astra nacionais.

Como chegou depois, a relação motor/câmbio já estava em conformidade com o propulsor. Lá fora, ele tinha opção de motor 1.4 Turbo, bem como 1.6 a gasolina e versões diesel 1.7 e 2.0, ambos da Fiat e VM Motori, que fazem parte do grupo FCA.

Apenas com motor 1.8 e câmbio automático GF6 de seis marchas, o hatch tinha desempenho mediano e oferecia o recurso da transmissão manual de seis marchas, bem como teto solar, diferenciais em relação ao sedã.

Cruze Hatch 2020: preço, equipamento, consumo, motor (e versões)

A plataforma Delta II era a mesma do Opel Astra e foi amplamente utilizada dentro do grupo americano. Diferentemente do Cruze Sedan de segunda geração, que nasceu inicialmente apenas na China, sendo um pouco menor que o Cruze anterior, o hatch ficou de fora e só surgiria então a versão internacional do Chevrolet Cruze Hatch, medindo 4,44 m e com 2,70 m de entre eixos .

Feito também sobre a nova plataforma D2XX e mantinha a suspensão traseira por eixo de torção, mas era equipado com motor 1.6 diesel e 1.4 Turbo, além de câmbio automático de seis marchas.

O Chevrolet Cruze Hatch 2020 não é vendido na China como hatch, onde apenas o sedã é oferecido com motores 1.6 e 1.5 Turbo, além de câmbio de dupla embreagem.

No Brasil, o  Chevrolet Cruze Hatch de segunda geração chegou em 2016 com motor 1.4 Ecotec Turbo SIDI, o mesmo conjunto visto na maioria dos mercados, porém, com tecnologia Flex. O câmbio automático é o GF6-3 de seis marchas, bem integrado ao propulsor.

Substituindo o anterior que era brasileiro, o modelo começou a ser produzido na Argentina, onde agora é feito também o motor.

Não se espera uma terceira geração por ora, mas esta pode chegar no futuro, sendo mais eficiente em consumo e quem sabe até equipado com uma versão híbrida, visto que a GM Mercosul está propondo ser líder do segmento de carros elétricos na região e a eletrificação é um caminho sem volta para a filial.

Segurança e conectividade, foram algumas das diversas tecnologias que o modelo trouxe para a linha Chevrolet no Brasil.

Cruze Hatch 2020: preço, equipamento, consumo, motor (e versões)

Sem a perua, mas apenas na geração anterior e vendida na Europa, o Chevrolet Cruze Hatch 2020 chama atenção por ter opção de teto solar elétrico. O Chevrolet Equinox 2020, sucessor da Captiva e que chegou em outubro no país, tem por sua vez a plataforma de origem Cruze.

Bem equilibrado e agressivo, remetendo à esportividade, mas peca por não ter projetores de xênon ou LED, apenas LEDs diurnos, as chamadas DRLs. O conjunto ótico de dupla parábola bem delineado e com facho adaptativo.

A grade frontal lembra bastante Malibu e Camaro, tendo um ar mais esportivo, enquanto o para-choque vem com spoilers integrados, sendo muito bonito. Com estilo de um cupê, o Chevrolet Cruze Hatch 2020 é também elegante e a queda suave na traseira também se destaca. Na traseiras, as lanternas bipartidas de tamanho considerável também agradam.

Rodas de liga leve aro 17 com desenho aerodinâmico, maçanetas cromadas e frisos cromados realçam o visual da versão topo de linha do Chevrolet Cruze Hatch 2020. Com basculamento elétrico, os retrovisores agora possuem repetidores de direção, sendo esta uma das poucas novidades do hatch da GM.

No habitáculo, o Chevrolet Cruze Hatch 2020 ficou bem melhor em termos de acabamento, ganhando agora dupla tonalidade de cinza, apresentando assim um visual equilibrado. Ainda assim, o hatch apresenta materiais plásticos em grande parte do interior.

Posição de dirigir correta e boa empunhadura do volante e alavanca de câmbio, bem como bom acabamento dos comandos. A direção ainda inclui alerta de colisão e invasão de faixa, ambos ajustes nas teclas presentes.

O Chevrolet Cruze Hatch 2020 tem uma aparência mais premium no quadro de instrumentos, que tem um ambiente mais amplo, iluminação branca e computador de bordo bem sofisticado. Neste, pode-se contar medidor de pressão dos pneus, dados de navegação, mídia, telefonia, ajuste do alerta de colisão e estacionamento automático.

Em termos de conectividade, o Chevrolet Cruze Hatch 2020 chama atenção pela multimídia MyLink 2 com Android Auto, Car Play, OnStar (que também tem os comandos clássicos no teto), navegador 3D e câmera de ré.

Com comandado por voz, o dispositivo ficou mais intuitivo e de fácil operação. O ar-condicionado dual zone também é uma das funcionalidades do dispositivo. O modo valet, que indica o quanto o manobrista andou com o carro, é uma novidade do OnStar.

O ar-condicionado automático é muito eficiente no Chevrolet Cruze Hatch 2020, que tem bancos mais confortáveis e o do condutor tem ajustes elétricos, que ainda vem com retrovisores dotados de rebatimento elétrico, mas não indexados ao travamento das portas.

Há também carregamento indutivo para smartphones, além de entradas USB e auxiliar. O porta-luvas tem espaço adequado e há bons porta-copos e objetos no console central e portas. Uma vistosa chave eletrônica com comando de partida remota do motor, dando mais conforto e segurança.

O Chevrolet Cruze Hatch 2020 tem indicativo de acionamento dos freios, na alavanca de transmissão automática. O objetivo é permitir a partida do veículo ou sua ativação completa após acionamento remoto do motor.

O modelo tem ainda comandos de desligamento de controles de tração e estabilidade, assistente de estacionamento e sensores de estacionamento.

O conforto a bordo do Chevrolet Cruze Hatch 2020 é muito bom, tanto na frente quanto na traseira, que tem espaço para pernas mais generoso. O teto solar elétrico é um diferencial importante com relação ao sedã, mas não há difusores de ar traseiros. Apoios de braço central, cintos e apoios de cabeça para todos, assim como luzes de leitura, estão presentes.

Tal como no Cruze Sedan, o Chevrolet Cruze Hatch 2020 poderia ter um piloto automático adaptativo e faróis de xênon ou LED.

Na próxima geração, espera-se que ampliem o porta-malas, que tem apenas 290 litros, mas ainda tem tamanho adequado, ampliado com a separação do encosto traseiro, aproveitando-se melhor o ambiente.

Cruze Hatch 2020: preço, equipamento, consumo, motor (e versões)

Chevrolet Cruze Hatch 2020 – novidades

Assim como o sedã médio da GM, feito igualmente na Argentina, o Chevrolet Cruze Hatch 2020 chegou com algumas novidades ao mercado brasileiro. Elas incluem atualizações na parte visual, nos equipamentos e a adição de uma nova versão topo de linha, a Premier.

A opção mais cara do Cruze hatch 2020 agora é a configuração Premier, que vem com a nova geração da central multimídia MyLink. O sistema ficou mais rápido e agora conta com internet, em planos que partem de R$ 29,90 por mês (grátis nos 3 primeiros meses ou ao atingir 3 GB na compra do veículo 0km).

Além disso, o hatch da Chevrolet ganhou carregamento wireless para smartphone, frenagem autônoma de emergência com detecção de pedestres e a possibilidade de desativar o start/stop, tudo apenas na versão mais cara. Ela ainda tem seis airbags, alerta de ponto cego, assistente de permanência em faixa, assistente de partida em rampas, controle de tração e estabilidade, farol alto adaptativo, LEDs diurnos, sensores de estacionamento (dianteiros e traseiros), lanternas em LED, rodas de 17 polegadas, acendimento automático dos faróis, sensor de chuva, entre outros.

Para se manter atualizado no mercado, o visual do Chevrolet Cruze Hatch 2020 também foi atualizado, com novidades na dianteira (com novos para-choques e grade), nas laterais (as rodas tem desenho exclusivo nessa versão) e na traseira (lanternas em LED).

Por dentro, o modelo tem um acabamento superior na versão topo de linha, que combinam com as duas novas cores da carroceria, Marrom Capuccino e Azul Eclipse.

Cruze Hatch 2020: preço, equipamento, consumo, motor (e versões)

Chevrolet Cruze Hatch 2020 – versões

Confira abaixo toda a linha Chevrolet Cruze Hatch 2020:

  • Chevrolet Cruze Hatch LT 2020
  • Chevrolet Cruze Hatch Black Bow Tie 2020
  • Chevrolet Cruze Hatch LTZ 2020
  • Chevrolet Cruze Hatch Premier 2020

Chevrolet Cruze Hatch 2020 – equipamentos

Chevrolet Cruze Hatch LT 2020

Segurança: airbags frontais e laterais, freio a disco nas quatro rodas com ABS, EBD e PBA, controle eletrônico de estabilidade, controle de tração, assistente de partida em rampas, luzes de condução diurna, sistema Isofix para fixação de cadeirinhas infantis, encosto de cabeça e cinto de três pontos para os cinco ocupantes, alarme, faróis de neblina, lanterna de neblina, faróis com ajuste de altura, sensor de estacionamento traseiro, monitoramento da pressão dos pneus, sistema OnStar com pacote Exclusive, entre outros.

Conforto: direção elétrica progressiva, ar-condicionado automático, volante com revestimento em couro, comandos da central multimídia e ajuste de altura e profundidade, abertura do porta-malas por controle remoto, vidros elétricos com sistema “um toque”, anti esmagamento e fechamento e abertura automáticos pela chave, retrovisores externos elétricos com indicador de direção, manopla de câmbio em couro, console central com porta-objetos, porta-copos e descansa-braço deslizante com porta-objetos, descansa-braço traseiro com dois porta-copos, controle de cruzeiro (piloto automático), entre outros.

Tecnologia: sistema multimídia MyLink com tela sensível ao toque de sete polegadas, Android Auto, Apple CarPlay e Bluetooth, computador de bordo com três modos, sistema start/stop, sistema de som com quatro alto-falantes e dois tweeters, entre outros.

Visual e acabamento: bancos revestidos em couro preto “Jet Black”, rodas de alumínio de 17 polegadas, detalhes internos cromados, revestimento premium no painel, entre outros.

Chevrolet Cruze Hatch Black Bow Tie 2020

Tecnologia: em relação ao LT, oferece ainda sistema de som premium da JBL.

Visual e acabamento: conta com rodas de alumínio de 17 polegadas com acabamento escurecido, logotipos da Chevrolet com fundo preto, emblema “Cruze” escurecido, tapetes em carpete, entre outros.

Chevrolet Cruze Hatch LTZ 2020

Segurança: comparado ao LT, dispõe também de airbags laterais do tipo cortina, retrovisores externos com aquecimento e rebatimento elétrico, retrovisor interno eletrocrômico, luzes de condução diurna em LED, sensores de estacionamento dianteiros, entre outros.

Conforto: ganha destravamento das portas por chave presencial, partida do motor por botão, partida remota do motor pela chave com ativação do ar-condicionado, faróis com sensor crepuscular, sensor de chuva com ajuste automático de intensidade, entre outros.

Tecnologia: conta ainda com sistema multimídia MyLink com tela de oito polegadas, navegador integrado e sistema de navegação por setas no painel de instrumentos, computador de bordo colorido com funções extras, entre outros.

Visual e acabamento: traz como diferencial o teto solar elétrico, além de bancos em couro Cinza Dark Atmosphere, rodas de 17 polegadas escurecidas e detalhes cromados nas maçanetas, janelas das portas, grade frontal e tampa do porta-malas.

Opcionais: Pacote R7F (R$ 11.700) – Alerta de Colisão Frontal, Alerta de Ponto Cego, Assistente de Permanência na Faixa, Banco traseiro bipartido e rebatível, com porta-copos, Carregador Wireless, Easy Park – Sistema de Estacionamento Automático, Farol alto adaptativo e Indicador de distância do veículo da frente.

Chevrolet Cruze Hatch Premier 2020

Segurança: além dos itens da versão LTZ, adiciona Alerta de Colisão Frontal, Alerta de detecção de pedestre frontal com auxilio de frenagem, Alerta de Ponto Cego, Alerta de esquecimento de pessoa ou objeto no banco traseiro, Assistente de permanência na faixa, Farol alto adaptativo, Frenagem automática de emergência em baixa velocidade e Indicador de distância do veículo da frente.

Conforto: Lanternas de LED e rodas com acabamento exclusivo.

Tecnologia: Carregador Wireless e Easy Park – Sistema de Estacionamento Automático.

Chevrolet Cruze Hatch 2020 – preços

Veja abaixo os preços do Chevrolet Cruze Hatch 2020 para o mercado nacional:

  • Chevrolet Cruze Hatch LT 2020 – R$ 99.390
  • Chevrolet Cruze Hatch Black Bow Tie 2020 – R$ 101.390
  • Chevrolet Cruze Hatch LTZ 2020 – R$ 109.990
  • Chevrolet Cruze Hatch Premier 2020 – R$ 123.890

*Preços com base no configurador online da Chevrolet em dezembro de 2019.

Cruze Hatch 2020: preço, equipamento, consumo, motor (e versões)

Chevrolet Cruze Hatch 2020 – motor

O motor do hatch da General Motors é a geração mais atual do propulsor LE2, que pertence à família SGE (Small Global Engine) que, além do Chevrolet Cruze Hatch 2020, equipa entre outros o Chevrolet Tracker 2020 e o Buick Encore 2020.

Essa linha inclui ainda motores de três cilindros, tendo ainda versões 1.0 (Opel), 1.2 e 1.5. O Chevrolet Equinox 2020 não terá motor 1.5 Turbo no Brasil, somente motor 2.0 Turbo.

O LE2 tem quatro cilindros com bloco, cabeçote e cárter em alumínio, além de duplo comando de válvulas variável com 16 delas, bem como turbocompressor de baixa pressão com intercooler e injeção direta de combustível com tecnologia flex de pré-aquecimento do etanol em partida a frio. O diâmetro de 74,0 mm e curso dos pistões de 81,3 mm, enquanto a taxa de compressão é de 10:1.

Apresentando bons torques em baixas rotações, sendo estes de 24,0 kgfm a 2.100 rpm no derivado de petróleo e 24,5 kgfm a 2.000 rpm no derivado da cana, o propulsor 1.4 Ecotec Turbo SIDI Flex entrega 150 cv a 5.600 rpm com gasolina e 153 cv a 5.200 rpm com etanol.

A transmissão automática tem seis velocidades e mudanças de marchas sequenciais.

O 1.4 Ecotec Turbo SIDI Flex do Chevrolet Cruze Hatch 2020 deve equipar um novo carro da marca, que será anunciado no começo de outubro. Até agora não se sabe que produto será, mas há chances de um novo SUV da General Motors, que será feito em Santa Fé, Argentina.

Outro produto que pode surgir é uma picape cabine dupla que a Chevrolet pretende ter para brigar com a Fiat Toro 2020. No entanto, pode ser que ambos sejam derivados da próxima geração do Chevrolet Onix 2020.

Chevrolet Cruze Hatch 2020 – desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h e velocidade máxima final

  • Chevrolet Cruze 1.4 Turbo AT6 2020 – 9,0 segundos e 214 km/h

O Chevrolet Cruze Hatch 2020 apresenta o moderno motor 1.4 Ecotec Turbo SIDI Flex que, sendo este o ponto mais importante na mudança de geração do hatch que, além de ser bicombustível, traz também injeção direta e turbo compressor.

Muito bom em performance e dirigibilidade, o pequeno propulsor fornece 150 cv a gasolina e 153 cv no etanol, ambos a 5.200 rpm, entregando ainda disposição e força em qualquer situação com torques de 24,0 kgfm com gasolina e 24,5 kgfm com etanol, ambos a 2.000 rpm.

Com boa elasticidade e carga máxima de torque em uma faixa muito ampla de funcionamento, começando totalmente em 2.000 rpm, o 1.4 Ecotec Turbo SIDI Flex garante uma boa condução urbana, onde o ponteiro fica entre 1.500 e 2.000 rotações, mas com retomadas em 3.000 ou 3.500 rpm.

Dessa forma, o Chevrolet Cruze Hatch 2020 responde muito bem ao acelerador, mesmo que o câmbio automático GF6-3 de seis marchas não acompanhe tão bem a disposição do Ecotec Turbo.

Ruim para alguns, a GM ajustou o conjunto para oferecer mais eficiência energética, por isso a condução não é tão agressiva quanto se espera, mas ainda assim, qualquer pisada mais forte no acelerador e o Chevrolet Cruze Hatch 2020 decola na frente de muitos carros.

Mesmo sem paddle shifts ou modo Sport, o modelo pode ser tocado manualmente pela alavanca e tem retomadas muito boas. Apesar de andar bem e beber pouco, ele não decepciona em performance.

Conforto e economia durante as viagens, nível de ruído baixo, o Chevrolet Cruze Hatch 2020 roda a 110 km/h, com o ponteiro marcando 2.000 rpm. As mudanças ocorrem em momentos certos e a condução é bem prazerosa no ciclo urbano.

Nesse ambiente do anda e para, o consumo é de 7,6 km/litro no etanol e 11,3 km/litro na gasolina. Se a condução for em estrada, a situação melhora em termos de frugalidade, oferecendo 9,3 km/litro no etanol e 13,6 km/litro na gasolina.

Um item importante no Chevrolet Cruze Hatch 2020 é a função Eco no painel, que auxilia o condutor na eficiência. O sistema Start&Stop funciona de forma rápida e não produz engasgos no motor, ajudando também na economia de combustível. No display TFT do painel, até mesmo os itens que estão consumindo mais são indicados.

O Chevrolet Cruze Hatch 2020 tem direção elétrica com boas respostas e que ainda corrige o carro em caso de distração do condutor no alerta de mudança de faixa. Trata-se de uma tecnologia bem avançada que futuramente poderemos ver até na linha Onix.

Mas, como não se trata de um sistema de condução semiautônoma, deve-se utilizá-lo somente como um auxílio.

Os freios são bem eficientes, mas não há frenagem automática de emergência, o que é uma pena, dada ao nível de conteúdo disponibilizado. No Chevrolet Cruze Hatch 2020 há somente o alerta de colisão, que é ajustável.

O hatch tem ainda seis airbags e freios ABS com EDB. A suspensão tem ajuste mais para o conforto, mas estabilidade e dinâmica de condução são muito boas.

Cruze Hatch 2020: preço, equipamento, consumo, motor (e versões)

Chevrolet Cruze Hatch 2020 – consumo

Cidade

  • Chevrolet Cruze 1.4 Turbo AT6 2020 – 7,6 km/litro no etanol e 11,3 km/litro na gasolina

Estrada

  • Chevrolet Cruze 1.4 Turbo AT6 2020 – 9,3 km/litro no etanol e 13,6 km/litro na gasolina

Chevrolet Cruze Hatch 2020 – manutenção e revisão

O Cruze Hatch 2020 conta com garantia de três anos cedida pelo fabricante, sem limite de quilometragem.

As seis revisões do carro até 60 mil km rodados ou seis anos de uso totalizam um valor de R$ 3.095. Confira:

Revisão

Custo

Quilometragem

Preços 1.4 Turbo

10.000 km

R$ 288

20.000 km

R$ 652

30.000 km

R$ 327

40.000 km

R$ 740

50.000 km

R$ 436

60.000 km

R$ 652

Chevrolet Cruze Hatch 2020 – ficha técnica

Motor

1.4 Turbo

Tipo

Dianteiro transversal, Turbo, Gasolina e Etanol

Número de cilindros

4 em linha

Cilindrada em cm3

1399

Válvulas

16

Taxa de compressão

10:1

Injeção eletrônica de combustível

Direta

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484)

Gasolina: 150 cv @ 5200 rpm / Etanol: 153 cv @ 5200 rpm

Torque Máximo Líquido (ABNT NBR 5484)

Gasolina: 24,0 kgfm @ 2000 rpm / Etanol: 24,5 kgfm @ 2000 rpm

Transmissão

Tipo

Automática 6 marchas

Freios

Tipo

Disco ventilado / Disco

Direção

Tipo

Elétrica

Suspensão

Dianteira

McPherson, independente com barra estabilizadora

Traseira

Eixo de torção

Rodas e Pneus

Rodas

Liga Leve aro 17 polegadas

Pneus

215/50 R17

Dimensões

Comprimento total (mm)

4448

Largura sem retrovisores (mm)

1807

Altura (mm)

1484

Distância entre os eixos (mm)

2700

Capacidades

Porta-malas (litros)

290

Tanque (litros)

52

Carga útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg)

ND

Peso em ordem de marcha (kg)

1331

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

ND

Chevrolet Cruze Hatch 2020 – fotos

Cruze Hatch 2020: preço, equipamento, consumo, motor (e versões)
Nota média 4.3 de 6 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Mr. Pennybags

    Hatch com melhor custo benefício do mercado.

  • Jean Cavalcante

    Concordo, hatch com ótimo custo benefício. Tenho um LT desde 2017…nada a reclamar.

  • Enzoando

    carro bem feito,carro formoso!

  • Gran RS 78

    Estou adorando o meu Cruze sport6 Lt, que me surpreendeu pelo ótimo desempenho, baixo consumo, conforto e silêncio a bordo, sem contar o visual, que é muito bonito e moderno em qualquer ângulo que se olha.

    • Dinn

      Verdade!!O carro é brutal!!

  • Souzza Souzza

    Excelente carro. Comprei o meu ontem, 04/05/19, estou adorando o carro. Super potente e econômico.

    • Dinn

      Verdade!! O carro é top!! Excelente compra, não vai se arrepender!!

  • Dinn

    O melhor carro do país, nesse segmento, a 1a viagem que fiz com ele foi à noite; o carro é brutal, ultrapassei um Corolla de boas num comboio; ele e mais dois, e daí o (a) motorista ?? invocou, e olhei no retrovisor os faróis de led na vertical acesos, pensei, agora vou ver se este carro é bom, se ele anda, comecei pisar, o Corolla veio quente atrás, aí rolou o pega, estava chegando na cidade de Cascavel. Faltavam uns 50 Km, o Corolla não passou o meu Cruze nunca, foi muita adrenalina, fiquei tremendo e suando depois. O carro foi na frente até parar num sinaleiro grande na entrada de Cascavel, aí parei, o sinal tava red pra mim, e chegou ao lado o Corolla, só aí notei a cor dele, que era preto. O cara seguiu destino a Foz, e eu entrei à direita a Cascavel. Pensei, o cara do Corolla deve ter ficado muito frustrado, com um carro 2.0, top, sedan mais vendido no Brasil, mas não bateu o Cruze. Foi fantástico, o carro, o Cruze, é TOP. Não me envergonhou, na volta vim de boas a 82 Km/h no Etanol, o carro fez os incríveis 13,7km/ l de média, Com muita.rolagem, sempre em D, melhor sedan do Brasil!!!!!O meu é Sedan, LTZ 2018

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email