Gadgets Mercado Tecnologia

Curso online formará engenheiros para carros autônomos

volvo xc90 autonomo 7

A condução autônoma será uma realidade no mercado automotivo a partir de 2020, de acordo com as previsões dos próprios fabricantes, embora a Tesla e outras já tenham começado sua caminhada nesse sentido com dispositivos que entregam parcialmente as funcionalidades dessa tecnologia.

Mas não basta apenas desenvolve-las e coloca-las no mercado. É necessário que haja mão de obra qualificada para atender essa nova demanda da indústria automobilística. Por isso, a empresa Udacity criou um curso online de formação de engenheiros especializados no desenvolvimento de condução autônoma.

O curso é voltado para engenheiros e estudantes de engenharia, que terão 12 semanas – três períodos – de aprendizagem profunda, visão computacional, fusão de sensores, cinemática de veículos, hardware automotivo e controladores. Após esse período, os alunos aprovados serão graduados.

Custando US$ 2.400 (cada período custa US$ 800), o curso de condução autônoma da Udacity contempla ainda com um veículo autônomo, onde os alunos poderão testar seus códigos de controle de forma remota. A empresa fez parcerias com Mercedes-Benz, Nvidia, Otto (caminhões autônomos do Google) e Didi Chuxing (parceira do Uber na China). Para os interessados, fica o link da Udacity.

[Fonte: IDG Now]

Agradecimentos ao Fabiano Stavro.





  • th!nk.t4nk

    Condução autônoma já contempla há alguns anos uma parte imensa do currículo dos cursos de engenharia automotiva com enfoque em eletrônica aqui na Alemanha, mas esse curso pode ser interessante pra quem não teve uma formação especializada e quer entrar de cabeça na área (particularmente pra engenheiros eletrônicos e mecânicos). Tem surgido muita vaga de emprego, e simplesmente não tem gente suficiente com a formação adequada.

    • Lucas g.

      Mas é aceito? Normalmente esses cursos online não são aceitos em canto nenhum.
      Faço engenharia civil, mas tenho o sonho de trabalhar na área automotiva, por isso estou querendo mudar pra engenharia mecânica. Porem, aqui onde eu moro, o mercado para a área de automóveis é pequeno, tenho só a fiat/jeep aqui.

      To em duvida ainda, se mudo ou não.

      • th!nk.t4nk

        Acho que o foco desse curso aí é mais na empresa parceira, como treinamento… Cara, o que posso te dizer é que você pode simplesmente fazer a graduação do zero novamente, e daí faz em engenharia mecânica ou automotiva. Aqui na Alemanha curso superior são somente 3,5 anos, e as universidades são gratuitas. Só não vem todo mundo pra cá porque precisa de alemão fluente, e a língua é terrível pra aprender (faz inglês parecer ridículo de simples). No processo de seleção aqui não tem vestibular, é pelas notas + currículo geral (tudo conta). Outro jeito é ir pro interior de SP, onde o polo automotivo é forte (e a qualidade de vida top também). Mas é a mesma coisa, teria de fazer a faculdade do zero, acredito. Poderia fazer só o mestrado daria se você fosse formado em elétrica ou produção, mas pra eng. civil acho que complica um pouco (embora teoricamente não seja impossível não, já vi casos semelhantes). Dá uma olhada, porque se você conseguir validar uns 2 anos de disciplinas, teria de fazer tipo 2,5 só a mais (e os últimos 6 meses é estágio na empresa direto).

        • Diego Amaral

          Geralmente os 4 primeiros semestres são os mesmos.

  • Pedro Cunha

    Breve na sua banca de revistas mais próxima!

  • Mumm Rá

    KKKKKKKKK Mr Car vai odiar esse curso KKKKKKKKKKKK ( ele sabe que estou brincando )

  • CanalhaRS

    Oferecer um curso para uma tecnologia que está engatinhando ainda?
    Baita formação, hehehehe

    • th!nk.t4nk

      Engatinhando? Cara, tem mais de década que mobilidade autônoma é parte do currículo dos cursos de eng. automotiva na Alemanha :) E esse curso aí também não é brasileiro. Como falei acima, tá é faltando gente pra trabalhar nessa área. Tem vaga aberta pra todo lado.

      • CanalhaRS

        É um ramo novo que está engatinhando sim. Tanto é verdade que estão estudando e desenvolvendo a tecnologia a mais de década, como você citou, e ela ainda está longe de ser aplicada com confiabilidade. Novos hardware, software e padrões ainda terão que ser criados para tanto.

        • th!nk.t4nk

          Entao, é justamente AGORA que tem que entrar de cabeça. As melhores oportunidades são justamente agora. Estudar a coisa depois que já virou algo comum, é ficar lá pra trás. Ah, tudo o que você citou já foi criado e está sendo testado diariamente há um tempinho :) Nao confundir com o pseudo-auto pilot da Tesla, claro.



Send this to friend