Dacia Europa

Dacia deve atualizar Sandero, Sandero Stepway e Logan em breve

sandero-dacia-1

A Dacia estaria preparando para 2016 uma nova atualização dos modelos Sandero, Sandero Stepway e Logan. Esta seria a primeira alteração no estilo da segunda geração desses modelos.

sandero-dacia-2

A revista francesa Auto Plus fez projeções de como poderão ficar os modelos da Dacia após a renovação visual, mas utilizando como base os similares feitos pela Renault no Brasil.

sandero-dacia-3

Ainda assim, a principal mudança fica para o conjunto ótico, que apresenta lente única, mas com formato modificado. Grade e para-choque são similares aos dos modelos brasileiros.





  • Pedro Augusto

    são carros que estão bonitos por fora..mas o interior, pra mim, é um dos mais horríveis…de todos carros da renault são horríveis…exceto do fluence…

    • leomix leo

      Eu olhei a oroch ontem de perto, tem uma desarmonia entre a cabine e a carroceria, parece que colocaram uma carroceria mais baixa, o fundo da pick-up fica muito baixo. Poderia ser mais altinha e mais larga.

      • Andres Francisco

        Tb percebi isso. Deixou o carro meio estranho.

    • tjbuenf

      Mas o Fluence é Renault autêntico. O resto é resto…

      • V12 for life

        O Fluence é o Samsung SM3, de qualquer forma quem financia Dacia e Samsung é a Renault então esse negocio de uma ou outra não um autêntico Renault é só idiotice.

        • tjbuenf

          Ah tá…. VW, Audi, Skoda tb é tudo a mesma coisa, segundo V12 for life…

          • V12 for life

            De onde vem o dinheiro? E no caso do grupo VW a simbiose entre as marcas é muito maior.

            • tjbuenf

              E esqueci de falar que Fiat, Jeep, Chrysler e Ferrari também são a mesma coisa. Quem disser que tem uma Ferrari ao invés de um Uno está mais que Serto, com S maiúsculo mesmo…….

              • V12 for life

                Realmente vc esta certo afinal Golf, A3, Leon e Fabio não usam um parafuso igual muito menos são feitos na mesma linha com pouquíssima diferença no acabamento não é, afinal se você troca a embalagem o produto é outro.

                • tjbuenf

                  Faltou você mencionar que Gol também é mesma coisa que A3, já que o dinheiro vem todo do mesmo lugar….

            • Wagner Lopes

              Não é porquê o dinheiro vem da mesma matriz que os projetos serão iguais ou similares…vide dacia marca de baixo custo para mercados pouco exigentes…não nos deixemos enganar por estas multis.

              • V12 for life

                Sei muito bem que Fanta não é Coca-Cola, o problema é essa reclamação toda sem sentido, muito que se acham entendidos querem carros europeus mas não aceitam que aqui oque impera é o baixo custo, você como diretor da Renault traria o ClioIV para brigar com Uno Vivace? Obviamente que não, você vai desenvolver algo condizente e se já paga uma equipe especializada nisso logicamente que vai utiliza-la, ou seja a Renault está errada em oferecer oque o consumidor aceita pagar e caro?

                • Thiago

                  Lá nos anos 2000 ele trouxe o clio atualizado com europeu e preços atrativos, levou um cacete sem tamanho do uno, o trauma foi tão grande da Renault que nunca mais atualizou o clio

                  • Edson Fernandes

                    Não era tão atrativo assim. O Clio veio mais caro que os demais compactos. E para deixa-lo com os itens de conforto que nos outros carros também eram opcionais, ficava ainda mais caro.

                    • Thiago

                      era mais caro comparando os modelos de entrada, uno ou palio pelado contra o carro completinho, mas nao era mais caro que o gol
                      vinha tambem bem mais recheado e acabamento requintado que os de carros entrada das outras com tds opcionais possiveis

                      ja oferecia air bag e abs como opcionais, radio com mp3, seria hj um new fiesta concorrendo com os carros da categoria de entrada, com preco do carro de entrada com seus opcionais

                    • Edson Fernandes

                      Thiago,
                      Mas na epoca, vc podia ter Corsa 1.6 16v com Air bag e ABS. Estou citando um exemplo para poder avaliarmos. Para vc ter ideia, o unico Clio comparavel em preço a epoca que os carros “comuns” eram os Gol GTI/GLS 2.0 e Corsa sedan automatico.

                      De resto, eles eram mais baratos que o Clio. E como já tinham mercado, mesmo sendo mais caro o cara pagava para ter a suposta melhor possibilidade de manutenção.

              • Marcio Santos

                Mas toda a mecânica e plataforma são renault, os dacia são renault mas com acabamento empobrecido.

                • Wagner Lopes

                  Renault é francesa. Dacia é romena. A Renault comprou essa dacia e a manteve como divisão de baixo custo para mercados emergentes e menos exigentes. São projetos completamente diferentes OK?

                  • Na verdade a Dacia vende somente nos mercados mais exigentes, pois todos os principais países da Europa possuem representação e vendas da montadora. Sim, são modelos de baixo custo, mas robustos e confortáveis, como é foco da marca.

                    Em mercados emergentes, os modelos da Dacia são comercializados com a marca Renault, recebendo adequações específicas a cada mercado-alvo.

            • Edson Fernandes

              Então podemos dizer que o Fluence é um Renault. Pois esse usa a plataforma do Megane.

        • Ainda sim acho que uma coisa não tem nada a ver com a outra, rs… Da mesma forma que a GM tem a Chevrolet, a Opel, a Vauxhall, a Daeweoo…

          • V12 for life

            É isso que estou tentando dizer, A GM e a VW faz essa diferenciação por marcas, a Renault decidiu que por estar a menos tempo no país e ainda precisar conquistar mais consumidores, que o melhor é fortalecer a marca principal, imagina se ela mantém o Clio como modelo de entrada e lança a Dacia com Sandero e Logan acima, depois volta a ser Renault nos médios? Isso não só não ajudaria como afastaria ainda mais os consumidores, assim como a Renault, a GM também decidiu não trazer os mais refinados produtos europeus, então como a divisão nacional é especializada em veículos de baixo custo, a matriz deu sinal verde para uma linha quase toda exclusiva.

            • Ah sim, entendi melhor o que vc quis dizer! ;)

              Acho que, mercadologicamente falando, o brasileiro em geral não aceitaria bem a entrada da Dacia, por isso mantiveram a marca Renault em tudo (ao contrário da Europa, onde a Dacia já era uma marca conhecida e mantiveram essa distinção)…

              Acho que foi mais ou menos o que a GM fez por aqui, onde trouxe o Vauxhall/Opel Astra, e nomeou Chevrolet Vectra… Provavelmente trazer como Opel pra cá não daria muito certo dada à tradição da marca Chevrolet por aqui…

              Se bem que a GM fez mais ou menos o mesmo com o Cruze mundialmente, que na verdade era originalmente Daewoo Lacetti…

              • V12 for life

                Exatamente, as marcas são embalagens diferentes para cada publico e mercado alvo, a engenharia é a mesma e tem a missão de pesquisar e desenvolver o produto ideal para cada uma das embalagens.

              • Tosoobservando

                Se fossem realmente baratos como são na Europa, os brasileiros abraçariam a DAcia e seria a nova Fiat, pode ter certeza. O problema é que a Renault enfia goela abaixo os modelos dessa marca com sua logo, e cobra o preços das outras. Pq nao fazem como a Peugeot e o 208? Kd o novo Renault Clio?

                • Thiago

                  Pq o brasileiro não vai comprar, vai achar manutenção cara

            • Tosoobservando

              Na vdd a Renault lança Dacia no Brasil com sua logo pra enganar os trouxas e lucrar mais. La na Europa os modelos Dacia sao baratissimos, em comparação um Renault Clio 2015 (totalmente diferente do brasileiro) custa 13 mil euros e um Dacia Sandero 8 mil euros. Um Dacia Duster custa 14 mil euros e um Renault Captur custa 21 mil euros. La fora são duas marcas totalmente diferentes mesmo.

        • Tosoobservando

          Eis o interior de um Renault legitimo (no caso o Clio europeu, 2015).

          • Edson Fernandes

            Que não é tãooooo diferente assim viu.

            Perceba que para colocar a central naquela posição, as saidas de ar ficaram “a lá” Palio e familia.

            O volante é o do Fluence (que se usa nas versões de topo dos Dacia aqui só que lá com detalhe black piano no voltante e no painel central. O ar condicionado automatico é exatamente o mesmo da dupla Logan e Sandero. O que ele obviamente é melhorado é nos bancos, portas e obviamente em segurança.

            Mas é possivel colocar no Sandero e Logan, só que então iriam deixar os produtos no mesmo preço do Clio e ninguem compraria.

            Mas perceba a similaridade nas formas e existe muita coisa de Renault dentro dos Sandero e Logan.

            Agora imagine toda essa porção do Clio que é black piano no Brasil…. pode ter certeza que o visaul ficaria bonito novo, mas com o tempo, estaria todo riscado.

            • Tosoobservando

              Como assim ninguem compraria? Onix e HB20 ambos são mais caros, ate que 208, em algumas versões, e ainda assim vao liderar este ano.

              • Edson Fernandes

                Sim, mas tudo isso em virtude de vendas das versões de entrada desse modelos. A Renault não colocaria nunca a atual geração do Clio abaixo do Sandero e para diferencia-los deveria não só colocar interior mas também melhorar os motores ofertados. (além de itens que o carro deveria ofertar).

                • Tosoobservando

                  Não disse pra colocar o Clio abaixo do Sandero, se fosse pela lógica da Dacia na Europa, o Sandero devia custar uns 24 mil no maximo, e o Duster uns 40. Mas no momento que a marca lança os produtos com a marca Renault, ela cobra o preço equivalente ao valor da marca. O novo Clio poderia sim ser lançado aqui como Hot Hatch.

                  • Edson Fernandes

                    Se ele viesse com o motor 1.2 TCe e o cambio de dulpa embreagem, seria algo a se pensar para mim…

                    Mas os preços estão irreais, complicados de se comprar um compacto hoje.

        • Marcio Santos

          O fluence não é samsung, ele inicou como um projeto renault com motorizaçao elétrica, o fluence ZE que foi adaptado para receber motorização convencional.
          A linha megane III não possuía uma versão sedan e como em muitas partes do mundo sedãs deste porte são procurados a renault decidiu fazer a modificação, e se tu analisar o design do fluence ZE e do nosso fluence na época do lançamento é possível perceber que são muitos parecidos.
          O lançamento do fluence ZE e do fluence foi quase simultãneo, talvez dois meses de diferença, e ficou conhecido como samsung porque foi lançado primeiro na Coréia.
          A maior prova de que ele é um renault reside no fato de que ele é um megane III com motor, câmbio e suspensão traseira do sentra, ele não tem nada de samsung.

        • ussantos

          O Fluence, SM3 e o Mégane 3 são o mesmo carro… procure fotos dos três para constatar que interior e exterior possuem poucas diferenças.

      • pedro rt

        o fluence e samsung

        • Marcio Santos

          Não é samsung, leia o que escrevi no início desta discussão.

        • Paulo_Lustosa

          Fluence é um Megane III sedan

    • pedro rt

      os unicos renault a venda no brasil e o clio, master e kangoo o resto e dacia e o fluence e da coreana samsung

    • Roger Abdulack

      tenho um Logan 2015, realmente é muito bonito, mas a qualidade de chapearia e acabamento não é muito boa. Mas uma das coisas que não gosto, é o acabamento “black piano” no centro do painel, risca só de olhar. Na Duster o console central inteiro é desse material, deve ser um problema mante-lo intacto.

    • Pior, são carros baratos e com segurança na Europa. Enquanto no Brasil, são caros e que são capados para poderem serem vendidos “mais baratos” com tela multimedia.

  • Clovislauro

    A Duster está precisando de uma renovação urgente,principalmente no painel, ganha o premio do painel mais feio do Brasil.

    • lheu

      mais feio que o Etios?

      • Clovislauro

        Não sei o que é pior, esses dias andei numa Duster, operar a CMM é quase como pegar algo no chão de tão baixa que é, sem contar os comandos do ar condicionado que estão mais baixos ainda e para piorar elevaram a altura dos bancos, ergonomia péssima. Painel dos anos 80, 90, acho que o do Rel Rey era mais moderno.

        • lheu

          Acho que no quesito feiura o Etios é imbatível. No quesito falta-de-ergonomia o prêmio iria para o Duster.

        • Marcio Santos

          O etios é disparado o painel mais feio do Brasil, com folga.

  • 1945_DE

    Deviam e se preocupar com a estrutura e acabamento desses Dacia. Fiz teste drive na Oroch 2.0l. O motor, câmbio e acerto da suspensão é até aceitável, mas o desenho do painel e qualidade do acabamento interno e lastimável. É mais negócio comprar uma Amarok semi-nova.

    • duduEAS

      Acho q não é bem por ai, por preço até Pode ser mas faz manutenção e seguro de uma Amarok e veja a diferença. Só pra se ter uma ideia, a Amarok pega 7 litros na troca de óleo e cada litro sai a exorbitantes 70 reais! Coloca os filtros e gastará nada nada 650 reais. A tentação é grande mas pra manter pickup diesel e foda.

    • Marcio Santos

      O comportamento é muito bom, bom motor, bom câmbio, rodar sólido, suspensão com ótimo comportamento (multilink na traseira).
      Além disso o acabamento interno é bom, é um carro que não bate e é bem montado, o problema é o design e a qualidade dos materiais, e isso não é acabamento.

  • Raimundo A.

    O para choque do Sandero é inspirado no do RS daqui e para todos, os faróis mudaram um pouco o desenho interno e ganharam a luz diurna integrada.

  • Bittencourt

    Assim fica fácil fazer projeção…

  • pedro rt

    essa sera a ultima mudança antes da DE FATO 2° geracao do sandero/logan q chegara em 2019

  • Rogério R.

    Pelo visto inverteu, agora são os futuros Dacia’s que terão os Renault’s brasileiros como base. Que chique! Apesar que o Sandero já nasceu pensado para o Brasil.

  • Leonardo

    Ainda não vi nenhum sandero RS aqui em salvador

    • Felipe

      Por aqui, apareceram como pães quentes na padaria! (Belo Horizonte)
      Desses “hot hatches”, o que não ví por aqui ainda foi o Suzuki Swift.

      • Hox

        Hoje pro mais incrível que possa parecer eu vi dois Swifts no semáforo aqui em Natal, um atrás do outro. Um era prata, acho que da versão Sport (tinha o teto e retrovisores pretos, então fiquei na dúvida), e o outro amarelo, esse eu tenho certeza que era Sport R.

    • Andres Francisco

      Vdd. Só vi na css.

  • Jackson

    Eu custo dizer, “uso o produto e não a marca”, ou seja, para mim tanto faz se o Sandero tem o logotipo Dacia ou Renault. No caso do Brasil Renault.

  • Lenicio Felinto

    Farois do conceito Oroch, deveriam ter sido aplicadas no Duster…

  • Airplane

    Cada povo tem o Renault que merece!

  • Franco da Silva

    É o fast fashion nos carros. Todo ano muda uma coisa agora…

  • Deivid

    Será que nessa atualização os câmbios mecânicos Renault vão parar de vibrar?

  • Marcello Caetano

    E a Dacia Brasil, vai acompanhar?

  • Quem disse que o HB20 é melhor que o I20?

    • Tosoobservando

      Existem algumas publicações que dizem que ele é mais acertado que o europeu.

      • Procurei e o único comparativo que achei foi justamente do NA… E nele o destaque do HB20 é a aparência externa e interna… E mais nada. Não achei comparativo entre o acerto de um e de outro.

        • Tosoobservando

          No caso do que estamos discutindo, a aparencia do Etios frente a do HB20 em projetos de 3º mundo, isso já é um destaque.

  • klaus

    me surgiu uma dúvida: como se pronuncia? “dÁcia” ou “dacÍa”

    • CignusRJ

      DÁcia é como os romanos chamavam. Originário de um reino semibárbaro que ocupava as terras onde hoje fica a Romênia.
      .



Send this to friend