*Destaque Crossovers Europa Renault Segurança

Dacia Duster 2018 conquista somente três estrelas no Euro NCAP

dacia-duster-2018-euro-ncap-1 Dacia Duster 2018 conquista somente três estrelas no Euro NCAP

Assim como acontece com a dupla Logan e Sandero, o Duster é um modelo da Dacia, marca romena de baixo custo do grupo Renault. E por se tratar de um automóvel barato, o crossover compacto não é exemplo em segurança mesmo em sua segunda geração, apresentada neste ano. Isso é comprovado com os testes do Euro NCAP, instituição que avalia a segurança dos carros oferecidos no mercado europeu, que testou o novo Dacia Duster 2018.



A nova geração do Duster conseguiu registrar somente três estrelas. Trata-se de um resultado ruim se formos considerar o padrão de segurança da maior parte dos automóveis oferecidos na Europa, que costumam atingir a classificação máxima de cinco estrelas. Ele recebeu pontuação de 71% na categoria de ocupante adulto, 66% na categoria de ocupante infantil, 56% na categoria de pedestres e 37% na categoria de equipamentos de segurança.

dacia-duster-2018-euro-ncap-1 Dacia Duster 2018 conquista somente três estrelas no Euro NCAP

O novo Dacia Duster 2018 não conseguiu registrar um bom desempenho para os ocupantes adultos, que apresentaram riscos elevados de lesão cervical durante o impacto traseiro. Fora isso, o motorista contou com baixa proteção para a cabeça nos impactos frontais. O crossover compacto conseguiu bom desempenho somente na proteção para as áreas criticas do corpo em impactos laterais. Já para a proteção de pedestre, ele também não se saiu bem por não oferecer boa proteção oriunda das colunas e regiões próximas do para-brisa.

O Euro NCAP criticou ainda a ausência de uma série de recursos de segurança, como sistema de frenagem de emergência, alerta de saída involuntária de faixa e capô com proteção ativa para pedestres (que se ergue ligeiramente para proteger a pessoa numa colisão). Por outro lado, o Duster apresenta recursos extras em relação à geração anterior, como airbags laterais e de cortina, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas e alerta de perda de pressão dos pneus.

A Renault deve lançar a nova geração do Duster no mercado brasileiro em meados de 2018 ou, no mais tardar, em 2019.

COMPARTILHAR:
  • Victor Hugo

    Poderia ser sucesso de vendas no Brasil, mas conseguiu tirar 3 estrelas.

    • ObservadorCWB

      Hahahaha….se alguém não entender ainda vai lhe criticar….

    • Mr. Pereba

      Exato. No Brasil o poste mija no cachorro.

    • Bruno Carvalho

      hahahahahahha…boa!!!!

    • Vinícius

      Bem isso… Maioria aqui metendo o pau em um carro que tirou 3 estrelas na Europa. E na garagem tem um zero estrela no Latincap kkkkk

      • Eduardo Alvim

        Resta saber se a versão feita no Paraná tem a mesma resistência estrutural do que o Europeu. Eu apostaria que o nosso é bem mais fraquinho!

        • No_Name

          Até por estar numa geração atrás!

        • Cesar

          O Captur é feito na mesma base e tirou 4

    • Uranium

      Hahahaha

    • Leonel

      Passou de 1 estrela aqui já é risco às vendas. Complicado! rs

      • Renato Duarte

        Argo não foi liberado pela Fiat pra fazer o Crash test,, Polo ganhou 5 estrelas pra adulto e pra criança. Resultado?? Fiat Argo dando um 7 x 1 no VW Polo no ranking da Fenabrave.

    • Don Ramón

      Nada que uma economia porca em pontos de solda não “resolva”…

    • Renato Duarte

      Se tivesse tirado zero,, talvez a Renault poderia lançar ele no brasil,,, pena que essas 3 estrelas “queimou o filme”….. kkkkkkk

  • vicegag

    Baixo custo, com baixa segurança.

    • No_Name

      Pelo menos lá os europeus têm ciência do que estão levando pra casa pois ele é vendido por muito menos que um Captur…
      Já aqui a Renault vende Logan/Sandero como se fossem Clio, e Duster como se fosse Captur nos preços…

      • th!nk.t4nk

        10.690 € e ainda rola mais um descontinho na concessionária. Isso dá 7 salários mínimos na minha regiao, ou 3 salários médios. Mesmo assim ninguém compra, porque não faz sentido. Os poucos que vejo são de empresas com orçamento limitadíssimo (ex: assistência social não-governamental). Mas garanto que mesmo estes têm plena ciência de que é um veículo semi-descartável.

        • Vinícius

          Pior que aqui no Brasil esse carro ainda seria considerado seguro, comparado a grande maioria do que é oferecido aqui.

          • Retrato do Papai

            receberia 5 estrelas no latin ncap + um artigo imenso elogiando a renault pelos extensos recursos de segurança hahaha

        • Retrato do Papai

          por aqui ele vira carro de patrão (é sério, já ouvi essa frase)… deve ser naquelas empresas com propaganda “o patrão tá maluco” huehuehue

          • Pedro154

            Nada pior do que o Jeep Compass. Incontável o número de pessoas que vejo nesse carro se sentindo altamente poderosas.

        • marc west

          Na Espanha, Andaluzía especialmente, se vê bastante o Duster. Mas é isso mesmo: a pessoa sabe que está comprando um carro de baixo custo e, diferente do Brasil, PAGANDO preço baixo também.

          Estava esperando um resultado melhor nessa geração, mas quem sabe a Dacia lance um “kit segurança” e consiga aumentar essa nota.

  • Uranium

    Depois vem aquela turminha defender, falar que Dacia é Renault, que não tem diferença, etc etc etc…

    • Daniel Alves

      Acho que a Renault é o único preconceito automotivo que eu tenho. A linha inteira é uma porcaria e, sinceramente, acho que só compra quem é muito desinformado.
      Carros feios, de péssimo acabamento, ergonomia sempre ruim, enfim, serve no máximo pra UBER e frotista.

      • carroair30

        È isso ai BOM é ONIX e KA ! esse primeiro os caras na europa nem sabem que existe,A RENAULT vendem carros globais,mas aqui os TUPINIQUINS preferem JABOTICABA NOTA ZERO com MOTOR de 30 ANOS

        • No_Name

          Estão todos no mesmo nível, são projetos low-cost da indústria. Eu prefiro um Clio e um Captur autêntico. Até o Líbano do Carlos Ghosn é melhor servido de carros desse grupo. O cara caga para o Brasil, que é um mercado muito importante pra eles.

          • carroair30

            Vc sabe quem foi lider global de vendas 2017 ? nao foi a TOYOTA nem a famigerada VW,foi a RENAULT sera que a maioria esta errada,sera que a maioria nao sabe escolher carro?Mas nos BRASILEIROS sabemos escolher sim,escollemos o ONIX ,escolhemos presidente 171,e por ai vai….

            • Uranium

              Que? A Renault é 9a marca mais vendida do mundo em 2017, não viaja…

              Toyota, VW, Ford, Nissan, Honda, Hyundai, Chevrolet e Kia, todas venderam mais que a Renault este ano.

              • carroair30

                VC que esta viajando leia REVISTA FORBS o GRUPO RENAULT esse ano é lder de vendas seguido da TOYOTA e e VW

                • Uranium

                  Não viaja. Uma coisa é o Grupo Renault-Nissan, que engloba as marcas Renault, Nissan, Mitsubishi, Dacia, Samsung, Infiniti e Datsun. A marca Renault em si foi apenas 9a colocada em vendas em 2017.

            • Racer

              Volume de vendas não significa qualidade….Os veículos Renault, da “Renault” são ótimos….Já a linha vendida aqui, nem perto.

              • Retrato do Papai

                chega dá até tristeza entrar numa cc renault… kwid aqui, sandero ali, duster lá, uma captur bem no centro para disfarçar a pobreza, mas basta continuar olhando pra ver um logan e cair na real…

                sério, tá pior que cc fiat… na italiana pelo menos tem toro e argo, além de uns jeeps pra disfarçar as outras porqueiras hahaha

                • Uranium

                  Na Fiat pelo menos tem Cinquecento pra fazer a gente dar um sorriso de leve.

            • Retrato do Papai

              mas afinal, o que vende mais é o melhor ou o pior? não tô entendendo…

          • Rafael Lima

            Ele é também tem nacionalidade Brasileira, fica ainda mais vergonhoso

        • Daniel Alves

          Até em estratégia de marca a Renault é deficiente. O sujeito pode ir comprar um popular, mas olha a concessionária Chevrolet e vê: Cruze, Tracker, Equinox, Trailblazer, etc. Na Ford tem Focus, Fusion, Edge, Ranger, etc. Na Volks tem Golf, Tiguan, Passat, etc. Na Renault tem o quê? Captur? Bonito só até você entrar no carro e ver a porcaria que é. Chega a dar desânimo olhar uma concessionária da Renault, não tem nada que agregue valor à marca, justamente porque a linha inteira é tosca.
          Entendam, nosso mercado é ruim, mas a Renault é um símbolo dessa mediocridade em toda a sua linha.

          • carroair30

            Vc fala em estrategia,mas nao existe ESTRATEGIA melhor do que estar na FORMULA 1,do que ter seu garoto propaganda e sua garota propaganda com credibilidade,com feiroes,com taxas de financiamento agressivas,isso sim ao estrategias que funcionam

            • Racer

              Sério que tu leva em consideração os “gurizinhos” da Globo que fazem a propaganda? Eles servem é pra me afastar, pois sei que não usam o produto que estão “vendendo”. São pagos pra dizer qualquer coisa. E o fato da Renault estar na F1 não melhora em nada os carros que eles vendem aqui.

            • Uranium

              Esse circo todo pra no fim vender 60% da produção para a localiza com 30% de desconto…rsrsrs

      • th!nk.t4nk

        Lembrando que em 1999 a Renault lançou o Clio europeu no Brasil, com air-bags de série desde o modelo básico, mas ninguém deu bola. Depois lançaram o Sandero, com segurança muito inferior, mas com visual de maior apelo. Sucesso. Assim fica até difícil culpar a montadora viu.

        • No_Name

          Mas a Renault não demorou para aprender a ser sem vergonha por aqui. Esse Clio quando passou por atualização na Europa (facelift e interior novo), não recebeu os mesmos reforços estruturais no habitáculo que o europeu havia ganhado, tanto que por aqui continuou com o mesmo painel do interior.

        • Uranium

          Em 1999 o pós-venda da Renault era um lixo e não havia nem 100 concessionárias no país. Não estou dizendo que brasileiro liga pra airbag, apenas que quase nenhum de nós compraria um Clio em 1999, porque havia ótimos motivos pra isso. Hoje, por outro lado, eu não compro Renault simplesmente porque a linha é medíocre e a concorrência oferece coisa melhor e mais interessante pelo mesmo preço. Exatamente por isto que mais da metade das vendas da Renault são em vendas diretas, com descontos enormes, especialmente para compor frotas. Com preço de Renault, nenhum dos Dacia vale a pena.

        • Samluzbh

          Exatamente, a Renault vende o que o Brasileiro quer, eles são os mais espertos estão só crescendo e comprando outras montadoras, diga-se de passagem que a Dacia é a montadora mais lucrativa do grupo.

          • Uranium

            Não, o brasileiro não quer esses Dacia com logo Renault, quem quer é a Localiza e cia. No varejo a Renault não vende nada.

            • Samluzbh

              Caramba não é a toa que a Localiza comprou a Hertz, afinal não é qualquer locadora que compra mais de 60 mil carros do mesmo modelo!

              • Uranium

                Faz isso e ainda os revende com lucro.

      • Wagner Lopes

        Infelizmente, seu comentário deixa claro que você também é bastante desinformado quando o assunto é carro….

        • Daniel Alves

          Olha, eu já sabia que ia ter muito proprietário de Renault ofendido com o meu comentário, mas, me desculpem, mantenho minha opinião. Nenhum carro da Renault brasileira presta, o menos pior, justamente por ser um projeto para baixo custo, é o Novo Kwid.
          Pra quem está na faixa de Sandero e Logan sei que as opções são igualmente ruins e tudo nivela por baixo. Mas os caras continuam assim até quase os R$ 100.000,00 com Duster e Captur, dois veículos igualmente sofríveis.
          Ah, e pra quem não sabe interpretar texto, friso novamente: falo da Renault brasileira. Não interessa a gama dela na Europa, nada chega aqui. Até o Fluence saiu de linha.

          • Racer

            Sei bem…Fui dizer que o Sandero é um popular, mesmo sendo o RS…continua com a construção de um popular…E apareceu um raivoso…

          • Wagner Lopes

            Não tenho e nunca tive mas não foi por falta de querer. Quando tinha Megane e Grand Tour não comprei um usado por falta de oportunidade mesmo pois eram Renos de verdade. E as vendas eram medíocres…aí ela foi esperta e tratou logo de trazer uma linha low cost (dacia) e olha o resultado das vendas. O problema de seu comentário é fazer parecer que somente a Reno tem carroçinhas low cost no Brasil, como se não existissem mobis, sienas, unos, onix, prismas, spins, cobalts, gols, voyages, e vários outros low cost…

            • Uranium

              Carrocinha low cost quase todas têm. Mas nenhuma delas se limita a oferecer só isto. Só a Renault. E as carrocinhas das outras marcas são superiores às da Dacia facilmente.

              • Wagner Lopes

                Ter ou não somente low cost na linha é uma decisão da montadora baseada na exigência do mercado onde atua. Se nosso mercado não tem exigência nenhuma, pra quê trazer modelos mais elaborados? Estão aqui pra fazer $$$$. E tá dando certo. Olhas as vendas dela. E você acredita mesmo que um onix, ou mobi ou uno, ou prisma são superiores a logan e sandero em termos de qualidade de construção???

                • Uranium

                  A decisão é baseada no nível de mediocridade administrativa e estratégica da montadora. Você entra na concessionária de QUALQUER OUTRA marca grande e consegue encontrar alguns produtos de qualidade, nem que seja pra vender 50 unidades por mês e só agregar beleza ao showroom. Na Renault não, é só porcaria, dos 30 aos 100 mil reais o nível dos carros é o mesmo, ordinário e de quinta categoria. E não, Renault não vende bem. O que a Renault faz é vender horrores para frotista e locadora, com 30%+ de desconto e nas versões básicas. Consumidor pessoa física raramente compra carro da marca. O Sandero vende umas 8 ou 9x menos que o Onix no varejo. O Logan vende umas 12x menos que o Prisma. O Kaptur (com K mesmo) e o Duster vendem uma vírgula do que vendem HR-V, Creta, Kicks, Renegade e até o velho Ecosport.

                  Por fim, respondendo à sua pergunta: não, eu não acho que Mobi, Uno, Onix, Prisma, etc tenham mais qualidade construtiva do que Kwid, Sandero e Logan, do ponto de vista de materiais e montagem. São todos nivelados por baixo nesse aspecto. Porém, eu tenho absoluta convicção de que todos os concorrentes são muito superiores aos Renault em refinamento e acerto mecânico e dinâmico. Ao dirigir esses derivados da Datsun (Kwid) e Dacia (o resto) a impressão que dá é que o carro é feito apenas para funcionar e mais nada, que a engenharia não gastou 5 minutos dando acerto àquilo ali. Você consegue perceber esse tipo de cuidado de acerto até em um Mobi dos mais pelados, mas num Kwid, Sandero, Logan, Duster e Duster gourmet (Kaptur) isso é zero, simplesmente não existe. Por isso acho a Renault do Brasil simplesmente intragável. O que tinha de bom, que era o Fluence, saiu do mercado sem sucessor por falta de interesse da marca.

      • Diego Donaisky

        To com vc nessa também! E eu posso falar alguma coisa pois tive um Clio 2008. Devo ter pego raiva da porcaria que convivi por uns 5 anos, mas agora finalmente aprendi que Renault = porcaria. Nenhum da linha se salva, nem esse Kwid de 3 parafusos.

        • No_Name

          Kwid é o pior de todos eles. Nem pra ser Dacia serve. É um Datsun (marca ainda mais low cost que a Dacia) de alma.

      • Robert Dniro

        Tenho um Clio 2005 e não acho essa porcaria toda como você descreveu não, esta no mesmo nível de Gol e companhia, e o carro esta ótimo pro meu uso diário é completo e motor 1.6, carro até gostoso de dirigir não faz barulho de nada. Desinformado é aquele que não tem e fica botando defeito em tudo, não estou dizendo que o carro é uma maravilha más pra quem quer um carro barato e até econômico o Clio eu recomendo sim.

        • No_Name

          O Clio foi satisfatório para sua época… O colega acima provavelmente está se referindo a linha atual da Renault no Brasil.

        • Uranium

          O Clio merece respeito, é carro de nível. O amigo ali se refere à linha atual da marca, Kwid, Sandero, Logan, Duster e Duster gourmet (Kaptur). Carros toscos.

      • Kadu

        Acredito que você não conheça o Fluence

        • Uranium

          Fluence saiu de linha e não terá sucessor.

    • ViniciusVS

      Dacia é Dacia e Renault é Renault, em todo caso as duas compartilham peças e são do mesmo grupo…

      É o mesmo caso do finado Versailles, pode ser 99% Santana mesmo assim não deixa de ser um Ford. Se tem emblema Renault então é Renault sim, quem decide nomenclatura é o grupo e não o consumidor. Aqui no Brasil o que tirou a Renault do buraco foi Justamente os carros de origem Dacia, antes a Renault estava patinando no mesmo patamar da PSA, poderia lançar a marca Dacia no Brasil? Poderia, isso faz alguma diferença? Não!

      Não é má vontade, é simplesmente opção de mercado, Renault não vendia nada antes de 2007…

      • Uranium

        O Grupo Renault-Nissan pode vender os Dacia até com a marca Alpine se quiser, a questão não é poder ou não, e sim o que representa a troca de marcas. Falar que não faz diferença é mentira. Marcas tem posicionamentos próprios, oras. A Tata poderia fazer um Nano com a marca Jaguar também, por quê não faz? (exemplo extremo, obviamente).

        Colocar a marca Renault em carros da Dacia é claramente para elevar artificialmente a faixa de atuação desses carros. O Duster na Europa custa o preço de um Fiesta ou Polo de entrada, bem mais barato que Ecosport, HR-V e outros SUVs por motivos óbvios. Enquanto isso no Brasil ele custa parecido e ainda vende-se o Kaptur, um Duster bonitinho, com preço de carro médio… Kaptur com K mesmo, porque Captur é outro carro.

        Outra coisa, o que tirou a Renault da lama pós-2007 foram as vendas diretas, foi encher pátio da Localiza e cia, frota de governo, etc a preços bem abaixo do mercado. Porque no varejo os Renault estão sempre perto da lanterna.

        Por fim, carro tosco a maioria das marcas oferece no Brasil, desde a popularesca Fiat até a idolatrada Toyota. A questão é que a Renault é medíocre, pois cada vez mais se limita a apenas carro tosco e nenhum dos carros da linha é melhor que os concorrentes, nem sequer oferece um preço que justifique a inferioridade. Exceto no caso do Kwid, que é realmente barato, mas no entanto a Renault não conseguiu até agora montar unidades do carro que não quebram sozinhas pela baixa qualidade das peças. Renault que vale é só o utilitário Master, o resto é absolutamente dispensável.

        • ViniciusVS

          É evidente que existe diferença entre um Tata e um Jaguar, agora você está colocando a Renault em um pedestal.

          Renault é uma marca comum que vende carros comuns igual a Volkswagen, Fiat, Ford, Chevrolet, Nissan, Honda,Toyota… Renault não é marca premium.

          É puro mimimi se apegar a emblema.

          • Uranium

            Eu avisei que era exagero, mas como lhe faltou o que dizer, teve que citar…

            A Renault é igual VW, Fiat, Chevrolet, Nissan e qualquer outro. A Dacia é que é inferior a todas elas, e todos os carros Renault vendidos no Brasil são Dacia. Colocaram a marca Renault para elevar a faixa de mercado dos carros.

            • ViniciusVS

              Inferior onde? Logan e Sandero estão no mesmo patamar dos seus concorrentes, são até melhores em alguns pontos como porta malas e espaço interno… Não é diferente de um Fiat ou de um Chevrolet…

              Enfim, é uma reclamação sem fundamento, Renault é marca popular igual a Dacia, igual a Nissan e as 3 compartilham várias peças, você fala como se fosse um Logan com emblema da BMW…

              Captur Nacional diferente do que você falou não tem preço de médio, ele no máximo encosta nas versões com cambio manual ou básicas, as versões completas tem o valor bem maior, em todo caso o Captur foi bem no Crash Test, o Kwid que é um projeto de baixo custo medíocre e indiano foi melhor que o tradicional Ford Ka e o Onix no crash Test…

              Se apega menos a nomenclaturas e olha mais para os carros e seus concorrentes. Você está sendo preconceituoso sem o menor fundamento.

              • Uranium

                Dirija um Sandero, depois ande em um HB20, Argo, Ka ou Onix, e então me fale se o Renault é do mesmo nível… O refinamento do Sandero é zero, é um projeto cuja pretensão é apenas funcional, e olha que nenhum dos outros 4 que citei é grandes coisas em nada, dois deles são zero estrela em crash-test, inclusive (e posso apostar que o Sandero também é).

                Não adianta insistir, Dacia não é do nível da Renault. Se fosse, nem haveria razão de existir no mercado.

                • ViniciusVS

                  Já andei e achei normal.

                  Tem coisas que não gosto como a posição dos botões e o design interno, no resto são equivalentes sim.

                  • carroair30

                    Eu tambem achei normal,equivalentes e em ate certos pontos melhor que seus concorrentes,mas a maioria aqui eu japercebi que sao fas da VW e TOYOTA esses mesmos fas que ja esqueceram dos motores 1.0 da VW que ate hoje estao dando proplemas,ja esqueceram do painel do GOL que RACHAVA de ponta a ponta,ja esqueceram do esixo traseiro do JETTA que se soltava em pleno movimento,ja esqueceram da mentira das emissoes dos motores a diesel,ja esqueceram do FOX que deixou muita jente mutilada.Agora veem aqui falar da RENAULT que esse ano é a lider de vendas globais,faz carros economicos,duraveis e com bom espaço interno e que sequer chegou perto desses ESCANDALOS GROSSEIROS que foi a VW

                    • Uranium

                      Isso, quem não concorda com você é fanboy. Muita maturidade.

                    • carroair30

                      Nao é isso,falo pq vcs falam tanto de qualidade mas esquecem as mazelas das montadoras “famosinhas” ou entao as montadoras ditas como as “4 grandes”

                    • Uranium

                      Carrinho low cost porcaria tem em quase todas as marcas. Acontece que a Renault SÓ TEM ISSO. Nem a Fiat é tão medíocre.

                    • Racer

                      Quantos Jetta soltaram o eixo? A fraude de emissões…que a Renault também fez?

              • No_Name

                Eu acho que você não está entendendo os comentários do colega…
                Ele quer dizer que os Dacia são rebadged para Renault por aqui para poderem ser precificados como Renault, o que não ocorre na Europa pois a Dacia é reconhecida e declaradamente uma marca de produtos low-cost naquelas bandas. E sim, a Dacia está um nível abaixo das outras marcas em todos os sentidos, os cortes de custos de seus carros são gritantes e pulam aos olhos de um consumidor menos leigo. Por aqui ocorre que as marcas tradicionais tem carros low cost (como Onix, Ka, Uno, Gol, Etios etc) e então os carros Dacia acabam por ser equivalentes, mas ainda assim acho que isso não seja motivo para achar que podem vendê-los como Renault, deveriam ser Dacia assim como na Europa.

                • Uranium

                  É essa a ideia. Os Dacia são equivalentes aos baixo-custo que temos aqui, porém ainda assim são perceptivelmente inferiores. Porém, sendo vendidos como Renault, não compensam a inferioridade técnica e de refinamento, nos preços.

                • fredggp .

                  Excelente comentário No_name. Mais claro que isso….

            • Vinícius

              Vamos lá… O que vc diz do March vendido aqui no Brasil? E sobre Gol, é vendido na Europa? E o Palio, Argo, Mobi? O que falar do Onix? Vende nos EUA? Enfim… Renault vende aqui o que o mercado exige! Esses carros que eu citei são igualmente ruins e vendidos com o emblema de marcas que fabricam carros de outro padrão de qualidade em países desenvolvidos.

              • Uranium

                March, Gol, Argo, HB20, Up, Mobi, Ka, Onix, 208, Etios, C3, etc etc. Todos carros “ruins” certo? Mas dirija um por um, depois guie Kwid e Sandero. Os Renault são zero refinamento, feitos nas coxas mesmo. Parece que o único propósito deles é funcionar, que os engenheiros não gastaram nem 5 minutos para ajustar os carros… e olha que melhoraram muito com motores SCe. Se você dirigir um Logan 1.6 8v dos antigos, vai ficar surpreso negativamente.

    • Saulo Gomes

      A Fiat lançou o Argo com plataforma derivada do 147, lançou modelos Jeep que não passam de Fiat 500 maquiados, vai me desculpar, mas mesmo o Dacia Duster é muito superior a qualquer coisa feita pela Fiat no Brasil. Pode falar mal a vontade da Renault, mas ai achar que a Fiat faz coisa boa, já está forçando.

      • Uranium

        Parei de ler no 147. Tenho preguiça desse tipo de bobagem…

        O Argo não é referência pra nada, mas perto de Kwid, Sandero e Logan, qualquer coisa parece premium. O Duster não é superior nem ao WR-V, muito menos a um Renegade…

        • Saulo Gomes

          Com certeza não é superior ao WR-V, mas melhor que o Renegade é sim, Renagade você compara com Lifan, Jac.

          • No_Name

            Ô louco kkkkk!!!

          • Uranium

            Kkkkkkk

          • Paulo Júnior

            Realmente amigo, seu entendimento sobre carros é zero depois desse comentário rs

          • carroair30

            Realmente vc tem razao (NAO ESTOU SENDO IRONICO)

      • beto

        Rapaz quanto ódio, isso faz mal.

    • Vinícius

      Quem lê o seu comentário parece até que as fabricantes citadas sempre ofereceram produtos de primeira linha rs… Faz um ano que essas fabricantes começaram a acrescentar alguns produtos de primeira linha, sendo que a maioria da linha ainda é composta por carros de terceiro mundo, aliás, isso em quase todas as montadoras. Sobre o Kwid, porque sabotaram? Realmente não entendi… É mais barato que os concorrentes, mais seguro que o Mobi.

      • Uranium

        Ué, mas sempre ofereceram mesmo… A Fiat vendia o Bravo e Freemont até outro dia, em essência os mesmos do exterior, agora trouxe os Jeep e a Toro. A VW sempre ofereceu carros de primeira linha, antes só importados como Passat, Touareg, Tiguan e agora fabricando no Brasil também carros como Up, Polo, Jetta e Golf. A Ford traz Edge, Fusion, Focus. A Chevrolet traz Cruze, Equinox, trazia Captiva, Omega e Malibu. Posso dar vários exemplos.

        E a Renault? Kwid, Sandero, Logan, Duster, Duster chic (Kaptur com K)… só carro tosco. O Fluence que prestava vai dar adeus. É patético isso.

        Quanto ao Kwid, a sabotagem é porque até agora a Renault não produziu uma unidade sequer sem defeitos, que não quebrasse sozinha pela baixa qualidade das peças. É uma pena, porque a joaninha indiana tem um preço até bom.

        • Wagner Lopes

          Essas multi estão aqui pra fazer o seu $$$$$. Se nosso mercado aceita banana e paga por filé…então é bana que vai ter…a culpa é de nós consumidores e não da empresa…o brasileiro precisa tomar ações efetivas (como não comprar por exemplo) ao invés de fica só de mimimi…

  • Wagner Lopes

    No impacto frontal até que foi razoável olhando somente o vídeo. Mas no impacto lateral contra o posto a deformação da carroceria foi muito grande. Provavelmente o cidadão já era em uma colisão como aquela. Se o europeu apresenta esse nível de segurança, não quero nem imaginar o brasileiro…

    • Mauro Schramm

      Na verdade ele foi muito bem no teste de colisão lateral.

      • Wagner Lopes

        Colisão lateral OK, mas eu citei a colisão com o poste.

        • No_Name

          Essa foi um desastre! Rs.

        • Mauro Schramm

          Mas ele foi bem também na colisão com o poste também. As marcações no boneco são verdes e amarelas. E veja o comentário deles: “Even in the more severe side pole test, protection of the chest was adequate and that of other body areas was good.”

          • Wagner Lopes

            Fui lá no site do euroncap agora e realmente fiquei surpreso com o resultado do teste do poste pois, como falei, analisei somente o vídeo e, por ele, o resultado parece desastroso tamanha intrusão na cabine…vai entender…

            • No_Name

              É, o que manda são as leituras dos dummys. Mas um carro com uma estrutura assim tem muito mais chances de provocar ferimentos graves a letais do que outro que o poste adentre menos na batida. Lembremos que nenhum acidente é igual a outro, tampouco padronizados como esses dos NCAPs.

  • Natán Barreto

    Se não tiveram o cuidado de fazer o carro decente nem pra Europa, imagina pro Brasil.

  • zekinha71

    Essa batida no poste acho que foi a mais violenta que já vi, deu pra ver nitidamente como o corpo sofre e é jogado pro lado, o poste entrou até quase que na metade do carro.
    isso porque foi a 32 km, imagina a 60, 100, ou mais, corta fácil o carro no meio.

    • No_Name

      Se não tivesse aquela barreira atrás do poste bem que eles poderiam testar a uma velocidade maior pra vermos o carro partir ao meio kkk. Aqui no Brasil acontece muito disso, quantas notícias eu já vi de carros divididos em 2 por rodar e bater lateralmente em poste.

  • CanalhaRS

    Dacia é marca popular, nunca terá nota máxima em segurança.
    Se isso acontecer, os preços disparam e deixa de ser popular.

  • Elfo Safadão.

    Uma pena…
    Tava ansioso pra comprar o carro.
    :-(

  • Jok Jok

    Haters ATIVAR…

  • durango

    Façanha!

  • Eduardo

    E esse é melhor que o nosso!

  • Rogério R.

    Kwid = 3 estrelas.
    Duster 2019 = 3 estrelas.
    Sabem o que eu acho sobre isso? Que o NCAP está criando tantas regras que ela própria está se perdendo com elas.

    • Renato Duarte

      Só o Kwid brasileiro tirou 3 estrelas,, e no Latin NCAP ,, o Duster conseguiu a façanha de 3 estrelas no Euro NCAP. As regras do NCAP variam de região para região.

  • Ricardo Blume

    Se saiu até bem por ser um projeto antigo e de uma marca voltada a veículos de baixo custo.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email