Europa Finanças Mercedes Benz

Daimler pode comprar participação na Volvo e fornecer tecnologia

volvo-s90-trem-3

A Daimler pode comprar ações da Volvo Cars, de acordo com o site Manager Magazin, da Alemanha. A montadora alemã não só estaria interessada no negócio, como poderia inclusive fornecer tecnologia para o fabricante sueco. Há poucos meses atrás, isso soaria muito estranho, mas agora, não mais.


Li Shufu, CEO da Geely, adquiriu 9,69% das ações da Daimler, convertendo-se no maior acionista individual da gigante alemã. Na época, a montadora germânica comentou que a compra foi pessoal e não envolveria a Geely. Porém, rumores falam outra coisa. A manobra do bilionário teria como objetivo afastar a presença de Uber e Google na controladora da Mercedes-Benz.

Portanto, a aquisição de ações da Volvo seria outro indicativo de que Li Shufu quer se aproximar mais da Daimler e não apenas especular. O executivo chinês busca um acordo com a Mercedes-Benz para ampliar os negócios em seu país, assim como estaria interessado na tecnologia de condução autônoma dos alemães.

mercedes-benz-c300de-e300de-2


No caso da Volvo, a montadora sueca ganharia com a aquisição, pois a Daimler compartilharia tecnologia essencial para a evolução da marca, inclusive motores. Mas, fala-se que o acordo poderia ir muito além disso. Comenta-se que a Lotus poderia se beneficiar também. Adquirida pela Geely no ano passado, a marca inglesa hoje utiliza motores da Toyota. No caso de uma parceria Daimler-Geely, a fabricante de Hethel acabaria comprando os propulsores da Mercedes no lugar da japonesa.

Atualmente a Daimler possui acordo com a Renault-Nissan, beneficiando diversos modelos e propulsores. Já a Geely só anda comprando ultimamente. Depois da Volvo, comprou quase metade da malaia Proton e com isso levou o controle da Lotus. Mas não parou por aí, comprou a americana Terrafugia – aquela do carro voador… – e a companhia de táxis londrinos, a Manganese Bronze.

Fora isso, converteu a preparadora sueca Polestar em fabricante de carros esportivos elétricos e híbridos plug-in, bem como criou também a Lynk & Co, marca dedicada aos carros de baixa emissão, alta conectividade e assinatura de serviço. Estas duas empresas são próximas da Volvo. Por ora, não se sabe qual será o próximo passo da Daimler com esse novo sócio. A empresa disse oficialmente que a história de compra de ações era apenas “pura especulação” e que não iria comentar o assunto.

Mas, onde há fumaça, há fogo. Com isso, Li Shufu convence o mundo de que suas aquisições não são sem propósito comercial. Na Malásia, a Geely deu à Proton a chance de entrar no mercado de SUVs com um modelo chinês com a mesma plataforma CMA dos Volvo e Lynk & Co.

[Fonte: Manager Magazin]

COMPARTILHAR:
  • Esse chinês deve ter um belo organograma desenhado e, pelo jeito, sendo posto em prática.

    • Pipo pipo

      Parecido com o brasileiro da Ambev.

      • Allan Marconato Marum

        Sim! Estava conversando no meu trabalho ontem exatamente sobre eles!

  • Alexandre

    aparentemente é uma excelente estratégia da Geely (e que alguns outros chineses também fazem): não vendo no ocidente como Geely? beleza, alteramos o emblema pra uma ocidental conceituada, investimos (sem perder os focos da marca) e vamos vender como água lá fora.

  • Alligator

    Jaguar-Land Rover agradecem pelo power by Mercedes

    • DeTomaso

      ??? Jaguar-Land Rover são da TATA Motors, o que têm a ver com a Mercedes?

  • th!nk.t4nk

    A Volvo tá virando mesmo uma colcha de retalhos. De sueca não vai sobrar nada (nos mesmos moldes das montadoras britânicas, que são basicamente chinesas e alemãs).

    • Natán Barreto

      Colcha de retalhos? A Volvo nunca esteve tão lucrativa, vendendo como água, lançando carros cada vez melhores e sempre sendo referência em segurança.
      A compra da Volvo pela Geely foi um excelente negócio. Tá todo mundo feliz, os chineses e os suecos.

      • th!nk.t4nk

        Mas onde eu falei de lucratividade? Ou que o negócio foi ruim? Oh a interpretação de texto galera :)

  • Mario

    Aos jovens, sugiro aprenderem o Mandarim, pois daqui a 10 anos, tudo será shing-ling.

  • pedro

    Quanta movimentação entre as marcas e não param.

  • Schack Bauer

    Li shufu. Parece o nome do meu antigo professor de cálculo, que ferrava todo mundo. kkkkkkkk

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email