Elétricos Europa Mercado Mercedes Benz Vans Veículos Comerciais

Daimler: suposta espionagem industrial em van elétrica do Deutsche Post

streetscooter-deutsche-post Daimler: suposta espionagem industrial em van elétrica do Deutsche Post

Como já é conhecido, o Deutsche Post – o correio alemão – desenvolveu um projeto de van elétrica com a Universidade de Aachen, sendo esta uma versão do compacto elétrico StreetScooter, um modelo que tem como destaque seu baixo custo, custando em torno de 10.000 euros.



A van StreetScooter inicialmente foi ridicularizada pelas montadoras, mas após sua entrada em serviço de entrega de encomendas, rapidamente a coisa mudou de figura. Isso porque de cara o Deutsche Post e sua divisão comercial DHL encomendaram 10.000 unidades, que substituirão uma parte da frota, hoje composta por Volkswagen Caddy.

A marca alemã imediatamente tornou público seu descontentamento, visto que o Deutsche Post não pediu um desenvolvimento junto ao fabricante. Logo, o que era para ser apenas a van elétrica do correio germânico, se transformou em um negócio muito bom para a empresa, visto que outras do setor dentro e fora do país também começaram a fazer pedidos. Já se estima em 100.000 unidades por ano a demanda esse tipo de veículo, considerado inexistente no mercado automotivo.

Não estar disponível no mercado e ser totalmente adaptado ao serviço de entregas, faz do StreetScooter um alvo para espionagem industrial. E é aí que as coisas começam a se complicar para o modelo, mas também agora para um grande player do mercado, a Daimler.

Tudo começou com a arrendamento desse modelo StreetScooter em uma estação do Deutsche Post em Frankfurt para um suposto serviço de enfermagem de um casal de idosos, segundo alguns sites alemães. Tudo não passaria de um engodo, com endereço fictício e empresa de fechada. O local supostamente era em Frankfurt, mas os envolvidos não eram clientes comuns, mas uma empresa contratada pela Daimler. Estes teriam levado o veículo para Stuttgart, de acordo com o registro do rastreador GPS a bordo do veículo.

Por este sistema de localização, determinaram o local onde a van estava estacionada. Descobriu-se então que o veículo teria sido examinado e submetido a testes por engenheiros e técnicos da Daimler. A imprensa alemã trata o caso como espionagem industrial, mas a montadora lembra que é normal a aquisição de veículos da concorrência para testes e comparativos com seus próprios produtos.

Pelo que dá a entender, a StreetScooter ainda não está sendo formalmente comercializada no mercado alemão, diferente de um carro normalmente disponível nos revendedores. De qualquer forma, ainda não se sabe que procedimento será tomado pelo Deutsche Post nesse caso da Daimler. Para a empresa germânica, fica a má impressão nesse assunto, mesmo tendo recursos bem superiores aos do correio local para o desenvolvimento próprio de um produto concorrente, que poderia ser até superior.

[Fonte: HAZ/Spiegel/RND]

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend