*Destaque Finanças Governamental/Legal Mercado

Desconto de 30% para professores na compra de automóvel será discutida no Senado

teacher Desconto de 30% para professores na compra de automóvel será discutida no Senado

Atualmente, descontos para compra de automóveis são concedidos por lei aos portadores de deficiência física e outras, bem como para taxistas. No entanto, o Senado Federal vai discutir uma sugestão legislativa que pede desconto de 30% na aquisição de veículo por parte de professores.



A sugestão, registrada por Valdira Vieira, justifica esse desconto por dois motivos. O primeiro é que muitos professores precisam chegar até o local de trabalho, mas as escolas ficam muito distantes de suas residências. O segundo é que, por conta dos baixos salários, os professores não têm condições de adquirir um carro para percorrer tais trajetos.

Sob o número 40/2017, a sugestão legislativa teve mais de 20 mil assinaturas, sendo assim, legalmente ela pode ser analisada pelo Senado e, se aprovada, converter-se em Projeto de Lei. Nesse caso, o texto passará pelas devidas comissões responsáveis pelo assunto e então, após aprovação de todas, poderá ser votada em plenário e seguir adiante para sanção presidencial, tornando-se oficialmente lei.

No entanto, o desconto dado aos portadores de deficiência física e taxistas é referente à isenção de IPI. Mas não é somente esse, no primeiro caso, os consumidores PCD têm direito à isenção de ICMS, IOF, IPVA e, em cidades como São Paulo, isenção de rodízio municipal. O IPI também é dado como isenção para condutores que dirijam para portadores de deficiência mental, visual e autismo. O limite de preço para isenção no caso PCD é de R$ 70 mil.

No caso dos taxistas, os descontos incidem sobre o IPI e o ICMS que, somados, chegam a atingir 30% do valor do veículo. Agora, a sugestão de Valdira Vieira tem como relator o senador Cidinho Santos (PR-MT). Anteriormente, porém, o texto propunha também o mesmo desconto para policiais militares e civis.

A justificativa é que, por conta da segurança dos mesmos, a compra de automóveis com desconto facilitaria sua mudança de residência para áreas mais seguras, no entanto, distantes de seus batalhões e delegacias. Além disso, a aquisição de automóvel evitaria que os mesmos tenham de pegar transporte público para chegar aos seus locais de trabalho, reduzindo assim as chances de se tornarem alvos fáceis para bandidos nesses trajetos. Mas, o texto acabou por ser alterado e limita-se agora somente aos professores.

E você, o que acha dessa sugestão legislativa? Quais outros profissões merecem desconto na aquisição de automóveis por conta de limitações que lhe são impostas? Para fazer uma sugestão como essa, o cidadão acessa o portal e-Cidadania. Cada sugestão precisa de no mínimo 20.000 assinaturas para poder ser levada à análise dos parlamentares.

[Fonte: Info Money]

Agradecimentos ao Sérgio Quintela.

  • Lucia C.

    Acho a profissão de professor umas das mais importantes porém, se os preços dos automóveis fosse mais justo nesse país todos teriam condições para comprar um veículo decente e essa lei não seria necessária.

    • Vattt

      Ai onde está o “segredo do balanço”. O governo social, vive de extorquir até sangrar a sociedade, mas solta algumas milgalhas para alguns conseguindo angariar “likes” e “seguidores”.

      • vicegag

        Deveria dar este “desconto” para todos, daí os carros custariam o que deveriam custar.
        Dai não teríamos tanto está pecha dos valores dos carros versus salário médio.

        • Edson Fernandes

          É justamente essa a reclamação. Não tem que dar desconto por uma profissão e sim dar condições de todos terem esse direito com o salario sendo justo.

          • Danillo Barros

            Ainda assim essa proposta vai demorar muito. Se fosse aumento para os excelentíssimo sairia em 24 horas

        • Alvaro Guatura

          Sim.
          Afinal um engenheiro tem que chegar em fábricas em distritos industriais que ficam longe do centro das cidades.
          Os tribunais estão espalhados e os advogados devem ser rigorosos com os horários de audiências.
          E por ai vai… pra cada profissão existe um motivo.

    • Pipo pipo

      Perfeito. Impostos mais justos = benefício para todos.

  • Louis

    Piada!
    Mais uma vez o desgoverno segregando, dividindo a sociedade, criando burocracia e abrindo brechas para maracutaias.
    BANÂNIA

    • TijucaBH

      concordo!! Ridículo!!!
      Concordo que professor é uma profissão super importante, mas policiais, bombeiros, médicos, etc etc também são!
      Se for pensar, cada profissão tem sua importancia e privilegiar alguns é tão injusto quanto as cotas raciais ao invés de ser por classe social! Falar que professor ganha pouco nem sempre é verdade, conheço uma professora de escola pública com vários anos de carreira e que ganha mais de 15k e anda de Renegade Logintude zero km comprado à vista!!

      • Ivan

        conheco 1 professora…. putz. Forte seu argumento hein amigão.

        • Sergio Quintela

          professor de universidade publica, todos ganham uma bela baba de grana

          • Nato

            Precisamos esclarecer algumas coisas a respeito da carreira docente: Um professor universitário com doutorado ganha menos que um engenheiro civil (apenas com graduação) dessas construtoras e incorporadoras. Se eu for comparar um professor apenas com graduação, aí o salário vai ser equivalente a muitos cargos técnicos de nível médio, mas um professor universitário só com graduação é exceção, pois a maioria dos cargos exige doutorado. Leva pelo menos 10 anos para um estudante ir desde a graduação até terminar o doutorado. Sendo assim, quem termina o doutorado com 28 anos é considerado precoce. Depois que termina o doutorado, o aluno ainda precisa passar em concurso público para ser professor de uma universidade pública. Contando tudo isso, quem envereda pela carreira docente universitária só vai começar a trabalhar em torno dos 30 anos de idade. Quanto as universidades particulares, algumas das grandes redes (PUC, Anhanguera…) chegam a pagar melhor que as universidades públicas federais. Então, não acho essa que um professor universitário ganha essa grana toda pra quem estuda tanto e só começa a trabalhar muito tarde na vida.

            • Sergio Quintela

              continuo achando muito, pois depois de chegar neste nivel, ele tem estabilidade, pode se acomodar que nao acontece nada.

            • José Barbosa

              Enquanto no mestrado/douturado ganha bolsa que, para a fase de vida em que normalmente se encontra (solteiro, sem filhos, morando com os pais) é uma grana razoável.
              Não existe argumento algum capaz de separar pessoas por profissões, que seja justo. Existem professores que vão ganhar muito por serem bons, e outros que vão ganhar pouco, muitas vezes por razões que não cabe aqui discutir. Acho que até mesmo a questão da aposentadoria é um paradoxo absurdo, na qual eles já levam vantagem. O que deve ser discutida é uma carga tributária absurda, que impede todos (não apenas professores) de ter um veículo. Deveria ser discutido, inclusive, porque a falta de um bom transporte público torna tão “importante” ter seu próprio meio de transporte.

              • Alvaro Guatura

                Exato, carga tributária!

              • Nato

                Oi José! Não ficou claro acima, mas não concordo com essa isenção para professores. Acho que o papel dos governantes é criar condições para que todos consigam trabalhar e comprar seu caro, casa… e não beneficiar apenas uma ou outra categoria. Além disso, acho que esse esse e outros tipo de benefícios deixaria a população com mais ódio ainda da categoria de professores das escolas/universidades públicas, isso é tudo que o país não precisa. Com relação as bolsas queria falar duas coisas: 1) nem todo mundo conclui um mestrado ou doutorado com bolsa e 2) a bolsa na verdade é uma estratégia para pagar bem barato para um profissional altamente especializado realizar uma pesquisa. O bolsista não tem férias ou nenhum benefício trabalhista e ainda, muitas vezes, usa o dinheiro da bolsa para financiar sua própria pesquisa. Isso tudo recebendo pelo menos de 1/5 (quando não recebe nada por não ter bolsa) de um salário de um pesquisador para fazer o mesmo trabalho.

            • TijucaBH

              Cara, um phd em biblioteconomia provavelmente ganha menos do que um engenheiro como voce cito que por sua bez ganha menos que um médico. Me desculpa, mas isso é o mercado e nao adianta o governo tentar interfirir nisso porque já vimos que quanto menos interferência do governo, mais as coisas fluem. O dia que nossa democracia for mais madura, naturalmente o professor será melhor remunerado porque a demanda por eles será maior. Ainda citando o caso do engenheiro civil, com essa crise na construção, o que mais tem é engenheiro fazendo bicos pra nao fatar o básico em casa. No boooom da construção
              Cívil anos atrás, esse pessoal ganhou um bom dinheiro pela demanda do mercado e essa mesma demanda que fez os ganhos deles despencar.

              • Nato

                É isso mesmo, o mercado dita o valor e não adianta o governo se meter mas que fique claro que engenheiros, médicos, bibliotecários também podem ser professor. Mas isso não funciona muito para professores pois não adianta se o cara é PHD em medicina, engenharia ou biblioteconomia, se ele é professor ele vai ganhar a mesma coisa independente da formação. Não concordo com a isenção para nenhuma categoria.

          • OtarioBrasileiro

            Baba de grana? 5000 o salário inicial com Doutorado? Isso é baba de grana?

      • João Paulo Xavier Ferreira

        Concordo que tal lei segrega assim como a das cotas, e ao mesmo tempo que essa professora tem um renegade, ela lutou muito pelo que teve… em todas as profissões temos trabalhadores que se destacam. Sou professor, tenho loja e faço uber, tenho 3 empregos… acho que muito além de ver o material das pesssoas deve se enxergar a luta e os esforços das pessoas, é isso que a América ensina.

        • Valdir Do Nascimento

          América!!! Qual parte da América? Que coisa mais doida ver um brasileiro falar assim!

          • João Paulo Xavier Ferreira

            a do norte, a que se desenvolveu as nossas custas…

        • TijucaBH

          Concordo com seu ponto de vista sobre profissionais que se destacam em todas as áreas e também concordo que tal lei segrega. Se for pra dar desconto para todas as pessoas que lutam e que se esforçam, acho valido, mas tem que ser para todas as profissões. Da mesma forma que a cota racial está errada, tem que ser por classe social e nao por cor de pele. O negro rico acaba se bebeficiando enquanto o branco de familia humilde se ferra…
          Dar o desconto somente para os professores é injusto com outras profissões além de rotular o professor como um “coitado”.

          • João Paulo Xavier Ferreira

            concordo em gênero, número e grau!. Fora a corrupção esse é o grande impasse no nosso país. Nós não conseguimos nos enxergar como sociedade, nós nos distanciamos por meras roupas que consumimos, meu carro é melhor que o seu portanto eu tenho mais valor que você e por ai vai, podemos checar isso até aqui nos comentarios redundantes como: você nem deve ter carro!, pega seu golzinho lá!, você tem celta e por ai vai, o fato é nossa sociedade é hiper preconceituosa.

            • Ernesto

              João Paulo, corrige aí o seu texto. Não é empasse, é impasse.

              • João Paulo Xavier Ferreira

                Valeu! Na correria eu me perdi.

    • mjprio

      Vc foi justamente no X da questão

  • Alfredo Araujo

    Os professores são importantes… os médicos tmb !! Os catadores de lixo tmb !!
    .
    .
    E etc infinito !!
    Vamos dar descontos a todos !

  • zekinha71

    Até nos carros estão inventando cotas, logo os índios, afro descentes, GLBT, estudantes e outros vão querer pagar “meia”.
    Daí vem a beneficente Anfavea e dobra o valor dos carros pra dar o desconto de 50%.
    E em vários locais os professores já pagam meia nos transportes e até totalmente grátis, daí ele vão abrir mão desses descontos?

    • Louis

      Professor também aposenta mais cedo.

      • Nato

        Professor do ensino básico aposenta mais cedo.

    • Auto Verdade

      É mesmo, mas o desconto é de imposto e não sobre o valor para as montadoras, não justificaria aumento nesse caso, quem perde é apenas o governo que deixa de arrecadar, em parte, os impostos, porque o PIS e Confins ficam e é alto essas arrecadações.

  • Zé Mundico

    Bem , então vamos conceder descontos para policiais, médicos, enfermeiros, advogados, vendedores pracistas, representantes comerciais, engenheiros, porque enfim todo mundo precisa de carro para se locomover.

    • Diego Germán de Paco

      Não se esqueça que muitas vezes, as escolas estão em zona rural, e é bem complicado o acesso. Não sei a realidade que você vive, mas aqui no nordeste é bem comum…

      • Marco Antônio

        E o serralheiro que precisa carregar suas ferramentas para todo lugar que vai prestar serviço? Esse não merece desconto na hora de comprar uma stradinha, ou uma saveiro? Todos temos nossas dificuldades, e embora seja professor e potencial beneficiário desse projeto, eu não gostaria de pensar só no meu lado. Prefiro pensar o Brasil, sem nenhuma classe de favorecimento.

      • Edson Fernandes

        Eu sou consultor e por vezes já tive que acessar empresas que não tinham uma “rua” para seu acesso.

        Isso porque o ramo da empresa não tem como pretensão um pavimento bom. E não a toa a maioria dos trabalhadores tinham carros simples apenas para fazer transição ao trabalho.

      • José Barbosa

        Mas os alunos têm transporte público gratuito, o professor também poderia utilizá-lo.

    • Edson Fernandes

      Consultores tbm.

  • Louis

    Por que esses lixos do legislativo não discutem: pena de morte, prisão perpétua, trabalhos forçados para presos, castração de estupradores…Tanta coisa para evoluir neste país, e estes lixos humanos ficam querendo ludibriar a sociedade.

    • Diego Germán de Paco

      Uma coisa não impede a outra. A questão da dificuldade de acesso em escolas da zona rural é fato meu amigo. Se não lhe afeta, tenha sensibilidade de entender que o problema existe, e que merece uma solução. Individualismo do Brasileiro é peso viu…

      • Louis

        Ah sim, só professor tem dificuldade de acesso, só professor ganha pouco…Só professor precisa de desconto para comprar carro zero…

        • Ivan

          com 30% ou nao, mais de 50% dos professores nao conseguirao comprar esses carros. Talvez seja bom mesmo, pois IPVA, Gasolina, Multas, Seguro, estacionamentos,pedagios, manutencao…etc; no Brasil nao sao para qualquer pessoa.

          • Edson Fernandes

            Não é melhor dar melhores condições a todos do que apenas para um nicho?

      • Marco Antônio

        “individualismo” kkkkkkkkk Cara, sou professor (desempregado) e o que vc fala é verdade. Ficaria até feliz em comprar um carro com 30% de desconto. Mas convenhamos, se esse benefício fosse para toda a sociedade seria bem melhor. Seria individualismo meu pensar só na minha “casta”.

      • mjprio

        Experimenta ver como e servir num pelotão de fronteira com sua familia , sem escolas, a merce de indios bandidos, traficantes e guerrilheiros. Nos lugares mais inóspitos da Amazônia comandar mais 60 homens e ainda assim ganhar menos que muito carimbador de papel concursado e ascensorista do senado.
        Acho a profissão de professor muito importante, mas ultimamente o que eu vejo e um bando de esquerdistas disseminando a teoria asquerosa de Paulo Freire , incentivando posturas execráveis como invadir escolas e apoiar todo o tipo de baixaria nos educandarios, apoiando inclusive agressão a pessoas com ovos e outros tipos de coisas.
        Ai me lembro da frase : como queremos um.mundo melhor pras pessoas se nao preparamos pessoas melhores pro mundo

        • Ernesto

          Aplausos para o seu comentário!

          • mjprio

            Agradeço o elogio. Isso pra não falar de nossos policiais que hoje enfrentam o estado da arte em termos de armamentos nas mãos de bandidos. Até então eu só pude ver esse tipo de armamento porque são empregados nas FFAA. Mal remunerados, mal preparados e exigidos além do limite da exaustão e da compreensão do ser humano, ainda são obrigados a se sujeitar a boca maldita de certas figuras perniciosas do meio político e midiático, que os colocam contra a opinião pública.
            Enquanto isso, escolas tradicionais e de renome como o Pedro II são alvo das mais sujas e covardes dominações ideológicas, justamente por aqueles, que de maneira ISENTA, deveriam ajudar a formar os cidadãos que ajudam a desenvolver um país.
            Eu estudei muito ao longo da vida, e por conta da carreira militar, onde inclusive pude trabalhar em tropas de paz da ONU, ainda sou obrigado a estudar e cumprir cursos de carreira, sempre respeitei meus mestres e docentes. Entretanto, no momento em que vejo vagabundos incitando a violência contra pessoas, incentivando a ocupação de escolas com intuito de baderna, se preocupando com ideologia de gênero, seguindo os métodos anacrônicos e descabidos do imundo do Paulo Freire, defecando em rua pública sobre fotos de pessoas, só pra aparecer e ainda se valerem do título de professores, percebo o quão atrasado está o nosso país.
            É muito lamentável que ainda sigamos certos estereótipos, como o do Salvador da Patria, dos privilégios as ditas minorias como forma de pretensamente arrumar certos “erros” do passado, categorizar a justiça em prol de alguns, só faz dividir a sociedade pra enfraquecê-la e controlar mais duramente, como sonhavam os pensadores e executores da fracassada e injusta teoria socialista.
            O que precisamos entender e sobretudo praticar, e que todos, independente de cor, credo, sexo, opção sexual ou qualquer outra categoria em que se possa classificar a pessoa, somos SERES HUMANOS e cidadãos, que devem ser assim apreciados de forma isonômica em direitos e DEVERES, principalmente, como observado nas nações desenvolvidas. E

            • Ernesto

              mjprio, novamente, aplausos para seu pensamento. É realmente necessário mudar o pensamento do povo brasileiro. Não podemos permitir que uma parte da população se julgue no direito de reivindicar mordomias (cotas, terras, bolsas, etc), sendo sustentados pela parte que trabalha.
              E o que você falou sobre os “professores”, assino embaixo. Inclusive sigo uma página do Face que prega a “Escola sem Partido”, algo que precisa ser feito urgentemente. As faculdades e escolas estão infestadas destes professores que seguem a cartilha esquerdista. Parece até uma seita em que seus seguidores precisam doutrinar, espalhar suas ideologias. Não sei se um dia estaremos livres disso, mas não podemos perder as esperanças.

      • José Barbosa

        Dividir para conquistar. Uma técnica simples que utilizam muito bem. A única guerra que deveria existir é a dos maus políticos contra o povo.

  • Luiz Ferreira

    Por esses motivos, que espero o carro depreciar bem e dos 3 que tive até hj, nenhum foi ZERO, MAS TODOS ABAIXO DOS 40 MIL RODADOS… Visto que na reportagem se trata de carro zero…

  • Vinícius

    Os professores merecem todo nosso respeito e consideração. Mas acho a lei equivocada, médicos e pessoal da área de saúde também não estariam na mesma situação? Bombeiros? Policiais? Forças armadas, como dito pela Lúcia C. o correto é os impostos sejam mais justos e melhor utilizados. Professor tem que ser bem pago, ter boa formação e condições de trabalho.

  • V.mario

    Seria melhor baixar a tributação média “aproximada” de 32% para 25% para todos e não isentar alguns, pois todos os profissionais exercem papel um fundamental em suas áreas sejam: Professores, Médicos, Policias, Enfermeiros, Eletricistas, Encanadores, Porteiros…
    Mesmo sendo direta ou indiretamente beneficiado por tal projeto não acho que isentar impostos para alguns seria correto, pois alguém vai pagar a diferença. Se for para reduzir que seja para toda e qualquer pessoa.

    • V12aero

      Isso mesmo. Esse desconto que vão dar alguém vai ter que pagar.

  • V12aero

    Também quero desconto, a minha profissão é importante, catador de lixo é uma profissão importante, vendedor é importante, engenheiro, médico, advogado, todas as pessoas que trabalhão honestamente são importantes e merecem desconto. Eu não entendo a mania de político querer sempre beneficiar uma parta da sociedade. Todos somos iguais perante a lei e porque diferenciar?

    • Alexandre Monteiro

      Isso chama segregação, tática básica nos manuais da esquerda. Dividir para conquistar.

    • Diego Germán de Paco

      Tenho pena de vc. Um país só muda com educação meu caro. Equivaler a importância de um professor, com a de um catador sinceramente, beira a ignorância…

      • Louis

        Deixe uma cidade sem coletor de lixo para você ver o caos que vira. Vai infestar a cidade de doença em 1 mês.

        • Espirito Santo ficou sem policia, o povo lá ficou no desespero. Sem a galera da limpeza, a cidade FEDE. rsrsrs

        • Edson Fernandes

          Alias, desmerecer a atividade de um catador de lixo que é dureza. Se a pessoa soubesse a dureza e necessidade disso no dia a dia…

          Só ir para um local mais pobre e verá que lá a falta de infraestrutura básica(que permite a manutenção das vias e limpeza) é um caos generalizado. Mas enfim… é triste considerar que o trabalho desse tipo é inferior a outros.

      • mjprio

        Ate o Obama falou: pra médicos curarem, professores ensinarem, e tantas outras coisas funcionarem. Pra um poder se estabilizar meu amigo, seja ele democrático ou ditatorial como a Venezuela e a Coréia do Norte vc tem que poder ter base sólida e soberania. Eesta se repousa no braço armado!!!!experimenta ficar sem ele e terá uma nação vulnerável.
        Como eu disse. Educação e importante , mas so se seu país for forte e soberano
        Mais uma vez ressalto qie são palavras de Barack Obama, um dos presidentes mais democráticos da grande potencia mundial

    • Marco Antônio

      Mas não partiu de político nenhum. Foi sugestão popular, e teve 20 mil apoios populares. Ou seja, quem gosta de segregar é o Brasileiro, e por isso elegemos políticos que prometem mais e mais divisões.

  • Andrei Vieira

    M E U D E U S ! ! ! ! Onde a idiotice desses parlamentares pode chegar?? não faço ideia. Toda semana eles nos surpreendem com mais uma idiotice dessa.

    Criando leis absurdas, segregando a população.

    E tenho certeza absoluta que na semana seguinte, eles criam um novo imposto idiota para reaver as perdas e meter o nabo no C* dos contribuintes.

    • Marco Antônio

      O projeto foi de iniciativa popular. Com 20 mil apoiadores. O senhor deputado só está discutindo a idéia legislativa do povo.

      • Edson Fernandes

        Que ele mesmo considerou ao invés de pensar em ajudar todos né ?

        Se alguem cita dar incentivo a ajudar idosos, vc iria contra? Claro que não, qualquer iniciativa de ajuda, será aceita. Isso é meio obvio. Mas o cara que está jogando com a legislação tem a obrigação de ter uma visão maior da sociedade e do bem para todos. Ele foi contratado para escrever, sugerir e resolver problemas para todos.

  • Jad Bal Ja

    Socialista gosta mesmo é de privilégios, ainda mais quando vem disfarçado de “ajuda social”. Em que a classe dos professores merece mais que qualquer outra esse subsidio? Mais uma turma querendo uma boquinha, ou que os outros paguem suas contas.

    • VINÍCIUS FREITAS DE SOUZA

      Pelo que dá para ver essa mulher não é professora.

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Eu quero é um salário de político, não desconto de 30% num carro. Pq não é só de carro que um professor, e nenhum outro ser humano vive, tem alimentação, moradia, despesas médicas, escola das crianças, impostos, etc, e não são apenas 30% de desconto no carro que vai ajudar.

  • Marcio Souza

    É mais fácil dar desconto em carro do que pagar um salário decente. Tudo neste país é solução paliativa (meia boca). Já já vão dar desconto em motocicletas, trator, iates…

  • Fabão Rocky

    NÃO quero desconto, promoção nem brinde. Sou professor e acho q não apenas professores mas todo trabalhador brasileiro merece um salário mais digno p/ poder comprar seu carro a um preço justo e não receber essas esmolas. Desconto p/ mim é esmola e eu n quero esmola. Quero salário justo e carros a preços justos.

    • Marco Antônio

      Imposto Justo. Sem mais nada a acrescentar. Somos dois professores então que pensam da mesma forma. Comprar o carro vai ser fácil, mas com vão dar 30% na gasolina? Nas revisões? No Seguro? No IPVA?.. Acho que não. Isso é esmola, migalhas. Chamar-nos de trouxas, mentecaptos. Porém, o que me aflige é que a idéia é popular. Saiu provavelmente de uma pessoa como nós.

  • Pedro Henrique

    boa jogada, com essa desculpa resta duas opções, aumentar o salário dos professores ou dar o desconto…
    então pessoa, eu n sei você mas to indo agora virar professor, flw

    • Marco Antônio

      Não se iluda. Serio, fica de boa ai onde vc está. kkkk

  • Medida um tanto quanto equivocada. O que os professores querem não é carro, é transporte público justo e de qualidade, é um salário digno, são boas condições de trabalho, é tempo para preparar aulas. Só para vocês perceberam, acessei aos dados públicos de licenciados (professores) formados nas Instituições Federais, em cursos como Física e Matemática em média de 44 entradas, saem aproximadamente 10% ou seja de 44 alunos são concluem o curso apenas 4. O problema passa bem longe de “poder comprar um carro”.

    • Marco Antônio

      “é transporte público justo e de qualidade”. Não, eu quero mesmo é poder comprar meu carro barato, pagar pouco imposto, ter gasolina barata. Mas sei que isso não se dará só com as esmolas que estão oferecendo.

  • Leonel

    Mas gostam de dividir as pessoas em grupos, hein? Só para gerar intrigas e etc para que ninguém se concentre no real problema, corrupção somado a imensa incompetência de nossos governantes…

  • Mr. Car

    Paguem bem aos professores e não vão precisar de político espertalhão dando uma de bonzinho, mas no fundo visando a criação de um curralzinho eleitoral através de medidas demagógicas e eleitoreiras.

    • Marco Antônio

      Mr. Car, quero desconto para comprar meu carro com interior clarinho. E depois não conseguir pagar IPVA, Gasolina, Seguro, Revisões, Manutenção.. kkkkk A idéia legislativa é popular, dessa vez foi um do nosso lado que criou essa aberração. Mas é normal, o que o brasileiro mais gosta é de garantir benesses para sua “casta social”.

  • Hugosw

    “O primeiro é que muitos professores precisam chegar até o local de trabalho, mas as escolas ficam muito distantes de suas residências.”
    Como 98% dos brasileiros
    “O segundo é que, por conta dos baixos salários, os professores não têm condições de adquirir um carro para percorrer tais trajetos.”
    Como 9*% dos brasileiros

    Esse é o problema do Brasil onde os parlamentares fazem projetos de leis para mitigar problemas e não para resolvê-los.

    • Marco Antônio

      O projeto é de uma ideia legislativa popular. Os políticos são obrigados a debater a proposta quando é idéia popular.

  • Martini Stripes

    Acho errado.
    Tem pagar melhores salários, e investir em educação!

    • Só um detalhe, mesmo ganhando bem, o professor CHORA.
      Estagiei na SEFAZ no departamento que dava isenção de ITIV.
      Tinha muito servidor da saúde e educação que ganhava de 7 mil a 10 mil ou mais e mesmo assim diziam ganhar pouco (já presencie falando e quando fazia a analise da documentação para ver se tinha direito a isenção do imposto, que é de 3 anos de serviço, era o contrario), sendo que tem uma parcela que realmente ganha pouco, mas tem outra parcela que só faz chorar ganhando bem.
      Já diz o ditado: Quem não Chora não Mama. rsrs

      • José Barbosa

        Na verdade, o benefício é “inalcançável” a quem realmente precisa.

    • Marco Antônio

      Eu acho duplamente errado. Tem é que privatizar a educação, onde for possível é claro.

  • Marco Antônio

    A idéia da pessoa é bem intencionada. Mas é um absurdo completo, imagine só. E o resto da sociedade? O padeiro que alimenta o professor? O eletricista que instala a luz para o professor? E o Pedreiro que constrói a casa do professor? E Frentista que enche o tanque do carro do professor? Esse tipo de projeto só mostra como é o Brasil. ninguém pensa o país inteiro, só sua ‘classe”; Brasil virou a índia e nem se lembra, agora só defendemos nossa “casta social”, e se dane todo o resto.

  • Clementino Zelador

    Eu sou vigia noturno e preciso de um carrinho prá chegar cedo no trabalho e voltar prá casa.

  • Marcos Drawer

    Todas as profissões tem importância. O correto seria a diminuição dos impostos PARA TODAS AS PESSOAS. Uma vez que este dinheiro nunca vai para onde supostamente deveria ir, o certo é que 100% do que você produziu fique com você que então decide em quais produtos e serviços pretende gastar. Mas não. É mais fácil pro governo criar uma guerra entre as classes que terão privilégios e outras que não o terão.

  • Punta-tacco

    já já família de presidiário, homossexuais, família de politicos, etc terão esse desconto. Enquanto isso o pobre trabalhador de matando pra pagar 60 mil num golzinho.

  • Os professores querem auxilio gasolina e carro oficial tambem agora? kkkk

  • Frederico

    Com todo o respeito, o governo segue errando.
    Não é porque o salário é baixo que os professores devem ser beneficiados com esses descontos. Está tudo errado.
    O governo deveria remunerar o professor de maneira justa, condizente com a função dele e do quanto ele produz. E isso vale pra qualquer profissão. Agora, ficar dando “migalhas” pra uns e pra outros não.
    Se o professor trabalha no setor público, o estado que disponha de condução para levar e trazer seus funcionários, porém,
    se o professor trabalha na rede privada, de possuir rendimentos suficientes para adquirir um véiculo automotor.

  • ChalMust

    As desculpas ou motivos são ridículos, assim como 99% dos Politicos.
    Este “desconto” é necessário ao povo Brasileiro em geral. Seja por redução de imposto ou lucro da montadoras ou ambos.
    Somos esfaqueados na hora da compra de um carro NOVO na hora de pagar IPVA, SEGURO, REVISÃO, PNEUS, BATERIA, PASTILHAS DE FREIO, GASOLINAAAAAAAAAAAAA …. C A C E T A de País essa M E R D A !!!!

  • Alvarenga

    Isto é uma sacanagem disfarçada caso não percebam. Nada contra os professores mas cada vez que se da algo a alguma categoria os demais do povo pagam a conta pela categoria beneficiada. Milagres não existem e muito menos o governo vai abrir mão de algo, então alguem vai pagar a conta. O certo seria pagar bem os professores e ponto. Desta forma que esta neste projeto “compensam” de forma enganosa o não pagamento de salarios decentes e descarregam o ônus nas costas do resto do povo. Sem contar que vai ter um monte de parasita de universidade publica que ganha muito, produz nada, e mesmo assim vai se beneficiar na carona.

  • Diogo Augusto

    Legal a intenção… mas seria uma pena se nem receber o salário os professores recebessem… Um absurdo uma profissão importante dessas, que ensina (quase) tudo, aguenta os estudantes aprontando na sala, e trabalha em casa (organizando provas, atividades e etc) receba um salário tão pequeno e em algumas vezes, receba esse salário pequeno atrasado…
    A intenção dessa lei é boa, mas estamos no Brasil, a chance de não dar certo é muito grande… Se nem as coisas básicas o povo recebe, até parece que vão conseguir entregar algo assim…

  • Jonas

    Creio que seria inconstitucional conceder isenção fiscal a uma categoria profissional.

  • Eliezer

    Não seria melhor remunerar mais o professor e ele poder fazer o que quiser com o dinheiro… esse estado assistencialista me da asco….

  • Alvaro Guatura

    E pra enfermeiro? Advogado? Engenheiro? Pedreiro?
    Não existe nenhuma profissão bem remunerada no cenário desse país.

  • Henrique

    Os policiais também mereciam a compra com desconto, conforme previa o projeto de lei original.

  • Fanjos

    Reforma tributária para acertar essa kctada de imposto retard@do para que né? Vamos fazer coitadismo com uma única categoria e fazer todo o restante pagar por isso, pq pode ter certeza absoluta, não existe almoço grátis, só doente mental esquerdoso acredita nesse sonho.
    O Brasil precisa urgentemente de um imposto único taxado na fonte na hora da compra e só, assim vc vai saber exatamente o preço do produto e o valor do imposto, mas só com o fim do esquerdismo, socialismo e socialismo Fabiano que isso irá acontecer, por isso precisamos urgentemente de alguém de Direita Liberal economicamente com ênfase em enxugar o Estado, desoneração da cadeia produtiva, livre comércio, apoio e facilitação da livre iniciativa

  • Celso

    De qualquer modo, isto seria uma renúncia fiscal. Mas isso é uma distorção, uma burocracia. Se for para gastar mais dinheiro com os professores, aumente seus salários, vai dar na mesma para o governo. Além disso, isso seria uma vantagem só pra os professores que poderão comprar carros, os outros (a maioria) não vão ter ganho algum. É nova distorção que cria os professores mais privilegiados e os professores menos privilegiados.

  • Túlio Carmo

    Sou da área de educação e mesmo vendo benefícios pra categoria sou contra essa proposta. Pois uma vez que uma parcela da população será beneficiada pela isenção, é certo que o restante dos brasileiros terá que arcar com esse buraco fiscal. Essas medidas voltadas para um grupo social ou profissional não funcionam porque no final a divida é sempre dividida pra todo mundo. O mais certo seria o que muitos já disseram aqui, fazer uma profunda reforma fiscal de modo a reduzir o peso dos tributos pra todos…

  • Rudi S Junior

    Nada contra os professores, mas totalmente descriminatória, totalmente injusto contra os outros. Dificilmente passa.

  • Cmenusi

    Ao invés de melhorar os salários dos professores, o transporte público e a segurança, vamos dar redução de imposto ao professores para eles comprarem carros, saírem das “zonas de perigo” e ir trabalhar de carro… tá “serto” … boa Brasil…

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend