Fiat Hatches

Despedida do meu Fiat 500 Cult Dualogic

Despedida do meu Fiat 500 Cult Dualogic

Olá! Eu gostaria de relatar minha última viagem com o Fiat 500 que era da minha esposa e também minhas impressões gerais sobre o carro depois de uma convivência de um ano e meio com o pequeno Fiat. As mudanças nem sempre são fáceis, as despedidas menos ainda.


Ainda me lembro de quando passei um tempo fora do país. Minha vida mudou duas vezes, uma na ida e a outra na volta. Você precisa se readaptar, fazer as coisas de forma diferente, se comportar de forma diferente. Mas você sobrevive e aproveita bem as melhores situações de cada lugar, ou de cada carro. Por mais marcante que os lugares sejam e por mais marcante que seja o Fiat 500, que tem um design arrebatador e que não vai cansar nunca. É um carro que é clássico e moderno ao mesmo tempo, vai ser bonito sempre.

O Fiat 500 é um pequeno carro recheado de itens de segurança e conveniência mesmo nas versões mais simples. Este 500 que tivemos foi comprado por pouco mais de 44 mil reais e possui airbag duplo, ABS, controles de tração e estabilidade, rádio com bluetooth e comandos de voz e câmbio automatizado Dualogic. Ahhh, o câmbio Dualogic. Ele dá tranco? Só quando troca a marcha. Na verdade, se você tirar o pé do acelerador no momento em que o carro vai trocar de marcha você nem percebe a troca.

Despedida do meu Fiat 500 Cult Dualogic


É um carro manual, com um dispositivo para trocar a marcha pra você. O problema é que nem sempre você sabe quando ele exatamente vai trocar a marcha, nem sempre você quer que ele troque a marcha e muito menos quer ficar pensando nisso tudo quando vai de casa até o supermercado. Você se acostuma com o câmbio? Claro, mas isso não quer dizer que ele é bom, muito pelo contrário.

Mas por que ir ao mercado com um carro com o porta-malas limitado? Na verdade, os 180 e poucos litros dele até que são suficientes para nossas comprinhas semanais, mesmo quando compramos o pacote de água com 8 garrafas e o pacote de papel toalha no mesmo dia. Cabe tudo, pode acreditar.

E o melhor, você consegue estacionar facilmente o carro sem se preocupar se a vaga é muito estreita, porque o carro ainda vai ficar com um espaço bom para o carro ao lado. Essa é a melhor parte do 500: estacionar. Você não consegue ter uma noção exata do tamanho do carro, mas ele sempre cabe em vagas que você nunca conseguiria parar com outro carro e isso ajuda bastante numa cidade como São Paulo quando você quer jantar fora numa noite de sexta ou sábado.

Despedida do meu Fiat 500 Cult Dualogic

Para o uso urbano, eu acabava escolhendo o Fiat 500, é um carro muito indicado para o trânsito das grandes cidades, tanto pelo seu tamanho como pela direção ultra-leve – é possível movê-la com a força de um dedo indicador. Pena que ele não esteja tão preparado para o pavimento das grandes cidades.

O 500 é confortável como sentar no chão de cimento. Ele sente bastante qualquer imperfeição, qualquer buraco ou desnível. E vem com um sistema que lhe avisa dos buracos e imperfeições: os barulhos. Pra quem elogia a montagem mexicana, fica aqui o alerta. Aprenda a viver com barulhos. Voltando pra suspensão, ela é voltada mais para a esportividade, aliada aos pneus aro 15 nesta versão Cult, ela segura bem o carro em curvas. Só não exagere porque ela não faz milagres.

Minha despedida com o 500 foi numa viagem para Cerquilho, no interior de São Paulo. Saí de Barueri e rapidamente estava na Rodovia Castello Branco, famosa por suas extensas retas. No trecho de pouco mais de 100 km, andei na maior parte do tempo a 120 km/h, velocidade máxima da via.

Despedida do meu Fiat 500 Cult Dualogic

Despedida do meu Fiat 500 Cult Dualogic

O motor do 500 dá conta do recado, o desempenho dele não é esportivo, mas você consegue fazer ultrapassagens com relativa facilidade e consegue se manter veloz nas subidas. Recomendo aqui o uso da tecla Sport – ela deixa o motor um pouco mais esperto, o câmbio realiza trocas a rotações mais elevadas e a direção fica mais rígida. Ele faz o contrário que a tecla Econ faz nos carros da Honda – acho que quem define o que o botãozinho vai fazer é o departamento de marketing das empresas, de acordo com o apelo que eles querem que o carro tenha.

Apesar de dar conta da viagem e de contar com um sistema de segurança completo, eu não consigo me sentir seguro com o 500. Ele sofre muito com o vento, balança demais a velocidades mais altas e a rotação fica muito elevada a 120 km/h, já próxima aos 4000 rpm, o que torna o carro bem desconfortável nesta condição. E menos econômico também. A Fiat calibrou a suspensão para a estrada e ajustou o conjunto motor/câmbio para a cidade. Muito bem!

Despedida do meu Fiat 500 Cult Dualogic

Esta última viagem com ele me mostrou como a presença de diversos itens de segurança pode ser muito relativa. Afinal, não vou usar o controle de estabilidade na cidade a 50 km/h e a presença dele não transmite segurança ao carro na estrada. O controle de tração com frequência é acionado em valetas e lombadas, mas duvido bastante da necessidade dele nestas condições – afinal nunca perdi o controle do carro saindo a 10 km/h de uma valeta… Se um dia isso acontecer comigo não vai ser o controle de tração que vai impedir.

O espaço é interno dele é muito bom pra quem vai na frente. Mas se você levar passageiros atrás com certa frequência, apenas compre o 500 caso você não goste e tenha bastante raiva dos seus convidados que vão atrás – eles irão sofrer! O acabamento interno é simples, com materiais rígidos e bancos de revestimento simples, mas é de muito bom gosto e com detalhes que deixam o carro mais sofisticado do que ele realmente é.

Despedida do meu Fiat 500 Cult Dualogic

Despedida do meu Fiat 500 Cult Dualogic

Despedida do meu Fiat 500 Cult Dualogic

A despedida acabou sendo até fácil. O Fiat 500 tem qualidades, muito carisma, mas o comportamento dinâmico atrapalha em qualquer condição de uso. Mas deixa um pouco de saudade, admito. A garagem não é mais tão bonita, não temos mais tantos mimos tecnológicos e ficou mais difícil encontrar vagas na cidade. Mas o prazer em procurar estas vagas aumentou.

Por Carlos Giovanini

Despedida do meu Fiat 500 Cult Dualogic
Este texto lhe foi útil??

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email