_Sem Categoria

Direto do Japão: leitor comenta sobre os preços do outro lado do mundo

toyota-corolla-allion-japao-1-620x465 Direto do Japão: leitor comenta sobre os preços do outro lado do mundo

Olá amigos leitores do NA, tudo bem com vocês? Meu nome é Oseias Passos e moro aqui no Japão há 11 anos com minha família. Nos últimos anos temos visto uma grande explosão de informações no setor automotivo pelos pequenos e grandes meios de comunicação tanto em TV, Revistas, Internet, entre outros. Com isso, o povo brasileiro tem chegado ao conhecimento de muitas coisas que a anos atrás não sabiam, até mesmo aqueles que não estão no país como é o meu caso e muitos outros pelo mundo a fora.



E nós que estamos longe a cada dia ficamos boquiabertos na questão dos preços abusivos dos veículos brasileiros pois quando comparados com carros nacionais aqui do Japão ou de onde a pessoa estiver veremos que é uma diferença gritante! Quero relatar para vocês o que é estar em outro país.

Aqui na terra do Sol Nascente tudo é mais acessível pois o poder aquisitivo nos dá condições para termos praticamente tudo o que quisermos. Aqui já encontro um dos pontos de indignação pois você há de concordar comigo: se você está em um país onde tudo é mais alto como custo de vida, salário, entre outros, tendo em vista que estamos falando de um país de primeiro mundo, a lógica seria termos preços de veículos também lá em cima não é? (a não ser que eu esteja errado!) Mas o que surpreende é que essa regra não acontece pois mesmo assim os preços daqui são totalmente acessíveis.

toyota-corolla-allion-japao-2-620x465 Direto do Japão: leitor comenta sobre os preços do outro lado do mundo

Veja bem, um trabalhador operário em fábricas, o que aqui nós “carinhosamente” chamamos de “peão de fábrica” poderá adquirir um Corolla, o mesmo que vocês tem aí no Brasil? Não. Estou falando de “O Corolla”, que aqui tem o nome de Allion, com Air Bags pra todo canto, materiais usados no acabamento interno de alta qualidade, completão como vocês dizem aí, enfim, um carro que (aqui) é como se fosse um popular do Brasil, mas completão, iria pagar nele 2.398.500 ienes (52.050 reais). Agora vamos pegar a versão mais cara aí do Brasil: o Corolla Altis 2.0 Flex com bancos de couro, automático, paga-se nele 85.000 reais! Alguém poderia me explicar o porquê?

Vamos pegar o Camry e compará-lo? Vamos lá: aqui o valor de um Camry Híbrido é 3.820.000 ienes (82.894 reais). Já no Brasil 146.650 reais. E olha que se for na Paraíba segundo a observação do próprio site da Toyota o preço sobe para 157.129 reais. Até parece brincadeira, ou uma pegadinha, mas acredito que não é.

toyota-corolla-allion-japao-3-620x465 Direto do Japão: leitor comenta sobre os preços do outro lado do mundo

Bem, agora vamos a uma comparação em termos de valores no que eu compraria aqui e aí? No Corolla Allion que citei acima aquele valor é o top de linha, porém o valor de entrada desse carro, que também é completão, é de 1.700.000 ienes (36.890 reais), mas se eu pego esses mesmos 1.700.000 ienes e mandou para o Brasil, comprarei um Gol 1.6 I-Motion. Que ironia.

Ou então vamos inverter? Se eu mando os 146.650,00 reais do Camry do Brasil aqui para o Japão, convertendo esse valor para ienes teremos 6.750.000 ienes, e com esse valor eu compraria um Crown Majesta 4.6 DOHC V8 automático de 8 marchas, que é um carro da elite japonesa. Geralmente são empresários, donos de fábricas, enfim, é uma nave que se compara a grandes marcas onde o requinte e sofisticação estão presentes. Acredito que aí custaria uns 300.000 a 400.000.

toyota-corolla-allion-japao-4-620x465 Direto do Japão: leitor comenta sobre os preços do outro lado do mundo

toyota-corolla-allion-japao-5-620x465 Direto do Japão: leitor comenta sobre os preços do outro lado do mundo

Pois bem, a minha pergunta é: Onde vamos parar? O Brasil é um país onde se ganha pouco, e para tentar disfarçar essa realidade, facilitam o crédito para a população, mas na verdade é tudo para camuflar a roubalheira que fazem diante de nossos olhos pois aí impera aquela velha história do “Se colar colou”, ou seja, fabricam os carros ou então mandam eles para o país e é colocado o valor que bem se entende.

Porém acredito que grande parte dessa situação é culpa do próprio consumidor, pois mesmo com preços absurdos, pelo que lemos, formam-se filas nas concessionárias, e o que está em cima se incha de lucros e a população se incha de dívidas por querer desfrutar de algo que “acredita-se” ter qualidade e segurança.

Galeria de fotos do Toyota Crown Majesta do Japão

Um dia estaremos retornando ao Brasil, mas temos um certo medo de chegarmos aí depois de tantos anos fora do país e não conseguirmos adquirir algo de qualidade como vemos aqui! É certo que teremos em mente que não estaremos em um país de primeiro mundo, mas o que realmente é inadmissível é o fato de nós como brasileiros aceitarmos tudo o que nos é imposto.

Se continuar dessa forma logo estaremos em um futuro não tão distante pagando 70.000 ou 80.000 reais em um carro popular peladão, e não estaremos fazendo nada a respeito, pelo contrário, como tem acontecido hoje em dia, vão haver filas e mais filas para se adquirir o tão sonhado “carro 0km”, mas não importa não é?! Eles facilitam…

Atenciosamente,

Oseias B. Passos

  • Diggo

    O que impressiona é o acabamento interno primoroso, nada de frescura, mas muito bem acabado.

    • Só não concordei com o ponto de dizer que aqui no Japao o custo de vida é alto. Pelo que eu li, o autor está aqui no Japao há 11 anos. Creio que ele está comparando com o Brasil de 11 anos atras, e diz que o custo de vida do japao é alto. Eu acho tudo baratooooo quando eu comparo com o Brasil de hoje.

      Comida pronta (tipo marmita de luxo no Brasil)
      Japao R$8,00 reais VS Brasil R$25,00 reais

      Lula, Camarao, Peixe, Mariscos
      Japao R$3,00 reais VS Brasil 10,00 reais

      Restaurante
      Japao R$16,00 reais VS Brasil 40,00 reais

      Hospital tambem é bem mais barato que o Brasil. Paguei nas ultimas vezes uns R$70 reais. No Brasil a mesma coisa eu paguei ano passado R$250 reais.

      Ah claro, no caso os preços que citei é em relação a Sao Paulo.

      • Diggo

        Acho que ele falou pra manter um veículo… eu tenho amigos que vieram fazer intercâmbio que disseram que é muito caro manter um carro, por isso optaram por não ter.

        • gabriel

          e digo mais
          restaurante japones no brasil: R$100
          restaurante japones no japão: R$10

          • Leandro1978

            Que diferença, né? Mas deve ser difícil encontrar um restaurante japonês no Japão…rs…

        • marcelpo

          Amigos jovens e com pouco dinheiro porque vieram do Brasil….

          • Diggo

            Não entendi…

      • Neanderthal_Man

        lucrobrasil, não é bem assim. Se vc paga shakai hoken sabe que é uma bela facada no seu salário. Imposto residencial também é um valor altíssimo. E as contas de água, luz e gás? Tiram pelo menos uns 150 dólares mensais do salário. Eu com minha esposa nunca conseguimos "passar o mês" gastando menos de 1500 dólares/mês. Isso é um custo de vida alto.

    • Luis Otavio

      A questão é muito simples. No Japão o povo é muito pobre, por isso tudo é barato. No Brasil só tem rico, alfabetizado, pessoas bem alimentadas e bem nutridas. Agora, falando sério. Não é somente a carga tributária que é alta. Sim, é alta, isso é fato, mas é a lógica do mercado. Pessoas fazendo fila para combrar HB20 por R$32.000, como se fosse o último frasco de água no deserto. Demanda > oferta = LUCRO + LUCRO + LUCRO BRASIL.

      • Murilo

        Cara. Não sei se o rapaz que escreveu o texto mencionou nem li os comentários abaixo também… Mas existe um tipo de documentação que te habilita a possuir um veículo no Japão e ouvi dizer que este encarece um pouco o valor final da compra ! Não sei se tem que ser renovado anualmente… não sei…. mas parece que no Japão tem limite de carros por pessoa ou família também. Agente compara muito com estados unidos mas na austrália o carro é bem caro, na Malásia acho que os preços são até piores que os daqui. Não to defendendo ninguém. Mas temos que deixar de pensar que somos o centro do mundo pq não somos e pq existe um sistema muito bem estabilizado quanto aos preços. Acho ridículo é a qualidade dos carros vendidos aqui porque se formos analisar os outros países mais caros que os EUA pelo menos mantém sua QUALIDADE ao invés daqui que até carros importados são o resto do que é produzido lá e nos é vendido como se fosse um produto fiel ao seu mercado, coisa que não acontece, já que penso que eles mandam os importados 0km apenas os carros mais zoados lá deles. Se estiver enganado alguém me corrija!

      • Murilo

        Cara e ainda te digo… aqui no Brasil nós temos uma cultura voltada para o aumento dos preços ao contrário de outros países devido ao laboratório monetário que tivemos durante o período ditatorial com a mudança de moeda constante na tentativa de burlar muitas falhas. A aparente estabilidade e congelamento de preços advinda com o plano real em 93/94 não mudou em nada a nossa realidade… Tanto que se você analisar vai ver que o atual pib do brasil simplesmente é MASCARADO… o nosso pib em 94 se não me engano era de 200BI de dolares americanos e hoje ta na casa dos trilhões… tipo… é uma alienação total.
        Aqui no Brasil infelizmente os espertos mandam… o cara não cobra visando uma margem de lucro … ele cobra sabendo o QUANTO vc pode PAGAR… isso é um ato criminoso mas aqui é praticado em toda esquina… coisa cultural… e é foda porque isso corrompe as pessoas meio que subconscientemente digo eu… agente vai vivendo isso e ao longos dos anos é uma coisa já enraizada… querer tirar vantagem… o máximo de tudo…

  • Carlos

    Agora fiquei curioso, porque a única exceção é a paraiba?

    • Geanmatheus

      De duas uma: Maior carga de impostos desta região ou problemas de logísitica.

    • lunadefrança

      Trata-se exatamente do que o colega Geanmatheus previu: Carga de impostos superior. O atual governador tem criado algumas leis estaduais RIDÍCULAS que aumentam a carga tributária para determinados produtos. O excelentíssimo estava fazendo cobrança de imposto duplicado (através de lei estadual) sobre compras pela internet e algumas peças automotivas, o que foi desfeito no STF alguns meses atrás…

  • Brasileiro

    Só reafirmou o que todo mundo já sabe, aqui no Brasil, somos feitos de palhaços mesmo!

    • shdn2010

      Logico, tem uma par de gente que ganha bolsa-família, bolsa craque, bolsa-falcatrua, ai ficam quietos e o brasil que se dane. Se for parar e analisar, é melhor ser corrupto e bandido neste país, os errados tem mais leis justas e ganham mais do que nós que se ferramos de trabalhar como camelos. Olha os presos as mordomias, comida solzinho, telefones celulares, alguns até conseguem administrar as "empresas" perfeitamente de dentro dos presídios. Enfim, Brasil, país de tolos. Cada dia que passa sinto mais decepção de ser brasileiro, mas fazer o que como diz o velho ditado popular, nunca desistimos….. de sermos enganados.

      • Louis

        E a família do preso ainda ganha $$$$ pra se "manter"… aqui é o fim do mundo…

        • Jymonotaka

          Eu acho muito útil a família do preso ganhar dinheiro. De repente era o bandido que sustentava a família, imagina que o preso tem um filho que agora vai ter que arranjar dinheiro pra se sustentar, com o exemplo do pai, pra bandidagem é um pulo, de repente com essa ajudinha a família consegue sobreviver.
          Muito bonito ficar reclamando de bolsa família e tals mas nem ao menos parar pra pensar, ou dar uma pesquisada na internet pra ver um pouco mais de opiniões sobre. Sou a favor do bolsa família, tem gente que não consegue se sustentar sem, mas eu acho que o bolsa família deveria cobrar que os beneficiados fizessem algum curso gratuito de como se organizar financeiramente. Não adianta nada jogar o dinheiro na mão das pessoas, virar as costas e a pessoa nunca melhorar de vida porque continua gastando de forma errada. Ai o resultado é aquele do youtube, a mulher falando que recebe bolsa família faz mais de 8 anos e não consegue comprar uma calça pra filha dela porque "Uma calça pra uma jovem de 16 anos custa mais de 300 reais", que isso cara?! Que diabos de calça é essa?

    • Mas Brasileiro, se você sabe que é feito de palhaço porque não muda? (ironia)… kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • elio

        pois é… o povo reclama, reclama, mas basta qualquer montadora dizer que vai lançar um novo carro, ou mesmo uma nova versão, ou coisa do tipo, e muitos saem logo correndo pra trocar de carro, querer a "novidade", que muitas vezes só vem com um novo desenho da porca da calota, ou mesmo do volante, vide o exemplo do celta.

  • Carlos

    Tripa 190km

    • ocduarte

      Trip A (Viagem A). Trip B, Trip C…

  • Marcos

    Coisa linda o interior desse Crown Majesta… o do Corolla Allion também não é nada mau. Oseias B. Passos, se eu fosse você, ficaria aí no Japão… B)

  • brunoly_bh

    O pior da história é ninguém fazer nada contra isso, é de doer…

    • Geanmatheus

      Começaram a fazer manifestações na época da copa da confederações. Engraçado que quando terminou, terminaram as manifestações, mostrando que eram totalmente oportunistas.

      • jp2

        elas continuam, porem perderam destaque

        • Neanderthal_Man

          "O Gigante Acordou" foi hilário de ler nos cartazes.
          Acordou, agora falta escovar os dentes, tomar café e ir para a escola.

      • godelemos

        Saíram milhares nas ruas manifestando contra 20 cents de busão, mas ninguém é capaz de manifestar contra a carga tributária sobre os automóveis, o não incentivo do governo aos carros "verdes", o preço do combustível. É ridiculamente incrível como a gente aceita a farra do automóvel calados… Quanto aos carros "verdes" eu tenho vontade de dar porrada em político!!!

        • Paulo Júnior

          Você acha mesmo que os preços dos automóveis é tema para prostesto? haha

          • godelemos

            Não, não acho! Por isso mesmo em momento algum eu argumentei sobre fim, mas sobre os meios…

        • O país em que vivemos é tão hipócrita, que o peão prefere pagar 3 ou 4x mais caro em algo do que protestar.
          Pense bem, seria taxado de pobre, barraqueiro, miserável ou pão duro, e como já sabemos, a opinião dos outros é o que rege as ações do povo no Brasil, se não fosse assim, não comprariam carro com agio, sem testar, nem ver o carro etc etc etc.

  • daniel.a.o.

    Eu fico indignado toda vez que leio coisas do tipo. As manifestações têm de continuar a ocorrer em todo o país. Não sei uma forma, mas tem de se inventar um jeito de fazer o mesmo com as fábricas/montadoras/concessionárias. Claro, o jeito é não comprar, no entanto, quando se precisa de uma coisa, é necessário adquirir. Uma pessoa que trabalha e se esforça quer comprar algo bom(pelo menos novo) e acaba por ter de se submeter à essa situação do mercado automobilístico brasileiro. Eu quero um carro novo, mas está difícil encontrar um que tenha um preço e qualidade descentes.

    • Louis

      Não acho que manifestações como vimos vão mudar algo por aqui.

    • dougkmt

      Não sei até que ponto o protesto funcionaria com os preços dos carros no Brasil. Imagine uma multidão nas ruas protestando sobre o preço de um Civic ou Corolla realmente seguros ultrapassar os R$ 70.000? Claro, foi só um exemplo, mas o que quero dizer é que tem tantas outras coisas para se protestar antes dos preços dos carros. :p

      Acredito que a "revolução" do mercado ocorreria se o foco fosse na educação, desde as crianças e adolescentes. As auto-escolas deveriam ensinar o que é o ESP, diferenças de uma derrapagem com e sem ESP, TCS, o porquê de vários AIRBAGS, mostrar todos os vídeos do LatinNCAP, EuroNCAP, IIHS. Quando eu vir uma cena de novela do pai ensinando seu filho sobre as diferenças de um carro seguro para um carro pelado, aí eu começo a ver mais TV. Hahahaha

      • saosao

        Na verdade o alto preço dos carros é o sintoma da doença. Se vc for ao médico da esquina e reclamar do sintoma, ele vai te receitar um remédio para passar a dor. NO caso dos carros, te dão insulfilm grátis ou a primeira parcela do IPVA. É a mesma coisa.
        A causa está dentro do corpo humano, seja orgânico ou psicológico, mas a verdade é que a causa está dentro do corpo humano. Obviamente que para curar uma doença não é só abrir e tirar o tumor, tem que cuidar de tudo, pressão, batimento, sangue, etc. Então, a causa dos preços altos não está na concessionária, mas no governo com seus impostos, má utilização dos lucros e por deixar as empresas deitar e rolar sobre o consumidor.

        Não entenda como insulto, mas enquanto as pessoas acreditarem que somente Honda (Civic) e Toyota (Corolla) são exploradoras, estaremos muito, mas muito distante da solução.

      • Edson Roberto

        Eu acho que a educação tem que ter outras vertentes…. conhecer dispositivos de segurança em um carro vai com otempo. Se tivessemos a volta de politica como materia (sim já foi um dia!), ingles de qualidade, frances (sim, já tivemos também) e pudessem até colocar na grade espanhol…. sim poderiamos nos dar bem.

        Eu acho que tudo vem da educação e tudo que cerca isso, é o que faz o crescimento do país. Mas enquanto houver o interesse pela progressão continuada e ninguém questionar acerca disso, formaremos uma grande massa de ignorantes antes de tudo (e posso dizer que eu participei disso, apesar das minhas notas realmente serem reais para que eu pudesse seguir em frente).

      • DougSampaNA

        mas é só protestar na frente da Anfavea, vai dar mídia na mesma hora!

    • Jymonotaka

      Bom, a gente poderia tentar protestar contra os carros sem segurança aceitos no Brasil, só não ia dar certo pq a maioria tá que se dane pra segurança, outros que tem carros inseguros desconhecem o assunto e aceitam a opinião tosca de que isso é tudo mentira para dizer que seu carrinho é de qualidade. Outros ainda iriam dizer que a gente é idiota e que isso só ia fazer o carro ficar mais caro.
      Talvez o certo seja protestar contra o alto valor da importação, mas surgiria gente falando que é um protesto de burgueses revoltados que querem comprar carros de luxo importados mais baratos.

  • morato555

    Outra coisa q colabora com o que foi dito em cima é que aqui as pessoas tem mania de pagar mais caro pela marca de preferencia pessoal ou familiar, mesmo tendo um veiculo da mesma categoria de outra marca bem mais barato e até mais completo. Vai intender.

  • Leandro1978

    E agora o governo está todo "pomposo" com a melhora do IDH… O problema é o consumidor aceitar. Temos muitos exemplos de modelos que chegaram bem caros e, com vendas abaixo do esperado, tiveram seus preços diminuídos. E não vale só para carros. TV e smartphones , p.e., chegam com preços altíssimos e, após passar a "temporada" de lançamento, seus valores diminuem assustadoramente. Para piorar ainda há o alto imposto, que, piorando ainda mais, é mal utilizado. Eu, infelizmente, perdi as esperanças neste país. Adoro, há lugares muitos bonitos, mas não vejo mudanças (por mais que o tal do IDH aponte melhoras). Mesmo com estas manifestações. Vão alterar as coisas para manter o "status quo".

  • mdscom

    Bla bla bla. Essas comparações de preço enchem o saco.

    • ZEKINHA71

      Então não leia e pague o triplo pela metade de um carro.

      • mdscom

        E quem ler vai ganhar desconto na compra do carro?

        • ZEKINHA71

          Com o derretios funcionou,leram que o carro não valia do o que estavam pedindos e tiveram que baixar o preço para desencalhar, o C3 já tem couro gratis em todos os modelos e logo devem abaixar uns 3k a versão de entrada, os "chinas" também já estão começando a cobrarem o que realmente vale. Mas infelizmente enquanto existir fan boys de Gol, Celta, Uno que defendem até a morte fica difícil. A Trailblazer (nome nome mais feio) também já baixou bastante porque viram que não valia tudo aquilo.

          • mdscom

            Realmente o preços dos carros que você citou abaixaram, mas mesmo assim continuam custando o dobro do que custam lá fora. Eu acho totalmente válido o consumidor deixar de comprar um determinado produto para forçar a queda do preço. Agora, ficar fazendo essas comparações ridículas entre Brasil e Japão, Brasil e USA, não tem o menor sentido.

            Um tênis Nike custa $ 60,00 nos EUA, aqui custa R$ 250,00. E aposto que todo mundo aqui já comprou um Nike e não ficou reclamando do preço.

            • saosao

              Só como fundamento do seu argumento de que não faz sentido comparar preços entre países, pois é preciso comparar impostos, lucros das empresas e salário. Só aí podemos ter alguma conclusão plausível, senão é merca especulação e assunto para bar.

            • Edson Roberto

              EU nunca paguei esse valor seja em tenis, sapato ou mesmo em chinelos.

              Entretanto fui em um CONCORRENTE e paguei metade. Perante o que o concorrente me ofertou (Reebok) não tenho porque me arrepender de não ter comprado um Nike. Gosto da marca Nike, mas enquanto ela ficar em um pedestal achando que seus produtos valem ouro, eu não serei consumidor da marca.

              É uma simples escolha e mudança que fazem a diferença. Isso vale para qualquer coisa. Só que no Brasil o consumidor não toma esse tipo de partido e podemos colocar que se 10% da população faz isso é muito. Tudo é mais voltado ao "cabe no bolso" do que exatamente uma pesquisa.

              Alias, para minha casa está assim também… os produtos são caros e tenho de escolher o que for me servir melhor, mesmo que esse seja um dos mais caros (porque as vezes é melhor gastar mais com qualidade) tendo bom senso.

          • saosao

            Ah então vc acha que somente o Etios não valia o preço? HB20, Gol, Palio, Punto, Sonic, Ecosport, Cruze, Corolla, Jetta, Fusion, Accord, Azera, Classe A, A1, V40, ix35, Edge, A4, Mini Cooper, Camaro, Evoque, Cayenne, Panamera e Ferrari valem né?

            Pelamor… essa briga de preços entre consumidor x Etios foi exatamente a mesma coisa que aconteceu em manifestações x Governo. Ou seja, o povo não comprou, Etios baixou um pouco o preço. O povo foi à rua reclamar, a Dilma montou um plebiscito.
            Em ambos os casos a solução foi "pega-trouxa".
            Eu só vou achar um carro barato quando um Cruze top custar R$50 mil. Agora o povo quer reclamar do preço do Etios, carro para terceiro mundo? fala sério né…

            • ZEKINHA71

              Eu não acho só o derretios caro, acho todos inclusive os que você mencionou, mas vai criticar um Corolla, só faltam te bater pelo monitor. O povo aqui é tão sem noção que só foi sair algumas fotos do novo Corolla que ninguém sabe qual vai ser vendido aqui e já teve um monte que gente falando que já vai encomendar, e vai vir por 100K mais o ágio e fila que vai ter, já estão até chamando de exterminador de Civic. Aí fica díficil querer ter um preço digno. Gostaria de ter um carro 0Km pra ver a kilometragem crescer. mas do jeito que está, nem em sonho penso em passar em uma ccs e comprar um. Só usado mesmo, pelo menos perco menos logo de cara uns 20%.

              • saosao

                Mas o que eu mais vejo em todos os foruns é que o Corolla não vale, que é carro de entrada, que não presta, que Fluence é melhor, etc. Não ligo de criticar o Corolla apesar de gostar muito do carro, mas concordo com o cara lá em cima, de que parece que a birra é só com o Corolla, e que se ele sumir do mundo as coisas se resolveriam.

    • suguii

      Simples… não leia, oras!

    • RTEC29

      AFAVEA MAN

    • fabioalisson

      Não leia e continue sendo enganado, comprando carroças a preço de ouro, ou carro médio à preço de carro de elite do primeiro mundo…

    • Comentários assim, também.

  • Maycon102

    Engraçado que sempre as comparações do que é popular lá fora e aqui sempre são focados no Corolla, por acaso lá fora só existe Corolla para comparar preço? Honda, GM, Ford seus sedans lá fora são de luxo e o Corolla não? Por acaso no Japão um Civic tem o mesmo preço praticado aqui?.

    Foi tempo que se discutia sobre preço aqui e lá… Isso não agrega nada, não ajuda nada, porque até que eu saiba os 200 milhões de Brasileiros daqui não podem trocar de país só porque lá onde o vento faz a curva algo é mais barato. Será que é impossível fazer uma comparação de preço em um todo, com outros carros de outras marcas?…
    A revista Forbes com aquela matéria do Jeep vendido aqui foi bem mais imparcial, porque é um carro que vende pouco aqui e nem briga no seguimento. Quase 4 mil clientes de Corolla todos os meses, e sabe de uma coisa eu acho que os proprietários estão pouco se lixando se lá fora o carro é mais barato, existe um grande leque de opções na categoria e a Toyota não esta colocando uma arma na cabeça de ninguém obrigando-os a compra.

    Fica a dica ai, qualquer carro Brasileiro é mais caro que qualquer outro lá fora, então vamos tentar falar de outra marca também e parar com essa perseguição inútil com a Toyota. Quem acompanha o NA por muito tempo sabe que não é a primeira matéria sobre o preço do Toyota.

    • ocduarte

      Acredito que o pertinente na matéria é comparar carros fabricados no Japão com os fabricados no Brasil. Poderia citar o Civic, o Fit, mas o resultado seria o mesmo. Não vejo motivo prá essa celeuma toda em torno do Corolla, seja contra ou a favor do mesmo. A crítica deve se dirigir ao fabricante, ao nosso sistema tributário, aos nossos governos e às nossas leis estúpidas.

  • iamdix

    È so não comprar o tal carro que consideramos caro e pronto ….que fique no patio que o preço vai baixando aos pouco

  • dougkmt

    O que fiquei curioso é o custo para manter um carro no Japão! Será que é melhor, equivalente ou pior que no Brasil? Sempre ouço histórias que os japoneses (ou moradores de lá) se livram das coisas, para a troca pelo novo. Por que acontece isso? Fica caro manter um usado? O usado não tem valor de revenda? Alguém pode explicar estas questões?

    No mais, boa matéria. É assim que vemos como o Brasil está atrasado em relação a um país de primeiro mundo, quando o assunto é carro.

    • Viníciusk

      Um colega de serviço de meu pai que tinha família no Japão um dia explicou porque eles jogam fora as coisas usadas. O motivo é simples: o poder aquisitivo é tão, mas TÃO alto, que qualquer um pode comprar o último equipamento/carro/dispositivo lançado pela indústria.

      Assim, quem vai querer um modelo ultrapassado?

      • Leandro1978

        Alguns conhecidos trabalham ou trabalharam lá e falam que o conserto é muito caro. Compensando comprar um novo.

        • Viníciusk

          Já ouvi isso sobre o conserto ser caro. Imagino que possa ser uma maneira de incentivar o consumo de novos produtos, devido ao poder aquisitivo que possuem por lá.

      • Verdade, já vi um documentário na TV Cultura, onde existe um "Cyber-Lixão" com computadores, impressoras e celulares que aqui ainda são medianos.

        • Neanderthal_Man

          Sim, tem muito disso mesmo. Mas uma vez em solo japonês nem se pensa em mexer nesse tipo de lixão (geralmente do lado de fora das lojas) pois dentro da loja se compra um produto de 1a qualidade por preço acessível. Deixa o lixo para os gatos e moscas.
          Um exemplo: comprei em 2010 um notebook com tela de 17", processador core i5 e blu-ray. Preço na época? O equivalente a 1400 reais. Hoje deve estar bem mais barato.
          Sobre os kei cars, se for comprar um usado é possível comprar com o que vc carrega na carteira. Se acha este tipo de usado por 500 dólares. Mais barato que meu notebook…

          • dougkmt

            Hahahahhaha! Parece piada, né?!

            500 USD por um Kei Car?

    • Maycon102

      ótima questão! boas perguntas mesmo, se alguém sabe a respeito seria ótimo falar pra gente aqui.

    • ZEKINHA71

      Eu sei que no Japão o carro com mais de cinco anos passa a pagar um importo altíssimo. Minha prima mora lá desde 82 e ela compra carro usa uns quatro anos e depois manda amassar. Não tem mercado pra carros comuns de uso diário com mais de 5 anos, então vc leva seu carro até um "desmanche" paga uma taxinha e amassa totalmente o bichinho, vira a esquina e compra outro novinho. Toda vez que ela vem pra cá manda destruir seu carro, já foram vários Civics e Corollas, hatchs, sedãs e peruas, mais um monte de modelos que nunca foram vendidos aqui.

      • Maycon102

        Caramba é uma coisa de outro mundo mesmo kkk amassar um carro aqui só em sonhos.

        • dougkmt

          Aqui a pessoa compra o carro já pensando na revenda. Imagine falar pra pessoa amassar seu carro com 3 anos de uso? Kkkk"

    • Moita

      No Japão, o imposto sobre os automóveis recebe o nome de "xaquem", até onde sei o carro zero km não paga imposto, após um determinado tempo de uso, acho que 2 anos, tem-se que pagar o imposto, mas diferente do Brasil il, o imposto nada mais é que uma revisão do veículo, reverte em proveito do proprietário, passa a tornar-se dispendioso manter um carro no Japão por muito tempo pois a medida que o carro fica mais velho, as revisões se tornam mais caras, pois quem impõem o que deve ser feito nessas revisões são as autoridades responsáveis, e geralmente eles pedem para trocar tudo, só motor que fica, por isso é mais fácil trocar o carro por um novo, e se não houver o selo no carro de que houve as determinadas revisões o carro não pode circular. Se eu estiver errado me corrijam!

    • Edson Roberto

      Doug,
      Ao menos o saudoso Joao Paulo Vizioli me deu um pouco de visão sobre isso. Na verdade é assim: Os preços do carro como citado na noticia dependem do porte e o que ele representa. Geralmente, para quem precisa de um carro para se locomover ou principalmente trabalhar com o carro, compra kei car. Esses carros são mais do que suficiente para ir de um ponto a outro. As pessoas no Japão praticamente alugam um carro (e a placa) maior para que possam viajar.

      Para se ter ideia, o proprio JP, comprou um Kei car por menos R$10000. Agora a pergunta de se manter é simples: Há carros onde há ofertade reposição de algumas peças e caso o mesmo não tenho como manter não vale a pena vender, pois é quase de graça e no fim mandar reciclar o carro é mais vantajoso do que revender o carro. Posso estar errado, mas é isso que ele me disse. Inclusive ele tem um carrão da Toyota (Mark II) com um motor Biturbo que ele pagou uma mixaria e tem tanta coisa melhor que os nossos carros que se torna incomparavel. Ele demorou para encontrar um em perfeito estado, mas quando encontra é só alegria. O legal é que lá também existe um incentivo de compra para carros novos o que faz os usados serem bem desvalorizados. (mas a questão é que o novo carro é suficientemente barato para que esse tipo de coisa ocorra).

  • Winri

    Nao vi perseguição nenhuma. Só entendo que o Toyota Corolla é um dos carros mais vendidos do mundo, por isso, vale a pena usar…

    • Maycon102

      Cara eu perdi as contas de quantas vezes isso se repetiu, e como você disse ele é UM DOS muitos que poderiam ser citados, só que esses outros nunca são falados.

      • saosao

        Eu te entendo perfeitamente e já tentei tirar alguma conclusão sobre isso.
        O que acho é que o ser humano gosta de torcer pelo que está perdendo e gosta de odiar o que está ganhando. Como no Brasil o Corolla é realmente o mais caro e realmente entrega menos, isso se agrava mais. Por isso as pessoas gostam de fechar um olho e olhar somente "o Corolla é o vilão da história, e o Civic logo atrás".
        Sou dono de um Civic e adoro os 2 Corollas que temos em casa, e já fiz test drive em Cruze e outros, e não os trocaria não.

  • TacodeSinuca

    Calma cara…..é que o Corolla é o segundo carro mais vendido do mundo, é um belo exemplo de carrinho mixuruca de entrada que os br br br hue hue hue fica babando.
    Por isso ele sempre é o exemplo preferido.

    • saosao

      Cara, Corolla é carro de entrada somente nos EUA. A realidade brasileira é beeeeeem diferente…

      • TacodeSinuca

        Sim sim…. mas 1 fatia de mortadela nos EUA que vc paga US$ 1.00 não deixa de ser mortadela porque pagamos R$ 50,00 pela mesma fatia aqui

        • saosao

          Mortadela é a mesma merda em qualquer lugar do mundo. Carro já muda de país para país e o seu conceito também. Nos EUA é carro de entrada da Toyota, no Brasil e no resto do mundo é sedan médio, mas aqui é mais elitizado.

          Um exemplo bem mais claro é a Havaianas, só que no caminho inverso. Aqui era um calçado "de entrada", foi para o resto do mundo, inclusive os EUA, e se tornou elitizado, muito mais elitizado que Corolla por aqui. Hoje a Havaianas mais barata aqui custa 23 reais. Lá fora nem se fala…

          • TacodeSinuca

            Quanto as havaianas , quando morei lá não vi nada de " Havaianas elitizada" por lá, no geral até o feioso do Crocs era mais caro.
            Olha ai tem por US$ 9.00 http://www.amazon.com/Havaianas-Womens-Top-Flip-B… havaianas

            Quanto ao "Corolla Elitizado" daqui é digino de pena, carro capado,cambio de 4 marchas, sem equipamento de segurança (ESP,ASR,6 AB) e ainda custa caro, desculpe mas não existe nenhum motivo para o preço que é cobrado, quem elitiza essa tranqueira é os "inteligentes" daqui, porque sempre vai ser um carro mortadela, aliais uma mortadela bem ruim, nem da Sadia é, pois a Mortadela deles é muito mais gostosa e fresquinha( lotado de equipamentos de segurança e a um preço justo) mas quem compra aqui quer comer essa mortadela de 2 categoria e arrotar peito de peru kkkkkk chega a ser engraçado.

            • yagogabriell

              ´E a primeira vez que vejo uma havaiana custando US$9. Geralmente ficavam entre U$20 e U$40, até no site estava esse preço.

            • Valdir Lima

              Corolla é um carro conceituado ao redor do mundo, mas vc insiste em compará-lo somente nos EUA, onde é carro de entrada.

              Outra coisa, todos os carros médios aqui são mortadelas, não precisa ficar toda hora mirando no Corolla, dá uma disfarçada as vezes citando outros médios.

              Só surgir o nome Corolla que esse TacoDeSinuca já se empolga todo para atacar. kkk
              Deve ter sido corno de um dono de Corolla.

        • Maycon102

          kkkk OMG até mortadela entrou na história kkkkkkk acabei de comer no pão, é foi quase 1 real uma fatia da boa kkk

  • Viníciusk

    "Sr. capitão? Solicito permissão para abandonar meu país!" rsrs

    Mas falando sério, não acredito que um dia vá mudar nossa situação. Pode até rolar uns descntinhos a lá Etios e I30, mas mudar mudar MESMO… nope.

  • RTEC29

    "Pra quê investir em inovações de produto do Brasil?
    Eles não vão produzir nada melhora lá, e vamos continuar vendendo"

  • MecanicoDigital

    Triste realidade do nosso país. Mas a culpa é nossa mesmo, e não adianta fugirmos dessa responsabilidade! Pois enquanto negarmos este fato, fingindo que a culpa não nos pertence, e não fizermos nada, aqueles que estão no "poder" continuarão nos explorando e nos extorquindo à luz do dia e assim, nada mudará.

  • Franciscochagas

    Porém acredito que grande parte dessa situação é culpa do próprio consumidor, pois mesmo com preços absurdos, pelo que lemos, formam-se filas nas concessionárias, e o que está em cima se incha de lucros e a população se incha de dívidas por querer desfrutar de algo que “acredita-se” ter qualidade e segurança.

    .
    Tirou a minha da boca!!! Por isso insisto e compra carro usado seminovo. E comprando a vista. Estou a gora a procura de um C4 1.6 2010, pra me abraçar. Não pago 50.000 em um carro que vai valer 25.000 apenas três anos depois, o preço que deveria valer como novo.

  • fabioalisson

    País de primeiro mundo e sério é isso aí. Valoriza-se o trabalho das pessoas, independente de ser um "peão" ou um executivo. Todos podem comprar bons produtos, qualidade, à preços acessíveis. É um cenário totalmente diferente do que encontramos aqui nesse lixo de país que é a Bananalândia.

    Quando se lê ou se ouve histórias como essa, ou até mesmo se conhece o primeiro mundo, dá desgosto de morar nesse país indecente.

  • ernesto

    vamos ver nas eleiçoes

  • hugogyn94

    La vem a fama da frase: "tenho nojo der nascido no Brasil".

  • tolot

    Caros da NA, exelente texto. Enquanto icautos pagarem mais de 40.000,00 reais em fiesta, sonic, gol, palio, punto, polo, onix, et cetera, as coisas não mudarão.

  • jathir

    pelo amor de deus, tu ta no Japão e vai voltar? PQ??????? mata saudade de férias cara, não faça essa loucura…

    • Oseias Passos

      kkkkk! você não é o primeiro que fala isso! kkkkk é de se pensar mesmo!!!kkk

  • ernesto

    tem 1 monte de brasileiros no exterior

  • ernesto

    concordo com o maycon

  • NeN

    Atualmente tenho 24 anos e recentemente estou interessado em carro, e virei blogueiro por causa que pretendo comprar meu primeiro carro no final do ano, inicio do ano que vem.

    E pelo que vejo, a tendência no Brasil que a situação está melhorando, só que lentamente comparando-se a outros países, tenho um colega que comprou um gol 1.0 sem ar condicionado modelo 2010 e pagou R$34000,00. Hoje consegue comprar o mesmo modelo que este meu colega comprou por R$30000,00 ou seja, uma diferença de preço nada mau de 4000,00.

    O Agile quando foi lançado, custava mais de R$45000,00 na versão LTZ, hoje já está abaixo de R$39000,00.

    Estes só são alguns exemplos, de vários que temos por aí, para cada ano que passa, ou eles equipam mais seus carros ou diminuem o preço (sandero completo já vi pro R$30000,00).

    Não adianta o lucro das empresas e impostos do governo não vão diminuir, mas o custo-benefício a médio e longo prazo está melhorando. Trocar de carro em 3 em 3 anos você já está vendo um leque de opções de lançamentos com novas tecnologias/opcionais e R$.

    Brasil não é país de primeiro mundo e não tem capacidade de ser devido a tanta falcatrua facilmente conquistada, mesmo tendo porte econômico de país de primeiro mundo e até mais do que muitos, mas que ao passar dos anos melhora isto, é verdade.

  • paulistadalapa

    Não adianta fazer comparativos de produtos se o grande problema no Brasil é o próprio brasileiro. Nação analfabeta, que ainda pensa em ostentar, em ser melhor que o vizinho… tem muita gente xucra que ainda pensa em tirar um maço de dinheiro do bolso e mostrar que tem alguma coisa. O Japão é um país com elevado nível educacional, o Brasil não tem escolas pública eficientes, o Japão tem saúde e transporte público, o Brasileiro ou anda enlatado ou pega sua carroça, saúde aqui é o SUS que dispensa comentários. Aqui ainda deverá levar algumas décadas para melhorar o nível

  • fschulz84

    Exatamente… Ainda existe o fator do brasileiro viver muito de imagem… Compra Nike porque "tá na moda" e não porque atende as necessidades. Sem contar aqueles que compram os produtos falsificados só porque quer "ostentar" aquilo que não tem.

    Aqui no Brasil, existe alta demanda de itens que "podem ser vistos" e isso acaba elevando o preço destes produtos já que a demanda é grande…

    Cada um sabe o que faz com o próprio capital, mas esta inconsequência acaba impactando também quem compra conforme as necessidades, pois eleva o preço de tudo para cima.

  • Fábio

    Olha, morei no Japão e trabalhei como engenheiro numa fábrica japonesa por vários anos, apesar do custo de vida ser menor, a vida no Brasil é mais tranquilo…O problema naquele país é o estresse, povo de lá é muito estressado e os caras não dão moleza, pagam melhor mas também arrancam o seu couro.
    Não é à toa que o índice de suicídio é alto no Japão.
    Enfim, se você tem escolaridade superior e for inteligente, no Brasil se vive melhor, agora se você for peão e vive de bolsa família, então se puder, vá morar no Japão ou EUA, nestes países faltam mão de obra braçal.

    • Neanderthal_Man

      Índice de suicídio alto? Pois eu ainda prefiro escolher quando e se quero morrer do que deixar que os outros decidam isso por mim.

  • Marquinhos

    Estava vendo hoje, a TV Paga no Brasil é a 16 mais cara do mundo. Afinal, o que não é mais caro aqui??? Telefonia(custo da ligação), Eletrônicos, Carros, Perfumes, até Roupa de Marca aqui é o dobro. Não é a toa que a Brasileirada vai para os EUA e faz a festa, e tem que fazer mesmo, o iphone aqui é o dobro, até games aqui é um Absurdo. Até Banana no Brasil custa o dobro que em Nova Iorque.
    E olha a renda de um americano e veja a miséria de renda do brasileiro. Um cruze nos EUA custa 19 mil dolares, completão, 6 airbags, e no Brasil 79 mil filhão, ai vem 4% de IPVA (SP) , mais seguro do veículo e se você for ter que pegar estrada , ai esquece, é só pedágio , pedágio e para terminar . Estacionamento então , no Brasil é um roubo declarado, caríssimo.Vai comprar pneu aqui ? Se não tiver com exame médico em dia sofre infarto fulminante.

  • Marquinhos

    Alôoooooooooo Criançada o Circo Chegooooooooooou[youtube 4QYW6xXWXp4 http://www.youtube.com/watch?v=4QYW6xXWXp4 youtube]

    • flaviomm

      kkkkkkkkkkkkkk.

  • G951

    Parem de comprar carros até ficarem nos preços do exterior. Façam o teste

    • Maycon102

      Eu só compro semi-novo e acho que já estou ajudando de alguma forma. kk

      • Brunobrasil

        Não está. Carros usados são negociados com depreciação de um determinado percentual em relação ao novo. Ou seja, carros usados também são caríssimos no Brasil. E isso fica extremamente evidente quando vemos os preços de usados no exterior…

    • Viníciusk

      Parem de comprar remédios até chegar o preço do exterior.

      Parem de comprar comida até chegar o preço do exterior.

      Por favor, a saída não é essa. Isso é totalmente utópico!

  • Olha você vai me desculpar, mas não vi nada tendencioso contra a Toyota. Ela é a maior marca mundial de automóveis hoje, vende seus modelos em varios países do mundo, assim como o "Big Mac" é usado como base para comparações, nada mais justo do que usar modelos da Toyota ou de qualquer marca grande.
    Reparou que no texto ele citou que pelo preço de um "Corolla completão" lá no Japão com o mesmo valor aqui compraria um Gol 1.6? E quando ele afirma que se comprar o Corolla Top aqui, compraria um carro bem superior lá com o valor do dinheiro convertido? É isso que deixa indignado, seja Big Mac, Coca-Cola, Nike, Adidas, Apple, Samsung, qualquer coisa aqui é mais caro, com o simples detalhe de que em vários lugares o custo de vida é mais alto do que aqui, e salários são superiores, mesmo assim se paga menos por tudo, de forma geral.
    Só para encerrar, repare que ele comparou o carro médio mais vendido por aqui (símbolo de status e sucesso, embora eu não concorde com isso), com o mesmo modelo lá, e mesmo o carro de lá sendo melhor, aqui ele compraria o compacto popular mais vendido, ou seja, aqui com o mesmo valor convertido, você leva 1 Havaiana enquanto lá levaria um tênis de "marca". Abraços

  • Ótimo texto, mas mesmo com a verdade sendo esfregada na cara, ainda tem quem defenda X ou Y ou Z.
    Sinceramente, acho rídiculo, e enquanto a procura for maior do que a oferta ou aceitarem pagar por isso, vai continuar igual.
    Eu se fosse o Eike Batista, teria feito uma fábrica nacional ou investido em produzir aqui alguma marca do mundo, ganharia mais dinheiro do que com o petróleo.

    • Maycon102

      ahhh Eike agora nem poderia fazer mais nada, diz em um site que ele já nem é mais bilionário porque perdeu 99% da fortuna. Que azar kkk

  • zzzepa

    …li e chorei..é o que resta….é de rasgar o c*….temos que fazer nossa parte,…..não consumir sem consciência.. e esperar o amanhã melhor…

  • Maycon102

    Sempre achei que quase todos sedans médios daqui tinham símbolo de status. Hummm…. sabe eu não sei o que é pior, o Título da matéria dizer que ele fala sobre OS preços (plural) e no conteúdo mais uma vez o Corolla vira alvo de comparações que custa caro aqui, ´´carro de operário“, carro popular etc …. vai confessa que 80% das matérias sempre vemos essas mesmas frases? vai diz que sim….seja honesto de que eu não estou mentindo!!!. É um pouco desnecessário um texto tão grande e praticamente um carro só descrito. Eu tenho quase certeza que existem outros carros conhecidos nossos a ser falado do preço que é vendido lá.
    Que tal
    IX35 aqui vs IX35 lá
    Camaro aqui vs Camaro lá
    Ferrari aqui vs Ferrari lá
    QQ aqui vs QQ lá
    Golf aqui vs Golf lá
    Um caminhão aqui vs um caminhão lá
    Uma bicicleta aqui vs uma lá
    Uma pick-up pequena aqui vs uma lá etc. Seria tão informativo e divertido atingir categorias e propostas diferentes.
    Bom é isso que eu acho. Abraços pra ti tb Roxmmp.

  • AutoNacional

    Uma coisa que ninguém fala é o lucro no Brasil. Mas em se tratando de carros, quem tem mais lucro, o Fabricante ( GM, Honda, Fiat, BMW, Porsche….) ou quem vende esses carros, ( concessionárias ). Vale lembrar que nenhuma concessionária possui vinculo com fabricantes. Será que um carro fabricado aqui e vendido no México, não é vendido pelo mesmo preço a ambas as concessionárias ? Vamos mais longe, a Porsche fabrica o 911 somente na Alemanha, essa fabricante cobra preços diferentes para vender o 911 a um concessionário americano ou um concessionário brasileiro ( Stutgar import Car ) ? No caso citado do Camry, o modelo vendido no brasil é fabricado no Japão, portanto quando um lote destes Camry vai ao Brasil a fabricante ( Toyota ) cobra um valor maior do que se fosse vender o lote para um concessionária japonesa ? Vale lembrar que as concessionárias são empresas independentes. Conheço uma pessoa que trabalha em uma empresa de calçados que possui licença de fabricação da marca Nike, e ele me garantiu que nenhum modelo desta marca é vendido ao lojista por mais de R$ 100,00. Por que então na loja um Nike chega a custar R$ 400,00 ou mais. Acreditem, tem muita coisa a pesquisar para saber o real motivo do preço de um produto…..

  • Japa

    Faltou ele dizer que 50% do que ele juntar na vida passa para o governo Japones, imposto sobre a herança, so isso ja dobra o custo do carro de 54 mil para 110 mil. Ele não incluiu o imposto apos a compra, 5% ou seja passa para 115mil. Não adicionou os quase 20% que ele paga de imposto de renda, vai para 140mil. A. cada dois anos vai gastar uns 2 mil em inspeção veicular e se não comprovar que tem uma garagem não pode comprar o carro. Se consegui comprar a conta em 4 Anos vai a 144mil.

    E ai ta achando 82 mil pelo Corolla caro no Brasil?

    • flaviomm

      A carga tributária do Brasil ultrapassa nesse momento 40% do Pib.
      Imposto sobre herança também temos: ITCMD.
      Aqui temos faixas de 15 a 27,5% de I.R.
      Agora temos inspeção veicular (é barata ainda, mas todo ano).
      O asfalto em que voce roda aqui não permite que a suspensão dure 50 mil kms aqui (troque amortecedores, e peças periféricas como bandeja, coxins, etc).
      A gasolina aqui te permite rodar 6, 7, 8 km/l… de tão porca que é.
      Escola, plano de saúde, segurança (paga-se vigia em ruas residenciais de casas).
      E as estradas… o pedágio mais caro do mundo… ou as piores estradas do mundo (mortes no trânsito… é aqui mesmo).
      De vez em quando… você ainda tem um menor com arma apontada para a sua cabeça… quadrilha que invade condomínio, que rouba banco portando fusil de forças armadas…

  • Viníciusk

    Não sei a resposta a suas perguntas, mas um ponto que você destacou e verdade: o pessoal vê a coisa de maneira muito simplista, tipo "corta aqui que baixa aqui", fora esses papos de "boicotes" completamente irreais.

    O problema é muito mais complexo do que se imagina, e envolve fatores que desconhecemos.

  • fbmj

    AutoNacional, você tocou no assunto mais esquecido pelo "entendidos". A parte do mercado que consegue agregar mais valor a um produto não é a fabricação ou a distribuição… é o comércio direto com o cliente! Em relação ao preço de tênis, antes da internet haviam grandes lojas especializadas em produtos esportivos que ditavam o preço dos produtos e as menores ou as seguiam ou baixavam pouca coisa para ganhar clientes novos. No presente momento, quando o comércio digital está em pleno vigor, é ainda mais evidente o poder da cartelização do mercado de varejo. Se você for atrás de um produto o que vc faz? Coloca no buscador! Os primeiros resultados são da loja que por algum motivo foi mais acessada, o segundo a 2ª mais acessada… e por ai vai. Essa primeira loja é de um grupo que também é dono da segunda loja que aprece na pesquisa, da quarta, da quinta… e a terceira loja é de um grupo que dono da sexta, da sétima… Para as pessoas leigas em mercado ao verem os preços pensam: Nossa entrei em várias lojas e os preços são esses mesmo, vou comprar! Se tivessem um pouco mais de paciência e passassem para digamos a página 30 e pouco começariam a aparecer lojas pequenas com valores mais em conta. Mas muitos dos poucos com essa disposição tem o pré-conceito de que a loja não é confiável e nem procuram olhar cnpj e tals, voltam logo para as primeiras páginas e terminam comprar nas lojas (ladras) "de confiança".

    Em suma, o que falta para a população é educação (treino cerebral) e por conseguinte inteligência! O conformismo é o calmante dos ignorantes!

  • fbmj

    AutoNacional, você tocou no assunto mais esquecido pelo "entendidos". A parte do mercado que consegue agregar mais valor a um produto não é a fabricação ou a distribuição… é o comércio direto com o cliente!
    A lógica de mercado é a seguinte: em uma cidade pequena que ainda vive do pequeno comércio, peguemos o caso dos produtos do lar. O preço é condizente com o valor atacadista, pois a concorrências entre os varegistas é grande. Quando chega uma filiar de uma grande rede de supermercados ela chega fazendo festa, parecem o circo! Cheias de promoções, colocam os produtos com valor bem abaixo dos comerciantes tradicionais (dumping), sem falar na comodidade de comprar tudo junto. Com o passar do tempo os comerciantes locais vão falindo e os preços que eram geralmente em promoção vão aumentado com a premissa da inflação. Anos depois as pessoas já estão acostumadas com os preços e com a comodidade e só lembram de culpar o governo pela inflação.
    No presente momento, quando o comércio digital está em pleno vigor, é ainda mais evidente o poder da cartelização do mercado de varejo. Se você for atrás de um produto o que vc faz? Coloca no buscador! Os primeiros resultados são da loja que por algum motivo foi mais acessada (motivo esse que pode ser forjado ou mesmo comprado descaradamente), o segundo a 2ª mais acessada… e por ai vai. Essa primeira loja é de um grupo que também é dono da segunda loja que aprece na pesquisa, da quarta loja mais acessada e da quinta… e a terceira loja é de um grupo que dono da sexta, da sétima… Para as pessoas leigas em mercado ao verem os preços pensam: Nossa entrei em várias lojas e os preços são esses mesmo, vou comprar!
    Se tivessem um pouco mais de paciência e passassem para digamos a página 30 e pouco começariam a aparecer lojas pequenas com valores mais em conta. Mas muitos, dos poucos com essa disposição, tem o pré-conceito de que a loja não é confiável e nem procuram olhar cnpj e tals, voltam logo para as primeiras páginas e terminam comprar nas lojas (ladras) "de confiança".
    Em suma, o que falta para a população é educação (treino cerebral!) e por conseguinte inteligência! O conformismo é o calmante dos ignorantes!

  • fbmj

    Resposta no próximo tópico.

  • marciotb13

    Sobre o que foi relatado no texto de um popular peladão custar em breve 80mil, já estamos quase nisso, pois os últimos lançamentos dos mesmos, os mais moderninhos e bonitinhos, já estão cobrando isso se bem que nos mais completinhos. Mas mesmo assim, não deixa de ser um absurdo.
    Também concordo que nós, consumidores, somos culpados por este estado de coisa, mas deveríamos, sim, sermos auxiliados por nossos "representantes", eleitos para defender os nossos interesses. Mas já vimos que os únicos interesses que eles defendem são os dos fabricantes de automóveis, concedendo-lhes terrenos, terraplanagens, isenções de impostos, proteção de mercado, dinheiro subsidiado para erguer novas fábricas e tudo isso para sermos explorados da forma que estamos sendo. E cadê aquela senadora que estava chamando os fabricantes para se explicarem dos preços absurdos de seus produtos? Que convocou a ANFAVEA para a reunião e esta nem tomou conhecimento do fato, e ficou por isso mesmo? Será que eles fazem todo este barulho para aparecer na mídia, ou será que é para terem suas mãos mais "molhadinhas" Com certeza, para defender o povo é que não é.

  • Neanderthal_Man

    Oseas, eu trabalhei no Japão por 12 anos. Em determinado momento me cansei daquela vida e tudo o que eu quis foi retornar ao Brasil.
    Pois agora, morando no Brasil por pouco mais de 1 ano eu posso lhe dar o melhor de todos os conselhos com absoluta propriedade: NÃO RETORNE! Por pior que esteja aí nunca será tão ruim quanto aqui. Eu poderia citar vários aspectos vantajosos de se morar no Japão, mas basta pegar um deles (a criminalidade tupiniquim) para me convencer. E antes que me perguntem por que ainda estou por aqui, digo que problemas particulares me impedem de ir morar no Japão definitivamente.
    Tão logo eu os resolva no dia seguinte estarei em Guarulhos adentrando o avião.

  • TMZ

    É pessoal, acho que está na hora de pararmos de ficar só reclamando e botar o dedo na ferida.
    Vamos dar continuidade nas manifestações (pacificas), a fim de conseguirmos melhorar nossa vida aqui no Brasil.
    Porque todos aqui nesse país fazem do povo, meramente palhaços.
    E as manifestações deixaram os políticos com medo!!!
    Vamos continuar e não adormecer e ficar só na piadinha ou só na reclamação.

  • Neanderthal_Man

    Para curar a doença tem que matar o câncer, se é que me entenderam.

  • dougkmt

    Outro dia (há alguns meses na verdade) vi uma reportagem na Record sobre um catador de lixo que pegava latinhas, papelão, metais, etc. A pessoa tinha esposa e 3 filhos, e trabalhava 8h por dia. Resultado, conseguia tirar R$ 1.600 líquido/mês. Não é "O" salário, mas o pai de família consegue manter a família sem instrução. Bom, não espero mudar ninguém, mas eu sou contra esses auxílios e assistências que "depositam" o dinheiro na conta, sem garantia nenhuma de retorno. As pessoas acabam se acomodando e isso serve para ganhar votos nas eleições……..

  • dougkmt

    Não me ofendi, não.

    Citei os dois "japoneses" para ilustrar uma situação em que se cobra muito para oferecer pouco, em termos de segurança e tecnologia. Mas é claro que todos os carros são caros aqui no Brasil, sem exceção.

  • dougkmt

    Pô, o mercado de lá é muito diferente do nosso! Outro dia eu vi que existe imposto de lá conforme o peso do carro e eficiência energética, imagino que medido pela quantidade de CO2/km emitido. Daí a "vantagem" nos Kei Cars, vc tem razão.

    Isso já é outro fator que privilegia a inovação e modernidade dos veículos de lá. A tendência dos consumidores – para se pagar menos impostos – é comprar carros que tenham injeção direta, start/stop, estrutura com metais mais leves e resistentes, tecnologias de motores híbridos, etc. Enfim, estamos na merd@ aqui no Brasil. :x

    • Edson Roberto

      Tem outro além em relação aos Kei cars e porque ele é comprado. Para que vc tenha um carro maior, vc precisa também de comprovar ter vaga para o modelo. Já no caso do kei car isso não se torna necessário. Então, outro motivo de sucesso é por isso também.

      Eu falo e repito, teria um kei car com motor 0.6 (com preferencia a ser turbo) e com cambio CVT.

      Seria o suficiente para se fazer 20km/l (eu já fiz em um Subaru Vivio 23km/l na estrada andando feito morto, mas fiz, o tanque tinha apenas 35 litros…rs)

      Pena que não temos esse tipo de produto.

  • Luis

    Enquanto tiver gente pagando como se fosse ouro esses carros de plástico do Brasil eles nunca irão abaixar os preços.

  • hamilton

    eu morei 17 anos no japao, e o oseas esta certissimo.
    voltei ao brasil, fiz um consorcio de uma yamaha tenere 250, transformando em yenes, poderia muito bem comprar uma cb400 super bold'or, ou uma gsr 400, ou uma gladius 400….

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend