Chrysler Crossovers Dodge EUA Lançamentos

Dodge Journey a partir de R$63.428! Mas somente na Argentina

dodge-journey-a-partir-de-r$63428-mas-somente-na-argentina Dodge Journey a partir de R$63.428! Mas somente na Argentina







O crossover da Chrysler, Dodge Journey, começa a ser vendido no mercado argentino e cujo lançamento foi hoje ao meio-dia, horário local.

Na Argentina o Journey tem duas opções de motor, sendo um 2.4 de 170cv e câmbio automático de quatro marchas ou um V6 2.7 de 190cv com transmissão automática de seis velocidades.

Como os impostos são menores por lá, seu preço tambémserá ligeiramente menor. Cotado em dólar, o menor valor sugerido para a Journey é de US$29.990 ou pelo câmbio atual, R$63.428 na versão SXT 2.4.

As outras duas versões, SXT 2.7 e RT 2.7 custam US$31.990 e US$34.555, respectivamente. Só para comparar, a Journey vendida aqui tem preço de R$99.800!

Fonte: Argentina Autoblog.



  • DanBh

    pq qu eu nasci no Brasil????? :bate: :cry:

  • JDFortuna

    Assim que eu tiver cacife pra comprar um carro desses à vista, vou vir aqui no NA combinar uma excursão com outros possíveis compradores pra irmos à Argentina comprar nossos carros.

    Vão até reter nosso avião pela grana que levaremos pro vizinho. Qual vai ser o tamanho do nosso avião? Seremos quantos?

  • Siena

    P*** QUE P****… Quase 35 mil de diferença !!!!!!!!
    O Paisinho do :censor: que vivemos… VIVA AOS IMPOSTOS BRASILEIROS !!!
    :asner:

  • viniciusgja

    [Comentario #115825 sera citado aqui]

    porque nós nascemos no brasil :censor:

  • Diguinho

    [Comentario #115836 sera citado aqui]

    BR q lixo :down: :asner: :bate: :angre: :saad:

  • fr_amaral

    [Comentario #115839 sera citado aqui]

    (4)

  • fl4v10r04l

    não esqueçam tambem que nesse aumento ai esta imbutido a taxa “babaca”.. aplicada aos mercados onde o povo compra lixo para sustentar o belo padrao dos carros da matriz em crise no pais de origem

  • jjaguar

    Será que são só impostos (se não me engano o imposto de importação é de simbólicos 1% do México)? Ou será grande lucro da Chrysler?
    Sei não…
    O problema não é perguntar por que nascemos no Brasil! O problema é aceitarmos sempre tudo como foi feito! Se não reagirmos, não adianta!

  • Diego Felipe

    Estou de CARA!

  • LFSP2

    [Comentario #115849 sera citado aqui]

    (5)- Que inveja que sinto dos nossos vinzonhos sul-americanos

  • Luis.J.R.

    Só no brasil mesmo?Tá louko quanto imposto, e ninguem faz nada!Vai povão porque voltarão no lula aquela mula, tá louko. :bate:

  • LFSP2

    [Comentario #115871 sera citado aqui]

    Se o Moriah permitir(pois geralmente comentários com links são removidos), gostaria de por aqui um link com os preços e margens de lucro dos carros importados do méxico, é um absurdo:
    http://www.terra.com.br/istoe/edicoes/2019/popupcarros_92.html

    Não é só os impostos, as montadoras exploram os incautos brasileiros que compram tudo que seja novidade.

  • DanBh

    [Comentario #115871 sera citado aqui]

    não adianta uma pessoa querer mudar.. dificilmente vai conseguir alguma coisa. O jeito é mesmo boicotar as vendas e parar de comprar, nao acho que seja o lucro da crysler no Brasil tire mais que na Argentina, e sim os impostos que sao mesmo maiores mas nao vemos rentorno nenhum sobre eles. Na suiça a carga de impostos é maior que no Brasil, mas ninguem reclama, pq vale a pena.
    No mundo globalizado de hoje, é mais facil mudar de pais do que mudar alguma coisa aqui no Brasil. Mas como diz o ditado “there is no place like home”.

  • Luiz Claudio

    [Comentario #115900 sera citado aqui]

    Só poço estar pagando alguma mer… de minha encarnação aqui no Brasil.
    :pao: :OoO: :censor: :clown: :eyess: :bate: :asner: :evil2: :angre:

    [Comentario #115907 sera citado aqui]

    E o foda que imposto atrapalha o país de crescer, eu acho, iposto só tem a utilidade de ser desvio de verba, dinheiro na cueca, corrupção, etc

  • LUCIANOBAHIA

    Vocês observaram o preço do CR-V Honda após nacionalização, pouco mais de R$50 mil, está sendo vendido por R$94,5 mil, os caras ainda dão uma “rapada” nos equipamentos e o brasileiro “esperto como nunca” ainda paga ágio. O carro chegou a ser vendido por simbólicos R$100 mil ou 150% mais caro do que no México. E a renda por lá é 20% maior que a nossa, em PIB per capita. Agora a indústria nacional, depois de lavar a égua, vem pedir ajuda ao Governo. BRINCADEIRAAAA A Mirian Leitão, hoje, no jornal disse que a Indústria tá reclamando de BARRIGA CHEIA. Bem, mas como o nosso PAÍS é movido por esse segmento industrial, vamos ter que engolir, como diria o nosso velho Zagallo. Eu proponho redução das margens líquidas (lucro), que devem estar girando em torno de 20% para veículos nacionais e 35% para veículos importados. Nem tudo é como está configurado na tabela da Revista que o nosso amigo apresentou, temos que levar em consideração o altíssimo CUSTO BRASIL, criar uma sistemática de assistência técnica com estoque de peças não é tão fácil assim, pagar as margens das concessionárias, os fretes, a mão-de-obra (por vezes ociosa, mas que não se demite por que o Governo não permite) etc. Além disso, o veículo importado não tem II (imposto de importação de 35%) mas paga todos os impostos como se nacionalizado fosse. Todavia, isso não justifica o abuso praticado, nada melhor que um prenúncio de crise para reduzir as expectativas vorazes dos capitalistas das 4 Rodas, a Inústria Automotiva, a partir do que se vê mundo afora, poderá nunca mais ser a mesma…PARA O BEM DO CONSUMIDOR BRASILEIRO.

  • hk17

    não da pra comprar lah e trazer pra cá?


Send this to a friend