_Destaque Crossovers DS Europa Projeções

DS3 deve virar um crossover compacto em 2018

ds3-suv

Lançado em 2010 como um rival para o MINI Cooper, Fiat 500 e Audi A1, o (ex-Citroën) DS3 já recebeu dois facelifts nestes seis anos, mas parece que mesmo assim, o hatch duas portas de perfil esportivo e dotado de muito estilo, não vai muito além.

De acordo com o site francês L´Argus, um projeto interno da PSA chamado D3, colocará em breve um crossover compacto no mercado europeu e, naturalmente, o chinês. O modelo vai focar na disputa de mercado dos SUV compactos, assim como a Audi está fazendo com o Q2.

Mas ao contrário da Audi, a PSA não deverá manter o DS3, a ser substituído pelo novo crossover a partir de 2018. O projeto inicialmente contemplava também um hatch de quatro portas, mas a empresa acabou por focar apenas no SUV, que será “urbano”, de acordo com Carlos Tavares, CEO da montadora.

psa-hybrid-platform-4

O motivo é exatamente a China, onde o consumidor aprecia bem mais utilitários esportivos do que hatchback. O crossover vai ter cerca de 4,25 m de comprimento, pouco acima do Q2, além de ser o primeiro carro da PSA com a plataforma CMP, desenvolvida em parceria com a Dongfeng.

Em termos de motor, o projeto D3 contempla o uso do PureTech Turbo 1.2 com 110 ou 130 cv, além de uma versão mais poderosa com 156 cv. Além disso, as versões diesel serão equipadas com um novo motor 1.5 desenvolvido com a Ford, que deve oferecer entre 100 e 130 cv. Este propulsor chama atenção por ter o sistema SCR incorporado ao próprio motor.

Por fim, o D3 terá em 2019 uma versão elétrica, que será composta por um motor de 115 cv e baterias de lítio de 50 kWh. Com isso, o SUV compacto da DS terá autonomia de 450 km no padrão NEDC atual ou 350 km no WLTP, que entra em vigor no ano que vem. Sob essa forma, o próximo DS3 deve chegar ao Brasil.

[Fonte: L´Argus]





  • CanalhaRS

    Que lástima. O mundo virando só SUVs…malditos sejam…

    • É deprimente, amigo: é uma situação horrorosamente deprimente e não se vê benditos hatches médios e compactos como se viam na década de 90. :(

      • Edson Fernandes

        O mais complicado é que muita gente que não deseja esse tipo de produto irá aderir. E pior: Iremos regredir em itens de série em um carro.

        Isso que mais me preocupa, tudo por um suposto perfil mais alto de veiculo.

        • Ainda mais aqui no paiseco da capação e não dá para entender como a dona Peugeot, além de não botar uma santa abertura da portinhola de combustível incluída no destravamento central das portas ou por alavanquinha a la Toyota, tem a audácia de capar as barras laterais de proteção das portas! É revoltante e um verdadeiro soco na cara do consumidor. :p

          • Edson Fernandes

            E também incompreensivel já que o produto se diz da categoria de compactos premium.

  • rodrigosr

    Não vejo a hora do povo enjoar dos SUVs e crossovers.

    • Concordo plenamente, está me dando um nó cego no estômago apertadíssimo. :p

    • Edson Fernandes

      Eu acho que é uma situação sem volta viu… eles irão conviver conosco. O brasileiro sempre curtiu o perfil de carros americanos e o que eles mais gostam são desses carros gigantes e altos(no nosso caso como sempre tropicalizado, pagamos por um compacto o que eles considerando o poder de renda deles, um médio).

      • Se o poviléu brasuca pensar dessa forma tão retrógrada, lá se vão os maravilhosos hatches compactos e médios como o i30, Suzuki Baleno, Fiat 500, Fiat Punto, C4 Hatch, PUG 308 e tantos outros que me fugiu da memória.

        • Edson Fernandes

          E eu não duvido disso. Percebo que dois cenarios entram aqui: subcompactos e crossovers compactos.

          Pode reparar que o subcompacto que atrai interesse são dos que imitam aventureiros e a proxima chegada a eles são esses crossovers.

          Ou seja.. eles irão por ordem de preço acabar com o mercado mesmo. Eu gostaria de ter um Golf ou Focus, mas em virtude do preço abri mão.

  • Gustavo73

    Altinhos dão um retorno maior. Isso em todo o mundo. Aqui ainda mais, já que não raro são menos equipados ao mais caros.

    • Leonardo M

      Acho que em quase 100% dos casos. Não conheço nenhum SUV de nenhuma marca ou categoria na qual não possua um Sedã por preço semelhante que seja de categoria superior ou BEM mais equipado.
      Só olhar HR-V e Kicks compactos e peladassos com preço de sedã médio (C4L, Sentra, Jetta, Cruze…).
      CR-V médio com motor de liquidificador com preço de Cadenza fullsize (nesse caso, duas categorias acima do CR-V).
      Acredito eu que a margem de lucro de um SUV seja absurdamente mais alta, pois mudar a carroceria e elevar a suspensão não deve representar praticamente custo nenhum, afinal geralmente só é esse tipo de mudança que ocorre mesmo. O Ford Edge nada mais é que um Fusion com carroceria de SUV, porém custando 110 mil reais a mais, que deve ser tudinho de lucro.
      Enquanto não mexerem com os sedãs pra mim tudo bem…

      • pedro rt

        sedan sempre foi meu segmento favorito, tomaram q nao mexam nunca nesse segmento

      • Edson Fernandes

        Leonardo, o custo dele é maior se comparado a um compacto. O amortecedor é mais reforçado, suspensão idem… obviamente não a ponto de custar por vezes 2x mais.

        E alguns modelos quase conseguem deixar essa diferença no preço (comparando modelo de entrada dos compactos x modelo de entrada dos altinhos).

  • Diogo Oliveira

    NÃO NÃO NÃO!! NÃAAO!! NÃAAAAAAOOOOO!!

  • Ricardo Blume

    Calma pessoal, poderia ser pior. Poderia ser feito no Brasil e lançarem a versão Cross. Imaginem o monstro. Pneus de uso misto, suspensão elevada, 100 kg de peso a mais devido aos plásticos, estepe na tampa, adesivos na lateral, rack de teto…

  • Fernando Bento Chaves Santana

    Talvez tenhamos um DS2 como um hatch pequeno e com foco no mercado europeu para ocupar o lugar do antigo DS3

  • Airplane

    Terá mais chance de sobreviver pois o hatch tem vendas pífias.

  • Marcos Medeiros

    O que é esse sistema SCR?

    • Norm

      Selective catalytic reduction (redução catalítica seletiva) serve para remover óxidos de nitrogênio, um poluente típico de motores a diesel.

  • Bruno@BRN.CS

    Má que “dorga”, daqui a um tempo só vai ter suv, gostava das peruas é praticamente não tem mais, curto muito os Hatches e principalmente esse DS3 e vão tornar o carro um
    Suvinho.

    • pedro rt

      perua agora so spacefox, golf variant o resto e acima dos 140mil…

      • Bruno@BRN.CS

        A uns 10 anos atrás eu era louco por uma Marea Weekend Turbo….

        • Edson Fernandes

          Talvez quem sabe eu possa comprar uma Golf Variant no futuro…. considerando o que gostaria no Golf, ela é o mais proximo disso…

      • zekinha71

        E pela quantidade de Space Fox emplacadas esse ano, só governo que deve ter comprado.
        Pena a Golf variant, mas também a VW não ajuda, não tem propaganda nenhuma dela, nem nas ccs eles colocam na frente pra divulgar, preferem colocar um monte de up! encalhados e Fox.

  • alexandre

    Moda americana. Pena que não tenhamos os mesmos tamanhos de vagas, largura de avenidas etc

  • pedro rt

    e assim mais um esportivo, sedan, sw, hatch, cupe…. morre em substituicao a um suv/crossover



Send this to friend