Matérias NA Renault SUVs

Duster 2015: fotos, versões, consumo, motor, ficha técnica, preço

Duster 2015: fotos, versões, consumo, motor, ficha técnica, preço

O Duster 2015 surgiu com mudanças importantes no visual e na proposta de ser um SUV de porte médio com preço de compacto. Lançada pela Renault em abril de 2015, ele veio com melhorias nos motores, acabamento e conectividade.


O SUV da Renault teve mudanças na grade frontal, que passou a adotar barras duplas e eliminou os cromados. Além disso, recebeu alterações nos faróis, que ganham lentes individuais para lanternas e piscas, além do projetor único.

Foram feitas mudanças nas lanternas também nos para-choques, assim como novas rodas, multimídia MediaNav com GPS, padronagem de bancos e portas mais elaborada, manutenção das versões Expression e Dynamique, entre outros.

Lançado no Brasil em 2011, o Duster é uma versão Renault do Dacia Duster, lançado em 2009. O projeto do SUV foi desenvolvido com base na necessidade de um SUV barato, espaçoso, robusto e baixa manutenção.

Utilizando a plataforma B0 da Renault, ele mesclou elementos do Renault Logan e ampliou as bitolas, assim como a altura livre do solo, o curso da suspensão e empregou uma carroceria leve, que pudesse ser volumosa.

O porta-malas grande também foi outro item considerado, assim como um acabamento espartano, que contribuísse o mínimo para eventuais problemas. Sua proposta era então inédita, visto que todos os outros almejavam algo mais.

Bem honesto em sua proposta de estilo, o Duster tornou possível o ingresso de milhares de consumidores no segmento de SUVs compactos e sem apelar para um tamanho pequeno ou desempenho muito limitado, como ocorre na Índia.

O Duster também levou em conta as condições de rodagem ruins no leste europeu e em regiões menos favorecidas por uma infraestrutura melhor. Assim, surgiu também com sistema de tração nas quatro rodas.

Para isso, empregou um sistema que permite manter a tração apenas nas rodas dianteiras, intercalando com as traseiras ou distribuídas igualmente entre as quatro. Ganhou até uma suspensão multilink para fazer isso.

Com proposta de mais por menos, o Dacia Duster surgiu na Europa custando pouco mais de € 10.000, sendo bem simples. Ele tinha versões com rodas de aço sem calotas e para-choques pretos, por exemplo.

Por dentro, seu ambiente fora emprestado do Logan e parte do espaço amplo se deve à falta de um acabamento mais consistente em qualidade e detalhes.

Contudo, a plataforma B0 não é perfeita, tendo como um dos defeitos o assoalho elevado no porta-malas. Para abrir espaço às bagagens, é necessário deslocar os bancos adiante. Isso limitou o espaço para as pernas.

Além disso, essa característica da plataforma B0 reduziu ainda o tamanho do bagageiro quando na versão 4×4, deslocando para cima o estepe. No Renault Captur russo, a perda de espaço foi ainda maior que os 75 litros perdidos no Duster.

No começo, a Dacia e a Renault empregaram apenas motores simples e antigos, itens de custo muito baixo e até câmbio automatizado. Com o tempo, turbocompressor e injeção direta, assim como câmbio de dupla embreagem surgiram.

No Brasil, o Duster não evoluiu tanto como na Europa em termos mecânicos. O SUV ganhou atualização nos motores no Duster 2015, assim como a chegada do novo 1.6 SCe, além de câmbio CVT X-Tronic da Nissan.

Mesmo na nova geração, o Duster não empregou motores mais modernos que o H4M – modificação da Renault para o HR16DE da Nissan – mas deverá receber o novo 1.3 TCe de 150 cavalos e 25,5 kgfm com o mesmo CVT.

Como um produto global, o Duster de segunda geração ficou mais atraente e recebeu melhorias no habitáculo, mas ainda é possível notar as linhas simples do projeto e sua proposta espartana continua no DNA.

Duster 2015 – detalhes

Duster 2015: fotos, versões, consumo, motor, ficha técnica, preço

O Duster 2015 tem um visual bem robusto, com saias de rodas largas, porte alto e carroceria volumosa. O SUV compacto da marca francesa tem faróis de lente múltipla, grade com acabamento preto e formato retangular.,

Além disso, o para-choque tem desenho mais aerodinâmico, com faróis de neblina e bumper inferior. Saias de rodas abauladas estão presentes nas laterais, rodas de aço com calotas ou liga leve, ambas com aro 16 polegadas eram ofertadas.

Os retrovisores eram na cor do carro, enquanto as colunas não recebiam pintura, algo típico da família Logan. Na traseira, as lanternas verticais ganharam lentes com feixes de LED, tendo a tampa molduras que se fundem com o conjunto ótico.

A tampa tem ainda cobertura sobre a placa com nome Duster e cor preta, bem como lavador e limpador da vigia, que ainda tem desembaçador. O para-choque é pouco volumoso e tem refletores.

O teto tem barras longitudinais estilizadas com cor cinza e nome Duster, bem como encaixes para rack. O Duster 2015 vinha com uma série de acessórios que podiam ser configurados junto com o carro, como uma extensão dos opcionais.

Nisso, o kit Aventura trazia protetor frontal em forma de um overbumper falso, alargadores nos para-lamas, estribos e proteção nos faróis. Já o kit Estilo trazia protetor frontal envolvendo os faróis de neblina e estribos tubulares.

Por dentro, o Duster 2015 tinha painel com dois tons de cinza, tendo cluster com mostradores circulares e iluminação laranja, tendo computador de bordo (exceto Expression), velocímetro, nível de combustível, temperatura da água e conta-giros.

O volante podia ter acabamento em couro com detalhes prateados, tendo ainda controles individuais para o piloto automático e limitador de velocidade. A coluna tinha ajuste em profundidade apenas, contendo ainda uma haste.

Esta era para os controles de mídia e telefonia. O console central era elevado e vinha com difusores de ar circulares, assim como os laterais, tendo multimídia MediaNav Evolution com navegador GPS da TomTom e câmera de ré.

Tendo ainda Bluetooth e entrada USB, o dispositivo trazia ainda score para eficiência ao dirigir e recomendações para manter o carro mais econômico no dia a dia.

O ar condicionado era manual, enquanto o Duster 4×4 tinha um seletor de tração em cor prata, tendo as opções 2WD, Auto e Lock. A alavanca de câmbio tinha pomo em couro, mesmo na versão automática.

O freio de estacionamento era manual, tendo logo abaixo dois botões, sendo um para ativar o controle de cruzeiro ou limitador, enquanto o outro era da função Eco.

O porta-luvas era bom e as portas tinham comandos dos vidros elétricos em plataformas que agregavam ainda os alto-falantes. Nas entradas, o acabamento era bem simples e a forração recuada para ampliar o espaço interno.

Já os bancos eram forrados em tecido ou couro, tendo o do motorista ajuste de altura, assim como os cintos de segurança dianteiros. Atrás, banco traseiro bipartido com 3 apoios de cabeça e cintos de 3 pontos nas laterais.

O teto tinha alças de mão e retrovisor interno dia e noite, além de espelhos nos para-sois. O ambiente tinha ainda tapetes de borracha. No assento do motorista, havia apoio de braço retrátil.

Dois kits ofereciam acessórios extras, um deles tinha multimídia Pioneer com amplificador e comandos na haste da coluna de direção.

O porta-malas tinha 475 litros, mas perdia 75 quando no 4×4. O espaço é amplo para bagagens, porém, reduz o espaço para pernas no banco traseiro. A tampa tem travamento elétrico e há cobertura para bagagens.

Duster 2015 – versões

Duster 2015: fotos, versões, consumo, motor, ficha técnica, preço

  • Renault Duster Expression 1.6 16V
  • Renault Duster Dynamique 1.6 16V
  • Renault Duster Dynamique 2.0 16V
  • Renault Duster Dynamique 2.0 16V AT
  • Renault Duster Dynamique 2.0 16V 4×4

Equipamentos

Duster 2015: fotos, versões, consumo, motor, ficha técnica, preço

Renault Duster Expression 1.6 16V – Motor 1.6 16V mais câmbio manual de cinco marchas, além de ar condicionado, direção hidráulica, coluna de direção ajustável em profundidade, banco do motorista com ajuste de altura, vidros elétricos nas quatro portas, travamento central elétrico, rodas de aço aro 16 polegadas com calotas, pneus 215/65 R16, sistema de som com CD Player e Bluetooth, USB/auxiliar, faróis com máscara negra, para-choques em dois tons, lavador e limpador do vidro traseiro, airbag duplo, freios ABS com EDB, luz auxiliar de freio, desembaçador traseiro, retrovisores externos com controle interno, maçanetas e retrovisores pretos, fonte 12V, banco traseiro rebatível e bipartido, barras longitudinais no teto, alarme perimétrico, chave com telecomando, cobertura do porta-malas, espelho interno dia e noite, espelhos nos para-sois, alças no teto, trava especial para crianças, cintos de três pontos nas laterais, apoios de cabeça para todos, entre outros.

Renault Duster Dynamique 1.6 16V – Itens acima, mais rodas de liga leve aro 16 polegadas, faróis de neblina, multimídia MediaNav Evolution com GPS, retrovisores com ajustes elétricos, sensor de estacionamento, computador de bordo, para-choque na cor do carro, retrovisores e maçanetas na cor do carro, vidro elétrico do motorista one touch, fonte 12V no bagageiro, entre outros.

Opcionais: bancos em couro, câmera de ré e piloto automático.

Renault Duster Dynamique 2.0 16V – Itens acima, motor 2.0 de câmbio manual de seis marchas.

Opcionais: bancos em couro, câmera de ré e piloto automático.

Renault Duster Dynamique 2.0 16V AT – Itens acima, mais transmissão automática de quatro marchas.

Opcionais: bancos em couro, câmera de ré e piloto automático.

Renault Duster Dynamique 2.0 16V 4×4 – Itens da Expression 2.0, mais tração 4×4 sob demanda, rodas de liga leve escurecidas com aro 16 polegadas, para-choques bicolor, sensor de estacionamento e câmera de ré.

Preços

Duster 2015: fotos, versões, consumo, motor, ficha técnica, preço

Os preços do Duster 2015 eram bem competitivos, tendo uma diferença básica de R$ 5.000 entre as três primeiras versões, enquanto as outras duas mais caras tem intervalos em torno de R$ 3.000.

  • Renault Duster Expression 1.6 16V – R$ 62.990
  • Renault Duster Dynamique 1.6 16V – R$ 67.990
  • Renault Duster Dynamique 2.0 16V – R$ 72.990
  • Renault Duster Dynamique 2.0 16V AT – R$ 75.990
  • Renault Duster Dynamique 2.0 16V 4×4 – R$ 78.490

Duster 2015 – motor

Duster 2015: fotos, versões, consumo, motor, ficha técnica, preço

O Duster 2015 utilizou dois motores antigos da Renault. Um era o K4M 1.6 16V e o outro era o F4R, que já não está mais em uso no modelo. O SUV médio ainda não tinha recebido o câmbio CVT e nem o novo motor 1.6 SCe.

O K4M é um motor nascido de um projeto dos anos 80 e que veio evoluindo com o passar do tempo na Europa. Com bloco de ferro fundido e cabeçote de alumínio, ele difere do K7M por ter quatro válvulas por cilindro e duplo comando.

Estes dois comandos não eram variáveis e dependiam de acionamento por correia dentada. Trata-se de um motor que por muitos anos equipou os carros da Renault, sendo até que bem resistente, desde que a manutenção fosse correta.

No Duster 2015, o K4M 1.6 16V tinha injeção eletrônica multiponto e sistema flex com injeção de gasolina para partida a frio quando com etanol, permitindo assim ligar o motor em temperaturas mais baixas. O tanquinho ficava no cofre.

Com correia em V envolvendo os periféricos, como compressor do ar condicionado, compressor da direção hidráulica, alternador, entre outros. Tendo 1.598 cm3 e taxa de compressão de 9,8:1, o K4M entregava 110 cavalos na gasolina.

No álcool, eram 115 cavalos, sendo ambos obtidos em 5.750 rpm e com 15,1 kgfm no derivado de petróleo, enquanto no combustível vegetal alcançava 15,5 kgfm, obtidos igualmente a 3.750 rpm.

Nesta especificação, o K4M era equipado apenas com transmissão manual de cinco marchas. Já o outro propulsor era o F4R, que ainda é usado por alguns modelos da Renault.

Entre eles está o Sandero R.S. 2.0, assim como versões do Duster Oroch e Captur. Igualmente lançado nos anos 80 – surgira no mesmo ano do GM Família I, ou seja, 1982 – o propulsor é bem grande e barulhento, como o K4M.

O F4R tinha bloco de ferro e cabeçote com dois comandos de válvulas sem variação, acionando quatro válvulas em cada cilindro. A arquitetura é bem semelhante à do K4M.

Também tinha injeção multiponto e tecnologia flex com tanquinho de gasolina, tendo 1998 cm3 de volume e taxa de compressão de 11,2:1, entregando 138 cavalos na gasolina e 142 cavalos no etanol, ambos a 5.500 rpm.

Os torques eram de 19,7 kgfm na gasolina e 20,9 kgfm no álcool, ambos obtidos aos 3.750 rpm. Com o F4R, o Duster 2015 oferecia a opção de câmbio manual de seis marchas com tração dianteira ou integral.

Havia ainda o câmbio automático de quatro marchas com conversor de torque e mudanças manuais na alavanca, cujo seletor ficava no pomo. Na versão 4×4, o sistema tinha um dispositivo que tinha três modos de tração.

O Duster 4×4 tinha o modo 2WD, que mantém a tração apenas nas rodas dianteiras, liberando o resto do conjunto do esforço de transferir força ao solo. No modo Auto, o sistema é acoplado por uma embreagem multiviscosa.

Dessa forma, a transferência de tração para o eixo traseiro só ocorrerá quando necessário, onde a aderência diminui. Na posição Lock, a tração 4×4 fica permanente com 50% de força em cada eixo e 25% em cada roda.

Mas, o Duster 4×4 não era apenas isso. Com embreagem de transferência, cardã e diferencial traseiro com semieixos, o sistema obrigava o uso de suspensão multilink atrás e tinha a primeira marcha bem reduzida.

Assim, a transmissão manual de seis marchas, na prática, era de apenas cinco velocidades, já que a primeira era pouco usada. Esse sistema de tração foi eliminado da nova geração do Duster, que também matou o F4R.

Desempenho

Duster 2015: fotos, versões, consumo, motor, ficha técnica, preço

O Duster 2015 tinha um bom desempenho, sofrendo um pouco no 1.6, mas com o 2.0 mandando ver com tempos em torno de 10 segundos para suas três variantes de câmbio e tração.

  • Renault Duster 1.6 16V – 11,9 segundos e 163 km/h
  • Renault Duster 2.0 16V – 10,4 segundos e 186 km/h
  • Renault Duster 2.0 16V AT – 10,7 segundos e 174 km/h
  • Renault Duster 2.0 16V 4×4 – 10,4 segundos e 181 km/h

Consumo

Duster 2015: fotos, versões, consumo, motor, ficha técnica, preço

No consumo, porém, o Duster 2015 fazendo praticamente o mesmo consumo na cidade e estrada, sendo esse em torno de 10 km/l no 1.6, entre 9 e 10 km/l no 2.0 manual e 4×4, ou entre 85, e 10 km/l no automático.

  • Renault Duster 1.6 16V – 6,7/7,4 km/l e 10,0/10,7 km/l
  • Renault Duster 2.0 16V MT – 6,4/7,4 km/l e 9,0/10,8 km/l
  • Renault Duster 2.0 16V AT – 5,8/7,2 km/l e 8,5/10,5 km/l
  • Renault Duster 2.0 16V 4×4 – 6,1/7,2 km/l e 8,9/10,2 km/l

Duster 2015 – manutenção e revisão

Duster 2015: fotos, versões, consumo, motor, ficha técnica, preço

As revisões na rede Renault para o Duster 2015 compreendem paradas programadas a cada 10.000 km ou 12 meses, sendo que o custo delas até 60.000 km é de R$ 3.866,60 para o 1.6 e R$ 4.017,31 para o 2.0.

Os preços estão um pouco acima da média do mercado, sendo que nas revisões, são trocados filtro de óleo, filtro de combustível, filtro de ar da cabine, óleo lubrificante, correia em V, correia dentada, velas, etc.

São inspecionados diversos itens, entre eles suspensão, direção, freios, parte elétrica e vedação do carro, além da própria mecânica. A rede Renault pode executar serviços de alinhamento e balanceamento, bem como cambagem.

Também fazendo serviços de reparação, como funilaria e pintura, bem como toda a parte estrutural e higienização do veículo. Há também instalação de acessórios e serviços rápidos de 60 minutos, incluindo lojas físicas nesse caso.

Revisão10.000 km20.000 km30.000 km40.000 km50.000 km60.000 kmTotal
1.6 16VR$ 429,94R$ 521,29R$ 484,19R$ 756,01R$ 538,44R$ 958,73R$ 3.866,60
2.0 16VR$ 480,54R$ 571,89R$ 534,79R$ 806,61R$ 589,04R$ 1.034,44R$ 4.017,31

Duster 2015 – ficha técnica

Duster 2015: fotos, versões, consumo, motor, ficha técnica, preço

Motor1.6 16V2.0 16V
Tipo
Número de cilindros4 em linha4 em linha
Cilindrada em cm315981998
Válvulas1616
Taxa de compressão9,8:111,2:1
Injeção eletrônicaIndireta FlexIndireta Flex
Potência máxima110/115 cv a 5.750 rpm (gasolina/etanol)138/142 cv a 5.500 rpm (gasolina/etanol)
Torque máximo15,1/15,5 kgfm a 3.750 rpm (gasolina/etanol)19,7/20,9 kgfm a 3.750 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão
TipoManual de 5 marchasAutomático de 4 marchas ou manual de 6 marchas
Tração
TipoDianteiraDianteira/Integral
Direção
TipoHidráulicaHidráulica
Freios
TipoDiscos dianteiros e tambores traseirosDiscos dianteiros e tambores traseiros
Suspensão
DianteiraMcPhersonMcPherson
TraseiraEixo de torçãoEixo de torção ou Multilink
Rodas e Pneus
RodasAço ou liga leve aro 16 polegadasLiga leve aro 16 polegadas
Pneus215/65 R16215/65 R16
Dimensões
Comprimento (mm)4.3154.315
Largura (mm)1.8221.822
Altura (mm)1.6901.690
Entre eixos (mm)2.6732.673
Capacidades
Porta-malas (L)475475/ 400 (4×4)
Tanque de combustível (L)5050
Carga (Kg)497497/493 (4×4)
Peso em ordem de marcha (Kg)12581276 (MT) 1303 (AT) 1353 (4×4)
Coeficiente aerodinâmico (cx)0,400,40

Duster 2015 – fotos

 

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

    Quem somos

    O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

    Notícias por email