Asiáticos China Effa Finanças Lifan Mercado Montadoras/Fábricas

Effa e Lifan formam parceria para crescer no Brasil e América do Sul

O Grupo Effa (Aler no Uruguai) e a Chongqing Lifan firmaram uma parceria para atuar no Brasil e América do Sul. Com isso, o país se transforma no centro de operações da Lifan para a região, de onde sairão produtos de exportação e também para atender a demanda nacional.

Serão investidos US$120 milhões até 2014 para ampliação da fábrica uruguaia, que passará de 20.000 para 50.000 carros por ano, além da expansão da rede, marketing, logística, entre outras áreas.

Além disso, outro montante será investido na construção de uma fábrica no Brasil, cuja capacidade instalada será de 100.000 carros por ano.

Como já falamos aqui, além de 320, 620, 620 Elétrico, a Lifan pretende introduzir os modelos X60, Foison e 520. Falando neste último, uma nova geração está sendo desenvolvida na China e poderá ser produzida no Brasil, bem como o grande 720.

Em 2011, a Lifan emplacou 3.757 veículos, mas prevê vender 20.000 este ano, além de dobrar a rede de concessionários dos atuais 50 para 100 lojas.

[Imagens: Nova geração do Lifan 520 e topo de linha Lifan 720. Promessas para o futuro no Brasil?]





  • nando_acf

    Lifan 620 é até bonito, mas muito pouco confiável como todo chinês…

    • Olha, não quero discordar, mas como "todo" chinês? Eu só sei de uma coisa: tem produtos de não chineses que duram bem pouco e/ou dão tanta dor de cabeça quanto só que por um preço maior.
      No mundo automotivo, qualidade é bem relativo e está mais ligada a preço e status, se fosse assim os chineses não estariam fazendo VW, BMW, Audis, Meercdes entre outros no mercado interno. Claro eles estão se desenvolvendo e querendo ou não estão melhor do que nós nesse sentido, já que as nossas nacionais são de outros paises.
      Abraços

      • DougSampaNA

        Tem china de 1a e de outros graus de qualidade tambem; tem muito notebook de marac feito na china e dura muito, mas tb tem os celulares..iphone é feito na China, mas tambem os clones chingling que são de 3a ou 4 categoria; então tudo é questão de ver a procedência-marca,
        Se vc tem Boa assistência e peças duráveis (padrão Honda/Toyota) nem precisa de carro lindo porque brasileiro compra qualquer monstro que tenha bom custo benefício, vide a linha Fragile e sua irmã Monstrana, e o Cocôbalt, vendem aos montes, embora eu nem pise em ccs GMB enquanto não houver carros acessíveis sem motores familia 1 ou 2 em exposição.

    • Pedro_Rocha

      Pelo que já li sobre ele até que é um bom carro, sendo que diversas peças do motor são compatíveis com o motor 1.6 do Corolla "Brad". Li até mesmo de um caso de acidente no qual o motorista saiu inteiro do carro e ainda comprou outro Lifan 620!

      E mais: já está sendo usado com táxi no Rio, o que lhe confere credibilidade em manutenção.

  • Romulo_Max

    A dianteira do 520 ficou menos medonha do que a do Cobalt.rss
    Esse 720 parece ser interessante, ficou um mix de Buick Regal com Kia Cadenza

  • Cil

    Essas atividades estão ligadas ao centro de desenvolvimento que eles anunciaram no começo do ano passado? Será que eles vão desenvolver algo específico para país emergente? Acho que 20 mil é um número elevado, mesmo com aumento da rede autorizada, já que a Lifan ainda está restrita ao Sudeste-Sul praticamente.

    • DougSampaNA

      Se a Chery tem problemas de abastecimento de peças nas suas ccs, e vemos vários donos protestando sobre isso na web, basta procurar, o que dizer da Lifan e da outra aí?
      NO brasil existem milhares de trouxas que acham bonito pagar carro caro pra desfilar com modelo suburbano do 1o mundo como se fosse carro de 1o mundo, gente que gasta o que não tem, porem não faz uma reservinha pra velhice…a idade chega moçada, e com ela vem as necessidades…pensem antes de gastar alem da conta!

  • RFCAR

    Esse é o Colbat Chines Clone ching lin… kkkkk
    pior que fizeram melhor.. kkkk
    abs

  • chelosbr

    Da-lhe Lifan! Tomara que dê certo e venha com produtos competitivos e baratos!

  • Filipe Augustus

    Eu observei alguns traços Opel no desenho desses carros principalmente nos faróis nas extremidades, em especial traços encontrados no último Vectra C II e no Opel Astra/Vectra GT.

  • hugogyn94

    Kibon, esses dois vao melhorar muito mesmo e vao diminuir os preço que eles fizeram com lifan 320 R$ 26.980,00,pra fazer isso pra todos carros serem baratos,seria muito bom pra os consumidores serem mais feliz e sem der dor de cabeça.

  • Ricston

    Esse Lifan 720 "bonitão" eles não trazem não, né, rs?

  • PG1981

    Tem que ser muito, mas muito barato mesmo pra valer a pena!

  • Puxa eu curti esse top de linha ai hein.
    Torço muito pra que esses carros chineses se provem tão resistentes e mais eficientes do que nossas carroças, seria lindo esfregar na cara de alguém que um carro feito na China rodou mais do que um "nacional" sem precisar de manutenção de reparo, apenas preventiva….
    Eu fico de olho neles, os sul coreanos começaram assim, olha como estão hoje.

  • mike_br

    Ai meu deus, Effa não!

  • Edson Roberto

    Pois é Mantega ta satisfeito?

    Se não fosse esse "protecionismo" idiota, teriamos mais montadoras no Brasil. Mas ta certo, o certo é aumentar porque todo mundo acha mais bonito comprometer o custo do brasileiro ao inves de deixar as montadoras concorrendo entre si. E ao que me consta nenhuma é nacional, então proteger o que? Auto peças? Nessa era só aplicar a redução de imposto por produção que nem assim elas mesmas sairiam perdendo.

  • JCsr

    "Em 2011, a Lifan emplacou 3.757 veículos, mas prevê vender 20.000 este ano, além de dobrar a rede de concessionários dos atuais 50 para 100 lojas."

    Lifan, cê tá boa, filha?
    Para sair 3.757 unidades das concessionárias só com muita reza braba e sessão de descarrego, ela tem que se considerar no lucro com essas vendas, porque essa operação mega amadora que possui aqui corria o risco de vender muito menos.

  • rdvalle55

    1 + 1 = 2? No caso de carros chineses, 1 + 1 = 1/2. Pelo menos por enquanto. Os japoneses quando começaram a vender seus carros nos EUA tinham a mesma fama porque seus carros também eram muito ruins. Vamos esperar mais alguns anos pra ver se eles melhoram ou se alguns fabricantes daqui pioram de vez para acompanhar os recém chegados. Aqui sempre foi assim: os que estao chegando dizem que seus carros serao os mais baratos e depois de um tempo, quando percebem que muitos brasileiros nao sao exigentes e que seus concorrentes fazem porcarias e cobram caro, eles acabam rapidinho entrando na onda. Produtos bons sao coreanos, nao chineses. So que os precos das pecas de reposicao…. Ex.:as palhetas de limpadores de para brisa que custam entre 40 a 60 reais no caso do Azera custam R$ 326,00 na concessionaria de Brasilia. Culpa dos Coreanos? Nao. Culpa do Brasileiro que esta por traz da marca Hyunday.

    • DougSampaNA

      Será que ninguem lembra de importação autonoma?
      Tem muita gente que importa peça por conta própria e depois o cara importa as peças e manda instalar no mecanico de confiança.
      Se a peça é cara aqui, entra num site de auto peças americano, veja os custos e importa de lá.
      Certo parente nosso tem 1 moto BMW; pra colocar uma borracha de apoio para as costas do carona, no brasil a peça custava 600 reais, em Miami 100 dolares, com o imposto de importação ficou em 160 dolares posto aqui!!!
      Bastou ter 1 cartão de credito internacional, só.

  • Sukyake

    Depois de ver o Effa M100, prefiro manter distância de qualquer Effa, pois definitiva essa marca não tem qualidade nem uma mecânica mais confiável que a de um Fusca de 1960.

    Entretanto a Lifan me impressionou com o 320 e o 620.

    O 620 é uma copia descarada do Toyota Corolla XLi 1.6, mas sem perder a qualidade e com equipamento completinho.

    O 320 parece um Mini Cooper na estética e um Citroen C3 no ronco do motor 1.3 e no engate de marchas… me pareceu um excelente primeiro carro.

    Estou curioso para testar o 620 elétrico… acho que deve ser um bom carro para cidade, apesar da carroceria grande como a de um Corolla.

    E o 520 tem um jeitão meio despojado… será que vai ser "esportivinho" para guiar?

  • ubiratamuniz

    Ué, a Effa e a Lifan já não eram parceiras?!

    a Effa Motors é uma empresa brasileira-uruguaia, que importa e monta os carros da Lifan no Uruguai. Não vi novidade nenhuma aí.

  • alvarovalves

    Se juntar para montar bombas não é formação de quadrilha?
    Sem brincadeira agora, esses chineses, se tivessem visão de mercado, montariam seus modelos aqui, e comprariam motores de algum fornecedor brasileiro, como o bom 1.0 16v da Renault, os Etorq da Fiat, porque dariam mais segurança para quem compra os carros. Aos poucos eles vão inserindo motores próprios em uma linha que vai ter perdido a fama de bomba ambulante, e se tiverem qualidade, vão manter os clientes e ganhar novos.
    Para isso deve-se ter um mínimo de cuidado na fabricação dos carros, procurar reforçar encaixes e vedações (A 4Rodas já denunciou um Lifan 320 que quando chovia do lado de fora, chovia do lado de dentro também), e ter o cuidado de adaptar a suspensão dos veículos para a realidade brasileira, coisa que a JAC com 1 ano de Brasil e sem fábricas por aqui fez melhor do que a PSA que ainda não consegue fazer um Peugeot 207 rodar 3 anos sem ter problemas nessa parte.
    Brincadeiras a parte, por enquanto carro chinês não entra nem nas possíveis opções de compra, pois carro aqui no Brasil, mesmo sendo Chinês ainda é caro, e R$ 30 mil reais não se joga fora comprando um carro frágil, que vai ser complicado de vender, e que vai valer muito menos do que um similar de marca mais conhecida na troca pelo carro novo. Por mais que carro seja um bem de consumo, e não um investimento, eu pelo menos não entro na brincadeira para ser o que perde mais dinheiro, tento ser o que perde menos.
    A hora dos chineses vai chegar, e eles vão se equiparar em qualidade aos coreanos e japoneses, mas atualmente nem a mais otimista das polianas tem condições de dizer que são bons carros.

  • Romis_gtr

    Vejo que o Lifan 620 é uma opção até plausível, afinal se a mecânica for realmente confiável quanto a de um Corolla XLi 1.6, tá aceitável…Ele tem um ótimo porte, pelos testes já vimos que o desempenho não é o forte, masssssssssssssss o Cobalt (por exemplo) também não tem desempenho bom e vai (como já está começando) a vender horrores…

    O que eu acho que realmente está sendo o calcanhar de aquiles das marcas chinesas são alguns problemas congênitos vindos da fabricação e a questão de reposição de peças.

    Preço por preço acredito que os chineses não baixarão muito mais estes praticados, porém se a qualidade dos mesmos começar, automaticamente a coisa vai mudar meus amigos…..pelo menos seria ótimo se isso acontecesse….

    O único porém disso tudo pra mim, pelo menos por incrível que pareça, é o próprio consumidor brasileiro que caiu em uma lavagem cerebral infinita iniciada no século passado, que atrapalha demais a livre concorrência, além claaaaro da Margarina lá no governo….isso me dá #MEDO!!!!!!

  • lndnfsu2

    pelo menos no quesito design ja estao ficando bons, falta so melhorar o acabamento e o pos-venda

    • lmabreu

      Só isso????



Send this to friend