Asiáticos China Effa Montadoras/Fábricas

Effa Motors vai acelerar construção de fábrica no Uruguai

effa-motors-vai-acelerar-construcao-de-fabrica-no-uruguai Effa Motors vai acelerar construção de fábrica no Uruguai

Ao contrário de outras marcas que resolveram congelar seus investimentos em plantas de produção no Brasil, a Effa Motors quer ir pelo caminho inverso.

A marca uruguaia quer antecipar a construção de sua fábrica no Uruguai, visando poder recolher a tributação de fabricante e não de importador, à que é obrigada recolher.

O imposto de importação é de 35%, mas com a produção no Mercosul, a Effa deixa de recolher este montante. Além disso, a cotação do dólar também faz com que seu desempenho nas vendas seja mais modesto que o esperado.

A nova fábrica irá demandar um investimento de US$30 milhões e possibilitará aumentar as vendas de seus veículos, a confiança nos seus produtos e uma redução nos custos com peças, já que parte delas será nacionalizada de alguma forma.

Em Janeiro, a marca emplacou 43 unidades, contra 32 unidades vendidas em Dezembro. Até agora, a Effa já vendeu 880 veículos chineses no segundo semestre de 2008, sendo 580 do M100 e 300 da minivan comercial ULC.

Fonte: G1.

  • Diguinho

    Desse jeito, so tem consecionaria em SP

  • marcos

    Por enquanto acho que só tem em SP mesmo, mas vai saber, esses orientais não são muito de brincadeira, eu lembro, a alguns anos atras, alguem comprar um carro coreano era um absurdo, ninguem queria, vc’s devem lembrar na epoca da Towner, eu só ouvia falar mal, hj em dia, Tucson lidera o segmento…

    Mas ainda falta um motor flex e uma rede mais ampla, sem isso, é dificil um carro pegar no Brasil

  • Rafael

    Seja educado nos seus comentarios.

    Cara vo falar que n gosto muito de carro coreano mais to curioso pra conhecer mais sobre esse carro que se mantiver esse preço e aumentar sua rede de concessionárias e assiténcia no pós venda vai vender pakas mais pra isso é preciso ganhar confiança dos consumidores e tentar qm sabe tirar grande parte do ramo dos 1.0 de hoje

  • DAniel

    Realmente, assim começaram os Korea por aqui e por toda a América, mesma forma c/ os japas a bem + tempo…

    A M100 da 4R, passou num teste de + de 5000km pelo sul do BR e Uruguai, mostrando q o motorzin Suzuki é bom e resistente, só pecando pelo acabamento e falta de DH, seu consumo chegou a 19,3km/l quando a abastecida c/ “nafta”.

    A situação no futuro, pode ficar ñ muito fácil pros nossos “populares” deR$25 mil pelados

  • mayck

    Seja educado nos seus comentarios. Eh exatamente isso q falta.confianca.pq qualidade nao fika atras nao

  • mayck

    Seja educado nos seus comentarios. Falta apenas confianca pq preco eh melhor q os concorrente e digamos q qualidade nao pode ser pior.

  • tscarani

    O maior problema dos brasileiros é fazer questão de carro flex. O consumo desses carros nunca se repetiria num flex, que compromete o consumo em ambos os combustíveis para conseguir usá-los.

    Torço pra que um dia tenhamos motores exclusivamente álcool e exclusivamente gasolina de novo.

  • heliofig

    Éber:

    Olha esta pickup Effa Plutus, muito bonita, no site uruguaio da Effa:
    http://www.grupoaler.com

  • luissss

    :clapp:

  • luissss

    :cool: :smile: :glass: :laugh: :rayban: :drinkk:

  • Sandro Gomes

    Eu tive um M100!
    Ta no Patio da Porto Seguro por falta de peça!
    A Porto só me pago 70% do valor da tabela alegando responsabilidade da EFFA.
    Sem contar o período de 1 ano que fiquei com o carro e so tive problemas!
    lamentavel ( O CARRO É UMA PORCARIA )
    sandro.gomes@unifer.com.br

Send this to a friend