Asiáticos EUA Europa Mercado PSA

Em alta, PSA confirma parceria com Proton e começa a se aproximar dos EUA

PSA-Peugeot-Citroen-Push-to-Pass Em alta, PSA confirma parceria com Proton e começa a se aproximar dos EUA

A PSA está em alta. Pode não ser aqui pelo Brasil, mas o grupo francês está atirando em todas as direções após a recuperação financeira, feita em pouco mais de três anos. Com a fixação “exclusiva” de duas joint-ventures no Irã, um mercado bastante promissor, a empresa agora negocia a compra de Opel e Vauxhall, tirando um controle da GM que durou quase 100 anos.

Mas as ações da companhia capitaneada por Carlos Tavares não param por aí. Com os dois pés na China, a PSA logo terá uma plataforma modular (CMP) para compactos, desenvolvida com a sócia Dongfeng. Enquanto isso, outro alvo é o continente africano, com produção retomada em alguns países, mas com concentração no Magreb, região norte do continente.

Além disso, a empresa confirmou que está em negociação com a malaia Proton. O objetivo é expandir as operações no país e no Sudeste Asiático. Ao mesmo tempo, introduz nos EUA a empresa de compartilhamento de veículos TravelCar. O objetivo é ir muito além do car sharing, criando uma base (e uma imagem) para a chegada definitiva do grupo ao solo americano, o que deve acontecer em 2020. Tais operações da PSA já refletem nas ações em alta. Então, fica a pergunta: até onde vai a PSA?

[Fonte: Paul Tan/Auto News]

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

Send this to a friend