*Destaque México Mercado Montadoras/Fábricas Pickups Renault

Em breve no Brasil, Renault Alaskan começa a ser produzida no México

Renault Alaskan 2018 Europa 11 - Em breve no Brasil, Renault Alaskan começa a ser produzida no México

O complexo industrial CIVAC da Nissan, localizada no estado mexicano de Morelos, começou a produzir a picape média Renault Alaskan. O modelo é equivalente da Nissan Frontier, também conhecida por lá como NP300. O objetivo da marca francesa é aumentar a participação no mercado local com produção, uma vez que a empresa lidera as vendas entre as marcas importadas, tendo hoje 2% de market share.


Diante disso, a Renault utilizou o complexo da Nissan para fazer a Alaskan dedicada ao mercado interno, uma vez que unidades foram feitas anteriormente para o mercado colombiano, onde ocorreu o lançamento global do modelo. Irmã da Frontier, a picape da marca francesa apresenta grade, para-choques, faróis, lanternas traseiras e outros itens diferentes daqueles vistos no modelo da Nissan.

Renault Alaskan 2018 Europa 9 - Em breve no Brasil, Renault Alaskan começa a ser produzida no México

A motorização também é a mesma, com propulsor biturbo diesel 2.3 de 190 cv e transmissão automática de sete marchas, além de tração nas quatro rodas. Mas e por aqui? A Renault Alaskan dedicada ao mercado brasileiro será feita na Argentina, onde a planta da Renault em Santa Fé recebeu modificações e investimentos para a fabricação de três modelos, sendo os demais a Nissan Frontier e a Mercedes-Benz Classe X.


Aqui no Brasil, a Nissan Frontier atualmente vendida vem direto da planta de Morelos, no México. Com duas versões e preços entre R$ 150 mil e R$ 167 mil, o modelo é oferecido apenas com cabine dupla e tração 4×4, além do conjunto mecânico citado acima. As vendas são baixas, tendo emplacado esse ano 934 unidades. No ano passado, foram vendidas 4.057 unidades.

Renault Alaskan 2018 Europa 14 - Em breve no Brasil, Renault Alaskan começa a ser produzida no México

Mas então, como deve ficar o posicionamento desses três modelos? Como já visto no mercado europeu, a Renault pode chegar ao mercado brasileiro explorando nichos que a Nissan não atende, mas que as rivais estão presentes. Entre eles, uma versão chassi-cabine da Alaskan, assim como opção de cabine simples. Outra opção para essa picape é oferecer versões mais baratas com motor diesel 2.3 com 160 cv ou mesmo uma versão flex do motor 2.5 SCe, que é o mesmo propulsor do Renault Koleos, já confirmado para o Brasil.

A Nissan manteria seu foco em versões mais completas e equipadas, especialmente nas séries especiais e específicas, tais como a Attack, por exemplo. A personalização pode ser um diferencial importante para a marca japonesa com sua Frontier. Já a Mercedes-Benz também pode dispor de versões comerciais quase similares às da Renault, mas com foco também nas mais completas e no luxo, trazendo para cá a versão X350d com motor V6 3.0 de 258 cv.

[Fonte: Al Volante]

COMPARTILHAR:
  • Flight_Falcon

    Se seguir os passos da Oroch não fará muito sucesso por falta de tradição no segmento. Não quer dizer que seja um produto ruim, esperar para ver.

    • Filipe Augustus

      Ela é bonita, então já pulou fora dos passos da Oroch! rsrs

    • Diego Germán de Paco

      A Fiat também não tem tradição e vende muito bem a Toro. O problema acredito que seja falta de espaço e versões/motorização mal planejados… Antes que diga que existe a Strada, é outro segmento totalmente diferente. A Toro tá mais pra média do que pra pickup de serviço/entrada.

  • Haggard

    De todas as derivadas da Frontier, essa, pra mim, é a que tem o visual mais acertado.

    • Diego Germán de Paco

      Também acho

    • Jeremias Flores

      sim! e eu achei que seria a MB – X com o melhor visual quando vi as projeções, e não é. A alaskan é a mais bonita

      • Haggard

        A MB só é bonita a frente. Ponto.
        O interior é estranho e a traseira tem lanternas horríveis.

        • Edson Fernandes

          E a qualidade dos acabamentos da MB não seguem nem de longe o que a fabricante aplica em seus demais automoveis para querer cobrar u m absurdo pro ele.

  • Elias Silva

    Finalmente um carro não-Dacia?

    • invalid_pilot

      Esse ai tem até DNA semelhante a Mercedes Benz, quem diria!

    • André

      O Kwid não tem nada de Dacia, não existe nenhum Dacia Kwid, não é produzido por ela, nem vendido na Europa.

      • JOSE DO EGITO

        Por enquanto sim ,mas o projeto é do KWID ser vendido na europa para concorrer com PANDA,UP e demais do segmento

        • André

          O Sandero já é o carro mais barato da Europa, muito mais barato que um up!. Já foi decidido que por uma questão de custos, não é possivel posicionar o Kwid ainda abaixo do já baratissimo Sandero (na Europa). Um Sandero custa em média de 4 a 5mil euros mais barato que um up! Então, não haverá Kwid na Europa.

      • invalid_pilot

        Kwid é um projeto Renault – mas a falta de qualidade destoa do restante dos Renaults verdadeiros.

    • vicegag

      Esta não terá problemas em carregar alho no porta malas.

  • 110anosimigraçaojapa

    Nissan Frontier

  • Duh

    Vamos ver se a Renault volta a acertar, conseguiu matar o Captur e a Frontier nem se ouve falar, precisa ter menos preços e mais equipamentos que as concorrentes para chamar a atenção.

    • Ricardo Oikava

      Vá se informar melhor

      • VINÍCIUS FREITAS DE SOUZA

        Você é quem está mal informado

  • Tosca16

    Renault poderia dá a loca e investir em áreas onde nunca atuou aqui, gostaria muito de ver a linha de caminhões da marca aqui; e falando da Alaskan, vai ser sucesso, o modelo tem um visual que agrada e de resto não deixa de ter uma base confiável e robusta. E pelo andar das coisas, quem duvidaria vender mais que a Frontier? Eu não duvido é nada!

    • Rogério R.

      Acho difícil termos caminhôes Renault aqui pois no final dos anos 1990 a Renault vendeu a Renault Trucks e a Mack Trucks(as duas marcas pertenciam a Renault) para a Volvo caminhões(esta que teve que vender a divisão de carros para a Ford para poder comprar da Renault) afim de comprar os mais de 40% da Nissan. Caminhões Renault atuais usam cabines FH reetilizadas.

  • Tosca16

    Até imagino o narrador da Renault “Que tal unir a robustez e qualidade japonesa com o melhor do design francês? Conheça a Alaskan, a nova picape da Renault. Venha e faça um teste drive, surpreenda-se”.

    • JOSE DO EGITO

      Ou tambem: RENAULT ALASKAN o Renault que vc nao esperava…..Nao pera essa frase ja foi usada no Sandero….

    • sepchampions

      Com a cabine luxuosa de refinamento alemão.

  • leomix leo

    Visualmente muito mais bonita que a Frontier, sendo o mesmo motor e carro, acho que compraria a Renault, sem pensar 2x. Ficou mais agradável aos meus olhos. Sabendo que das pickups é a revisão mais cara, no modelo antigo, essa eu não sei.

  • octavio cesar godoy

    Que triste realidade a nossa

  • NAndreotti

    Pra mim vai ser a caminhonete mais bonita do mercado nacional, só não consigo gostar do interior dela.

    • sepchampions

      Por fora a mais bonita mas por dentro… Odeio saídas de ar redondas, retangular é muito mais bonita e passa uma impressão de refinamento.

  • Dudu Pimentel

    Está mais bonita que a prima japonesa (Nissan Frontier)

  • Rogério R.

    A Alaskan ficou bem bonita e o site da QR mostra a Classe X já rodando em testes no Brasil.

  • yurieu

    Não deixa a desejar visualmente a uma pick up americana. Todo o resto s10, hilux, frontier, classe x, Triton são extremamente feias e orientalizadas.

  • Marcus Vinicius

    Poderia fazer o seu primeiro comercial de TV no Alaska desbravando a neve e combinando xo

  • Mauro Banqueiro

    Outra forma de andar de Frontier

  • REDDINGTON

    Linda. Mais bonita que a Mercedes, que matou o carro com aquela traseira.

  • Vattt

    Ficou mais atraente que a Frontier!!! Mas vai ser bom para o mercado dela dividindo a mesma mecânica, que pode melhorar o pós venda e a oferta de peças.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email