Finanças Governamental/Legal

Fazendo o primeiro emplacamento sem pagar propina

placa-carro-620x310 Fazendo o primeiro emplacamento sem pagar propina

Leia abaixo o relato de um leitor – que preferiu ficar no anonimato – sobre o processo de emplacamento com ou sem pagamento de propina para reduzir o tempo de espera:

Essa semana passei por mais uma situação típica de nosso país de tolos onde tudo se faz no “jeitinho”.
Resolvi eu mesmo fazer o processo de emplacamento do meu carro novo na Ciretran da minha cidade uma vez que o despachante pediu R$ 700,00 + IPVA. Todo o passo a passo está disponível no site do Detran. Então reuni os documentos, paguei as taxas, preenchi o formulário do RENAVAM, obtive o número da placa e montei o processo.

A primeira sacada é na placa. Se escolhemos a placa padrão (preço incluso na taxa de lacração) do Detran ela demora 3 dias para ser emitida após o CRV (o famoso DUT) ser emitido e retirado pelo proprietário (isso tudo no setor de placas na CIRETRAN), e teoricamente, não se pode escolher o final da placa. Mas, se optarmos por uma placa “especial” ao custo de R$ 110,00 reais, podemos escolher o número, bem como emplacar já no dia em que liberarem o documento.

A segunda sacada é no tempo de espera. Se o processo de emplacamento é montado pelo despachante, no dia seguinte o CRV é emitido e mais um dia pode-se emplacar o carro, ou seja, 2 dias. Mas caso, o sujeito queira economizar com o despachante, e não participar do “esquema” ou pagar o “café” para agilizarem o documento, teria de esperar 10 dias pela emissão do CRV, ir novamente à CIRETRAN buscar o documento, tirar uma cópia e deixar no setor de placas e esperar mais 3 dias para poder emplacar o carro, ou seja 13 dias sem contar o dia para montar o processo.

Vou esperar por 10 dias sendo que, se tivesse feito com o despachante, o carro sairia emplacado da concessionária. Uma forma de escapar desse esquema, é pagar a taxa de lacração referente ao emplacamento “domiciliar” (+ R$30,00 sobre a taxa padrão) e não a taxa comum, aí eles que tem que correr. Como já tinha pago a taxa comum fiz o processo comum, porém economizei R$ 410,00.

O pior é que eles falam na cara dura e sem pudor algum. O atendente disse o seguinte: – Você paga o leite das crianças do despachante, ele vem aqui e entra pela “porta do meio”, se você vem direto, você entra pela “porta da frente”, aí demora mais, mas eu posso resolver isso com o meu encarregado finalizou, deixando subentendido que “quem quer rir, tem que fazer rir”.

Esse é o país em que vivemos, ou se mama na teta do governo com licitações fraudulentas ou se mama na teta do consumidor que tem que sustentar essa corja corrupta. A maioria que vai lá, não sabe disso e acaba sendo prejudicada como ocorreu comigo.

  • Zergling

    Você não foi prejudicado, prejudicado é quem paga. Se não pagassem, esse esquema não existiria. No fundo, a culpa é da população. O povo brasileiro é corrupto, nossos representantes são um reflexo nosso. Só vai mudar a partir do momento que fizermos diferente, como você fez.

    • jvitor

      Exatamente – o povo brasileiro por si só é corrupto. O negócio aqui é: eu resolvendo o meu o resto que se dane.

    • Archimedes

      Triste é que vc faz o certo e fica de "otario", porque vai ficar pra trás, vai demorar mais pra fazer tudo, e tal… e o "espertão", corrupto, vai se "dar bem". Eu tento fazer tudo certo, tento mesmo, mas eu fico PUTO quando sinto que estou sendo prejudicado por ser honesto… E isso vale pra tudo tudo mesmo, do transito ao supermercado, eleições… qualquer coisa que seja. Nosso país(nosso povo) tranforma o correto em coisa de otário e o errado em "bonito".

      • dudupruvinelli

        É clichê, mas se cada um fizer o certo, teremos um país melhor.

        • vicegag

          Mas boa parte dos brasileiros que pagam o extra, não sabem que poderiam economizar esta grana, pecam pela ignorância, pois acham que é o valor normal, e usam o despachante pois não tem tempo para resolver toda a burocracia, outros ignorantes pensam que como um carro aqui no Brasil custa o olho cara, 700 reais na emplacação, deve ser o normal.

        • Matheusbio

          clichê é ver todo mundo flando aqui de brasileiro corrupto mas nenhum faz o dever de casa!!!

          • Four Rings

            Na boa, eu faço. Sempre que possível faço minha parte. Ter a consciência leve é algo que não tem preço. Conselho, afaste-se de amigos e colegas malandros, e aproxime-se de quem faz a coisa certa. Isso sim faz a gente melhorar, evoluir, e se sentir bem.

            • Matheusbio

              Então vamos tomar a primeira medida: parar de ficar reclamando nos comentários e agir parando de comprar os carros…. Quem vai entrar nessa?
              O grande problema hoje é o "senso geral", que predominda sobre todo mundo… Ah, tbem tem osreclamões, que são justamente os maiores contribuidores p/ essa nossa realidade

        • Bruce Porsche

          É migão…
          Tô contigo…É só questão de começar agora mesmo…e vai como a coisa melhora….

    • acorreia

      Concordo plenamente. Reclamamos muito da corrupção, mas temos que nos lembrar que o corrupto só existe pois existe o corruptor, aquele que paga a propina que no fundo é tão corrupto quanto os outros.

  • dudupruvinelli

    O interessante é que tem um tempo que se pode ficar andando sem placa. Quando eu for comprar meu carro, também irei emplacar por fora. De 500 em 500 se vai longe! Também tem o esquema (que já me foi oferecido numa css da peugeot em SC) de "emplacamento grátis". O vendedor espertão colocao nome dele no documento do carro, ou algo assim, e depois se transfere. Depois não adianta reclamar do Renan Calhorda!

    • mvnascimento

      Nesse tempo que pode andar sem placa, é possível o carro já estar segurado?

      • Wolf_Hoffman

        se não me engano, pode sim, fornecendo o numero do chassi ao corretor e posteriormente informando a placa do carro ao mesmo…

        quem entende do assunto, me corrija caso eu tenha falado alguma besteira ^_^

        • Pedro_Rocha

          Eu saí da css com o seguro já assinado e com uma nota fiscal para confirmar a propriedade do veículo, sendo que o emplacamento, que foi por conta da css, só foi concluído cerca de 20 dias depois.

        • PortoWF

          Só precisa do nº do Chassis e da copia da NF

          • Edson Roberto

            Vc é o cara para me responder isso… como esse emplacamento não cita se é apenas para carros 0km ou usados, eu poderia ter "uma nova placa" para isso? Falo isso, pois meus carros ambos possuem placas do mesmo dia de rodizio.

            Gostaria que um deles mudassem isso para justamente usar um em dia de rodizio do outro. Pergunta: É possível alterar placa de carro usado?

            • PortoWF

              Não sei cara, mas tenho a impressão que não pode.
              Um vez gerado a placa, aquele carro carregará aquela numeração e Letras vinculados ao seu Renavam e Numero de Chassis para o resto da vida. Em caso de mudança de estado ou cidade, eles alteram somente essa informação na placa mas o restante permanece.

              Infelizmente no Brasil a placa é do carro quando eu penso que deveria ser como nos EUA, a placa ser do Dono.

      • ranierefilho

        Sim, pelo numero do chassi.

      • andrevidigal

        Sim, vc pode assegurar pelo número do chassi, caso excepcional para os 0km

      • Leandro Bilac

        Para o seguro, segundo meu corretor, basta a copia da nota e a data de saída do veiculo da concessionária. Quanto ao emplacamento, 15 dias a contar do dia de saída e com o trajeto restrito a concessionária/residência do proprietário/órgão de trânsito.

    • rpasini1

      Emplacamento grátis não precisa desse rolo, o carro sai da cc já emplacado e demora poucos dias. Qualquer cc faz isso na venda de um carro novo, inclusive emplacamento gratis é fácil conseguir, é praticamente pedir e "ok".

      • Lucas nieves

        Exatamente, muito estranho essa de o cara passar o carro pro nome dele (vendedor) pra depois o teu… Ai voce saí da concessionária com um carro zero e segundo dono! Que ridiculo!

      • Lukoh

        GRÁTIS é modo de falar, né???

        Óbvio que não existe nada "grátis"… vc pagou por isso.

        • rpasini1

          Depende do ponto de vista.
          Se o carro está sendo vendido a preço sugerido pela fabricante, vamos supor 50 mil, ai tu negocia o carro, consegue um desconto, digamos que baixe para 49, ai tu ainda fica de pensar, e em mais uma ou duas negociações tu consegue o carro emplacado, com ipva pago, e algum mimo pelos mesmos 48, não tem como dizer que não é grátis o emplacamento. Claro, isso saiu da margem de lucro da cc, que deve ter algum acordo para agilizar o processo e a um custo muito menor do que o cobrado pra nós.

          • Marcelo

            Que desconto. De qualquer forma a CSS sempre sai ganhando.Se falam que dão desconto já têm uma idéia da margem que os caras ganham.

            • FBS

              Então, a concessionária sai ganhando porque lucro é o objetivo de qualquer empresa! Ninguém trabalha de graça e vender veículos não é um trabalho volntário! Margem de lucro existe em qualquer negócio, não é exclusividade de css!

            • Edson Roberto

              Ué… mas se vc considera o valor de venda como ele disse, mas consegue esse emplacamento sem alterar o valor negociado, não sairia de fato com o desconto dado?

    • yagogabriell

      Foi a primeira coisa que pensei. Sei que o limite máximo sem placa é 7 dias.

    • epicentro01

      O CTB diz o seguinte:
      "Resolução do CONTRAN nº 04/98, que autoriza, por exemplo, o trânsito de veículo recém-adquirido, da concessionária ao órgão de trânsito para registro, num prazo de até quinze dias após a emissão da nota fiscal."
      Ou seja, tem o prazo, mas não pode ficar circulando por aí. Eu não arriscaria.
      Agora esse lance de pedirem propina e falarem na cara dura, era de gravar a conversa e acionar o ministério público.

      • PortoWF

        Aonde na resolução ele diz os parâmetros do que é considerado "por aí"?
        Entendo ( e vc tem todo direito de ficar receoso )mas a norma não estipula distancia percorrida somente tempo, portanto, dentro dos 15 dias vc vai aonde bem entender sob risco de interferência do seu livre direito de ir e vir.

        • epicentro01

          Colega, o "por aí" foi por minha conta…rsrsrs.
          Mas a lei não estipula somente o tempo, mas também onde o veículo pode ser conduzido, neste caso diz que só pode ir da CSS para o local de registro. Claro que, no caso do motorista ser parado, o policial é capaz de deixar o cara seguir adiante se o carro foi adquirido poucos dias atrás, porém é um risco que se corre, pois a lei é bem clara, e isso não tem nada a ver com o "direito de ir e vir", pois se assim fosse, você teria a liberdade de passar pelas rodovias sem pagar pedágio, poderia circular sem pagar IPVA e assim por diante usando esta alegação.
          Sem contar que, em um caso de muito azar (mas é possível) um PM pode parar o proprietário, constatar que o veículo foi recém adquirido, liberar o proprietário e o veículo e, caso tenha algum superior deste PM por perto e ver a cena, ele pode abordar o proprietário, recolher o veículo e ainda abrir um processo disciplinar por prevaricação contra o PM que liberou o veículo. Claro que ambos (motorista e PM) teriam que ser muito azarados, mas é uma possibilidade que ao meu ver não vale o risco.
          O quê eu ouço muito, são pessoas que não conhecem as leis, as descumprem e depois se acham injustiçadas, perseguidas e coisa e tal.

          • PortoWF

            cara , vcs precisam de um Advogado de confiança pra tirar de dentro do coração de vcs esse medo!!! kkkk
            Não se infringe lei que não existe, vou repetir pela milésima vez, a Resolução só é especifica com prazo, a questão do trajeto é superficial e em caso de abordagem a autoridade Policial tem que acreditar na palavra do condutor.
            Não há possibilidade de fiscalizar o destino e o trajeto que o veiculo 0km sem placa esta percorrendo. É bom senso, só isso!

            • Fredxyz

              Na prática valerá o bom sendo, mas nos dois sentidos. Se a nota fiscal é de SP, vc tem residência em SP e um policial te pára passeando com seu veículo novo sem placa nas praias do nordeste, vc pode ter problema sim, rs. Afinal não há como alegar que está no trajeto entre css e detran.

            • epicentro01

              Não é medo colega. É questão de cumprir o quê está na lei. Se você acha que está certo, tudo bem, vá em frente. Não há possibilidade de fiscalizar o destino e o trajeto? Simples: Em todos os carros que eu comprei até hoje, na nota vai o carimbo com data e hora de saída da CSS. Se estou andando com o carro uns dois dias depois da data de saída (que não é necessariamente a data de emissão da nota, que tem prazo de 15 dias para emplacar) como se explica que estou saindo da CSS? Ou no final de semana? Feriado?
              Sei que a maioria dos policiais não cobram esta lei (assim como muitas outras) mas ela existe, e quem a descumpre está assumindo o risco, simples assim.

  • Galt

    Problemas gerado pelo tamanho excessivo do estado. Quem vier pedindo mais leis, ou seja, mais estado ainda, achando que vai resolver, sofre de dissonância cognitiva.

  • DCald

    Bom, felizmente eu não passo por isso ao emplacar os veiculos de casa.
    só levar a NF, RG e comprovante de endereço no Detran, dai eles entregam uma autorização para vistoria, levo o carro para o setor de vistoria, onde o vistoriador apenas tira o decalque do chassis (isso pra carro 0km) e assina um formulario. Dai levo o decalque e formulario de volta no "balcão". Dois dias (uma vez foi no dia seguinte!) depois pego o documento e levo para emplacar em qualquer loja de placas. Tem varias em frente ao Detran de Curitiba, faço um leilão e pago o mais barato, a placa é feita na hora (coisa de 20-30min no max), então é instalada e "lacrada". Pronto, simples e barato. R$86 de emissão do documento e 80 rurais da placa. logico, depois tem seguro obrigatorio, licenciamento e ipva.

    • Lucas nieves

      Isso no Paraná né meu amigo, provavelmente esse ocorrido foi no Rio, São Paulo, ou outros destes locais sordidamente corruptos!

      • PortoWF

        cara, acho q não foi no Rio não, os carros qsei que foram emplacados lá (Rio), não passaram por tanta treta. Que eu saiba ( e posso estar errado) a unica coisa no Rio q é mais demorada são as Filas do Detran para vistoria e para impressão do Documento.

      • acorreia

        Negativo. Sou do Rio. Todos os meus carros eu emplaquei por conta própria. É só pagar o Duda de primeiro emplacamento e o Duda das placas. Feito isso você agenda pelo site a data e horário para fazer o emplacamento. O documento do veículo e as placas são gerados na hora. Se você quiser escolher a placa, paga-se mais um Duda específico para isso, mas vale salientar que as opções de escolha não são muitas. Na última vez que fiz isso, peguei o carro em um dia e emplaquei no dia seguinte. No caso do seguro, pode-se fazer o mesmo só com o número do chassi. Depois se informa o número da placa para a seguradora.

      • FBS

        Bom, sou de Guarulhos-SP e pra emplacar minha moto e meu carro (em épocas diferentes) foi só dar entrada no documento, retirar no dia segunte e ir no patio do detran pra lacração! Logico, existe a fila, mas chegando cedo no patio o atendimento é bem rápido! Pude inclusive escolher a placa, dentre as opçoes disponiveis. Geralmente eles te mostram umas 10 ou 20 combinaçoes em sequencia e voce escolhe a que preferir. E paguei somente as taxas oficiais!

      • Edson Roberto

        Em São Paulo (na cidade de São bernardo do campo) onde emplaquei o meu… tirando a questão de ter tido a placa na hora, foi esse o procedimento.

        Eu mesmo fui atrás, com diferença em que tive que ir apenas uma vez para acertar a documetação e vistoria e depois para retirar a documentação do carro.

  • Maracutaias, falcatruas, jeitinho brasileiro. É isso que estraga nosso país: o seu próprio povo corrupto.
    Parabéns por não cooperar com isso.

  • PortoWF

    Estranho mas aqui em Curitiba me parece q a coisa não funciona assim como o autor do texto relatou.
    E outra, para que ter pressa em emplacar o carro se segundo a Resolução 269/08 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), o prazo é de 15 dias, contados a partir da data do carimbo de saída do veículo constante na nota fiscal?

    • Robert

      Prezado Porto, bom dia,
      há um detalhe a ser destacado na resolução 269/08 ela diz no trajeto Concessionária ao local de emplacamento(Detran), sendo assim, no fim de semana vc não pode pegar a estrada e sair para passear por exemplo.
      Também vou fazer o emplacamento por conta própria.
      Acho abusivo o valor cobrado por despachantes.
      É só uma dica na interpretação da resolução.

  • Gustavo

    Dúvida de leigo: O que acontece se um carro que ainda não foi emplacado é multado por um radar?

    • Lucas nieves

      Hoje os radares tem cameras de alta resolução que pegam até o numero do chassis nos vidros… Ou seja, voce corre o risco de tomar mais de uma multa (a por ultrapassar o limite do radar e o de andar sem placa no veículo).

      Carro sem placa só pode se locomover entre o detran e a residencia do proprietário. Andei 3 dias sem placa e andava com um medo desgraçado de ser parado em blitz e etc. Pq voce tem que explicar que está indo ao detran ou voltando do mesmo. Agora se for de noite……..

      • 356

        Afff quanta bobagem…

        • rrr

          Quanto aos radares é um pouco de exagero, mas em uma blitz você pode ser multado sim, pelo numero do chassi

          • Four Rings

            Exagero ou não, já saiu até matéria em jornal onde conseguiram sim identificar o carro mesmo sem placas. O método é que não foi revelado. Eu não arriscaria de jeito nenhum.

        • PortoWF

          desinformado desinformando

          • Lucas nieves

            É mesmo? Uma vez um colega recebeu a multa em casa, a foto estava meio borrada.. Ele quis dar uma de joão sem braço e foi reclamar no detran. O atendente abriu o sistema e mostrou a foto do carro dele e mostrou inclusive O CHASSIS NO VIDRO. Diante disto, ficou o cala boca pra ele, que teve que pagar a multa igual… Desinformado? Acho que vocês é que andam bastante desinformados…

            • PortoWF

              Sim, eu não disse que é impossivel multar pelo numero do chassi no Vidro.
              Isso ocorre, inclusive já aconteceu com meu Pai.
              O que esta completamente equivocado e é informação errada diz respeito a emissão de multa por trafegar sem placa.
              Se vc estiver dentro do Prazo legal previsto na Lei, vc pode inclusive atravessar Estados com o veiculo nestas condições.
              Eu já o fiz, se tem duvida pode se orientar com um Policial Rodoviário.

              • Lucas nieves

                "O artigo 230, inciso IV do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) proíbe conduzir o veículo sem qualquer uma das placas de identificação.
                Para regulamentar essa situação o Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) publicou a Resolução 269, em cujo artigo 1º tem a seguinte redação: “Antes do registro e licenciamento, o veículo novo, nacional ou importado que portar a nota fiscal de compra e venda ou documento alfandegário poderá transitar do pátio da fábrica; da industria encarroçadora ou concessionária; do posto alfandegário; ao órgão de trânsito do município de destino, quinze dias consecutivos a expedição da nota fiscal ou documento alfandegário correspondente”
                Isso quer dizer que o veículo novo, sem registro ou licenciamento, poderá circular sem as placas até 15 dias, porém, deve se atentar para os termos da lei. Neste prazo o veículo pode transitar apenas com destino ao órgão de trânsito, ou seja, não pode circular fora do horário de expediente, à noite, finais de semana e feriados, uma vez que os órgãos de trânsito não funcionam nesses períodos.
                Não observando esses critérios, dentro deste prazo, o condutor estará sujeito a ser punido com multa gravíssima no valor de R$ 191,54, obter 7 pontos em seu prontuário e ter o veículo apreendido. Mesmo sem as placas, o veículo pode ser autuado pelo número do chassi. Se o veículo já tiver sido licenciado, ao consultar o sistema, o agente obterá os números das placas. Não adianta chorar."

                Fontes: Autonews e Redetransito.

                E ae amigão, quem é desinformado e está desinformando os outros no Blog?? Pode até circular sem placa até entre estados, desde que o estado de destino seja o que você mora e o de origem o que você adquiriu…

                • PortoWF

                  Acabei de explicar acima, não ficou evidente?
                  Se vc estiver dentro do previsto pela Lei, vc NÃO PODE ser multado por estar sem placa.
                  Sinceramente não sei pq vc tomou as dores de um comentário que não fez nem menção a sua pessoa.

                  • Lucas nieves

                    No seu primeiro comentário você deixa dúvidas quanto ao meu comentário, levando as pessoas a acharam que trafegar sem placa pode! Poder até pode, desde que obedecidas as condições da legislação vigente, ou seja, só entre sua casa e o órgão fiscalizador.

                    Em relação ao poder ser multado, PODE SIM, mas como o veículo está sem placa, você obrigatoriamente deveria ser parado pelo orgão de transito para poder preencher a multa com o numero correto do chassis. Já vi relatos na internet sobre a pessoa receber multa mesmo não tendo sido parada, mas obviamente foi devido à alguma outra identificação do veículo, como por exemplo, algum adesivo ou característica exclusiva, mas isso dificilmente ocorreria. O provável é a ocorrência do veículo estar estacionado em local público e um agente de transito pôde anotar o chassis do veículo.

                    Que fique claro a todos: A multa ocorre se você estiver fora de rota de seu domicílio e o orgão fiscalizador. Se você estiver atravessando estados, tem de estar indo em direção a sua cidade, nada diferente, caso contrário já está apto a ser penalizado.

                    A pergunta do camarada foi bem simples de ser respondida, mas o pessoal resolve falar besteira e o cara fica na duvida, que pode também ser repassada a outras pessoas que estão lendo o blog. Circular com o carro sem placa não depende apenas do prazo máximo de 15 dias, mas de circular entre concessionária para domicilio e nas idas ao Detran/outros, nunca a passeio ou fora de horário comercial deste. Neste caso tenha mais cuidado ao tentar complementar um comentário de forma ambigua… Abraço!

                    • PortoWF

                      Estávamos todos falando sobre 1º emplacamento, pensei que isso tivesse ficado claro.
                      Agora aonde vc ampara o seu entendimento de que o Condutor do Veiculo 0km sem placa tem que estar "dentro da rota", "dentro de sua cidade"
                      Em quem Lei isso esta amparado????

                      Ou vc "acha" que isso é desse jeito?

                    • Lucas nieves

                      Novamente, me amparo na resolução nº 269/2008 do Contran:

                      Art. 1º O inciso I do art. 4º da Resolução nº 4, de 23 de janeiro de 1998, do CONTRAN, passa a vigorar com a seguinte redação:
                      “I – do pátio da fábrica, da indústria encarroçadora ou concessionária e do Posto Alfandegário, ao órgão de trânsito do município de destino, nos quinze dias consecutivos à data do carimbo de saída do veículo, constante da nota fiscal ou documento alfandegário correspondente;”

                      É lei, está valendo! Não sei qual a sua dificuldade em entender uma lei tão óbvia! Tu não pode circular sem placas, a menos que esteja transitando para regularizar a situação, ou ainda, como no seu caso exposto, esta se dirigindo de um estado à outro sendo o estado de destino o seu de domicilio… Neste caso você pode sim circular com o veículo, mas apenas se voce estiver indo em direção ao seu domicilio, caso contrario é multa!

                    • PortoWF

                      Não precisa que o Estado de destino seja do meu Domicilio, o condutor do Veiculo não é obrigado por nenhuma Lei a ser o proprietário do mesmo.

                      Nem pode a autoridade de transito exigir nenhum comprovante a esse respeito, como tb não há forma de fiscalizar com exatidão se eu estou indo para onde digo que estou.

                      O que vale é a palavra do condutor, estando dentro da vigência do prazo e portando NF e Carteira de Habilitação valida, nada pode fazer a autoridade de Transito.

                    • Machado

                      Hahahahaha, que engraçado! Esse tal de Porto ta de trollagem aqui no site, só pode! Provavelmente nunca teve carro zero e nunca cruzou estado nenhum com carro sem placa. Sou PRF e posso te garantir que apreendemos qualquer veículo sem placa circulando em rodovias federais, pois está previsto no cdigo de transito. Pra isso que existe caminhão cegonha! Veiculo sem placa é veiculo suspeito, pode infringir diversas leis, causar acidentes sem poder ser identificado, entre outras… Portanto meus amigos, não andem sem placa, não é permitido nem dentro da cidade. Voce so pode circular sem placas para regularizar a situação, num prazo maximo de 15 dias, entre sua residencia e o detran.

                    • PortoWF

                      kkkkkkkkkkk……..

                    • Lucas nieves

                      Cara, desde que se apresente a NF e o destino, pelo que diz a lei pode sim! Quanto a isto não há dúvidas, a lei é clara! Mas que não pode ficar dando bandeira e circular sem restrição é vero…

                      Quando eu comprei o meu zero km não deu tempo de emplacarem e eu andei sem placa uns dias. O meu vendedor falou pra tomar cuidado e não circular fora de hora e que se me parassem na rua era pra dizer que estava indo no Detran ou voltando pra casa…

                    • PortoWF

                      sim, como eu disse, é bom senso!

                    • Cafefilosofico

                      Cara, na boa, respeito seu fundamento legal, aparentemente vc esta certissimo….so que vou te dizer: comprei 3 carros Okm ate hoje, e com todos eles, fui e voltei do trabalho, em cidades distintas, (70 km de dist.) passando por BR, Posto da PRF e PRE, nos postos, passava de boa, tranquilo, mas confesso que nos radares, eu "varava"eles com um certo prazer sadico, metia o pau mesmo, sem pena….e nao rolou nada. Nem na BR, nem nas cidades….Mas vou te dizer 1 coisa, este sistema de transito/placa, etc só tem 1 jeito: acabar com tudo, e COPIAR um sistema que preste e tenha liberdade, como o americano, por exemplo. Cada estado tem autonomia, vc chega no depto. de transito (Florida por exemplo), paga uma taxa de 60 e poucos dolares (nao lembro exato) mais 25 da placa. Quer placa especial? Tipo "salvem as baleias"…(sério mesmo!) Paga a taxa de 25 mais a contribuicao para aquela ONG, fundacao, seja la o que for, ate para o exercito tem. Quer placa especial, tipo 007? Se estiver disponivel (ou seja ninguem estiver usando), paga mais uma taxa. Eu quis na epoca a placa Law, ja estava em uso. Peguei a The Law. Uma semana depois, meu socio foi contactado por um outro advogado, que me ofereceu 500 na placa, recusei. O cara chegou a 850, passei a placa (veja, a placa, nao meu carro) Fui no depto. the transito, e peguei a placa Law 0001 . Sem stress, sem estas leis retardadas de brasilandia que fingem que sao "fantasticas' (lembra que qdo trocaram as placas amarelas pela cinza, disseram que ia " colaborar para diminuir roubo e clonagem de carros e placa"? E ai? Adiantou? As boas ideias devem ser sumariamente copiadas, pois sao desenvolvidas em paises que investem muito bem milhoes de dolares em educacao, diferentemente daqui. Infelizmente. Dai devemos ser um pouquinho mais humildes e copiarmos a legislacao, americana por exemplo, por ser um pais com dimensoes continentais, pouco burocratico, intenso e necessario uso de carro em cidades que nao sao "metropolis"….La nos USA tenho um Malibu LTZ 2012 e que me custou 26.800 dolares e gastei no total para licencia-lo (IPVA SÓ EXISTE NO BRASIL E EM NENHUM OUTRO PAIS DO MUNDO!) Ja com a placa especial nem 150 dolares. Aqui ando em um Fiat Siena, 1.0 ano 2006 que me custou na epoca 33 mil reais, paguei agora em 2013 quase 800 de IPVA mais as malditas taxas e seg. obrigatorio….isto pq na tabela do governo o carro vale (valia em dezembro de 2012) 19,500 reais. Pq estou falando isto tudo? pq achei interessante como vc se explica (bem) com as leis, mas esqueceu, minha modesta opiniao se me permite, de criticar, de avaliar se esta baboseira que é o CTB e estas baboseiras extras, como lei secas, fazem sentido. Um pouco da Lei Seca: vc sabia que o UNICO pais que adota nivel O (zero) de alcool, e que nao tem sua lei fundamenteda no Alcorao é o Brasil? Interessante, nao? vc acha que realmente melhorou? Vc acha que o cara pega uma balinha de licor e é tao criminoso qto um bastardo que enche a cara e pega a direcao? Vamos criticar mais estas porcarias de lei. E lembrando: eu vivo exatamente destas porcarias de lei, nem por isso deixo de critica-las.

              • Roberto

                Não pode não! Por três vêzes eu já fui para pela PRF e eles me fizeram voltar para a casa se não quisesse ter o veículo apreendido. Na primeira vez eu morava em Divinópolis MG e tinha acabado de pegar meu corsinha gl 1.4, 4 portas preto na css e fui dar uma voltinha com a minha esposa (que inclusive estava grávida de uns seis meses), foi só entrar no anel rodoviário que me pararam. Eu estava com todos os meus documentos, com a NF de compra do veículo e tive que ouvir um monte de merda, não parecia que eu era proprietário do veículo e sim um ladrão de carro zero que estava usando uma grávida como disfarce. Noutra ocasião, eu já estava morando em Poços de Caldas MG, comprei uma pali wekend stile em Pouso Alegre MG, terra do NA, quando cheguei no trevo de Poços, ( eu estava com a família toda dentro do carro, pois tinha colocado no negócia um escort que era da minha esposa, o qual eu usei para buscar a weekend), passei pelo mesmo perrengue,mmesmo estando com a NF comprovando que. veículo era meu. Algum tempo depois, comprei um vectra elite, preto, carro de patrão, rss, peguei o bichão na css numa sexta feira e no sábado de manhã tentei dar um passeio com a família, advinhem, rsss, no mesmo posto da PRF, nem preciso detalhar né?! Então, aprendi uma coisa que eu já devia ter aprendido desde o primeiro carro zero que eu comprei, foram somente nove nos meus cinquenta anos de vida, mas procuro sempre negociar o emplacamento gratis, se não consigo, por falta de tempo, não por concordar com sistema, eu peço que a css me entregue o carro emplacado, pelo menos eu não passo raiva. Não me considero um corruptor, eu pago o preço que o despachante ou a css me cobram, se eles pagam propina a quem quer que seja, não posso achar que a culpa seja minha e sim deles. Não posso por minha conta colocar um valor ao trabalho do despachante, mesmo que nesse "trabalho" ele já esteja incluindo a tal propina.
                PS. Náo conheço a lei, e nem que conhecesse eu não iria discutir com polícia, acho um péssimo negócio, prefiro não me estressar, na minha idade infarto mata a toa.
                Abraço a todos e bom domingo.

                • PortoWF

                  Quero que vc me explique como eu trouxe um Astra com meu pai do Rio para Curitiba sem placas, fomos parados pela PRF e não fomos multados!
                  Tb me explique como levei um Sandero de Curitiba pro Rio tb sem placa, tb sendo parado e liberado sem Multa.

                  Ou eu sou muito bom de labia, ou os PRF vão muito com minha cara, ou eu simplesmente sei os meus direitos e não me permito ser acharcado por um corrupto ou ignorante.

                  A Lei é clara, estando dentro do prazo previsto pelo CONTRAN, não há nenhuma Lei que te proíba de trafegar com o carro.

                  Sei de gente trabalha em locadora de Veículos e é parte do seu trabalho levar o carro para emplacar em outras cidades, eles tb são SORTUDOS?

                  • Roberto

                    Pois é meu caro Porto, provavelmente eu devo ter cara de bandido, ou então, nos casos que citei a polícia devia estar de sacanagem comigo, talvez tentando me extorquir, o que vc acha? Note que no meu depoimento, em todas as vezes qe fui parado pela polícia, eu sempre estava com a minha familia…
                    Como saber né!?!?
                    Abraço

                    • PortoWF

                      Com Educação e postura firme, em caso de Abordagem é só explicar a autoridade Policial o destino e motivo de sua viagem, apresentar a NF e a Carteira de Motorista e alegar que segundo a resolução 269 do Contran vc esta dentro do prazo para emplacamento do veiculo e se dirige até a Localidade X para faze-lo.
                      Ambos os casos que apresentei acima os PRF eram cientes disso e foram educados e não criaram problemas.

                      A resolução não estipula distancia limite a ser percorrida com o veiculo, somente tempo em que ele pode permanecer nessa situação, portanto vc só pode responder sob aquilo que diz a Letra da Lei e não sobre o que um leigo entende dela.

                    • Lucas nieves

                      O maior ignorante não é aquele que não sabe, mas aquele que acha que sabe….

                      Amigão, a lei é clara, leia a resolução nº 269 do CONTRAN. Depois use o google e digite: "dirigir veiculo sem placa". O primeiro link é da 4rodas, entre e leia, caso você seja daqueles caras muito preguiçosos pra fazer isso, leia abaixo:

                      "- Quanto tempo posso rodar com um carro zero-quilômetro sem placa?
                      São só 15 dias, contando a partir da data do carimbo de saída na nota fiscal do veículo. Mas há limitações: a resolução 269 do Contran prevê que o carro pode circular apenas do pátio da fábrica ou da concessionária até o órgão de trânsito do município de destino. “Portanto, não é possível circular à noite ou nos fins de semana, períodos nos quais os órgãos de trânsito não funcionam”, diz o ex-policial e consultor técnico de trânsito José Bispo Moraes. Pelo mesmo motivo, evite as estradas: ao ser parado numa rodovia por um policial, você pode até argumentar que o carro foi comprado em uma cidade e você mora em outra, mas a chance de aborrecimento é grande. A multa é de 191,54 reais, com direito a 7 pontos no prontuário. "

                      Agora você vai querer continuar teimando que dá multa cara? Você só pode estar de brincadeira com todo mundo, quanto ignorância, pelo amor de deus!

                    • PortoWF

                      O Ex-policial e consultor tecnico não é Jurista nem Policial em atividade!
                      Portanto a opinião dele e nada é a mesma coisa.
                      Infelizmente existem profissionais incompetentes como esse da reportagem que acham q uma brecha na Lei é motivo para ele aplicar Multa.
                      Ainda bem, para isso, existe a Justiça, pra nos defender dessas bestialidades.

                      E já que vc gosta de ficar copiando e colando artigo da internet, tem aqui um relato de um Policial ( em atividade e competente) que fala sobre esse tema e com conhecimento de até onde vai os seus poderes e obrigações de fiscalizados.

                      "De acordo com o capitão Marcos Cunha, da Polícia Militar de São Paulo, quem compra um veículo zero quilômetro pode circular até 15 dias sem emplacá-lo. Para isso, é indispensável estar de posse da nota fiscal de compra, que deve trazer o carimbo de saída da concessionária com a data na qual o modelo foi entregue ao consumidor.
                      Durante esse prazo, o consumidor deve registrar e licenciar o veículo junto ao órgão de trânsito de sua cidade, ou recorrer a um despachante que faça isso. Após os 15 dias, o condutor poderá ser multado (R$ 191,54 pela infração gravíssima), receber sete pontos no prontuário de sua CNH e ter seu veículo recolhido, conforme prevê o artigo 230, inciso VI, do Código de Trânsito Brasileiro."

                    • Fredxyz

                      Cara, a brecha na lei é a que vc está defendendo, não o que o policial diz.

                      A lei é clara e especifica sim o trajeto (css-detran e situações análogas). Ocorre que existe a BRECHA de que, se vc disser que está indo emplacar o carro na cidade X, não há como o policial saber (pelo menos não ali na hora) se vc está mentindo. Mas se for mentira vc está descumprindo a lei SIM, só não será punido por isso.

                    • thiago machado

                      Sou PRF e nao existe tal situacao. Voce vai querer ensinar a gente a trabalhar? Se voce esta sendo parado é pq esta irregular e em nenhuma situaçao voce seria liberado! Seu carro deveria ter sido apreendido pra aprender a nao andar fora da lei

                    • PortoWF

                      quantos Nicks falsos vc criou pra dizer que é PRF???? kkk

    • André Luiz

      em alguns estados o radar consegue pegar o número do chassi no vidro do veículo, ai a multa chega ao dono mesmo sem placa

      • rrr

        sim pela numeração do chassi é possível aplicar a multa (excesso de velociade, ou alguma outra) meu carro fiz o seguro pelo numero do chassi, pois nem a placa eu ainda tinha. E caso leve a multa, ela deverá ser quitada para poder efetuar o emplacamento, já que é necessário quitar todos os débitos existentes do carro p/ isso ( multas, ipva licenciamento, etc.)

  • FFAF

    Em BH o processo é bem simplificado. Paga a DAE emitida no site do DETRAN, depois é só levar a taxa paga, RG, comp. de endereço, NF e a ficha cadastral preenchida e com o decalque do chassi. O CRV é emitido na hora. Depois é só ir em uma loja de placas, esperar 30 min., entrar no setor do DETRAN para lacrar a placa no veículo e pronto. Geralmente gasto de 01:30 à 02:00 para o trâmite completo. Um despachante cobra R$400,00 por duas horas de trabalho.

    • Aqui em Recife eh a mesma coisa, a diferença eh q a placa eh lacrada na própria loja de placas. Tudo muito rápido ! Fiz isso há 2 meses no meu HB20

  • RenePOA

    Em Porto Alegre sempre faço o emplacamento por minha conta e é bem fácil.
    Para sair da concessionária com o carro segurado é preciso enviar antecipadamente a nota fiscal ao corretor de seguros. É permitido sair sem placas desde que vá diretamente a um CRVA no mesmo dia. Com cópia da nota fiscal, identidade e comprov. endereço vá direto ao balcão fazer o registro. Após, é feita a vistoria. Após 20 min, sai a guia para pagamento no Banco. Pagando no Banrisul, em minutos o pagamento aparece no sistema do Detran, daí é emitida a autorização para confecção das placas e autorização para rodar sem o CRV. A placa é comprada em loja próxima e colocada na hora. Tudo isso não leva mais de 1 hora e meia. Em 24 ou 48h o documento definitivo já chega pelo correio. A economia gira em torno de R$ 250 a R$ 300 com o despachante. Independe de escolher o número da placa.

    • lexbh

      Aqui em BH, é tao rapido quanto ai , e o DUTe CRV saem na hora já!

    • dudupruvinelli

      Vou emplacar o meu por fora também, a concessionária não pode me obrigar. Bem tranquilo o processo pelo jeito.

  • RenePOA

    Uma vantagem de emplacar por conta, é que se vc tiver desconto no IPVA por não ter multas, já vem o desconto na guia. Se fizer com despachante, ele cobra o IPVA integral e depois de um tempo devolve esse valor. Aí tem que ir atrás para pegar essa devolução. O desembolso na hora é bem menor.

  • lexbh

    Você mora em algum interior ou capital? Em belo horizonte, emplaquei todos meus carros 0km e nenhum me tomou mais que uma manhã. :O

    • Cobra

      Moro no interior de São Paulo.

  • fabioalisson

    Eu fico impressionado como no Brasil, tirando a eficiência na arrecadação, nada funciona como deveria. Instituições públilcas são coniventes com esquemas para dar o famoso "jeitinho", sempre recebendo algo em troca. Recentemente financiei um apartamento pela Caixa, que não mais presta esse tipo de serviço em suas agências, o faz através de "correspondentes", que não são funcionários da Caixa, masmrecebem comissões para tal. Impressionante como não há transparência nessa relação, inclusive me empurraram "produtos" como forma de venda casada, ao menos reclamei e consegui meu dinheiro de volta.

  • Thiago

    Rapaz, moro no ES e já emplaquei dois carros, e, apesar da burocracia "normal", é bem tranquilo, se você chegar ao Ciretran de manhã e pagar as taxas no banco do estado, sai de lá com a placa e o lacre no mesmo dia, daí é só levar na css e sair com o carro de lá emplacado…

  • AlexandreCE

    Em que Estado funciona dessa forma? Aliás, ARCAICA!

    Peguei meu carro 4 e meia da tarde após fechar negócio pelo preço do site da montadora e excluir qualquer serviço adicional do distribuidor. Saí sem placas, guiei por uns uns 3 a 4 Km, cheguei no Detran e peguei a imensa fila de 3 carros para vistoria. Deixei o carro parado, entrei no prédio do DETRAN, apresentei os documentos e peguei as primeiras guias. Entreguei os comprovantes à atendente do órgão, andei até o lado de fora do órgão, mostrei a documentação novamente, foi feita a vistoria e já peguei o documento com o número da placa. Dirigi-me até o lado externo da instituição onde tem um ponto de venda de placas, paguei o valor devido e apresentei novamente à atendente, SEM PEGAR FILA. Tudo ok, aguardei 40 minutos pela expedição do documento, saí do salão do órgão, liguei o carro e esperei a minha vez para instalar as placas. 7 e meia da noite estava com o carro emplacado e com o documento em mãos. Detalhe: o posto do DETRAN que escolhi aqui em Fortaleza funciona até 9 ou 10 da noite.

    • Opa amigo, tudo bem!? Também sou de Fortaleza e terça-feira agora irei retirar meu carro novo da concessionária sem placas, pois tentaram me cobrar 1700 reais pelo emplacamento, o que é um absurdo. Irei fazer o emplacamento eu mesmo. Posso lhe mandar uma msg pelo Facebook para trocarmos uma ideia? Valeu!

      • AlexandreCE

        Pode perguntar aqui mesmo… mas, adiantando, o valor do primeiro emplacamento também depende do valor do carro. O IPVA é a única variável que encarece ou barateia o procedimento. Salvo engano, a alíquota aqui é de 2,5%. Então pegue o valor da nota e aplique a alíquota para ficar ciente de quanto terá que pagar de IPVA. Essa é a parcela mais cara da conta.

        • Thiago Souza

          Blz cara, valeu. Me diz uma coisa, em qual unidade do Detran aqui de Fortaleza você emplacou seu carro? Vou receber o meu, sem placas, na sexta-feira à tarde. Segundo você, na própria sexta eu já consigo ter meu carro emplacado para poder rodar tranquilo no final de semana, e isso é muito bom! Pensei que fosse mais burocrático… Outra coisa, a guia do primeiro IPVA, você tem que ir na SEFAZ ou no próprio DETRAN eles emitem? Valeu!

    • jonasperola

      Aqui no Parana o DETRAN funciona ás 8:00 até as 14:00 hs

      • AlexandreCE

        Aqui, dependendo da unidade, também. Mas há várias espalhadas pela cidade exatamente para não obrigar o cidadão a atravessar meio mundo só para receber os serviços do órgão. O DETRAN arrecada e ao Estado interessa prover serviço adequado ao cidadão.

    • JEAN

      Alexandre, ESTOU com a mesma intenção que a tua. OU seja fazer o mesmo processo, quais os dctos que tenho que levar ao DETRAN-CE de (fortaleza) AV santos dumont. ?
      Abs.
      JEAN

  • Antonio De Julio

    Eu emplaquei o meu também por vias "normais", a sorte que estava de férias, mas foi um suador danado. A mesma coisa é com certidões relativas a imóveis. O esquema é assim: para regularizar um imóvel, pedem certidão de confrontação, de numeração, uma penca delas. Você vai na prefeitura, entra com o processo, e na ficha já sai em que lugar está e o NÚMERO DE TELEFONE para ligar e "discutir prazos", pois eles logo já avisam que por vias "normais" o processo demora MESES

  • ahsoliveira

    Caramba como é caro escolher a placa, foi no DETRAN de qual estado?
    No Rio Grande do Norte, você paga apenas R$ 30,00 reais pela placa especial, porém ela obrigatoriamente tem que começar com M, N, ou O e obviamente não ser igual a placa de um veículo já em circulação (http://www.detran.rn.gov.br/placa_reserva.asp), muita gente aqui tem emplacado com as letras OJR (O JÚNIOR). Meu primeiro trabalho, foi um estágio no DETRAN-RN no setor de emissão de CRLV, mesmo sem ser despachante você legaria no máximo 3 dias para emplacar um carro novo, isso contando com filas de tamanho respeitável!

  • Heliofig

    Enquanto tiver quem paga propina, vai ter quem a pede…

  • Bruno

    Aqui na Bahia, emplacar o carro por conta própria é muito simples. Em 2,5 horas eu já havia feito tudo e estava com o carro emplacado. Desse tempo, uma hora foi para confecção da placa. O tempo restante foi tempo de espera, fila para pagar as taxas e outras coisas do gênero.

    O preço de todo o serviço com despachante era de R$ 650,00. Gastei R$ 200,00 aproximadamente. Dividindo a diferença pelo tempo gasto por mim, contabilizei o custo de R$ 180,00/hora. Mas o custo do despachante não é esse, pois ele já tem todos os contatos possíveis dentro do órgão público, então o tempo dele é 0,5 hora, o que faria o custo dele ser contabilizado R$ 900,00/hora. Quem nesse país ganha esse valor? Executivo de grande empresa, talvez!

    Dureza foi a abordagem do vendedor que me disse: "Se o senhor não quiser emplacar pela loja, não tenho autorização para vender.". Prontamente respondi: "Então não compro!".

    Uma verdadeira afronta esse mercado de automóveis. Todos os dias descobrimos práticas minimamente incômodas, quando não são irregulares!

  • CherokeeV8

    Emplaquei um veiculo 0km esta semana sem despachante, moro no interior de SC e aqui é normal fazer direto no Detran. Levei NF já com o decalque que tirei do Chassi colado na NF. + cópia da CNH e comprovante de residencia em nome, fui de manhã e o atendente gerou as taxas na hora, paguei no correspondente BB as 9:00 hs e o documento foi emitido as 11:00, fui buscar as 14:00 no detran e colocar placa em loja credenciada por R$ 155,00. se quisesse ter escolhido a placa o processo seria o mesmo com a diferença de R$ 200,00 para escolher. Aqui é simples e fácil.

  • saosao

    Quando eu comprei meu carro 0km em 2005, a concessionária GM André Ribeiro da av. Aricanduva me deu sugestão de placa para escolher, tanto as letras quanto os números, e não me cobrou nada por isso. Escolhi uma placa super fácil: DNA9291.

    Será que nessa época o governo/despachantes ainda não haviam descoberto esse filão para ganhar dinheiro?

    • O_Corsario

      Acho que depende do lugar, da concessionária, algumas dão emplacamento e tudo o mais "grátis"…

  • malatha

    Parabens por informar aqui no NA.
    Muita gente vai falar que é comun, mas não podemos deixar de reclamar e expor essas vergonhas, verdadeiras chagas na cutlura brasileira.

  • Marco

    Há 3 meses atrás eu mesmo fiz todo o processo e depois de pagar no banco esperei 2 dias para compensar o pagamento, marquei e 2 dias depois fui ao Detran e foi feita a leitura do chassis e já saiu emplacado e não paguei nada nem me pediram nada. E 10 dias depois entrei no site e peguei o IPVA e paguei. Foi no interior do RJ.

  • gabriel machado

    aqui no rj tem isso nao, depende de estado pra estado

    e fique andando sem placa pelo tempo que a lei permite, é melhor que andar emplacado :D

    o meu bravo fiquei mais de um mes sem placa, PM nao para carro zero sem placa pq nao tem nada errado pra ele pedir suborno mesmo, nao quer nem perder tempo com isso….

  • Julio Alonso

    Outra situação dessa "patifaria" que é o sistema de emplacamento e tal… A algum tempo atras eu tive um Astra cujo lacre da placa traseira havia oxidado e acabou sendo "consumido" pela ferrugem e soltando o lacre, desprendendo a placa do carro…fui até ao ÚNICO local autorizado a efetuar a lacração aqui em Ribeirão Preto, e lá, para minha surpresa eu não poderia substituir somente o lacre da placa, mas fui OBRIGADO a trocar o par de placas…detalhe que as placar que estavam no meu carro eram originais, em alumínio e com apenas 3 anos de uso (mesma idade dos "farelentos" lacres), estavam em perfeito estado…ou seja, um lacre que deveria custar algo em torno de 15 ou 20 reais não ficou por menos de 120 reais que era o valor do par de placas em alumínio…

  • O_Corsario

    Passei por coisas semelhantes no CFC, outra máfia monstruosa. Parabéns pela atitude, lidar com qualquer "alguma-coisa-TRANS" no Brasil é um inferno.

  • sabbathbh

    Afinal, em qual municipio ocorreu esse fato ? Tantos relatos acima de que o processo é bem mais simples em outros lugares que acho que o autor deveria ter permitido identificar pelo menos o municipio onde ocorreu…

  • Douglas Eduardo

    Mas que custo absurdo é este?
    Aqui em BH/MG eu sempre vou ao Detran emplacar meus carros 0km e todo o processo demora cerca de 03:00 hrs, os preços são o seguinte:

    Taxa de 1° emplacamento: R$110,00
    Placa comum (sem escolha de número): R$60,00
    Placa especial (com escolha de número): R$140,00
    Se você não levar as fichas preenchidas e opitar pelo preenchimento junto ao despachante o mesmo cobra R$10,00.

    A única coisa morosa neste processo é que a empresa de plcas pede 1hr para a placa ficar pronta, já teve vez em que eu havia pago as taxas antecipadamente e também preenchido o formulário e ao chegar ao Detran fiquei esperando apenas 01:30hr para sair com o carro emplacado e com o DUT na mão. Todo este processo é feito sem a ajuda do QI.

  • shdn2010

    Não me canso de dizer.. esse país é um lixo em relação a maioria dos politicos, policiais, etc.. só não me mando dessa bost* pq não tenho condições atuais. Senão já estaria fora daqui faz tempo. E isso é muito triste, pq tinhamos de td para ser um país muito, mas muito melhor do que essa situação atual.

  • WorthWRT

    aqui em campina grande, pb, não tenho esse problema não…pelo menos o último que eu mesmo emplaquei…du tudo certo sem demora alguma.

  • kadaf

    Fazer o que neh? O despachante apenas vende facilidade pq o governo nao consegue facilitar o processo, ou vc sofre no Detran ou náo sofre em casa/trabalho, prefiro não sofre e pagar um pouco mais..

  • Ricardo

    Alguém sabe como faço para escolher a numeção final de uma placa aqui em Sp?
    Pergunto isso, pois no Detran de minha cidade informaram que não há como escolher, só tem aquelas que estão disponíveis lá e pronto…. só que as que sobram lá se formos fazer por conta própria, sempre são numerações baixas, tipo 1 e 2, pois as melhores 9 e 0, os despachantes já pegam antes….

    • Toy Car

      Agora pode escolher sem recorrer a nenhum despachante. Verifique no site do detran os tipos de placas e preços e lá vai estar o preço da placa que voce quer. Pague e chegue no DETRAN e expresse sua vontade. Talvez não as siglas pois essas podem ter sido utilizadas por outro pretendente, dependendo da combinação que pretende.

  • vagnerclp

    Quando eu comprei o carro, a css falou que a documentação + emplacamento iria ficar em 900 reais. Então só lancei o seguinte: ou vcs pagam a documentação ou não temos negócio.
    Pronto: peguei o carro emplacado, documentado e com uma parcela do ipva pago. E também foi negociado que não iria pagar o frete (de 1000 reais) e fechei o negócio com 700 reais abaixo do proposto pela tabela no site do fabricante.
    Ou seja, se tivesse ficado quietinho: 1000 de frete + 900 de documentação + 700 reais (valor pra alcançar o preço sugerido no site) = 2600 eles iriam ganhar numa boa.

  • Fernando

    O poupatempo também deveria prestar este serviço.

  • doidim2011

    No Rio você pode sair da concessionária pela manhã e ir direto emplacar no Detran no mesmo dia. Basta pagar o DUDA, juntar dociumentação e dizer para o serviço de agendamento que irá viajar.

  • PEDRO_HAWK

    Aqui no Ceará (ainda) não é assim. Emplaquei o Picanto da esposa, o Fiesta da mãe, o Ka da cunhada e a transferência do meu Focus tudo em um dia pagando apenas o que está especificado no site do DETRAN.

    O "jeitinho" é perceptível quando o vistoriador deixa todos aqueles carros que estão na fila pra ir "vistoriar" um que não está, entrando numa "salinha" pra receber a props.

    Em todos esses tudo foi resolvido em um dia (mas é um dia mesmo, chegar 07h e sair as 16h).

    O ideal é ir você e mais três pessoas: enquanto uma está numa flia (vistoria) a outra já pega uma senha pra papelada e a outra já está na fila do posto bancário para pagar as taxas.

    • Four Rings

      Mas aí sobrou 1 pessoa nessa conta… Que ficará fazendo o que? :)

      • PEDRO_HAWK

        Água, cafezinho, picolé, fotocópias…

        Na verdade me equivoquei, é você mais duas pessoas (se uma deles for idoso, melhor).

  • Ilan

    O Brasil é um dos poucos países atrasados aonde se cobra o IPVA pelo valor do carro e não pelo peso dele. Pois o que realmente importa é o peso do veículo, é isso que afeta o asfalto. O valor é algo que só importa pro Imposto de Renda. O conceito de cobrar pelo porte do carro já existe nos pedágios, mas nossos governantes querem sempre mais, por isso aqui é desse jeito.

  • Ilan

    Aliás, seria uma boa matéria pro Notícias Automotivas abordar, a forma de cobrança do IPVA no BR e no resto do mundo e quais países adotam o mesmo critério que aqui.

    • jonasperola

      Gostei, excelente sugestão, é um tema pra esclarecer os podres e desmandos desse governo incompetente que temos, abrindo os olhos de quem possui um veiculo.

  • ARISTEU

    Já trabalhei no detran e despachante ganha dinheiro mais fácil do que prostituta pois pegam o dinheiro da pessoa, vão ao guichê, pegam as taxas, vão na agencia bancária que funciona dentro do detran, pagam as taxas, retornam no guichê e pronto. ta feito o serviço

  • Toy Car

    Aqui no Rio não tenho muito problema quanto a isso não. O problema maior aqui é a vistoria que passa carros caindo aos pedaços e o nosso que está perfeito tem sempre uma pequena coisinha que está em desacordo. mas vamos lá. Aqui voce paga as taxas previstas, (até a algum tempo atras se encaminhava direto ao DETRAN) , mas agora tem que agendar, mas esse agendamento geralmente é para o dia seguinte (na vistoria anual haja tempo para aguardar vaga). Chegando lá, Você procura uma salinha e dá entrada na documentação especificada no site; Dalí em cerca de uma hora (são muitos carros) você recebe um bilhetinho para levar ao container para mandar confeccionar a placa ( que ao pagar voce já definiu qual deseja). Retorna a sala e cerca de uns 20 minutos depois a placa é entregue a atendente e ela lhe chama de novo. Avisa que está entregando a placa ao funcionário e manda voce colocar o carro na linha do emplacamente, e pronto. É só o tempo de emplacar. Até certo ponto tranquilo. Esses prazos que voce descreveu na inicial pode e deve ser motivo de denúncia no ministério público de sua cidade, pois voce estará se locomovendo durante todo esse tempo com um veículo sem identificação visível (para possível e provável kkk autuação).. Abração

  • Rafael

    Estranho tantos comentários de que não passaram por este problema e nenhum que teve o mesmo tipo de problema. Eu mesmo já emplaquei carros aqui em SC e em RO, sempre sem despachante, e sempre sem dores de cabeça. Acredito que seja um problema pontual do autor do texto, e deveria fazer uma denúncia às autoridades competentes, ou à ouvidoria de seu Detran. Não digo que não existam, mas que sejam essas a exceções. Temos problemas muito piores no país para reclamar e escrever. A questão de nós pagarmos IPVA, e donos de lanchas e jatinhos, não, por exemplo.

  • rzelao

    Esta é a Eterna máfia dos Departamentos de Transito que temos no Brasil, se em São Paulo que é mais "controlado" já é assim imagina em cidades pequenas.
    Criam todo tipo de burocracia para vender facilidades.
    Já presenciei em uma concessionária o próprio funcionário lacrando a placa do carro, enquanto isto nos tratam como se tivéssemos roubado o carro.

  • Ivan

    Zergling;
    To contigo e não abro, brasileiro é isso mesmo! Sempre colocando a culpa em tudo e em todos, e a parte dele ele não faz!

  • anonimo

    Após pagar o emplacamento, há prazo para efetuar a afixação das placas no veículo?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Send this to a friend