Asiáticos China Entrevistas Lifan Sedãs

Entrevista com dono de um Lifan 620

lifan-620-avaliacao-1 Entrevista com dono de um Lifan 620

Nuno Brito é de Curitiba – PR e recentemente adquiriu um Lifan 620. Ele já teve alguns modelos curiosos, como Lada Laika. Nessa entrevista ele passa a impressão sobre sua mais recente compra, o primeiro carro chinês.



NA: A quanto tempo você possui esse veículo?

N.B: Possuo meu Lifan 620 desde 03/12/2010.

NA: O que o motivou a aquisição?

N.B: Procurava um carro Zero Km ate $45.000, os nacionais até este valor não me animaram, quando por um acaso vi este carro em uma concessionária da Peugeot em Ponta Grossa – PR e o mesmo não estava a venda, na mesma semana vi um anuncio da concessionária e fui conhecer o carro que estava sendo exposto no salão do automóvel de Curitiba – Pr, fiz o teste drive e adquiri o meu lá mesmo.

NA: Qual o foi fator predominante para a compra desse carro?

N.B: O fator que me fez ficar mais tranqüilo foi a mecânica ser Toyota, ao contrario do que dizem e comparativos patéticos feitos por algumas revistas, o Lifan 620 e um Corolla, claro que faz um pouco mais de barulho interno mas de resto não deixa nada a desejar.

lifan-620-avaliacao-2 Entrevista com dono de um Lifan 620

NA: Quais outros veículos que você já teve?

N.B: Bom colocarei desde o primeiro, 1º Lada Samara 91 adquirido em 1994, 2º VW Apollo GLS 91 adquirido em 1996, 3º VW Gol 1000 94 adquirido em 1999, 4º Lada Laika 91 adquirido em 2000, 5º VW Santana Quantum 94 adquirido em 2001, 6º Fiat Tempra Stille 96 adquirido 2001, 7º Ford Escort GLX 98 adquirido em 2004, 8º Fiat Uno Mille fire Flex 07 adquirido em 2007, 9º Lada Laika SW 91 adquirido em 2007, 10º GM Corsa Pick Up 01 adquirida em 2007, 11º Fiat Idea 1.4 08 adquirido em 2010, 12º Lifan 620 10 adquirido em 2010, atualmente estou com o Idea o Lifan e a Corsa Pick up.

NA: Como você enfrentou o preconceito de adquirir um veículo chinês?

N.B: No meu caso não tive muito preconceito pois já sou conhecido pelos meus Ladas, na verdade as pessoas tem a visão dos antigos carros que vieram que não tinham a devida assistência e com uma confiabilidade, sou quase todos os dias tenho que mostrar o carro para alguém.

lifan-620-avaliacao-3 Entrevista com dono de um Lifan 620

NA: Qual foi a reação das pessoas ao verem seu veículo (familiares, amigos e as pessoas no trânsito)?

N.B: A maioria não acreditava no valor, e nos opcionais oferecidos, quando dirigiam o carro ficavam mais surpresos, pois é muito confortável.

NA: Qual a imagem que seu carro passa nas ruas?

N.B: Muita curiosidade

NA: Qual o principal tipo de uso do seu veículo?

N.B: Principalmente Trabalho

lifan-620-avaliacao-4 Entrevista com dono de um Lifan 620

NA: O que você achou do espaço interno? O porta-malas é suficiente?

N.B: Muito espaçoso, tem o detalhe do banco do motorista não chega muito para trás dificultando a acomodação de uma pessoa com mais de 1,80 de altura, o porta malas é muito generoso com relação a espaço, não tive carro com tanto espaço, tirando o pick up.

NA:  O ar-condicionado gela bem o interior da cabine?

N.B: Muito Bom, tem a tal fumacinha que sai do ar central, que nada mais é que vapor.

NA: O que você achou da ergonomia?

N.B: Achei ótima, consigo alcançar tudo que necessito e uma posição bem ajustada para dirigir.

lifan-620-avaliacao-5 Entrevista com dono de um Lifan 620

NA: Qual sua opinião em relação ao desempenho do motor?

N.B: Com relação a potencia em abaixa rotação com o A/C ligado fica um pouco prejudicado na cidade, na estrada vai muito bem, quando em alta rotação não decepciona, viajo muito e não tenho problema com potencia,

NA: Os engates da alavanca do câmbio são precisos e macios? Podemos comparar com algum outro veículo?

N.B: Na minha avaliação achei os engates preciso e bem curtos, Posso compará-lo com o com o  Tempre Stille que tive.

NA: Qual a autonomia cidade/estrada?

N.B: na cidade com o A/C ligado direto tenho feito entre 9 a 9,8, na estrada ando sempre carregado com A/C ligado direto fiz 12,6 e o Maximo de 13,4, na estrada sempre andando bem nada de oitentinha.

lifan-620-avaliacao-6 Entrevista com dono de um Lifan 620

NA: Destaque os principais pontos positivos.

N.B: Conforto, itens de série, espaço.

NA: O que poderia melhorar no seu veículo?

N.B: Pequenos acabamentos como as tampinhas dos buraco do volante, esticar melhor o tecido do banco, prender a forração o porta malas, e o ruído do motor que se escuta quando exigido.

NA: Seu veículo já apresentou algum defeito? Destaque.

N.B: Sim, os vidros não fechavam, mas era um fusível defeituoso e o banco do motorista soltou um parafuso.

NA: Os defeitos foram resolvidos?

N.B: Sim.

NA: O que você achou do valor das revisões?

N.B: Compatíveis com os serviços feitos.

NA: Como você avalia a pós-venda da concessionária?

N.B: Ruim, aqui em Curitiba esta com a Shanghai, mas esta abrindo uma nova a LI PARK que é de um grupo que tem uma maior experiência no ramos de concessionárias, com certeza teremos uma melhor assistência.

NA: Você recomendaria esse veículo?

N.B: Recomendaria, sem sombra de duvidas, quem quer ou precisa de um carro no valor de um Lifan 620, não tem o que pensar.

NA: Qual é o valor do seguro no seu perfil?

N.B: Ficou em R$ 1.800,00 pela Yassuda, mas utilizei a bonificação, quando fiz uma busca geral nas corretoras chegou a R$ 4.500,00.

NA: Qual é o valor do seu carro no mercado?

N.B: Acho que entre R$ 35.000,00 e R$ 38.000,00

NA: Você compraria outro carro chinês, mesmo que de outra marca?

N.B: Sim compraria, estou esperando chegar o SUV da Lifan e o JAC J6, estou pensando em trocar o Idea, mas vou aguardar a chegada destes modelos.

NA: Esse modelo enfrenta bem nossas ruas lunares?

N.B: Sem problemas, tem uma ótima altura em relação ao solo e a suspensão tem um curso bem longo, o que é muito importante para não estragarmos nossos buracos de estimação.

NA: O Notícias Automotivas agradece a sua participação. Há algo a mais que você queira relatar sobre o veículo?

N.B: O carro é muito bom, precisa apenas de mais divulgação, este carro com uma divulgação mais forte seria líder na categoria, seria bom a importadora fazer os comparativos em todas as revistas de grande circulação, pois os comparativos feitos foram apenas para menosprezá-lo diante ao nacionais.

  • Alesr50

    Gostei da avaliação, agora o cara encara marcas que brasileiro pensa que nem existe, tipo a Lada e seus carros da década passada (se bem que os carros daqui tão no mesmo patamar)

    Eu não gosto é dos volantes, parecem estranhos ou finos …sei la..huauhahua

    • Hodney

      A avaliação postada pelo proprietário do Lifan derruba por terra o preconceito montado sobre os carros chineses.

      Agora que é um comportamento paradoxal a respeito de tal exigência de qualidade por parte do brasileiro isso sim. Porque julgar negativamente um carro chinês se temos carros tão ruins ou piores?

      • AJPINHEIRO

        awe hodney,
        nas ruas acontece exatamente isso que vc disse, no entanto aqui no NA o membros(eu me incluo nesse meio) costumam contestar apenas a durabilidade, robustez do conjunto(e em alguns poucos casos, a segurança), pois ainda não temos exemplares suficientemente rodados para sabermos quanto ao estado mecânico do carro.

        abraço

    • Filipe1020

      o pior é que brasileiro pensa assim:

      brasileiro 1 – olha que carro legal

      brasileiro 2 – ih cara é cilada, é chinês

      aff odeio esse preconceito sobre carros chineses, além eles seremmil vezes melhores do que nossas gambiarras nacionais, mas eles incistem em comprá-las…

  • alyalysson

    falta só uns macetes para os chineses ganharem mais espaço no mercado.
    e pós-vendas!

    • kikofar

      Pra mim, falta um desenho mais encorpado, menos "anos 90" e pós-vendas.

  • fabiohai

    Muito boa a matéria, concordo com o proprietário o carro só precisa de mais divulgação. Taí Eber porque você não faz um teste com este modelo? Seria uma ótima oportunidade de conhecer melhor este carro.

    • Romulo_Max

      Realmente seria uma boa conseguir outros chineses pra valiar. Mas não vai apenas da vontade do Eber em realizar a avaliação tem q encher mto o saco das empresas pra emprestar o carro.
      Esse Lifan 620 me parece ser um carro mto bom e equilibrado, uma avaliação q me interessaria mto tbm seria a do Lifan 320 (o clone do mini) q é simpatico e bem barato, mas fico com o pé atras na qualidade. O Chery QQ q vai ser lançado por 22 mil e super completo…esse sim daria um teste incrivel.
      Vamos ver ser as marcas, assim como a Jac colaboram.

      • johnnygalvao

        Ótima idéia!!!
        O Eber poderia siim pegar um Lifan 620 para testar!!
        Mas msm assim,ainda ia ter gente falando mal dos chineses depois da avaliação,mesmo sendo boa!

  • Coelholino

    Acredito que o pior desse carro seja desvalorização devido a origem, portanto, baixo valor de revenda. Para quem troca de carro todos os anos, não vejo como boa opção.

    • ccoala

      Trocar de carro todos os anos não é boa opção para ninguém, financeiramente falando.

      • AJPINHEIRO

        geralmente quem faz esse tipo de cabaçagem ou é mulher, que escuta qualquer barulho diferente no carro(que na maioria das vezes vem do acabamento ruim) e acha que é o motor que tá ficando velho, ou é algum abastado que não se importa em perder dinheiro em troca de andar em "carro do ano"…e tem ainda o "abestado", aquele idiota que morre no bloco de boletos só pra mostrar pro vizinho que tá com bala na agulha! huauauh

  • Eduardo Costa

    Ele já está acostumado com carros exóticos ou com mercado complicado. Espero que ele apareça aqui regularmente para contar sua experiência. Pode me encorajar a adquirir um.

  • Turbo_Car

    "NA: Qual o foi fator predominante para a compra desse carro?
    N.B: O fator que me fez ficar mais tranqüilo foi a mecânica ser Toyota (…)."

    É amigão, então o que você lerá abaixo tirará sua tranquilidade… quer um conselho? não leia!!!

    "o Lifan 620 não usa mecânica do Corolla nacional. Ele é apenas inspirado na geração anterior do Corolla, mas seus componentes não são Toyota." http://goo.gl/cvbTs

    • akrobatos

      Claro que os componentes não são Toyota. Eu acho que ele sabe disso e o que quis dizer é que o projeto da mecânica é clone da Toyota. Assim, se tiver algum problema nela, não vai haver problemas de falta de peças ou de3 assistência técnica capacitada, bastaria entrar num concessionário da japonesa.

      • Turbo_Car

        Se tudo for tão simples assim como você está dizendo, então tudo bem.

      • rarvor

        Então, você com toda sua sabedoria técnica e de engenharia mecânica, está AFIRMANDO que o Lifan é um CLONE, uma cópia, uma falsificação da toyota???

        Mais um bobo, caia na real, eu mesmo fui ver este Lifan e posso afirmar, nenhuma peça de suspensão ou do motor do Toyota Corolla 2002 se encaixa neste carro ai.

        São produtos completamente diferentes, o 620 foi apenas "inspirado" no Corolla antigo, até ai tudo bem, porque a Lexus pertencente a Toyota adorava se "inspirar" nos Mercedes Benz, e hoje se inspira até em BMWs.

        No mais, não posso falar mal do carro por que não tive e quando dirigi ele me pareceu um produto honesto pelo preço e opcionais que oferece.

        • akrobatos

          Eu não estou afirmando nada. E o uso da expressão "eu acho" deixa isso bem claro. Ainda, em nenhum momento me arroguei de ter uma pretensa "sabedoria técnica e de engenharia mecânica".

          E em nenhum momento afirmei que a Lifan produziu uma falsificação da Toyota. Venda ou compartilhamento de projetos é uma prática mais do que comum no mercado. Se este é ou não o caso da Lifan, não cabe a mim averiguar e comprovar.

          Se você comprar uma Peugeot Boxer, por ex., mesmo que a francesa se retire de nosso mercado, poderá consertar o seu veículo em qualquer concessionário Fiat que trabalhe com a Fiat Ducato. Mas se você comprar um Peugeot Boxer novo, só vai achar componentes PSA-Citroen dentro dele, nada da Fiat. E também não irá achar nenhum documento com a chancela das duas fabricantes que diga que Boxer e Ducato são o mesmo veículo.

          Portanto, quem comprar o Lifan, em relação a este aspecto não está sendo enganado por ninguém. Em nossa sociedade "vale o que está escrito", não o papo do vendedor. Suponho que não haja nenhum folheto de venda ou documento relativo ao Lifan que garanta compatibilidade de seu modelo com o de outro fabricante. Mas quem quiser correr o risco, como o entrevistado da matéria, esteja a gosto. Só não acho correto chamar essas pessoas de "bobos". Se estas pessoas venceram na vida ao ponto de ter dinheiro suficiente para comprar um bem de luxo (sim, qualquer carro é um bem de luxo, essencial é o transporte público), são tudo menos simplórias.

      • AJPINHEIRO

        qual css japonesa vai dar garantia de um serviço feito em um chinês?
        vc pode até fazer, mas se der bucho, segura que o filho é teu!

        • akrobatos

          Quem falou, ou melhor, escreveu algo sobre garantia? Acho que preciso voltar para as aulas de redação, pois já é o segundo caso de má interpretação do meu texto. Não é possível que existam tantas pessoas desatentas no mundo. O problema deve estar em mim. Ainda bem que eu comprei esta semana a Nova Gramática do Português Contemporâneo, 5ª edição de acordo com a nova ortografia. Mas imagino que vai ser duro aprender, pois meu problema só pode ser falta de concentração. Peço desculpas. Eu fui bem alimentado na primeira infância, graças a Deus, mas deve haver alguma questão congênita envolvida.

    • gseverog

      O mesmo que eu ia falar, quando comecei a ler e vi que o cara respondeu isso, fiquei triste pelo cara, mais um enganado:(

      • Turbo_Car

        Não sei quem foi o precursor dessa informação, mas não importa, o resultado é sempre o mesmo: consumidor enganado.
        Lendo a entrevista percebi algo que talvez tenha sido o grande equivoco do emocionado entrevistado. Antes de trocar de carro pesquiso TUDO sobre o veículo, mas tudo mesmo: consumo, manutenção, seguro, principais aspectos positivos/negativos, etc… O camarada simplesmente "fez o teste drive e adquiriu o veículo lá mesmo". Pra que pressa, N.B.? Você não pesquisou absolutamente nada a respeito do carro? Nem da marca? Acredito que não, né? Se tivesse pesquisado, não teria sido enganado da forma como foi, crendo que o carro tinha mecânica Toyota.

    • O pessoal da concessionária diz que é mecânica Toyota. Segundo código do motor prova que é mesmo, isso posso dizer quando pesquisei em fóruns (inclusive em outras línguas). Visualmente aparenta muito. A título de comparação é só comparar uma peça do Lifan com uma peça da Toyota numa loja de peças.

      • RSM

        Mas as peças são mesmo idênticas?

        • Sim

          • Focusman

            Pessoal, quando um projeto é parecido significa peças intercambiáveis.

            O dono do Lifan deve com certeza saber disso, afinal era dono de Ladas, os reis das oficinas e das gambiarras.

            Fiquei feliz pelo relato, e digo que gostei muito da matéria também.

            Podiam procurar algum proprietário de um Lifan imitação do Mini, acho que é 320 né? Aquele carro é feio de dar dó, mas conversei com um vizinho que tem um e falou coisas boas do carro…

          • Eduardo Costa

            Uma simples pesquisa no Google já mostra que o motor é diferente. 1587cc no Ligan e 1598cc no Corolla. Então pelo menos peças de força do motor não são intercambiáveis.

            • lucasfs87

              creio que seja questao de ajuste. esse motor é do corolla antepenultimo a esse atual né?
              Eu vi esse carro exposto já. Nao recomendo a ninguem, acabamento pifio, repleto de rebarbas e peças mal encaixadas. o porta luva ao fechar parece o de uma kombi, o cofre do motor é imenso, cabe um V8 ali! rsrs nao gostei, por 45k compro um carro mais simples e confiavel (voyage, 207 passion, ate mesmo um symbol, ja que mico por mico..)

        • kikofar

          Eu hein!!!!!!!!! Então é uma cópia!!!

      • AJPINHEIRO

        visualmente quem conseguiria diferenciar uma forja de uma fundição?
        então, olhar pra peça não vai ajudar muito não.
        tem que saber é se pistão, biela, bloco etc tem a mesma dedicação e controle de qualidade da toyota, sem contar na matéria prima e no maquinário empregado.

    • ericsp

      nossa… qdo ele falou q a mecânica é toyota, fiquei com vontade de chorar…. q dó…hehehehe

    • nunobrito1703

      Tive um probleminha com troca de combustivel, colocaram Alcool, tive que trocar a bomba de combustivel completa, que é exatamente a do Corolla

  • LuccasVillela

    O carro é bem bonito, vi na Barra da Tijuca dessa cor, achei simpático… E quando falei o preço minha mãe nao acreditou, rs.

  • almeidajonas

    Engraçado o NA entrevistando o NB.
    Poderiam combinar de entrevistar denovo o caro NB qnd o carro tiver seus 60k+ km…

    • O_Corsario

      Ou pelo menos daqui a uns seis meses, pq ele rodou pouco com o carro ainda!

  • Duílio_Ferrari

    Carro legal, mas achei q tem cara de inocente dimais – embora os faróis sejam muito parecidos com os de alguns BMW Serie 3 de uns anos atrás… A traseira é estilo vovozão moderninho.

  • Aqui em Curitiba esse Lífan 620 foi bem recebido, vejo um bom bocado deles nas ruas.
    Quanto à "mecânica duvidosa", sinceramente, só pelo fato de ter sido baseado em produtos da Toyota já é um bom começo. Dificilmente no mundo das indústrias alguém começa um ferramental do zero, ele sempre envolve aquisições de maquinários das grandes multinacionais, parceria com mesmos fornecedores bem como contratações de engenheiros que trabalharam no desenvovimento de motores e carros. A coisa não funciona como uma fábrica de copos descartáveis ou escorredor de arroz, sem tirar o mérito dessas indústrias, lógico.

    Além do mais, tendo em vista as muitas encrencas mecânicas envolvendo Peugeot, Renault e VW com certa frequência aqui no Brasil, acho que é bem capaz de os chineses já começarem por aqui, na pior das hipóteses, em pé de igualdade com muito carro que já está aqui há anos…

  • Cil

    Apesar da venda limitada a alguns estados, atualmente ele vende mais que o Cielo sedan. Então, fico me perguntando como será se a Lifan decidir expandir sua rede para o resto do BR. Atendimento em concessionária é sempre uma complicação. Eu ainda queria ver como seria o atendimento se um grupo desses se instalasse por aqui e trouxesse suas próprias concessionárias com pessoal deles, que operariam a princípio sem a presença de agentes brasileiros.

    De resto, se a mecânica é Toyota, já facilita a manutenção no futuro.

  • davi_auto

    Bem legal o carro! Eu compraria!

  • pcastilho2000

    Carro muito bonito e muito confortável, só achei o console muito simples. Se eu tivesse dinheiro, compraria um sem dúvida. Tô pensando sério em um QQ zero.

  • Cezarskinner

    Acho que daqui uns 5 anos os chineses vão estar brigando de igual para igual com os coranos

    • feu

      concordo! e as nacionais sofrendo ou melhores?

  • willianr6

    O pior de tudo aqui é que tem gente que nem conhece o carro e falo que o carro é isso é aquilo>>>> galera vamos fazer um test drive pra depois falar do carro…

  • Caetano2010

    Não compraria no momento,pois quero esperar uns 3 anos mais ou menos para ver mais proprietários a falar sobre o carro,agora não achei nada demais os problemas deste chines,pois o fit e o focus hatch tinham em alguns modelos ferrugem nos suportes dos bancos traseiros e o stilo e algumas versões da strada tinham as rodas escamoteaveis,mas parabenizo o consumidor pela coragem,pois pior que lada não deve ser.

  • CanalhaRS

    O cara tem carro a 3 meses apenas, ainda é lua de mel. Nesse período qualquer carro ainda agrada muito por ser novinho e lançamento. Vamos rever a opinião dele daqui a uns 2 anos.

    • Alesr50

      Aqui o carro de casa em 3 meses foi pra concessionária 4 vezes…e olha que fama de "V"agabunda a marca tem…lua de mel nossa foi tensa viu..kkk

  • Diggo

    Nesta faixa de preço não existe muita opção boa não. Neste valor só se consegue carros sem itens de conforto. Mas não sei se eu teria coragem de gastar R$45mil num deste, pois com três meses já desvalorizou R$10mil.
    Se eu não precisasse de muito espaço faria uma forcinha pra comprar um Punto 1.6 16v Essense.

  • RSM

    Cara corajoso, já pensei em adquirir um desses, oferece muito por pouco, mas por aqui ainda não ví nenhum css da lifan. só lamento (por mim e pela marca).

  • deminho

    45mil? Cara extremamente corajoso.
    Com 45mil montaria num Fusion 2008.

    • Anderson_Silva

      Eu penso do mesmo jeito, mas se o cara está feliz com o Lifan dele, que traga felicidade a ele o veículo que comprou e que a empresa que ele deu voto de confiança o respeite……;)

      • Focusman

        Quando seu Fusion 2008 quebrasse, você sentaria e choraria…

        • Del

          Como eu estou chorando agora pra trocar um par de pneus do meu Fusion…

        • marcelofalves

          quero ver esse troço daqui uns 3 ano de uso e com km altas, ai que vai sentar e chorar sera que comprou esse troço

    • kikofar

      Perrrrrrrrrrfeito!!!! Também penso assim! 45 mil pega-se um Corolla 2009 ou Fusion 2008 ou um Accord 2007….

      • arcanofree

        Accord…. é um puta carrão, mas acorde viu, trabalhei na Honda, acredite, vi cliente rodar até acabar o ferro das pastilhas de freio pq a honda não tinha as pastilhas em estoque, e quando chegavam, não tinha disco. kkkkkkk
        Accord meu fim.

  • James_Tiberius

    Não dirigi mas já tive opotunidade de avaliar uma carro destes pessoalmente e digo o seguinte: o carro é impressionante…esperava uma porcaria chinesa pequeno, mal acabado, tipo Voyage e encontrei um carrão bonito mas discreto, bem equipado e espaçoso. Não tem nada no Brasil por 39.900 que possa competir.

  • o_unico

    Vapor saindo do ar-condicionado? O que os Chineses estão usando para refrigerar, gelo seco?

    • matheusfr94

      às vezes isso acontece, já vi isso num VW Voyage 2009 (um nacional em que as pessoas tanto confiam (?)), fumaça saindo da tubulação de ar, com o A/C ligado…

      • Eduardo Costa

        Geralmente isso acontece com meu Mille na estrada, quando o ar tá gelando muito eu desligo o compressor mas mantenho o ventilador ligado, quando o carro começa a esquentar ligo o compressor e sai muito vapor branco pelos difusores.

        • Duílio_Ferrari

          Verdade, já aconteceu isso com meu Mille tmbm. Estranhei até, eu liguei o ar quando parei no semáforo e a fumaça apareceu… nada assustador como uma pedrada d granizo rachando o parabrisa, mas gelei literalmente.

  • matheusfr94

    parabéns ao entrevistado, proprcionou uma avaliação muito boa do Lifan 620, sem rodeios, falou muito bem.
    a questão do pós-venda é só questão de tempo até as marcas criarem estrutura em todo o país, aí melhora sim, torço pra essas chinesas virem em massa jogar lama nas nacionais, aí teremos competição boa no mercado automotivo…
    agora, alguém me diz o que compramos das nacionais com 45mil? polo só com o trivial, punto com alguma coisinha a mais….

  • SuperchargedOff

    eu acho de todo meu coraçao que o lifan 620 um carro exepsional e muitooooooooooooooooooooooooooooooooo bonito!!!!!xD

    • MathewBMW

      Esse matou a aula da tia Gertrudes na 1ª série pra ver Saveiro 'xunada' do vizinho.

  • Anderson_Silva

    Ele como disse é vacinado, já teve uns LADA, então não é marinheiro de 1º viagem, só faltou ter adquirido uns Daihatsu Charade, Daewoo Espero, Suzuki Swift, Clio e Fiesta da 1º leva.

    Poderia o site manter o contato com ele (dono do carro) e ver como este carro vai ficar com 1 ano de uso, seria interessante pra saber sobre revisões e até a depreciação dele……

    • brugin

      Ah, podemos citar também: Hyundai Accent, S Coupe, Sonata, Elantra. Todos vendidos nos anos 90. E tb o famigerado Kia Sportage Diesel que era muito ruim…. As pessoas que conheci que tiveram coreanos nessa época têm pesadelos até hoje… hehehehe

  • higojoseph

    melhor que as carroças brazucas!

  • Cleberson

    Pessoal, é bom não subestimar os chineses.

    O que eram Kia e Hyundai há 5 anos? A Kia por exemplo, era só a marca que vendia aquele furgãozinho minúsculo de vendedor de churros, e olha a estrutura que ela tem atualmente!
    Os coreanos viraram o jogo totalmente, saíram da escória para o alto padrão. E os chineses já começaram melhor do que os coreanos! E pensa bem, cara: grandes investidores estão apostando nesses carros. Esses caras só se interessam na grana, então se esses carros não estivessem sendo preparados pra vir com tudo (e balançar o mercado) vocês acham que eles estariam dentro? Esses doidos só fazem algo se têm certeza que vão ganhar dinheiro.

    Olha só o Sergio Habib, que saiu da Citroën pra mexer com a Jac. Essa Jac é uma que espero ANSIOSÍSSIMO, vai chacoalhar totalmente os nossos golzinhos e celtinhas! Mal posso esperar pra ver esses carros chineses serem um sucesso estrondoso e deixar as nossas montadoras mercenárias passando vergonha.

    E outra: se for pra ter preconceito por ser "da china", é melhor parar de ser trouxa. Brasileiro compra MP10, compra computador no paraguai pra pagar mais barato, baixa todas as músicas da internet, e faz de tudo pra ter desconto em tudo. Agora do nada começaram a repudiar os tais "chineses" porque parecem "ruins" por serem da China? De repente passaram a privilegiar coisa "original"? Julgam os carros só pela origem, achando que são mal-feitos, com aquela célebre "não confio em nada da china", achando que o seu nacional é bem melhor (?), mas na hora de comprar pneu compra remold porque é mais barato né?
    Ah por favor hein…

    • totorocho

      É verdade o que voce falou, tem pessoas que tem o nacionalismo absurdo achando que o que se faz aqui é melhor, mas pra mim, a diferença é que as coreanas tinham tecnologia e carros próprios, mas mesmo assim, continuam um patamar embaixo das japonesas em qualidade e modernidade (acabamento por exemplo), pra meu ponto de vista. Os chineses compram tudo, tecnologia e carros ultrapassados. A estrategia deles é vender carros bem equipados a preço menor que a concorrencia.

    • akrobatos

      O Habib não saiu da Citroen, A PSA-Citroen é que decidiu ela mesmo comandar a operação brasileira e construir uma fábrica no país. Graças ao bom desempenho do Habib que mostrou aos franceses o potencial do nosso mercado. Mas acho que ele ainda é dono de revendas Citroen.

      • Cleberson

        É mesmo? Parece que eu tinha lido numa Autoesporte (ou 4Rodas) que ele tinha "deixado" a Citroën… Então não prestei muita atenção mesmo hehe

        • akrobatos

          Você esta e a revista estão corretos. Inicialmente ele era importador oficial mas a entrada oficial do grupo não representou sua saída do comando. Ele passou a ser executivo da PSA. Agora, deixou a PSA para se focar no grupo SHC, sua empresa que administra concessionárias e é sócia da JAC. Mas ele continua dono de 30 das 97 concessionárias da Citroen.

          • Cleberson

            Aaaah sim, quando eu falei que ele "saiu" da Citroën eu quis dizer que saiu do cargo que ele tinha na empresa…

            Não acho que ele deixaria as revendas de lado, de jeito nenhum :P Isso deve dar um lucro danado.

            Não duvido que ele vá usar a infra-estrutura das revendas Citroën pra difundir a Jac… Será que ele pode fazer isso?
            Seria bacana, porque aqui na minha cidade (pequena) tem CSS da Citroën :D

  • O_Corsario

    Como todos os carros chineses que estão chegando, tem um custo x benefício tentador. Resta saber a longo prazo pós-venda, manutenção e revenda. Faço coro com outros leitores, seria legal pedir para este leitor dar novo depoimento daqui a uns meses porque ainda está muito na lua de mel.
    Aliás, que gosto curioso para carro tem esse sujeito hein?

  • Flavio_marques

    Putz! Me lembra do Denorex. Parece mas não é. Então… Penso…penso…penso… E chego a uma conclusão confusa… Então não é. Ponto. Daqui há alguns anos, se eles, os chineses, seguirem o mesmo caminho que a indústria japonesa (alguns devem se lembrar que na década de 70 os produtos japoneses eram conhecidos como cópias de baixa qualidade dos produtos americanos) e hoje os japoneses são excepcionais contrutores. Mas, não é o caso atualmente. E até lá amigão, ainda vai ter que sair muito leite da mamadeira.

    Darei um exemplo simples: os parafusos que seguram os bancos no carro são cerca de 30% menores do que os de um Fiat, por exemplo. Vc não entendeu errado, são os parafusos que seguram o banco. E os da Fiat não são os maiores. Ou os chineses descobriram que todas as outras montadoras estão gastando mais dinheiro com peças desnecessariamente mais robustas ou…. Ah! Ele gosta de Ladas. Tskkkk… Deixa pra lá.

    Preciso lhes dizer e lhes contar um segredo: Na verdade a tecnologia do Lifan é do Lexus.

    P.s.: De 1930. Mas é Lexus pô. Se não for, parece. Parece que é.

  • fbatti

    Muito interessante o carro, muito parecido o painel com o do corolla,
    agora vou esperar ver se chega um automático, aí posso pensar em trocar meu coroga 03!

  • Helder Rueda 2.0T

    No começo carros chineses não desciam no meu gosto,
    agora vendo opniões de donos
    começo a aceitar mais eles.

    Vamos ver daqui uns 4, 5 anos, na hora da revenda
    e quando os problemas começam a a aprecer.

    É esperar pra ver.

  • Jcesarcbr

    Sem querer desmerecer esse consumidores, pois acredito existirem muitos outros, acho que quem já teve dois ladas (incluindo o setor póstumo-vendas delas), um Santana e um Tempra com mais de 5 anos de uso…esse carro é excepcional, incluindo o pós venda.

    Essa questão do motor, é mesmo interessante atribuir ao mesmo a origem Toyota (até a cilindrada não bate). Ouvi relatos que a JAC tembém era, depois vieramn dizeram que foram desenvolvidas pelo fabricante de equipamentos de testes de motores – a austríaca AVL.

    Ah sim – faltou o Gurgel Supermini na lista.

  • totorocho

    Pode ser uma interessante opção, mas quero ver um desmonte de um carro desses chineses com 100 mil km. Pode ser uma surpresa pra bem ou para mal

    • Caetano2010

      O primeiro desmonte de um carro chines até agora foi um fracasso,pois o msm não conseguiu nem completar 60.000km o que dirá 100.000km então.

  • Joao Rocha

    Realmente tenho uma imensa curiosidade exatamente nesse modelo da Lifan
    Vi apenas 1 nas ruas ate agora
    Tomara que tenha qualidade e venda bastante
    e espero a opiniao do dono quando o carro estiver mais rodado tambem
    vlw

  • marcelofalves

    4500 mil de seguro…caramba, muito caro, eu fui ver esse carro, entrei, mexi, não gostei, e nao compraria, acabamento pessimo, não vale o que pedem, quero ver esse carro quando tiver com seus 50 mil km e 3 anos de uso, vai virar um mico

  • Renato_Dantas

    Eita sujeito corajoso esse sô, depois de possuir várias porcairas agora parte com a cara e a coragem para comprara uma carruagem chinesa, parabéns você é macho com H casou definivamente com este chinês..

    • ericsp

      hahahhha… é mesmo… tem q ser muito macho p encarar um desses!

  • nunobrito1703

    Ola, Pessoal

    Meu carro já esta com 30.000 km, o único problema apresentado foi o cabo do acelerador que quebrou neste domingo 28/08/11, de resto ainda reafirmo tudo o que disse na entrevista, com relação ao desmonte de 100.000 km, se alguma revista quiser poderemos conversar quando chegar a época.

  • arcanofree

    Nao vejo a hora de trocar minha carroça corsa classic life 2007 por um 620.
    Fui consultor técnico na toyota e honda, fui vendedor de veículos semi-novos, e hoje vendo Lifan, digo com segurança, os problemas apresentados e relatados por consumidores são semelhante, ressalto ainda que essa duas grandes marcas apresentaram problemas bem mais critico, colocando, inclusive, a vida de seus condutores em risco, por exemplo, o delei de aceleração no new civic, queem cruzamento e em ultrapassagem pode ser fatal, corrigido apenas na nova versão, um corolla que pedia estabilidade acima de 100km/h, parecia andar de lado, teve que ser recomprado por não conseguirem corrigir o problema, o carro era zero, e uma filder que prendia o acelerador…
    Quem lembra do stilo que quebrava a roda traseira? Capotamento inevitável. Kombi, encendiava enquando dirigia.
    Incoveniente sempre terá, não importa o tempo de experiência nem a tecnologia, o aprendizado é constante.
    BMW FOI RECORD DE RECAL EM 2012. Ela tem tradição e tecnologia?

  • wnery

    Concordo com o arcanofree, problemas em um dispositivo com ais de 5000 peças e solicitado de diversas maneiras pode acontecer. Problemas com compra de peças também existe em qualquer fabricante, eu já tive problemas com VW Parati, mesmo em peças comuns ao Gol. Quando estava procurando um substituto para um Palio 2001, eu só não procurei a Hyundai, Toyota e Honda, que na época não possuíam carros mais acessíveis de preço. Nas francesas, fui ignorado no showroom (atendimento péssimo), o custo x benefício das nacionais deixavam muito a desejar e nas orientais que fui (Nissan, Kia, Chery e Lifan – a JAC ainda não tinha chegado) o atendimento foi excelente, na Lifan, o vendedor me deixou manobrar o carro no interior – apertado – da loja enquanto o carro do test-drive não chegava à loja!
    Enfim, resumindo meu texto ao Lifan 620, fiz o test-drive e adorei o carro! Achei-o completamente honesto em relação a preço e os equipamentos que oferecia, sim, é um "carrão", poderia ter um motor maior um pouco (talvez um 1.8 16V), mas entendi a proposta do projeto que privilegiava conforto com economia de combustível ao desempenho.
    Infelizmente eu não senti firmeza na entrada da Lifan no Brasil (via Effa) e apostei na Chery. Não gostei do Cielo (o LF 620 perde feio no design para o Cielo, é verdade, mas é muito mais espaçoso, confortável e econômico), o Tiggo ainda estava um pouco acima das minhas possibilidades, então comprei um Face.
    Estou com o Face há mais de dois anos, com quase 50.000 km rodados e é só girar a chave e ir para onde quiser… É só alegria! O Face me atendeu muito bem, não é perfeito (a suspensão inspira cuidados, não adianta, isso é fato, não foi projetado para o nosso solo "tipo lunático"), mas o custo x benefício, para mim, é imbatível e eu tenho várias concessionárias da marca por perto, 6 delas não ficam a 20 km da minha casa! As peças são caras? Sim, mas com 3 anos de garantia, não há muito com o que se preocupar… A desvalorização é acima da média? Claro, é um carro importado, já postaram aí em cima preços de carros importados médios seminovos com o preço lá em baixo, carro é bem de consumo, é um bem caro, mas ainda assim um bem de consumo, que se compra e USA e GASTA…
    É uma pena a Lifan não ter acreditado no Brasil como a JAC e a Chery, pois, com certeza, eu não teria um Chery Face na garagem, teria um Lifan 620!

  • Bruno Reis

    Respondendo aos comentários mais antigos, tenho um Lifan 620 2011 está com 55.000KM nunca tive grandes problemas, recentemente eu precisei trocar os amortecedores e contrariando os comentários eu comprei os amortecedores do corolla 03 até 07 e se encaixarão perfeitamente, ficaram até melhor que o original.

    Aqui na minha cidade por onde passo a galera fica olhando e muito me perguntam sobre o carro, bom eu falo por mim até hoje só manutenção normal ! Óleo filtro vela refrigerante etc etc…

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend