Montadoras/Fábricas Tecnologia

Esclarecimento sobre o câmbio automatizado

OBS.: O Metal Omega entrou em contato com a Quatro Rodas e eles reconheceram o erro:

Caro leitor,

Você tem razão quanto ao erro de informação sobre o câmbio automatizado no Correio Técnico. Pedimos desculpas pelo deslize e publicaremos uma correção na próxima edição.

Atenciosamente,

Equipe Quatro Rodas

Na edição da Revista Quatro Rodas nº 611 de dezembro de 2010, na seção Correio Técnico, o leitor Carlos Eduardo Pinto Almeida pergunta ao engenheiro mecânico José D’Elia se é possível selecionar alguma marcha no câmbio automatizado para manter o carro estacionado em um declive ou aclive, caso o freio de mão venha a falhar. Não sei qual foi a base teórica para a resposta do José D’Elia.

Apesar do sistema ser desenvolvido pela Magnetti Marelli, cada marca é responsável pelo desenvolvimento em conjunto com a Magnetti Marelli. Sendo mecânico da rede VW, não tenho conhecimento técnico do sistema Dualogic da Fiat e nem do Easytronic da GM. Segundo José D’Elia há “um sistema de segurança que não permite que o carro fique estacionado com uma marcha engatada”.

Posso afirmar que José D’Elia equivocou-se, afinal ele generalizou os diversos sistemas automatizados. Saindo da teoria, e entrando na prática, o sistema automatizado da VW (I-Motion) não há sistema de segurança para desengatar o carro se você o desligar com o câmbio engatado, seja em drive ou em marcha à ré. O carro permanecerá engatado. Portanto, em condições normais, sempre acione o freio de mão.

O câmbio automatizado I-Motion possui um sistema de segurança que não permite que o carro dê a partida com marcha engatada. Para isso é necessário pisar no pedal de freio e colocar a alavanca do câmbio em neutro. Outro detalhe é que não é preciso segurar a chave para dar a partida, como é comum nos carros. Nos veículos com câmbio I-Motion basta girar a chave até o fim e soltar, que o sistema acionará o motor de partida até que o motor entre em funcionamento.

Quero deixar claro que José D’Elia tem muito mais experiência e conhecimento que eu, mas foi infeliz em fazer tal afirmação generalizada. Afinal, todos somos passíveis de erros.





  • CLAUDIO

    PRIMEIRAMENTE GOSTARIA DE INFORMAR QUE O DUOLOGIC FUNCIONA DE FORMA IDÊNTICA AO IMOTION. SE DESLIGADO O CARRO COM A 1º ENGATADA, ASSIM FICARÁ ELE, OU SEJA, É UMA FORMA DE REFORÇAR O FREIO DE MÃO DE FORTES DECLIVES.

    O FUNCIONAMENTO DO DUOLOGIC É MUITO BOM (JÁ RODEI 20 MIL KM), SEM SUSTOS, TRAVAMENTOS OU PROBLEMAS SEMELHANTES.

    NO INÍCIO DA UTILIZAÇÃO DO VEÍCULO, CONFESSO QUE EM ALGUMAS VEZES EU TIRAVA UM POUCO O PÉ DO ACELERADOR PARA DIMINUIR O PEQUENO TRANCO QUE O CARRO DAVA NAS TROCAS DE MARCHA. PRINCIPALMENTE SE O VEÍCULO ESTIVER EM SUBIDA COM ACELERAÇÃO MÁXIMA.

    AGORA FIZ UM DOWNLOAD NA REDE FIAT, ATUALIZANDO PROCESSADORDO CAMBIO, TORNANDO-O IGUAL AO DO BRAVO.

    O VEÍCULO MELHOROU MUITO. NÃO HA MAIS TRANCOS, NENHUM MESMO, EM NENHUMA SITUAÇÃO. TAMBÉM FICOU MAIS VIGOROSA A ARRANCADA EM FACE DE DIMINUIÇÃO DO PATINAÇÃO. POSSO AFIRMAR SEM MENDO QUE O CÂMBIO AUTOMATIZADO DA FIAT FICOU 90% SEMELHANTE AO UM AUTOMÁTICO.

    AO TEMEROSOS DE PLANTÃO: NÃO TENHAM MEDO, COMPREM.

    AOS INSATISFEITOS: FAÇAM O DOWNLOAD NA REDE DE CONCESSIONÁRIAS.

  • Robson Iecker

    Boa materia…. foi bem aproveitavel……

    • ADM_dos_Fanboy_:D

      Fico com automatico mesmo. E não essas carroças de automatizados da Fiat, e Volks. LIXO!

      • bailascomigo72

        No futuro (bem próximo, diga-se), automaticos serão para aqueles que:
        1) só querem saber (ou só sabem) acelerar pra-frente-e-freiar, sem qualquer intervenção do motorista
        2) quem quer conforto absoluto, abrindo mão do controle REAL do carro

        Os automatizados deixam os carros mais econômicos, leves, controláveis, prazerosos e, por fim, com manutenção mais em conta.

        • Fanboy_OldScholl_GEN

          o que?? vc acha que um automatizado um dia vai superar os automáticos??? cara, viajou !

        • DCald

          exatamente… o problema dos easytronic, i-motion e dualogic está apenas na suavidade e no "lag" das trocas de marchas… problemas totalmente resolvidos com as caixas de dupla embreagem…
          Em breve, automatico com conversor de torque será peça de museu!

        • Leosena

          Eu penso que os câmbios automatizados, num futuro não muito distante, se tornarão o padrão da indústria. Os automatizados com uma única embreagem como opção de baixo custo e os de duas embreagens para carros mais caros e para quem busca mais precisão no funcionamento. Grandes esportivos do porte de BMW M3, Porsche 911 e Ferraris California e 458 Italia já estão oferecendo câmbios automatizados em suas linhas. A Audi oferece desde o ano de 2006. Imagino que câmbios automáticos com conversor de torque logo estarão superados.

          • eds2010

            Olha realmente eu não sei não, mas algo me diz que ainda o automático não será superado dessa maneira.

            Vendo que a Mercedes lança automaticos de 7, 8 e agora 9 marchas, nao sei se vai realmente sumir do mercado não. A grande realidade, é que a atuação (qto menor melhor) do conversor de torque, diminui a necessidadede trancos e valoriza a esportividade. (pois a atuação apesar de não ser manual tem um comportamento interessante devido aos controles eletronicos de hoje em dia).

            Mas concordo que o cambio de duas embreagens ém uito interessante. Mas parece que para o brasileiro não será uma realidade tão atual não. As desculpas serão os altos custos.

        • Fredxyz

          Mas no automático não dá pra controlar as marchas manualmente tbm não? Atrás do volante ou sequencial?

      • SLABTOMAS

        concordo…esse lance de automatizado é coisa de remendo.

    • PauloEduardo

      assino quatro rodas, mais prefiro ler o N.A. ;)

      • eds2010

        Eu assinava também, mas é mta parcialidade o que me fez desistir de assinar.

        • DCald

          Eu assinava desde 93…. desisti… só vale pelas fotos, e olhe lá!

          Mas eu gostava mesmo é daqueles posters que vinham antigamente…

  • lucasfs87

    juvenil esse cara da QR

    • bailascomigo72

      hauhauhau… EU uso isso de "juvenil". Muito bom!

      • lucasfs87

        quem usa (va) é (ra) o Gil brother, vide no you tube: "Voce garotinho inocente, garotinho juvenil!!! Criado a leite com pêra, a Ovomaltine!!! na geladeira…"

  • Renatto_A.

    Tb concordo, quando eu li essa matéria na 4Rodas eu fiquei me perguntando o dia todinho se aquilo estava certo, pios eu ja ouvi teorias diferentes.

  • Rah990

    Mas a resposta do autor do post não responde à duvida do leitor muito menos serve de munição ao argumento do engenheiro técnico José D'elia (ou qualquer que seja o nome). Não confunda Tarado das Ilhas com Tratado de Tordesilhas!
    O leitor pergunta se é possível estacionar o carro em aclive ou declive com a marcha do automatizado engatada, mas não necessariamente 'desligar' o carro. Se existe mecanismo de segurança do I-Motion pra previnir partidas com o carro engatado, é outra história.

    • Sias

      Mas a resposta da QR está errada: tanto o câmbio da VW quanto o da Fiat permitem desligar o motor com marcha engatada. Na Fiat até recomendam isto.

      • DCald

        Easytronic tbm permite parar engrenado… é simples e intuitivo… o cara deve ter enrolado pq nunca andou num carro com esse sistema… huahuahua

      • Fredxyz

        POis é, o certo é parar engranado pro carro não descer.

    • fredggp

      Posso estar enganado mas o Automático LIGADO só segura o carro estando em drive no caso de uma subida ou em R se estiver numa descida.

    • Leosena

      A grande questão que se coloca então é: estacionar pressupõe desligar o carro?

      Na minha opinião, estacionar pressupõe sim desligar o carro. E sendo assim o texto escrito pelo nosso colega Metal Omega esclarece a dúvida do leitor da 4R, pelo menos no que tange aos carros da VW.

      Mas vai do ponto de vista. Eu penso que se o motorista não desligou o motor ele apenas PAROU o carro, e não estacionou o mesmo.

    • As duas maneiras, ligado ou desligado, o carro ficará parado.

  • flesha

    o carro deixa vc desligar com o cambio na posicao D? Nem sabia. Pensei que a chave só sairia se botasse na posicao neutra.

    • cristian_sp

      sim para automáticos é assim, só consegue tirar a chave se colocar na posição "P" , que inclusive garante o carro imóvel, mesmo sem freio de mão …

      agora esses automatizados, nunca tive … e por enquanto continuo com mais dúvidas do que certezas sobre eles… e ainda não me convenceram ….hoje não teria um carro com esse tipo de cambio …rs…

      • LRDS2004

        Olha Cristian_sp,
        Não tem segredo. O funcionamento é muito simples e prático. Eu tenho um Linea Duallogic e nem tenho interesse em ter um carro automático com conversor de torque de tanto que estou gostando do câmbio automatizado.
        Pode-se desligar o carro e retirar a chave com a alavanca em qualquer posição (D, R ou N), mas quando desligamos com a alavanca em N (neutro) ele emite um aviso sonoro e uma mensagem no CB avisando que o carro está desengatado. A Fiat recomenda que se deixe em D ou R para auxiliar o freio de mão.
        A praticidade de uso é muito grande, você pode deixar em D (modo automático) que ele faz as trocas, e inclusive as reduções de marcha auxiliando as freadas, coisa que o automático comum não faz. No modo S (sport) o comportamento fica mais arisco, ele deixa subir mais o giro do motor antes de efetuar as trocas, reduz marcha em qualquer freadinha, porém dá mais tranco pois a troca é mais rápida.
        Para mudar a posição da alavanca do câmbio sempre temos que pisar no freio de serviço.
        No mais, acho meu carro bem econômico, faz cerca de 12km/l na rodovia a 110km/h com ar, e até hoje não deu nenhum defeito, só fiz revisões e manutenções de rotina (troca de óleo, alinhamento, etc …)

      • miltonferrari

        Nem se for um AUDI, com cambio automatizado de dupla embreage? Acredito que sua cisma seja em relação aos automatizados "meia boca" que vendem no Brasil. Lamento dizer, mas possivelmente vc vai ter um automatizado, muitos veiculos especializados em automoveis vem frizando as vantagens desse tipo de cambio, se notar, mesmo nos paises desenvolvidos, o automatizado vem ganhando espaço do automatico tradicional, é uma tendencia forte. motivado pela economia, baixo custo de manutenção, menor peso e desempenho superior. Os problemas de conforto e confiabilidade estao sendo resolvidos, a medida que esse tipo de cambio vai se popularizando, seu custo tende a se reduzir ainda mais, melhorando seu custo beneficio.

        • cristian_sp

          pode ser, que esteja apenas vendo os "meia boca" …que são os que possívelmente podem habitar minha garagem ..rs…

      • fredggp

        Cara, é bem simples mesmo. E está vendendo muito, diferentemente dos citymatic da vida ou outros do gênero a tendência é o automatizado (dupla embreagem) substituir o automático. O fox i-motion tem ainda um detalhe no modo sport e em automático o sistema só solta a embreagem quando o motor enche para uma arrancada mais forte, cantando pneu como num manual. Com cada vez mais trânsito, esta é uma opção interessante de conforto.

      • bilharinho

        Olha, isto é relativo. O câmbio automático surgiu em uma época onde a eletrônica não era avançada, praticamente inexistia. No câmbio automatizado ela é essencial. O automatizado não é ruim e até é aplicado em modelos de alto valor.

        Agora você me pergunta, onde fica o X da questão. Por que o povo mete a bronca?

        Para variar ao trazerem a tecnologia para o nosso país quiseram reduzir o custo (novidade né?). E mudaram o projeto original que possui duas embreagens para uma embreagem só. Isto causa os travamentos e trancos que tanto ouvimos reclamar.

        Nas caixas automatizadas vendidas nos modelos europeus há 2 embreagens. Uma para as marchas pares e outra para as ímpares. Daí as trocas são suaves e o funcionamento para o motorista é semelhante ao do câmbio automático.

        • Na verdade não é tão parecida não, pois além de duas embreagens (se parece muito com conversor de torque) o DSG tem uma eletrônica cabulosa no próprio câmbio, além de "três bancadas de engrenagens", onde nos automatizados nacionais é o mesmo câmbio com um mecanismo "simples" de trocas eletrônicas.
          Vou fazer uma matéria sobre isso.

      • Leosena

        Olha Cristian, também li muito a respeito dos automatizados em revistas especializadas. O grande problema é que a maioria dos jornalistas emitem suas opiniões após um breve teste do produto, ou seja, são opiniões que devem ser lidas sempre com reservas…

        Na minha casa estamos usando um automatizado da VW há sete meses, depois de oito anos de uso de automáticos da GM. Afirmo pra você que não há motivo para reclamações. Essa história de travamento ou trancos não passa de HISTÓRIA. O funcionamento do sistema é confiável, cumprindo de forma satisfatória seu papel. Eu indico, principalmente considerando que hoje é um opcional de custo bastante acessível.

    • Rick_BH

      No caso de cambio Automático sim! Mas o automatizado permite que você remova a chave em qualquer posição.

  • Rud

    E engenheiro NÃO generalizou, ele disse:

    "Apesar do sistema ser desenvolvido pela Magnetti Marelli, cada marca é responsável pelo desenvolvimento em conjunto com a Magnetti Marelli. Sendo mecânico da rede VW, não tenho conhecimento técnico do sistema Dualogic da Fiat e nem do Easytronic da GM. Segundo José D’Elia há "

    Ora bolas, até minha afilhada que nem estuou interpretaçãod e texto na escola ainda, sabe que ele exluiu os outros sitemas e se referiu somente ao da VW!

    Onde está a generalização nisso????……. Estranho esse tópico hein????…..

    • alyalysson

      vc está confundindo o autor deste post, com a declaração do José.
      este paragrafo que vc destacou, é as palavras do MetalOmega, não do josé.
      tanto é que no final da sua citação, está escrito "SEGUNDO JOSÉ D’Elia há 'um sistema de segurança que não permite que o carro fique estacionado com uma marcha engatada'. "
      logo, a citação: 'um sistema de segurança que não permite que o carro fique estacionado com uma marcha engatada' é do José
      e o texto anterior é do MetalOmega.
      todos viram, menos vc.

      • Fredxyz

        :)

  • Gsvieira

    boa, muito boa

  • Rick_BH

    Excelentes esclarecimentos NA. Apenas complementando, tenho um carro com dualogic e a lógica e a mesma! Desligando o carro com a alavanca em D/M o carro fica engrenado; se desligar em N ele avisa que o carro esta em ponto morto.

    • alyalysson

      para párar o carro, TEM que posicionar a alavanca no D/M?
      o N ele fica NEUTRO mesmo parado, e depois desligado?

      • LRDS2004

        Fica neutro como um carro com câmbio manual. Ou se deixar em D fica engatada a primeira e em R fica engatada a ré, mesmo depois de desligado.

      • fredggp

        no "N" o carro fica soltinho para você empurrar….ligado ou desligado. Estando ligado em D ou Manual e parado o sistema põe em neutro até que vc pise no acelerador e o sistema engate a 1 marcha. Ou seja, estando PARADO e ligado em "D" o carro está solto. É por isso que gasta menos combustível que um carro automático, já que este fica "empurrando" o carro e havendo necessidade (no piso plano) do motorista ficar segurando com o pé no freio para o carro não andar.

      • DCald

        ele só seleciona marchas/ ponto morto com a chave ligada… vc pode estacionar desengatado ou engatado…

  • eds2010

    Mas mesmo os automatizados atuais estão bem melhores que em seus lançamentos. Pela midia automotiva, se comenta do famoso "tranco" pelo menos em um Fox I-Motion que um amigo comprou a sensibilidade é bem pequena. E normalmente se sente a troca de marcha de primeira para a segunda marcha. As demais vc nem sente. (desde que vc faça como sempre recomendam, tire o pé do acelerador nahora de trocar as marchas).

    • fredggp

      Tenho um fox i-motion. Depois de um tempo se acostuma, nem precisa ficar tirando o pé do acelerador. Estou gostando muito.

      • Silas Coul

        Isso mesmo. Tenho um voyage i-motion. Com o tempo vc acostuma. Mas, por enquanto, acho o automatico melhor, tenho tb um corolla e um c4 automaticos e quase nao sinto os solucos e o lag. Tb Acho melhor o fato de na ladeira os automaticos segurarem o carro, o que meu i-motion nao faz. Tb acho melhor o fato de na posicao P do automatico o carro ser segurado em ladeiras quando desligado, o que no i-motion nao tem( pelo menos testei, e mesmo com o carro em D ou R o carro desceu quando soltei o freio de mao)

    • bilharinho

      Mas me responde uma dúvida. Se o câmbio é que faz as trocas como você vai saber quando ela será trocada para tirar o pé? Se isto tiver que ser feito mesmo é melhor usar o manual. Afinal a idéia do câmbio com acionamento automático ou automatizado não é que o trabalho das trocas fique a cargo do conjunto de câmbio?

      Eu não conheço o sistema, não tive a oportunidade de testá-lo, mas eu fico um pouco cético pelas matérias que tenho lido.

      • eds2010

        Então, diferente do cambio automatico que entende o que vc tem interesse que ele faça (digamos, está em rotação baixa e vc ganha velocidade mas quer que ele mantenha a baixa rotação trocando de marcha), no automatizado ele tem alguns padroes de acordo com a forma que vc pisa. Se vc andar querendo dar potencia, ele sempre vai trocar as marchas por volta dos 4000rpm, se vc pisar literalmente, ele troca apenas por volta de 6000rpm e se vc andar tranquilo fica entre 2500rpm e 3000rpm, ai depende se vc estiver no plano ou algum aclive.

        Para quem se habituou ao sistema, já sabe o tempo de troca das marchas. Mas mesmo vc "nao sabendo" o tempo de troca a sensibilidade é minima, vc só sente que entrou a marcha mas não é bruto a ponto de incomodar (pelo menos a mim eu achei show de bola).

        • JCKC

          Tenho um civic ex 2000 automático, e a sua descrição para troca de marcha é exatamente o que acontece no meu. Apesar de o câmbio não ser automatizado e sim automático, parece que tem alguns padrões de troca pré-definidos. Dá inclusive para "forçar" a troca de marcha no pé. No começo achei bem estranho, mas depois que se acostuma é uma maravilha.

      • eds2010

        Mas com o tempo vc acaba aprendendo. Não sei se consegui te passar a pergunta que me fez, mas a realidade é o que toda revista diz, realmente vc tem que se "adaptar" ao carro, mas não é nada exagerado. O unico ponto de acentuação que realmente é falho no automatizado simples é a situação de vc estar em uma marcha com rotação baixa e precisar ultrapassar, nem sempre ele entende a "pisada" para fazer isso… (ele fica indeciso). Nesse caso coloque para S (sequencial) e tome vc o comando. É até mais seguro.

      • bailascomigo72

        Olho no conta-giros até se acostumar com o "ronco" do motor, sensações, velocidade, etc.

      • Zectros

        O câmbio só faz as trocas pra vc se estiver no modo automático. Se estiver no modo manual, o procedimento é o mesmo do câmbio manual tradicional, onde vc sente a hora de fazer as trocas de marchas. A diferença é a ausência da embreagem no caso dos câmbios automatizados.

    • Zectros

      Nos automatizados da GM e da Fiat, os trancos eram maiores que os da VW. Pq a alemã calibrou melhor o câmbio para evitar que os trancos fossem sentidos.

      • eds2010

        Pelo menos pelo que se diz hoje, esses trancos tbm foram amenizados na Fiat. O pessoal do Clube do Punto e um pessoal que possui o Idea que tbm disse a respeito, falou que dificilmente se nota trancos. Até na midia o Idea foi comparado com o cambio da VW dizendo que ficou certa a calibragem.

        O unico que se encontra e muita reclamação é o da GM que realmente continua com os trancos e mesmo reclamando a GM nada faz.

  • eds2010

    A pergunta que o consumidor fez foi a seguinte: SE EU PARAR O MEU CARRO COM ELE ENGATADO, O CARRO VAI SEGURAR ENGRENADO CASO O FREIO DE MAO VENHA A FALHAR?

    E isso não foi respondido.

    • Auto_Verdade

      Apesar da lógica que seria sim, tem alguém que possa tirar essa dúvida?
      Pode responder? Rick-BH?
      Parece que você tem esse tipo de câmbio no seu carro.

      • LRDS2004

        Segura sim. O automatizado permite desligar o carro e retirar a chave com ele engatado.
        É como o carro manual, só que ele faz as trocas e aciona a embreagem pra você.

      • Rick_BH

        Tava almoçando… mas e isso mesmo…. o carro fica engranado!!! Não existe tal sistema que deixa o carro sempre em ponto morto quando se desliga o carro (tenho um Stilo Sporting 08/09 – um dos primeiros).

        Existe uma situação onde o cambio passa para neutro; Estou parado a muito tempo sem pisar no freio com a primeira engatada (ele passa para neutro) acelerou ele engata a primeira na hora.

      • DCald

        Sim, pode estacionar com a marcha engatada e ela vai segurar o carro…
        Mas o correto (independente do tipo de cambio) é usar sempre o freio de estacionamento

        • Fredxyz

          O correto é usar os 2 juntos.

    • Sim, o carro permanecerá engatado. Faltou um pouco de interpretação sua não?

      • eds2010

        Desculpa Metal. Mas quis me referir ao cara da QR. Ele nao disse a respeito.

        Pelo seu texto, ficou apenas em branco… mas é de se imaginar que ficasse. Foi apenas uma constatação.

  • tiago90j

    acho que o easy tronic não é magnetti mareli.

    • Rick_BH

      E sim parceiro… ela fornce para FIAT, VW e GM… e claro para a linha europeia do grupo FIAT SPA.

      • eds2010

        Tanto que a GM não faz atualizações ao contrario das outras 2 montadoras.

        E a Fiat SPA oferece um modelo dualogic 6 marchas.

        • V8_sempre

          GM não usa peças Magnetti Marelli !

          O sistema da GM é importado da Alemanha !!! E é claro, que ela faz atualizações nas concessionárias, qdo necessário !

          • eds2010

            O sistema robotizado é magnetti marelli, a embreagem é peça alemã.

            E das comentadas, é a unica que mesmo indo a concessionaria, vc tem reclamação dos donos devido aos trancos mais evidentes. Não posso dizer por mim, mas em foruns se encontra muita reclamação. Das outras marcas, a maioria dos que reclamaram foram das primeiras versões. O que carrega esse problema na Fiat é o Stilo que não tem como alterar em sua central a calibração.

  • jcesarcbr

    Apenas para enriquecer o texto: O sistema easytronic é fabricado na Alemanha pela LUK Embreagens e utiliza motores de passo para seleção e troca e um motor de passo acoplado a cilindro mestre para embreagem. Ao passo que FIAT e VW usam sistema eletro-hidráulico da Magnetti Marelli.
    Embora para o usuário comum funcionem igual e sejam dispositivos acoplados a uma transmissão mecânica convencional, os sistemas de seleção e engate das marchas são mecanicamente distintos.

    • fredggp

      o Easy-tronic parece não ter sido aprovado pelos taxistas (que rodam muito), pois tem quebrado bastante. Vai ver que é por isso que a Chevrolet nõa oferece em mais modelos.

    • Rick_BH

      Só uma correção amigo… a Luk fornece apenas a embreagem… os atuadores do cambio são marelli! e você esta certo quando ao funcionamento… enquanto o sistema adotado pela VW e FIAT são eletro-hidraulicos os da GM são apenas elétricos. Dai a maior velocidade, porem menor durabilidade. Outro ponto e a facilidade de uso quando aos sistemas da VW e FIAT… GM tem particularidades adotadas que dificultam a adaptação do usuário.

  • exmarujo

    Eu prefiro caixa de velocidade manual mesmo, é mais puro.

    • eds2010

      Porem qdo se fala em transito, vc agradece ter um automatico ou automatizado…

  • LRDS2004

    Eu também vi esse erro na QR. Ia até mandar um e-mail pra eles, mas a resvista anda tão cheia de erros que eu desanimei.
    Veja por exemplo na tabela de preços, os Puntos Sporting e T-Jet tem airbags e ABS de série, mas a QR fala que é opcional. Isso só pra citar esses carros que conheço bem, fora os outros que não tenho muito conhecimento e me passa despercebido.

  • diegogerman

    Me lembro uma pergunta dessa seção, quando o engenheiro responsável em responder era o Bob Sharp, e questionaram sobre o que seria carros com "plataformas em comum".
    O mesmo citou que era apenas uma forma de identificação interna (da fábrica) de veiculos com tamanho semelhante, (ou algo do tipo);

    Algumas edições depois, a mesma pergunta veio ao Jose, que respondeu de forma brilhante, explicando que em carros diferentes mas de plataformas iguais, o conjunto de suspensão, a estrutura, furos no chassi, entre "n" outros fatores, são iguais.
    Foi uma mancada que a Quatro Rodas não teve o cuidado de abafar, ao aceitar e responder de novo a pergunta com uma resposta diferente.

  • fredggp

    O eletro-hidráulico é bem mais robusto.

  • JEDERSONFREITAS

    Por isso que eu digo: não inventaram nada melhor que o cambio manual, tenha seu carro sempre a "mão" heheeh

  • DCald

    pois eh… a galera fala mal mas nunca dirigiu… eu fiquei com uma meriva easytronic 1 semana, e quando fui comprar um carro pro meu pai recomendei… já tivemos automaticos (com conversor de torque) e te digo que o easytronic é bem satisfatorio sim, seja pelo preço, seja pelo consumo menor… no começo estranhei, mas depois de 2, 3 dias vc se acostuma com o cambio "diferente" e é só alegria…

    Ah, e o Easytronic permite que vc deixe engatado ou desengatado… basta desligar o carro com o cambio em A ou R que ele fica engatado… pra ligar, de qualquer forma vc precisa colocar no N e pisar no freio… pra estacionar desengatado, basta deixar no N…

    Facil e intuitivo…

  • LRDS2004

    Falou tudo !
    E ainda o automatizado tem a vantagem de fazer, sem intervenção do motorista, reduções de marcha quando você está freando, por exemplo numa decida de serra ou uma freada mais forte. Isso ajuda na frenagem e diminui o desgaste dos freios.
    Pode ser que o automático comum seja mais confortável, mas é bem mais caro.

  • Grizzi

    Bom, na minha opinião classifico da seguinte forma:

    MELHOR CAMBIO – CVT, inclusive se alguem souber eu agradeço pois não sei se ele tem conversor de torque, dupla embreagem, etc. Porque acho esse o melhor? Zero de trancos e vida util do cambio estimado em 500 mil km (Fonte Nissan).

    O BOM – Automatizado, bom pq é barato, pode ser atualizado (software), baixissima perdas pois não tem o temivel conversor de torque, ou seja torna o carro mais economico

    O PIOR – Automatico tradicional pq usa o temivel conversor de torque que é tão grande que obriga as empresas a ter apenas 4 marchas e até pq só o conversosr de torque é tão pesado (20% do peso do cambio é só o conversor) ou seja o carro fica mais lento e mais beberão.

    Ainda não fiz o test drive do novo Bravo mas ele é automatizado e tem a opção de troca de marchas pelas palhetas atras do volante, ai vc pode escolher a melhor hora sem depender da "vontade" do dispositivo…

    abraços for all

    • eds2010

      Grizzi, para conforto de marcha o melhor é o CVT. Há algumas pessoas que não gostam do comportamento pois a rotação é constante (desde que vc queira).

      Mas a grande realidade, é que o comando variavel da transmissão anula e muito o trabalho do conversor o que faz o cambio ser mais rapido nos comandos (afinal é variavel) e manter rotação constante = menor consumo. Porém é o cambio que mais tem durabilidade e menor manutenção.

      Os cambios automatizados tem o grande e importante destaque de evitar o desgaste da embreagem, pois o atuador eledro hidraulico faz as trocas sem perdas de queima. O unico que é eletrico e tem isso de forma bem frisada é o GM que para sair em um aclive ou atuar com manobras queima a embreagem por si só. E o pior, gera um tranco mais forte que o que deveria.

      Porém são os mais baratos para manutenção.

      • O problema é quando você está no semáforo e deixa o carro em D.
        Desse jeito é como se o carro estivesse com embreagem acionada.

        Se fizer pouca aceleração num aclive, é como se estivesse controlando a embreagem.
        Deve-se tomar certos cuidados para não comprometer a embreagem mais do que se fosse um câmbio manual.

        • V8_sempre

          Me disseram que a Mobylette que eu tive no começo dos anos 90… Usava cambio CVT !

          heheh !

    • eds2010

      Os automaticos, tem o conversor de torque para entender os comandos do motorista nas suas situações de uso. O problema que agrega uso intenso do conversor são para cambios 4 velocidades que de fato tem uma preparação diferenciada para transmitir conforto. Mas perde em consumo e performance geral do veiculo. Cambios de 6 marchas atenuam esse uso e ainda transmitem praticamente mesma performance que os manuais (pelo menos os mais atuais). Mas sao mais caros para manter, porém para manutenção é igual ao CVT demora bastante para ter que fazer algo.

  • rarvor

    estes automatizados, não gostei não, câmbio bom era o CVT do FIT antigo.

    atualmente tenho um Tiguan e minha esposa um CR-V, ambos os câmbios automáticos são um show a parte. Este câmbio da Volks que também está no Jetta, Bora e New Beetle, é fantástico.

    Ambos sabem exatamente o que se passa na estrada, você vem com motor cheio numa subida e entra em uma curva e tira o pé totalmente, o que eles fazem??? Permanecem na marcha deixando o motor cheio e pronto para a saída da curva, ou por exemplo, você está atrás de um carro e ambos estão ultrapassando outro carro em uma pista de faixa dupla, porém você ganha velocidade mais rápido que o carro da frente, eu tiro o pé e o cambio mantém a marcha por um tempo muito bom, dá para o cara da frente voltar para a direita e você aperta o acelerador e o motor está pronto para responder.

    Já o câmbio super ultra SYSTEM PORSCHE da Peogeot é uma nhaca, 4 marchas e não pode sentir um alívio no pedal do acelerador que já solta marcha pra cima, no meio da curva, ai o negócio é sempre usá-lo no modo manual.

    O modo manual do cambio do Tiguan simplesmente serve só para fazer freio motor nas descidas de serra ou mesmo na cidade para economizar pastilhas de freio e combustível.

    • Desculpe, mas como sua esposa consegue conviver com o CR-V com acabamento em plástico tendo um Tiguan com acabamento que é show a parte em casa???

      Fora que a Tiguan tem muito mais motor que o CR-V.

      Só esclarecer que o câmbio automático do Bora e New Beetle são diferentes.

  • eds2010

    Opa Leosena! tudo bom?
    Um teste que não fiz com o carro e que foi citado pelo LRDS2004…. ele segura a marcha se vc estiver em serra ou precisa deixar o modo "sport" ativo?

    Outra pergunta… eu acho que vc deve ter pago nesse Polo o preço de um sedan (ou hatch) médio não?

    Abraços

    • Leosena

      Tudo ótimo Edson!

      Então… sinceramente esse teste que o colega aí mencionou eu nunca fiz. A região aqui em Goiás é bem plana. O que posso dizer é que no modo manual o sistema retem as marchas. A mudança só ocorre quando você determina.

      Quanto ao valor do carro, a situação é a seguinte: esse é o carro do meu pai, que é portador de necessidades especiais e goza do direito de comprar veículos com isenção de impostos (IPI e ICMS). Sendo assim não sei te dizer o preço cobrado por ele nas concessionárias. O que posso te dizer é que este Polo veio com todos os opcionais disponíveis para um sedã Confortline e custou 44 mil reais. Pelo menos dá pra ter uma pequena ideia de quanto o brasileiro paga de impostos na compra de um carro – eu imagino que esse carro deve custar perto de 60k com todos os opcionais disponíveis…

      Abraço.

      • eds2010

        Me tira uma duvida… esse Polo comprado é o que tbm possui acabamento em veludo?

        • Leosena

          Humm cara… meu pai contratou o serviço de uma empresa especializada aqui da cidade e substituiu todo o revestimento interior do carro por couro. Quando fomos buscar o carro na CSS o serviço já tinha sido feito. Nem cheguei a ver o revestimento de tecido original. Ficarei te devendo essa.

          • eds2010

            Então, o modelo top de linha, tem geralmente acabamento de veludo no console central, alem das portas. Esse modelo é muito elogiado pelo acabamento. Seu pai que colocou couro teve esse acabamento preenchido no lugar ?

            • Leosena

              No console central não veio nenhum aplique em tecido. Onde havia tecido agora está o acabamento em couro, o que inclui as portas. O volante, que é o mesmo do Passat CC, já vem revestido de couro de fábrica. De fato o acabamento interno, de uma forma geral, é muito bom. Mesmo sendo de plástico duro (como a quase totalidade dos carros de hoje) não apresenta rangidos, ruídos, rebarbas ou partes mal encaixadas. O carro está com aproximadamente 8.000km rodados no momento. É um carro bem confortável para quatro adultos e bastante econômico. Acredito ser uma boa compra, mesmo para quem não goza das isenções de impostos como meu pai. Aqui em Goiânia costumo ver muitos nessa configuração mais completa nas ruas. Em suma é isso.

  • V8_sempre

    O grande problema desses automatizados…

    É a durabilidade !

    • Qual a dúvida em questão da durabilidade?
      O sistema é eletro-hidráulico, e o câmbio é o mesmo usado no carro.
      Faltou fundamentos!!!!

  • kaxinha70

    que a gm pare de oferecer somente esse lixo de cambio na meriva 1.8 , embreagem que dura 30.000 R$ 1.500,00 , modulo da caixa que queima R$ 5.000 , parar de se incomodar ? isso nao tem preço . to legal , e ainda viram as costas dizendo que nao podem fazer nada , e nao foi so comigo , tmbem sai na 4r . esses cambios ainda precisam evoluir muito



Send this to friend