EUA: a maioria dos motoristas não usa recursos tecnológicos

EUA: a maioria dos motoristas não usa recursos tecnológicos

Você usa com frequência o controle de cruzeiro de seu carro? Ou o sistema de alerta de faixa? É útil para você o sensor de gestos ou comando de voz? Pois bem! Para a maioria dos motoristas que compraram carros lançados em 2021, nos EUA, a maioria não usa os recursos tecnológicos empregados em seus automóveis.


A JD.Power ouviu 110 mil motoristas nos EUA que compraram carros lançados em 2021. Mais da metade deles só usa um terço dos recursos eletrônicos dos carros e a alegação é que eles não veem necessidade em utilizar essas funcionalidades, que acabam sendo decorativas em seus automóveis.

Na pesquisa, por exemplo, 52% nunca usaram recursos de comunicação, como comandos de voz. Outros 61% não experimentaram o serviço de compra online a bordo dos sistemas de infotainment. Estas e outras funções dos carros, são simplesmente desconhecidas por parte dos proprietários dos carros.

Além da maioria entender não haver necessidade, outros nem sabem ao certo quantas e quais funcionalidades existem no carro. Uma das alegações é que nas lojas, não há orientação no momento da compra. O mais incrível é que 71% dos entrevistados disse ter que recorrer à internet para aprender sobre as funções a bordo de seus carros.

EUA: a maioria dos motoristas não usa recursos tecnológicos

Um ponto importante é que, em alguns casos, as tecnologias falham na prática. A pesquisa apontou que 41% dos carros com sensor de gestos, falhou. Esses defeitos de operação apenas minam a confiança do proprietário em sistemas que deveriam operar plenamente.

Diante de falhas ou de não saber usar, muitos desistem de usar tais funcionalidades, praticamente conduzindo o carro como se fosse de uma versão ou modelo mais em conta. Na Europa, por exemplo, a romena Dacia foi ousada em admitir que não adiciona funções “inúteis” em seus carros. Ela alega que os consumidores não querem ou não necessitam de tais recursos.

Já os itens mais bem avaliados foram câmera de ré, câmera frontal e a função de pedal único ou freios regenerativos. Por lá, as marcas mais bem avaliadas foram Nissan, Hyundai, Subaru e GMC. No luxo, Genesis, Cadillac, Volvo, BMW e Mercedes-Benz. Contudo, a Tesla foi teoricamente a mais bem votada, embora seus carros não puderam ser testados nos estados americanos. E então, usa todos os recursos de seu carro?

[Fonte: Automotive Business]

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.